Jump to content
Sign in to follow this  
Danut

Entrevista da Área: entrevista com CCSantos

Recommended Posts

Danut

LDsUXo7KD-XsyPhAB2LYc-zg_FCdPThcUksIp0lP

Entrevistas da Área

Olá, pessoal.

Esta será a nossa terceira entrevista do ano. Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Como sempre, a definição dos possíveis entrevistados foi feita levando em consideração a participação dos membros na área.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

85H9PEBuvKbWVSFu8QFOqAWDbZ9DKLbpTZOtPCoR

Olá, pessoal!

Está definido o próximo entrevistado da área. Com 10 votos, o eleito foi @CCSantos.

A partir de agora você pode elaborar perguntas e enviá-las via mensagem aos moderadores do "Profissão: Manager" (@Danut ou @marciof89) com o título "Entrevista". Elas serão repassadas ao entrevistado, que as devolverá respondidas à moderação do PM para publicação. Por favor, não faça perguntas neste tópico, pois elas serão apagadas.

Lembre-se que a temática das perguntas é livre e que o entrevistado tem a opção de responder ou não as perguntas.

O prazo final para o envio de perguntas é 19/11, às 23h59min.

Sua participação é muito importante para a área. Por favor, participe!

Qualquer sugestão ou crítica, por favor, faça-a no Boteco 3.0.

Ac67a7c9187e96ad0.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

LDsUXo7KD-XsyPhAB2LYc-zg_FCdPThcUksIp0lP

Olá,

os membros escolheram, e o terceiro entrevistado do ano foi o @CCSantos. Nessa extensa entrevista que faz juz à profissão do entrevistado, o membro fala de tudo: particularidades do jornalismo, coisas sobre futebol e FM, passando até mesmo pelo questionamento sobre Capitu ter uma amante.

Ao todo, recebemos 155 perguntas para a atual edição da entrevista, um recorde, sendo também a primeira entrevista que ultrapassa a marca das 100 perguntas, superando assim a entrevista do membro Vannces que recebeu 99 perguntas. Agradecemos a todos que participaram escolhendo o entrevistado, e agradecemos em dobro aos que participaram enviando suas perguntas: @PedroJr14 - 1 pergunta, @LucasPettine - 1 pergunta, @ggpofm - 6 perguntas, @Henrique M. - 81 perguntas, @Neynaocai - 59 perguntas, @StrongAxe - 6 perguntas e @marciof89 - 1 pergunta ).

 

1 - Como você faz para conciliar 2 histórias na área, sem perder a qualidade (particularmente eu acho o Le Matricule 4 uma das melhores da área) e ainda tendo que gerir o tempo para a sua vida pessoal (família, amigos, trabalho, etc.)?

Antes de mais nada, fico feliz que o Le Matricule 4 seja um dos melhores saves na PM, na sua opinião. Agradeço desde já.

Basicamente mexo com o FM de segunda a quarta, pois são os dias que fico em casa, seja auxiliando minha família, ajudando a cuidar dos meus três sobrinhos, e sempre mexo com os saves de forma revezada, e me coordeno pra isso. "Se eu mexi no Liège essa semana, na próxima, eu adianto o Gimnástica", por exemplo. Até tento adiantar os saves, mas as demandas de jogos - no caso da última atualização do Liège, foram simplesmente 16 jogos e mais de 40 imagens, fora o texto - fazem ter essa dificuldade de adiantar os saves.

De quinta a domingo, eu simplesmente sumo, por conta do trabalho que tenho (trabalho em uma agência localizada na região da Oscar Freire, justamente de quinta a domingo), e também pelo hábito que, depois do serviço, já saio e volto meia-noite, meia-noite e meia pra casa, por trabalhar em uma região de muito movimento, próximo a Paulista. Prefiro ver os amigos por aqui ou outro lugar, por ter uma rotina 'inversa' do pessoal - trabalho em finais de semana e feriados, ao contrário da maioria. Isso fora os jogos que transmito, eu tento conciliar, pelo menos.

É difícil, acabo não fazendo muita coisa, mas a gente se vira do jeito que dá.

 

 

2 - Além do FM, você também joga outros jogos como BF (Brasfoot) e outros jogos? No seu tempo livre, o que você faz?

Sim, jogo outros jogos sim. Até aqui no note que tenho,  tenho instalado o clássico CM01/02, entre outros jogos. Brasfoot joguei um pouco, mas vim da cantera do Elifoot 2, ainda sou desse naipe.

Falo que aproveito o tempo livre de duas formas, em casa e após o serviço. Em casa, ajudo cuidando dos meus sobrinhos quando estão por aqui, acabo criando conteúdo - jornalista não para mesmo, seja texto, infográfico, enfim... não consigo ficar sem fazer nada quando tô em casa.

Já após o serviço, acabo indo muito em bares, botecos, parques, bibliotecas (aliás, fui na Livraria Cultura semana passada, e quase levei o livro do Fiori Gigliotti, que lançaram mês passado, tá um preço até legal pra um lançamento).

 

 

3 - Você foi um dos premiados no sorteio realizado pelo Fórum Manager e agora poderá jogar a mais recente versão do FM. No entanto, você está com dois saves ativos com poucas temporadas jogadas. Com o presente inesperado, há algum plano para um save no FM 20? Quem sabe um terceiro save ativo? Ou só começará um save no FM 20 quando um dos dois saves terminar?

Eu vou pensar em jogar o 20 lá pra Março mesmo, quando lançar o último patch de correção. Se tem uma coisa que aprendi de tanto jogar a franquia é a de que esperar é uma boa forma de se aproveitar bem o produto.

Outro fator que pesa é que, para rodar, teria que trocar a config do meu notebook, ou simplesmente trocar ele. Só que o 'guerreirinho' tá funcionando firme e forte, e tô sem vontade de trocar.

Três saves? Aí já é um exagero, inclusive pra mim.

 

 

4 - E por falar em saves ativos, você tem a prática de compartilhar mais de um save na área, mesmo com atualizações bem espaçadas. Por que você gosta de manter dois saves ativos? Você não acha que manter dois saves ativos e com atualizações tão espaçadas desmobiliza os leitores deles? Não seria mais interessante manter apenas um e avançar mais temporadas com ele? 

O fato de manter uma atualização mais espaçada é pura e simplesmente por tempo, não é em relação a focar em um save ou outro. Que nem escrevi acima, eu jogo FM de 2ª à 4ª - sim, sou muito regrado quanto a isso - e isso faz com que acabe aproveitando bem o tempo.

Eu comecei por acidente a fazer dois saves, pois lembro que, eu tive um problema no FM15 e retornei, acho que pro 14, e estava com save de base na Grécia (Kastro Kyllinis, o Império dos Morangos) e aí, do nada o 15 volta a funcionar aqui. E como não queria largar o save do KK, decidi a fazer dois saves, e gostei.

Acho que o motivo de gostar a fazer dois saves é mais intimamente ligado a história mesmo. Sempre gostei disso, pois fui canterano da Trivela, e eu escrevia/pesquisava sobre países, clubes e atletas. E aí, com duas histórias, conheço mais histórias.

Quer um exemplo? Se não fosse o futebol, nunca saberia que Lod (ou Lida), tem íntima ligação com Jesus Cristo, como escrevi no Desafio:Europa, quando treinei o Bnei Lod. Como diria Galvão Bueno, que muita gente odeia, mas que consegue dar emoção em um campeonato de futebol de botão: "Sou um vendedor de emoções". Vivo de emoções, e isso o futebol, o esporte de forma geral, produz.

 

 

5 - Creio que a maior parte dos frequentadores da área já sabe que você trabalha na mídia, contudo conhecemos pouco dessa trajetória. Se for possível, faça um resumo sobre sua vida profissional e também comente sobre as dificuldades que os veículos de comunicação passam com as mudanças na forma como as pessoas consomem informação na atualidade.

