Jump to content
Sign in to follow this  
ElPerroMG

Boston City FC Brasil - (29/03) - 10 vezes para o Boston

Recommended Posts

Peepe

O nome do sujeito é Littbaski e ele tentando jogar futebol, talvez se fosse um Lili ou algo do tipo.

A fornada te cedeu uma boa dupla pro Lucas, o Mão ainda precisa desenvolver mas já tem um nível bem legal pro que você pretende disputar. E aquilo, tentar sobreviver nas novas competições e ver se o time encaixa: gostei muito da tua nova tática mas fico preocupado se o esquema não vai ficar mais parecido com um 4222 ou se tem gente demais defendendo. Dá pra encorajar mais esse meia central

Share this post


Link to post
Share on other sites
Wellington Maciel

Mão é disparado o melhor jogador da fornada e talvez de muito certo junto com Lucas que certamente já é o craque da equipe! Tudo pronto para mandar ver no módulo ll e no regional!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Senti falta da tela com as estrelas no post, para facilitar a comparação dos atletas.

Mas tem aí mais uma fornada cheia de potencial, situação que vai continuar seguindo até o time se solidificar numa divisão e começar a melhorar consideravelmente a capacidade dos atletas presentes no elenco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
PedroJr14

Não vai ter moleza nessa temporada, mas o time tá evoluindo aos poucos, boto fé que não vai fazer feio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Littbaski Varela, Mão, Formiga,etc. Queria sabe da onde essa porcaria de FM tira esses nomes tão estranhos e hilários.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Mão é pra mim o pior nome que o FM dá, ainda mais quando o cara não é goleiro, eu fico ?????

Fornada decente, com alguns nomes que podem vingar por muito tempo no time. Vai ser bacana ver essa evolução pois a próxima temporada promete ser bem mais difícil.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG
Em 12/05/2020 em 20:32, Andreh68 disse:

Caraca, Littbaski! Faltou um R aí. Ou é filho temporão ou foi o avô que escolheu o nome!

É bom mesmo rechear o elenco em quantidade pelo menos, a temporada vai ser dura.

Provavelmente o Avô escolheu o nome hahah, FM sempre se superando.

Em algumas ocasiões provavelmente teremos que rodar o elenco. 

Valeu, Andreh.

21 horas atrás, Peepe disse:

O nome do sujeito é Littbaski e ele tentando jogar futebol, talvez se fosse um Lili ou algo do tipo.

A fornada te cedeu uma boa dupla pro Lucas, o Mão ainda precisa desenvolver mas já tem um nível bem legal pro que você pretende disputar. E aquilo, tentar sobreviver nas novas competições e ver se o time encaixa: gostei muito da tua nova tática mas fico preocupado se o esquema não vai ficar mais parecido com um 4222 ou se tem gente demais defendendo. Dá pra encorajar mais esse meia central

Pensei que seria algum nome artístico, mas era o nome real dele mesmo hahah. Seus jogadores venezuelanos tem nome mais brasileiro do que ele ahahha.

Pois é, testarei Mão e Lucas no ataque, acho que no futuro, quando entrosarem, podem render bons frutos. Já joguei desse jeito em outros saves, mas com equipes com um poucos mais, pra não falar muito mais, qualidade. Vai ser um tiro no escuro, vamos ver o que que dará.

Valeu, Pepe. 

20 horas atrás, Wellington Maciel disse:

Mão é disparado o melhor jogador da fornada e talvez de muito certo junto com Lucas que certamente já é o craque da equipe! Tudo pronto para mandar ver no módulo ll e no regional!

To ansioso pra ver os 2 em ação. Acho que Mão assim como o Lucas não deve render muito na primeira temporada, mas depois que acostumar com o modelo de jogo e entrosar com a equipe, tem tudo pra deslanchar. 

Valeu, Welligton.

18 horas atrás, Henrique M. disse:

Senti falta da tela com as estrelas no post, para facilitar a comparação dos atletas.

Mas tem aí mais uma fornada cheia de potencial, situação que vai continuar seguindo até o time se solidificar numa divisão e começar a melhorar consideravelmente a capacidade dos atletas presentes no elenco.

Fala, Henrique. 

Pô, ótima dica! Na próxima comparação farei algo bem bacana baseado nisso que você falou, realmente fica melhor comparar o antes e depois.

Concordo que foi a fornada que mais me animou dentro da 3. Temos 1 goleiro bom, 1 zagueiro com potencial e 1 atacante que já chega como titular. Vamos aguardar o desenrolar do desenvolvimento deles.

Valeu, Henrique.

18 horas atrás, PedroJr14 disse:

Não vai ter moleza nessa temporada, mas o time tá evoluindo aos poucos, boto fé que não vai fazer feio.

Tomara que não quebre as expectativas da torcida. Espero pelo menos permanecer na metade superior, sendo um pouco mais ousado que a diretoria.

7 horas atrás, marciof89 disse:

Mão é pra mim o pior nome que o FM dá, ainda mais quando o cara não é goleiro, eu fico ?????

Fornada decente, com alguns nomes que podem vingar por muito tempo no time. Vai ser bacana ver essa evolução pois a próxima temporada promete ser bem mais difícil.

Mão é um dos nome que acompanha o FM ao longo dos anos. Nessa versão ainda não vi nenhum Pipoca e Pirulito, mas o Mão continua firme hahahh.

Tomara que eles não flopem, porque a expectativa tá grande em cima deles. 

Valeu, Márcio!

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG

spacer.png

O início salvador.
15 de Março de 2023

Diferentemente das últimas temporadas, os jogadores só se reapresentaram para pré-temporada no dia 20 de Dezembro. Com isso, só conseguimos fazer um mísero amistoso ainda em 2022, contra a equipe do Castelo. Foi uma boa oportunidade para eu testar a tática nova. Os meninos da última fornada que jogaram, Mão e Adriano, não convenceram muito, assim como o restante da nossa defesa, e acabamos perdendo por 3x2.

spacer.pngDepois da cachaçada de final de ano, jogamos ainda bêbados contra nosso time sub-20, que pela primeira vez teria jogadores no elenco. Parece que jogar tonto fez efeito. Vencemos por 1x0 com gol do nosso lateral Juninho. 

Fizemos ainda mais 4 amistosos antes do mineiro. Para começar, enfrentamos o Unidos de Calçados e nosso time sub-20. Depois disso, decidimos elevar o nível, e jogamos contra o Tupynambas (vice campeão da série D) e contra o Boavista do RJ. Não vencemos nenhum.

Perdemos do Unidos de Calçados, Tupynambas e do Boavista; e empatamos com nosso time sub-20. Nos três primeiros jogos voltei com a tática antiga de extremos, como não mudou muita coisa,  voltei a insistir na tática de 3 MCs, também não surtiu efeito. Comecei a ver que o problema era os jogadores sem vontade de jogar jogos amistosos, mas pelo menos estavam com condicionamento físico. 

Ainda antes da estréia no Módulo II, a direção nos enviou a revisão da expectativas: teríamos que lutar arduamente para não cair nas duas competições. Logo depois, foram sorteados o grupo do Regional. Caímos em um grupo com times de MG e ES. Grande parte dos times mineiros do nosso grupo nós já enfrentamos, os do ES serão novidades. Junto com o sorteio do grupo, veio o anúncio de que nossa equipe ganharia 999m com direito televisivo ao longo temporada, o primeiro milhão a gente nunca esquece.

Castelo | Boston Sub-20 | Unidos de Calçados | Boston sub-20 | Tupynambás | Boavista RJ.

 

spacer.png

O campeonato mineiro do módulo II é disputado por 12 times. Todos jogam contra todos em turno único (11 jogos). Ao fim dos confrontos, os 4 primeiro se classificam para as semis, e os 3 últimos são rebaixados para o Módulo III. Como nossa meta era não cair, fui pesquisar quantos pontos os rebaixados fizeram nos últimos anos, e encontrei o número mágico de 5 pontos. Logo teríamos que fazer no mínimo 6 pontos para permanecer no campeonato na próxima temporada.

