Jump to content
Sign in to follow this  
#Vini

Mare Nostrum - DM Cheio - (atualizado em 28/03)

Recommended Posts

Bigode.

Teve um início bem ruim mesmo, mas felizmente contornou bem rápido e já desponta como um dos favoritos. E isso com o time ainda sem atuar no máximo que se espera, como você bem destacou ali, em especial quanto aos meias laterais, que podem e devem ser mais preponderantes pra equipe.

Sobre as contratações: gostei bastante do Al-Ali, que vem cumprindo as expectativas e vai dominando o setor defensivo, e Abbas e Al-Khamis também são interessantes, em especial o meia, que tem apenas 17 anos mas atributos muito bons pra idade (pensando no nível do campeonato - se é que estou correto quanto ao nível daí, claro). O Abbas agora só precisa conseguir dar o próximo passo e contribuir mais de forma direta a gols, embora já esteja se mostrando um jogador essencial e excelente pra dinâmica do time e pra fazer o jogo rodar e funcionar.

Fiquei curioso com os reforços que tu não mostrou ali no início. Foram pra base? No mais... boa sorte para a sequência!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Eu gostei bastante, na atualização anterior, na hora de descrever o 3-4-3 como um "não inventei muito". Porque usualmente, essa é a primeira escolha de todo mundo que joga seguro. hahaha

Mas deu resultado e a equipe ficou perto do topo, vamos ver se dessa vez consegue ficar no topo, já que tem uma pequena vantagem se formando para o atual líder.

Share this post


Link to post
Share on other sites
lakers20

O time começou mal mas depois engrenou. Vamos ver se mantém até o fim.

 

Gosto de três zagueiros, apesar de nem sempre acertar uma tática boa com eles.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Comida libanesa é ótimo!

Esperava que ficasse mais um ano na Tunísia, mas vendo tuas respostas entendi o motivo da saída. No Líbano começou com um turno bem fraco. Acabou se recuperando no segundo semestre e levou o título da Copa, mas na liga ficou abaixo do esperado mesmo com um ótimo segundo turno. Esse ano novamente começou meio cambaleante, mas a fase ruim foi bem mais curta. Quem sabe agora vai.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lowko é Powko

Curti a sua forma de contar história, mas senti falta de um resumo de temporadas no post inicial.

A temática não me agrada muito e o bonde tá andando, mas fica aí meus parabéns.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Com um pouco mais de tempo no clube, a 2ª temporada do Ahed o time parece se candidatar ao título da liga libanesa com um desempenho ofensivo e defensivo bem parecido com o da temporada anterior. O desempenho em pontos perdidos também é semelhante ao do returno. As chances de título existem, mas o Nejmeh é forte e bastante consistente e já o derrotou em sua própria casa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
mfeitosa

Uma pena a campanha na Copa da Elite. Iniciar uma temporada assim acaba nos induzindo a ajustar as táticas, quando, nem sempre, esse é o problema. Tanto que sofreu também na Supertaça, embora tenha revertido o placar e vencido nos pênaltis.

Na liga, realmente não será fácil desbancar o Nejmeh, time que já venceu o Ahed duas vezes nessa temporada, uma pela taça e outra pela liga. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Parabéns pelo título da temporada anterior, mas o começo meio meh acabou lhe custando a disputa da taça do campeonato. E aparentemente vai acontecendo o mesmo de  novo, início meio meh. hahahahah mas pelo menos dessa vez acho que dá pra correr atrás.

Agora, que campanha ruim na Copa da Elite, ein? Não sei se é justo falar que esperava mais mas... esperava mais mesmo!

Eu invejo quem consegue fazer os times funcionarem no 3-4-3, pra mim tem que ter lateral de ofício, senão sinto que tem algo errado hahahaha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini
Em 01/04/2020 em 03:44, Bigode. disse:

Teve um início bem ruim mesmo, mas felizmente contornou bem rápido e já desponta como um dos favoritos. E isso com o time ainda sem atuar no máximo que se espera, como você bem destacou ali, em especial quanto aos meias laterais, que podem e devem ser mais preponderantes pra equipe.

Sobre as contratações: gostei bastante do Al-Ali, que vem cumprindo as expectativas e vai dominando o setor defensivo, e Abbas e Al-Khamis também são interessantes, em especial o meia, que tem apenas 17 anos mas atributos muito bons pra idade (pensando no nível do campeonato - se é que estou correto quanto ao nível daí, claro). O Abbas agora só precisa conseguir dar o próximo passo e contribuir mais de forma direta a gols, embora já esteja se mostrando um jogador essencial e excelente pra dinâmica do time e pra fazer o jogo rodar e funcionar.

Fiquei curioso com os reforços que tu não mostrou ali no início. Foram pra base? No mais... boa sorte para a sequência!

Exato. Espero que, com a melhora dos meias-laterais, o time possa embalar e partir para o ataque ao título. 

Eu gostei muito desses novos contratados que você destacou e acredito que eles serão a espinha dorsal da equipe se eu conseguir segurá-los. Espero mesmo que o Abbas faça uma contribuição mais direta na fase ofensiva, pois não dá para depender apenas dos atacantes criarem chances entre si. 

