Jump to content
Sign in to follow this  
marciof89

Do Oiapoque ao Chuí: O Rei dos Estaduais - Voa, fantasma. [Att: 18/10]

Recommended Posts

marciof89
Em 09/08/2020 em 20:53, Andreh68 disse:

Sérrebão detonando!

Muito boa a barba do Rizek, mas não precisava ter matado o Pet! Queria mesmo era a Andrea Sadi!

Podia ter chegado ao menos na final né? Veja o lado bom, o Aribé não tá na série C...

CRB tá pegando fogo, to com medo da próxima temporada hahahah

Andréia Sadi já tá perigando nos quase 60 também, mas deve estar uma cocotinha da terceira idade.

Tá tão difícil que Mac nem lembra mais do Aribé. hahahahaha

 

Em 31/08/2020 em 13:47, Neyguaín disse:

Fala meu caro Elliot.

Realmente, a mídia é cruel, esquece que por detrás de cada pessoa há um ser humano. E nesse caso nem falo de Juninho, o Paulista. Falo dos segredos que carregamos no armário e não conseguimos tirá-los de lá. Cada dia fica mais insuportável.

É filho, é mulher que morre e volta, ex-amigo, ora amigo falecido imaginário, agora o pai que tem saudade até do que não viveu, não deve ser fácil. E nessa hora você precisa parar, repensar, respirar.

Tá dando tempo?

Fizeste um temporada melhor, graças ao Bonjesus. Sobrevive no cargo, tu que és o melhor treinador ruim do Brasil. 

Quanta bola nas costas já levou também, de Thiago a Aribé, haja pé.

Boa sorte na sequência e procura um acompanhamento com especialista. 

Abraço.

 

RIP Pet

Pray for Digão

Obrigado pelas palavras, fiquei em dúvida se falava com Emilio, com Robert ou com Alex Cabeção. Pelo menos não era o Euricão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

A00567ace720b98e4a0.png

Capítulo 14.4 - Comer é o melhor para poder crescer.

<<--- Capítulo Anterior | Próximo Capítulo --->>

- Olá doutor, como está meu pai?
- A situação do seu pai ainda é estável. Ele está numa fase moderada da doença, mas estará sempre propenso a lapsos de memória.
- Isso vai afetar o tempo de vida dele?
- Veja bem, há casos de pessoas que vivem longos anos com a doença. Ele precisa tomar o medicamento e estar sempre sob supervisão médica. A ideia é que ele tenha a melhor qualidade de vida possível neste período difícil.

Eu começava a conviver todos os dias com a perda de memória do meu velho, me questionando quais partes de mim ele esqueceria. Meu eu criança, meus primeiros passos na escola, as tentativas de ser jogador, o primeiro porre, a primeira bronca, nossa primeira viagem a Inglaterra... são memórias que eu precisava guardar para lembrá-lo o tempo todo o quanto o amo. Turbilhões de emoções que vou ter que administrar a partir de agora.

013abcae25a5e5d2be.png

Enquanto me inteirava sobre a doença do meu pai, eu ia preparando o time para tentar a subida imediata após cair na temporada passada. O grupo não era dos mais fáceis, ouso dizer que era o grupo mais aberto da edição.

De cara já enfrentamos o CSA, que ainda no primeiro tempo arrumou uma expulsão boba. Conosco jogando em casa, achei que seria a oportunidade de tentar correr atrás do resultado, por isso abri mais o time. E logo no finzinho do primeiro tempo o mesmo Buru que havia marcado de pênalti no jogo anterior voltou a fazer o dele. Será que largaríamos na vantagem?

Err... infelizmente não. O CSA meteu um gol teleguiado com Deco logo no início do segundo tempo, decretando o empate. Placar que, sinceramente, não foi injusto.

02277b3de2efb85410.png

 

Na rodada seguinte enfrentamos o Juazeirense lá em Juazeiro, único jogo da primeira fase que sairíamos de Alagoas. Logo aos 3' tomamos gol de Uecslei. Tomar gol de um cara com esse nome era premissa de que não seria um bom dia: fomos completamente amassados, perdemos de 4x1 e poderia ter sido bem mais, sendo sincero.

03b5b561a8689fb667.png

 

Os jornais de Arapiraca já faziam reportagens que destacavam o mau momento do ASA, que não se reencontrava nem após a contratação do famoso "comedor de estaduais". Em um dado momento, até eu mesmo comecei a desacreditar que seria possível levar essa asa para voar.

Foi então que acabei parando num pé sujo próximo do apartamento. Entre goles da branquinha e petiscos engordurados uma mulher se aproximou. Ela era bem apessoada, generosa, chamava bastante a atenção.

- Era gostosa.
- Olha a falta de respeito, Digão.
- Eu to morto, ela vai me cancelar como?
- #CancelaDigao é uma ótima hashtag, seu otário.
- Você é muito idoso mesmo Mac, os jovens não usam essas gírias a mais de 2 décadas, precisa se inteirar.
- Falou o morto, como você sabe dessas coisas?
- Na verdade eu não sei, falei isso só pros leitores entenderem que já estamos em 2041.
- Que leitores? Ah, de novo essa história de fórum né?
- Me respeita que eu sou o Deadpool da PM.

Enfim, uma mulher atraente. Ela me perguntou se poderia sentar do meu lado, eu disse que não havia problema. O nome dela era Cláudia. Mais goles, papo furado e algumas risadas depois, a bacana me chamou pra dançar um forró. Calcinha Preta Vol. 57.

- Melhor não, mas obrigado.
- Oxe homem, qual o problema? Vamos esfregar o corpo um pouco, que mal tem?
- Daonde eu venho isso daí é perigoso hahahaha
- Pois aqui o único perigo é você terminar a noite feliz.

- Mac, para de ser otário, a mulher quer teu corpo nu.
- Mas e Julia...
- Pelo amor de Deus você ainda tá nessa? A mulher foi embora, já passou quase 10 anos e você só transou uma vez, bitolado com trabalho, máfia, filho sumido... ela foi procurar Thiago, mas o que vocês tinham acabou.

Aquilo foi um baque, porém comecei a pensar nas falsidades e falcatruas de Júlia tentando me enganar pela máfia. Realmente não fazia mais sentido eu, com quase 50 anos, me privar de conhecer novas pessoas. E então eu dancei naquela noite como se não houvesse amanhã. Lembro de alguns flashs e muito barulho, mas em dado momento eu fiquei tão bêbado que tudo passou a perder o sentido. Por fim, acorde na minha cama. Lençóis bagunçados, sinais de que alguém esteve ali comigo e nenhum bilhete de despedida. Eu não lembrava mais o que era esse tipo de coisa.

O jogo em casa contra o Miguelense foi mamão com açúcar. Bom, na verdade eles até abriram o placar, mas logo a gente se recompôs, empatando 2 minutos após. No segundo tempo vieram +2 gols nossos, garantindo a primeira vitória na Série D.

042182ba1656f44ed8.png

 

Após a injeção de fôlego, fomos visitar o Miguelense lá na casa deles e fomos recebidos por um caminhão de faltas do adversário, que parece que usou isso como estratégia pra ficar parando o jogo toda hora. Foi difícil, teve até jogador nosso lesionado e por fim, após receber já um amarelo, Tiba foi expulso. Toda essa catimba nos fez penar pra vencer, e só vencemos pois o goleirão marcou o gol contra mais patético da história: entrou com bola e tudo dentro do gol.

05e40f125b2edc50bf.png

 

A essa altura o Miguelense já estava eliminado com 0 pontos. Nós seguíamos na terceira posição e teríamos 2 jogos difíceis: Enfrentar o Juazeirense que nos goleou e depois pegar o CSA no Rei Pelé. E a estratégia do Juazeirense foi a mesma do Miguelense: parar o jogo nas faltas. Porém, diferente dos alagoanos, o time de Juazeiro também sabia pressionar com bastante qualidade. No fim, acredito que o empate em 0x0 tenha sido o melhor placar possível para nós.

0661b16d1cb42bf4fc.png

 

O empate com o Juazeirense nos deixava em situação delicada: CSA tinha 11 pontos e liderava, seguido por Juazeirense e nós, com 8 pontos, mas o time baiano tinha a vantagem do saldo de gols e enfrentaria o Miguelense em casa, que era o lanterna zerado. Pra passarmos de fase, precisaríamos vencer o CSA por 3 gols de diferença pra não depender do resultado (impossível) na Bahia.

E sem surpresa alguma, não conseguimos vencer o CSA. Na verdade, com muito sacrifício conseguimos vencer por 1x0, graças a estrela de Bonjesus, já no fim de um jogo em que fomos amassados pelo adversário. O placar mínimo já era um milagre.