Começamos enfrentando uma equipe que eu julgava fácil, o Pouso Alegre. Decidi começar com a tática da última temporada, com pontas, uma vez que nossa equipe estava mais habituada com ela, e os amistosos não agradaram. Na nossa estreia, Lucas mais uma vez resolveu decidir, com 1 gol no começo e outro no fim da partida, ele sacramentou os 2x0 para os Leões de Manhuaçu. Precisaríamos de mais 1 vitória só. O primeiro gol foi sua marca registrada, cabeceio certeiro. Já o segundo, ele arriscou de longe e o goleirão aceitou. 

Depois do nervosismo da estreia, fomos até Uberlândia enfrentar o time mais tradicional da cidade, o Uberlândia. Era um dos times mais tradicionais desse módulo II, então já fui esperando o pior. Acontece que, na estreia, eles já levaram uma botinada do favorito ao título do módulo II, o Tombense, e por isso entraram precisando vencer de qualquer forma. Entramos com a mesma escalação da última partida, e contamos com nossa bola parada para triunfar no jogo. Eram jogados 35 minutos de jogo, quando em uma cobrança de escanteio, Andre Luis desviou na primeira trave e Huguito completou para o gol. A equipe do Uberlândia foi melhor que a gente, deram quase 20 chutes para o gol, mas estavam com o pé descalibrado, e só consagraram nossa defesa. Fim de papo, 1x0 para os Leões. Com 2 rodadas eu já havia chegado ao número mágico de 6 pontos para não cair.

Nos 2 jogos posteriores, enfrentamos o Ipatinga e o Nacional de Muriaé. O jogo contra o Ipatinga foi o mais louco até aqui. Começamos perdendo de 2x0 e esse placar se manteve até os 86 minutos de jogo, quando Catê descontou pra gente. Quando tudo parecia levar para uma derrota, Wellerson Aurélio acertou um lindo chute aos 92 minutos, deixando tudo igual no JK. Em Muriaé deu tudo certo, com um gol do nosso craque Lucas no começo do jogo, depois de uma assistência de John Lucas, vencemos os donos da casa por 1x0.

Ipatinga | Nacional Muriaé

Até aqui parecida tudo perfeito, algo improvável de se imaginar no começo da temporada, mas foi exatamente aqui que começou a descambar as coisas. Enfrentaríamos os 3 jogos mais difíceis da competição em sequência, e depois 4 jogos tranquilos para pontuar. Diante desse cenário, acreditei que pudéssemos buscar uma classificação para as semis finais. Spoiler, fui muito ousado.

Começamos pegando o Tombense e tomando uma sapatada, 4x0 pra eles fora o baile. Nossa equipe não viu a cor da bola. Já era de se esperar. A equipe deles não era pra ter caído no mineiro, e  tem um time a nível série C nacional. Depois empatamos 0x0 com o Betim, time do nosso grupo no regional e até então segundo colocado do modulo II. Nosso zagueiro Andre Luis foi impecável em campo, e consagrado o melhor da partida. Por fim, pegamos o Tupynambas em Juiz de Fora, outro time da série C do nacional. Por óbvio, outra sapatada linda, tomamos 5x1. Por ironia do destino, começamos vencendo por 1x0 com gol de pênalti, depois daí nosso time sumiu, só dando esse chute para o gol. Ainda deu tempo do nosso LD, Alex Junior, ser expulso e desfalcar nosso time. Pensei que sairíamos com 0 pontos dessas 3 partidas; saímos com 1, lucro para a gente. 

Tombense | Betim | Tupynambás

Nos últimos 4 jogos eu esperava fazer pelo menos 10 pontos, e foi aí que eu ousei, nossa equipe ainda não estava preparada. Fomos em Araguari enfrentar os donos da casa e perdemos por 2x0. Eu já levei o baque e sabia que não conseguiríamos chegar nas semis. Depois recebemos o Portal, time que subiu do módulo III com a gente. Tivemos a chance de abrir o placar no primeiro tempo, mas Ailson desperdiçou o pênalti aos 42 minutos de jogo. Depois disso o time deles cresceu no jogo, sendo melhores que a gente na segunda etapa, mas a nossa zaga estava inspirada e fechou a casinha. Empatamos em 0x0. O penúltimo jogo era o mais fácil até aqui, enfrentaríamos o lanterna América de TO, que contava com 9 jogos, 9 derrotas e quase 30 gols negativos. Advinha? Fomos massacrados, 3x0 para eles dentro da nossa casa. O único jogador lúcido do nosso time foi o Huguito, mas uma andorinha sozinha não faz verão. Fechamos nossa participação contra o Serranense fora de casa. Definitivamente a tática com pontas parou de surtir efeitos, então resolvi tentar a tática com 3 MCs mais uma vez. Ainda abalados com a goleada, empatamos em 1x1. Lucas abriu o placar no começo do jogo, mas ainda no primeiro tempo o time deles empatou o jogo. No segundo tempo eles tiveram um jogador expulso, por isso tentei adiantar o time, mas não deu em nada. Fim de papo, 1x1.

Araguari | Portal | América TO | Serranense

Terminamos a primeira fase em 7º lugar, a exatos 7 pontos do G-4 e os mesmo 7 pontos do Z-2, o que indica que nossa equipe está na metade do caminho, tanto para um lado, quanto para o outro. Dentro das expectativas da direção terminamos bem, evitamos o rebaixamento. Mas dentro das minhas expectativas fomos abaixo, ainda mais diante de um começo arrasador. Não podemos pipocar contra times do nosso nível, precisamos crescer e vencer. Definitivamente, o inicio nos salvou de um trágico rebaixamento.

spacer.png
Tombense e Tupynambás subiram de divisão.

Minhas raiva não parou por ai, a diretoria resolveu negociar 3 dos nossos principais jogadores: o LD Alex Junior, o extremo direito John Lucas e o nosso armador Huguito. As 3 propostas giravam em torno de R$50 mil. Por sorte, os 3 jogadores são fieis ao Boston e decidiram rejeitar a proposta. Alex Junior e John Lucas do Juazeiro BA e Huguito do Limoeiro.

Teremos praticamente 2 meses para ajeitar a casa para a estreia do regional contra o Betim na casa deles, nosso primeiro jogo que será transmitido na televisão. Terei que perder uns quilinhos até lá. 

Marcamos 5 amistosos contra equipes do mesmo nível ou com nível superior ao nosso. Vou insistir na tática com 3 meio campistas, mas estou pensando em alterar algumas funções, jogar com 2 mezzalas tem nos deixando bem expostos. Pensei em colocar um carrilero, estilo Racing do Eduardo Coudet na campanha da Superliga 18/19. Vamos ver como o time reage agora nessa segunda etapa da temporada. O regional será disputadíssimo, e segundo meus cálculos, teremos que fazer 9 pontos em 15 jogos para não cair. Cenas do próximo capítulo.

spacer.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Wellington Maciel

Foi uma boa campanha, fiquei preocupado John Lucas é um dos melhores do time, sempre dando assistências, ainda bem que ele rejeitou o contrato, agora é tentar se manter no regional para melhorar as finanças!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

O mais importante é não cair, logo, mesmo com a reta final tenebrosa, já tinha feito o suficiente lá no começo. Pode me informar como estão o Uberaba Sport e a Caldense no seu save?

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm
On 5/4/2020 at 11:21 AM, ElPeroMG said:

Consegui resolver o problema da DB, não sei se foi conflito com o Sourtitotis ou outra coisa. Importante que eu consegui resolver, e como ainda não havia começado a temporada, só iniciado o save, não terá grandes problemas, então só editei o tópico. 

Olá, comecei a ler seu save hoje e vi que a questão do conflito. Fiz uma parada estratégica para lhe perguntar, você carregou arquivos do Sortitoutsi junto com o Mundi UP? Carregou qualquer outro arquivo, além daqueles que eles indicam?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG
Em 14/05/2020 em 02:13, Wellington Maciel disse:

Foi uma boa campanha, fiquei preocupado John Lucas é um dos melhores do time, sempre dando assistências, ainda bem que ele rejeitou o contrato, agora é tentar se manter no regional para melhorar as finanças!