Se você fala do Ayoub e Alaa é porque na temporada anterior eles já estavam no clube, por empréstimo. Vou ajustar o texto e destacar esse ponto. 

Valeu!

Em 01/04/2020 em 14:16, Henrique M. disse:

Eu gostei bastante, na atualização anterior, na hora de descrever o 3-4-3 como um "não inventei muito". Porque usualmente, essa é a primeira escolha de todo mundo que joga seguro. hahaha

Mas deu resultado e a equipe ficou perto do topo, vamos ver se dessa vez consegue ficar no topo, já que tem uma pequena vantagem se formando para o atual líder.

Hahaha falei isso pensando em minhas últimas experiências no FM17. Curioso que eu consigo encaixar um 3-4-3 melhor do que um 4-2-3-1, por exemplo. 

Ainda bem que está dando resultado e espero que as coisas continuem assim.

Valeu!

Em 01/04/2020 em 17:21, lakers20 disse:

O time começou mal mas depois engrenou. Vamos ver se mantém até o fim.

 

Gosto de três zagueiros, apesar de nem sempre acertar uma tática boa com eles.

O Ahed vai ganhando corpo e espero que venha com tudo para levar os títulos ao final da temporada. 

Curioso que só consegui encaixar com o 3-4-3. Nenhum outro esquema com 3 zagueiros deu certo comigo. 

Valeu!

Em 03/04/2020 em 02:10, Danut disse:

Comida libanesa é ótimo!

Esperava que ficasse mais um ano na Tunísia, mas vendo tuas respostas entendi o motivo da saída. No Líbano começou com um turno bem fraco. Acabou se recuperando no segundo semestre e levou o título da Copa, mas na liga ficou abaixo do esperado mesmo com um ótimo segundo turno. Esse ano novamente começou meio cambaleante, mas a fase ruim foi bem mais curta. Quem sabe agora vai.

Agora estou ficando curioso para experimentar!

É, save carreira tem dessas decisões. Acho que aos poucos vamos ajeitando a casa no Ahed e creio que a tendência é de subida para as próximas temporadas, incluindo esta. 

Valeu!

Em 03/04/2020 em 14:23, Lowko é Powko disse:

Curti a sua forma de contar história, mas senti falta de um resumo de temporadas no post inicial.

A temática não me agrada muito e o bonde tá andando, mas fica aí meus parabéns.

Valeu e, sim, me empolguei no início e esqueci de colocar essa informação. 

Obrigado!

Em 04/04/2020 em 16:55, ggpofm disse:

Com um pouco mais de tempo no clube, a 2ª temporada do Ahed o time parece se candidatar ao título da liga libanesa com um desempenho ofensivo e defensivo bem parecido com o da temporada anterior. O desempenho em pontos perdidos também é semelhante ao do returno. As chances de título existem, mas o Nejmeh é forte e bastante consistente e já o derrotou em sua própria casa.

O Nejmeh mostra-se uma adversário bastante duro e precisaremos melhorar nossos números se quisermos sonhar com taças nessa temporada. A ver.

Valeu!

Em 04/04/2020 em 19:48, mfeitosa disse:

Uma pena a campanha na Copa da Elite. Iniciar uma temporada assim acaba nos induzindo a ajustar as táticas, quando, nem sempre, esse é o problema. Tanto que sofreu também na Supertaça, embora tenha revertido o placar e vencido nos pênaltis.

Na liga, realmente não será fácil desbancar o Nejmeh, time que já venceu o Ahed duas vezes nessa temporada, uma pela taça e outra pela liga. 

O início foi ruim mesmo, mas taticamente eu já estava com as mesmas ideias da temporada anterior, só acabei me decidindo pelo 3-4-3 como padrão. Depois, com o que extraí das análises das partidas, percebi que poderia ter adaptado o esquema conforme o adversário, já que a maioria se encaixava em meus dois esquemas principais. 

O Nejmeh é um verdadeiro nemêsis para o Ahed; precisaremos estar ao nosso melhor para superarmos o rival. 

Valeu!

Em 05/04/2020 em 23:35, marciof89 disse:

Parabéns pelo título da temporada anterior, mas o começo meio meh acabou lhe custando a disputa da taça do campeonato. E aparentemente vai acontecendo o mesmo de  novo, início meio meh. hahahahah mas pelo menos dessa vez acho que dá pra correr atrás.

Agora, que campanha ruim na Copa da Elite, ein? Não sei se é justo falar que esperava mais mas... esperava mais mesmo!

Eu invejo quem consegue fazer os times funcionarem no 3-4-3, pra mim tem que ter lateral de ofício, senão sinto que tem algo errado hahahaha.

Ainda bem que esse começo meio meh foi mais começo do que um turno todo, como a temporada anterior. 

Copa da Elite para mim é um torneio secundário, então me preocupou mais o nível das atuações do que o resultado em si. 

Hahaha eu tenho uma bronca com os laterais no FM17. Sempre acho que falta alguma coisa neles, então até gosto de um esquema sem eles. 

Valeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seguradora Gralha Azul

Novidades?