075961e0c9a61673fe.png

Mas algo incrível aconteceu. Lembram do jogo da Juazeirense, então...

Eles venceram por 2x0 sem grandes dificuldades e a gente estava mesmo desclassificado. Vai ficar pra 2042 tentar subir de novo.

 

089eb5df7d652cf180.png

A grande verdade é que julguei muito mal o grupo, achei que seria um grupo aberto para todos, porém o Miguelense nunca teve qualquer chance, e apesar de termos conseguido o mesmo número de pontos que o CSA e o Juazeirense, eles tem de fato mais time que nós, ou seja: Operamos milagres. Caímos no grupo mais difícil possível e só tenho a parabenizar os jogadores pelo empenho e dedicação.

 

09456829d7d29e512b.png

E por falar em elenco, alguns pontos positivos. Nivaldo foi contratado por empréstimo da Juventus da Mooca e fez bons jogos. O contrato do arqueiro com o moleque travesso acaba no fim do ano e eu com certeza tentarei contratá-lo em definitivo. Bruno Paulo segue sendo relevante no setor defensivo, chegando já a quase 150 partidas pela equipe. José Márcio e Luis Gustavo foram sólidos e tentarei mantê-los para a próxima temporada também, já que o contrato deles termina no fim da temporada. Buru, conseguiu render mesmo remanejado para a ponta-esquerda, mas foi Bonjesus quem brilhou na temporada, com 10 gols marcados em 15 jogos. Uma pena que seja pouco provável que o Cruzeiro aceite novo empréstimo, porém tentaremos.

Mas claro, estou pensando no planejamento sem saber da minha própria vida. Meu contrato com o clube vai até o fim do ano, logo, preciso ainda saber o que o presidente vai querer comigo. Mas acho que a renovação por mais um ano acontecerá de forma natural, já que a campanha do clube não foi ruim. Aliás, a grande verdade é que não temos jogado mal, mas falta sempre algo. Isso é preocupante no longo prazo.

- E agora, Mac, qual vai ser o cliffhanger da história?
- Que isso?
- Ah, quando a gente fala algo e o pessoal fica imaginando o que vai acontecer na próxima atualização.
- Tá drogado, seu maluco?
- Caraca, tu não entende nada de história ein.

Enquanto discutia com o maluco do Digão, alguém bateu a porta. Estranhei pois não costumo receber visitas. Ao abrir a porta, a mulher do bar estava na minha frente, com olhar sério, cara de pouquíssimos amigos. Sem nem perguntar, já foi entrando. Assim que fechei a porta, ela falou:

- É o seguinte, eu estou grávida de você e eu sou casada. O que vamos fazer?

aaa5cdaafc7e47e6825.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peepe

HAHAHAHAHAHAHAHA mas o Mac entrou numa enrascada hein, agora tem motivação pra ganhar o Estadual e se refugiar em algum buraco longe do novo filho. Se o Ratinho ainda for vivo, a chance de revelar a paternidade num Teste de DNA é ótima.

Quanto aos resultados, vergonha atrás de vergonha. Eu não sei como ainda não foi demitido... Esse estadual é mais do que obrigação, até pra se livrar de Alagoas de uma vez

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Ih rapaz...achei que ia subir direto mas não deu. Prevejo mais um tempinho nas Alagoas ainda. Vai seguir no ASA ou pensa trocá-lo por um rival local?

E empacou na vida pessoal também, com mais essa bomba na vida do Mac. Só falta descobrir que a mulher é casada com um mafioso russo. Ou com um traficante mexicano, o que tornaria a história ainda mais dramática.

Share this post


Link to post
Share on other sites
jeanslay

Mac nao se cria mesmo. Uma vida conturbada dentro e fora de campo. Achava que a família era o ponto fraco do Mac, mas agora, sem ngm, ta passando por dificuldades. E pra melhorar arruma outra família. E de assustar como o sujeito é imã de confusão kkkkk. 

Agora parafraseando o meme famoso das pags de shitposting futebolístico do instagram: Pode Mac comedor de esposas? Kkkk

Boa sorte na sequencia Marcio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neyguaín

Está preso no Asa de águia. Agora, Elliot bêbado novamente e transando: o tio tá on. 

Que vacilo hein jovem? Tá mais certeiro que o Bonjesus.

E, Digão, tem que melhorar essx vocabulárix aí. Não se refira a elxs como gostosx. Ainda em dúvida se é x ou @ que usa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

Pode acusar a sujeita de estupro de vulnerável dada a sua condição etílica, estelionato emocional é falsa identidade pela omissão do cabra  chifrudo, quem sabe ganha alguma coisa no juízo, pq no ASA tá difícil.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Ih, rapaz. A coisa está feia em Arapiraca. Será que Mac vai conseguir se manter no cargo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89
Em 03/09/2020 em 22:35, Peepe disse:

HAHAHAHAHAHAHAHA mas o Mac entrou numa enrascada hein, agora tem motivação pra ganhar o Estadual e se refugiar em algum buraco longe do novo filho. Se o Ratinho ainda for vivo, a chance de revelar a paternidade num Teste de DNA é ótima.

Quanto aos resultados, vergonha atrás de vergonha. Eu não sei como ainda não foi demitido... Esse estadual é mais do que obrigação, até pra se livrar de Alagoas de uma vez

E quando o Mac não entra em enrascada? Agora ele vai ter que lidar com o exame de DNA, afinal de contas se você nasceu no Brasil e não passou pelo DNA do Ratinho, você viveu errado.

Demitido o Mac quase foi (diz a lenda que numa linha do tempo alternativa, Mac está neste momento treinando a Bolívia HAHAHHA), mas me parece que os dirigentes foram bonzinhos e lhe deram uma última chance. A intenção é aproveitá-la.

Valeu!

 

Em 04/09/2020 em 06:02, Tsuru disse:

Ih rapaz...achei que ia subir direto mas não deu. Prevejo mais um tempinho nas Alagoas ainda. Vai seguir no ASA ou pensa trocá-lo por um rival local?

E empacou na vida pessoal também, com mais essa bomba na vida do Mac. Só falta descobrir que a mulher é casada com um mafioso russo. Ou com um traficante mexicano, o que tornaria a história ainda mais dramática.

Realmente não deu. O pior é que nem foram jogos ruins, mas a classificação não veio, e por fim, não veio mais por azar do que por outra coisa.

Seguirei no ASA, só saio daqui demitido hahaha. Quanto a mulher, ainda tem muito pano pra manga nessa história. Pior pro Mac. hahaha

Valeu!

 

Em 04/09/2020 em 15:31, jeanslay disse:

Mac nao se cria mesmo. Uma vida conturbada dentro e fora de campo. Achava que a família era o ponto fraco do Mac, mas agora, sem ngm, ta passando por dificuldades. E pra melhorar arruma outra família. E de assustar como o sujeito é imã de confusão kkkkk. 

Agora parafraseando o meme famoso das pags de shitposting futebolístico do instagram: Pode Mac comedor de esposas? Kkkk

Boa sorte na sequencia Marcio.

O homem quando não tem ninguém pra aconselhá-lo, acaba fazendo merda. Bom, ele até tem Digão, mas ele e nada é a mesma coisa. hahaha

Rapaz, eu JURAVA que alguém faria a piada do comedor de casadas HAHAHAHA

Valeu!

 

Em 04/09/2020 em 22:13, Neyguaín disse:

Está preso no Asa de águia. Agora, Elliot bêbado novamente e transando: o tio tá on. 

Que vacilo hein jovem? Tá mais certeiro que o Bonjesus.

E, Digão, tem que melhorar essx vocabulárix aí. Não se refira a elxs como gostosx. Ainda em dúvida se é x ou @ que usa.

Elliot de Santo Cristo, amém.

O certo seria usar o X, mas na verdade eu apoio que voltemos a usar o latim, era mais divertido.

 

Em 07/09/2020 em 10:54, Andreh68 disse:

Pode acusar a sujeita de estupro de vulnerável dada a sua condição etílica, estelionato emocional é falsa identidade pela omissão do cabra  chifrudo, quem sabe ganha alguma coisa no juízo, pq no ASA tá difícil.

Do jeito que o Mac é, se pá nem nos tribunais ele ganha nada. E tá arriscado se enrolar mais ainda. hahaha

 

Em 07/09/2020 em 14:05, Henrique M. disse:

Ih, rapaz. A coisa está feia em Arapiraca. Será que Mac vai conseguir se manter no cargo?

Até vai, mas com ressalvas 😂

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

- É o seguinte, eu estou grávida de você e eu sou casada. O que vamos fazer?

