Jump to content
Sign in to follow this  
Nei não cai (38D)

Judeu - Capítulo 44 - A dura face da realidade [04/05/2021]

Recommended Posts

div

Como eu disse no final da última temporada, dessa temporada o título não escapa hehe

E isso coroado com uma ótima campanha na copa com muita emoção e com Dreschel fazendo chover.

Boa sorte nesse final de temporada, que os títulos amenizem o que aconteceu ao final do jantar!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

So vou dizer uma coisa.. essa Anja ganhou meu respeito, depois dum brega desses merecia nunca mais vê-la!

Brincando.. dizer mais coisas... mare demorou mais chegou;;; derrotando reinicocofs, Dynamos e afins..., se aproximando de 2 titulos! Sera que van Pels chega na Bundes eins?

Dreschel demais..era cinza? não lembro dos atributos dele

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)
Em 23/04/2021 em 14:12, Andreh68 disse:

So vou dizer uma coisa.. essa Anja ganhou meu respeito, depois dum brega desses merecia nunca mais vê-la!

Brincando.. dizer mais coisas... mare demorou mais chegou;;; derrotando reinicocofs, Dynamos e afins..., se aproximando de 2 titulos! Sera que van Pels chega na Bundes eins?

Dreschel demais..era cinza? não lembro dos atributos dele

Tá certo ela. Ninguém merece hahaha

Sim, vamos pra cabeça, Pedro tem dez anos de experiência agora, se conseguir uma grana e fazer uns cursos, logo estará na Bundes (ou em outra Liga).

Drechsel era um daqueles jogadores que existem para completar o elenco sabe? Não sei se estou certo em chamá-lo de jogador cinza.

 

Em 18/04/2021 em 14:16, div disse:

Como eu disse no final da última temporada, dessa temporada o título não escapa hehe

E isso coroado com uma ótima campanha na copa com muita emoção e com Dreschel fazendo chover.

Boa sorte nesse final de temporada, que os títulos amenizem o que aconteceu ao final do jantar!

Da Liga não mesmo, agora é ver se consegue a dobradinha.

Drechsel mais decisivo que o Romário. Uma vez o Romário...

Pedro nem lembra direito o que aconteceu hahaha

 

Em 16/04/2021 em 09:25, Peepe disse:

Agora vai!! Primeiro parabéns pelo provável título na Liga, demorou mas o time encaixou e a temporada é impecavel, sobe com moral e vai tirar as teias de aranha da sala de troféus do Pedro.

Quanto a Copa, a vingança é mesmo um prato que se come frio. Demorou alguns anos mas reencontrar o BFC e tirar essa onda vale muito a pena. Grande vitória com o grande Dreschsel em alta. Chegar a final é uma vitória mas estamos na torcida para colocar 2 taças de uma vez na coleção.

Pedro agradece! Uma pequena correção, que é o segundo título (da mesma divisão), já subiu com o Frankfurt FC. A diferença é que essa subida, além de ter sido com um clube não favorito (O Frankfurt é um time profissional, muito grande), um elenco curto e ainda uma segunda chance, considerando que o Makkabi é o time de partida de Pedro na profissão.

Pena que eu perdi o relato do jogo contra o BFC, que também foi um jogão. Lavamos a alma ali e contra o TeBe, agora pegamos um time bem mais fraco na final.

 

Em 16/04/2021 em 06:30, Tsuru disse:

Esse jogo da copa foi emocionante...mas só pra quem está de fora né. Pro treinador é aquele jogo que a gente quer evitar - "não dava pra ter sido um 2 a 0 simples?". Hehehehe

Tá tudo indo bem, vai confirmar o título e a subida, acho que já é hora de começar a se preparar para os desafios da temporada que vem.

Emocionante demais. Talvez daqui um tempo Pedro queira jogos mais tranquilos, por outro lado, são esses jogos que dão o colorido e a motivação para continuar trabalhando no futebol.

Sim, mas antes Pedro precisa descobrir se continua por aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)

image.png.b9316fd19290e627ed1d5ce79b9a3318.png

Segunda chance

 

"Não consigo entender gente que não gosta do trabalho, mas esse não é o caso de Peter; falta-lhe um objetivo determinado e não se julga suficientemente inteligente; ao contrário, julga-se inferior para realizar qualquer coisa." Sexta-feira, 8 de julho de 1944. Diário de Anne Frank.

 

Domingo, 16 de junho de 2030. Estrasburgo, Alemanha.

 

Se há um compromisso pela mudança, todo mundo merece uma segunda chance. Eu era um profissional totalmente inexperiente quando cheguei ao futebol alemão, só tenho que agradecer ao Makkabi pela chance que me deu ao abrir as portas.

Agradeço à família Hermann, que recebeu de braços abertos, me fazendo sentir acolhido em terra estranha. 

Agradeço à torcida makkabi e toda comunidade judaica de Berlim.

Agradeço de à Deus, por tudo que me tem proporcionado. Aos meus pais, por todo amor.

Agradeço ao Makkabi pela segunda chance, com a qual eu pago a dívida inicial. Agora estamos quites. Caminharemos juntos por benefício mútuo, sem dívidas ou cobranças.

Anja e eu nos divertimos nesta cidade alemã maravilhosa, com o Rio Reno a nos brindar.

 

Berlin Liga

Com anticlímax, mas com mérito

 

BW Berlin. Jogo adiado em razão do adiamento do jogo contra o Tebe. Entramos em campo campeões. Bastava que Hertha e Malsdorf não vencessem. Duru abriu o placar, após cruzamento de Lupin. Dentz empatou numa falha da defesa. Na volta do intervalo, de novo Duru. Agora passe de letra de Drechsel, cruzamento de Jan Jahn. Lupin assustou de falta. E Otte empatou de falta. Caramba, já tava comemorando o título. Agora que me liguei, JÁ SOMOS CAMPEÕES!!! Esse é um jogo atrasado. Que loucura. Saí correndo pelo vestiário nem aí com o jogo. E nisso Otremba virou o jogo. Que merda. Fui estudar a tabela e não, não eramos campeões coisa nenhuma. Se perdessemos as duas partidas e os adversários ganhassem, tudo iria por água abaixo.

Turskpor. Fui resolver umas coisas e quando voltei estava 2x1. Dois gols de Drechsel, como deveria ser. Ótimo. Vamos acabar com isso. Pronto, fomos campeões. Sim, fiquei chateado por não ter vencido na rodada anterior.

CAMPEOES207f2b811c2546d3.png

Staaken. Em jogo que não valia nada, mandei o auxiliar para o comando, enquanto pensava no futuro da equipe (e no meu).

 

Classificação

De ponta a ponta

CLASSIFICACAOf555637b1965c492.png

INTEGRA | JOGADORES | EQUIPES

 

Berliner Landespokal

Blitzkrieg

DIAGRAMA-BERLINER-LANDESPOKAL612b4dd037f

Eu passei dois anos nas raposas de Berlin. Um ano e 320 dias até ser demitido, meu segundo trabalho e talvez um dos meus melhores trabalhos. Conquistamos um 4º lugar após anos de lutar para não cair. Na temporada seguida fazia um trabalho razoável, mas a promessa de subir acabou minando a confiança e fui demitido nas rodadas finais do campeonato.

Naquele ano (2019/2020) consegui a façanha de ser demitido duas vezes em quatro rodadas, primeiro pelo Reinickendorf, depois pelo Bad, clube que eu rebaixei no ano do centenário. Um ano complicado para o Makkabi que foi rebaixado para a liga amadora, ao terminar na lanterna.

O tempo passou e ambos os clubes acabaram por subir para Oberliga (5ª divisão). Primeiro o próprio Makkabi, sendo campeão em 22/23. Depois o Reini, que foi campeão em 24/25, caiu no ano seguinte e subiu novamente em 27/28, após o campeão BFC Dynamo II não subir por minha causa.

Na temporada passada o Reinickendorf acabou caindo (golfinhos de Berlin), enquanto nós terminamos em segundo, atrás do BFC Dynamos II, mas dessa vez não teve chance pro segundo lugar, porque a equipe principal também conseguiu o acesso na Oberliga Nordost.

A equipe verde e vermelha é treinada por Yilmaz Sezer a quase dois anos, que foi mantido no cargo mesmo com o rebaixamento. Joga num 4-2-3-1 parecido com o nosso. Porém, não teve sorte nos confrotos conosco este ano, perdendo as duas partidas. Na Berlin-Liga faz um péssimo campeonato pra quem acabou de cair, estando em 13º lugar.

