Jump to content
Sign in to follow this  
Cadete213

O Bancário - 2028-29 - Olympiakos (Atu 08/05) Dobradinha

Recommended Posts

Cadete213
7 minutes ago, LC said:

Ok, vamos para Hong Kong. Taxista simpático, protestos e tudo o mais. Vamos ver qual clube irá lhe dar uma oportunidade. Acompanhando.

Obrigado amigo. Veremos quem terá coragem suficiente de dar emprego a um treinador inexperiente. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
div

Bela introdução, uma história de vida sempre muito ligada ao futebol.

Boa sorte, estarei acompanhando.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
52 minutes ago, div said:

Bela introdução, uma história de vida sempre muito ligada ao futebol.

Boa sorte, estarei acompanhando.

 

Obrigado. Agora é chegar a treinador profissional.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213

CS4it6X.png

Ora lá comecei a trabalhar, mas algo que me faltava era jogar futebol. Ia correr de vez em quando e fiz amizade com vários locais no trabalho. Logo começamos a falar sobre futebol e na vontade de jogar. Convidaram-me para jogar futebol de 5 e escusado será de dizer que aceitei logo. Todas as quartas-feiras, lá estava eu a jogar. 

Ainda vi algum talento e palavra puxa palavra, veio à tona o facto de ter o curso de treinador e o meu interesse em começar a minha carreira. Alguns dos rapazes que jogavam comigo, também jogavam nos clubes amadores e um deles era dirigente num dos clubes locais. Ficou agradado com a minha paixão e com as minhas ideias.

Jg4TZBi.jpg

Depois de acabar um dos jogos na quarta-feira, veio falar comigo e convidou-me para conhecer o presidente do clube onde ajudava e era dirigente. No dia seguinte, mal acabei o trabalho, fui às instalações do clube e sem me aperceber, estava numa sala a ser entrevistado.

-Olá Cadete, tudo bem? O Chan falou muito bem de ti e que tens curso de treinador?

-Olá. Tudo bem obrigado. Sim, tirei o 1º nível quando estava em Jersey.

-E tens experiência?

-Ainda treinei os sub-15 de um clube local, o St Peters, mas depois abandonei. Comecei a jogar, mas o meu objetivo é treinar uma equipa principal.

-E como vês o futebol? Gostas mais do Mourinho ou do Guardiola?

-Bem, como português aprecio e respeito o trabalho feito pelo Mourinho, mas os meus ideais são mais como os do Guardiola. Gosto de futebol ofensivo e quero golos. Futebol é emoção, é paixão...e para isso são precisos golos. Quero ganhar jogos porque marco mais golos que a outra equipa e não porque sofro menos. Percebe?

-Percebo muito bem. E estarias pronto a trabalhar sem ser pago?

-De momento não esperaria outra coisa. Quero começar. Ter esta experiência de ser treinador. É meu sonho.

-E tens disponibilidade para treinar?

-Tenho. Acabo sempre às 5 da tarde e estou livre aos fins-de-semana. 

-Fantástico. Muito obrigado. Gostei de te conhecer. O nosso clube foi despromovido na época passada para o 4º escalão do futebol de Hong Kong e o treinador saíu. Queremos subir outra vez de divisáo mas queremos que os jogadores disfrutem do jogo. Vou falar com o Chan e depois digo-te qualquer coisa.

-Obrigado. Foi um prazer. Até à próxima.

xRjYPMT.png

A entrevista correu bem e no mesmo dia, recebi uma chamada. Não conhecia o número, mas econheci a voz. Era o Chan. O presidente gostou muito da minha entrevista e apesar de não ter experiência, queriam dar-me a hipótese de treinar o clube. Estavam na última divisão e era um risco mínimo apontar um treinador desconhecido.

Disse logo que sim e tornava-me assim treinador do Wing Go Fu Moon FC. Contrato amador e sem receber ordenao ou prémios. Um clube que desconhecia por completo mas que me dá a hipótese de ser treinador de futebol, pelo menos por agora. Sei que o meu contrato no HSBC é de 2 anos e se tiver sucesso no clube, não ficarei mais que duas épocas também.

Excusado será dizer que ficaram surpresos com a minha nomeação, pois sou um desconhecido português, a viver em Hong Kong.

cw8cP0D.png

O clube é amador, e está na Third Division League, que é o 4º escalão do futebol honconguês. O Mong Kok está designado como o estádio, mas raramente vamos lá jogar. Estamos num país pequeno e os complexos desportivos são utilizados para os jogos das várias divisões. 

Sendo amador, tem más condições de treino para a equipa principal e camadas jovens. Algo que já esperava. Terei de trabalhar com o que me for dado.

8W5NgEB.png

Para um primeiro trabalho, nada como começar com a pressão de ser o favorito a vencer a divisão. São 14 equipas e jogaremos 26 jogos. Que saiba, não iremos disputar nenhuma taça e o foco principal estará em vencer a liga. o Sun Hei também foi despromovido connosco, mas o Wofoo deverá ser o adversário mais complicado.

De resto, estou curioso para conhecer as outras equipas e podemos ver a influência que os britânicos ainda têm por cá, ao ver clubes como o Lansbury, Islands, Ornaments ou Gospel. Afinal, Hong Kong foi uma colónia britânica até finais dos anos 90.

fVoF1vS.png

A equipa técnica e todos os membros da infra-estrutua do clube, são de Hong Kong. Já conhecia o Chan e o Presidente, o Yeung e fiquei agora a conhecer os elementos da equipa técnica. São poucos mas confio nas suas capacidades. Temos um adjunto e um treinador para as reservas e sub-18. Temos ainda um fisioterapeuta e um olheiro.