Cara, se eu colocar tudo que fiz desde 2006, vai coisa, viu? hahahaha Vou tentar botar em tópicos, pois é muita coisa mesmo:

Internet: Trivela, Clube do Hipismo (sim! Escrevi sobre Hipismo, e foi muito legal), Fanáticos por Futebol, Doentes por Futebol (Webrevista e Site, talvez volte pois me acolheu bastante), Leitura Esportiva (fiz 2x a Indy aqui em SP e 1x o WEC, e fiz um monte de amigos lá), UOL Esporte (é muito louco estar em uma redação em um dia de final de Libertadores e durante os Jogos Olímpicos) e Torcedores.com (Talvez eu volte pra lá, tô com saudade de escrever pra eles).

Rádio/WebRádio/WebTV: Futebol Clube (chefiado por Anderson Cheni e Ivo Morganti - sim, que trabalhou com SS no 'Aqui, Agora'), FutebolPlus (transmitia ao lado de caras como Eduardo Costa [Rádio Gaúcha] , Gabriel Pazini [O Tempo], Júlio Nascimento [Band Campinas], Filipe Papini [Futebol Francês no GE] entre outros), Premium Esportes (Tive oportunidade de cobrir o WEC 1x - tem cada história dessa cobertura que foi um barato -, de ser um dos coordenadores da cobertura pra Copa-2014, com direito a comentar BRA x COL pra uma rádio equatoriana, além de ter sido repórter setorista do Corinthians em 2015, e foi uma honra, pois o time foi campeão brasileiro com sobras), Rádio Trianon (Cobertura da Copa-18, onde aprendi bastante, guardo ótimos amigos ali, como Marcos Teixeira, Don Roberto Costa, Danilo Almeida, que chefiava a equipe entre outros, principalmente o pessoal da técnica), e agora, Poliesportiva, mudando o enfoque pra área de narração, direcionando pro Basquete, por direcionamento de carreira e buscando, porque não, um espaço com Streaming e por aí vai. Até vou mandar um lance que narrei na semifinal do Paulista, jogo 2, Corinthians x Mogi, duas prorrogações, e aí sai isso aqui:

https://www.instagram.com/p/B3LEJYhFXgH/

Revista: IstoÉ2016, uma reportagem sobre Tênis de Mesa, um orgulho imenso de ter escrito, pois consegui vender essa pauta pro editor sendo um desconhecido e jovem jornalista, com cara e coragem. Está logo abaixo a reportagem:

https://issuu.com/editora3/docs/degustacao_22_indesign_reduzido/58

TV: Trabalhei na Rede Gospel, como produtor na Copa-14, foi um enorme aprendizado também. Teve um enorme aprendizado em todas as àreas.

Ja sobre a forma que as pessoas buscam se informar acabou apenas se atualizando de uma forma a acompanhar essa rotina maluca que temos. Nessa hora, cabe ao jornalista entender que, não é mais somente um jornalista, mas sim, um produtor de conteúdo.

Tem que se criar um conteúdo que seja relevante, que seja atrativo, que seja diferente. Sempre bati muito nessa tecla de fazer diferente, sempre tentei pensar olhando bem na frente, e aí, acho que o jornalista precisa se reinventar. A profissão tá longe de acabar, por mais que seja o desejo e a sanha de muita gente, mas que é necessária uma reinvenção, uma remodelagem, isso é fato.

 

 

6 - Como foi que você conheceu o FM? Lembra como foi esse primeiro contato? Jogou muitas vezes off-line antes de arriscar a compartilhar um save? Tem um save off-line que você guarda na memória com carinho? Ainda costuma jogar saves off-line ou como muitos só consegue jogar se estiver postando no fórum?

Pra conhecer o FM, acabei conhecendo o CM primeiro, e isso foi lá em 2001, 2002 por aí. Havia recebido o CD de um colega de escola e instalei o CM01/02. A partir daí, virou vício.

Conheci o pessoal do Championship Manager 01/02 no finado Orkut, e que, de lá, criei boas amizades e com pessoas que decidiram ir pro jornalismo ou pro futebol graças ao CM/FM. Além do Filipe Papini, teve o Mariel Mees, que trabalha como preparador físico no futebol catarinense/gaúcho e o Gustavo Teixeira, que é treinador das categorias de base do Criciúma.

Sobre saves offline, joguei muito pouco mesmo, tanto no CM, quanto no FM. Mas tem um do Santo Ângelo, que foi no 14 ou 15, que levei ele até a Libertadores, caindo nas quartas pro River. E com Jonas - sim,AQUELE! - sendo o artilheiro da competição.

 

 

7 - Mesmo com um Guia para Iniciantes na Central de Informações do PM, uma das dificuldades para quem inicia na área é a questão do leitores. Há uma grande ilusão de que compartilhar um save na área necessariamente trará leitores, mas isso não acontece em muitos casos. O que fazer nessa situação?

Sendo bem sincero, isso me irritou no começo, tanto que, se buscar lá no Desafio:Europa, lá pela página 8 ou 9 - tô chutando a página - eu reclamei sobre a falta de pessoas escrevendo e aí, até veio gente que nunca tinha mandado uma mensagem pra mim e escreveu.

Mas isso foi mudando com o tempo, hoje tô mais zen no que diz respeito a isso. Acho que é também um pouco devido a minha filosofia no que diz respeito ao Jornalismo também. Aprendi que vale mais quem comenta do que a quantidade que acompanham.

 

 

8 - A área possui várias atividades que são promovidas pela moderação do PM. Que avaliação você faz sobre a validade delas para aumentar a integração e participação de quem frequenta a área compartilhando saves, comentando ou apenas lendo? Teria alguma sugestão para melhorá-las?

Gosto das atividades que o pessoal faz por aqui, vale o esforço, ainda mais de caras como o Marcio e o Danut, que estão sempre tentando trazer coisas interessantes pra cá. Sobre sugestões, precisaria analisar com mais prudência a seção em si, por isso não consigo sugerir, neste momento.

 

 

9 - O que você acha de clubes que gostam de se aproveitar e tirar vantagem dos outros por meio de gramados sintéticos?

Não diria que se aproveitam, mas diria que trabalham melhor nesse tipo de condição. Se a International Board/FIFA acha válido e autoriza, e não é ilícito, é aceitável. Cabe aos outros aprenderem.

 

 

10 - Você gosta muito de ligas alternativas. De onde acha que advém a inspiração e o que procura quando está tentando encontrar novas ligas?

A minha inspiração vem da Trivela. Por ter passado por lá e por ter sido coordenado por um cara sensacional chamado Luís Fernando Bindi, um dos maiores colecionadores de escudos do Brasil e que faleceu em 2008 (até tenho guardado um email que ele me mandou da véspera do falecimento dele, que ele comentava um texto que escrevi sobre a Palestina), acabei buscando coisas diferentes.

 

 

11 - Qual seu conselho para aqueles leitores que querem criar uma história, mas não tem coragem? Não vale aconselhar a criar logo a história

Pensem em histórias. Foquem em encontrar boas histórias. O personagem vai de você. Mas encontrem clubes que tenham possibilidade até mesmo de guardar laços pra si. Hoje, sem brincadeira, guardo carinho os clubes que tive save aqui, desde o Cerro Corá até o FC Korea.

Isso é o legal de você escrever uma história.

 

 

12 - O que você considere mais importante para um membro do PM?

Acho que é importante ver as outras histórias, ler elas. Elas agregam bastante. Eu mesmo, leio todas, sem exceção.

 

 

13 - Quanto tempo da sua semana você dedica ao fórum? Qual a porcentagem dele é utilizando via trabalho?

Ao fórum, acabo vendo diariamente, mas quando estou no trabalho, o acesso é bem menor, apenas quando estou realmente bem adiantado nele. Acho que menos de 10% do acesso vem do trabalho. Pouquíssimo tempo mesmo. Sou muito regrado mesmo a isso.

 

 

14 - Acha que sem o fórum, sua produtividade no trabalho poderia ser maior?

Não acho, consigo separar bem as coisas.

 

 

15 - O que você gostaria de dizer para os usuários que vivem apenas no universo da sua história no PM?

Leiam as histórias, comentem se vocês tiverem coisas legais pra comentar. Ao meu ver, mais vale uma curtida, mostrando que leu, do que um "Boa!", mas sem agregar, sem ter coisas que trazem um adicional no save.

Eu mesmo, acabo curtindo uma coisa ou outra, mas sem comentar mesmo, mas acompanho.