Para chegar até a final, o Reinickendorf venceu duas equipes da Regionalliga (4ª divisão): Berliner AK e Altglienicke (Campeão e Vice da Pokal passada). Seguiu um caminho parecido com o nosso, que eliminamos BFC (cinco vezes campeão da Pokal) e TeBE (campeão em 25/26), também da Regionalliga. A Berlin-Liga agradece e exulta a campanha dos dois clubes.

Chegamos obviamente como favoritos, não há como negar. Afinal, além de campeões da liga e com o acesso garantido, ainda os vencemos duas vezes na temporada. Porém, final é final e precisamos manter o máximo de atenção.

Dos adversários, um nome conhecido: Emiliano Mereu. Jogou comigo no próprio Reinickendorf e depois no Frankfurt. Jogador de muita técnica, mas que não se desenvolveu o tanto que prometia.

Do nosso lado, jogaríamos sem Arsene Lupin. Uma perda mais no moral do que na qualidade, porque Edenharter era titular antes da chegada de Arsene.

FINAL-HISTORICA2ccb061943959a3f.png

TIMES-ALINHADOSfeac9a259204d0fd.png 

 

O jogo começou tenso. Se eu tivesse prestado um pouco mais atenção no adversário, teria percebido como seria: uma mistura de blitz alemã com kamikazes. Bastava ver a tabela, onde tinha um ataque furioso e uma defesa horrorosa. Pensei em armar um time para rolar a bola e esse fui um erro brutal. Em cinco minutos a pressão verde e branca deu certo. Cruzamento na área, Diekneite defendeu duas bolas a queima roupa, a terceira foi na trave e voltou para Predag Vlatkovic abrir o placar. O Bostonball não funcionava e o pior, gerava contra-ataques. Num deles, aos 10 minutos de partida, Vlatkovic roubou a bola de Ejiogu e chutou no canto, de fora da área. 2x0. E agora, Pedro?

Mudei a abordagem, mandando o time pra frente. Drechsel foi pra ponta esquerda e Altenkirch ser alvo dos lançamentos. Mandei jogarem direto. Logo em seguida Engelhardt perde um gol sem goleiro. Drechsel cruzou em falta para Lorenz, que subiu sozinho e cabeceou pra fora. Os cervejeiros responderam também de falta, Brokowski chutou direto pra fora. E de novo, ele chutou direto a falta e no rebote Mereu marcou... Mas, ainda bem, foi anulado. 

Voltamos do intervalo ainda mais ofensivos. Coloquei Jan Jahn no lugar de Altenkirch e liberei o lateral Aehlig para atacar. E o Bostonball finalmente funcionou aos 27 minutos do segundo tempo, após lateral Begay tabelou com o Ejiogu e tocou pra Engelhardt diminuir. Voltamos ao jogo. Mas não era o nosso dia. Tentei de tudo mas o Reinicken se fechou de maneira que não passava nem um fio de agulha.

Perder faz parte. Fizemos o nosso melhor.

spacer.png

 

Entrelinhas

Com o título da liga e a final da copa, a fama chegou. Assim como as propostas. Muitos e-mails, muitas conversas, mas nenhuma proposta. Quer dizer, até chegou uma, mas pedi cinco mil euros de salário e não quiseram pagar.

Spoiler

BOCHOLT-ENREVISTA95b07c09b0a18a78.png
HENNEF-05-ENTREVISTAca16e9d383aa8eca.png
KROPP-ENTREVISTA849858fcd06160c0.png 

FC-AMBERG3444b102654ebdae.png
MAIS-ENTREVISTAS8767e905c6d788c4.png

Percebendo a chance de que eu saísse, o Makkabi começou a se mexer, fazendo a primeira proposta de renovação:

 

PROPOSTA-RENOVACAO-MAKKABIcf1ea482824cd1 

 

Na conversa por renovação, solicitei um aumento salarial, mas após alguma recusas, encerramos as negociações.

Senti que estava chegando o fim a minha segunda passagem pelo Makkabi e estava tranquilo. Porém, após algumas semanas, sentamos novamente para conversar e chegamos a um acordo (recebi um aumento de mil euros).


RENOVEI-MIL-A-MAIS2bc75367be54da59.png 

 

Falando em renovação, Gunduz vai mais uma vez tentar a carreira de treinadora. Desejo boa sorte para ela. 

 

GUNDUZ-SAINDO70807d87e99cc70b.png

 

Drechsel, confiança, dinâmica, finanças, finalmentes

ELENCOa6a97950fcb4a76e.png 
 

MELHORES-DO-ANO03b582c66d3b6152.png

DRECHSEL-HOMENS-DO-JOGO7cfc78679efa9684.

DRECHSEL-GOLEADORd59ee07c27c4417a.png

DIEKNEITE-SEM-SOFRE-GOLS8a8410f97a161f2f

ESTATUTOae039564e8a06f9c.png

 

A lenda Ancelotti aposentou e largou o Tottenham (até mandei meu currículo, mas o e-mail foi recusado).

 

ANCELOTTI-FORA-DO-TOTTENHAMe58100cb37d6e

 

Pior de tudo: PSV campeão da Liga Europa.

PSV-LIGA-EUROPAde1f536b9f01ae7d.png

 

Confiança

Dinâmica

Finanças

 

Auf Wiedersehen, Geral!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213

parabéns pelo merecido título. só faltou mesmo a taça mas chegar à final já foi bom. foi uma boa época e os recordes são o espelho disso mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor Duque

Esse título era muito esperado e foi merecido! Pena a final da copa, mas acho que a liga por si só teve uma importância enorme.

21 horas atrás, Nei não cai (38D) disse:

Senti que estava chegando o fim a minha segunda passagem pelo Makkabi

Estava tendo essa impressão também, mas espero que seja a melhor decisão, apoio com certeza não vai faltar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Enquanto não for treinar o Bayern Alzenau e leva-los a primeira divisão da Alemanha,tu vai ficar pulando de clube em clube. 🤣

Fez bem em ficar mais uma temporada, mas quando o treinador começar  a sentir que é hora de sair...Boa sorte na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
div

Quando comecei a ler jurei que era uma despedida do clube. Quer dizer, todos aqueles agradecimentos... coisa de quem tá se despedindo hehe.

Mas era só impressão minha, ficou, foi campeão (não necessariamente nessa ordem) e volta a jogar a 5ª divisão, agora pelo Makkabi.

Ah sim, claro... parabéns pelo título! Merecido.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peepe

O título na Liga era esperado, merecido e nem se fizesse força teria perdido a vantagem tão bem construída. Parabéns pelo caneco e que tome gosto pela coisa, colecione títulos daqui para frente. O que aconteceu na Taça é compreensível mas é triste, dois títulos num ano seria um recorde.

Vamos ver como se sai na divisão acima, eu confesso sempre estar perdido com os níveis e nunca sei qual foi a última vez que você jogou esse torneio, sigo na torcida para que Pedro deslanche e um dia possa contar essa história da recusa do Tottenham após vencer o time inglês.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru
9 horas atrás, Peepe disse:

eu confesso sempre estar perdido com os níveis e nunca sei qual foi a última vez que você jogou esse torneio

2 hahahahaha

Parabéns pelo título e pela subida, mais um pouco tinha levado duas taças de uma vez.

Curioso para saber como vai ser a vida na divisão de cima.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)
21 horas atrás, Cadete213 disse:

parabéns pelo merecido título. só faltou mesmo a taça mas chegar à final já foi bom. foi uma boa época e os recordes são o espelho disso mesmo.

Obrigado Fábio! A final foi o que é uma final: a chance do azarão conquistar um título.

Negócio é manter o ritmo para a próxima temporada.

 

21 horas atrás, Victor Duque disse:

Esse título era muito esperado e foi merecido! Pena a final da copa, mas acho que a liga por si só teve uma importância enorme.

Estava tendo essa impressão também, mas espero que seja a melhor decisão, apoio com certeza não vai faltar.

Obrigado Victor!
Vou dizer que o futuro de Pedro estava bem indefinido, pelas expectativas do Makkabi na próxima divisão, pela resistência da diretoria em liberá-lo para um curso de treinador (está ainda com a Licença C) e por querer sair no auge.

Mas, as propostas não vieram. 

 

17 horas atrás, LC disse:

Enquanto não for treinar o Bayern Alzenau e leva-los a primeira divisão da Alemanha,tu vai ficar pulando de clube em clube. 🤣

Fez bem em ficar mais uma temporada, mas quando o treinador começar  a sentir que é hora de sair...Boa sorte na sequência.

Acho que eles nunca vão querer ver o Pedro por lá hahaha

O treinador tenta, mas só a experiência não basta, tem que ter diploma. E isso tá difícil.