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini

Banner-d752d62d7e7c8b56.png&key=622a8784

TEMPORADA 2021-22 - Parte 2 - E-qui-lí-brio!

Na atualização anterior, vimos que o Ahed era mais estável, mas ainda faltavam ajustes para entrar forte na briga pelo título libanês. Vamos conferir se na segunda parte da temporada teremos mudanças nesse cenário.

barra-caf5f86a4587cdc4.png&key=f19677bb2

Mercado de Transferências

Durante a janela de meio de temporada, trouxemos apenas um reforço, para o setor ofensivo. Um agente nos ofereceu Bagayoko e ao analisar os atributos do jogador, senti que ele poderia elevar o nível do ataque e nos ajudar bastante na AFC Champions League.

O marfinense tem ótimos atributos para um centroavante e com bons índices físicos, mais níveis técnicos razoáveis, pode também contribuir como um atacante recuado. Por £34k, acho que é um baita reforço.

Bagayoko25e7c5ed9a80a219.png

 

Premier League Libanesa

Abrimos a volta da temporada na PLL contra o Ikhaa Ahli e com um gol contra do zagueiro Al-Nakhli saímos atrás no placar. No entanto, Bagayoko e Al-Rashidi chamaram a responsabilidade e comandaram a virada, decretando o 2 a 1 no placar.

Seguindo a linha da análise feita na atualização anterior, fomos no 4-4-1-1 para enfrentar o Nejmeh, que vinha escalado no 4-2-3-1. A estratégia surtiu efeito e fomos mais efetivos em vários quesitos relevantes, tais como: passes completos (72% a 69%), desarmes (66% a 53%), cabeceamentos ganhos (65% a 52%) e a posse de bola (56% a 44%). Esses quesitos também se refletiram em oportunidades criadas (5 a 1) e o time deslanchou em campo. Al-Rashidi e Abbas fizeram 2 a 0 no primeiro tempo, enquanto Bagayoko marcou aos 56’, ampliando a vantagem. O time dormiu após o 3 a 0 e deu margem para que o Nejmeh encostasse no placar e trouxesse um pouco de preocupação. Mas vencemos.

xNejmehdcc1397702459897.png

A vitória contra o rival nos impulsionou e no jogo após a estreia na AFC CL, goleamos o Tadamoun por 4-1. No final de semana seguinte, batemos o Shabab Sahel por 2 a 0, ganhando bom fôlego na competição. Esse pique foi interrompido com a derrota para o Safa, por 2 a 0. Depois de um meio de semana continental, reunimos forças para vencer o Itjmai por 2 a 1.

Após a pausa para a data FIFA, goleamos o Tripoli por 4-1, fomos para nosso compromisso continental e depois seguimos para nosso compromisso nacional contra o Shabab Ghazzieh, sendo derrotados por 2 a 0 em uma partida totalmente sem inspiração.

Com uma janela de uma semana, aproveitamos o tempo para descansar e batemos o Sagesse (2-0) com tranquilidade, para na penúltima partida da temporada ir encarar o Ansar, que fazia uma temporada irregular. Aproveitamos a situação e controlamos o jogo com dois gols de rajada, permitindo um gol apenas no final, fechando o placar em 2-1.

xAnsar048850b6d3428b83.png

As duas derrotas em 2022 nos colocaram em uma situação complicada, uma vez que o Nejmeh estava com 49 pontos e nós, 47. No jogo final, a tabela reservou dois duelos para os postulantes ao título contra equipes que brigavam pelo rebaixamento (o Sagesse encarando o Nejmeh, enquanto nós iriamos encarar o Nabi Chit).

Desse modo, nossas chances eram bem remotas, visto que o Nejmeh jogava em casa. Com um olho no peixe e outro no gato, fomos encarar o Nabi Chit. Na partida do rival, um festival de gols: Nejmeh 1 a 0 (25’), empate aos 31’, desempate aos 35’ e novo empate aos 43’. Aí veio a surpresa: o Sagesse marca 3 a 2 no apagar das luzes do primeiro tempo.

Esse placar nos dava o título, desde que fizéssemos a nossa parte, o que não aconteceu na primeira etapa, com a nossa equipe dominada pelo nervosismo. Na volta para o intervalo o Nejmeh empatou com gol do nosso ex-jogador, Heiwe e passou a bombardear o Sagesse. Nós, que precisávamos fazer a nossa parte, finalmente conseguimos o gol necessário. Bagayoko, reforço do meio da temporada, fez jus ao investimento e abriu o placar aos 65’, fazendo com que a torcida ficasse totalmente no outro jogo, visto que depois disso nos acalmamos e o placar ficou inalterado.

Pois bem, o Nejmeh sentiu a pressão e, apesar de todo o bombardeio, falhou na hora H. E assim o Ahed saiu da seca após seis temporadas. Lawrence estava na boca do povo.

x-Nabi-Chit23f86ce859f0fa7a.png

 

Calendário

Calendario31f4c2fb9c11493e.png

 

Classificação 

A temporada 2021-22 resumiu-se ao Ahed e o Nejmeh. Os dois clubes monopolizaram as ações na Premier League e abriram um fosso para os adversários, criando uma competição particular entre si. Para o Nejmeh, deve ter doído um pouco mais, com o melhor ataque e a segunda melhor defesa, perder o título na última rodada.

