Jump to content
Sign in to follow this  
DiogoHernandes

Holger Danske - O Herói Dinamarquês - Consistência [28/03]

Recommended Posts

DiogoHernandes

spacer.png

 

spacer.png

A REENCARNAÇÃO DO HERÓI

Olá, aqui estou de volta, já faz algum tempo que estava planejando este save mas nos últimos meses não tinha motivação para jogar FM novamente, isso tudo voltou quando estava com um PC velho e resolvi baixar o FM13 para passar um tempo, foi baixar o game e vontade de jogar veio com tudo pra cima de mim. Isso já faz um tempo, fui me segurando para não começar o save sem um formato estabelecido e conversando com um pessoal daqui da área e especialmente o @Tsuru fui estabelecendo as diretrizes do save.

O save será totalmente dentro da Dinamarca, embora eu tenha carregado mais algumas ligas elas estão como "ver apenas", e terá como objetivo principal treinar a Seleção Dinamarquesa e superar a melhor campanha da seleção em Copas do Mundo, mas para isso preciso percorrer um longo caminho, meu treinador começará sua jornada com 20 anos e sem qualificações anteriores e com um passado somente no futebol amador. O nome dele será Holger Dasnke, o mesmo nome do herói que segundo a lenda quando a Dinamarca passar por um perigo iminente ele levantará do seu trono libertará a nação.

spacer.png

 

DIRETRIZES DO SAVE

  • Não sair dos clubes pedindo demissão ou se candidatando a outros clubes, só sair em fim de contrato ou sendo demitido.
  • Não assumir clubes de divisões superiores ao meu antigo clube.
  • Na primeira divisão até ganhar um título nacional, só assumir clubes que acabaram de subir ou da segunda divisão.
  • Não assumir a seleção principal da Dinamarca sem antes ganhar um título nacional de primeira divisão.
  • Não usar a barra de pesquisas para contratação de jogadores/staff, usar somente a base de dados fornecidas pelos olheiros do clube e pelos agentes.

 

OBJETIVOS DO SAVE

  • Ganhar o Campeonato Dinamarquês
  • Ganhar a Eurocopa
  • Ganhar as Olimpíadas
  • Chegar em uma Semi-Final de Copa do Mundo

 

ÍNDICE

Temporada 1

O primeiro emprego
Os heróis improváveis
Uma contratação mágica: Ibra chega ao Kolding!
Um pistoleiro sem balas

Temporada 2

Seguindo os passos do mestre Fernando
Um segundo turno complicado
Um pouco de esperança

Temporada 3

Início muito promissor
Consistência

 

spacer.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Grande Jio Hernandes. Seja novamente bem vindo ou como diria meu Bisavô:

Ongi etorri Jio.

(Bem vindo Jio ou mesmo Bem vindo de volta Jio)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Opa, que ótima notícia ver que tu está de volta. Não achei que fosse retornar tão cedo.

Te desejo um ótimo save 🙂

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
3 horas atrás, LC disse:

Grande Jio Hernandes. Seja novamente bem vindo ou como diria meu Bisavô:

Ongi etorri Jio.

(Bem vindo Jio ou mesmo Bem vindo de volta Jio)

Valeu LC, espero que continue acompanhando!

3 horas atrás, Danut disse:

Opa, que ótima notícia ver que tu está de volta. Não achei que fosse retornar tão cedo.

Te desejo um ótimo save 🙂

Então cara, este save estava na minha mente já fazia um bom tempo, mas estava sem coragem de encarar o FM19, pra você ter uma ideia antes de iniciar o save acho que eu tinha menos de 30 horas jogadas no FM19. Aí esse mês jogando o FM13 pra passar tempo acabou me dando vontade de voltar a jogar o FM19.

Valeu Danut!  

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes

spacer.png

 

spacer.png

O PRIMEIRO EMPREGO

Olá, eu sou Holger Danske, tenho 21 anos e acabo de ser contratado para o cargo de Treinador da Equipe Principal do Kolding BK. Você pode achar estranho um treinador tão novo já treinando uma equipe principal mas explico. Com 12 anos me mudei de Helsingör para Copenhague onde fui jogar nas categorias de base do FC København, meu clube de coração, por lá fiquei toda a minha formação de base, eu era um volante bem técnico e com 17 anos assinei um contrato profissional por 3 anos. Acontece que um dia após a assinatura do contrato eu acabei lesionando o joelho e os médicos disseram que minha carreira no futebol tinha acabado antes mesmo de começar.

O clube se solidarizou comigo e me ofereceu um cargo de estagiário no setor de análise de dados, a minha função era filmar todos os treinos da equipe principal e editar esses vídeos para que o analista de dados compilasse seus relatórios para a comissão técnica. Como eu estava presente em todos os treinos, durante o almoço eu pedia explicações aos membros da comissão sobre o porque de cada treinamento. Com o tempo fui compilando para mim mesmo análises destes treinos e de jogos que a equipe principal disputava, quando acabou meu contrato com o clube eles disseram que iriam fazer uma reestruturação no setor e eu não continuaria.