 

 

16 - Qual é o objetivo seu que você definiria como "se eu alcançar isso, zerei a vida"?

Acho que ser feliz comigo mesmo. Eu me cobro muito, e com a idade (pra quem não sabe, tenho 31, feitos no último dia 29/10), essa cobrança vai naturalmente aumentando.

Claro que trabalhar em um lugar que te agrega, que te faz realizado é uma coisa muito boa, mas isso não adianta se você não estiver feliz consigo mesmo. Eu tive isso quando saí do dial (rádio tradicional), da Rádio Trianon, aqui em SP, em 2018. Eu não estava feliz comigo mesmo, com meu desempenho, com as coisas que estavam acontecendo, e acabei saindo, de coração aberto.

Tô um Cleyton mais calejado, que viu muita gente se afastar, não querer mais papo, colocar no patamar de step, do tipo "Não tem ninguém, chama o Cleyton", sabe? Isso me deixou desapontado, mas ajuda a selecionar quem te acompanha na jornada da vida, sabe?

Acho que o Cleyton de agora é um Cleyton mais leve, principalmente com a vida, é zerar a vida também ter seus amigos sempre próximos, sou muito família, muito emotivo, muito intenso - vocês viram a intensidade na narração do Basquete, sou bem isso que tava na narração - e falo que não estaria vivo se não tivesse os amigos pra levantar dos mais diversos tombos da vida.

Isso aí pra mim, é zerar a vida. É que nem a cena final do filme Big Fish. Isso seria zerar a vida. O meu desejo final é mais ou menos aquilo que esse filme mostra em sua cena final. Quero ver o Filme da Minha Vida e dizer: "Mesmo com as decepções e as lágrimas, valeu muito cada milímetro dessa rota da vida".

https://www.youtube.com/watch?v=RAvoR20o9s4

 

 

17 - Quais as aspirações do CCSantos na vida real?

Ser melhor hoje, ser mais sutil hoje, ser mais compreensivo hoje. O ontem é aprendizado, é lição.

O que vem depois disso, é pura e simplesmente consquência do que nós somos hoje.

 

 

18 - O que o FM mudou na sua relação com o futebol?

Mudou em relação a leitura de jogo, leitura tática, de ver como o futebol é jogado. Eu já uma certa leitura por ter um pai que é intimamente ligado a futebol - meu pai treina um time 'semi-profissional' em São Bernardo faz quase sete anos, e sempre chegando em fases finais.

Peguei um pouco dele a forma que monto meus elencos, com atletas atuando em várias funções. O meu espelho pra montar os elencos não é o Guardiola, nem o Klopp, nem nada. Ele tá aqui em casa. Apenas tento replicar isso no meu jogo.

 

 

19 - Acha que o jogo te fez entender melhor o futebol?

Ampliou meus horizontes na parte tática mesmo.

 

 

20 - Até onde você acha que o FM deve ir em busca da simulação perfeita do que acontece nos gramados?

Acho bem interessante essa imersão do FM, mas entendo que a franquia se perdeu tentando ser um pouco mais popular. Gosto de comparar com a franquia Colin McRae em relação ao Richard Burns Rally, dois jogos que jogava bastante.

RBR não teve mais versões, pelo simples motivo que o Richard Burns morreu, mas o jogo é, disparado, o melhor simulador de rally. Já o Colin McRae se perdeu quando o McRae morreu, e acabou se aceitando de vez como arcade, tanto que virou o DiRT Rally, que o pessoal conhece. Vende muito? Vende, mas acaba sendo uma coisa mais rápida de ser consumida e largada de mão.

Hoje poucos lembram do CMcRae Rally, mas muitos lembram do RBR, que é lá de 2001.

 

 

21 - Acredita que um dia será possível utilizar o jogo para prever comportamentos do futebol real?

Improvável que consiga, e sendo bem sincero, ainda bem que não consegue.

 

 

22 - Se você ganhasse 500 mil reais, a partir do próximo mês, para o resto da sua vida, qual seria sua primeira compra/gasto? Não é para pensar muito é o que vier a cabeça.

500 mil reais por mês? Comprava uma casa, mesmo que parcelado em poucas vezes, mas comprava. Sou muito família, e ia primeiro valorizar aqui em casa, pra depois, pensar em coisas pra mim.

 

 

23 - Qual sua opinião sobre youtubers?

São produtores de conteúdo. Entendem melhor os algoritmos, a forma como eles funcionam. Não sou tão satanista no que diz respeito a eles, não.

 

 

24 - Quais suas opiniões táticas, técnicas, emotivas e extra campo da atual temporada?

Vendo algumas conversas, inclusive em grupos que estou no Whatsapp, um deles é o do Leonardo Miranda, especialista em tática no GE, ele diz que esse ano é muito bom no âmbito tático, pois estamos vendo muitas formas de jogo, e concordo firmemente com ele.

O resultadismo que vinha sendo cantado aos quatro ventos pode vir, mas com um futebol mais agradável. Eu deixei de assistir futebol por um tempo, por conta da falta de qualidade no jogo em si.

 

 

25 - Neymar é celebridade ou jogador de futebol?

É um ótimo atleta, um excepcional jogador, mas o staff dele é horroroso. Tem coisas que ele precisaria modificar e muito, mas ele não quer. Paciência. Quem perde é a Seleção, quem perde é o futebol.

 

 

26 - Bruna Marquezine ou Marina Ruy Barbosa?

Nem uma, nem outra. Prefiro a Lucy Ramos.

 

 

27 - Qual foi a primeira versão de FM que jogou?

Jogo o FM desde o início da franquia, em 2005. Mas o primeiro manager no geral foi o CM 01/02.

 

 

28 - Por que você escolheu jornalismo?

Defini em 2002, com 14 anos. Incomum, mas a causa é nobre. Era um concurso nacional de redação dos Correios, onde os alunos tinham que mandar uma carta pra qualquer pessoa. O limite acho que era 5 mil palavras. Lembro que redigi uma carta para Kofi Annan, na época, secretário-geral da ONU. Deu quase o limite, uma folha de almaço inteira, de fora-a-fora.

Obviamente, ganhei na escola onde estudava, e uma das minhas professoras, Ivani, de História e que tinha uns 20 anos lecionando lá na escola (se aposentou lá pra 2014, acho), ela sempre lia e gostava dos meus textos e falava que seria um bom jornalista. Era um momento muito conturbado na minha vida, com problemas pessoais e algumas coisas tristes acontecendo (falecimento do meu avô, por exemplo, que me modificou de forma gigantesca, pois era literalmente o inverso, era muito bagunceiro), por isso, receber esse tipo de apoio foi muito, mas muito decisivo.

Minha gratidão foi tão grande que, no primeiro evento internacional que trabalhei (um Athina Onassis em 2008, pelo Clube do Hipismo), recebia uma credencial por dia de evento. A do segundo dia eu fui na escola onde estudava e dei pra ela a credencial, como forma de agradecimento.

Até hoje, ela acompanha minha carreira, agora pelas redes sociais. É um anjo, como diz minha véinha.

 

 

29 - Se pudesse escolher uma história da área (de qualquer época) para dizer para o mundo que você que contou (não vale história sua, né), qual escolheria e qual(is) o(s) motivo(s) por trás dessa escolha?

Cara, eu ficaria entre duas histórias, e não digo pelo fato que são 'atuais', mas sim por conta da assiduidade mesmo. A do Ypiranga, com o Leonardo e a do Márcio, essa atual mesmo, do Oiapoque ao Chuí.

São simplesmente sensacionais, por conta do roteiro, só acho que não teria tanta criatividade quanto o Marcio, é muito brainstorm ali. Hahaha

 

 

30 - Em sua história de jogador, quais mudanças mais sentiu no avançar das versões do FM?

A questão tática mudou bastante, e sempre mudava de dois em dois anos. Sempre trazem um lado diferente, uma nuance, etc. Essa coisa de trazer novidades é o que mantem o FM vivo mesmo, pois o excesso de perfumaria prejudicou a franquia.

 

 

31 - Quais as diferenças do CCSantos de antes com o CCSantos de hoje como membro do PM?