 

Golpe da barriga. Vai querer Pensão Alimentícia.Kkkkkkkkk. Pede ajuda ao Ratinho ou como está em 2041...Ajuda ao bisneto do Ratinho e faça um exame de DNA.KKKK

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89
Em 14/09/2020 em 17:49, LC disse:

- É o seguinte, eu estou grávida de você e eu sou casada. O que vamos fazer?

 

Golpe da barriga. Vai querer Pensão Alimentícia.Kkkkkkkkk. Pede ajuda ao Ratinho ou como está em 2041...Ajuda ao bisneto do Ratinho e faça um exame de DNA.KKKK

Se ela quiser pensão é o de menos, o problema é que do jeito que Mac é ferrado, vai saber o que vem por ai hahahah

A essa altura deve ser o neto do Ratinho mesmo 😂

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

A00567ace720b98e4a0.png

Capítulo 14.5 - Água mole, pedra dura...

<<--- Capítulo Anterior | Próximo Capítulo --->>

- Como assim o que vamos fazer?

Eu não fazia a menor ideia de como aquela mulher havia sido capaz de engravidar. Eu não tinha problema algum em assumir a criança, isso não era uma opção, eu simplesmente iria assumir. Meu problema era com Júlia, aquilo poderia destruir a minha já combalida vida amorosa. Entre conselhos esdrúxulos de Digão e gritos a polvorosa da mulher, eu decidi me manifestar.

- Como sabe que é meu mesmo, se é casada?
- Eu não transo com meu marido a meses, estava no bar para poder me divertir.
- E foi só comigo?
- Quem você pensa que eu sou, uma qualquer?
- Olha, sem querer te menosprezar mas não lhe conheço bem, não quero te julgar, só estou tentando entender.
- É seu, eu tenho certeza e é tudo o que precisa saber. Eu quero abortar.

Não é um choque para ninguém que em 2042 o aborto ainda é muito proibido no Brasil.

- Calma, tem certeza?
- Esse filho vai destruir minha vida, e com certeza a sua também.

Nesse momento ela apontou pra minha mão. A aliança ainda estava lá.

- Fui criado para arcar com as consequências de meus atos, isso não é um problema. Mas...
- Você é técnico, sei que ganha bem. Vou arrumar uma clínica e você paga os custos. Não quero esta criança!
- ...
- Eu já me decidi.
- Tudo bem então...

Fizemos então um acordo de boca para que aquele fosse nosso segredo. Nem prefeito nem a mídia saberiam daquilo, senão nossas vidas seriam desgraçadas.

A000069f6e6711e7f33e7.png

Minha vida era de completa incerteza no ASA. Após um ano bastante turbulento, a direção me intimou a conseguir 10 pontos nos próximos 5 jogos do estadual. Não conseguir isso significava a demissão imediata do clube. Alguns dias depois das premiações da Série D (onde Nivaldo foi nomeado o melhor goleiro da competição), nós tivemos uma conversa sobre a temporada de 2042. Decidi meter o louco e simplesmente prometi que venceria o estadual e que chegaria próximo de realocar o clube na Série C. Sinceramente, se houvesse a opção, botaria que seria campeão também. Eu estava realmente irritado com minhas condições, sei que os jogadores são bons, de fato o melhor elenco que já treinei, eu só tinha que organizar as ideias novamente.

 

A0232a165ed86545329.png

 

Claro que se eu queria passar o rodo em tudo, eu deveria ir ao mercado para contratar novos jogadores. O já citado Nivaldo não quis ser emprestado de novo para nós, decidindo tentar conquistar espaço no elenco da Juventus novamente. Já com 33 anos, achava pouco provável isso, mas não retruquei, a carreira era dele. Sendo assim, contratei o goleiro dispensado da Portuguesa, Merival. Sinceramente, o considero melhor que Nivaldo.

A03a67e7e9f7446adbd.png

 

Após passado uns dias, um empresário me ligou, falando que tinha 2 jogadores africanos, de seleção, pra me oferecer. Fiquei com um misto de curiosidade e receio, mas o recebi no clube para conversarmos. Após me mostrar a ficha e os DVD's dos rapazes, decidi dar meu aval para que a diretoria contratasse os dois.

A05b4e2a5f2d9ef9cfa.png

Eu particularmente gostei bastante do Cláudio Wikipédia, boa leitura de jogo, boa técnica para acertar passes, é resistente, tem força física... e nem é um jogador muito pesado. Acredito que o togolês pode fazer um bom trabalho.

A04cb4f4862d5a3e962.png

Touré é nome de craque, já dizia a lenda. Com a saída de Bonjesus (que igualmente a Nivaldo, foi tentar vaga no seu time), eu precisava mesmo de um bom atacante, já que Buru seguiria na ponta esquerda. Aqui, percebe-se que o cara não é um goleador, mas fazendo a função de apoiar ali centralizado, eu poderia inventar algumas coisas com os pontas.

Como Touré é constantemente convocado para a seleção senegalesa, decidi encontrar algum jogador que pudesse suprir sua ausência. Achei um jovem no Coritiba louco pra jogar, com capacidade para se tornar um jogador bem sólido no futuro.

A0648775fda26277514.png

O resto das contratações foram basicamente jogadores para completar elenco, então não vou ficar falando deles. Ainda veio mais um africano, um congolês pra tapar buraco da reserva na lateral direita.

Após reunir os jogadores, mandar os estrangeiros para os cursos de português e organizar a casa, começamos a pensar na temporada que se avizinhava.

- O ASA vai ganhar novamente o estadual.

A00085eb6358596e9484.png

E se eu estava empolgado, sabia que já começaríamos nossa caminhada pegando o CSA na primeira rodada. Como diz o ditado, quem quer ser campeão não escolhe adversário, só escolhe as armas. Com os africanos nas suas respectivas seleções, mandei Roberto para campo. Jogo fora de casa, sabia que os caras viriam fervendo e não deu outra: foi pressão atrás de pressão. Mas com aquela veia de oportunidade, o jovem Roberto abriu o placar, encontrando a oportunidade no lance improvável. O 1x0 se manteve até o final do primeiro tempo. No vestiário falei para os garotos se manterem focados, pois a qualquer momento eles poderiam acordar no jogo. Dito e feito, Rafael empatou logo na volta do jogo. Com Amaral virando o jogo já no fim, achei que estrearíamos perdendo, mas Buru buscou o prejuízo e deixou tudo igual no Rei Pelé. Destaque para Luís Gustavo, que deitou no jogo.

A08c55d9d6ee180449d.png

 

Depois disso, enfrentamos o Miguelense em casa, onde sem muitas dificuldades, vencemos por 3x1, onde o gol deles foi marcado por um jogador que dispensei no fim da temporada passada. Pra finalizar o mês de janeiro, pegamos o Dimensão Saúde, onde Roberto não quis saber da dimensão do adversário, destruindo totalmente a saúde dos jogadores adversários ao meter logo um hat-trick num 4x0 fulminante. Isso num jogo onde ficamos com menos um por mais de um tempo inteiro. (A saber, um uruguaio safado que havíamos contratado 3 dias antes).

A09132b7b1124c61b73.png

Aqui comecei a perceber que a tática, algo que os jogadores estavam penando para absorver, agora parecia assimilada. Ninguém barra meu tiki-taka! A essa altura já tinha 7 dos 10 pontos que precisava pra garantir meu emprego, mas um deslize contra o Penedense botou tudo a perder: Empatamos em 1x1 (Roberto mais uma vez nos salvou). Pra piorar, enfrentaríamos o CRB na tal quinta rodada. Os nervos estavam a flor da pele, eu estava nervoso, nem maracujina dava conta.

- Tá arrependido?
- Nem a pau Digão. Eu estou convicto.
- Parece que você tá é puto da vida por causa dos problemas com a mulher lá.
- Eu quero ir embora de Alagoas o mais rápido possível e esquecer que isso aconteceu.

Eu queria fingir demência, mas Digão sabe que eu fiquei afetado em ser pai de novo. Compreendo os desejos dela, mas bateu. E assim como bateu, eu queria bater em todo mundo. Dizem que o ódio é um combustível bastante motivacional.

Contra o CRB não quis inventar. Touré já estava a disposição, mas a aquela altura o time jogava bem e Roberto já tinha 6 gols em 4 jogos. Comigo joga quem tá bem. E apesar do garoto não ter marcado nesse jogo, Buru marcou, enquanto eles pararam na nossa defesa sólida. Foi o 1x0 mais suado da minha vida.

A10b1f64bb939c7c833.png

 

Com a meta atingida, seu Juraci me parabenizou, inclusive bastante satisfeito pela campanha invicta até aqui. Ficou tão feliz, que logo após eu conseguir os 11 pontos, ele me chamou para negociar um novo contrato.