Peguei meus dois anos de análises, compilei elas em um arquivo resumido e enviei para alguns clubes da 2. Division (Terceira Divisão). O pessoal do BK Avarta gostou e me chamou para uma entrevista, quando cheguei lá, para a minha surpresa a entrevista era para o cargo de treinador e não para analista, eles diziam que eu tinha o perfil ideal para o cargo. Ao saber disso fui soberbo e pedi para a direção que assim que assumisse o cargo o foco do clube passasse a ser de desenvolvimento de jogadores jovens. Depois de alguns dias recebi uma carta da direção dizendo que o clube iria seguir com outro nome pois não achavam que era o ideal focar em formar jovens.

spacer.png

 

Fiquei chocado achando que a vaga já era minha, mas o fato é que não sou ninguém no futebol e não estava em posição de fazer exigências quanto as filosofias de um clube. Mas ao mesmo tempo fiquei motivado a buscar uma vaga como treinador, mudei meu foco e comecei a me oferecer a times sem treinadores, a espera foi longa e fiquei um ano desempregado, mas no início da temporada 19/20 fui contatado por quatro equipes (Vejgaard, Dalum, B.1908 e Kolding). Desta vez só sugeri desenvolver os jovens na entrevista com o Kolding pois era o único clube que estava propenso a aceitar.

Depois de alguns dias recebi propostas de contrato dos quatro clubes, logo de cara rejeitei a do Dalum, pois era um contrato amador sem salário. Demorei um pouco para decidir entre as outras três mas no fim das contas fui no clube que me ofereceu salário maior, maior verba para salários, melhores estruturas e aceitaram a minha filosofia. Embora o Kolding seja o único time dessa lista que subiu da quarta divisão, acredito que é o clube com mais potencial.

spacer.png

 

Após assinar soube que era ano de centenário do clube e fiquei muito feliz de poder participar desta festa. Nosso objetivo para a temporada é não rebaixar e para isso o clube me disponibilizou 82m Coroas Dinamarquesas ou DKK (Na cotação ingame 1 Euro equivale a aproximadamente 7,45 DKK), em caixa o clube tem 355m DKK

Apesar da estrutura melhor em comparação as outras propostas que recebi, o staff é um problema e devemos ir ao mercado buscar pessoal para o setor de observação e departamento médico.

spacer.png

 

Ainda não tive tempo de olhar profundamente o elenco, mas em uma análise preliminar claramente faltam jogadores para algumas posições, e teremos que rebolar bem pois a liga começa em um mês e ainda não temos um corpo de observação, não vai ser rápido formar esse elenco e isso pode prejudicar muito nosso primeiro semestre.

spacer.png

 

spacer.png

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68
1 hora atrás, DiogoHernandes disse:

Valeu LC, espero que continue acompanhando!

Então cara, este save estava na minha mente já fazia um bom tempo, mas estava sem coragem de encarar o FM19, pra você ter uma ideia antes de iniciar o save acho que eu tinha menos de 30 horas jogadas no FM19. Aí esse mês jogando o FM13 pra passar tempo acabou me dando vontade de voltar a jogar o FM19.

Valeu Danut!  

Os Vikings estão na moda!

num tendi. O FM 2013 te fez perceber o quão bom é o 2019? 😅

Entendo as razões de dificultar o caminho das diretrizes 2 e 3, mas sempre temo que fujam muito da realidade. Por mais que tenham chegado mais longes 98, o desempenho de 86 que ficará para sempre na memória de quem assistiu!

Que sorte, pegar o time no centenário. Boa sorte na empreitada!

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
24 minutos atrás, Andreh68 disse:

Os Vikings estão na moda!

num tendi. O FM 2013 te fez perceber o quão bom é o 2019? 😅

Entendo as razões de dificultar o caminho das diretrizes 2 e 3, mas sempre temo que fujam muito da realidade. Por mais que tenham chegado mais longes 98, o desempenho de 86 que ficará para sempre na memória de quem assistiu!

Que sorte, pegar o time no centenário. Boa sorte na empreitada!

Cê viu, kkkkk Profissão: Norte

Olha quando eu encerrei o save com o Veneza eu tava meio desanimado de jogar FM, não lembro se eu já tinha comprado o FM19 ou não, sei que depois de uns tempos eu joguei o FM19 e não consegui passar dois meses no game. Aí fiquei um bom tempo sem jogar, fui voltar agora pq recentemente instalei o FM13 em um PC velho pra passar tempo enquanto estava na loja da minha esposa. Aí chama do FM me pegou denovo.

A ideia é ter alguma trava, pq o FM oferece muitas oportunidades, eu não quero por exemplo assumir um Brondby ou Kobenvhan antes de ganhar um título com um clube pequeno.

Em 86 eu não era nem nascido, mas sei que foi a geração da tal Dinamaquina né, que culminou com a Euro de 92. A seleção de 98 eu lembro de ter visto algo, mas só de relance. Agora com o save vou me aprofundar mais na história da seleção.

Foi coincidência mas achei legal pra caramba, se eu soubesse já tinha aceitado o convite de primeira e nem visto as outras propostas.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Técnico de 21 anos, isso vai dar o que falar! hahahaha

Boa sorte Jio, bom te ver de volta a área, agora com um FMzinho hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
Em 27/12/2019 em 13:28, marciof89 disse:

Técnico de 21 anos, isso vai dar o que falar! hahahaha

Boa sorte Jio, bom te ver de volta a área, agora com um FMzinho hahaha

A ideia de fazer um técnico jovem é inspirada no Nagelsmann que hoje está no RB Leipzig. Não que meu treinador vá ser o mesmo prodígio, mas vai ser legal ver como os clubes menores tratam ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Não te quiseram? Quem perdeu foi o BK Avarta.