Nós vacilamos no turno e com duas derrotas no returno, quase pagamos o preço por um começo ruim. Mas a estabilização da defesa, a melhor do campeonato, e o segundo melhor ataque nos trouxeram a taça no final.

Classificacaof1cfd05d69f32eec.png

Estatísticas

 

Copa do Líbano

A Copa do Líbano de 2021-22 começou com o Ahed sendo sorteado contra o Safa, da primeira divisão. Com o 0 a 0 no tempo normal, a partida foi para os pênaltis e lá vencemos por 5 a 4. Nas quartas, encaramos o recém-promovido Ikhaa Ahli e sofremos durante a partida, sem conseguir botar a bola na rede. A igualdade permaneceu durante os 90 minutos e fomos outra vez para a marca da cal, o adversário foi péssimo e abriu caminho para a nossa vitória por 3 a 0.

Em maio, foram disputados os dois jogos finais da competição. Na semi, encaramos o Tadamoun e numa partidaça de Alaa (1 gol e 2 assistências), vencemos o adversário por 4 a 1, com destaque para o segundo e terceiro gol, que saíram num espaço de um minuto, o que matou qualquer chance de reação do Tadamoun. Ainda houve tempo de Abbas colocar o prego no caixão aos 87’ e selar a nossa vaga para a final.

Na final, novamente o Nejmeh. Mordidos pela derrota na PLL, que havia acontecido há duas semanas, eles vieram com muita sede ao pote e deram espaço para Bagayoko marcar outro gol importante, aos 9’ e dar mais trabalho ao rival. Por incível que pareça, isso fez com que piorássemos no duelo e fomos pressionados em boa parte do jogo, nos safando em momentos pontuais. Conforme o tempo passava, o nervosismo tomou conta do Nejmeh e abriu espaço para o nosso golpe de misericórdia, com um gol contra já nos acréscimos da partida. Final, Ahed 2 a 0.

x-nejmeh-copa7d73129721705790.png

Calendário

 

Elenco

Uma temporada que se encerra com dobradinha é ótima. No entanto, o mais legal a se observar foi que houve um destaque coletivo, não um nome que se sobressaiu entre eles.

A defesa representou uma grande melhoria em 2021-22. A chegada de Al-Ali e Al-Assaf trouxe a segurança defensiva para equilibrar o 3-4-3, isso sem contar a versatilidade deles, que nos permitia ir para o 4-4-1-1 sem sofrer muito. Não é à toa que fomos a melhor defesa da PLL.

Eu comentei na atualização anterior o quanto a chegada do jovem Abbas contribuiu para o meio-campo, fazendo com que Iguma ficasse menos sobrecarregado e nos permitisse melhorar ainda mais no quesito de controle dessa área. Só que eu também mencionei a necessidade de melhoria na faixa lateral do meio-campo, no qual precisaríamos de mais participações efetivas dos jogadores da posição.

Alaa voltou de lesão e contribuiu para que Abbas pudesse atuar mais no meio, ou então atuar na MD, só que agora com menos pressão, já que haveria cobertura. Ambos contribuíram com 14 gols na temporada.

Do outro lado, na meia-esquerda, Haidar desabrochou. O veterano participou de 15 gols no período e além de ser referência técnica, também foi o líder da equipe, ajudando na evolução do time ao longo de 2021-22. Atwi serviu de cobertura e participou de 8 gols no período, nada mal para um reserva.

Al-Rashidi foi um nome que sobre flutuar bem nos esquemas táticos e, atuando como um ponta-de-lança, fez 6 gols e 4 assistências na temporada. E o ataque em geral foi muito bem, potencializados pelo 3-4-3, mas o destaque fica para o recém-chegado Bagayoko. Jogando metade da temporada, o marfinense marcou 8 gols em 11 jogos e ajudou a pulverizar defesas adversárias.

Para a temporada que vem, pretendo trazer apenas reforços de ocasião, buscando manter a espinha dorsal construída aqui.

Elenco7687f24d3042443a.png

Prêmios do Ano | Relatório de Lesões | Equipe do Ano - PLL 

 

Curtinhas

- Thomas Lawrence é eleito treinador do ano e Al-Rashidi o jovem jogador do ano da PLL

- Ahed recebe receitas de TV e premiação pela posição final na PLL

- Divulgados o Sumário Comercial e o Balanço Financeiro do final da temporada

- Liberado o orçamento para transferências de 2022-23

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
mfeitosa

Parabéns pelo título na liga. Dessa vez, o confronto direto contra o Nejmeh foi crucial para o Ahed.

E o melhor de tudo é que a dobradinha veio em cima deles.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Já chegou chegando, levantando a taça e fazendo até uma campanha de perseguição forte, com apenas dois tropeços pelo caminho. A conquista tão célere alterará seus planos de ficar no Líbano?

Share this post


Link to post
Share on other sites
AllMight

Que ótima temporada, conseguiu a dobradinha que a diretoria esperava. Porém todo esse sucesso logo de cara pode ser ruim para o treinador já que agora não há muito o que melhorar e qualquer queda será cobrada pela torcida e diretoria. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bigode.