Eu leio mais as histórias, tem coisas que não consigo mesmo, como comentar em todas, apenas caso consiga trazer conteúdo. Mas a gente aprende, sobretudo a pensar mais na qualidade de sua participação do que na quantidade.

 

 

32 - Se pudesse escalar um time com o melhor 11, qual tática escolheria e quais jogadores preencheriam essa tática? Explique as escolhas.

Meu espelho seria a Árvore de Natal do Ancelotti. Já o elenco.... vamos lá: Ceni, Cafu, Maldini, Beckenbauer e Roberto Carlos; Gilberto Silva e Vieira; Rivaldo (centralizado), Bergkamp e Ronaldo (ambos improvisados mesmo, pela característica de explosão deles); Romário.

É um time mais antigo, pois preferi atletas já aposentados. Já no futebol atual, manteria o 1-4-2-3-1, mas iria de Oblak, Kimmich, Giménez, Thiago Silva e Marcelo; Rakitic e Kroos; De Bruyne, Messi e Neymar; Cristiano Ronaldo.

 

 

33 - Você já pensou em ir além do manager virtual e tentar algo no mundo do futebol, além do jornalismo esportivo, obviamente?

Já pensei sim, penso até hoje, inclusive já fiz uma boa série de cursos na Universidade do Futebol pensando em expandir horizontes, não apenas na parte de Comunicação, mas em outros âmbitos, como Administração.

Adoraria ter uma oportunidade como essa, tendo em vista que já vejo meu pai - claro que, em escala muito menor - montar elencos com orçamentos enxutos no semi-profissionalismo. Aliás, ele pra mim, é o melhor scout que já conheci, com respeito ao Sandro Orlandelli, que tive a oportunidade de conhecer em um evento da UdoF.

 

 

34 - Você acha que algum dia teremos alguém que resolveu virar treinador por causa de FIFA/FM?

Não digo que é uma tendência, mas não duvido que isso aconteça um dia.

 

 

35 - Como você acha que esse tipo de origem será percebida no meio do futebol, caso venha a ocorrer?

Terá um enorme preconceito, pois ainda temos um tipo de ensinamento entre os treinadores que, "quem joga sabe, quem não joga não sabe" que precisa ser erradicado.

O Nagelsmann está aí pra demonstrar isso, o Sarri também, inclusive o TCC dele é excelente. Quem quiser ler, me dá um toque que mando depois.

 

 

36 - Quais são seus autores favoritos na área e quais são suas histórias prediletas. Se possível, explica as razões de preferir tal autor/tal história.

Gosto de treinadores que trazem, acima de jogos, histórias, mas não fictícias. Não gosto de roteirizar, criar personagens e por aí vai. Acho que vai muito além da minha criatividade, respeito, mas não gosto.

Outra coisa que gosto é de uma certa harmonização entre texto e imagem. Isso, pra mim, é requisito padrão pra acompanhar uma história. História toda zoneada, com múltiplos tamanhos de imagens não me atrai.

Sobre autores, o Jirimias traz boas histórias, mesmo com o lado da ficção, o Márcio é muito bom também.

 

 

37 - Qual sua dica para quem se afastou do PM e acha que não é mais capaz de voltar por diversas razões?

Dá uma passadinha, lê as histórias recentes, vai ocupando um espaço de leve.

Tudo ao seu tempo. Mas se conseguir voltar, será uma honra.

 

 

38 - Antes de contar e narrar sua história, você fez algum tipo de preparação?

Muita preparação. No save do Cerro Corá, eu quase assumi o Bolognesi (PER). Mas aí pesquisei a história de ambos e a do CCC me remeteu mais ao passado, devido ao Anthony Silva, que sempre comprava nos tempos de CM.

 

 

39 - Além do futebol, você gosta e acompanha outros esportes?

Acompanho todos os esportes. Pra mim, Jogos Olímpicos é a minha Disney, de tanto esporte que acompanho. Prefiro 1000x Jogos Olímpicos a Copa do Mundo, Recentemente, acompanhei a Copa do Mundo de Rugby, e conversando com um ex-professor da pós, Virgílio Neto, que esteve lá no Japão, e viu o tamanho do crescimento do esporte por lá, confesso que deu vontade de cobrir um jogo da Seleção.

Quase que fiz o jogo do Brasil x Barbarians, mas o tempo de preparação não foi suficiente. Mas acompanho de tudo, de futebol a Curling, e busco entender as regras (e na maioria das vezes, entendo hahaha). E sim, paro o que tô fazendo pra assistir. Meu maior sonho na carreira é fazer uma edição dos Jogos Olímpicos inloco (O Rio-16 estava na agência onde trabalho, e sinceramente, é uma enorme frustração pra mim não ter trabalhado, mas são escolhas d vida)

 

 

40 - Nismo (aka Inner Logic, aka Croissant, aka Du, Dudu e Edu), bot ou pessoa?

Após consulta no VAR, pessoa.

 

 

41 - Qual sua opinião sobre palavras inventadas?

Uma invenção.

 

 

42 - Não seriam todos e quaisquer idiomas um conjunto de palavras inventadas?

Outra invention.

 

 

43 - Qual a diferença entre o sucesso do projeto islandês para o potencial sucesso do projeto chinês? Jogar dinheiro no futebol é a maneira mais rápida e inteligente de evoluir ou existem parâmetros que não pode ser controlados? Se sim, quais você acredita ser esses parâmetros.

Existem muitas vertentes que precisam ser colocadas, como a condição climática de ambos os países, as condições sociais de ambos os países em questão, entre outras variantes.

Cada modelo foi implementado dentro de suas condições naquele instante, e foram válidos. Ao mesmo tempo que a China faz uma bolha no mercado, ela sustenta diversas escolhinhas de futebol, buscando o fomento do esporte por lá. São formas diferentes, mas igualmente válidas.

 

 

44 - Sob o manto da imparcialidade, descreva uma maneira mais sutil de ser clubista do que aquela que o MCP adotou por muitos anos.

MCP se perdeu, infelizmente.

 

 

45 - Quais suas opiniões, táticas, técnicas, emotivas e extra campo sobre a seleção brasileira após a Copa do Mundo de 2018?

O Tite está buscando outras formas de jogar, o que é aceitável, mas me parece que ele está próximo do limite dele, do leque tático dele. Tá se prendendo ao resultadismo pra se manter, mas uma coisa acho interessante: Ele sabe que está se mantendo por conta disso.

Palavra de quem cobriu o Corinthians de 2015, equipe que era comandada pelo Tite.

 

 

46 - Você foi/é a favor ou contra o Qatar ser sede de uma Copa do Mundo? Favor desconsiderar a compra de votos como motivos para ser a favor ou contra.

Contra, pois entendo que a Inglaterra faria uma melhor Copa do Mundo, se bem que temos o Brexit. O Qatar tem questões mais salutares pra resolver, sobretudo no que diz respeito a pessoas e seus direitos.

 

 

47 - Qual sua versão favorita do FM? Justifique

A minha favorita é o FM15, pois conseguiu criar uma simetria entre a parte tática e a parte de eventos do jogo. Joguei até pouco tempo atrás o FM15.

Tanto que meus saves do 15 estão todos guardados.

 

 

48 - Se sua resposta foi uma versão anterior ao FM 2012, qual é a versão que te dá mais saudade?

Não foi uma versão anterior.

 

 

49 - O que você acha que falta ao FM para se tornar um hit como o FIFA?

Entendo que o FM é um jogo único. Se moldar ao FIFA é cair no limbo do esquecimento.

 

 

50 - Você gostaria que o jogo se tornasse mais realista ou mais acessível para novos jogadores?

O realismo traria mais jogadores, principalmente quem busca fugir de jogos mais ligados ao Arcade.

 

 

51 - Acredita que o FM tem futuro como eSport?

Pode ser uma opção, mas o jogo ainda precisa de ajustes para que funcione.

 

 

52 - eSport é esporte? Por que não é?

É esporte, sim. Antes eu entendia de forma distinta, mas depois de conversar com diversos amigos, alguns que acompanham eSport, entendo que é uma forma de esporte, sim.

Diria que está mais ligado a Esportes da Mente, caso do Pôquer, mas não deixa de ser esporte.