Agora é tentar fazer sucesso no clube e quem sabe chegar aos grandes e até mesmo a seleção. Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
1 hora atrás, LC disse:

Não te quiseram? Quem perdeu foi o BK Avarta.

Agora é tentar fazer sucesso no clube e quem sabe chegar aos grandes e até mesmo a seleção. Boa sorte.

Cê viu! Mas na realidade foi mancada minha, na hora da entrevista apareceu que a Diretoria tinha uma má opinião sobre desenvolver jogadores da categoria de base do clube, e o bestão aqui foi pedir isso. Hahahahaha

Esta é a ideia, nos salvarmos este ano para construirmos uma subida de divisão no próximo ano. E "quem sabe chegar... ...até mesmo na seleção" que nada, o objetivo do save é chegar na Seleção, tem que ser "com certeza vai chegar a seleção" hahahahaha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
arecibo8

Boa sorte no save. Para o objetivo do save, um clube que não quer construir a partir da base, não é um bom clube.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Eu ouvi Dinamaquina? Quero ver o sucesso do dinamarquês, principalmente nesta bacana seleção!

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
13 horas atrás, arecibo8 disse:

Boa sorte no save. Para o objetivo do save, um clube que não quer construir a partir da base, não é um bom clube.

Então, uma coisa que devo priorizar bastante é melhorar o recrutamento dos clubes por onde eu passar, quanto mais jovens com talento encontrarmos melhor vai ser o resultado lá na frente quando eu chegar na seleção, e aí não vou me preocupar muito em desenvolver eles debaixo da minha tutela ou em outros clubes, por que no final não vai fazer diferença para o objetivo do save, mas o recrutamento sim.

12 horas atrás, Neynaocai disse:

Eu ouvi Dinamaquina? Quero ver o sucesso do dinamarquês, principalmente nesta bacana seleção!

Opa, quem sabe uma Dinamaquina V2. Vamos ver né, ainda tem muito chão pela frente, por enquanto preciso não cair.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Johann Duwe

Vai ser um desafio interessante, isso com toda a certeza. O jovem Petersen é tão promissor quanto parece?

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
3 horas atrás, Johann Duwe disse:

Vai ser um desafio interessante, isso com toda a certeza. O jovem Petersen é tão promissor quanto parece?

Opa, espero que sim. Sobre o Peitersen, depois das contratações a CA dele caiu para 2,5 estrelas. Ele começou a temporada como reserva para preencher a obrigação de 3 sub21s no banco, depois acabou perdendo a vaga na bola mesmo. Valeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Excelente retorno, Diogo. É bom vê-lo de volta e espero que consiga levar seu projeto adiante.

Contudo não entendo a opção por deixar as cinco principais ligas europeias em "apenas ver" e não adicionar o Brasil e Argentina. Infelizmente é fundamental para um save competitivo. Inclusive o Henrique fez um texto sobre essa questão das ligas ativas. Se você quer ser desafiado seria bom repensar isso enquanto há tempo.

Lembro do impacto que foi ver a Dinarmarca na Copa de 86 e a frustração que foi vê-la sendo derrotada pela Espanha. Legal que queira seguir uma trajetória com a seleção dinamarquesa. Seu principal foco será a seleção né? Alguma possibilidade de seguir em um clube e na seleção ao mesmo tempo? Ou não?

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
7 minutos atrás, ggpofm disse:

Excelente retorno, Diogo. É bom vê-lo de volta e espero que consiga levar seus projeto adiante.

Contudo não entendo a opção por deixar as cinco principais ligas europeias em "apenas ver" e não adicionar o Brasil e Argentina. Infelizmente é fundamental para um save competitivo. Inclusive o Henrique fez um texto sobre essa questão das ligas ativas. Se você quer ser desafiado seria bom repensar isso enquanto há tempo.

Lembro do impacto que foi ver a Dinarmarca na Copa de 86 e a frustração que foi vê-la sendo derrotada pela Espanha. Legal que queira seguir uma trajetória com a seleção dinamarquesa. Seu principal foco será a seleção né? Alguma possibilidade de seguir em um clube e na seleção ao mesmo tempo? Ou não?

Boa sorte.

Opa, valeu Gilson!

Não entendi direito seu ponto, você fala em adicionar Brasil e Argentina em "ver apenas" ou fala em passar todas essas ligas mais Brasil e Argentina como jogáveis? Por que pelo que eu entendi ali no texto, "ver apenas" ou não, não vai mudar em nada o comportamento do clube em ligas não jogáveis. Meu ponto em escolher só a Dinamarca como jogável é para otimizar o processamento e as 5 principais ligas pra ficar mais bonitinho quando eu chegar numa UCL e mostrar como anda tal time, mas pode ser uma ideia. Ainda dá tempo de mudar, mas gostaria de saber mais sobre o que você quis dizer.