Nem tem muito o que dizer... temporada fantástica! Parabéns pela dobradinha!

E que grande reforço foi o Bagayoko, hein? Caiu como uma luva na equipe, incrível.

Só senti falta, na atualização, dos jogos realizados pela AFC Champions League. Você cita a competição mais de uma vez no decorrer da atualização, mas acabou deixando ela de fora. Fiquei curioso pelo desempenho lá...

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Parabéns pela dobradinha, ainda mais pelas duas vitórias sobre o Nejmeh. Vitórias para não deixar margem para os desconfiados sobre o desempenho do Ahed. O campeonato foi vencido no apagar das luzes, mas títulos assim são muito saborosos.

E o Bagayoko, hein? Fundamental nessa reta final.

O link para o calendário na Copa do Líbano está errado.😉

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Fez uma temporada extraordinária, principalmente com a conquista da Liga no final, com direito a jogo de nervos. Curioso para ver o desempenho da equipa na Liga dos Campeões Africanos....

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68
Em 13/04/2020 em 00:21, Bigode. disse:

Só senti falta, na atualização, dos jogos realizados pela AFC Champions League. Você cita a competição mais de uma vez no decorrer da atualização, mas acabou deixando ela de fora. Fiquei curioso pelo desempenho lá...

Eu ia comentar que o tempo na Fenícia tinha chegado ao fim, a não ser que quisesse testar as águas da Champions... mas bigodão percebeu.. ta escondendo o jogo?

Afinal já estava classificado para a Champ.

No mais, parabéns... depender de resultados improváveis na última rodada é muito ruim, mas dessa vez deu certo!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seguradora Gralha Azul

Temporada muito boa. Mais acostumado ao ambiente no Líbano, mostrou ao que veio e colocou uma dobradinha na prateleira. Parabéns!

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Rapaz, passou o trator ein? Agora, como o Bigode disse... cadê? hahahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini
Em 12/04/2020 em 11:15, mfeitosa disse:

Parabéns pelo título na liga. Dessa vez, o confronto direto contra o Nejmeh foi crucial para o Ahed.

E o melhor de tudo é que a dobradinha veio em cima deles.

Valeu. O Nejmeh foi o medidor do sucesso desta temporada, espero repetir a dose no ano que vem, pois vejo que o país tem uma liga bem nivelada e oferece um desafio bacana. 

Obrigado pelo comentário, Feitosa. 

Em 12/04/2020 em 13:46, Henrique M. disse:

Já chegou chegando, levantando a taça e fazendo até uma campanha de perseguição forte, com apenas dois tropeços pelo caminho. A conquista tão célere alterará seus planos de ficar no Líbano?

Fala Henrique. Certamente é um fator que pesará na minha decisão de sair ou não do país, mas quero ver como as coisas se desenrolam na próxima temporada antes de mais nada. 

Valeu!

Em 12/04/2020 em 20:56, DiogoHernandes disse:

Que ótima temporada, conseguiu a dobradinha que a diretoria esperava. Porém todo esse sucesso logo de cara pode ser ruim para o treinador já que agora não há muito o que melhorar e qualquer queda será cobrada pela torcida e diretoria. 

Agora o sarrafo sobe e para a próxima temporada o mínimo será o bicampeonato nacional. Vamos montar um time para nos adequar às exigências. 

Valeu, Diogo. 

Em 13/04/2020 em 00:21, Bigode. disse:

Nem tem muito o que dizer... temporada fantástica! Parabéns pela dobradinha!

E que grande reforço foi o Bagayoko, hein? Caiu como uma luva na equipe, incrível.

Só senti falta, na atualização, dos jogos realizados pela AFC Champions League. Você cita a competição mais de uma vez no decorrer da atualização, mas acabou deixando ela de fora. Fiquei curioso pelo desempenho lá...

Valeu!

Cara, tenho reparado, tanto na Tunísia, quanto no Líbano, a oferta de jogadores vindos do Camarões, Nigéria e Costa do Marfim. A qualidade desses moleques é diferenciada e o Bagayoko tem provado essa afirmação. 

Bem observado, será o tema do meu próximo post. 

Obrigado pelo comentário, Bigode.

Em 13/04/2020 em 10:03, ggpofm disse:

Parabéns pela dobradinha, ainda mais pelas duas vitórias sobre o Nejmeh. Vitórias para não deixar margem para os desconfiados sobre o desempenho do Ahed. O campeonato foi vencido no apagar das luzes, mas títulos assim são muito saborosos.

E o Bagayoko, hein? Fundamental nessa reta final.

O link para o calendário na Copa do Líbano está errado.😉

Ganhar uma dobradinha é bom, mas em cima do maior rival é melhor ainda. Foi essa a sensação nessa temporada e agora o desafio é manter o desempenho para que não haja um sentimento de satisfação que derrube o nível da equipe. 

O Bagayoko foi um baita achado. Aumentou o poder de fogo da equipe e trouxe mais opção para o setor ofensivo. 

Obrigado, vou corrigir. 

Valeu pelo comentário, Gilson!