Pois é, ele é uma peça importante na atual formação do clube, faz as duas pontas. Acredito que ele não saiu por causa das competições que o clube que a fez disputará

1 hora atrás, ggpofm disse:

Olá, comecei a ler seu save hoje e vi que a questão do conflito. Fiz uma parada estratégica para lhe perguntar, você carregou arquivos do Sortitoutsi junto com o Mundi UP? Carregou qualquer outro arquivo, além daqueles que eles indicam?

 

Fala GG, tranquilo brother?

Então, no começo tive esse pequeno problema mesmo. Sim, carreguei o Sortitoutsi junto na primeira vez, na segunda vez eu deixei so o mundiup (sem a liga chilena - usando a real do jogo), aí deu certinho.

Seja bem-vindo, muito obrigado, GG!

 

Em 14/05/2020 em 06:33, Henrique M. disse:

O mais importante é não cair, logo, mesmo com a reta final tenebrosa, já tinha feito o suficiente lá no começo. Pode me informar como estão o Uberaba Sport e a Caldense no seu save?

Pois é, Henrique. Nessas duas próximas temporadas não vou sonhar alto e tentar algo maior, vou apenas conhecer a competição e ajeitar a casa.

A Caldense foi campeã do módulo II em 2022. Em 2023, a equipe fez uma campanha digna no mineiro, terminando em 8º lugar na competição. Além do mineiro, eles disputaram a série D, e acabaram sendo rebaixados. O mais engraçado de tudo é que o treinador deles é o Keirrison, ex coritiba e barcelona hahah. 

O Uberaba vive uma situação pior, estão disputando a 4ª divisão do mineiro e a pré-regional em âmbito nacional. 

Valeu, Henrique.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Vem fazendo um bom trabalho até aqui, mas a interferência da diretoria pode vir a atrapalhar. Em relação a contratos e transferências voc~e deixou tudo nas mãos do seu staff?

PS: Acho melhor você liberar uma dose de 51 para os jogadores antes dos jogos.Kkkkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
mfeitosa

Apesar da reta final complicada, o objetivo principal foi alcançado até de forma tranquila. Uma primeira campanha muito boa para o Boston City no Módulo II. 

Caramba, muito interessante esses três caram terem escolhido permanecer no Boston. A diretoria quase ferrou tudo, mas quebrou a cara. 

Boa sorte para a sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm
32 minutes ago, ElPeroMG said:

Fala GG, tranquilo brother?

Então, no começo tive esse pequeno problema mesmo. Sim, carreguei o Sortitoutsi junto na primeira vez, na segunda vez eu deixei so o mundiup (sem a liga chilena - usando a real do jogo), aí deu certinho.

Seja bem-vindo, muito obrigado, GG!

Ótimo que vc tirou. Qualquer arquivo fora o do pessoal do Mundi Up acaba dando pau. Ter tirado os do sortitoutsi salvaram seu save. Vou continuar a leitura e depois comento.

Edited by ggpofm

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG

spacer.png

Um Espírito Santo, não tão santo.
21 de Agosto de 2023.

Eu estava planejando a mini pré-temporada para nos prepararmos para o regional, quando nosso diretor de futebol jovem entrou na sala trazendo as informações da pré-admissão das camadas jovens.

- Fala Fernando, estou com pré-relatório das camadas dessa temporada, quer dar uma olhada?

- O que você acha Rafinha? Claro que eu quero, nosso futuro depende disso, não estrague meu dia.

- Tarde demais, chefe.

- Mas que merda é essa Rafinha? Só tem pontos negativos nessa merda, e você ainda tem a cara de pau de falar que é a geração de ouro? Estamos ferrados.

O relatório de pré-admissão foi exatamente assim: 1 ponto positivo falando que é um grupo fantástico e que pode ser a geração de ouro. No entanto, abaixo vieram SOMENTE críticas, para todas as posições. Que Deus nos abençoe, estamos perdidos.

spacer.pngNo restante da mini pré-temporada, não aconteceram muitas coisas no período que antecedeu os amistosos de preparação para a Regional.

Como já havia dito anteriormente, elevamos o nível de preparação, mesmo sabendo que poderíamos sofrer algumas goleadas.

 

Ao todo foram 5 jogos, dos quais perdemos todos. Os 4 primeiros foram um total desastre. Perdemos do Tupynambas e Tupi que são de divisões superiores (C e D respectivamente) e do Real Noroeste e Americano, que também jogam a Regional. Rodei o máximo que eu consegui o elenco nesses jogos, tentando fazer com que todos entrassem em ritmo de jogo adequado para o início da competição. Sofremos 11 gols e não marcamos nenhum. Não tivemos nenhum destaque nesses jogos.

O último jogo foi contra o Tupy-ES, equipe que julguei ser do mesmo nível que o nosso. Fizemos o melhor jogo desde o Módulo II. Nossa equipe criou demais, o ataque voltou a funcionar, mas infelizmente nosso setor defensivo voltou a falhar e acabamos perdendo o quinto jogo. Essa foi a pior série de jogos sem vencer, contando os do módulo II.

spacer.png
Tupynambás | Americano | Real Noroeste | Tupi | Tupy-ES

Tentei usar as 2 táticas ao decorrer dos amistosos, e a que surtiu melhor resultado (se é que há melhor resultado em 5 derrotas) foi a com pontas, e por isso foi a escolhida para o início da Regional.

spacer.png

Iniciamos nossa caminhada enfrentando o Betim, equipe que ficou no G-4 do módulo II nessa temporada. Sem sombras de dúvidas seria um jogo muito difícil, e eu não estava tão entusiasmado assim depois dos amistosos. No entanto, o que eu vi em campo foi uma equipe totalmente diferente dos amistosos. Logo aos 27 min de jogo, John Lucas já nos colocou em vantagem no placar em uma boa jogada tramada pelo nosso setor ofensivo. Porém, nosso time morreu e parou de jogar entre os 30 e 40 minutos, e o Betim aproveitou pra virar o jogo. Eles só não contavam que 1 minuto depois do segundo gol deles, empataríamos o jogo com Rodrigo Baldaia desviando de cabeça em uma cobrança de escanteio. O segundo tempo foi inteiro nosso, com Lucas destruindo e fazendo 2 gols para fechar o caixão. Nem parecia a mesma equipe, Leões 4x2 na estreia.

Betim

Na sequência teríamos 3 jogos em casa contra adversários do nosso nível, era nossa chance de chegar aos 9 pontos pretendidos para manutenção na divisão. Mas logo no primeiro jogo eu vi que o trem não era assim, e que aquele primeiro jogo foi um ponto fora da curva. Recebemos o Valeriodoce e dominamos o jogo inteiro, parecia que o gol sairia a qualquer momento, mas não foi isso que aconteceu. No terço final do jogo a equipe deles fez 2 gols e matou o jogo, cortou nossa expectativa de 2 vitórias seguidas. Na sequência enfrentamos o Corumbaense, também em casa, e abrimos o placar no começo do jogo com Wellerson Aurélio. No entanto, ainda no primeiro tempo cedemos a virada para eles. No segundo tempo, empatamos novamente o jogo em uma cobrança de falta desviada por Ailson.  Ainda deu tempo para Wellerson Aurélio dar uma entrada maldosa no adversário e receber o vermelho direto. Na sequência pegamos o Guarani-MG que estava na zona de rebaixamento até o momento. O jogo foi também no estádio JK, e, aos 3 minutos de jogo, Cafézinho saiu lesionado, fato esse que mudou o rumo do jogo. Mão entrou em seu lugar, até então criticado pela torcida por não atender as expectativas que colocaram sobre ele. Com 20 minutos em campo, Mão completou o cruzamento vindo da direita e colocou os Leões na frente, calando a boca da torcida. Ainda no primeiro tempo, Mão cobrou uma cobrança primorosa na cabeça de John Lucas, que desvia e amplia o placar para nossa equipe.

Valeriodoce | Corumbaense | Guarani-MG

As 2 próximas partidas seriam fora de Manhuaçu, e foi aí que a coisa começou a descambar. Primeiro enfrentamos o Desportiva Capixaba, um dos times mais tradicionais do ES, e que tem um time com nível superior aos demais do grupo. Eu já esperava um tropeço, mas não do jeito que foi. Tomamos incríveis 5x1, com um gol atrás do outro logo no começo do jogo, pensei que passaria dos 10.