Infelizmente eu não era nascido nessa época, mas vou procurar na internet alguns vídeos, você e o @Andreh68 me deixaram curioso. Meu foco vai ser a seleção sim, mas quero primeiro ter uma carreira sólida em clubes, depois disso se eu ir para a seleção ficarei exclusivo lá. Na minha cabeça, vou fazer pelo menos dois ciclos na seleção, pois quero disputar uma olimpíada.

Obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes

spacer.png

 

spacer.png

OS HERÓIS IMPROVÁVEIS

Passar estes quase três meses a frente do Kolding não foi uma tarefa fácil, num primeiro momento tivemos de fazer um esforço muito grande para formar uma comissão técnica decente, contratar jogadores com alguma qualidade e acertar um estilo de jogo para a equipe, por fim acho que conseguimos superar de algum modo todos esses desafios.

Vamos começar falando da comissão técnica, quando cheguei ao clube não havia departamento médico, equipe de recrutamento e também Diretor de Base, a minha primeira medida como treinador foi pedir a direção que colocasse anúncios para preenchermos essa lacuna. Não foi um processo rápido, para se ter uma ideia o último membro a chegar veio só no dia 09/09/2019, já tínhamos feito nove jogos oficiais na temporada.

spacer.png

 

Essa morosidade na formação da comissão técnica refletiu no fato da grande maioria dos jogadores só assinar conosco no último dia da janela de transferências, junta-se a isso fato de eu ser bem rígido com a qualidade dos jogadores que quero para o clube, só contratei jogadores com qualidade para estar na 2. Division, rejeitei todos os jogadores que mesmo tendo potencial para um dia chegar na 2. Division ainda estavam com capacidade apenas para disputar a Danmarksserien. Como nosso objetivo é não cair, eu não podia arriscar desenvolver esses jovens e precisava de jogadores já prontos para a disputa da competição. Se por um lado formamos um elenco interessante por outro demoramos a fechar a plantel e sofremos bastante nos primeiros jogos.

spacer.png
Mads Falck - Patrick Bang Nielsen

 

Com a bola rolando fizemos sete amistosos onde eu não fui ao banco de reservas em nenhum deles. Começamos na 2.Division em agosto tendo de enfrentar o Vejgaard e perdemos por 2 a 0, apesar de fazermos um jogo parelho nos números eles tiveram as melhores chances e mereceram completamente a vitória, mesmo estando com um menos desde o começo do segundo tempo. Na sequência enfrentamos o Hornbæk SF pela DBU Pokalen, como nosso adversário era de uma divisão inferior não tomamos conhecimento e passamos o trator vencendo o jogo por 5 a 1. Voltamos para 2. Division e perdemos para o Næsby BK por 2 a 1 num jogo onde saímos na frente mas não aguentamos a pressão nos minutos finais e levamos a virada.

spacer.png

 

Contra o Ringkøbing IF foi a nossa vez de ganhar de virada com um gol aos 90’ fechamos o placar em 2 a 1. Depois sofremos nossa primeira goleada, 5 a 1 para o TPI, neste jogo nada deu certo e eu parecia aquele cara do áudio do Whattsapp onde grita "acaba pelo amor Deus!" . Depois enfrentamos o Skive IK e perdemos por 1 a 0, a situação era desesperadora estávamos em penúltimo lugar e precisávamos de uma reação. Reação que veio contra o Ringkøbing IF pela segunda rodada da DBU Pokalen, enfiamos 4 a 0 e  a esperança de dias melhores voltou ao Kolding, na sequência enfrentamos o Aarhus Fremad e demos outro show, desta vez a goleada foi por 5 a 0.

spacer.png

 

Iniciamos setembro mantendo a boa fase e ganhamos do Brabrand IF por 3 a 1 de forma muito segura, contra o Dalum não conseguimos sair do 0 a 0 mesmo com um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, a verdade é que o jogo foi bem faltoso para ambos os lados e os 9 cartões amarelos ao todo mostra o quanto o futebol foi ruim em campo. Pela terceira rodada da DBU Pokalen demos azar no sorteio e pegamos o AGF, 2º colocado da Superliga, e como era esperado tomamos uma sova de 4 a 1. Na sequência duas boas vitórias pela 2. Division, ganhamos do Hillerød por 2 a 1 e FC Vestsjælland por 3 a 2. Para encerrar o turno pegamos o lanterna Jammerbugt FC e deixamos escapar a vitória ao cedermos o empate por 1 a 1.

spacer.png

 

A 2. Division é o terceiro nível no escalão dinamarquês. Ela é disputada em duas fases, na primeira fase são formados dois grupos de 12 times onde se enfrentam em turno e returno totalizando 22 jogos. Os 6 primeiros de cada grupo se classificam para um grupo de acesso e os 6 últimos de cada grupo para um grupo de rebaixamento. As pontuações se mantém nos grupos de acesso e descenso e são jogados mais 11 jogos entres os times que estão nos mesmo grupos, os dois melhores do grupo de acesso sobem de divisão e os seis piores do grupo de descenso caem de divisão.