 

12 horas atrás, div disse:

Quando comecei a ler jurei que era uma despedida do clube. Quer dizer, todos aqueles agradecimentos... coisa de quem tá se despedindo hehe.

Mas era só impressão minha, ficou, foi campeão (não necessariamente nessa ordem) e volta a jogar a 5ª divisão, agora pelo Makkabi.

Ah sim, claro... parabéns pelo título! Merecido.

Obrigado Diego!

Sim, a impressão não era incorreta. A vontade era sair, mas não rolou.

Agora, volta o cão arrependido com suas orelhas tão fartas, com o osso roído e o rabo entre as patas.

 

10 horas atrás, Peepe disse:

O título na Liga era esperado, merecido e nem se fizesse força teria perdido a vantagem tão bem construída. Parabéns pelo caneco e que tome gosto pela coisa, colecione títulos daqui para frente. O que aconteceu na Taça é compreensível mas é triste, dois títulos num ano seria um recorde.

Vamos ver como se sai na divisão acima, eu confesso sempre estar perdido com os níveis e nunca sei qual foi a última vez que você jogou esse torneio, sigo na torcida para que Pedro deslanche e um dia possa contar essa história da recusa do Tottenham após vencer o time inglês.

Sim, um trabalho excelente do treinador, modéstia a parte. Considerando que o elenco estava redondinho e lapidado.

Dois títulos poderia chamar a atenção ao treinador ainda mais, uma pena.

Na verdade, Pedro espera contar a história da recusa quando ele chegar ao Tottenham. Há que se considerar que por tudo que Ajax e Tottenham representa para comunidade judaica, é um sonho particular do jovem senhor Pedro passar por lá. Mas nem sempre a vida é como planejamos né?

O sistema alemão de futebol é muito simples. Eu até trouxe um chaveamento no início, mas acabou corrompendo o arquivo.

History of the German football league system - Wikiwand

A partir de 2008, o sistema funciona da seguinte maneira:

image.png.a2ce02881d02eea955ceda4d0851b902.png

Nós estávamos na Berlin Liga, que é uma Landesliga. Se ver ali em cima, a Landesliga pode ser 6ª ou 7ª divisão dependendo do lugar. No nosso caso era 6ª hahaha. Agora, subimos à Oberliga Nordost.

Abaixo, trago o sistema de ligas a partir da 6ª já distribuído. Da Berlin Liga sobe para Oberliga Nordost, depois para Regionalliga Nordost e então para 3.Bundesliga, onde começa a ficar mais claro.

r/soccer - Found it difficult to visualise German league system, so I made a diagram [xpost from r/bundesliga]

Ah, Pedro não tinha vencido a Berlin Liga com o Frankfurt (por questões óbvias), mas sim a Brandenburg Liga. Passeando entre 5ª e 6ª divisão, Pedro já jogou a Berlin Liga (por Makkabi e Reinickendorf), Oberliga Nordost (por Frankfurt, BFC e agora Makkabi), Oberliga Shleswig-Hostein (com o Kilia Kiel por poucos jogos), Bayern Mitte Liga (com Bad Kotzting e Bach).

image.png.147e5c95a6e15cbe0a515a9c0417abc8.png

Acabei de perceber que esse comentário é o Pedro respondendo ao Pedro.

1 hora atrás, Tsuru disse:

2 hahahahaha

Parabéns pelo título e pela subida, mais um pouco tinha levado duas taças de uma vez.

Curioso para saber como vai ser a vida na divisão de cima.

Segue o fio ali em cima hahaha

Obrigado Tesouru!

Sim, eu menosprezei o Reinickendorf, estava certo da vitória e até manifestei isso no vestiário. Em poucos minutos nosso salto foi quebrado. Fica o aprendizado.

Posso antecipar que vamos ter que mudar o jeito de jogar. Porque o Tebe que sofremos para eliminar na Pokal, é um dos times mais fracos de lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)

image.png.b9316fd19290e627ed1d5ce79b9a3318.png

A dura face da realidade

 

"Com a deposição de Hitler, seria estabelecida uma ditadura militar que fizesse as pazes com os Aliados. Então, rearmar-se-iam para outra guerra, dentro dos próximos vinte anos. Talvez seja de propósito que o Divino Poder esteja tardando em afastá-lo do caminho, pois seria bem mais fácil e vantajoso para os Aliados se os impecáveis alemães se matassem entre si; diminuiria o serviço dos russos e ingleses, e estes poderiam principiar a reconstrução de suas próprias cidades mais cedo.

Enfim, ainda não chegamos lá e não me quero antecipar aos gloriosos acontecimentos. Você deve ter notado que isso tudo é pura realidade e que hoje estou de humor positivo; por uma vez na vida não estou alardeando meus altos ideais. O pior é que Hitler teve a gentileza de anunciar ao seu fiel e dedicado povo que, de agora em diante, as forças armadas estarão subordinadas à Gestapo e todo soldado que souber que um de seus superiores andou envolvido naquele covarde atentado à sua vida pode fuzilar esse superior na hora, sem conselho de guerra." Sexta-feira, 21 de julho de 1944. Diário de Anne Frank.

 

Segunda-feira, 18 de maio de 2031. Berlin, Alemanha.

 

Para continuar escrevendo este diário e focando em minhas atividades, precisei contratar um estagiário. O jovem rapaz fez as anotações de jogos, que me permitiu prestar atenção apenas no campo e no trabalho.

Enquanto Anja arruma as malas, escrevo estas linhas, porque já se passa um ano sem acrescentar nada ao meu diário. Essa é a parte ruim do estagiário.

Foi um ano de bastante crescimento profissional e recebi muitos convites para entrevistas, mas apenas um se converteria em possível proposta: a do FC Frankfurt, meu antigo clube, que lutava para não cair da Regionalliga Nordost (4ª divisão). No entanto, não havia dinheiro para pagar a minha imensa cláusula de 30 mil euros. Pau que dá em Chico, dá em Francisco, já diria o ditado. Garanti o emprego por uma temporada, mas também não conseguiria ir para outro lugar tão fácil.

Entre os jogos, conto alguns dos eventos que ocorreram neste ano tão díficil.

 

Fussball Oberliga Nordost (5º patamar do sistema alemão)

A realidade: do Bostonball à estolagem

 

A temporada começou muito animadora. Nos amistosos vencemos bem os juniores do Feyennord (com gosto particulpar para um torcedor do Ajax, como eu), naquilo que foi considerada a maior vitória em tempos pelo Makkabi.

Nas últimas cinco temporadas, qualquer time a vencer a Berlin-Liga era rebaixado na temporada seguinte. O próprio Makkabi começou essa lista, seguido de Reinickendorf, Empor Berlin, Zehlendorf e BFC II (o forte BFC II tetracampeão da liga). Portanto, a nossa realidade seria lutar arduamente contra a descida e isso estava acertado com a diretoria.

O problema é que começamos bem, acabamos sendo traídos pelo próprio bom desempenho. Quando a maré virou, a diretoria caiu em si e começou a cortar custos, com medo do rebaixamento. O orçamento salarial inicial de 17 mil euros (dos quais eu usava 15 mil) caiu para onze, e jogadores precisaram ser dispensados ou vendidos.

Nos primeiros quatro meses o número quatro foi uma constante: 4 vitórias, 4 empates e 4 derrotas. Um décimo lugar muito confortável. 

Na base do Bostonball superávamos qualquer expectativas e começamos a sonhar com vôos mais altos.

 

PRIMEIROS-QUATRO-MESES7f945611d23fd608.p 

Spoiler


Barleben. Promessa de derrota. Ods totais do outro lado. Fizemos dois a zero ao natural, com os estreantes Thamke e Ozkan. Que seja assim essa temporada. 

Tennis Borussia Berlin. Um novo conhecido. Copa é Copa, Liga é Liga. Começamos bem demais e tudo parecia um sonho... Ourega aproveitou o Bostonball e abriu o placar. Na sequência, Wolf foi lançado e ganhou na corrida para empatar. 

SV Lichtenberg 47. Troque de passes e lançamento para Altenkirch perdeu o gol logo no início. Do outro lado, Niclas Plagge não perdeu. Após muito tempo não sabia o que era perder assim. Ilias Soultani fez o segundo de falta. O Bostonball criou a bola na rede de Karatas, impedido. Que saiu logo em seguida, machucado. 

Normalmente eu mudaria a equipe aqui. Mas parece ser cedo para mudanças.

SV Altlüdersdorf. Falei que não mudaria. Mas quem achou que isso não aconteceria, achou errado. Armei um 433 sem pontas. E no meio do jogo pedi pra jogarem direto. Deu certo, lançamento, cruzamento de Uder e gol de Drechsel. Em seguida, mais um contraataque, 3x1, mas Drechsel perdeu. Na volta do intervalo, melhor pro adversário, que empatou com Klose. Ourega perdeu o gol, no Boston Ball. 