Mh1MkC4.png

O plantel, é típico de um clube amador. Para começar, são todos locais e têm os seus empregos, com exceção dos jovens Or Hoi Kin e Lee Chun, que ainda estão na escola e são os únicos que recebem uma quantia am fim do mês, para os ajudar nos estudos.

De resto, temos vários jogadores experientes e com uma certa idade. Lai Chun Kit com 38, Ng Ka Ming com 40, Kwok Yue Hung com 45 e Hung Tak Leung com 51 anos, são os mais experientes. Quando conheci o Hung, fiquei surpreso. 51 anos e tem uma condição física invejável. Irá concerteza jogar e não espero que o nível das outras equipas seja superior ao nosso.

IPXz5Bn.png

jMGJwRm.png

n349ZKy.png

PX5dwK0.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

45 e 51 uma certa idade é bondade sua! 🤣

4ª divisão de Hong Kong é novidade para mim, vejamos como será o nível de jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG

Essa história de pensar a noite pra decidir é conversa fiada. A mulher escolheu Hong Kong e ela é que manda em casa 🤣🤣

Brincadeiras a parte, a história casou certinho com a escolha do clube e nada melhor do que começar por baixo pra ir pegando experiência. Mesmo sendo um time quase de master, tem tudo para fazer uma ótima campanha e corresponder o favoritismo. 

Boa sorte!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
2 hours ago, Andreh68 said:

45 e 51 uma certa idade é bondade sua! 🤣

4ª divisão de Hong Kong é novidade para mim, vejamos como será o nível de jogo.

Tenho de ser bondoso para os meus jogadores 😁. É novidade para mim também e estou muito curioso. Veremos o que sairá daqui.

2 hours ago, ElPerroMG said:

Essa história de pensar a noite pra decidir é conversa fiada. A mulher escolheu Hong Kong e ela é que manda em casa 🤣🤣

Brincadeiras a parte, a história casou certinho com a escolha do clube e nada melhor do que começar por baixo pra ir pegando experiência. Mesmo sendo um time quase de master, tem tudo para fazer uma ótima campanha e corresponder o favoritismo. 

Boa sorte!!

Claro que quem manda é a mulher...mas não digas a ninguém  🤣. O objetivo é ser já campeão e quero cumprir o desejo do presidente. Seria bom para o meu currículo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Boa sorte no Wing Go Fu Moon FC. Mesmo sendo uma divisão amadora a equipe tem a obrigação de conquistar a promoção. Vamos ver se o treinador consegue bons resultados.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
19 minutes ago, LC said:

Boa sorte no Wing Go Fu Moon FC. Mesmo sendo uma divisão amadora a equipe tem a obrigação de conquistar a promoção. Vamos ver se o treinador consegue bons resultados.

Obrigado. Muita pressão para o primeiro cargo como treinador mas vamos a eles com tudo. 

Edited by Cadete213

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luiz A. Borel

Gostei do início em Hong Kong, mas ainda preferia Macau pela relação com Portugal. 

Tens todo o favoritismo a seu favor, afinal, uma cota 1,01 é baixíssima e deve conseguir a promoção sem maiores sustos.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
11 hours ago, L U I Z said:

Gostei do início em Hong Kong, mas ainda preferia Macau pela relação com Portugal. 

Tens todo o favoritismo a seu favor, afinal, uma cota 1,01 é baixíssima e deve conseguir a promoção sem maiores sustos.

 

Quem sabe ainda passo por Macau? Escolhi Hong Kong por ser o lugar onde nasceu o HSBC. O favoritismo é nosso e temos que o provar em campo.

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213

CS4it6X.png

E lá pus mãos-à-obra. Começaram os treinos e nem sempre tinha os jogadores todos. Isto de ser amador tem estas coisas. Treinos normalmente são às Terças e Quintas-Feiras, dependendo se há jogo durante a semana ou não. Outras vezes, temos que treinar em campos de futebol de 7, pois os campos de 11 estão ocupados. O que vale, são as belas paisagens que temos com os prédios todos iluminados. Ás vezes, vemos as pessoas em casa a cozinha ou mesmo na sala a ver TV.

cZAotRD.jpg

O Happy Valley Recreation Groung, é um complexo desportivo com vários campos de futebol de 11, campos de futebol de 7, campo de rugby, pista para correr e mesmo uma pista para corridas de cavalo (tradição trazida pelos ingleses e que ficou cá).

Muitos dos jogos são aqui, tal como em outros complexos desportivos. Equipas amadoras raramente têm o seu próprio campo ou estádio e a federação de futebol de Hong Kong organiza tudo aqui. Pelo menos uma vez por semana treinamos aqui, trazendo um problema grande, pois as outras equipas também treinam aqui. Assim sendo, não posso ensair jogadas diferentes. Por outro lado, também posso ver as outras equipas a treinar e tiro os meus apontamentos.

Aos fins-de-semana, jogamos quase sempre todos aqui, ao lado uns dos outros. É a tarde toda com jogos de futebol, rugby ou pessoas a correr à volta. É uma boa atmosfera. Adoro o futebol amador.