A11b96c1f9db8062056.png

- Seu Juraci, meu contrato atual vai até o fim da temporada e eu quero ir embora assim que conseguir conquistar o estadual.
- Eu sei, sabemos de suas metas pessoais, mas queria te dar tempo para buscar este objetivo com mais calma.
- Ok, eu vou assinar, mas é uma mera formalidade, eu irei sair essa temporada.
- Se Deus quiser, Elliot!

Incrível como passei de "quase demitido" a "amado". Efeito Mac.

Completamos fevereiro vencendo o Comercial por 3x2 (um jogo difícil, onde novamente tomamos gol de um jogador dispensado por nós) e sapecando uma goleada homérica de 6x1 no Murici Ramalho.

A138a6f8579a45b82e6.png

Preciso destacar que o rapaz Wikipedia desde que voltou da seleção, vem fazendo jogos incríveis pela equipe.

A essa altura já estávamos classificados para as semifinais do campeonato, então a diretoria escolheu o jogo contra o Santa Rita para impulsionar as vendas de ingresso. E apesar de apenas empatarmos em 0x0 (jogamos com os reservas), os torcedores cantaram o tempo todo, tornando a iniciativa um grande sucesso.

 

A16327e5c309d17bf1f.pngFomos muito bem na primeira fase, com um saldo de gols quase melhor que o do CRB. Se não fosse os tropeços com empates contra times mais medianos, poderíamos ter terminado em primeiro, já que até o CRB nós vencemos. Mas não havia tempo para lamentarmos isso, se é o CSA que a gente precisa enfrentar, então será o CSA. Fizemos bons jogos, então eu sei que somos capazes.

 

 

 

 

 

 

O primeiro jogo seria no Rei Pelé e eu já esperava a habitual dificuldade, sobretudo por Roberto ter se contundido por 6 dias. Ao menos estaria disponível para o jogo de volta. E apesar de Merival ter feito um baita jogo, não fomos capazes de impedir a vitória deles. Pelo menos foi só por 1x0, o que facilitaria para o jogo de volta.

A17f8b19522df903a68.png

 

O jogo de volta começou tenso, diria até que bastante pegado. A equipe entrou tensa, errávamos alguns passes, mas na base do esforço, Guilherme Leoni abriu o placar pra nós. O resultado por si só já nos garantia nas finais, mas Roberto ampliou ainda no primeiro tempo, numa melhora abrupta da nossa equipe. Durante 10 minutos, chutamos 5 vezes a gol, massacrando o pobre goleiro alvianil. E se já tava bom meter um gol no primeiro tempo, logo na saída de bola Roberto tratou de ampliar mais ainda. 3x0.

- Cara, tu esperava essa imponência toda?
- Nem em sonho Digão. Achei que dava pra vencer, mas 3x0 a essa altura é demais.
- Tá falando com quem, professor?
- To falando no ponto eletrônico com um amigo.

A melhor desculpa que já inventei. Nunca mais passo por doido.

Enquanto estava distraído, Janduir entrou no jogo e tão logo entrou, diminuiu para o CSA. As coisas ficavam perigosas, de repente eles começaram a nos sobrecarregar, e tal como fizemos, eles aumentaram a pressão e fizeram Merival trabalhar bastante. Felizmente nosso arqueiro estava com as mãos em dia, não deixando passar nem peido.

Quando o jogo já se encaminhava para o fim, com nossa classificação sacramentada, Buru simplesmente tacou 2 pás de cal no CSA: meteu 2 gols nos acréscimos, um inclusive foi uma pintura que se não ganhar o Puskás, eu me rebelo contra a FIFA e jamais aceitarei nenhum cargo deles.

A187affc4388fada3b0.png

Sim meus amigos, metemos 5x1 no CSA em plena semifinal. O presidente ficou tão doido que eu achei que ele ia infartar.

No dia seguinte e surpreendendo um total de 0 pessoas, o CRB também se garantia nas finais, mas o medo de tropeçar no fantasma era demais. Os jornais estampavam nossos jogadores, a mídia estava efusiva, só falavam do retorno de Elliot à sua velha forma. Eu nunca perdi a forma, eu só perdi o foco.

Apesar de estar bastante confiante, o CRB ainda tinha melhores jogadores que nós. A mais de 20 anos estão consolidados na Série B, chegando a participar 2x da Série A. Não seria fácil, mas se nós vencemos no primeiro turno, então tudo era possível. E para surpreender o rival, decidi fazer algo que pouco faço: Mudei a tática. Bom, não exatamente a tática, mas construí a equipe para se defender e buscar o resultado na base dos contra-ataques. Apostaria na velocidade dos meus laterais e na capacidade de definição dos meus pontas.

Chegava então o dia do primeiro jogo. O estádio estava infernalmente lotado, eu nunca havia visto aquilo, mais de 12 mil pagantes se amontoando para nos ver. O estádio sempre fica com metade da capacidade, mas a empolgação em talvez ver o ASA campeão novamente após 7 anos era tamanha que Arapiraca parou. Lembro de ouvir um carro noticiando morte de político famoso e um rapaz gritando na rua "QUEM LIGA PRA LADRÃO MORTO EU QUERO É O FANTASMA CAMPEÃO".

Fantasma. Eu sempre me perguntei o que havia me levado a assumir o ASA. Um clube com essa alcunha vinha a calhar para alguém que fala com os mortos.

E graças a Deus não desapontamos os torcedores. Fomos amassados, mas nem todo o volume de jogo do adversário foi suficiente para impedir que Charles Henriquepédia marcasse 2 golaços (1 de bola parada). Sim, os contra-ataques não funcionaram, mas quem liga? Vencemos de 2x0 e o problema seria todo deles pro próximo jogo.

A1904e2286ec3d74284.png

 

E se eu achava que o primeiro jogo havia sido penoso, eu não sabia o que nos esperaria no jogo de volta. O CRB simplesmente entrou querendo nos destruir. Após a mídia fazer chacota com os caras... bom, estava eu em casa fazendo uma omelete de queijo, e enquanto eu batia os ovos, via na TV a coletiva de Arthur Gazze. Treinador jovem, 42 anos, se aposentou jogando pelo America do Rio. Treinou Portuguesa, ABC, Macaé e agora o CRB. Acho que se deixou levar pelo calor do momento.

- Está preparado para enfrentar o ASA?
- Estou preparado para vencê-los. Sei que temos mais do que capacidade de ultrapassar esta dificuldade.
- O que acha de Elliot? Ele tem objetivos exóticos, não concorda?
- Eu acho que isso é apenas um personagem, tal como Renato Gaúcho era. Ele é apenas um fanfarrão, na minha época de jogador eu joguei com alguns rapazes treinados por ele e posso confirmar que ele nunca foi bem visto. É só um treineiro que vence na base do grito.
- Tem algum...
- Inclusive esse maluco tem a vida toda virada pro alto. Veja só como é a vida pessoal dele. Eu tenho é pena dele.

Dei um sorriso de canto enquanto continuava batendo os ovos no prato. Olhei para Digão e falei:

- Eu disse que ia vencer esse campeonato.
- É... agora eu acredito.

Chegado o dia do jogo, mandei os rapazes para o aquecimento. Enquanto conversava com a comissão técnica, Júlia me ligou.

- Oi meu bem, hoje é a final do campeonato, não posso demorar.
- Eu sei meu bem, só quero lhe desejar boa sorte.
- Ah... assim eu fico sem graça.
- Planejo voltar para o Brasil em breve, tirar umas férias com você. Está cansativo aqui na Europa, tenho algumas pistas, gostaria de falar sobre esse tempo que passei aqui.
- Podemos ver isso sim. Agora eu vou desligar, eu te amo, viu?
- Fazia tempo que não me dizia isso. Também te amo, e boa sorte!

A consciência pesou um pouco, mas eu tinha algo mais importante naquele momento para lidar.

Tão logo o jogo começou, o CRB começou a pressionar. E quando eu digo pressionar, eu quero dizer que a gente nem respirava. Nós só tínhamos tempo de defender, jogar pra escanteio, isolar a bola, abafar na base do tapão, e isso por que eu decidi entrar com um zagueiro extra fazendo papel de líbero. Eles estavam realmente insanos em campo, metiam uma troca de passes na nossa cara que nos deixava malucos. Só no primeiro tempo Merival operou 3 grandes milagres, sendo fuzilado à queima-roupa e se esticando todo.