Em 13/04/2020 em 10:31, Darthz disse:

Fez uma temporada extraordinária, principalmente com a conquista da Liga no final, com direito a jogo de nervos. Curioso para ver o desempenho da equipa na Liga dos Campeões Africanos....

Essa temporada foi muito boa para as nossas pretensões e fiquei muito bem na foto com a Diretoria. Também estou curioso; só para esclarecer: a competição é a Liga dos Campeões Asiáticos. 

Valeu, Darthz!

Em 15/04/2020 em 11:49, Andreh68 disse:

Eu ia comentar que o tempo na Fenícia tinha chegado ao fim, a não ser que quisesse testar as águas da Champions... mas bigodão percebeu.. ta escondendo o jogo?

Afinal já estava classificado para a Champ.

No mais, parabéns... depender de resultados improváveis na última rodada é muito ruim, mas dessa vez deu certo!

Vamos descobrir no próximo post (;

Valeu, André. O resultado final foi muito legal para o Ahed, nem sempre isso acontece rsrs

Em 15/04/2020 em 12:23, Khroiskantis disse:

Temporada muito boa. Mais acostumado ao ambiente no Líbano, mostrou ao que veio e colocou uma dobradinha na prateleira. Parabéns!

Exatamente. Até que foi uma aclimatação rápida. 

Valeu, Nismo!

Em 20/04/2020 em 00:19, marciof89 disse:

Rapaz, passou o trator ein? Agora, como o Bigode disse... cadê? hahahaha

Pois é, meu velho, estamos Ahed dos nossos adversários hahah

Nem vem, logo menos tem post. 

Valeu, Marcio!

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini

Banner-d752d62d7e7c8b56.png&key=622a8784

TEMPORADA 2021/2022 - parte 3 - Noites Asiáticas

Na atualização anterior falamos sobre a trajetória na temporada nacional do Ahed. No entanto, com o vice da Copa de 2020/2021, carimbamos a vaga na AFC Champions League. Como a estrutura das competições africanas e asiáticas não segue o calendário das ligas nacionais, as vezes sinto dificuldade em encaixar no post. Desse modo, resolvi separar a narrativa desta competição à parte da temporada nacional.

barra-caf5f86a4587cdc4.png&key=f19677bb2

Começamos nossa trajetória na segunda fase preliminar, na qual encaramos o Al-Shabab, dos Emirados Árabes Unidos. Apesar de termos ficado com a posse de bola na maior parte do jogo, ficamos em pé de igualdade nos outros quesitos e assim o jogo ficou truncado.

Os emiratenses abriram o placar logo aos 2’ e nos resultou correr atrás do prejuízo no restante do duelo. Chegamos ao gol próximo do final do jogo, com o recém-chegado Bagayoko. Nada mais aconteceu e fomos aos pênaltis, onde fomos mais felizes e vencemos por 5 a 4.

A eliminatória seguinte, última antes da fase de grupos, reservou o catariano Lekhwiya. E o que se viu foi um completo massacre do time adversário; conseguimos chutar apenas duas vezes ao gol. Menos mal que foi o necessário para vencermos o duelo e seguir para a inesperada fase de grupos. Nela caímos em uma chave complicada, em que a expectativa era pegar experiência para o próximo ano.

xLekhwiyae4eb5e95c77245f2.png

Pois bem, no primeiro duelo contra o Al-Gharafa (CAT) fomos superiores e criamos chances o suficiente para vencer a partida. Só faltou combinar com o adversário, que mandou uma bola na rede aos 5’, outra aos 40’, nos colocando nas cordas; ainda buscamos a reação com um gol na volta do intervalo, mas depois disso o placar não se alterou.

Veio o Al-Nassr (SAU) e até pensamos que teríamos uma chance quando Jiménez abriu o placar aos 8’. Só faltou combinar com Zaza, que empatou no minuto seguinte. Aos 34’, o gol contra de Iguma deixou os ânimos bem abaixo e tivemos dificuldade para voltar ao jogo. Ainda assim, fomos para o intervalo apenas com o 2 a 1.

Na segunda etapa, tentamos o empate e acabamos sofrendo um duro golpe quando Sergio Araujo mostrou seu faro de gol e ampliou. Perdendo por 3 a 1, tentei buscar um segundo gol que seria importante para o saldo, mas o resultado foi pior e deu margem para Malihah e novamente Zaza decretarem uma goleada bem amarga.

x-Al-Nassr-KSA44a7a8ee22d50e70.png

O duelo contra o Teraktor-Sazi (IRA) nos colocava num dilema: manter a postura defensiva que tentamos aplicar em boa parte dos dois primeiros jogos ou ir para o pau? Bem, tentei mais uma vez a primeira opção e os iranianos tiraram mais proveito da situação, vencendo com um gol no final da primeira etapa e outro no final da segunda.

Depois disso, as chances de ir à segunda fase eram quase inexistentes e já nas cordas decidir ouvir o André Rizek que ecoava dentro de mim, dizendo para ter coragem e jogar como Ahed. Voltei aos habituais 4-4-1-1 e 3-4-3, buscando colocar os adversários nas cordas e tirar o melhor proveito disso.