FC Anker Wismar. Sem Ejiogu, começamos uma nova realidade no time. Parece que nós somos juvenis contra profissionais. 

Seelow. Em 20 segundos percebi que um velho conhecido meu estava no adversário. Nils Stettin abre o placar. Lucas Klassen aumentou aos três minutos. Tentando nos recuperar, Iljazi diminuiu após escanteio. Drechsel empatou, após o BostonBall. E o mesmo Drechsel virou aos 32 minutos, após lançamento de Edenharter. BostonBall: Gol. Drechsel faz o hat-trick. 

FC Schönberg 95. Makkabi enfrenta o impossível. O curioso é que este prognóstico se dá contra qualquer equipe na divisão. Drechsel aproveitou erro defensivo e quase abriu o placar. Aos 27', perdemos Edenharter expulso. Íamos fazendo o que dava, mas nos acréscimos do primeiro tempo Lars Schulz abriu o placar.  

BSC Preußen 07 Blankenfelde-Mahlow. Logo abriram o placar, com passe de Ibrahimovic. Rodrigão empatou!!! "Um toque de fada, eu imaginei..." Hasssan Chuchu foi expulso aos 25'. Rodrigão virou de cabeça. Mas Muller fez o favor de ceder um pênalti, ser expulso e dar o empate. Mauersberger marcou, mas impedido. Althoff, de fora da área, desvirou. Pohland fez o quarto. 

FC Förderkader René Schneider. Caldo Knorr abriu o placar numa falta matreia, chutou por fora da barreira, canto baixo. Frak Thomas aumentou e Drechsel diminui ao final do primeiro tempo. Subi a linha defensiva para tentar conter o buraco entre defesa e ataque. Uder quase empatou. Falta aos 33 e  Drechsel, sempre ele, empatou. E virada na base do Bostonball: lateral para Drechsel, que toca par Hain na entrada da área chutar na gaveta. Novo empate em contra-ataque fulminante, gol de Kurtulmus. 

VSG Altglienicke. Drechsel abriu o placar, mas anulado por impedimento. Do outro lado não tava: Tobias Helmes (antigo comandado meu no Frankfurt) marcou após cruzamento. Antes do fim do primeiro tempo Drechsel empatou após lançamento de Hassan Chuchu. Falando em Drechsel, com olhos nas costas achou Thamke para virar o jogo. Alegria de pobre dura muito pouco e Bohme empatou num chute desviado. Vossen salvou no final.

SV Germania Schöneiche. Pela primeira vez, chegamos favoritos num jogo. D R E S C H E L, como sempre, abriu o placar de falta. Pedi pro time recuar, jogar no contra-ataque. Seguramos a vitória no primeiro tempo. Na volta, aos 40 segundos, Drechsel cruzou para ele mesmo (ou quase isso), armou toda a jogada e aumentou o placar. Só não faz chover o rapaz. A defesa bateu cabeça e Ademi diminuiu. Rodrigão que acabara de entrar aumentou. Boa vitória. 

SV 90 Görmin. Izaji pulou errado e quase cedeu um gol logo no início. Aí percebi que tinha trocado sua posição ideal na zaga. Modifiquei na sequência e ele tirou um gol de escanteio. Thamke mandou um minimíssil aleatório da intermediária para abrir o placar. Assistência de Izaji. Thamke estava demais e quase aumentou, duas vezes. E a dica do auxiliar foi certeira: chute de longe é gol. Agora de Hain. Vitória incontestável.
 

O jogo que melhor ilustra esse período foi a incontestável vitória sobre o Seelow, onde tivemos um Dreschel (que foi o nome desse período) absurdo:

 

VS-SEELOWa988caeb817b8bbb.png

 

A véspera da parada de inverno já trazia consigo os ventos da mudança (wind of change). As pancadas que sofremos do Furstenwalde foram como acordar de um sonho bom. A realidade nos despertava e nada parecia dar certo.

 

NOVEMBRO-E-DEZEMBROf65d0df3c1fdbe20.png

Spoiler

TuS 1896 Sachsenhausen. Linha de pressão alta e desarme agressivo, disse o Marcus Nix, meu auxiliar. Começando tomando bola nas costas e quase gol. Mandei maneirarem nos desarmes, estava dando muita falta. Eu já falei em Drechsel? Pois falta e gol. Abrimos o placar. Na sequência falta para o adversário e... trave. Ufa. E no final do jogo, troca de passes e cruzamento despretencioso: Drechsel.

Greifswalder FC. Drechsel assustou de falta. Logo em seguida, pênalti em Hain. Drechsel foi pra cobrança e... perdeu. Thamke avançou pelo meio e chutou rente a trave. Um primeiro tempo injusto, diante do volume de jogo que tivemos. Como justiça no futebol é bola na rede, Shroter abriu o placar para o Greifwald. Carl ampliou, mas impedido. Drechsel no pior jogo possível saiu para entrada de Mauesberger. Este se machucou e entrou Altenkirch. No primeiro lance, gol de empate.

Malchower SV. Tomar gol após jogada de lateral, ah pronto. Drechsel voltou. Ganhou na corrida e empatou. Markus me alertou: Martin Beil está jogando muito. Aumentei a marcação e não adiantou. Gol de Beil. Uder perdeu o empate. A jogada é assim: marcador rouba a bola, lança para Drechsel ganhar na corrida. Empate. Ourega de falta e Hain após o Bostonball assustaram. Drechsel teve a chance da virada e desperdiçou. Mas na sequência não: hat-trick. Não deu nem tempo para comemorar e Vester empatou. Pior, o juiz inventou um pênalti logo em seguida. Claudinei desvirou. E aumentou. Passe de Drechsel e Hamidovic diminuiu. E logo Beil fez mais um. Que jogo. 

FSV Union Fürstenwalde. Promessa de derrota. Mas como disse o mestre Roth: ninguém é vencedor se não perder. AO natural, Ahrens abriu o placar. Frljuzec aumentou. Diekneite salvou uma bola impossível, mas a bola caprichosamente bateu na trave e em suas costas antes de entrar. Kamarieh fez o quarto, sem que nosso time esboçasse reação. Hoffmeister fez o quinto, de falta. Altenkirch ia fazendo o gol de honra, mas estava impedido. E o jogo não acabava nunca. Ahrens marcou de novo. 

FSV Barleben. Radke abriu o placar após Vossen espalmar. Resolvi arriscar no segundo tempo. 2x0. Hassan Chuchu ainda diminuiu, mas não foi o suficiente. 

BSV Hürtürkel. Um clube velho conehcido. Jogando ao lado de Drechsel, Mauersberger abriu o placar. Quando pensei que iríamos aumentar, Usta empatou. Minz nirou num frango de Vossel.

Tennis Borussia Berlin. Outro velho conhecido. Dia de revanche? Hain mandou na trave. Na sequência pênalti contra... Vossen defende. Pensei em substituir Hain, no mesmo instante ele foi expulso. Vossen fazia o que dava. Com um a menos, fomos para o Strikerless. Conseguimos segurar o empate. 

Fustigados pelo verde limão do uniforme do Furstenwalde, não conseguimos nem ver a bola do jogo. Depois que Drechsel perdeu pênalti contra o Greifswalder, o que parecia bom começou a degringolar.

 

VS-FUSTENWALDEec41c52fcb92eaf9.png

 

Parada inverno 

Aproveitando a parada de inverno e o pântano financeiro que vivia no Makkabi, resolvi me candidatar a três vagas disponíveis na Regionalliga (4º patamar): Energie Cottbus, BFC Dynamo e FC Frankfurt.

Esperei contato por uma semana e nada.

O Cottbus me mandou email avisando que não contava comigo. O Frankfurt me avisou que poderia me contratar se o Makkabi reduzisse a multa. Falei com o presidente e ele me mandou tomar jeito.

Me preparando para férias, recebi um email do BFC. Ao contrário do Frankfurt, o Dynamo nem falou nada de multa. Então, fiquei animado. Acho que a entrevista rolou bem.

Mais animado ainda eu fiquei, quando vi um bilhete que estava escrito assim: o presidente do SSV Jeddeloh, da Reggionalliga Nord, propõe entrevista.

Anja se estressou comigo neste período. Disse que não tirava o olho do celular. Vou fazer o quê?

Saímos fazer uma trilha e quando voltamos tinha duas mensagens. Tanto BFC quanto Jeddeloh responderam juntos: não.