 

Um "break" na sequência para destacar a cagada que a diretoria fez. O presidente, que irá sair nos próximos meses, porque não vai concorrer a reeleição, resolveu levar nosso time pro buraco junto com ele. Autorizou a venda de Alex Junior, nosso LD titular, por $55m para o Nações Esportes, que disputa a Pré-Regional. Mas não parou aí, minha maior revolta veio depois, quando ele vendeu José Rocha, craque da segundo fornada, por APENAS $4m para o São Bento, além de 40% da próxima transferência. Aí eu pergunto, o que R$4m vai dar diferença na crise financeira de quase 1M? Não deu pra entender.

Fomos então enfrentar o Inter de Minas, com José Rocha ainda em campo pois ainda estava negociando salário com o São Bento, Alex Junior já havia saído. Fizemos um jogo até equilibrado, perdendo a partida em detalhes. Wellerson Aurélio foi expulso logo aos 6 minutos de jogo, segunda vez na competição. Daí pra frente tivemos que retrancar. O time deles errou um pênalti aos 50min, e tudo parecia caminhar para um 0x0 dramático. Até que aos 87 minutos, nosso goleiro resolver espalmar um chute para dentro do gol, bisonho. Perdemos o segundo seguido na competição.  Depois, recebemos o Ipatinga em casa e perdemos de 2x0. O jogo foi todo do Ipatinga, nossa equipe deu apenas 3 chutes ao gol deles. Nessa partida já jogamos sem o José Rocha. Na partida seguinte, pegamos o Portal, também em casa, e alterei a formação para a com 3 MCs. Fizemos outra partida bem ruim, nosso time parece ter sentido a falta de José Rocha na contenção e das subidas de Alex Junior pela direita. No entanto, dessa vez nosso ataque funcionou e Mão abriu o placar aos 44 min. Mas no segundo tempo, o time do Portal voltou a atacar, colocando uma formação com 3 atacantes, e acabamos por ceder o empate, terminando em 1x1.

Desportiva Capixaba | Inter de Minas | Ipatinga | Portal

Depois dessa sequencia enfrentando times locais de MG, enfrentaríamos os times capixabas, que até aqui estão mandando no grupo, serão 5 jogos seguidos.

Para começar, enfrentamos o Linhares no ES. Nossa equipe foi totalmente envolvida, não dando 1 mísero chute ao gol adversário, e acabamos perdendo por 1x0, poderia ter sido muito mais. Na sequência, enfrentamos o Real Noroeste, time que já havíamos enfrentado em alguns amistosos. E acabamos por presenciar outro jogo medonho dos Leões, fomos humilhados em solo capixaba, e perdemos por 6x1. Nesse momento, já tínhamos percebido que nossa visita até o Espírito Santo não seria tão santa assim.

Linhares | Real Noroeste

Nessa semana, ocorreu as eleições para presidência do Boston, e o novo presidente parece ter uma visão diferente do meu trabalho. Ele está me dando nota 13, e disse que meu desenho tático não tem favorecido a equipe, então terei que mudar para os jogos subsequentes, e o próximo será contra o líder do grupo, o Rio Branco ES. E outra, entramos na zona de rebaixamento do grupo, ocupando a 15ª posição do grupo, situação delicadíssima para os Leões. O panorama faltando 5 rodadas para o término era o seguinte:

spacer.png

Para enfrentar o líder do grupo, optamos por um modelo 4141 saindo no contra ataque, com a linha defensiva recuada. Resultado, 20 finalizações do Rio Branco e 0 finalizações nossa. Mas ao contrário dos outros jogos, empatamos em 0x0. A equipe deles foi bem ruim nas finalizações. Somado a isso, nossa goleiro estava em uma noite inspiradíssima e acabou se consagrando. Agora era hora do confronto dos desesperados. Voltaríamos ao ES para enfrentar o lanterna do grupo, o  Rio Branco VN, era ganhar, ganhar ou ganhar. Como era de se imaginar o jogo não foi la grandes coisas, mas acabou sendo bem equilibrado. O diferencial acabou sendo a bola parada, e nesse quesito nosso time treina toda semana. Em uma falta no começo da segunda etapa, o zagueirão Andre Luis apareceu para marcar o gol da vitória, 1x0 Leões, que agora ocupa a 11ª posição do grupo, um respiro.

Rio Branco (ES) | Rio Branco VN

Outro break na competição para a pior notícia que poderíamos receber - nossa diretoria acabou aceitando 2 propostas pelo nosso craque Lucas, o pior, por times da mesma divisão. Pelo visto irão vender nosso time todo até um milagre acontecer nas finanças.

Recebemos o Serra, para encerrar a sequência contra os times do ES. O Serra é o atual 6º colocado do grupo, outra pedreira. Fomos massacrados nas estatísticas do jogo, mas outra vez contamos comum bom jogo do setor defensivo e um péssimo jogo do ataque adversário, e o jogo acabou em 0x0. A tática mais reservada parece que vem funcionando para somarmos mais pontos. Para encerrar a competição, vamos fazer 2 jogos em MG, contra adversários diretos contra o Z2. Estamos 2 pontos acima da zona faltando 2 rodadas, e teremos que enfrentá-las sem o Lucas, que confirmou sua ida para o Hercílio Luz por R$48 mil.

spacer.png

Fomos até Nova Serrana enfrentar o Serranense, com a expectativa de vencer e afastar de vez o fantasma do rebaixamento. Logo aos 2 minutos, Ailson em uma cobrança de penalti nos colocou em vantagem. Continuamos em cima, fazendo um bom jogo contra eles, mas nossa zaga sempre entrega, com gols aos 17 e 28 minutos, eles viraram o jogo e conseguiram segurar esse resultado até o final. Na última rodada recebemos o Uberlândia, equipe que estava em 14º lugar com os mesmos 11 pontos que a gnt e com o mesmo saldo. Era matar ou morrer. Como em outros jogos, abrimos o placar logo no começo da partida, José Ricardo acertou um belo chute cruzado da entrada da área. Fizemos um jogo muito correto, mantendo a posse e trocando muitos passes, até que aos 68 minutos, John Lucas completou a cobrança de escanteio e nos deixou em uma ótima situação na partida, pois eles precisariam de 3 gols em 22 minutos. Só deu tempo de um, o Uberlândia descontou aos 71 minutos, e com a vitória do Guarani MG, a equipe do triângulo mineiro acabou sendo rebaixada para o pré-regional. Já os Leões de Manhuaçu conseguiram escapar, permanecendo por mais 1 ano na Regional.

Serra | Serranense | Uberlândia

spacer.png

Na semana seguinte o Guarani me ofereceu uma proposta de trabalho, que rejeitei de imediato. O trabalho para a próxima temporada será duro, ainda mais depois de tantas perdas importantes. Vou esperar a fornada e já começar a bolar um modelo de jogo novo para a equipe, quem sabe pensar em algo assimétrico, aproveitando as melhores peças do time. Mas agora, só no resta esperar a "geração de ouro" como disse nosso diretor de futebol jovem.

spacer.png


 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Wellington Maciel

O que dizer desse fim de temporada, feliz pela manutenção da equipe e triste pela péssima gestão da diretoria, Lucas o artilheiro agora será adversário do maior clube de MG!!! O pior é que a fornada parece que vai ser um desastre, ansioso para ver o que será do Boston na próxima temporada!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Conseguiu uma bela campanha de manutenção, mesmo com a diretoria jogando contra. É importante ir obtendo os resultados e consolidando a equipe, mesmo as custas de uma luta contra o rebaixamento até a última rodada. Pelo menos, na hora da decisão, a equipe compareceu e mostrou sua força.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG
9 horas atrás, Wellington Maciel disse:

O que dizer desse fim de temporada, feliz pela manutenção da equipe e triste pela péssima gestão da diretoria, Lucas o artilheiro agora será adversário do maior clube de MG!!! O pior é que a fornada parece que vai ser um desastre, ansioso para ver o que será do Boston na próxima temporada!!!