Conseguimos manter o empate no primeiro tempo, mas eu imaginava que era questão de tempo deles abrirem o placar. Fechei um pouco mais o time e fui conversar com eles. Mas antes que eu me pronunciasse, Roberto puxou coro:

- Chamaram o professor de treineiro, de que nenhum jogador gosta dele. Se ele não tivesse me trazido para cá, eu não jogaria e não saberia das minhas qualidades. Devo tudo ao professor. E eu sei que todo mundo aqui gosta dele. Buru conversou comigo na concentração que já quase abandonou o clube várias vezes, mas que seguia acreditando na equipe por causa dele.
- Sim, o técnico lá só quer desestabilizar o grupo.
- Vamos voltar pra campo e vencer isso!

Pela primeira vez em mais de 20 anos de carreira, eu nem precisei dizer nada.

O panorama no segundo tempo não mudou: massacre. Era bola enfiada de tudo quanto é maneira na nossa área, mas com muita competência nossos zagueiros faziam todo o trabalho sujo da forma que podiam. E quando não dava certo, Merival salvava. Não importava a pressão do CRB, a cada bola afastada eu ouvia gritos de guerra dentro de campo, como se eles quisessem provar que eram capazes.

E foram. Fomos campeões.

A20315dd82c06926ada.png

 

A mídia fez até questão de ressaltar a improvável reversal russa que eu meti em todos, saindo do quase desemprego ao título. A campanha na reta final foi simplesmente brilhante, mesmo com a derrota no primeiro jogo para o CSA.

A217d0091b1813283f0.png

 

Meu, os jogadores foram simplesmente fantásticos. Mas se tem um cara que se sobressaiu acima dos outros, mesmo que pouca coisa, é o Roberto. 17 anos, garoto, mas com uma personalidade difícil de se encontrar por aí. E claro, foi artilheiro, revelação, melhor jogador do campeonato e presente no time do campeonato.

A24d8ac61349cc5e02e.png

 

A290daeca2eacabc6cb.png

Foram muitos gols. Quase 10 gols a mais que o CRB, que supostamente deveria sobrar no campeonato.

Na festa de comemoração, o presidente se aproximou pra me abraçar, tirar fotos, aquelas coisas de cartola. Aí eu disse:

- Falei que não precisava renovar meu contrato!
- Tudo bem, mas você fica pra Série D, né?
- Com certeza. Mas bem que você podia liberar uma verbinha pra eu tirar uma formação melhor de treinador, né?
- To sem grana, tchau.

Ô muquirana... acabou de assinar um contrato com o Corinthians e me mete que tá sem grana.

- É Mac, quem diria, campeão estadual ein?
- Foi difícil...
- Só não foi mais difícil que o Marcio tentando arrumar emprego depois da sua demissão.
- Que?
- Sabe não? Numa realidade alternativa, você ficava de férias no Rio e esquecia de atender o telefone. O presidente não te encontrava e mandava a demissão por e-mail. Daí você ficava 4 anos desempregado, ia parar num time louco da Bolívia, largava os estaduais...
- Que viagem é essa, cara?
- Até treinador da seleção boliviana tu virava!
- Ah beleza, então você tá dizendo que esse cara aí que me fez acordar e ver o telefone tocando?
- Justamente sim.
- Você é doido, Digão.
- Sim, e o Marcio deu reload por que é burro. Mas e a Júlia?
- O que tem ela?
- Já sabe que desculpa dar quando estragar tudo?
- Seu otimismo me comove.

aaa5cdaafc7e47e6825.jpg

 

Spoiler

- Pera, não vai ter nenhum cliffhanger dessa vez não?
- Eu não, as vezes é bom uma história acabar bem, né? O cara acabou de ser campeão.
- Calma, quem é você?
- Eu sou você.
- Ah tá. É melhor eu começar a tomar rivotril.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peepe

Fico feliz que o Elliot tenha saído literalmente do coma, é bom vê-lo de volta sem precisar fugir para a Bolívia.

Enfim, campeão! Jogar a Série D talvez seja uma boa para ganhar reputação e conseguir a vida um pouco mais fácil no próximo estado, e pensando por esse lado, acho que o ideal é chegar ao Mato Grosso pelo baixo nível dos times e a facilidade em arrumar emprego por lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

ihhh, ta misturando o Mac com o Emilio! Esse negocio de 2 saves é difícil mesmo!

Ia zoar que precisava assumir o CRB para sair de Alagoas, mas no fim deu certo, benditos Roberto e Merival!

Confesso que não sei se encararia a série D. Depois de tanto perrengue, provavelmente não. Mas como os garotos se esforçaram pelo treineiro, seria sacanagem largá-los na mão de alguem mais competente né? 🤣

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neyguaín
Em 03/10/2020 em 04:30, marciof89 disse:

Dimensão Saúde

Essa é a dimensão da saúde brasileira.

Iria entrar na questão do aborto, mas foi apenas denunciar o crime.

 

Estou em dúvida se Eliott é representado por esta imagem:

20 situações que só quem fala sozinho vai reconhecer

Detalhe para Digão sendo carregado pelo novo personagem (talvez o Thiago) lá no fundo.

 

Ou essa:

 

Crítica | Fragmentado (M. Night Shyamalan, 2016) - Plano Crítico

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nacho Libre

Eita porra, ele resolveu fácil a questão da criança kkk

Baita título de redenção, bota no currículo e vqv

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

kkkk, o Digão dando um mergulho!

Se fosse com a estatua da Brigitte Bardot poderiam estar em Búzios.... 🙈

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

No fim a aposta mais alta e a confiança na capacidade do elenco deram resultado, ótimo. Quando vi colocar as expectativas no máximo achei que a vaca ia pra Bolívia...digo...pro brejo.

Vai ser uma Série D já em clima de despedida, mas ainda é melhor que ficar desempregado no meio da temporada né. E depois, quais os planos? Tem mudança de pirâmide, não tem - quais são os prováveis próximos estados?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
jeanslay

Campanha fantástica cara! Soube jogar com a vantagem e o time mostrou maturidade, mesmo o craque tendo 17 anos. Se fosse um save de sequencia, tinha um trabalho promissor nas mão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89
Em 03/10/2020 em 10:20, Peepe disse:

Fico feliz que o Elliot tenha saído literalmente do coma, é bom vê-lo de volta sem precisar fugir para a Bolívia.

Enfim, campeão! Jogar a Série D talvez seja uma boa para ganhar reputação e conseguir a vida um pouco mais fácil no próximo estado, e pensando por esse lado, acho que o ideal é chegar ao Mato Grosso pelo baixo nível dos times e a facilidade em arrumar emprego por lá.

Nossa, tava difícil já. O pior é que realmente, o que faltava era sequência, pq o time no papel é o melhor time que eu já treinei, tem ótimos valores, só não tava se encontrando nem a pau hahahah

É, eu to na ideia de tentar um time do Mato Grosso, ou Pará ou RN. São os 3 estados mais "fracos" que eu ainda posso assumir um time (no caso, que não tenha times frequentando a Série A ou consolidados na B). Senão ferrou hahahaha

Valeu Peepe!

 

Em 04/10/2020 em 15:03, Andreh68 disse:

ihhh, ta misturando o Mac com o Emilio! Esse negocio de 2 saves é difícil mesmo!

Ia zoar que precisava assumir o CRB para sair de Alagoas, mas no fim deu certo, benditos Roberto e Merival!

Confesso que não sei se encararia a série D. Depois de tanto perrengue, provavelmente não. Mas como os garotos se esforçaram pelo treineiro, seria sacanagem largá-los na mão de alguem mais competente né? 🤣

Imagina, bipolar, médium e comedor de casadas. Elliot polivalente

Roberto foi a contratação mais louca do save. Contratei pra ser reserva e terminou o estadual como titular máximo. Muleque é bola demais. E Merival, que goleiro... mas te falar, o CRB deu sufoco pra cacete, se eu não entrasse com o time na defensiva, eu apanhava.

hahahah que vacilo, o treineiro só tinha perdido um pouco a mão, mas o elenco realmente é bom. Desde que caí da C eu falava que esse elenco aí era melhor do que isso (tanto que vários times da B tentam tirar jogador nosso), não sei qual milagre opero pra eles continuarem no ASA. Mas a Série D vai ter surpresas. hahaha

Valeu André!

 

Em 06/10/2020 em 14:35, Neyguaín disse:

Essa é a dimensão da saúde brasileira.

Iria entrar na questão do aborto, mas foi apenas denunciar o crime.

 

Estou em dúvida se Eliott é representado por esta imagem:

20 situações que só quem fala sozinho vai reconhecer

Detalhe para Digão sendo carregado pelo novo personagem (talvez o Thiago) lá no fundo.

 

Ou essa:

 

Crítica | Fragmentado (M. Night Shyamalan, 2016) - Plano Crítico

A história de Digão vai atingir um ápice que jamais vimos neste save, aguarde.