PmIsehY.jpg

lJjjCxg.jpg

O que há de negativo no futebol amador, é que os melhores jogadores nunca ficam aqui. Aparecem sempre equipas de divisões superiores, a oferecer prémios de jogo e outras condições que não podemos oferecer. Não os censuro. 

O Guarda-Redes titular, Li Ho Fai assinou pelo Kwai Tsing e o extremo Ho Ka Kin, assinou pelo Sparta de Hong Kong, uma sucursal do Sparta de Roterdão.

A 4ª divisão é a mais baixa de Hong Kong e a direção quer o título, pois o clube acabou de descer de divisão. Vou trabalhar para isso e já disse aos jogadores que esta época é para ser campeão. Estamos todos de acordo e o que vale é que em Hong Kong, toda a gente fala inglês e não preciso de tradutor.

5vikJFl.png

eRhphfZ.png

O primeiro jogo oficial estava à porta e o adversário foi o Sun Hei. Quando comecei a trabalhar, já tinham disputado o 3 amigáveis e não houve tempo para mais. Foi mesmo chegar, apresentar-se e preparar a equipa para o primeiro jogo, com apenas 2 treinos. 

Num dia de sol e com 72 pessoas a assistir ao jogo, fomos superiores e Li Chi Cheung teve um jogo memorável. Estivemos muito fortes e gostei da performance dos jogadores. Ganhamos 4-1 e enviamos uma mensagem forte para as restantes equipas, que não estamos aqui para brincadeiras. 

Neste escalão e como os campos ficam longe dos balneários, ao intervalo ficamos mesmo na linha lateral. É outro mundo.

S8XZ9Bv.png

Neste primeiro jogo, também batemos dois recordes. Hung Tak Leung, nos seus belos 51 anos, tornou-se o jogador mais velho de sempre a jogar, mostrando que velhos são os trapos e ainda está para as curvas. Por outro lado, Or Hoi Kin, lateral direito de 16 anos, é agora o mais novo de sempre a jogar neste escalão.

A experiência é importante para a equipa e a juventude é essencial devido à irreverência que nos trás. É sempre bom ter jovens destemidos e que tomam mais riscos, que às vezes é mesmo o que necessitamos...por outro lado, também pode dar errado 🤣

iaZHN0h.png

Nos restantes jogos, fizemos 4 no Happy Valley Sports Ground e vencemos todos. O Sai Kung não teve argumentos para nos fazer frente e o placar final assinalava 3-1 a nosso favor. De seguida, goleamos o Kui Tan por 5-1. Jogo de sentido único e o golo que sofremos foi inesperado. Estamos fortes e confiantes.

No 3º jogo seguido no Happy Valley, ganhamos por 3-0, sendo este o primeiro jogo que não sofremos golos. A vítima foi o Gospel. No jogo contra o Lansbury, jogamos no belo Mong Kok Stadium. Uma prenda para os jogadores deste escalão e pena foi mesmo apenas ter 40 pessoas nas bancadas. Tudo familiares de jogadores de ambas as equipas, que estavam mais preocupados em beber cerveja e colocar a conversa em dia, do que ver o jogo. O mais importante, foi que vencemos 2-0.

Contra o Lung Moon, empatamos 2-2. Perdemos os primeiros pontos da época e jogamos pela primeira vez no Morse Park. Um dos atletas teve o aniversário no dia anterior e celebraram em grande à noite. No dia do jogo, ainda sentia o hálito a alcóol nalguns jogadores e obriguei-os a tomar banho de água fria, antes do apito inicial. Mesmo assim não deu os frutos que queriam, pois não vencemos o jogo. Mas enfim, sendo amadores, pûs-me a pensar se estava sendo demasiado árduo com os atletas, mas se queremos ser campeões, temos que ter prioridades e encarar os jogos com seriedade.

Para acabar esta série, voltamos ao Happy Valley e voltamos a ser felizes no vale. Vitória convincente por 3-1 contra o KCDRSC. Sinceramente, nem sei o que as inicias querem dizer, mas também não me importo.

AgybQcf.png

Como seria de esperar e depois de um belo arranque onde só empatamos um jogo e vencemos os restantes, estamos em 1º. Temos 4 pontos de avanço para o Tsuen Wan e um jogo a menos, podendo assim aumentar a vantagem. Já o 3º classificado, o Gospel, está também a 4 pontos mas com 2 jogos a mais.

Esta é uma liga com 14 equipas e jogada a duas voltas. São 26 jogos para apurar o campeão e no final, queremos ser nós a celebrar.

f3i0tzl.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)

Vai cumprindo às expectativas de forma tranquila.

Se um dia for ao Japão, converse com Kazu sobre longevidade. O rapazote fala português e está há décadas jogando futebol hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Oi Cadete. Seja muito bem-vindo!

Estive na Madeira em 2013 e fiquei apaixonado. Muito legal conhecer sua história e saber que muitos portugueses migram para as Ilhas Jersey, essa é novidade para mim.

Aqui na área tivemos poucos saves na Ásia, ainda mais em divisões tão inferiores, então estou achando bem interessante e certamente vou acompanhar.

Fiquei imaginando aqui um jogador de 51 anos ainda em atividade e fazendo gol...não imaginava alguém com idade tão avançada, mesmo em nível amador e mesmo em Hong Kong.

Fiquei com uma dúvida sobre os objetivos do save, você vai treinar apenas times amadores?

Bom save e boa continuação!