Negócio era focar em resolver os problemas financeiros do Makkabi e curtir o fim das férias.

Spoiler

JEDELLOH-ENTREVISTAe0817d87c214b366.png

EMAIL-FRANKFURT9f5af9f2a09d4425.png

SCHILKSEE7e7c1274e2eae5f9.png

COTTBUS-NAO6237b94b96b678a4.png

 

Dispensei Uder (com dor no coração) e Casson. Coloquei a venda outros jogadores. Precisava reduzir em 4 mil euros o orçamento mensal. Vossen foi o próximo. Prefira apostar no Diekeneite, que continuar pagando o maior salário do elenco. 

Estava já com o coração tranquilo e o Shilksee me chamou para entrevista. Depois avisaram que não queriam. Por que chamaram então? A partir de agora recuso tudo.

Fiz uma limpa no elenco. 

Tentei qualificar da melhor maneira. No entanto, só consegui fechar com Petersen e Kastrati, zagueiro e volante, respectivamente, mas nenhum atacante.

No início da temporada, já havia chegado um pacotão de jogadores, com destaque para Ilkazi (zagueiro), Nchuchu (ponta esquerda), Arsene Lupin (MC - foi vendido, voltou emprestado e agora assinou livre), Thamke (ponta direita), Vossen (goleiro, que saiu na janela de inverno), Hain (MC, antigo jogador do Makkabi, revelado por mim, volta por empréstimo), o grandalhão Mauersberger (atacante, que só tinha tamanho mesmo e já saiu) e Hamidovic (zagueiro, que jogaria de atacante ao final da temporada).

Perfis:

Spoiler

Adrian-Hamidovic_-Visao-Geral-Perfil2a36
Ansi-Iljazi_-Visao-Geral-Perfilaa42d2ac7

EMINCAN-KASTRATIb5b6809f4956b2d6.png
PETERSEN560d5e77bbb92ac5.png 

Arsene-Lupin-Ourega_-Visao-Geral-Perfil7
Daniel-Thamke_-Visao-Geral-Perfil162772a
Enrico-Hain_-Visao-Geral-Perfil0abaa6042
Hassan-Nwachukwu_-Visao-Geral-Perfil6555
Jasmin-Gigovic_-Visao-Geral-Perfil6b359d 
John-Casson_-Visao-Geral-Perfild707501f5
Michael-Mauersberger_-Visao-Geral-Perfil
Rolf-Vossen_-Visao-Geral-Perfilfa69b2958

 

Entradas

ENTRADAS70286866b016d8c6.png

 

Saídas

SAIDAS24bfe096a42bf267.png

 

Dispensados

DISPENSADOS9100b9619e5d5efc.png

 

Fussball Oberliga Nordost (5º patamar do sistema alemão)

Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho

 

A queda iniciada no ano passado continuou neste. E foi vertiginoso. Tentei de tudo, variações táticas, jogadores, posições e nada. Até lateral nosso virava boa jogada adversária. Jogadores começaram a perder a cabeça e as expulsos nos fragilizaram a cada dia. 

 

FEVEIREIRO-E-MARCO517d0dfdad39f4dd.png

Spoiler


SV Altlüdersdorf. Neve em Berlin. O Altlüdersdorf continuou a sua excelente forma com uma vitória por 2-1 sobre o Makkabi Berlin no Julius-Hirsch-Sportanlage. Os dois golos de Veysel Gar Görür foram decisivos para a vitória do Altlüdersdorf. O avançado defensivo Veysel Gar Görür deu a liderança ao Altlüdersdorf com uma conclusão à boca da baliza, com a bola a entrar junto ao canto inferior aos 27 minutos. Bostonball, gol de Rodrigão: o jovem médio ofensivo, Rodrigo Kwiek, empatou o jogo aos 59 minutos com um tiro potente. Veysel Gar Görür marcou o golo da vitória aos 80 minutos com um remate certeiro dentro da grande área.

SV Lichtenberg 47. Com um a mais, jogando melhor, perdendo gols imperdíveis e perdendo como sempre. O avançado de referência Sedat Filiz deu a liderança ao Lichtenberg com um remate bem executado aos 19 minutos. O cartão vermelho visto pelo ponta-de-lança fixo Leon Krause devido a uma falta feia aos 21 minutos colocou o Lichtenberg numa posição desconfortável. O capitão do Makkabi Berlin, Stephan Edenharter, empatou o jogo aos 34 minutos com um poderoso remate ao canto inferior, a 23 metros da baliza. Sedat Filiz marcou depois o seu 2º golo na partida com um cabeceamento a curta distância aos 51 minutos. O avançado de referência, Nico Altenkirch, empatou o jogo aos 82 minutos com um remate a curta distância da baliza. O golo da vitória do Lichtenberg veio por intermédio de Torsten Kauffmann ao aproveitar o erro de Ansi Iljazi e marcar um bom remate a curta distância da linha de golo. 

SV Victoria Seelow. Hassan Chuchu um ponta improvisado no ataque fez o gol da vitória. Ao lado dele, Hamidovic, um zagueiro como jogador alvo. O golo da vitória do Makkabi Berlin veio por intermédio de Hassan Nwachukwu ao aproveitar o erro de Jordi van Kerkhof e marcar uma finalização precisa, com a bola a entrar junto ao canto inferior. Os adeptos deliciaram-se com o golo tardio de Nwachukwu, já em cima do apito final.
Este duelo discreto ficou marcado por uma sucessão de faltas pelo Makkabi Berlin que impediram o jogo de entrar no ritmo.

FC Anker Wismar. Tentei de tudo e não conseguimos nada. O avançado defensivo Wojciech Pomorski deu a liderança ao Wismar com um cabeceamento de se lhe tirar o chapéu aos 12 minutos.

FC Förderkader René Schneider. Melhoramos, mas alegria de pobre deveria durar mais. O jovem ponta-de-lança Gaetano Beltrame deu a liderança ao FK René Schneider com um potente remate aos 44 minutos. O ponta-de-lança, Patrick Drechsel, empatou o jogo aos 58 minutos com um remate colocado, com a bola a entrar junto ao canto inferior. O cartão vermelho visto pelo médio recuperador de bolas Arsène (Lupin) Ourega devido a recorrer à falta de forma persistente aos 64 minutos colocou o Makkabi Berlin numa posição desconfortável. O capitão do Makkabi Berlin, Stephan Edenharter, colocou depois o Makkabi Berlin na frente ao fim de 81 minutos através de um poderoso remate à meia-volta, ao ângulo superior, efectuado a 19 metros da baliza. Os adeptos do Makkabi Berlin poderão ter tido esperanças que Edenharter tivesse marcado o golo da vitória, mas o resultado final acabou por ser outro. O defesa central Abdullah Yıldız deu o empate ao FK René Schneider aos 84 minutos com uma conclusão à boca da baliza, com a bola a entrar junto ao canto inferior.

FC Schonberg 95. Apanhamos igual cachorro, mas quase empatamos na base da loucura. O capitão do Schönberg Axel Dörfer deu a liderança ao Schönberg com uma boa finalização a curta distância aos 60 minutos. O ponta-de-lança fixo Simon Brockmann dilatou a vantagem do Schönberg com uma finalização a curta distância com um timing impecável aos 70 minutos. O golo do jovem central Ansi Iljazi ao 78º minuto acabou por servir apenas de consolação para o Makkabi Berlin

BSC Preußen 07 Blankenfelde-Mahlow. Eu gostaria de saber como é que um lateral pró, vira pênalti contra. O jovem lateral Frane Ilecic deu a liderança ao Blankenfelde com um penálti marcado em força aos 17 minutos. O extremo Kristijan Ibrahimovic fechou o marcador do Blankenfelde com um remate à meia-volta, à boca da baliza, com a bola a entrar junto ao ângulo superior aos 56 minutos

Altglienicke. A considerável vantagem física do Altglienicke rendeu dividendos numa tarde de chuva no Friedrich-Ludwig-Jahn-Sportpark. O médio área-a-área Christian Böhme deu a liderança ao Altglienicke com um belo cabeceamento na zona de penálti aos 12 minutos. O avançado de referência Klaus Hansch fechou o marcador do Altglienicke com um grande pontapé ao canto superior, efectuado a 21 metros da baliza aos 65 minutos

Schoneiche. O jogo viveu momentos de controvérsia quando o Schöneiche viu um golo ser anulado em condições algo duvidosas. O avançado de referência Ingo Damaschek deu a liderança ao Schöneiche com uma finalização cirúrgica a 12 metros aos 11 minutos. O ponta-de-lança fixo Fabian Stettin dilatou a vantagem do Schöneiche com um tiro potente aos 17 minutos. O médio área-a-área Adis Porcic completou o marcador com um bom cabeceamento já dentro da pequena área aos 88 minutos

Comecei o ano com uma das minhas invenções, que resultou em péssimo resultado. Tentei jogar com três zagueiros e não deu certo.