Pois é, meu amigo. A crise financeira parece não ter fim para os Leões, mas vamos torcer pra salvar alguém na fornada. A próxima temporada promete.

Valeu por acompanhar, abraços!

3 horas atrás, Henrique M. disse:

Conseguiu uma bela campanha de manutenção, mesmo com a diretoria jogando contra. É importante ir obtendo os resultados e consolidando a equipe, mesmo as custas de uma luta contra o rebaixamento até a última rodada. Pelo menos, na hora da decisão, a equipe compareceu e mostrou sua força.

A equipe ta subindo aos poucos o nível de jogo e se consolidando como um time de "meio" de tabela. Importante é evoluir degrau por degrau.

Valeu por acompanhar, abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peepe

Apesar dos sufocos, conseguiu escapar com uma posição bem honrosa. É interessante ver como a tabela do Regional é bem bipolar, tem um bloco de cima bem destacado e outro de baixo que se mata. Pensando nas próximas temporadas, a estratégia é impor superioridade contra os mais fracos que já consegue brigar.

Uma dica que te dou em relação as postagens é disponibilizar o calendário dos jogos em algum lugar, se não a imagem aberta no post, pelo menos o link pra ela. Facilita um pouco pra gente observar as oscilações.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Vou repetir a pergunta que fiz:

Vem fazendo um bom trabalho até aqui, mas a interferência da diretoria pode vir a atrapalhar. Em relação a contratos e transferências você deixou tudo nas mãos do seu staff?

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG

spacer.png

Geração de ouro?
15 de Dezembro de 2023

Já estava tudo preparado para eu passar uma semana na minha cidade natal, tomar uma cerveja e relaxar, para esperar o jogo entre a camada jovens e nosso time sub-20. Mas como nem tudo são flores, recebi uma mensagem do meu auxiliar.

- Fala chefe, o novo presida é mercenário igual ao anterior.
- Porque, Marcão?
- O cara acabou de vender o John Lucas por $4mil reais, acredita?
-Tu tá de sacanagem comigo Marcão! Agora além de torcer pra vir um atacante e um volante decente na fornada, terei que torcer pra vir um meia direita também? Querem me derrubar.
- Pois é, chefe. E como o Rafinha falou, não têm muitos jovens promissores na fornada, a geração deve ser de ouro por causa do elenco atual, só pé de rato.
- Pois é, Marcão, mas agora não quero pensar nisso. Meu busão sai daqui a pouco, nos vemos semana que vem.

spacer.png

Depois de passar uma semana ótima na Zona da Mata mineira, ao lado de meus amigos e familiares, era hora de retornar a realidade. Os candidatos a ingressarem no time já haviam sido apresentados ao Marcão pelo Rafinha, que me mandou um relatório pelo wpp, mas eu queria vê-los pessoalmente.

spacer.pngCheguei em Manhuaçu e já fui direto para o CT do Boston. Mas, claro, antes de entrar peguei um café na padaria em frente, o do Boston era horrível. Chegando lá, vi que os meninos estavam aquecendo para a partida contra nosso time sub-20, e aproveitei para observar de perto, já antes do jogo. Não deu pra ver muita coisa, só deu pra escutar alguém pronunciar um "Otino Wingert", que respondeu, "Tudo bem, Pipoca". Já fiquei preocupado ali, que porra de geração de ouro tem um Otino Wingert e um Pipoca?

Quando a bola rolou vi exatamente o contrário. O tal do Pipoca era uma maravilha, com um bom drible ele já chega pronto pra assumir o lugar o Jhon Lucas, claro que ainda precisará ser lapidado, mas tem futuro. O jogo terminou 2x0 para a fornada 2023, e outros 2 jogadores que chamaram minha atenção foram o meia esquerda João Vitor e o atacante Flávio Luciano.

ANÁLISES INDIVIDUAIS

GOLEIRO

Só tivemos um goleiro na fornada, trata-se de Emerson, que não parece lá grandes coisas. Ficará no clube com um contrato de formação para ser reavaliado posteriormente.

LATERAL DIREITO

Marcelo Augusto é o único LD de origem dessa fornada. Eu estava na expectativa de um bom jogador nessa posição, depois da venda do Alex Júnior. No entanto, não fiquei muito entusiasmado. Marcelo tem uma personalidade acomodada, e atributos não lá muito satisfatórios. Ficará na equipe por falta de opção na posição.

 

LATERAL ESQUERDO

João Paulo foi o único LE da fornada. Tem uma mentalidade equilibrada, e atributos "normais" para a idade e o nível da equipe. Não chega com nível de brigar por vaga, e por isso ficará no sub-20. No entanto, têm potencial para crescer ainda.

 

ZAGUEIROS

Para o setor vieram alguns nomes nessa fornada, assim como nas outras. Everaldo, Fabrício Bruno e Leston Izaias são os nomes desse ano. Dos 3, considero Everaldo como o melhor deles. Além de fazer a zaga, faz a LD e o MC, o que mostra que ele tem uma qualidade um pouco maior que os outros zagueiros para sair com a bola dominada. A princípio será nosso primeiro reserva para a posição. Fabrício Bruno é zagueiro raiz, com 1,97 de altura e um jogo físico muito bom, tende a crescer e ser um ponto importante da equipe em um futuro próximo. Leston Izaias se parece com Fabrício, tem uma altura ótima e um jogo físico um pouco pior que o companheiro, mas em contrapartida, faz outras funções em campo.

 

VOLANTE

Anderson Luiz e Fabiano Henrique são os volantes de origem dessa fornada. Fabiano Henrique é um dos grandes destaques dessa fornada, ao meu ver. Não tem atributos técnicos iguais aos de José Rocha, mas tem bons atributos tecnicos e pode jogar de MC, o que provavelmente irá acontecer. Anderson Luiz será integrado ao time sub-20, temos poucos volantes no time e ele pode ser peça de reposição no futuro.

 

MEIO CAMPO CENTRAL

Adebson é o MC de origem dessa fornada. Seus atributos técnicos e físicos não encorajam muito, mas o jogador tem uma personalidade equilibrada e bons atributos mentais, o que pode ajudar no crescimento de seus atributos. Vamos analisar de perto.

 

MEIO CAMPO DIREITO

Para a extrema direita, vieram 2 dos principais jogadores dessa fornada - Pipoca e Pedro Luca. Pipoca é o principal jogador da fornada, já chega com 2 estrelas de potencial e deve ser o titular da posição depois da saída de John Lucas. O jogador tem atributos equilibrados em todos sentidos, o que o prejudica um pouco é sua personalidade acomodada. Pedro Luca é bem parecido com Pipoca, até na personalidade, ficando atrás apenas por conta dos atributos mentais.

 

MEIO CAMPO ESQUERDO

João Vitor e Paulo Sérgio Correa são os jogadores dessa posição. João Vitor já chega para jogar no elenco principal ali no lado esquerdo. Tem boa velocidade e uma técnica que pode ser melhorada. Paulo Sérgio tem um físico melhor que de João Vitor, mas tem um técnico bem pior, o que pode o prejudicar, alem de sua personalidade acomodada.

 

MEIO OFENSIVO CENTRAL

O simpático Ótino Wingert é o único MOC dessa fornada. Com uma personalidade equilibrada, ele tem bons atributos físicos e mentais. Iremos tentar melhorar seus atributos ténicos, para utilizá-lo no futuro

 

ATACANTES

Foram 2 os atacantes dessa fornada - Flávio Luciano e João Manoel. Flávio Luciano é o principal destaque da fornada segundo nosso diretor jovem. Na minha opinião, é um dos grandes destaques sim, mas não o melhor. A princípio ele será titular no ataque ao lado do Mão. Ele tem uma personalidade equilibrada e atributos constantes. Além disso, ele faz a função de avançado trabalhador, que quero testar na equipe. João Manoel também ficará no time titular, gostei muito da altura dele e do físico. Com 1,90 de altura quero testá-lo como Jogador Alvo no futuro.