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC
Citar

@Cadete213 disse: Aos fins-de-semana, jogamos quase sempre todos aqui, ao lado uns dos outros. É a tarde toda com jogos de futebol, rugby ou pessoas a correr à volta. É uma boa atmosfera. Adoro o futebol amador.

 

Isto mais parece os campos de futebol do Aterro do Flamengo(Rio de Janeiro) a noite, aonde o futebol rola a noite e madrugada adentro. Fora que no fim de semana que tem todos os tipos de frequentadores.

 

679YpLc.jpg

 

Está fazendo o que deve ser feito e o time vai subir sem muitas dificuldades. Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
48 minutes ago, Nei não cai (38D) said:

Vai cumprindo às expectativas de forma tranquila.

Se um dia for ao Japão, converse com Kazu sobre longevidade. O rapazote fala português e está há décadas jogando futebol hahaha

Obrigado. Se for ao Japão tenho que falar com o Kazu. História incrível a dele...mas para mim já é tarde hahaha

41 minutes ago, Tsuru said:

Oi Cadete. Seja muito bem-vindo!

Estive na Madeira em 2013 e fiquei apaixonado. Muito legal conhecer sua história e saber que muitos portugueses migram para as Ilhas Jersey, essa é novidade para mim.

Aqui na área tivemos poucos saves na Ásia, ainda mais em divisões tão inferiores, então estou achando bem interessante e certamente vou acompanhar.

Fiquei imaginando aqui um jogador de 51 anos ainda em atividade e fazendo gol...não imaginava alguém com idade tão avançada, mesmo em nível amador e mesmo em Hong Kong.

Fiquei com uma dúvida sobre os objetivos do save, você vai treinar apenas times amadores?

Bom save e boa continuação!

Obrigado. Ainda bem que gostaste da Madeira, é lindíssima. Sim, muitos madeirenses emigraram para Jersey.

Quanto ao save, comecei em equipas amadoras mas o sonho é tornar-me profissional para vencer uma competição internacional. De momento estamos muito bem e isso ajudará na minha reputação...e não te enganes com a idade dele pois ainda joga e bem 😁

33 minutes ago, LC said:

 

Isto mais parece os campos de futebol do Aterro do Flamengo(Rio de Janeiro) a noite, aonde o futebol rola a noite e madrugada adentro. Fora que no fim de semana que tem todos os tipos de frequentadores.

 

679YpLc.jpg

 

Está fazendo o que deve ser feito e o time vai subir sem muitas dificuldades. Boa sorte.

Obrigado. Estamos a cumprir e queremos subir. Acho que estes campos em Hong Kong são mais seguros que o Aterro do Flamengo. ✌

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC
59 minutos atrás, Cadete213 disse:

Obrigado. Estamos a cumprir e queremos subir. Acho que estes campos em Hong Kong são mais seguros que o Aterro do Flamengo. ✌

KKKKKKKKKK, devo dizer que a possibilidade de você estar certo é muito grande, mas já joguei futebol na madrugada no aterro e foi tranquilo. O jogo do meu time na época começou a 01:00h da madrugada. Kkkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
div

Começo bastante promissor, tal qual a carreira do Tak Leung, parece ter um caminho longo pela frente haha.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
2 hours ago, LC said:

KKKKKKKKKK, devo dizer que a possibilidade de você estar certo é muito grande, mas já joguei futebol na madrugada no aterro e foi tranquilo. O jogo do meu time na época começou a 01:00h da madrugada. Kkkkkkkk

01:00 da madrugada? Eish...Única vez que joguei tão tarde (ou cedo), fui num torneio de futsal. Eram 24 horas seguidas com jogos e o último jogo foi às 4 da manhã hahaha

2 hours ago, div said:

Começo bastante promissor, tal qual a carreira do Tak Leung, parece ter um caminho longo pela frente haha.

 

Obrigado. Tens razão, caminho muito longo pela frente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG

O time dos extremos, um com 51 e outro com 16, uma loucura!! Ainda não me caiu a ficha do jogador de 51 anos haha.

Que bom que está dando tudo certo no começo, está correspondendo as expectativas altas da imprensa e passando o carro em todo mundo. 4 pontos na frente e com 1 jogo a menos, ainda é cedo pra comemorar o título?

Boa sorte na sequência!!

17 horas atrás, Cadete213 disse:

Acho que estes campos em Hong Kong são mais seguros que o Aterro do Flamengo. ✌

Acho que até trocar o nome da ex pelo da atual é mais seguro que jogar no Aterro do Flamengo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
5 minutes ago, ElPerroMG said:

O time dos extremos, um com 51 e outro com 16, uma loucura!! Ainda não me caiu a ficha do jogador de 51 anos haha.

Que bom que está dando tudo certo no começo, está correspondendo as expectativas altas da imprensa e passando o carro em todo mundo. 4 pontos na frente e com 1 jogo a menos, ainda é cedo pra comemorar o título?

Boa sorte na sequência!!

Acho que até trocar o nome da ex pelo da atual é mais seguro que jogar no Aterro do Flamengo.

Obrigado. Futebol amador é isto. É paixão independentemente da idade. Estamos no caminho certo mas prefiro celebrar só no final.

Está decidido que nunca jogarei no Aterro do Flamengo 😁

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Em um clube recém-rebaixado não dá para não esperar que o Wing Go seja o campeão. É o mínimo a se esperar. Mas o melhor mesmo são os jogadores e as idades.