 

VS-ATLUDERSDORF7e9a05a2a90a3853.png

 

Abrimos abril contra um adversário direto na luta contra o rebaixamento. E o resultado não poderia ser pior. Para piorar de vez, Drechsel se lesionou e ficaria de fora dos últimos quatro jogos. E mais ainda, perdemos para outro adversário direto, o Greifswald. Empatamos com uma equipe forte e perdemos para duas mais fracas.

 

ABRILae6cac668d9f3dd9.png

Spoiler

Gormin. Aos 5 minutos, o avançado defensivo Alexander Steinmetz deu o melhor início possível à sua equipa concretizando um remate em vólei de curta distância que foi desviado. Steinmetz facturou o seu 2º golo no jogo através de um remate a 20 metros aos 53 minutos.  O ala Sedat Öztürk ficou envergonhado aos 59 minutos quando marcou com um auto-golo azarado. Breitkreuz marcou com um remate colocado de curta distância ao 81º minuto aumentando a diferença. O jovem central Adrian Hamidovic ainda deu uma réstia de esperança aos adeptos do Makkabi Berlin ao marcar aos 82 minutos com um pontapé em arco. Steinmetz completou a lista de marcadores do Görmin com um remate colocado, com a bola a entrar junto ao canto inferior aos 91 minuto

Sachsenhausen. O Sachsenhausen, equipa goleadora, empatou por 0-0 com o Makkabi Berlin no Adolf-Huschke-Sportstätte (tarde depressiva, eu que o diga). Hoti, do Sachsenhausen, foi forçado a sair devido a uma lesão (uma distenção da coxa), ao 48º minuto, depois de uma tentativa de desarme a Stephan Edenharter. Este duelo discreto ficou marcado por uma sucessão de faltas que impediram o jogo de entrar no ritmo. Completei cem jogos pelo Makkabi.

Greifswald. Houve logo drama com um golo anulado ao Makkabi Berlin, uma decisão que fez a equipa sentir-se prejudicada. Aos 7 minutos, o jovem ponta-de-lança İsmail Özdemir deu o melhor início possível à sua equipa concretizando um remate próximo da linha de golo. O extremo Markus Hahn dilatou a vantagem do Greifswald com um remate bem feito a 20 metros que tocou ainda no poste aos 12 minutos. Um erro de Stefan Blan do Greifswald permitiu ao defesa lateral, Julian Müller, concretizar uma finalização incisiva ao canto inferior esquerdo, a 13 metros da baliza. A ausência de meios tecnológicos de auxílio à equipa de arbitragem num embate, em determinados momentos, polémico foi alvo de uma animada discussão pós-jogo, com os adeptos do Greifswald eventualmente aliviados por terem regressado a casa com uma vitória que, de outra forma, não teria acontecido.

VS-GORMINc9a5057922928e81.png

 

A luta contra o rebaixamento

Se abriu então um campeonato dentro do campeonato. Faltando quatro rodadas (uma já jogada e perdida, contra o Greifswald), precisávamos tirar seis pontos. Isto é, neste momento, faltando três partidas, ainda precisávamos tirar esses seis pontos. Já se ia nove jogos de nossa última vitória. Sem o artilheiro Drechsel, iniciamos uma luta que para mim parecia perdida, sinceramente.

 

 

LUTA-CONTRA-O-REBAIXAMENTO68f6d89740e5f3

 

Precisaríamos vencer apenas um adversário direto e dois que estava nas cabeças (um deles o que meteu 6x0 no primeiro turno). Fácil.

Não tendo nada a perder, armei o time com essa tática aí abaixo, com Hamidovic (zagueiro), como jogador alvo. Eu tinha apenas Altenkirch e Drechsel de atacante. Com este último machucado, resolvi improvisar o zagueiro lá, porque queria volume ofensivo.

 


TATICAb25865cbf8c04d88.png 

 

Contra Malchow

Quando Daniel abriu o placar, eu já comecei a pensar o que faria na próxima temporada, porque não queria voltar a Berlin-Liga. Mas o que se viu na sequência foi algo inimaginável. Um, dois, três, quatro gols. Gol de lateral, de Hamidovic zagueiro-atacante, em uma virada monstruosa ainda no primeiro tempo. Abracei os rapazes no intervalo e mandei voltarem ao jogo para garantir a vitória. Sofremos sustos, mas garantimos o placar. Que vitória!

 

VS-MALCHOWe9646f8dad70b98d.png

 

Contra Hurturkel

O nosso jogo foi adiado por alagamento e entramos sabendo que o Gormin perdera seu jogo. Com isso, uma vitória nossa significaria sair da zona do rebaixamento e depender apenas da gente na última rodada. Não foi nada fácil.

Com o jogo já perto do final, foi Emincan Kastrati quem marcou com uma conclusão à boca da baliza, com a bola a entrar junto ao canto inferior, oferecendo a liderança ao Makkabi Berlin aos 87 minutos. Os adeptos deliciaram-se com o golo tardio de Kastrati, já em cima do apito final.

 

VS-HUTURKEL9c19c69983ed5dd6.png

 

Contra Furstenwalde

Contra um adversário impossível, torcemos para uma derrota do Gormin, que tinha um ponto a menos que a gente. Deu a lógica em campo, fizeram 3x0 ao natural, ainda que eu tentasse de todas as maneiras diminuir o massacre. 

No jogo do Gormin, o Saschanhausen abriu o placar aos 29, enquanto o empate aconteceu aos 56 minutos. Nesta altura, um gol do Gormin poderia salvá-los. Por outro lado, caso tomássemos mais dois, nós cairíamos do mesmo jeito. O Furstenwalde fez o 3º gol aos 79 minutos e sofremos até o final da partida para saber nosso destino.

Ao fim, alegria azul em Berlin, por um gol de saldo estávamos a salvo.


image.png.d5ad24e83f60d2e998a37aebae52a2b4.png 

 

Classificação

Salvos pelo saldo

 

CLASSIFICACAO114449047c541cf6.png

INTEGRA | JOGADORES | EQUIPES

 

Berliner Landespokal

 

FSV Spandauer Kickers. Após muito tempo jogando mal, Muller voltou as origens e abriu o placar de falta. Endenharter e Rodrigo perderam três oportunidades claras. Num jogo que foi um marasmo. OU seria, não fosse um gol desnecessário cedido ao final da partida. Poderia piorar? Claro. No minuto seguinte, Karl Steffen aproveita lançamento do goleiro e vira a partida. Como diria Xuxa: Fruta que partiu. Fiz duas subsituições no intervalo, as duas restantes. Enrico Hain, que entrou, roubou a bola no meio campo e avançou sozinho até empatar o jogo. O outro que entrou, Mauesberger, perdou um gol sozinho. A lá Ronaldinho, Bendig marcou de falta, recolocando-os à frente. Schulz ampliou num pênalti mandraque. Jogamos bem.

 

Desempenho, confiança, dinâmica, finanças

Ano após ano e Drechsel continua me surpreendendo. Numa temporada em que tivemos muito abaixo do esperado, o cara ainda conseguiu manter-se acima da média e ser artilheiro. Em uma divisão superior a que estava acostumado a jogar. 

Sempre mantive um sonho de levá-lo para onde quer que fosse (até quem sabe uma primeira divisão), mas acho que a idade dele vai chegar antes de que eu consiga ascender. Ele me lembra o antigo jogador inglês Vardy.

Caso eu continue na próxima temporada, devo reformular bem este elenco. Ainda fico na dúvida da saída, porque embora tenha apoio da diretoria, a parte financeira impede de ter estabilidade para trabalhar e mesmo estudar para tirar outras licenças, que são necessárias para continuar crescendo na carreira.

 

ELENCO1720effff1bc4bd9.png

 

Confiança

Dinâmica

Finanças

 

Auf Wiedersehen, Geral!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cadete213

realidade diferente e notou-se nas dificuldades que a equipa teve. Os 3 defesas não resultaram mas conseguiste emendar a tempo e garantir a permanência na última jornada. Que alívio que deverá ter sido.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Que sufoco. E que alívio. Imagina escapar do rebaixamento por um gol de saldo de diferença. Tá louco.

No fim a tática insana e desesperada deu certo. Agora é se preparar direitinho pra evitar emoções fortes assim na temporada que vem, senão o coração do treinador não aguenta. hehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)
Em 04/05/2021 em 12:17, Cadete213 disse:

realidade diferente e notou-se nas dificuldades que a equipa teve. Os 3 defesas não resultaram mas conseguiste emendar a tempo e garantir a permanência na última jornada. Que alívio que deverá ter sido.