Hoje estamos na sexta colocação a três pontos do líder, o que mostra que se tivéssemos começado melhor o campeonato poderíamos estar mais tranquilos. O objetivo do returno será continuar nesse pique e garantir a classificação para o grupo do acesso, assim nos livramos do rebaixamento e ainda podemos tentar surpreender.

spacer.png

 

Começamos a temporada com o mesmo 4-1-3-2 que estamos usando atualmente, a única diferença ocorreu na filosofia de jogo onde até o jogo contra Skive IK estávamos usando a filosofia de “controle da posse de bola” e dali em diante passamos a usar o “gegenpressing”. Depois de todas as contratações feitas também estou treinando o time para jogar no 4-3-2-1 de forma a privilegiar os melhores jogadores do elenco, mas o time está jogando tão redondo que ainda não consegui usar esse desenho.

spacer.png

 

Muito da nossa boa fase se deve a dois jogadores que estão fazendo a diferença para o time, são eles os 'heróis improváveis' pois outros jogadores melhores não conseguem desempenhar o que eles estão fazendo em campo.

spacer.png
Ronni Knudsen - Jonas Rode

 

spacer.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm
15 hours ago, DiogoHernandes said:

Opa, valeu Gilson!

Não entendi direito seu ponto, você fala em adicionar Brasil e Argentina em "ver apenas" ou fala em passar todas essas ligas mais Brasil e Argentina como jogáveis? Por que pelo que eu entendi ali no texto, "ver apenas" ou não, não vai mudar em nada o comportamento do clube em ligas não jogáveis. Meu ponto em escolher só a Dinamarca como jogável é para otimizar o processamento e as 5 principais ligas pra ficar mais bonitinho quando eu chegar numa UCL e mostrar como anda tal time, mas pode ser uma ideia. Ainda dá tempo de mudar, mas gostaria de saber mais sobre o que você quis dizer.

Infelizmente eu não era nascido nessa época, mas vou procurar na internet alguns vídeos, você e o @Andreh68 me deixaram curioso. Meu foco vai ser a seleção sim, mas quero primeiro ter uma carreira sólida em clubes, depois disso se eu ir para a seleção ficarei exclusivo lá. Na minha cabeça, vou fazer pelo menos dois ciclos na seleção, pois quero disputar uma olimpíada.

Obrigado!

Se você não tem problema de processamento no seu computador, o ideal é ativar pelo menos as cinco principais europeias (Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e Espanha) e as duas sul-americanas (Brasil e a Argentina). Essa é minha sugestão, pois assim você terá clubes e consequentemente seleções mais fortes para enfrentar. Realmente,  colocar "apenas ver" deixa mais bonitinho as informações dessas ligas, acho que ajuda mesmo, mas vai deixar o seu save mais fácil e não há dúvidas sobre isso. E aí, é sempre bom se perguntar que tipo de desafio que se quer. Conquistar o que se deseja conquistar com as ligas em "apenas ver" é uma coisa, conquistar os mesmos títulos com as ligas ativas torna o save mais complicado, colocando-o em outro patamar. Há certo ou errado? Claro que não, afinal o save é sempre de quem o está jogando, mas é importante conhecer e reconhecer os limites do FM e de escolhas que são feitas para não se igualar coisas que são diferentes.

Novamente, boa sorte para o save.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bruno Trink

Curioso que o Mads Falck, que parece um dos melhores do time, não é titular. Alguma coisa com ele? Acho interessante como, às vezes, jogadores de quem você não espera nada acabam contribuindo mais do que outros até melhores.

Boa sorte na continuação!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Saiu de um desaire para um possível ascenso.

Como é que é, o melhor jogador do time ser reserva?

E um dos piores artilheiro hahahaha

Em tempo, banner e gráficos show.

Share this post


Link to post
Share on other sites
arecibo8

O que começou ruim melhorou. É até normal em relação a quantidade de jogadores novos  que chegaram e a nova forma de jogar. Vamos ver se embalou e agora vai ou então é só meio de tabela mesmo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

Ainda tem pouco caminho andado, tudo pode acontecer, mas o esperado e o time ganhar embalo e se firmar no grupo de cima.

Adoro esses Heróis improváveis, quanto mais a gente desconfia deles, mais eles jogam.

Mas ai chega a próxima temporada, quando você já confia, aí te deixam na mão!

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes
21 horas atrás, ggpofm disse:

Se você não tem problema de processamento no seu computador, o ideal é ativar pelo menos as cinco principais europeias (Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e Espanha) e as duas sul-americanas (Brasil e a Argentina). Essa é minha sugestão, pois assim você terá clubes e consequentemente seleções mais fortes para enfrentar. Realmente,  colocar "apenas ver" deixa mais bonitinho as informações dessas ligas, acho que ajuda mesmo, mas vai deixar o seu save mais fácil e não há dúvidas sobre isso. E aí, é sempre bom se perguntar que tipo de desafio que se quer. Conquistar o que se deseja conquistar com as ligas em "apenas ver" é uma coisa, conquistar os mesmos títulos com as ligas ativas torna o save mais complicado, colocando-o em outro patamar. Há certo ou errado? Claro que não, afinal o save é sempre de quem o está jogando, mas é importante conhecer e reconhecer os limites do FM e de escolhas que são feitas para não se igualar coisas que são diferentes.

Novamente, boa sorte para o save.

Quando eu chegar em casa eu vou ver se faço isso, acredito que meu PC vá aguentar, mas vai cair um pouco o a fluidez sim. Na minha cabeça como seleções só levam 23 jogadores, a qualidade continuaria em cada país só que em menor quantidade então não afetaria nada ter ligas como ver apenas. Mas depois de olhar o debate no tópico que você me indicou e também de conversar com o @Tsuru acho que vai ser mesmo a melhor medida a ser tomada. (Ainda bem que os FMs mais novos permitem isso).