 

 

53 - Quais outros estilos de jogo você curte?

Gosto de jogos que trazem histórias reais ou fatos históricos. Amo jogos com temática de guerra. A guerra nos faz ter uma espécie de casca, mas nos ensina muitas, mas muitas coisas, principalmente sobre a vida.

 

 

54 - Atualmente joga alguma coisa além de FM? Se não, deveria

Isso é uma pergunta ou uma sugestão?

 

 

55 - Cite os jogos que mais marcaram sua vida.

Championship Manager 01/02, Football Manager 15, Medal of Honor (todos), Richard Burns Rally.

 

 

56 - Você é obrigado a receber 1 milhão de reais, mas como contra-parte tem que tomar uma das duas escolhas: a) Dar o cu uma vez e todo mundo ficar sabendo ou b) Dar o cu, sem ninguém saber, uma vez a cada dois meses, pelo resto da vida? Não existe letra C ou não escolher uma resposta.

Olha, na crise em que vivemos hoje em dia, 1 milhão é muito pouco. Se eu tivesse que receber essa grana de forma obrigada com a contraparte em questão, teria que me comer a força. Porque por vontade própria isso não ia rolar.

 

 

57 - Se você fosse ditador do mundo inteiro por um dia, qual medida egoísta tomaria?

Derrubaria os muros levantados por antigos rivais ditadores.

 

 

58 - Qual o comportamento atual da sociedade que mais lhe incomoda?

A falta de compreensão com o próximo. Isso me assusta.

 

 

59 - Qual sua opinião sobre pessoas que mandam áudios em grupo?

São válidos, desde que não façam áudios acima de 2 minutos.

 

 

60 - Qual a história mais aleatória da sua vida? E por que foi ter escolhido uma resposta para a número 10?

Essa aconteceu durante a Copa do Mundo em 2014. Cá estava, DE TERNO (era obrigado a ir todo dia durante a Copa de terno, pois poderia entrar no ar no jornal da Rede Gospel, na ausência de um convidado), e depois do jornal, fui passear. Fui ver uns colegas na República, e peguei o metrô rumo a Linha Verde, que me auxilia para chegar em casa. Era pouco antes das 23h.

Daí eu vejo uma brasileira tentando papear com um inglês. Eu fui lá e ajudei, perguntei de onde o cara era (era de Luton), ia contando pra ela, pois o metrô tava demorando. Entramos, e já iríamos descer na Paulista, mas foi o tempo suficiente pra ela passar o número dela pra ele. Ainda falei pra ela, "Pra brasileiro você não dá o número, né?" A reação dela foi tipo essa:

https://i1.wp.com/badbooksgoodtimes.com/wp-content/uploads/2016/07/rashida-jones-shrug.gif

Mas ainda tem história. O cara não sabia NADA MESMO, daí acompanhei ele até o bar, que era um ao lado do MASP, que só fecha às 2h da manhã. Descobri que o cara era voluntário da Copa do Mundo, e que ali, era um encontro de voluntários que trabalhavam na Arena Corinthians.

Conheci holandeses, diversos brasileiros, e uma mexicana que mantenho contato com ela até hoje. No dia seguinte, acabei começando a namorar - sim, cometi essa burrice, namorar em plena Copa do Mundo no Brasil, me apedrejem em praça pública - mas essa foi uma boa história.

 

 

61 - Você prefere concorrer ao concurso de Miss Universo ou ser jurado do concurso Mister Universo?

Jurado do Mister Universo. Seria uma versão do Pedro de Lara.

 

 

62 - O que você não faria por 100 bilhões de reais? Lembrando que você já não é mais virgem por causa da pergunta do 1 milhão.

Fazer a mesma coisa que acabaria fazendo forçadamente pra ganhar 1 milhão.

 

 

63 - Qual você acha que é o destino das histórias de FM quando todos fomos obrigados a consumir conteúdo em vídeo na internet?

Vai se tornar uma coisa segmentada mesmo, assim como quase tudo atualmente, e não vejo isso de uma forma ruim.

 

 

64 - Se você tivesse um canal no YouTube, sobre o que falaria?

Sempre fiquei tentado a criar um canal de YouTube, mas nunca peguei coragem pra gravar. Falaria sobre esporte mesmo, nada muito diferente. E buscaria histórias, sobretudo em esportes olímpicos.

 

 

65 - Se você fosse o responsável pelas comportas de Itaipu numa guerra entre Brasil e Argentina, teria coragem de abrir as comportas e inundar o país vizinho?

Coitado do Paraguai nessa...

 

 

66 - Qual a sua melhor memória como torcedor do seu time? Qual a pior história?

A melhor foi a final do Mundial de 2005. Foi um parto de quadrigêmeos aquela final contra o Liverpool.

Já o pior momento - e o único que me chorar por conta de futebol na minha vida - foi o da decisão da Copa do Brasil de 2000.

 

 

67 - Qual o melhor time, além de algum do seu, você já viu jogar? Não vale time estrangeiro.

Corinthians de 2015. E eu tive o prazer de acompanhar praticamente o ano todo da equipe, com direito a eleições do clube e tudo. Tomei patada do Gobbi e do Roberto de Andrade no dia. Fui inusitado.

 

 

68 - Qual time você trocaria da Série A? E qual outro time sem divisão escolheria para o seu lugar?

Colocava o Bangu na Série A e tirava o Avaí (ou América Mineiro, já que o Avaí foi rebaixado).

 

 

69 - Qual sua opinião sobre a Copa União?

Um racha necessário entre CBF e Clube dos 13. Um momento histórico. Teríamos a chance de antecipar uma movimentação que fora realizada pela Premier League. Mas acabamos nos perdendo nas mãos de dirigentes que pensaram só em si, e não no futebol.

Uma pena.

 

 

70 - Seaquinevassevocêusavaesqui?

Irei aproveitar essa pergunta para divulgar um projeto chamado "Ski na Rua", feito pelo Leandro Ribela, que já conseguiu levar garotos aqui de SP para disputar Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude e Jogos Olímpicos de Inverno.

O site é www.skinarua.org

 

 

71 - Traduza: cesabionpasoonssavas?

Não faço ideia do que isso significa.

 

 

72 - Qual idioma que você não fala, mas gostaria de falar?

Gostaria de falar grego. Adoro muito as tradições e a história de lá.

 

 

73 - Você participa (mesmo que só olhando) de alguma outra área do fórum? O que mudaria?

Olho mais a parte geral do FM, e assim como falei acima, precisaria avaliar com mais calma.

 

 

74 - Com os 100 bilhões de reais da questão dos 100 bilhões, você compraria um cu novo para resolver o dilema da questão do 1 milhão?

Fiquei sem dinheiro mesmo. hahahahahaha

 

 

75 - Você tem filhos? Se sim, teria coragem de mostrar essa entrevista para eles, depois de tantas perguntas comprometedoras?

Não tenho, mas mostraria a entrevista sim.

 

 

76 - Qual sua opinião sobre o estado do Rio de Janeiro e sua população?

A população do Rio de Janeiro paga por uma falta de gestão entrondosa, de todas as esferas de comando. O carioca, pelo menos os que conheci, e não são poucos, sempre foi bem gente-boa comigo.

Eles merecem coisa bem melhor do que os gestores que lá estão.

 

 

77 - Aprovaria a construção de uma muralha que separasse o Brasil do resto do Rio de Janeiro?

Em nenhuma hipótese.

 

 

78 - Após aprovar a construção da muralha, detonaria: a) Angra I, b) Angra II, c) Ambas as opções.

Detonaria as duas, sem a necessidade da muralha.

 

 

79 - Para onde você acha que a população mundial está caminhando em termos de ignorância e ódio?

Acho que estamos nos perdendo bastante, no que tange a respeito ao próximo. Jogamos a nossa opinião tão no alto, mas tão no alto, que é uma coisa que não agrada.

Precisamos de uma sociedade unida em prol, sobretudo, para buscar um mundo melhor, não pra nós, mas sim, pra quem ainda vai chegar.

Quero que o mundo dos meus sobrinhos, filhos, enfim... seja bem melhor que o meu. E é pra isso que devemos que lutar. Não é por criar um hoje melhor, mas sim, por um amanhã mais calmo, sereno e de paz.