Eu nunca consegui fazer funcionar três zagueiros. E olha que eles eram os melhores jogadores do elenco, por isso a tentativa de jogarem juntos.

No fim, coloquei um deles lá na frente e deu certo.

Mantenho o Makkabi na divisão superior, quebrando uma escrita.

 

Em 04/05/2021 em 12:35, Tsuru disse:

Que sufoco. E que alívio. Imagina escapar do rebaixamento por um gol de saldo de diferença. Tá louco.

No fim a tática insana e desesperada deu certo. Agora é se preparar direitinho pra evitar emoções fortes assim na temporada que vem, senão o coração do treinador não aguenta. hehehehe

Quando o auxiliar falou que deveríamos entrar com o freio de mão puxado, achei que era exagero. No fim, mais um gol e a conversa seria diferente.

Era a última tentativa. Eu até joguei com um atacante depois, colocando um volante no 4141 famoso. Mas a vitória que nos devolveu o ânimo foi com gol de zagueiro-atacante.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

Que coisa. Finalmente mudanças na sorte de Pedro. Ficou por um fio de ser rebaixado, e não foi demitido. Parabens pelas boas temporadas

Crescimento, ainda que lento, crescimento. Afinal nem todos podem ter uma carreira meteótrca como Roth ou um Argel Fuch-se

Share this post


Link to post
Share on other sites
div

Bom, conseguiu evitar o rebaixamento, mesmo com os cortes no orçamento. Teve uma boa arrancada e isso foi essencial para conseguir escapar da queda.

Agora vamos ver o que o futuro reserva para o treinador.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • div
      By div
      Olá! Tudo bem com vocês? Espero que sim. 
      Sou novo aqui, pelo menos em relação a uma participação mais ativa. Acesso o fórum há algum tempo, costumava ler sobre dicas táticas ou contratações para me atualizar no FM (tive um hiato bem longo entre edições do jogo). De um tempo pra cá, passei também a frequentar esta zona do fórum e foi aqui que mais gastei meu tempo, li diversas histórias e resolvi criar a minha própria.
      Como o próprio nome da história já fala, este save tem foco na carreira de um treinador, não em um clube específico. Assim, não terei compromisso com nenhum clube caso surja proposta que represente um avanço na carreira do treinador. Tudo dependerá da proposta e do que for mais adequado para a história. Comecei o jogo desempregado, com a menor reputação e experiência possíveis e tentarei subir na carreira de técnico, até chegar ao topo (considero que os principais objetivos seriam: Chegar num clube da Série A, ganhar a Libertadores, treinar na Europa, ganhar a Champions, treinar uma seleção e ganhar a Copa do Mundo. Muita coisa? Talvez, mas por que não?).
      Como verão abaixo, carreguei Brasil, Argentina, Uruguai e as principais ligas europeias apenas. Confesso que tentei carregar mais divisões inferiores e mais ligas sul-americanas, mas o jogo ficou com um processamento muito lento e tive que refazer o save pra retirar algumas ligas e divisões (notebook do milhão é complicado). Como a ideia é começar no Brasil, além do nosso país só carreguei a Argentina e o Uruguai, pra ver se a Libertadores não ficava uma Copa do Brasil 2.0, e as principais ligas europeias, que são uns dos objetivos finais do save.
      De antemão já peço desculpas em razão da longuíssima introdução que fiz antes de adentrar no save (vocês verão nos próximos posts), mas sinto que era necessário para que pudesse estabelecer algumas bases para a história.
      Pra terminar essa apresentação, queria dizer que espero que gostem de acompanhar essa história, e que críticas e sugestões são sempre bem-vindas.
       

      Versão do Jogo: Fm 2019
      Update: Brasil MundiUp, atualizado até novembro de 2019, com algumas transferências atualizadas por mim nos times da Série A do brasileiro (já joguei outro save com esta db e não tive problemas de crash ou erro no jogo).
      Ligas: Brasil (Divisão Inferior e acima), Inglaterra (Sky Bet Championship e acima), Argentina, Uruguai, Portugal, Itália, Holanda, Alemanha, Espanha e França (somente a primeira divisão nacional).
       

      Temporada 1 - 2019
      Prólogo (07/08/2020)
      Capítulo 1 (08/08/2020)
      Capítulo 2 (08/08/2020)
      Capítulo 3 (10/08/2020)
      Capítulo 4 (16/08/2020)
      Capítulo 5 (19/08/2020)
      Capítulo 6 (22/08/2020)
       
      Temporada 2 - 2020
      Capítulo 7 (25/08/2020)
      Capítulo 8 (28/08/2020)
      Capítulo 9 (31/08/2020)
      Capítulo 10 (04/09/2020)
      Capítulo 11 (06/09/2020)
       
      Temporada 3 - 2021
      Capítulo 12 (08/09/2020)
      Capítulo 13 (11/09/2020)
      Capítulo 14 (14/09/2020)
       
      Temporada 4 - 2022
      Capítulo 15 (17/09/2020)
      Capítulo 16 (21/09/2020)
       
      Temporada 5 - 2023
      Capítulo 17 (24/09/2020)
      Capítulo 18 (27/09/2020)
      Capítulo 19 (30/09/2020)
      Capítulo 20 (03/10/2020)
       
      Temporada 6 - 2024
      Capítulo 21 (06/10/2020)
      Capítulo 22 (09/10/2020)
      Capítulo 23 (12/10/2020)
      Capítulo 24 (15/10/2020)
       
      Temporada 7 - 2025
      Capítulo 25 (18/10/2020)
      Capítulo 26 (21/10/2020)
      Capítulo 27 (24/10/2020)
      Capítulo 28 (26/10/2020)
       
      Temporada 8 - 2026
      Capítulo 29 (05/11/2020)
      Capítulo 30 (10/11/2020)
      Capítulo 31 (16/11/2020)
      Capítulo 32 (21/11/2020)
       
      Temporada 9 - 2027
      Capítulo 33 (24/11/2020)
      Capítulo 34 (28/11/2020)
      Capítulo 35 (07/12/2020)
      Capítulo 36 (12/12/2020)
      Capítulo 37 (17/12/2020)
      Capítulo 38 (22/12/2020)
       
      Temporada 10 - 2028
      Capítulo 39 (26/12/2020)
      Capítulo 40 (28/12/2020)
      Capítulo 41 (31/12/2020)
      Capítulo 42 (04/01/2021)
      Capítulo 43 (06/01/2021)
       
      Temporada 11 - 2029
      Capítulo 44 (12/01/2021)
       
      Temporada 12 - 2030-31
      Capítulo 45 (14/01/2021)
      Capítulo 46 (17/01/2021)
      Capítulo 47 (23/01/2021)
      Capítulo 48 (28/01/2021)
      Capítulo 49 (02/02/2021)
       
      Temporada 13 - 2031-32
      Capítulo 50 (04/02/2020)
      Capítulo 51 (06/02/2021)
      Capítulo 52 (09/02/2021)
      Capítulo 53 (11/02/2021)
       
      Temporada 14 - 2032-33
      Capítulo 54 (14/02/2021)
      Capítulo 55 (17/02/2021)
      Capítulo 56 (20/02/2021)
      Capítulo 57 (23/02/2021)
       
      Temporada 15 - 2033-34
      Capítulo 58 (25/02/2021)
      Capítulo 59 (28/02/2021)
      Capítulo 60 (02/03/2021)
      Capítulo 61 (05/03/2021)
       
      Temporada 16 - 2034-35
      Capítulo 62 (07/03/2021)
      Capítulo 63 (10/03/2021)
      Capítulo 64 (13/03/2021)
      Capítulo 65 (16/03/2021)
       
      Temporada 17 - 2035-36
      Capítulo 66 (17/03/2021)
      Capítulo 67 (20/03/2021)
      Capítulo 68 (23/03/2021)
      Capítulo 69 (26/03/2021)
       
      Temporada 18 - 2036-37
      Capítulo 70 (29/03/2021)
      Capítulo 71 (31/03/2021)
      Capítulo 72 (03/04/2021)
      Capítulo Final (06/04/2021)
       
      Bônus
      Capítulo Bônus (29/10/2020)
       

       
    • Johann Duwe
      By Johann Duwe
      A cada lançamento do Football Manager a comunidade do jogo se une e cria alguns novos desafios, muitos deles focados em objetivos e clubes/países específicos, porém a grande maioria dos jogadores prefere os desafios mais antigos, posso citar um grande exemplo em que eu mesmo me envolvi em duas ocasiões que é o Desafio Pentágono (Pentagon Challenge), que consiste em vencer as cinco principais competições continentais.
      Outro famoso desafio é o Desafio dos Jovens (Youth Challenge) feito algumas vezes aqui no Fórum por alguns usuários, sendo que agora acredito que somente  o @ElPerroMG esteja fazendo ele e há ainda o Journeyman que eu não estou habituado e não sei explicar exatamente como ele funciona, o Dafuge Challenge que também não tenho ideia do processo, existe o Ferguson Challenge que consiste em pegar a equipe situada na 19º posição da Premier League,  no dia 06/11 e levar ela a glória.
      Por fim, existe o British & Irish Challenge que consiste em vencer títulos nessa região. Existe uma variação dele chamada British & Irish Steel Challenge que consiste em vencer absolutamente todas as competições nos países selecionados, porém não é o que eu farei, irei fazer o desafio mais simples.
      E no fim das contas, eu fiquei entre o Desafio do Pentágono e este, porém como eu já havia feito o outro em duas ocasiões, acabei decidindo por este desafio.
       