Muito interessante as informações sobre o complexo esportivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213
1 hour ago, ggpofm said:

Em um clube recém-rebaixado não dá para não esperar que o Wing Go seja o campeão. É o mínimo a se esperar. Mas o melhor mesmo são os jogadores e as idades.

Muito interessante as informações sobre o complexo esportivo.

Obrigado. Temos obrigação de ser campeões mesmo com os velhotes e os jovens. O complexo é engraçado e aqui em Jersey é igual para os veteranos. Quando a equipa principal ou os reservas jogam no nosso campo, temos que ir para um complexo desportivo jogar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213

CS4it6X.png

A vida em Hong Kong continua mas a paixão pelo Arsenal mantém-se. Continuo a acompanhar os Gunners e foi com alguma tristeza que vi o Arteta ser despedido. O meu sonho era um dia treinar a equipa do meu coração, mas não sei o quão realista estou sendo. Tenho saudades dos primeiros tempos do Wenger e dos Invencíveis, de ver jogadores como Henry, Bergkamp, Vieira, Adams, Van Persie, Pires, Ashley Cole, Fabregas...enfim. Há que deixar as mágoas para trás e continuar a vida.

6p5X2Pq.png

Sendo o meu trabalho o tradicional de escritório, de segunda a sexta, das 9h às 17h, tenho muito tempo livre onde passo parte dele no clube. Tirando os restaurantes, etc. aproveitei para ir ver um amigável da seleção de Hong Kong, contra o Brunei. 

Futebol é a minha paixão e uma pessoa já não pode ir ver um jogo que já pensam que estou interessado em jogadores ou sei lá o quê. Não vivo do futebol e ignoro estas notícias. Um dia, quem sabe, se for profissional, a história seria diferente.

g4hyuSd.png

Passando ao que interessa, a perda de jogadores afetou um pouco e perdemos em casa contra o Ornaments. Jogo fraco da nossa parte e não soubemos reagir à desvantagem. Acabamos perdendo por 3-1. Tínhamos que reagir a esta derrota, para que a moral ficasse em cima, e foi o que fizémos. Quatro jogos fora seguidos, só com vitórias, se bem que aqui não há exatamente casa ou fora, sendo que muitos dos jogos são disputados no Happy Valley Sports Grounds.

Derrotamos o Tsuen Wan por 2-1 e de seguida, num jogo de malucos, ganhamos 6-4 contra o Islands. Tivemos a ganhar 6-0 e ainda sofremos 4 golos. Não fiquei contente e fiz questão de passar a mensagem aos jogadores.  Ouviram bem e derrotamos o Fukien por 3-0 e o Wofoo por 4-1.

Tivemos muito tempo de pausa entre jogos, e fiquei desconfortável com a situação. Não havia ritmo de jogo mas as outras equipas estavam em situação semelhante. Mesmo assim, sem desculpas, empatamos contra o Kwok Keung e contra o Sun Hei, a 2 bolas.

2fbokHy.png

Foi então que decidi que não iria passar pela mesma situação, e como o próximo jogo era só em Janeiro, marquei vários amigáveis em Dezembro. Saldo positivo com 3 vitórias e uma derrota, contra equipas desconhecidas do mundo do futebol e queria partilhar a sua existência. Boca Seniors foi o primeiro adversário, seguindo-se o Fu Moon.

A única derrota foi contra o Swiss XI e antes de voltar aos jogos oficiais, derrotamos os Azzurri. Os jogos foram todos no Mong Kok Stadium mas o máximo de espetadores que tivemos foi 34.

JOl86yK.png

Em Janeiro, consegui reforçar a equipa com um colega do trabalho, o alemão Thomas Halder. O Thomas também trabalha no HSBC e jogamos futsal amigavelmente. Gostei das suas capacidades e convidei-o a jogar por nós.

Com ajuda da diretoria do clube, fomos ainda buscar mais dois jogadores, para atacar esta fase final e o título.

Lznu25w.png

Regressamos à competição com um empate aborrecido, 0-0, contra o Sai Kung, num jogo em que a obrigação era ganhar. No próximo jogo, voltamos aos bons resultados com uma goleada ao Lansbury, por 4-1. Foi uma vitória importante, depois de 3 empates seguidos.

arLkc2Z.png

Contínuamos nossa caminhada rumo ao título, e apenas perdemos 1 jogo, com 4 empates e 11 vitórias. Já temos 10 pontos de avanço e o primeiro lugar não deverá escapar. Faltam apenas 10 jogos para o final e o Kwok Keung é a equipa que está mais próximo. Se o primeiro lugar parece estar entregue, a luta pelo 2º e pela subida está ao rubro,. São apenas 5 pontos a separar o 10º do 2º.

OenmX46.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

Esse calendários doidos as vezes dificultam nossa jogatina!

Imagino que vc tenha adicionado liga customizada para jogar na 4ª divisão né? Tenho a impressão que nessas ligas a IA sofre ainda mais frente o manager humano.

Mas o Wing Go, que tem quase obrigação de subir não tem nada com isso, vai fazendo seu papel.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • six_strings
      By six_strings
      Clube Norueguês, que milita no segundo escalão do país, com excelentes instalações
      de treino e de desenvolvimento de jovens jogadores.
       

       

       
      Gubther Söme Fodsen foi contratado para assumir os comandos do TROMSO IL.
      Natural de Tromso e sócio do clube o antigo jogador amador, dá início a 
      uma carreira no clube do seu coração, onde promete levar o clube ao sucesso.
       