Contra o Al-Gharafa (CAT), nossa superioridade forçou um gol contra do adversário e estava de bom tamanho, pois não sofremos nenhum e levamos os três pontos para o Líbano. Começava a escalada.

No duelo com o Al-Nassr (SAU), Haidar marcou um gol logo aos 2’ e facilitou a nossa superioridade no duelo, permitindo que controlássemos todas as fases da partida e garantíssemos mais um 1 a 0, fazendo com que decidíssemos a vida no duelo final.

Na última rodada, o cenário era o seguinte: Teraktor-Sazi (IRA) – 7 pontos e o restante com seis, sendo que levávamos vantagem no número de vitórias (2 a 1). Com isso em mente, resultados iguais nos dois duelos nos dariam a vaga. Como diria Galvão Bueno, fomos para jogar com o regulamento debaixo do braço, mas faltou os iranianos cumprirem sua parte no acordo, uma vez que marcaram logo aos 2’. Com isso, não nos restava outra alternativa senão buscar ao menos o empate, visto que Al-Gharafa (CAT) e Al-Nassr (SAU) empatavam em 0 a 0.

Pois bem, eis que aos 73’ surge um salvador impensável. Hovhannisyan, reserva nas pontas, saiu do banco para marcar o gol mais importante do ano, nos colocando em uma até então improvável segunda fase. Encararíamos o Al-Hilal, outro time da Arábia Saudita.

Teraktor-Sazi937b8db1b2c99a4e.png

Classificação final - Grupos A - C | Grupos D - F | Grupos G e H  | Estatísticas

Segunda Fase - Oitavas

Contra os sauditas, já após o título no campeonato nacional e entre os dois últimos jogos da Copa, a concentração pesou contra e o placar não saiu do zero durante a ida, no Líbano.

O jogo seria no King Fahd, estádio batizado em homenagem a um dos monarcas da dinastia Saud, que dá nome ao país (sim, o Saudita é por causa disso). Outra curiosidade é que Fahd também emprestou seu nome ao torneio que daria origem a Copa das Confederações, a Copa Rei Fahd. 

Passada a trivia, vamos ao jogo. Timonian abre o placar aos 7’, Djurdjevic empata aos 28’ e Bagayoko faz 2 a 1 aos 42’. Já era um cenário muito bom, pois obrigava o Al-Hilal a virar a partida. Tornamos as coisas ainda melhores quando o próprio Bagayoko faz 3 a 1 aos seis da segunda etapa.

Só que aí o caos toma conta da partida e cinco minutos depois, Veljkovic diminuiu e coloca tensão no embate.

Al-Mutlaq dobra a dose ao empatar aos 70’. Um gol do Al-Hilal significaria uma eliminação após ter uma vantagem de dois gols. A partir daí, o jogo virou trocação pura, algo que eu gosto de ter quando uso o 3-4-3, pois sinto que isso é favorável para nós. No fim, o gol salvador veio. Sacramentamos a ida às quartas aos 88’, quando Jiménez mostra a sua estrela e marca mais um gol importante durante sua estadia aqui no Ahed. Vamos encarar agora outro saudita, o Al-Ahli.

x-Al-Hilal-2ad0ca0aa063ee2e5.png

Calendário

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bigode.

Campanha surpreendente e muito boa, de bastante superação! O que eu mais gostei foi ver que você iniciou a fase de grupo, digamos, contra seus princípios e quando já tava tudo (quase) perdido meio que ligou o dane-se e decidiu voltar ao modelo de jogo normalmente vigente no clube. O que deixa isso ainda melhor é que mostrou que se tivesse optado por isso desde o início, talvez a campanha fosse ainda melhor e mais tranquila.

E que sina, hein? Saudita atrás de saudita no seu caminho. hahaha

Boa sorte na sequência da competição!

Ah: o link do primeiro jogo contra o Al-Gharrafa está errado. Você repetiu o link do jogo contra o Al-Shabab (UAE).

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Quanto saudita no seu caminho ein? Mas a campanha até aqui tá sendo boa e até certo ponto até surpreendente, mesmo com a goleada sofrida. Dá pinta de que pode fazer história.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Como já te disse, você tem aí nesse título, um excelente nome para um puteiro temático.

Mas num campeonato contra equipe bem mais fortes, não foi feito de puta e até faz uma brilhante campanha até o momento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • cheirador
      By cheirador
      O mesmo megapack do FM2016, com algumas adições e updates. Mais de 1000 imagens. 