       
      Ligas Carregadas - Todas do Reino Unido + Irlanda e com as principais ligas europeias em "Ver Apenas".
      Atributos do Treinador e Perfil - Usando o sobrenome de uma das maiores escritoras que este mundo já viu, começarei desempregado e com os piores atributos possíveis.

      Acima temos as vagas disponíveis neste momento, a equipe do Bradford City está claramente longe do meu alcance neste momento, possivelmente até o time do Institute por se tratar de um clube em divisão de topo talvez não dê muita atenção para mim, mas irei também enviar meu currículo para lá, assim como para o Aberystwyth Town.
      Dois ou três dias se passaram e como previsto, o Institute não me deu atenção, mas a equipe de Galês entrou em contato e mandou essa proposta, que foi prontamente aceita.

      PS: Agora que me lembrei, o País de Gales no FM 2019 tem apenas uma divisão jogável, ao contrário do FM 2020 e provavelmente do 2021.
    • LuisSilveira
      By LuisSilveira
      Olá, meu povo. Depois de muito acompanhar as histórias por aqui e ensaiar algumas ideias, finalmente trago meu primeiro save para a área. Escolhi fazer um no estilo ‘journeyman’ por achar que tenho um exemplo próximo de uma boa história. Sou novato, tanto em descrever sagas aqui quanto no FM, então devo ir refinando a parte gráfica/texto conforme for progredindo e espero melhorar no próprio jogo ao decorrer do save. Todas as dicas e críticas são bem vindas!
       


       
      O treinador será o fictício Fabiano Carvalho, inspirado no ex-jogador Fabrício Carvalho Pereira, cria do Vasco da Gama, sendo promovido ao time principal em 1997. Foi no mesmo clube que ele teve sua passagem mais marcante no futebol, fazendo parte do time que ganhou o Campeonato Brasileiro (1997) e a Libertadores (1998). A lista de clubes que Fabrício defendeu inclui Bahia, Bangu, Joinville, Volta Redonda, Remo, Leça (POR), Hapoel Tel-Aviv (ISR), Maccabi Ahi Nazareth (ISR), Sivasspor (TUR), entre outros, onde o volante encerrou sua carreira como jogador pela primeira vez em 2014 quando atuava pela Cabofriense. Em 2016, Fabrício deixou a aposentadoria para assinar com o Sport Club Linharense, onde passada a temporada ele iria se aposentar definitivamente. Em 2018, o ex-jogador iniciou sua carreira como técnico pelo São Mateus-ES, mas não parece ter continuado após o encerramento de sua passagem por esse clube.
       
      Ainda, desde o início de sua carreira no Vasco, Fabrício atuou na coordenação de diversas escolinhas de futebol em sua terra natal, o bairro de Campo Grande, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro e em diversas outras em distintas localidades. Fabrício ainda possui projetos nessa área, onde atua também com o Vasco da Gama, para a revelação de novos jogadores para a base. Isso foi o que descobri pelas seguintes fontes:
       
      https://pt.wikipedia.org/wiki/Fabrício_Carvalho_Pereira
      http://blogs.lance.com.br/papo-com-boleiro/um-volante-polivalente-que-foi-campeao-pelo-vasco-batemos-um-papo-com-fabricio-carvalho/
      https://www.facebook.com/fabricio.carvalho1
       
      Por volta de 1997, o autor desse save fez parte de uma das escolinhas de futebol conduzidas por Fabrício e seu pai, Fernando, no supracitado bairro de Campo Grande. Devo acrescentar que meu eu de 9 anos não tinha um desempenho esportivo digno de nota (tendência seguida até hoje), mas era sempre divertido jogar com a garotada na várzea e foi onde pude conhecer a inspiração do save. A curiosidade sobre como a carreira dele tinha prosseguido após eu deixar de frequentar tal escolinha foi o combustível para a criação dessa história.

      Como dito, a carreira contada aqui será a de Fabiano Carvalho, personagem criado como um “Fabrício de um universo paralelo”. Optei pela escolha de um protagonista fictício aqui para não incomodar ninguém e ser processado para não imputar à figura real decisões diferentes da que ele tomaria, como sugerido pelo @Tsuru. Fabiano, aqui, não teria começado a carreira de técnico pelo São Mateus-ES, mas iniciaria como desempregado após encerrar sua carreira como jogador. As características de Fabiano refletem as escolhas de Fabrício, com línguas adicionais e gosto por desenvolvimento das camadas de base, além da fisionomia semelhante (até onde o FM permite, como vocês sabem).
       
      Vou jogar pelo FM19, pois fiquei com a sensação de que o usei muito pouco e não penso em comprar o FM21, pois ganharei o “Que País é este?” pretendo esperar pelo FM22.
       
      As ligas que escolhi refletem o que vi da carreira do próprio jogador, que passou por equipes do Brasil, Portugal, Espanha, Israel e Turquia. Além dessas, coloquei mais algumas ligas ‘premium’ (Alemanha, Itália e Inglaterra) para dar boas possibilidades caso a carreira de manager de Fabiano deslanche e ligas conhecidas por serem “cemitérios de elefantes”, onde jogadores mais experientes vão terminar a carreira e tentar a sorte (como Fabrício parece ter feito). Dessa categoria, coloquei as da Arábia Saudita, China e E.U.A. Dado que a única experiência (que eu encontrei) de Fabrício real como treinador foi no São Mateus-ES, habilitei as ligas até as divisões mais baixas da pirâmide brazuca como opções viáveis. Por fim, mantive uma base de dados pequena porque meu notebook não vai aguentar algo maior.
       
      O save não tem objetivos definidos nem condições de encerramento por hora, mas pretendo ganhar pelo menos um título de relevância nacional, consagrando até certo ponto a atuação do ex-jogador fora das quatro linhas (afinal, eu me dei ao trabalho de fazer um banner para títulos). O que vier depois é lucro.
       

       
    • Leonardo Souza
      By Leonardo Souza
      Ola Galera e Com Muito prazer que venho Trazer pra vocês Uma Narração que fiz com todo carinho Pra Mim Jogar FM mais Estou compartilhando Com vocês Espero que Gostem . ! 
      Vai algumas Observações : 

      Primeiro Colocar ela na Pasta : C:\Users\Documents\Sports Interactive\Football Manager 2020 
      Se for Outra pasta que vc usa ai conforme sua pasta . 

      Segundo Colocar o Jogo mais Lento e Tirar o Replay do Gol fica melhor se nao vai repetir a Voz do Gol no replay 

      Terceiro : Eu Configurei o Audio Muito alto então Ja vou avisando coloque o Som do FM Baixo kkkkkkk! 

      Quarto e Mais importante  Para a narração Funcionar faz a Limpeza de cash e Recarrega a Skin 😃 

      A Galera tem um arquivo no meio dos audios que e o canto da torcida  e o arquivo FM_loop2      vcs vao ouvir a torcida do Coimbra MG  pra voces Mudarem e colocar do time de voces e so achar um audio da torcida converter para Wav e renomear para o mesmo nome do arquivo ai oK 😃 ! ValeuU!

      Lembrando que essa Narração esta Simples e Em andamento se Gostarem e quizer que eu Coloque mais completo e Faça Uma mais Profissional Só so deixar o Feedback 😃 Obrigado a Todos 

      Link : http://www.mediafire.com/file/qwgzmsyds00o89q/sounds.rar

      Espero que Gostem ! 
    • Allanzera
      By Allanzera
      alguém sabe como fazer tranferencias pelo editor 2019?
×
×
  • Create New...