É sempre importante denunciar os problemas da sociedade brasileira, mas o Mac jamais deveria ter batido no SUS.

(talvez eu tenha rido da foto do Digão mergulhando)

 

Em 07/10/2020 em 12:44, Nacho Libre disse:

Eita porra, ele resolveu fácil a questão da criança kkk

Baita título de redenção, bota no currículo e vqv

HAHAHHAHAHAHA ele não né, ela. Ele só assistiu 😂

Título gigante (e dificil), agora é terminar a Série D e meter o pé de Alagoas, que senão o Mac morre hahahah

Valeu Nacho!

 

Em 07/10/2020 em 13:59, Andreh68 disse:

kkkk, o Digão dando um mergulho!

Se fosse com a estatua da Brigitte Bardot poderiam estar em Búzios.... 🙈

Rapaz eu de uma risada dessa foto...

Próximo crossover vai ser a estátua de Brigitte (que a essa altura já deveria estar muito da morta) falando com Elliot

 

Em 08/10/2020 em 07:43, Tsuru disse:

No fim a aposta mais alta e a confiança na capacidade do elenco deram resultado, ótimo. Quando vi colocar as expectativas no máximo achei que a vaca ia pra Bolívia...digo...pro brejo.

Vai ser uma Série D já em clima de despedida, mas ainda é melhor que ficar desempregado no meio da temporada né. E depois, quais os planos? Tem mudança de pirâmide, não tem - quais são os prováveis próximos estados?

Eu botei as expectativas no máximo pq eu tava de saco cheio do estado, confesso HAHAHAHHA, e como eu não quero pedir demissão antes de título, era uma chance da direção me mandar embora se desse merda mesmo. No fim eu conquistei o título que eu sempre soube que era possível, mas que por algum motivo faltava algo.

Mudança na pirâmide ainda não está nos meus planos. Como falei ali em cima com o Peepe, a ideia é tentar buscar um clube entre Pará, Mato Grosso ou RN, pois são estados que ainda tem times "fracos" e dá pra correr atrás do estadual mesmo com uma equipe dita inferior. E tentar fazer o curso pra melhorar como treinador, né, pq tá difícil hahahah

Mas antes tem a Série D, e tem surpresas nela.

Valeu!

 

1 hora atrás, jeanslay disse:

Campanha fantástica cara! Soube jogar com a vantagem e o time mostrou maturidade, mesmo o craque tendo 17 anos. Se fosse um save de sequencia, tinha um trabalho promissor nas mão.

Valeu Jean! Foi uma mescla né, o craque improvável de 17 anos e os caras mais maduros segurando o time.

Eu vou sair do time agora no fim da Série D, mas o ASA já é o time que eu mais lamento de largar. Tem uma base sólida demais, com esse time aí dá pra chegar na Série B tranquilo com poucas alterações. Mas como o foco não é ganhar brasileiro e sim estadual, vou ter que ir pro próximo galho hahahha

Valeu pelo comentário!

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini

Que baita momento do Elliot no título alagoano. Merecido e agora vai voltando à velha forma, espero que seja o bastante para romper a barreira e atingir os estaduais mais qualificados, trazendo o save para uma nova fase. 

Tô curtindo a ficção, curioso para ver qual será o desenrolar dessa história. E dá próxima vez, cuidado, comedor de casadas sempre sofre hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Grande reviravolta na carreira do Mac nesse momento delicado, saindo da provável demissão para conquistar mais um estadual. Fico feliz que vá continuar na Série D, já que você gosta de meter o pé. O próximo nível já é acessível com sua atual carreira ou vai ficar dependendo de um milagre com a licença de treinador atual?

Share this post


Link to post
Share on other sites
lucaspmartins

Demorou, eu finalmente me lembrei que eu tinha conta aqui mesmo só me manifestando no Facebook e eu demorei uma cota pra ficar em pé com o save. Parabéns. É a primeira vez que eu manifesto nesse espaço e é pra bater palma de pé pra esse texto e save maravilhosos. Eu juro que teve momento (em especial o Old Risek) em que eu tive que parar se não eu ia pro hospital, no meio de uma pandemia, com falta de ar. Que bom ver o nosso querido Elliot segue e segue fazendo o que faz de melhor: Papando medalhas.

Que as santíssimas habilidades de Edson Arantes do Nascimento guardem o inglês mais brasileiro de todos os tempos na sua viagem. E aguardo I M P A C I E N T E M E N T E (e já até imaginando em que espaço da RMF (veja bem, RMF) ele vai dar o ar de seu fish 'n tips) o que vai acontecer no meu estadinho, o estado cuja capital e Fortaleza (nome de rival não se invoca).

P.S.: A aventura com a mulher nova se resolveu rápido demais. E como diria o sábio:
 

Citar

Minhas anteninhas de vinil estão captando a presença do inimigo



 

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89
Em 12/10/2020 em 15:28, #Vini disse:

Que baita momento do Elliot no título alagoano. Merecido e agora vai voltando à velha forma, espero que seja o bastante para romper a barreira e atingir os estaduais mais qualificados, trazendo o save para uma nova fase. 

Tô curtindo a ficção, curioso para ver qual será o desenrolar dessa história. E dá próxima vez, cuidado, comedor de casadas sempre sofre hahaha

É o que eu espero também, não que Alagoas não seja um baita estado pro futebol, mas eu to ansioso para chegar o momento onde vou assumir um time de massa mesmo. Mas ainda faltam alguns estados bacanas pra explorar antes disso. Mato Grosso por exemplo, to tentando e nada de abrir brecha por lá hahaha

A ficção vai atingir uma altura meio maluca agora. Mas eu acho que ela sempre foi maluca, né?

Valeu Vini!

 

Em 13/10/2020 em 10:05, Henrique M. disse:

Grande reviravolta na carreira do Mac nesse momento delicado, saindo da provável demissão para conquistar mais um estadual. Fico feliz que vá continuar na Série D, já que você gosta de meter o pé. O próximo nível já é acessível com sua atual carreira ou vai ficar dependendo de um milagre com a licença de treinador atual?

Eu até gosto de sair assim que acaba a campanha, mas eu acho que ficando mais tempo, eu tenho chance de tentar pedir por uma licença de treinador (spoiler: não consegui). De qualquer forma, jogar a Série D é sempre interessante e é minha obrigação moral tentar pelo menos levar o ASA de volta praonde os encontrei, que foi na Série C.

Sobre o próximo nível, tá difícil, mas ao fim da participação do ASA na Série D eu consegui ir para um time bem interessante.

Valeu Henrique!

 

16 horas atrás, lucaspmartins disse:

Demorou, eu finalmente me lembrei que eu tinha conta aqui mesmo só me manifestando no Facebook e eu demorei uma cota pra ficar em pé com o save. Parabéns. É a primeira vez que eu manifesto nesse espaço e é pra bater palma de pé pra esse texto e save maravilhosos. Eu juro que teve momento (em especial o Old Risek) em que eu tive que parar se não eu ia pro hospital, no meio de uma pandemia, com falta de ar. Que bom ver o nosso querido Elliot segue e segue fazendo o que faz de melhor: Papando medalhas.

Que as santíssimas habilidades de Edson Arantes do Nascimento guardem o inglês mais brasileiro de todos os tempos na sua viagem. E aguardo I M P A C I E N T E M E N T E (e já até imaginando em que espaço da RMF (veja bem, RMF) ele vai dar o ar de seu fish 'n tips) o que vai acontecer no meu estadinho, o estado cuja capital e Fortaleza (nome de rival não se invoca).

P.S.: A aventura com a mulher nova se resolveu rápido demais. E como diria o sábio:
 

Fala Lucas, beleza cara?

Po, obrigado pelas palavras, fico até sem jeito! hahaha a parte do Rizek até eu queria rir quando digitei 😂 mas fico bastante feliz com esse feedback seu, espero que continue aparecendo por aqui, não só no meu save mas nos dos colegas da área, tem várias histórias muito boas por aqui!

Nosso amigo de sangue britânico em terras tupiniquins quase (mas olha, QUASE) foi para o inominável por ti, mas outro time fez uma proposta de emprego antes e ele acabou abandonando o Ceará. Será que foram os Deuses do futebol tramando para que o caminho de Mac seja no Fortaleza? Sei que em breve passarei pelo estado, pois ele está no nível atual, inclusive é um dos locais onde estou ansioso para visitar.

Sobre essa aventura da mulher do prefeito: Calma que Mac ainda não foi embora de Alagoas hahaha

Mais uma vez, obrigado pelo comentário, e seja bem-bindo a PM!

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

do-oiapoque-ao-chuic5112de6dc089902.png

Capítulo 14.6 - Voa, fantasma.