 

ANÁLISE DO TREINADOR

Embora não tenha nenhum destaque MUITO BOM, é uma fornada muito equilibrada, com diversos jogadores que podem assumir um papel importante na equipe. Por esse equilíbrio, acho que nosso diretor jovem falou que poderia ser a geração de ouro. Flávio Luciano e Pipoca chegam e já irão assumir a vaga de titular na equipe. João Vitor irá revesar a ala esquerda junto com Catê. Além deles, Everaldo e Fabiano Henrique irão ser quase o 12º jogador do time, estou confiando demais na evolução deles. Os outros dois zagueiros também podem ser promovidos em breve, Andre Luis e Baldaia tem um salario um pouco alto e não evoluíram muito, falharam demais no regional, e devem ser negociados. João Manoel pode ser usado na temporada também, curti demais o físico dele.

 

TÁTICA INICIAL - NOVOS TITULARES

Diante de muitas mudanças e uma campanha não muito boa, resolvi marcar 2 amistosos antes de os jogadores saírem de férias. De início pensei em um 442 raíz. No setor defensivo, mudei a função do LD para defender. Anteriormente quem fazia a função era Alex Junior, hoje, não temos um jogador da função capaz de ser titular, por isso Adriano será o LD na temporada, zagueiro que faz a função na direita, e por isso ficará como defender. A dupla de zaga será composta por Aílson e Marco Antônio Mello. Juninho ficará como titular na LE pela primeira vez. No meio campo central, Huguito e José Ricardo farão as funções de CJA e MRB respectivamente. Nas alas, os recém chegados Pipoca e João Vitor as farão. Na frente, usarei Mão como AvR e Flávio Luciano como AT.

spacer.png

Resolvi ousar um pouco mais. Coloquei passes mais curtos e coloquei para levar a bola até a área. Em vez de Reagrupar e Manter formação, coloquei contra-pressão e contra-atacar, e subi a linha de marcação um pouco mais. Por isso, usei o AT, que é uma função específica para fazer pressão inicial e recuperar a bola no ataque. Como segurei os laterais, os extremos tem um pouco mais de liberdade para subir.

É um time bem diferente do da temporada atual, teremos que jogar bastantes jogos para entrosar.

Fizemos 2 jogos contra adversários do mesmo nível. Primeiro pegamos a equipe do Castelense, que chegou a fase final do Pré-Regional na atual temporada, e fizemos um ÓTIMO jogo, dominamos o jogo todo, com boa movimentação dos alas e do ataque, e com boa cobertura dos laterais, vencemos por 4x0. Na sequência, pegamos o lanterna do nosso grupo no regional, Rio Branco VN. Fizemos outro jogo excelente, dominando o adversário durante todo o tempo em que os titulares estiveram em campo. Quando coloquei os reservas, percebi que Andre Luis realmente não tem capacidade para figurar no nosso time e tentarei negociá-lo e subir um dessa fornada. Vencemos por 2x1, com destaque para um golaço de falta de Flávio Luciano, destaque dessa fornada, segundo nosso Diretor Jovem.

spacer.png

Sensação boa depois dos jogos, o time está mais equilibrado, conseguindo produzir situações de gols. Na próxima temporada elevaremos o nível dos amistosos para testar se não é apenas fogo de palha.

 

DESENVOLVIMENTO DOS JOGADORES

Como sugestão do @Henrique M., resolvi fazer um antes e depois dos principais jogadores do time, para ficar melhor de ver a evolução.

Com a saída do Lucas, John Lucas e José Rocha, os 5 destaques do atual elenco na temporada foram Huguito, Ailson, Catê, José Ricardo e Marcos Antônio Mello.

Huguito é o grande craque do time, com 5 estrelas de capacidade. É o cérebro do time ali no meio campo. Aílson jogou em 3 funções diferentes ao longo do ano (ZC, VOL e MRB). Nessa temporada, ele jogará somente de zagueiro, assumindo a posição. Catê jogou aberto pelo lado esquerdo, foi autor de gols importantes no lugar do velho João Arroz. Nessa temporada ele tende a jogar mais recuado, por causa do nosso novo modelo de jogo. José Ricardo é um atacante que faz a função de MC, e é exatamente no MC que ele rende mais, como MRB. Tem uma boa saída de bola e um bom físico para marcar em cima. Por fim, Marcos Antônio Mello jogou boa parte da temporada como LE, embora sua principal função seja ZC. Nessa temporada, ele assumirá a função de ZC ao lado do Aílson, e tende a crescer ainda mais.

 

DEMAIS INFORMAÇÕES DE FIM DE TEMPORADA

Finanças
Equipe Técnica
Transferências
Ambiente no balneário
Prêmio final de temporada
Melhor 11
Renovação do treinador
Campeão Libertadores

spacer.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
ElPerroMG
19 minutos atrás, Peepe disse:

Apesar dos sufocos, conseguiu escapar com uma posição bem honrosa. É interessante ver como a tabela do Regional é bem bipolar, tem um bloco de cima bem destacado e outro de baixo que se mata. Pensando nas próximas temporadas, a estratégia é impor superioridade contra os mais fracos que já consegue brigar.

Uma dica que te dou em relação as postagens é disponibilizar o calendário dos jogos em algum lugar, se não a imagem aberta no post, pelo menos o link pra ela. Facilita um pouco pra gente observar as oscilações.

Fala Pepe!

Pois é, aos trancos e barrancos a gente conseguiu escapar. Não pode perder pontos contra os times inferiores, principalmente os que acabaram de subir do pré. 

Bela colocação Pepe, vou organizar isso a partir do próximo post, valeu demais!

Obrigado por acompanhar, abraços!

7 minutos atrás, LC disse:

Vou repetir a pergunta que fiz:

Vem fazendo um bom trabalho até aqui, mas a interferência da diretoria pode vir a atrapalhar. Em relação a contratos e transferências você deixou tudo nas mãos do seu staff?

Fala, Lc!

Peço desculpas se não respondi antes, não havia visto. Mas então, ta tudo comigo as responsabilidades, mas devido a crise financeira eles acabam aceitando. Eu até tento protestar, mas sem êxito nenhum. Por sorte, conseguimos repor as peças até aqui, vamos torcer pra não falhar no futuro. 

Obrigado por acompanhar, abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites
𝙻𝚄𝙸𝚉

Fui lendo as várias atualizações que perdi e por um momento pensei que iria cair, mas felizmente a equipe se recuperou, mesmo com todas as desavenças com a direção pela venda dos jogadores. No meu único Youth Challenge no Brasil, no FM 2017, também sofri muito com isso, mas não podemos fazer nada, pois é realmente o que aconteceria na vida real. No Módulo II, uma boa campanha, também dentro do esperado, e penso que a equipe pode pensar no acesso para o Módulo I, que seria muito importante para dar uma "aliviada" nas finanças.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Wellington Maciel

Mano que diretoria mercenária, não bastasse as 3 vendas anteriores, agora venderam o Jonh Lucas, o trabalho já não é facil e com essa direção fica mais dificil, 