      Método de instalação:
      1. Extraia o arquivo
      2. Coloque em Meus Documentos\Sports Interactive\Football Manager 2016 (ou 17)\graphics\pictures
      3. Abra o Football Manager 2017
      Download
      PRÉVIAS:

    • CCSantos
      By CCSantos
      Depois da empreitada no futebol paraguaio, decidi por manter a tradição de manter dois saves na PM, por isso decidi por iniciar a trajetória com o Decano da Comunidade da Cantabria. Estamos falando da Real Sociedad Gimnástica de Torrelavega, fundada em 1907, em que, no FM2017, iria chegar a 110 anos de fundação no dia 28 de Setembro de 1907.
      O clube foi fundado naquele dia por parte de Gabino Teira, que foi presidente da Província de Santander entre os anos de 1933 e 1935. Mas voltemos a 1907, quando ele convocou diversos esportistas para uma reunião onde se formalizara a criação da Sociedad Gimnástica de Torrelavega.
      Sua primeira partida foi contra o extinto Santander FC, mas até 1921, quando enfrentou o Unión Montanesa, a equipe disputava partidas amadoras. Desde então, o clueb se profissionalizou no ano seguinte, e manda suas partidas no estádio El Malecón, localizado na margem do Rio Besaya, como podem conferir no vídeo que segue essa postagem inaugural.  Uma dica: Caso queira fazer a tradicional Caminhada até Santiago de Compostela, pode seguir o caminho do Rio Besaya, que é chamado como Caminho para Santiago pelo Norte, que é uma das mais longas rotas, como você confere na imagem abaixo:

      O El Malecón é um estádio com muita história. Sua capacidade no jogo é de 11 mil pessoas, mas a capacidade real é menor: 6.007 pagantes. Uma curiosidade bem interessante sobre o El Malecón, que recebeu uma reforma que modernizou consideravelmente o seu estádio, é que em 2004, foi encontrada uma bomba, proveniente da Guerra Civil Espanhola, a 5m abaixo do campo de jogo.

      Mas retornemos ao clube. O clube possui sete títulos da 3ªDivisão Espanhola - Grupo 3, que é o grupo da regão da Cantabria. Também chegou em duas oportunidades na 3ªcolocação da Segunda División B2, em 1992-93 e 1999-2000. Participou poucas vezes das duas primeiras divisões. A última vez foi na distante temporada de 1966-67.
      A equipe possui uma longa rivalidade com o Racing Santander, que se tornara a equipe mais forte da região no andar do século XX. É quando acontece o "Dérbi Montañes", que envolve as duas equipes mais antigas da região. No histórico, o Racing tem larga vantagem sobre os blanquiazules: 33 a 7, com 6 empates.

      Neste momento, temos apenas a Segunda División B da Espanha, além da Liga de Belarus, pois é a mais avançada no FM2017. Em breve, irei colocar as primeiras divisões de França, Portugal, Alemanha e Itália.
      Foram habilitados todos os atletas espanhóis e bascos, com database pequena.

      Pois bem, chegamos aos objetivos:
      1º Como é uma equipe que acabou de subir, a ideia nestas temporadas é de permanecer na Segunda División B.
      2º Conseguir montar um bom elenco, com o intuito de conseguir um feito que não acontece a mais de 50 anos: O retorno a Segunda Divisão (Liga 123);
      3º Chegar em La Liga Santander, e buscar alçar voos cada vez maiores.
      Tudo isso, além obviamente, de se divertir. Não vou obedecer um método de jogo, seja base ou visando contratações.
      Para completar, deixarei aqui um dos hinos de clubes mais antigos - e mais emocionantes - do futebol espanhol, que é justamente o da Real Sociedad Gimnástica de Torrelavega. Sejam bem-vindos ao El Malecón, e que o transformemos na fortaleza do Rio Besaya.
      (Torcedores do Racing Santander não são bem-vindos por aqui. Obrigado)
    • Kalemy
      By Kalemy
      Fala pessoal, espero que estejam bem.
      Seguinte: estou jogando a liga das Ilhas Cook e me classifiquei pra fase preliminar da liga dos campeões da Oceania. Porém, em nenhum momento aparece solicitando inscrever os jogadores e no dia da estreia não tem ninguém inscrito e não consigo jogar prq simplesmente não tenho nenhum jogador pra escalar. Já procurei de toda forma inscrever os jogadores e não consigo. Tem alguma forma de fazer isso, por editor ou algo parecido? Prq me parece que é bug no jogo ou a liga foi mal editada.
      Agradeço!
      Abraços
    • oLightw
      By oLightw
      Durante qualquer partida no FM 17 os personagens correm parados e com os braços abertos. E até o manager no menu do jogo após abri-lo.

    • AlexVivas
      By AlexVivas
      Galera, antes de tudo Deus continue abençoando a todos !!
      Minha situação é a seguinte: 
      Estou criando uma Champions League do Leste Asiático (EAFF) e fui fazendo o básico nas Regras de Clube Continentais, seguindo o tutorial deste link: https://www.squawka.com/en/football-manager-2020-guide-custom-cup-competition/
       Países = todos do Leste Asiático Equipes = os atuais campeões de cada divisão principal (último vencedor de outra competição) Fases: Grupos (10 clubes divididos em 2 grupos de 5, jogos ida e volta), Quartas, Semi, Playoff do Terceiro Lugar e Final, nessa ordem. Aí quando vou testar as regras, dá o seguinte erro: Número de equipes na final da EAFF Champions League deve ser divisível por 2.
      Nas minhas pesquisas, já coloquei 2, 0 e já desmarquei a opção, porém o erro persiste.
      A quem puder me ajudar, muito obrigado.
      PS: estou no FM 2017, mas acredito que o Editor mudou pouco com o passar dos anos.
×
×
  • Create New...