<<--- Capítulo Anterior | Próximo Capítulo --->>

E cá estava eu, para mais uma Série D. Eu já ganhei uma vez, já faz tempo né? Foi com o Serra em 2000 e alguma coisa. Guardo com muito carinho aquela conquista, apesar de não guardar com tanto carinho a minha passagem pelo Espírito Santo em si. Tantas coisas aconteceram, perdi meu amigo, perdi um filho, perdi a esposa... tudo o que se possa imaginar. Daria até um livro, saca? As vezes eu penso mesmo que sou apenas um personagem vivo no meio de uma história, como se alguém digitasse por mim meus atos, minhas falhas, meus problemas...

- Sim Mac, é o Marcio digitando.
- ATÉ MEUS PENSAMENTOS VOCÊ VAI INVADIR?
- Você tá falando em voz alta no meio da sala, tá maluco?
- Devo estar.

013abcae25a5e5d2be.png

Esse ano Alagoas estaria ao lado do Acre no mesmo grupo. Além do tradicional e já esperado CSA, enfrentaríamos também o Rio Branco (atual campeão estadual) e o Atlético (atual vice). Acredito que todos os 4 times tenham níveis semelhantes e entram candidatos a não só passar de fase, como à promoção. Esse é inclusive um dos pontos a se refletir com a Série D, grupos desbalanceados. Mas como não invento as regras, eu só jogo o jogo.

Nossa primeira partida foi em casa, contra o Atlético. E logo de cara Luis Gustavo marcou o primeiro, aos 8'. Ele mesmo ampliou aos 17', o que me fez pedir para os garotos administrarem mais o jogo. Nesse momento o Atlético até cresceu, arriscando mais e inclusive impondo um maior volume de jogo, o que acarretou em chances criadas. Infelizmente pra eles, nós conseguimos ampliar mais o placar com Guilherme Leoni. Só no finzinho que eles marcaram um gol cagado.

0190da8d0eb57392d3.png

 

Nosso segundo compromisso foi contra o CSA, que estava bem mordido após a goleada categórica que aplicamos nas semis do estadual. O primeiro tempo até foi bem aguerrido, jogo aberto para os dois lados, muitos chutes desperdiçados. Infelizmente para o CSA, no segundo tempo nós voltamos com sangue nos olhos e goleamos novamente o rival, agora por 3x0. Menos sonoro, mas bonito de se ver.

02a16025d31c6e0028.png

 

Daí vieram 2 confrontos contra o Rio Branco. O primeiro foi em casa e não conseguimos nada além do que um empate em 0x0 sem muita emoção para ambos os lados. O segundo jogo na casa deles também foi bem sem graça, mas pelo menos Roberto achou o golzinho no meio disso tudo e nos garantiu a liderança do grupo com 10 pontos. E pra não perder o costume, vencemos de novo o CSA, agora por 2x1 em casa num jogaço de futebol bastante equilibrado, com direito a golaço do meio da rua de Carlinhos Wizguipédia.

04de2b1f3f90c2c2bb.png

 

Com o time já classificado para a próxima fase, escalei os reservas pra dar um descanso aos titulares. Perdi por 1x0, mas ainda dei um pouco de trabalho ao Atlético. O resultado só foi ruim para nossa colocação geral no campeonato, pois quase terminamos com a melhor campanha da primeira fase. Era só vencer. Destaque para o fiasco do CSA no grupo. Outros times que eu já havia treinado no passado também disputaram a primeira fase, como o Lagarto-SE, o Comercial-PI e o Ypiranga-AP, mas nenhum desses conseguiu passar da primeira fase.

05eabbcd59aa624ae8.png

 

Enquanto isso, Alioune Touré é o ASA na Copa do Mundo.

1592d55581c640442d.png

 

- O time tá voando! Elliot é milagroso! Como joga bonito!
- Tá vendo Mac, olha como eles falam de você! Eles te amam!
- Nem parece que até ano passado eu não prestava mais... Aliás Lúcio, como anda minha popularidade, algum time interessado em me contratar, algo do tipo?
- Nada. Seu trabalho está sendo visto, mas não vem acontecendo muitas mudanças nos clubes, o que eu acho até estranho.
- Estou preocupado com o futuro da minha carreira, não consigo estudar pois o presidente não deixa, e sem estudos as chances vão ficar mais escassas.
- Vai fazendo seu trabalho que se pintar algo, eu tento te encaixar. Fica calmo.

Lúcio nunca me inspirou muita confiança, mas o trabalho dele como "empresário" não era de todo ruim. Digo, ele me meteu em algumas furadas, mas ele é bem fiel a minha proposta. Isso conta muito. Após alguns dias, o sorteio dos 16 avos foi definido. Fomos eu e o presidente para a cerimônia de sorteio na CBF. Terno e gravata são indumentárias que não costumo aderir, mas era necessário. Lá, de cara já fomos sorteados, e o nosso adversário ficava no nordeste. Para ser sincero, era um adversário que eu já conhecia dos tempos de Atlético-PB: O Nacional de Patos. Depois que sai do Atlético, eles engataram um surpreendente tri estadual. Inclusive, as antigas maiores forças do estado capengam a nível estadual: O Botafogo militava na Série B desde ano, enquanto o Campinense não passou da primeira fase. O próprio Atlético caiu no ano seguinte a conquista do estadual.

No dia do jogo, vi alguns rostos conhecidos da época do Atlético. O Nacional contratou alguns garotos daquela época, o que justifica o crescimento do clube no âmbito estadual e nacional. Jogando em casa, não demos sorte ao azar: Fizemos valer nosso mando de campo e vencemos por 2x0, com destaque para Buru e Luis Gustavo, autores dos gols.

06ab3ef10bb808edf1.png

 

Antes de sairmos do vestiário, Buru pediu para conversar comigo em particular.

- Professor, meu staff recebeu uma proposta de um time da Série B e eu gostaria de negociar com eles.
- Mas rapaz, você é peça primordial do time. Você, Luis e Roberto são as máquinas de gols dessa equipe, o que eu vou fazer sem vocês?
- O senhor foi muito importante para o meu crescimento como futebolista, estava esquecido após ser dispensado do Sampaio. Aqui, aprendi a jogar mais aberto, fiz amigos, tenho certeza que estou na história do clube. Mas essa é a minha chance de tentar voltar ao topo, após passar pela base do São Paulo...
- Ok, eu não posso mantê-lo à contra-gosto. Espero que possamos trabalhar juntos de novo, garoto. Tenho muita fé no seu futebol e sei que pode jogar em qualquer clube desse país.
- Sabia que o senhor entenderia!

- Senhor...
- Para de sacanear, Digão.
- É que é engraçado ver esses moleques te chamando de senhor. Lembro daquelas épocas que éramos só eu, você e alguns copos virados num bar chinfrim qualquer. Seu início de carreira foi bem hardcore, Mac. Já parou pra pensar o quanto você amadureceu nesses anos?
- Estou com 50 anos né, cara. Os cabelos brancos chegam, a visão fica turva, as pernas já começam a fraquejar. Pelo menos decidi tomar conta da minha saúde antes que as coisas piorassem.
- Concordo. Seu amadurecimento é notável, mesmo após tantos problemas. Acho que meu papel aqui está chegando ao fim.
- Como assim?
- Ué, eu sempre disse que estava aqui pra cuidar de você, né? Os meus superiores estão me enchendo o saco já falando que estou fazendo hora extra.
- É isso, você vai embora do nada então?
- Calma cara, eu não sei como funciona, só estou falando que eventualmente eu poderei ir embora. Mas eu me despeço.

Fazia sentido, mas não podia deixar de ficar triste com a ideia de perder meu amigo. Visitamos o Nacional na casa deles. Eu meio desligado, pouco orientei a beira do campo, mas não foi nem preciso, já que o jogo foi mais chato que propaganda eleitoral gratuita. O 0x0 nos garantia nas oitavas.

Para esse sorteio, não fui convocado, o presidente levou meu auxiliar junto. De casa, recebi em meu pad o nosso adversário: O Salgueiro. O futebol pernambucano é bem forte, mas já capenga a alguns anos e pouco faz na Série A. As 3 forças do estado militam entre Série B e C já a mais de uma década, e nenhum destes 3 é o Salgueiro, que o máximo que fez foi chegar algumas poucas vezes às finais do estadual de lá, realidade distante desta temporada, onde pararam ainda nas quartas. Mas não podemos desdenhar deles: O Salgueiro ficou muitos anos na Série C, sendo inclusive campeão da edição de 2021. E a saber, as atuais 3 forças do estado são o Sport, o Náutico e o Central, que renasceu das cinzas, chegou a estar presente em algumas edições da Série A e até Sulamericana disputou. Já o Santinha infelizmente caiu para a segundona do estado nesta temporada.