 

 

80 - Qual sua citação favorita? Por quê?

É uma que descobri recentemente. É de Millôr Fernandes. "Viver é desenhar sem borracha".

Nós somos o que escrevemos e desenhamos, sem rascunho, sem arte final, mas com muita verdade.

 

 

81 - Você acredita que o EUA tem potencial para se tornar uma potência futebolística? Cite as razões pela qual você acredita ou desacredita e elabore.

Não acredito que os estadunideneses tenham essa condição de ser uma potência, mas acho que podem se tornar uma boa seleção.

Estão buscando ter estrutura, buscando criar um produto Futebol mais atrativo, que traga público, que traga rentabilidade. Tanto que os frutos desse trabalho estão surgindo, com o futebol ficando acima do Beisebol, por exemplo.

 

 

82 - Qual Nobel gostaria de ganhar? Qual a razão acharia que o levaria a receber o Nobel que gostaria de ganhar?

Acho que não mereço nenhum Nobel.

 

 

83 - Nunca mais trabalhar na vida e ter o mínimo de dinheiro necessário para viver ou trabalhar até o último minuto da sua vida e ser o homem mais rico do mundo?

Trabalhar até o último minuto de minha vida.

 

 

84 - Qual sua opinião sobre o materialismo humano?

Li a entrevista do Vannces, e entendo que a resposta dele aqui é perfeita, logo vai a resposta do mesmo: Esse é um assunto que se encaixa na doutrina que defendo. O espiritismo trás boas lições quanto aos exageros no que diz respeito ao materialismo. É importante ter o que se quer e o que se precisa, dinheiro é necessário para viver e para buscar o mínimo de conforto, para te ajudar a enfrentar todas as dificuldades que nossa vida encontra pelo caminho. É sim um importante complemento para a vida, mas é de grande prejuízo viver quase que só em função disso. O bem estar de uma pessoa, a satisfação e a realização íntimo pessoal, não dependem de nenhum bem material, pois uma pessoa pode ter tudo que o dinheiro puder pagar, mas se não tiver o amor da família, as amizades que conquistou na vida e as lembranças do que você viveu em sua vida de forma honesta e porque não dizer aventureira, então não terá o que realmente lhe faz sentir pleno, pois haverá sempre um vazio enorme.

 

 

85 - Acha que vivemos em uma geração vaidosa, que passa tempo de mais se exibindo nas redes sociais?

Entendo que estamos nesse tipo de geração, infelizmente.

 

 

86 - Você faz parte dessa geração?

Não, apenas divulgo o que faço por questão de trabalho mesmo, prefiro ser lowprofile.

 

 

87 - Qual sua opinião sobre Mark Zuckerberg?

Um grande especialista, que entendeu a métrica do mercado, procurou algo novo, e criou o Facebook, ao lado de outras grandes mentes pensantes.

Paga pelo excesso, mas é inegável a visão dele. É menos trambiqueiro, por exemplo que o Ray Kroc, fundador do McDonalds, por exemplo.

 

 

88 - Você chuparia o pau de um mendigo pela honra de ser moderador ou líder da área Profissão: Manager?

Óbvio que não.

 

89 - Quando você se olha no espelho, quem enxerga? Discorra.

Enxergo um profissional que já apanhou bastante, e que sabe que vai apanhar ainda mais, mas que é ruim de desistir, de dar um passo atrás.
Um cara mais calejado e mais focado nas coisas simples. Que sabe que a batalha é longa, mas que tenta evoluir, cada vez mais.

Não enxergo um vencedor, mas assim aquele que luta pra, um dia, ser vencedor.

 

 

90 - Um fato é que o FM19 é melhor que todos os anteriores, inclusive o FM17. Quais os argumentos que você usaria para fazer essa defesa?

Não tenho condições de fazer uma defesa sobre o FM19, pelo simples motivo de não ter jogado.

 

91 - Em quanto tempo devemos ver você em transmissão televisiva? Ou já está?

Isso é um sonho, e justamente trabalho para, um dia, aparecer em uma transmissão.

 

 

 

92 - Como faz para equilibrar a loucura da vida familiar com a loucura da vida profissional?

É uma completa loucura mesmo, pois tem dias que durmo normalmente, e tem dias que durmo 2h30, 3h/dia. Exemplo, hoje que estou respondendo isso aqui, e sabendo que amanhã é dia de labuta, só vou dormir 1h da manhã.

Eu me conheço.

 

 

93 - Você trabalha em quantos lugares atualmente (recebendo ou não)?

Atualmente, dois. O trabalho que me dá grana é em uma agência de Comunicação localizada na Rua Oscar Freire. Trabalho de 5ª à Domingo e Feriados. Já o trampo que tenho vontade e prazer de fazer é pela Poliesportiva, narrando Basquete.

Não recebo financeiramente, mas peço sempre a cópia da transmissão completa, pois quando pegar um tempo aqui, vou montar um portfólio legal e bater na porta de produtoras, seja de canais, seja de Streaming. Tô mais focado agora do que há três anos atrás, por exemplo.

 

 

94 - És um menino rodado no mundo do FM, qual país ainda é um sonho e em qual foi mais feliz?

Um sonho? Treinar na Turquia.
O país que me dei melhor? Paraguai.

 

 

95 - Você lembra do gol do Joãozinho, na final da Copa do Brasil São Paulo x Cruzeiro? Este foi o melhor jogo como São Paulino ou teve outro?

Desse jogo, confesso que não lembro. O melhor jogo como torcedor foi a final do Mundial de 2005.

 

96 - No momento em que eu escrevo você está visualizando o tópico “Entrevistas da Área: entrevista com Vannces”. Procurando respostas?

Na realidade, estava lendo todas as Entrevistas, foram excelentes, e vale o pensamento. me honra entrar nessa lista de entrevistados.

 

97 - Você parece ter uns 50 anos, mas é jovem. Como faz para parecer tão experiente?

Ok, indiretamente me chamou de velho, mas vá lá. Hahahaha Eu apenas mantenho a barba, poxa. hahahaha

 

98 - Sendo obrigado a escolher entre um romance de verão com Zac Efron ou uma noite tórrida e quente com The Rock qual seria tua decisão e por que?

Nem um, nem outro.

 

99 - FM deveria ter modo futebol feminino?

Já tá passando da hora. O futebol feminino precisa ser valorizado a muito tempo. Acompanho esse crescimento do futebol feminino faz muitos anos, e o momento ideal entendo que era em 2015, na Copa anterior.

Essa de 2019 literalmente catapultou o futebol feminino a um patamar jamais alcançado. Pelo que conheço de dentro, das pessoas que trabalham, das atletas que fazem a acontecem nesse futebol que já é todo engarçado no masculino, no feminino o fenômeno é ainda pior, está mais do que na hora disso acontecer.

 

 

100 - Entre Jair Bolsonaro presidente do São Paulo e Leco presidente do Brasil, qual se daria melhor?

Leco como presidente do Brasil.

 

101 - Preferia ser um técnico estilo Argel Fucks no Criciúma ou estilo Guardiola treinando a seleção de Curaçao (e morando na ilha)?

Prefiro estilo Guardiola em Curaçao (ainda mais que o futebol por lá está evoluindo bastante.

 

102 - A história vai dizer quem foi melhor, mas pra você, Luizão ou Aloísio Chulapa?

Serei polêmico, mas prefiro o rubineiense Luizão. Atacante fazedor de gols, que tinha uma casa de quarteirão na distante Rubinéia. Sei disso pois tinha parentes que moravam em Santa Fé do Sul, ali do ladinho.

 

103 - Showbol ou futsal?

Futebol.

 

104 - O Vannces preferiu sexo a final da Champions dirigindo o Nacional da Ilha da Madeira. E você, prefere uma bolada nas partes baixas ou um save com o Barcelona?

Não gosto de jogar com grandes equipes.

 

105 - Ribamar ou Alexandre Pato? Disserte.

Só o tempo dirá, como diria o saudoso Wianet Carley.

 

106 - FM precisa melhorar ou já tá bom demais?