Valeu Gilson!

9 horas atrás, Bruno Trink disse:

Curioso que o Mads Falck, que parece um dos melhores do time, não é titular. Alguma coisa com ele? Acho interessante como, às vezes, jogadores de quem você não espera nada acabam contribuindo mais do que outros até melhores.

Boa sorte na continuação!

Em questão de atributos é sim. O que acontece é que o time tava muito redondo quando da chegada dele, aí não quis arriscar mudar o desenho e a única vaga neste desenho que ele realmente briga é na ponta direita, mas o Knudsen tem sido o melhor jogador do time e não tem como tirar. O campeonato para por 4 meses entre dezembro e março, nesta pausa eu pretendo usar bastante o Falck antes do retorno do campeonato.

O Jonas Rode foi esse cara que eu não esperava nada, o Knudsen por pior que seja foi meu titular desde o início, já o Rode começou como reserva e quando teve oportunidade agarrou e não largou mais.

Valeu Bruno!

8 horas atrás, Neynaocai disse:

Saiu de um desaire para um possível ascenso.

Como é que é, o melhor jogador do time ser reserva?

E um dos piores artilheiro hahahaha

Em tempo, banner e gráficos show.

Cê viu!? Isso que é corrida de recuperação hahahaha

Tem coisas no FM que é impossível de se explicar ahahahha

Valeu pelos elogios!

6 horas atrás, arecibo8 disse:

O que começou ruim melhorou. É até normal em relação a quantidade de jogadores novos  que chegaram e a nova forma de jogar. Vamos ver se embalou e agora vai ou então é só meio de tabela mesmo. 

Pois é, eu to esperançoso  pela sequência, acho que o time tem mostrado um bom futebol, mas vamos ver né, temos todo o returno para nos provarmos.

4 horas atrás, Andreh68 disse:

Ainda tem pouco caminho andado, tudo pode acontecer, mas o esperado e o time ganhar embalo e se firmar no grupo de cima.

Adoro esses Heróis improváveis, quanto mais a gente desconfia deles, mais eles jogam.

Mas ai chega a próxima temporada, quando você já confia, aí te deixam na mão!

Eu também to achando isso. #empolgou

Eu ri demais no que você disse em negrito! Hahahahaha

Vou levar como ensinamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • DjonatanJG
      By DjonatanJG
      2020 chegou e vamos trabalhar para fazer a maior quantidade de kits nesse estilo !
       
      Downloads (2020):
      Cariocão 2020 (30/03/2020) - LINK
      Candangão 2020 (01/04/2020) - LINK
      Catarinense 2020 (02/04/2020) - LINK
      Downloads (2019):
      Megapack 1.0 (14.03.2019)(272 equipes) - http://www.mediafire.com/file/bmy2ewefbzo26ro/Megapack+Kits+Fifa+Style.rar
      Megapack 1.5 (07.08.2019)(303 equipes) - http://www.mediafire.com/file/nt966agfcdk4zmt/Fifa_Style_-_Megapack_1.5.rar/file
      Modo de instalação:
      Extraia e jogue os arquivos aqui. 
      X:\Meus documentos\Sports Interactive\Football Manager 2017\graphics\pictures\kits\Clubs
      Vá em "Preferências" dentro do jogo, e desabilite "Cache" e habilitar o campo sempre "Recarregar Skin".
       
      DÚVIDAS, SUGESTÕES, PEDIDOS, qualquer outra coisa envolvendo os Fifa Style kits, postem aqui
    • Johann Duwe
      By Johann Duwe
      Banner by @Tsuru
      Estava entre duas situações distintas para este save, ou eu começaria na Ásia ou em alguma liga periférica na Europa. Acabei decidindo, ajudado por outros amigos da área, a começar na Europa, mais precisamente na região Escandinava.
      Um dos motivos que me fez escolher essa região foi o fato de eu não jogar em nenhuma liga escandinava desde o FM 2013, então é bom poder voltar novamente para a área nórdica do mundo.
       
       
      Ligas Selecionadas:
      Todas divisões de Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia.
      Ver apenas a primeira divisão de Bélgica, Inglaterra, Alemanha, Holanda, Polônia, Irlanda e Rússia.
      Perfil do Treinador: Aron Steffarsson, treinador de 21 anos nascido em Ilhas Faroé, sem licença e com experiência no futebol amador. Começarei desempregado e irei trilhar meu caminho para o sucesso.

       
      Por se tratar de um save carreira, o único objetivo a longo prazo que irei impor é:
      Vencer 01 Eurocopa e 01 Copa do Mundo com alguma das seleções nórdicas.
       
       
    • Johann Duwe
      By Johann Duwe
      Na história do Futebol, houveram algumas seleções que foram imortalizadas, muitas vezes não por títulos, mas sim pela forma que a redondinha era tratada. Antes da Dinamáquina do final da década de 80, antes da Larana Mecânica na década de 70, antes do Brasil de 82, antes dos Mágicos Magiares na década de 50, antes de todos estes grandes times, houve uma outra seleção que impressionou o mundo do futebol.
      Estou falando do Wunderteam de quase 100 anos atrás. No imaginário popular muitos pensam que se não houvessem ocorridos dois fatos trágicos, quem sabe eles poderiam continuar no topo da cadeia alimentar por mais algumas décadas.
           