      A direção espera que consigamos trabalhar com o orçamento que dispomos, que é 
      pouco ou quase nada, e que tenhamos um desempenho que nos permita a promoção para
      o escalão maior na Noruega.
       

       
       

    • fabioaraujo89
      By fabioaraujo89
      Fala, pessoal!
      sou novo aqui e no FM. Nunca tinha jogado o jogo, aí vi que liberaram no Xbox pelo Game Pass e viciei! (até tentei passar para a versão normal, mas não rodou bem no meu PC). 
      Hoje estou jogando bastante (em quantidade rs), mas já vi (e confirmei lendo aqui) que o jogo pode ser bem frustrante, especialmente para os iniciantes como eu, que não entendem ainda o que estão fazendo no game. 
      Assim, eu queria uma ajuda com a parte tática. Nesse meu sabe específico, eu comecei no Campeonato de Portugal com a Estrela da Amadora, mas depois de uma curta passagem pelo QPR eu estou há algumas temporadas no Watford, da Inglaterra. 
      Peguei o time na Championship, consegui subir (não foi exatamente “fácil” pra mim, mas eles tinham acabado de cair e tinham um dos elencos mais fortes da divisão) e me estabilizei bem na PL. 
      Eu uso desde sempre um 4-2-3-1 com extremos, tiki-taka personalizado. Era a tática que já era da Estrela lá no começo, eu não mexi muito e fui usando. Já tentei outras, mas essa foi a que mais me serviu ao longo do tempo. 

      Meu time tem um desempenho sempre aceitável. Eu sempre estou ali brigando por uma vaga nas competições continentais, normalmente pego o Camp. Europeu ou o Camp. Europeu II. Teve uma que fui pra Champions.
      Como estou há tempos no clube, eu consegui montar um time bom. Tem vários jogadores muito interessantes, que volta e meia recebem propostas altas de clubes bem maiores e o elenco é equilibrado e com opções. 
      O problema? O time sempre se dava mal no confronto com os grandes ingleses (seja nas taças ou na liga) e perdia uns jogos bobos, que faziam o desempenho cair.
      Aí eu descobri o Rate My Tatic...fiz os ajustes para a tática ficar 5 estrelas (que envolviam alguns ajustes de funções e principalmente remover várias instruções que eu nem sabia que estavam e conflitos. Fiz uma ou outra contratação para fechar.
      E deu bem certo. O time melhorou, diminuiu muito os pontos perdidos em jogos fáceis, fez bons jogos com os grandes, cheguei a sonhar com o título... mas ficou em segundo lugar, a 4 pts do campeão (Chelsea). E ainda perdeu a final da FA Cup pro Arsenal. Foi positivo, mas frustrante demais. 
      Eu sinto que falta só um “ajuste fino” pro time ir mais longe, levantar canecos. Que modificações vocês sugerem? 
      (Não estou conseguindo subir imagem, mas a tática é assim):
      4-2-3-1 com extremos 
      2 Defesas laterais com função de apoio
      2 defesas centrais função defender
      2 Médios centros com função de apoio
      1 médio ofensivo com função apoio
      2 extremos invertidos com função apoio 
      1 atacante completo com função atacar 

      as instruções de equipe 
      com posse:
      passar para espaço 
      jogar a partir da defesa 
      levar bola até a área 
      ritmo muito mais alto (estou pensando em tirar, meu time termina morto todas as partidas e tem quedas de desempenho ao longo da temporada) 
      em transição (não tinha no Rate):
      Pressionar
      contra atacar
      Sem posse
      linhas normais 
      Marcação apertada
      pressao muito mais urgente (o Rate mandou tirar e acho que vou fazer pra próxima temporada porque acho que está tirando meus zagueiros da posição e permitindo infiltrações demais). 
       
      O que vocês acham? Ajudem o novato, pfvr! Abraços!
    • mfeitosa
      By mfeitosa
      Não, não é um déjà vu! Acredito que quem acompanha os meus saves há algum tempo não vá se surpreender com o meu retorno a uma proposta (não tão) antiga, que é a de fazer uma carreira dentro do futebol latino-americano. Na primeira de minhas tentativas, em "A volta por cima de Wanchope", relatei uma curta trajetória do costarriquenho Paulo Wanchope na América do Norte e Central. Apesar de ter sido um dos saves que mais gostei de fazer, infelizmente não consegui concluí-lo em razão de projetos pessoais que exigiram toda a minha atenção na época.
      Mais recentemente, entre idas e vindas, tentei retomar a proposta com "Soy Loco Por Ti América", sob a alcunha do chileno Arturo Sanhueza. No entanto, este save acabou não sendo o que eu planejava, pois não consegui um bom conjunto de ligas alternativas, fora da América do Sul, estáveis o suficiente para que tornasse o projeto viável em sua integralidade. Ainda assim, insisti em fazê-lo utilizando apenas as ligas sul-americanas e foi bom enquanto durou. Mas faltava algo e acabei desanimando. 
      Agora é a vez que reunir esses dois saves em um só, colocando a figura de Paulo Wanchope dentro do cenário de "Soy Loco Por Ti América", dessa vez contemplando todas as ligas necessárias. Após tantas tentativas, tenho esperanças de que teremos um bom save pela frente, com início, meio e fim. Mãos à obra!