Deram uma estragada, com muita perfumaria. Mas já que está assim, melhor manter.

 

107 - Como funciona o regulamento da Proximus League? E da Jupiler?

Se acompanhasse com atenção o save do Liège, saberia.

 

108 - Qual esporte você gosta mais de narrar?

Por enquanto, narrei apenas Basquete, mas já transmiti outros esportes. Não posso opinar sobre o que é melhor para se narrar.

 

109 - Luís Roberto ou Cleber Machado? Disserte.

Luís Roberto de Múcio. Se bem que também gosto do estilo do Cléber. Além disso, o podcast que o Cléber apresenta, o "Hoje não, Hoje Sim" tem uma edição SIMPLESMENTE SENSACIONAL com a participação do Luís.

Passei 1h30 rapidinho com o podcast deles. É sensacional, vou até deixar o link aqui.

https://interativos.globoesporte.globo.com/podcasts/programa/hoje-sim/episodio/hoje-sim-27-carnaval-futebol-radio-e-televisao-com-luis-roberto/

 

 

110 - E se um dia ou uma noite um demônio se esgueirasse em tua mais solitária solidão e te dissesse: "Esta vida, assim como tu vives agora e como a viveste, terás de vivê-la ainda uma vez e ainda inúmeras vezes: e não haverá nela nada de novo, cada dor e cada prazer e cada pensamento e suspiro e tudo o que há de indivisivelmente pequeno e de grande em tua vida há de te retornar, e tudo na mesma ordem e sequência - e do mesmo modo esta aranha e este luar entre as árvores, e do mesmo modo este instante e eu próprio. A eterna ampulheta da existência será sempre virada outra vez, e tu com ela, poeirinha da poeira!". Não te lançarias ao chão e rangerias os dentes e amaldiçoarias o demônio que te falasses assim?

Primeiro, ele teria que me confirmar que é demônio mesmo.

 

111 - Ou viveste alguma vez um instante descomunal, em que lhe responderias: "Tu és um deus e nunca ouvi nada mais divino!" Se esse pensamento adquirisse poder sobre ti, assim como tu és, ele te transformaria e talvez te triturasse: a pergunta diante de tudo e de cada coisa: "Quero isto ainda uma vez e inúmeras vezes?" Pesaria como o mais pesado dos pesos sobre o teu agir! Ou, então, como terias de ficar de bem contigo e mesmo com a vida, para não desejar nada mais do que essa última, eterna confirmação e chancela?

O sarcasmo e a ironia são os poderes dos malvados.

 

112 - Qual o melhor save você já leu na área?

Rapaz.... Danut, com o United of Manchester, usando a base. Mostrou a real do quão foda é ter um save de categoria de base.

 

113 - Qual o melhor save do Alex Cabeção você já leu na área?

Nenhum, pois ainda não li o seu direito.

 

114 - Falando nele, você acha que o gol de cobertura sobre o Rogério Ceni foi o mais bonito de um alviverde sobre o São Paulo, ou o do Keirrison pelo Coritiba em 2008 foi melhor?

Ah, o gol do Alex foi bem mais bonito, tem nem como comparar.

 

115 - Você tem interesse em trabalhar como manager ou essa área fica para hobby mesmo?

Já fiz alguns cursos, mas acho que vai ficar como hobby mesmo ser manager. Mas toparia trabalhar em um clube profissional, por conta justamente das qualificações que obtive com o tempo.

 

116 - RB Leipzig, Red Bull Salzburg ou Red Bull Bragantino para um novo save, qual escolheria?

Escolheria o Bragantino, dispensaria todo mundo e montava um time de jovens.

 

117 - A lei de Bosman é ruim mesmo ou trata apenas de uma ligação com o Liége? A lei Pelé é melhor?

Na realidade, tanto a Lei Bosman quanto a Lei Pelé são ótimas, pois antes, os atletas eram como se fossem escravos, não respondiam a si. Sei de casos que o diretor pegava raiva de um jogador, e não vendia ele pra lugar nenhum, justamente por birra.

Nisso, tanto a Lei Pelé, quanto a Bosman foram sensacionais. Não tem como não ser favorável. Mas por questões até mesmo de pensamento, não utilizo isso no save do Liège, mas se acompanhasse o da Gimnástica, eu fiz uso, sem o menor problema.

 

 

118 - Quer ver Daniel Alves na seleção de 2022?  

Prefiro ver o Thiago Silva do que o Dani.

 

119 - Se tivesse que dar uma dica (tática) vencedora para um iniciante no FM, qual seria?

Monte seu elenco seguindo suas filosofia de jogo, e vá.

 

120 - A maioria prefere ficção a JET e você? Disserte.

Prefiro JET, pois não tenho aquela coisa de ficar preso a uma história. Às vezes, o autor exagera na história, quer repetir, sinceramente não gosto disso, é uma perda grande de qualidade.

Gosto do diferente, do surpreendente, e nisso o Márcio tá se mostrando um Ás.

 

 

121 - Capitu tinha um amante?

Não. Se bem que preciso ler novamente Dom Casmurro -só li uma vez devido a um Concurso Estadual de Literatura que participei e na competição em São Bernardo do Campo, tirei 5ºlugar, depois de ler Dom Casmurro em menos de 72h.

 

122 - Faz algum sentido encher um pão francês com mortadela, sendo que duas fatias bem finas deixa o sanduíche bem mais gostoso?

Se a pessoa gosta assim, deixa ela.

 

123 - O que você acha da moderação na área, o que pode mudar ou melhorar? Tem figurinha pra isso?

Já respondida.

 

124 - Qual tua relação com os sonhos que tem?

Uma relação forte, mas que busco não tirar os pés do chão, por conta dessa relação. Vamos evoluindo por partes.

 

125 - Treinador de futebol precisa ter diploma de educação física ou isso não faz o menor sentido?

Na realidade, precisa de uma melhor qualificação, unificando as Federações, para que facilitem o acesso ao conteúdo da CBF Academy. Do jeito que está, apenas um pequeno grupo terá esse tipo de vantagem no mercado.

Mas é um debate longo, que assim como o da obrigatoriedade do diploma de Jornalismo, precisa passar por um enorme obstáculo: O ego de quem comanda as categorias que organizam e as que querem bagunçar de vez.

Sem união, quem perde qualificação é o profissional.

 

 

126 - Com sua opinião sobre a cidade Curitiba e o povo curitibano? Por que eles são os melhores brasileiros?

Não a conheço. Mas o pessoal que conheço de Curitiba foi bem simpático comigo.

 

127 - Tendo em vista que temos um save na área em homenagem ao governador de MG, você faria o mesmo pelo João Dória: Ode à Dorialândia?

Nope.

 

128 - Melhor livro que já leu?

"Klopp", de Raphael Honigstein. Mas acabei conhecendo um outro livro bem legal, e que conta como que o Eibar se reconstruiu. "El Modelo Eibar - Otro Futbol Es Posible", de Álex Aranzábal

 

129 - Sobre Deus ou espiritualidade, o que tens a dizer?

Já respondido e compactado com o que disse o Vannces.

 

130 - Você se considera um Millenial?

Nem de longe.

 

131 - Se você estivesse de bobeira num bar e visse alguém furtando um notebook, após a perseguição ao bandido conseguisse recuperar o aparelho e – por ironia/curiosidade – descobrisse lá um save em que um time venezuelano chegou a final, o que faria: jogaria a final ou deletaria os arquivos?

Procuraria o dono, que obviamente foge, pois nem pra marcar um maldito bar serve.

 

132 - Um monstro desse merece perdão?

O bandido? Não.

 

133 - Racionais MC’s é melhor que Gun’s Roses e por que?

Acho que é cada um no seu quadrado. Longe de comparar segmentos. Racionais atingiu o povo de forma mais intensa, por se ver ali, do lado. Não coloco como melhor, cada um tem sua história.

 

134 - Qual tua cor favorita?

Azul.

 

135 - Com quantos anos você casou ou deseja casar?

Não sou casado, e honestamente, nem penso nisso, pois eu e um outro primo estamos sendo os únicos da geração que nem noivaram (tinha uma prima que noivou esse fim de semana, nos EUA). Mas, prefiro nem pensar nesse tipo de coisa. Antes acompanhado dos amigos do que bitolando sozinho por carência.