Fernando, vi ali que na temporada passada o time teve um lucro de 1,5 milhão de reais, a que se deu esse aumento nas finanças? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Na década de 90, a coisa mais comum nos campos europeus eram os tradicionais pontas velocistas; dribladores rápidos com capacidade de cruzar bem uma bola e que ficavam sempre preso no seu corredor de atuação. Atualmente, esse é um perfil bastante difícil de se encontrar nos elencos dos grandes clubes do mundo. No jogo moderno, é função dos alas e laterais atacarem os flancos e cruzar a bola para a aula. O ponta tradicional foi substituído pelo ponta de pé trocado. O ponta invertido (extremo invertido em PT-PT, por isso também no jogo e aqui nesse guia) é um desses casos dentro do FM, assim como o avançado interior.
      Enquanto esses pontas de pé trocado surgiram e evoluíram dentro do 4-2-3-1, eles tem funções diferentes dentro de campo de acordo com o time que jogam ou com a formação que são usados. Nas versões anteriores do Football Manager, a única opção tática que um treinador tinha para esse tipo de formação era utilizar um avançado interior. Atualmente, ganhamos uma ferramenta a mais, com o extremo invertido. A principal tarefa desses pontas de pé trocado é utilizar sua velocidade e técnica para duelar com seu marcador e conduzir a bola e o time para mais próximo do gol adversário.
      Para aqueles que ainda não sabem do que estamos falando, vou deixar alguns exemplos da vida real e que inspiraram a Sports Interactive a moldar a função de acordo com seu talento. Jogadores como Arjen Robben, Franck Rybéry e Thierry Henry são alguns dos ícones do futebol que ajudaram o Football Manager a trazer esse tipo de atleta do campo para as telas dos computadores. Hoje, atletas como Serge Gnabry e David Neres são grandes máquinas dentro do Football Manager graças ao que esse tipo de atleta trouxe para o motor do jogo.
      Normalmente, o estilo de jogo desses atletas é bem direito. Uma vez que tem a bola nos pés, eles combinam técnica e dribles com aceleração e boas tomadas de decisão para deixar o marcador para tráz e ou finalizar ou passar a bola para um companheiro melhor posicionado para continuar a jogada. Esse estilo de jogo não combina muito com o estilo de outros avançados interiores da vida real, que cortam para dentro, mas optam por uma enfiada de bola ou cruzamento ao invés do chute.
      Em versões anteriores, ou você transformava esses jogadores em avançados interiores, incluindo seus comportamentos codificados no motor do jogo (e que não podem ser removidos) que instruíam eles a cruzar menos, ou os transformava em construtores de jogo avançados, aceitando que eles iriam cruzar menos e chutar menos, mas fariam passes mais arriscados. Isso mudou a partir do FM 2020, que passou a nos oferecer o Extremo Invertido.
      Como essa função dá aos treinadores maior flexibilidade? As instruções se tornaram mais claras, assim como as percepções de cada um sobre o que cada função pode fazer dentro de uma partida. Para vermos o que eles devem fazer, basta olharmos para as instruções que não podem ser removidas no painel tático. Como mencionamos o Avançado Interior e o Construtor de Jogo Avançado, iremos compará-los antes de chegarmos à estrela desse guia, o Extremo Invertido. Começaremos pelo Construtor de Jogo Avançado.

      O construtor de jogo avançado, quando colocado nas pontas, é primariamente um meio-campista colocado em uma posição de maior largura, que busca encontrar espaços e criar oportunidades para si ou para os companheiros de equipes. O jogador funciona de forma bem restrita, mas tendem a recompor defensivamente quando o time está sem a bola.

      Quando comparamos o construtor de jogo avançado com o avançado interior, podemos ver imediatamente que o avançado interior movimenta-se mais em direção à área, buscando penetrações e necessitam de um tipo diferente de capacidades e habilidades ofensivas.

      E isso faz sentido quando nós examinamos seus comportamentos inerentes e que não podem ser retirados. O avançado interior é mais ofensivo. Eles querem conduzir a bola até o coração da defesa adversária, cortando para dentro a partir do corredor lateral. Ao invés de tentarem criar chances para seus companheiros com uma enfiada de bola, é mais provável que eles tentem marcar o gol por conta própria.
      Entretanto, isso não significa que eles irão chutar a esmo e ignorar companheiros melhores posicionados. Quando colocado em uma tarefa atacar, eles tendem mais a querer marcar o gol, enquanto na função apoiar, o avançado interior está mais afastado do gol e é mais provável que procurem um companheiro livro ou no espaço.

      Isto tudo nos traz até o extremo invertido. A descrição do jogo diz que ele "busca cortar para dentro a partir do terço ofensivo para criar espaço para laterais ultrapassarem e subsequentemente sobrecarregar defensores recuando."

      Seu comportamento inerente é diferente quando comparado as outras funções que mencionamos, já que eles não são instruídos a cruzarem menos ou a correr mais riscos nas tomadas de decisão. Eles são uma versão mais conservativa do avançado interior, ou talvez para ser mais preciso, a combinação entre o avançado interior e o construtor de jogo avançado.
      A movimentação de um extremo invertido é mais lateral se comparada ao avançado interior. O extremo invertido move-se para o corredor central, cortando de uma posição mais aberta. Mas ao invés de finalizar, ele quase sempre passa a bola antes de correr para se posicionar dentro da grande área.

      Quando examinamos o mapa de calor do, combinado com o de passes recebidos pelo, extremo invertido, nós podemos ver essa movimentação. Ele corta para dentro para receber o passe, progride e se posiciona entre o zagueiro e o lateral na área.

      Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o Engenharia do Futebol e FManager Brasil
      Fonte: https://www.footballmanager.com/the-byline/look-inverted-winger-wednesday-wisdom
    • PedroJr14
      By PedroJr14
      Eu já venho matutando há algum tempo uma nova história com um time do meu estado. Depois que o Altos conseguiu o acesso à Série C essa vontade aumentou mais ainda. A grande cereja do bolo foi o relatório sobre a última história que eu fiz aqui, onde o nosso querido @Peepedisse que ainda esperava uma história minha com começo, meio e fim. Desafio aceito!
      O CLUBE
      Muitos aqui sabem que o Altos subiu para a Série C de 2021, mas acredito que poucos sabem das dificuldades enfrentadas pelo clube durante o ano de 2020. A Associação Atlética de Altos fundada como equipe amadora em 2013, na cidade de Altos-PI, cerca de 40km de distância da capital Teresina, se profissionalizou em 2015 e logo obteve sucesso a nível estadual. A organização do clube impressionava e logo no seu primeiro ano profissional conquistou o título da Segunda Divisão do Piauí, garantindo assim o acesso para a Primeira Divisão no ano seguinte. Já no seu primeiro ano na elite, o Altos obteve a melhor campanha do campeonato e venceu a final sobre o River por 4x2 no agregado, porém perdeu o título no tribunal, por conta da escalação de um jogador irregular. Ainda em 2016 o altos obteve a melhor campanha da história da primeira fase da Série D, naquela época(5v-1e-0d), mas acabou eliminado pelo CSA, que conseguiria acessos consecutivos até a primeira divisão.
      O ESTÁDIO

      O Altos manda seus jogos no Estádio Municipal Felipe Raulino, o "FELIPÃO", que tem capacidade para cerca de 4 mil torcedores. Apesar de ficar muito próxima à capital Teresina, o Altos prefere mandar até os jogos grandes no seu estádio, mesmo às vezes sendo menos vantajoso financeiramente, só não joga lá quando é obrigado pela federação. O acanhado Felipe Raulino se transforma em Felipão, um verdadeiro caldeirão quando o time do Altos pisa lá dentro, que já fez o clube conseguir resultados improváveis.
      O MASCOTE