      Como já antecipei em minhas considerações iniciais, esse save contemplará todas as ligas de expressão do futebol latino-americano e outras adicionais, incluindo a América do Sul (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), a América do Norte (Estados Unidos, México e Canadá) e a América Central (Belize, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, Nicarágua, Panamá, República Dominicana e Trinidad e Tobago). Ainda carreguei as principais ligas de alguns países da Europa (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal) para manter o Mundial de Clubes da FIFA competitivo.
      As ligas que estou utilizando são do megapack do DaveTheEditor. Fiz um teste de dez temporadas e não consegui identificar nenhum erro importante que impeça o bom andamento do save. Analisei aspectos como qualificação para as competições continentais, inscrição de jogadores, acessos, rebaixamentos e calendarização.

      Optei por uma base de dados Enorme (Personalizada), adicionando todos os jogadores do continente americano disponíveis no jogo, totalizando algo próximo de 100 mil jogadores. E como os times das ligas mais significativas estão razoavelmente atualizados no patch 21.4, não achei necessário marcar a opção de "Adicionar Jogadores a Equipes Jogáveis", evitando que o jogo esteja repleto de newgens logo de cara.


      Fugindo um pouco do que vinha fazendo em minhas últimas histórias, decidi por não estabelecer nenhuma regra ou objetivo específico para esse save. Obviamente, não fugirei ao que o título e banner da história nos remete, que é a conquista de títulos continentais como a Libertadores da América e a Liga dos Campeões da CONCACAF. Não há como fugir disso. No entanto, a caminhada que pretendo construir até conquistá-los não será das mais curtas. O FM nos possibilita grandes saltos dentro de um save carreira, mas farei o possível para que isso não ocorra com Paulo Wanchope.
      Minha ideia é que esse percurso seja construído da forma mais verossímil possível. Logo, não se assustem ao me ver tomar decisões dentro do save que atravanquem a evolução da carreira do costarriquenho em alguns momentos, algo que eu já fiz sutilmente com Arturo Sanhueza. Farei o possível para que as mudanças de clube de Wanchope sejam as mais modestas possíveis, nunca saltando para uma equipe ou liga de reputação muito maior à que eu estiver jogando, por exemplo.
      O estilo principal das postagens será no formato de notícias, com algumas pitadas de ficção para que as ações realizadas dentro do jogo façam um pouco mais de sentido para quem estiver acompanhando. Quando necessário, alternarei com postagens no velho estilo JeT, como forma de complementar informações.


      Uma das formas que conheço que podem me auxiliar a impedir que a carreira de Paulo Wanchope evolua rapidamente é a questão das licenças. Este, inclusive, foi um dos erros que acabei cometendo com Arturo Sanhueza, que passou a receber propostas de clubes de reputação continental muito cedo. Dessa forma, atrasarei ao máximo os cursos do costarriquenho dentro do save, que iniciará Sem Qualificações e com experiência passada de Futebolista Amador. 
      A outra forma que conheço é tomando decisões controversas dentro do jogo, o que fará todo o sentido aqui. Para quem não conhece bem a figura de Paulo Wanchope, é importante saber que se trata de uma pessoa de temperamento difícil e que coleciona diversas confusões em sua carreira, seja como jogador, dirigente ou treinador. Com base nisto, buscarei sempre realizar ações dentro do save que sejam condizentes ao que ele é na vida real.

      Por exemplo, no save com Arturo Sanhueza, lembro que engoli em seco uma renovação do Sport Boys com um contrato de duração muito maior do que eu desejava. Salvo engano, até com um salário menor. E como eu queria muito disputar a Libertadores, acabei aceitando. Bom, se fosse o Wanchope no lugar de Sanhueza, não tenho dúvidas de que o costarriquenho não apenas recusaria tal proposta como ainda faria comentários polêmicos à imprensa. Isto, se não partisse para a porrada com alguém.
    • Victor Duque
      By Victor Duque
      Salve comunidade, depois de muito tempo, decidi me me aventurar (tentar) compartilhar uma saga por aqui. Não tive talento para ser um jogador profissional, mas a paixão pelas táticas fez este cidadão, mesmo sem nenhuma qualificação de treinador, explorar o mercado do futebol aos 25 anos de idade!! Só me impus duas restrições nessa busca inicial, não trabalhar no Brasil nem na Europa. Sobre preferências, não tenho. Estou aberto a avaliar as propostas independente do lugar, já que nada na minha vida me prende. 
      Dessa forma então iniciarei minhas buscas e contatos para em breve, anunciar o primeiro desafio dessa carreira.
      Capítulos da saga:
      Desempenho por temporadas:
       
    • mfeitosa
      By mfeitosa
      Com a frustração de ser demitido do Koninklijke HFC (Holanda) em meu último save, já na primeira temporada, resolvi deixar um pouco de lado o meu espírito nostálgico para tentar algo com um clube ainda mais "aleatório". Embora a liga escolhida seja a Itália, onde vocês devem estar cansados de me ver jogar, o ponto de partida aqui será a Eccellenza, que corresponde à 5ª divisão italiana. Estarei sob o comando da A.S. Fidentina, também chamada de Lupi, uma equipe com menos de meio século de existência e sem qualquer tradição no Calcio.
      É importante ressaltar que não abandonarei o Desafio da Base e todas as diretrizes apontadas no frustrado save com o HFC serão mantidas para o trabalho com a Fidentina. Minha expectativa e objetivo é ter um save bastante longevo onde, ainda que eu não consiga cumprir todos os objetivos apontados, ele possa render um considerável período de divertimento, sem prazo para terminar.