      Mais informações sobre o Wunderteam e sobre o save durante o decorrer do mesmo.
       
    • Neynaocai
      By Neynaocai
      “Depois de maio de 1940, os bons tempos se acabaram: primeiro a guerra a capitulação, seguida da chegada dos alemães. Foi então que, realmente, principiaram os sofrimentos dos judeus. Decretos anti-semitas surgiam, uns após os outros, em rápida sucessão. Os judeus tinham de usar, bem à vista, uma estrela amarela; os judeus tinham de entregar suas bicicletas; os judeus não podiam andar de bonde; os judeus não podiam dirigir automóveis. Só lhes era permitido fazer compras das três as cinco e, mesmo assim, apenas em lojas que tivessem uma placa com os dizeres: LOSA ISRAELIA. Os judeus eram obrigados a se recolher a suas casas às oito da noite, e, depois dessa hora, não podiam sentar-se nem mesmo em seus próprios jardins. Os judeus não podiam frequentar teatros, cinemas e outros locais de diversão. Os judeus não podiam praticar esportes publicamente. Piscinas, quadras de tênis, campos de hóquei e outros locais para a prática de esportes eram-lhes terminantemente proibidos. Os judeus não podiam visitar os cristãos. Só podiam frequentar escolas judias, sofrendo ainda uma série de restrições semelhantes.
      Assim, não podíamos fazer isto e estávamos proibidos de fazer aquilo. Mas a vida continuava, apesar de tudo Jopie costumava dizer-me: _ A gente tem medo de fazer qualquer coisa porque pode estar proibido. _ Nossa liberdade era tremendamente limitada, mas ainda assim as coisas eram suportáveis.” Diário de Anne Frank, págs. 11 e 12.
       
      Não possuo qualquer ligação com a comunidade judaica, nem ascendência ou apreço maior por algum clube com tal relação. Por outro lado, os absurdos cometidos pelos nazistas foram muito bem documentados para não deixar ninguém incauto. Nada obstante, a idiotice humana aparece com mais força em tempos e situações de escassez (econômica, política, cultural...), portanto não me surpreendem que manifestações preconceituosas se reciclem em nossa história.
      A não ser que cheguemos em um tempo de disponibilidade total de recursos (o que considero improvável), entendo que o preconceito sempre existirá, transmutando-se em mentes fracas e com medo. Sim, o preconceito é a voz do medo e faz do ódio seu fio condutor. Por isso, não consigo ver muito sentido na frase comum: “não acredito que em 2019 alguém ainda pense assim”. Pois pensamos absurdos todo santo dia e o melhor que podemos fazer é explorar nossas opiniões, amadurecê-las e buscar evoluir – a expressão preconceituosa é imatura, fechada em si mesma e irracional.
      Apesar de não ser judeu, meu nome – para quem ainda não sabe – é Israel (tambores de revelação). O livro da Anne Frank chegou agora em minha vida e a genialidade, sensibilidade e capacidade de transmitir a crueldade e dor de um período com a sutileza do olhar de uma criança de 13 anos, me tocou demais.
      Pensei, portanto, em fazer uma jornada entre Alemanha e Holanda, lugares por onde Anne passou. Mas como ficaria um tanto limitado, decidi que vou começar de baixo, trabalhando em clubes com ligações à comunidade judaica, especialmente em Alemanha, Holanda e Israel, eventualmente jogando em algum clube dos EUA. O objetivo é chegar ao topo da carreira treinando Ajax e/ou Tottenham.
      A princípio começaria em Frankfurt, mas não consegui encontrar na base de dados (German System Football League - dica muito boa do @Johann Duwe) que estou utilizando o FC Gudesding Frankfurt, um clube criado por amigos judeus em Frankfurt an Main, cidade de nascimento de Anne. Enquanto procurava, me chamou atenção o TuS Makkabi Berlin e é por lá que vamos começar. Ou melhor, por onde Pedro Van Pels vai começar sua carreira.
       
      Makkabi Berlin
      Fundado em 1898, o clube antecessor Bar Kochba Berlin era uma das maiores organizações judaicas do mundo em 1930, com mais de 40.000 membros de 24 países, parte do movimento geral de Bar-Kochba destinado a promover a educação física e a herança judaica. O clube organizou equipes em vários esportes, incluindo um time de futebol que competiu nas ligas da cidade entre 1911 e 1929. Em 1924, Lilli Henoch, recordista mundial de eventos de discus, arremesso de peso e revezamento de 4 × 100 metros, treinou as mulheres. (Henoch foi assassinada pelos nazistas em um gueto próximo a Riga, Letônia, em 1942).
      Em 1929, o Bar Kochba fundiu-se com o Hakoah Berlin para formar o clube esportivo Bar Kochba-Hakoah . O lado Hakoah teve um sucesso cada vez maior, conquistando três campeonatos consecutivos na divisão inferior entre 1925 e 1927. Eles eram promovidos a cada vez até que, em 1928, jogavam futebol de primeira linha. O lado recém-combinado continuou a competir como Hakoah depois de 1929.
      A ascensão ao poder dos nazistas no início dos anos 30 levou à discriminação contra judeus e, em 1933, as equipes judias foram excluídas da competição geral e limitadas a jogar em ligas ou torneios separados. Em 1938, as equipes judaicas foram banidas imediatamente, quando a discriminação se transformou em perseguição.
      Em 26 de novembro de 1970, o TuS Makkabi Berlin foi formado a partir da fusão da Bar-Kochba Berlin (ginástica e atletismo), Hakoah Berlin (futebol, restabelecido em 1945) e Makkabi Berlin (boxe).
      Aparentemente não possui quaisquer títulos, mas poderei descobrir mais sobre o clube no decorrer.
      O clube joga a Berlin Liga, que faz parte do sexto nível do futebol alemão, tendo o seguinte caminho de ascensão:

       
      Índice:
      Histórico:
      Ligas selecionadas:
       
    • Neynaocai
      By Neynaocai
      Por um erro meu o tópico anterior foi arquivo/apagado, mas o save continuou firme e forte. Algumas alterações pequenas neste, para melhor acomodar a história.

      Dez anos depois
      Quando contrataram Robbie Keanne para treinar o Killie, ninguém podia imaginar o que aquilo significava para cidade de Kilmarnock. Muito menos, poderiam imaginar o que representava para o Robert Davie Keanne.
      Como poucos sabiam, apesar de nascido em Dublin, Robbie crescer nos arredores do Castelo De Turnberry e embora amasse a Irlanda e fizesse sucesso com a camisa verde, as vezes pegava-se a pensar em como teria sido se tivesse ficado em sua cidade. Se ganharia títulos, se seria convocado para seleção escocesa.
      Essa história começou em 2018, logo após ele anunciar sua aposentadoria. Muitos contam um encontro inesperado quando foi encontrar velhos amigos no pub Oceans 11. Mas a verdade, senhoras e senhores, desconhecida do público, foi revelada aos poucos, com esse final bombástico.
      Começar essa história pelo final é para te convidar a participar da epopeia que movimentou o futebol da Escócia – e do mundo, por que não? Durante os dez anos de ligação entre Robbie e Kilmarnock. Hoje ele deixa o clube, mas estará para sempre em nossos corações.
       
      A contratação
      Angus, seu amigo de longa data, começou o brinde:
      _ Ao nosso Keane, que não é o irmão do Roy! O irlandês mais escocês que essas colinas já vira. Seja bem-vindo a vida mansa, companheiro. Brincou o ruivo McDonald.
      _ Senhores, senhores, ainda não estou no ritmo de férias, passei apenas para vê-los. Amanhã, iniciarei o módulo final do curso para retirar a Licença Pro Continental. Contestou Robbie e continuou. Como anda as coisas no nosso Killie?
      Neste momento, uma figura imensa entra no pub e um silêncio se impera. Alguns cochichos nos grupos, mas ninguém volta a conversar até que o recém-chegado anuncia aos brados:
      _ Cerveja liberada até eu sair!
      E chegando-se a mesa de Robbie gritou, em bom e velho galês:
      _ Dea-oíche, mister Robbie. Serei direto, para que possamos beber tranquilamente. Meu nome é Billy Bowie, sou descendente de Arthur Guinnes e CEO da cervejaria. O nosso amigo Angus me convenceu a patrocinar um projeto em que você é a figura principal, pelo nome e história.
      Robbie demonstrou surpresa, mas aguardava aquele encontro há muito tempo. Tudo corria conforme esperado.
       
      Kilmarnock  FC
      O Clube leva o nome dessa cidadezinha bem de boas, no leste escocês, a poucos quilômetros de Glasglow. Fica próxima ao Castelo de Turnberry, onde Robert The Bruce nasceu e cresceu.
      A cidade possui pouco mais de 45.000 habitantes e deu ao mundo o whiske Jhonnie Walker. Ocorre que em 2009, a atual dona da marca tirou a centenária fábrica de Kilmarnock, o que gerou protestos, mas não teve jeito. Por isso, em nossa história, a também centenária cervejaria Guinnes é que irá patrocinar o clube. Afinal, eles estão buscando criar raízes na terra da aguardente vermelha.
      Também em Kilmarnock viveu um cara chamado Alexander Fleming que ganhou o Nobel da Medicina por criar uma coisa não muito útil chamada Penicilina.
      Já o clube é apenas o profissional mais velho da Escócia, o que me fez acreditar que eu fazia parte do Clube dos Pioneiros, mas daí eu vi que o clube mais antigo do Queens Park FC, que agora é um time semiprofissional. Já adiantando, Queens Park é nosso parceiro.
      Enfim, o Killie como é chamado, conquistou um escocesão em 1964/65, três copas da Escócia 1919/20, 1928/29 e 1996/97, além de uma copa da Liga em 2011/12.
      Jogamos no acanhado, mas aconchegante Rugby Park, com capacidade para 18.128 torcedores.
      O presidente do Clube, Billy Bowie, que na nossa história é dono da Guinnes, na vida real é dono de uma empresa de transporte de resíduos e talvez não seja um bilionário.
       
      Regras, objetivos e curiosidades do save:
       
×
×
  • Create New...