      Particularmente a coisa mais espetacular que eu acho nesse time é o mascote, que além de ser LINDO e SENSUAL, literalmente vive para o clube. E por conta dele eu criei o clássico dos mascotes entre Altos e Piauí Esporte Clube, que também tem um mascote espetacular, nada mais nada menos que um RATO MOLHADO, que se enxuga durante os jogos.
      O QUE ACONTECEU EM 2020?
      A nossa história começará no início de 2020, ignorando os acontecimentos desde ano, mas sem a maioria dos jogadores importantes contratados no ano, diria que sem os mais importantes. Nossas finanças estão zeradas, não temos dinheiro para contratações ou salários e contamos com apenas 18 jogadores no elenco, com posições muito carentes como a presença de apenas 1 goleiro, 1 lateral-direito e 3 zagueiros e 3 meias de ofício.
      Os desafios para um time como o Altos vão bem além das 4 linhas. O clube não tem estrutura, nem investimentos, não tem um banco de análise de dados, nem categorias de base. Vai ser um grande desafio comandar esse time nas próximas temporadas, ainda que eu já conheça alguns atalhos nas divisões inferiores e no Nordeste do Brasil.
      Ainda não posso adiantar qual será a meta para o fim da história, mas acredito que eu só vá parar depois de pelo menos um título de Campeonato Brasileiro, já que eu costumo dar sorte em Copas, então não vou colocar a Copa do Brasil como meta principal. O intervalo (ingame) entre os capítulos também ainda não foi determinado, mas pode ser de 3/3 meses, 4/4 ou 6/6. Devo fazer uma história baseada em tudo que rodeia o clube, passando pelo treinador, presidente e a relação do Altos com a política, o que não costuma dar certo no futebol.
      Estou aberto a dicas, críticas e tudo que possa me ajudar a melhorar como contador dessa história, espero contar com vocês.
      É possível ter uma temporada semelhante à que aconteceu na vida real em 2020-21? Como fazer um time tão limitado ser competitivo? Veremos nos próximos capítulos.
      Sala de troféus
      Capítulos
    • Danut
      By Danut
      Olá pessoal. Sejam bem-vindos ao meu novo save aqui no Profissão: Manager. Desde o FM14 que eu namoro a ideia de jogar um save em que as contratações fiquem nas mãos da diretoria. Nas versões anteriores do FM, porém, essa opção não funcionava de forma adequada. Deixar tudo na mão da diretoria significava jogar campeonatos com apenas cinco ou seis jogadores, com um elenco de dez homens em que seis são laterais esquerdos, e outras bizarrices do tipo. Por conta disso, nunca levei um save do tipo adiante.
      Nas versões mais recentes, porém, isso parece ter sido corrigido. Notadamente, temos aqui na área o exemplo do @ggpofm (que, aliás, novamente merece os créditos pelo banner, que peguei da Galeria de Gráficos), que tem conseguido jogar de forma satisfatória um save nesse estilo. Isso me encorajou a tentar um save no mesmo estilo. A primeira tentativa não teve grande sucesso esportivo, mas a parte das contratações funcionou bem e me encorajou a compartilhar um save nesse formato por aqui.
      E é a partir disso que chegamos ao save atual, no qual acompanharemos a trajetória de Mathis Liam, jovem belga nascido na pequena cidade de Tubize. Diferentemente do que costumo fazer, este será um save de carreira, com o treinador podendo circular também pelos países vizinhos. No entanto, pretendo abordar a carreira de forma um pouco diferente do que está sendo feito em outros saves da área, dando prioridade ao trabalho no clube atual. Não haverá nenhuma regra fixa quanto a isso, mas o meu plano é focar as escolhas de troca de clube no ciclo de cada equipe, em vez de pensar no que seria melhor para a carreira do treinador em si.
       
      Treinador

      Mathis Liam tem 25 anos e poucas qualificações para ser treinador de futebol. Em um daqueles milagres que só acontecem no FM, porém, conseguiu um cargo como treinador em equipe a ser apresentada no próximo post. Com sorte, nosso treinador conseguirá aproveitar a oportunidade para aumentar seu status dentro do mundo do futebol.
       
      Dados do save
      Ligas carregadas: Bélgica, Alemanha, França, Inglaterra (todos 3ª divisão e acima) e Holanda (2ª divisão e acima).
      Base de dados: pequena, com cerca de 24 mil jogadores.
      Data de início: 1º de julho de 2019
      Outras opções: mascarar atributos, não adicionar equipe técnica, sem orçamento na primeira janela de transferências
    • Valismaalane
      By Valismaalane
      O nosso primeiro clube na carreira será o:
        Paide Linnameeskond
       
      Paide Linnameeskond é um clube estoniano de futebol, fundado em 1990 e refundado em 2004, com sede em Paide e manda seus jogos no Paide Linnastaadion. O Paide iniciou como um clube filial do FC Flora (O maior time da Estonia), e no ano de 2005, conseguiu 4 acessos consecutivos, uma coisa inédita no campeonato Estoniano, sendo o primeiro a fazer isso e o único, por enquanto. O Paide é um time com um grande projeto, sendo o time que busca todo seu sucesso baseado em se sustentar na elite do campeonato estoniano. Neste sentido, rapidamente o Paide se tornou a quarta força do país conseguindo um Vice-campeonato da copa em 2015, ainda não foi campeão de nada, mas o seu desenvolvimento chama atenção, principalmente pela contratração de jogadores estrangeiros e repatriação de jogadores estonianos que já estiveram na seleção. O Paide ainda não venceu nada na Estonia, mas vamos mudar isso!
      Site oficial do clube: https://www.paidelinnameeskond.ee/ 
      Técnico: O Técnico sera Ragnar Dragunov, um antigo jogador da seleção estoniana e revelado pelo próprio Paide. Embora não tenha sido um jogador de sucesso, é um jogador relativamente conhecido entre os torcedores estonianos. Ragnar foi contratado com apenas 19 anos como uma das maiores promessas do país pelo Schalke 04, mas não conseguiu espaço no clube e rodou por diversos países como Japão, Uzbequistão, Cazaquistão, Russia e armênia, retornou a Estonia e encerrou sua carreira no Valga Warriors de Valga na segunda divisão estoniana. (Experiência passada no clube // História ficticia)
       
      Metas do Save:
       
       - Me tornar um dos maiores técnicos da Estonia
       - Classificar um clube estoniano para fase de grupos da EURO
      Classificar um clube estoniano para fase de grupos da Champions
      Revelar jogadores estonianos com nível para seleção (Zarikov - Cap. 30)
      - Ver ou Classificar a Estonia para uma copa do mundo inédita
      - Ver ou Classificar a Estonia para uma Eurocopa Inédita
      Objetivos do save:
      - Permitido trocar de clube durante o save
      - Se assumir a seleção tenho que estar sem clube ou trocar o clube pela seleção (não comandar os dois simultaneamente)
      - O save é voltado para o técnico e não para a liga estoniana (embora seja uma das minhas vontades crescer o futebol estoniano)
      - Se for necessário, posso mudar os objetivos do save durante a temporada.
      - Me divertir
      Início da Carreira:
       Temporada 01/2019

       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       Temporada 02/2020

       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Primeira fase Mata-Mata
       Temporada 03/2021
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Fase de Grupos
       Temporada 04/2022
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Vice-Campeão)
      Copa da Estonia (Eliminado pelo Kalju nas Quartas-Final)
       - Não classificado para nenhuma competição Continental
       Temporada 05/2023
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       - Eliminado no Mata-Mata para o Heerenveen
       Temporada 06/2024
       Paide Linnameeskond -
       Campeonato Estoniano (Campeão)
       Copa da Estônia (Campeão)
       Champions League (Eliminado na fase de Grupos)
       Temporada 07/2025 e 2026
      Juventus Football Club - Demitido
       Campeonato Italiano (4º Lugar)
       Copa da Italia (Eliminado)
       Champions League (Eliminado nas Quartas)
       Temporada 08/2026 e 2027
       Sassuolo -
      -
      -
      -
      Base do Jogo:
      *Foram adicionados no ano de 2021 o Brasil, Portugal e a Italia
      Notas do Jogador:
      Espero me divertir e que todos os leitores se divirtam. Criticas construtivas sempre serão bem recebidas, e espero uma boa interação com todos! Obrigado e "NAUTIGE"!
      Obs: Kogemus Jalgpall significa algo como: "Sinta o futebol", "experiencie o futebol" (não tem um significado literal para português, mas é utilizado para vivenciar algo)
       
      Gostaria de deixar aqui um agradecimento especial ao @ggpofm pelas varias dicas e conselhos e por ter feito o Banner da saga! Também gostaria de agradecer a todos que estão dando seus respectivos feedback e acompanhando, interagindo com a saga! Obrigado!
    • Makengo
      By Makengo
      Esta vai ser a minha 1ª história aqui no fórum. 
      Se estiveres a ler isto, irás ler a história de dois treinadores com passados e objetivos diferentes:
      -Um deles, Ben Ivanov não sabe muito bem o que quer da vida mas está disposto a escrever o seu nome na história do futebol;
      -A outra, Manami Yoshida, irá querer calar a boca de críticos e reerguer um gigante adormecido;
      Histórias completamente diferentes mas que irão se cruzar (ou não) em um ponto.
      Seguindo a vibe de algúem chamado Justice (do fórum FMScout), também farei entrevistas e conferencias de imprensa mais detalhadas do que as que o jogo tem para oferecer.
      Fiquem apenas ligados em Manami Yoshida e Bennet «Ben» Ivanov
       
×
×
  • Create New...