      A Associazione Sportiva Fidentina foi criada após um "papo de boteco". Tudo começou em 1978, quando um pequeno grupo de rapazes que frequentavam o Bar Marisa (que existe até hoje) resolveu criar um time de futebol para participar de campeonatos amadores. A ideia foi muito bem recebida pelo dono do bar, que acabou por se tornar o primeiro patrocinador e presidente do clube. E assim nasceu o G.S. Bar Marisa, que logo mudaria de nome para G.S. Amatori Fidenza, e décadas depois para A.S. Fidentina (nome definitivo). O clube é sediado em Fidenza, comuna italiana da região da Emília-Romanha, província de Parma com pouco mais de 23 mil habitantes.

      O time se destaca pelos curiosos desenhos de seus uniformes, principalmente na cor grená, e pelas várias versões de seu escudo, onde sempre há espaço a "águia imperial" e a "cruz de prata" presentes no brasão de Fidenza, assim como o Lobo (em italiano, Lupi), tradicional mascote da equipe. Na imagem dos uniformes que criei, é possível verificar uma das variações do escudo da A.S. Fidentina, mas existem muitos outros (veja o fundo desta imagem) que, de tempos em tempos, surgem em algum uniforme ou arte. 
      Nos últimos anos, graças ao apoio de apaixonados empresários locais e ao jovem entusiasmo de seus dirigentes, o clube atingiu alguns resultados importantes dentro e fora de campo, alcançando patamares nunca sonhados anteriormente, como o acesso à Promozione e Eccellenza, a sexta e a quinta divisões do futebol italiano, respectivamente.
      A Fidentina rivaliza com as outras duas equipes da cidade, o Fidenza (time mais antigo, de 1922) e o Borgo San Donnino (fundado em 2009).


      Tomando como base o tópico oficial do The FM21 Youth Academy Challenge, no fórum da SI, os objetivos principais aqui serão conquistar a Serie A (primeira divisão do país escolhido) e a UEFA Champions League (competição continental), utilizando apenas as categorias de base da A.S. Fidentina como forma de adquirir novos jogadores. Ou seja, sem contratações de qualquer gênero, com exceção aos membros da comissão técnica. Vendas e empréstimos de jogadores a outros clubes também são permitidos. 
      Para tornar as coisas um pouco mais intuitivas em termos de evolução do save, ampliarei os objetivos da seguinte forma:
      Conquistar o título da Serie A; Conquistar o título da Coppa Italia; Conquistar o título da UEFA Champions League; Ter um jogador convocado para uma Copa do Mundo; Ser o maior clube formador da Itália; Possuir as melhores infraestruturas de base da Itália; Tornar-se o principal clube itália, em termos de reputação.
      Estarei utilizando o "Fusion DB - Prima Categoria v1.2" como forma de ativar os escalões mais baixos do futebol italiano, o que me permitiu escolher a Fidentina para jogar. Embora esse update contemple a 7ª divisão da Itália, carreguei a pirâmide apenas até a divisão em que estarei jogando, Eccellenza (5ª divisão), em razão da morosidade que seria gerada com o passar dos anos. Além da Itália, selecionei as principais ligas da Europa (apenas a divisão principal de cada) de acordo com o ranking das associações, e também a primeira divisão da Suíça, Brasil e Argentina. A base de dados escolhida foi Média. Por fim, das opções avançadas, segui à risca o que o desafio determina.


      Nascido em 6 de março de 1983, em Milão, Luca Ferretti é um meia-atacante com origens na base do Parma, onde iniciou uma carreira repleta de frustrações. Em junho de 2003, o Milan realizou uma troca entre jogadores de sua base e garotos da base do Parma, o que incluiu o ainda jovem Ferretti. Essa transação foi alvo de investigação e, em 2009, os clubes foram multados por inflacionarem os preços dos atletas para garantir um falso lucro no balanço patrimonial. Além disso, Luca não teve espaço na equipe de Milão e foi emprestado de imediato para a Reggiana, que estava na Serie C1, e já no meio da temporada foi cedido ao Legnano, da Serie C2.
      Em 2005, Luca Ferretti foi contratado pelo (hoje extinto) San Marino e resolveu pendurar as chuteiras após atuar em apenas três partidas. 

      Em 2008, aos 25 anos, Luca Ferretti foi convencido a retornar ao futebol e assinou com o Lecco por uma temporada, mas acabou sendo pouco aproveitado. No ano seguinte, Luca acertou com o modesto Terme Monticelli e finalmente alcançou uma sequência de jogos. Em 2012, Luca Ferretti foi contratado pela Fidentina, onde se tornaria a principal referência e capitão da equipe. Ferretti atuou pela Fidentina por sete anos e marcou mais de 50 gols com a camisa grená, deixando o clube ao final da temporada 2018/19, após o rebaixamento para a Promozione. Sem acordo com a Lupi, Ferretti acertou sua ida ao Noceto, onde atua até hoje. 
      Para este save, aposentei o Luca Ferretti "original" com o auxílio do editor do FM. O estilo do treinador escolhido foi sem qualificações, experiência anterior de Futebolista Amador e foco do estilo de gestão Original. Sem mais delongas, mãos à obra! 🐺🇮🇹

×
×
  • Create New...