 

136 - Quantos filhos tem ou deseja ter?

Dois é um bom número.

 

137 - Casa na praia, no campo ou na cidade?

Se pudesse, casa nos três.
Como não dá pra ser feliz dessa forma, deixo a casa na praia pr'outra hora.

 

138 - Melhor série de TV?

The Office.

 

139 - Jamanta ou Tonho da Lua?

Tonho da Lua, o da novela.

 

140 - Araruama ou Prudentópolis? Disserte.

Dois cidades que não ligam pra futebol. Apenas ignoro

 

141 - Você tivesse um toque para dar à alguém da área, sobre o estilo do save ou a postura do colega, como chegaria nele? Ou deixaria pra lá?

Deixaria a pessoa se queimar sozinha. Já ajudei muita gente que me fechou a porta.

 

142 - Sobre a política brasileira, você tem a sensação que passamos por tempos muito complicados ou tem a confiança de que isso faz parte da democracia? Ou ainda, tem esperança que estamos no caminho certo?

Acho que realmente estamos vivendo momentos muito estranhos em nosso país. Entendo que é um momento que o brasileiro vai acabar fazendo uma autocrítica do que está acontecendo no País.

 

143 - O que falta pra Reinaldo ser lembrado na seleção?

Uma maior regularidade.

 

144 - Você trocaria Alexandre Pato por alguém dessa lista: Aristizábal, Dodô, França, Luis Fabuloso, Reinaldo, Amoroso, Luizão?

Por demais.

 

145 - Roberto Carlos ou Júnior?

Roberto Carlos.

 

146 - Rivaldo ou Danilo(meia)?

Rivaldo.

 

147 - Em questão técnica, Mineiro ou Pirlo?

Pirlo, só por conta da bola parada.

 

148 - Você se considera uma pessoa bonita? Se avalie dando uma nota de 1 a 10. Você considera que a beleza e a estética são relevantes na carreira que você segue?

Me considero normal, sem muita coisa diferente, só a altura mesmo. Me dou nota 6. E sobre a beleza e a estética, elas são importantes em todos os segmentos, comunicação é um deles.

 

 

149 - Você já teve uma grande paixão na juventude? Se sim, já pensou em largar tudo e ir atrás dela?

Já tive uma paixonite sim, mas não pensei em largar, não.

 

 

150 - Como seus familiares se sentem a respeito do seu "vício" em FM? Já teve problemas por causa disso?

Por trabalhar muito na frente do PC, já nem reclamam mais. Mas, principalmente na época da faculdade, ou quando era somente rato de estádio, haviam reclamações sim, mas eram normais, nada muito absurdo, e nem envolviam o FM em si.

 

 

151 - O que deu tão certo no trabalho do Muricy pra que ele fosse tão vitorioso pelo São Paulo?

Acho que a seriedade que ele tinha e demonstrava para o elenco. Que se desse algum problema, ele daria bronca, mas também saberia a hora de afagar, de compreender. Quando você vê um treinador fazendo isso, e vê a resposta dos atletas, sempre de forma positiva, guardando boas lembranças do treinador, é isso que é ganhar o elenco.

Claro que em escala muito menor, mas meu pai é um cara desse jeito quando comanda uma equipe. Tanto que quase a totalidade dos atletas que tiveram sob comando do meu pai e do parceiro dele, que comandam juntos a equipe, rasgam loas de elogios. Tanto que chamar pra casamento de atleta é até bem constante por aqui.

A chave pro sucesso do Muricy é a mesma do sucesso do meu véinho com o pessoal de SBC: Chama-se seriedade. De olhar no olho, e falar que está com ele.

 

 

152 - Alexandre Pato e PH Ganso, os dois a 80km/h. Quem é mais preguicinha?

Ganso. Perna dele é menor.

 

 

153 - Já usou algum tipo de droga ilícita? Se sim, quais? A onda foi boa? No caso de ter usado mais de uma, qual foi a melhor?

Nunca usei nada ilícito.

 

 

154 - Qual é a sua altura, e por quê você tem vergonha de falar sobre ela?

Na realidade, brinco muito com ela, mas sou bem alto mesmo. Tenho 1,98.

 

155 - Qual pergunta você tinha medo que aparecesse na entrevista, mas não apareceu? Responda essa por último, obviamente.

Talvez algo relacionando a morte, ou a solidão, esses são assuntos mais pesados pra mim.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Sensacional a entrevista. Muito bom conhecer um pouco mais sobre o Cleyton.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • marciof89
      By marciof89
      Entrevistas da Área
      Olá, pessoal.

      Esta será a nossa primeira entrevista do ano. Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Como sempre, a definição dos possíveis entrevistados foi feita levando em consideração a participação dos membros na área. São estes:
      @div
      @tricolor de coraçao
      @Cadete213

      Obs.: Visando uma maior justiça entre a disputa dos participantes na enquete, membros com contas criadas no dia 09/03/2021 (data de envio dos convites aos membros da enquete) ou dias posteriores não terão seus votos computados como válidos para a apuração do novo entrevistado.
      Em caso de empate, o candidato escolhido será aquele que possui mais tempo de cadastro no fórum.
      Por favor, vote na enquete no topo do tópico, pois os votos em posts não serão contados. A votação será encerrada na próxima quinta, dia 23 de março às 23h59.
    • AllMight
      By AllMight
      Entrevistas da Área
      Olá, pessoal.

      Esta será a nossa terceira entrevista do ano. Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Como sempre, a definição dos possíveis entrevistados foi feita levando em consideração a participação dos membros na área. São estes:
      • @ElPerroMG
      • @Peepe
      • @Valismaalane

      Obs.: Visando uma maior justiça entre a disputa dos participantes na enquete, membros com contas criadas no dia 23/10/2020 (data de envio dos convites aos membros da enquete) ou dias posteriores não terão seus votos computados como válidos para a apuração do novo entrevistado.
      Em caso de empate, o candidato escolhido será aquele que possui mais tempo de cadastro no fórum.
      Por favor, vote na enquete no topo do tópico, pois os votos em posts não serão contados. A votação será encerrada no próximo sábado, dia 31 de outubro às 23h59.
    • AllMight
      By AllMight
      Entrevistas da Área
      Olá, pessoal.

      Esta será a nossa segunda entrevista do ano. Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Como sempre, a definição dos possíveis entrevistados foi feita levando em consideração a participação dos membros na área. São estes:
      • @Andreh68
      • @Bruno Trink
      • @Wancho
      Em caso de empate, o candidato escolhido será aquele que possui mais tempo de cadastro no fórum.
      Por favor, vote na enquete no topo do tópico, pois os votos em posts não serão contados. A votação será encerrada na próxima quarta-feira, dia 08 de julho às 23h59.
    • marciof89
      By marciof89
      Entrevistas da Área
      Olá, pessoal.

      Esta será a nossa primeira entrevista do ano. Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Como sempre, a definição dos possíveis entrevistados foi feita levando em consideração a participação dos membros na área. São estes:
      • @mfeitosa
      • @DiogoHernandes
      • @Bigode.
      Em caso de empate, o candidato escolhido será aquele que possui mais tempo de cadastro no fórum.
      Por favor, vote na enquete no topo do tópico, pois os votos em posts não serão contados. A votação será encerrada no próximo sábado, dia 07 de março às 23h59.
    • marciof89
      By marciof89
      Entrevistas da Área
      Olá, pessoal.

      Esta será a nossa segunda entrevista do ano, onde buscamos selecionar os membros que mais se destacaram com participações na área nos últimos tempos. 
      Precisamos escolher quem será o entrevistado e isso é feito por meio de uma enquete aberta a todos do FManager com três participantes. Nossos indicados para a votação tem se destacado em um período recente, contribuindo ativamente com a área.
      @Lanko @Neynaocai @LuisSilveira Em caso de empate, o candidato escolhido será aquele que possui mais tempo de cadastro no fórum.
      Por favor, vote na enquete no topo do tópico, pois os votos em posts não serão contados. A votação será encerrada na próxima terça-feira, dia 09 de julho, às 23h59.
×
×
  • Create New...