Primeiro jogo na casa deles: 0x0. A vantagem era nossa. E sem Buru, coube a Luis Gustavo assimilar o status de "homem de confiança" do técnico. O garoto fez chover em campo, deu 2 passes para gol, criou algumas oportunidades e foi agraciado como homem do jogo no 3x0.

079812e5dcaf1f0c4b.png

 

A campanha era ótima e todos no clube estavam ansiosos para o acesso à Série C novamente, local que o ASA frequentou por muitos anos consecutivamente até cairmos. Antigo ídolo, Marcos Farias comemorava a melhora na forma do time. E o obstáculo que enfrentaríamos nas Quartas era o Figueirense. Longe de botar medo como no passado, o Figueirense não consegue ser protagonista nem em seu estado: Não vence desde 2015. Pior: Desde 2033, caíram para a Série D e nunca mais saíram de lá. Ao menos disputam todo ano.

Só que mesmo assim, no papel o time deles é superior que o nosso. Diria até que é inexplicável estarem na Série D a tantos anos, e quando fui ver, percebi que sempre frequentam as fases finais do torneio, faltando sempre algo pra subir. Será que nós botaríamos chopp na festa deles de novo?

Bom, pelo jogo de ida eu poderia dizer que botamos 1 pé e meio na Série C.

08c81baf1f382b39a6.png

Aqui eu destaco o perfeito jogo do meu sistema... DEFENSIVO. Sim! Marcamos 5 gols, tivemos muitas chances claras e quase todas foram faturadas, mas a nossa defesa interceptou o adversário incontáveis vezes, fazendo com que finalizassem sempre mal e com pouca qualidade. O gol de empate deles até me deu um susto, mas os jogadores não desanimara, inclusive já nos botando na frente de novo apenas um minuto após. Outro destaque vai para Leonardo, que substituiu Buru e não deixou cair a qualidade naquele setor.

A diretoria estava em festa, os jogadores estavam em êxtase. Eu não gostava daquilo.

- Rapazes, do outro lado temos um time tradicional do futebol brasileiro, em crise, mas ainda assim tradicional, vocês podem nem lembrar, mas a alguns anos atrás militavam na Série A. Eles tem um time difícil, aguerrido, praticam aquele futebol chato sulista. E vamos jogar lá no Orlando Scarpelli, torcida inflamada, tentando empurrar o time deles pra Série C. Pensem nos torcedores que estavam presentes aqui hoje e foquem em fazer um jogo sério. É o que eu peço.

Clima de oba-oba no futebol nunca combina, e resultados elásticos, apesar de bons, sempre me deixam com uma pulga atrás da orelha. Na dúvida, faça o básico e garanta o que é seu.

Chegado o dia do jogo, me deparo com o Figueirense entrando assim em campo:

1024235f344da316f5.png

 

- Fodeu.
- É Mac, que doideira ein? Eles fizeram um gol lá, pra eles marcarem 4...
- Não fala não. E eu ainda meti estreia de zagueiro pra hoje. Socorro.
- É, socorro mesmo.

Naquele dia o cantilzinho cantou, meus camaradas. O primeiro tempo foi pouco produtivo. Descemos com o 0x0 no placar e respiramos aliviados, apesar de alguma pressão (até menos do que eu esperava). Porém o segundo tempo... Roberto Munhoz entrou aos 62'. Aos 64' ele já marcou um; aos 73' marcou outro. Aos 82' Josier marcou o terceiro para o Figueira. Nesse momento eu só sabia fazer duas coisas: Pistolar e beber. Eu já tava até meio alto, discuti com o árbitro e tomei amarelo, a primeira vez na vida que ganhei amarelo por reclamação. Por sorte, nada sobre alcoolismo foi registrado na súmula. O time deles martelando, forçando a marcação, cada vez mais e mais difícil. Se saísse o quarto gol, ia para pênaltis. Por sorte do destino, esse gol não saiu. Quando o árbitro apitou (mais de 4 minutos de acréscimo) eu respirei aliviado: O ASA voltava para onde eu o encontrei.

09acef07974ad7be26.png

 

Gerimos as comemorações com alguma cautela, pois ainda tinha campeonato a se jogar. Continuei pedindo foco aos jogadores, nada de desanimarem. Fui então estudar nosso próximo adversário, por acaso outro ex-adversário meu: Manaus. Atual campeão Amazonense, vem fazendo campanhas sólidas e disputará pela 5ª vez a Série C. Sempre que sobe, desce no ano seguinte, mas são uma força a se considerar.

O primeiro jogo foi fora de casa. Mais um jogo aberto, bonito de se ver. O Manaus jogava muito parecido conosco, o que me fazia acreditar em muita disputa pela posse da bola. Aqui, Luis Gustavo mais uma vez mostrou estrela, marcando 2 e garantindo nossa vitória por 3x2, num jogo onde o Manaus chegou a empatar 2 vezes o jogo.

1131a1140fca4778b7.png

 

O jogo dentro de casa foi idêntico, inclusive no placar. Destaco a alta taxa de faltas que ambos os times fizeram em ambos os jogos. No primeiro não deu nada, mas no segundo, Bimbão do Manaus foi expulso. Só esqueci de mencionar que o placar foi idêntico, porém para eles: 3x2 Manaus. Touré (contratado para ser a grande estrela mas relegado a reserva por conta do desempenho anormal de Roberto) iniciou o jogo, após lesão leve do titular. Aqui os africanos do time marcaram: Jean-Claude WikiDamme e Touré viraram o jogo quando ainda estava 1x0 para eles, mas logo após eles empataram e no fim do jogo, buscaram o terceiro.

Com isso, vinha a desgraça dos pênaltis. E pênalti é loteria, já diria o finado Galvão Bueno, morto após ingerir grande quantidade de presunto defumado.

E bendita hora que Touré foi para jogo. Ele foi o marcador que nos botou nas finais. Mas o brilho aqui fica para Merival, que agarrou 2 penais. Acho inclusive uma injustiça goleiro agarrando pênalti em jogo decisivo e não aumentando sua média no jogo. A mídia é suja quando quer.

126b4b7956ba582c2b.png

 

- E agora Mac, os jogadores podem ficar de oba-oba?
- Claro que não, né Digão. Isso aqui não é Búzios.
- É verdade. Tu lembra que...
- Fica quieto, vou dar minha palestra agora.

- Garotos, vocês foram incríveis. Eu já esperava maior dificuldade nas fases agudas, mas aos trancos e barrancos o coletivo tem se sobressaído. Agora nós vamos enfrentar mais um campeão estadual, o Interporto. Faz mais de 20 anos que os enfrentei, o time é outro, eu não sei de nada. Mas são campeões por um motivo e eles vão querer tomar de vocês a glória eterna. O ASA já tem a Série C na galeria, acho que mais um título nacional combina com essa agremiação, não acham?

Os garotos ouviam concentrados.

- Eu quero ver suor, quero ver sangue, façam faltas se necessário, final é final. Eu acredito em vocês e sei que não irão me decepcionar. Vocês fecham comigo?
- Sim.
- Falem alto, porra. Fecham comigo sim ou não?
- SIM.
- Vão voltar campeões?
- SIM!
- Vocês são otários?
- SIIIIIIIIIIM!
- Brincadeira gente, pra descontrair. Vocês são top.

Os jogadores levaram aquilo a sério: O primeiro jogo em Tocantins foi uma batalha campal: Nada menos que 14 cartões distribuídos. Lateral deles lesionado, jogador deles expulso. Foi uma doideira que só. Mas falando sobre o futebol praticado, apesar de nossa superioridade finalizadora, pouco concretizamos. Já eles, precisaram de apenas 2 bolas de 4 pra fazer 2x0, Garrinchinha o nome do rapaz, nome de craque. Na volta, diminuímos com Roberto, que andava até meio sumido nas partidas, mas o placar se manteve 2x1.

Ao descer para os vestiários, o repórter me indagou sobre o jogo. Resumi em poucas palavras.

- O gol do Roberto vai nos dar o título.

130af2e38fb9bc73ab.png

 

O jogo de volta dava mostras de que seria igual, com Clóvis do Interporto sendo expulso logo aos 6'. Mas para minha surpresa, os jogadores começaram a jogar com mais calma após isso. Digo, a quantidade de faltas foi grande, mas pelo menos foram faltas mais leais. Roberto abriu o placar pouco tempo depois, o que nos botava nos pênaltis. Só que graças a Deus não precisamos deles: o burkinense Tapsoba marcou outro, placar que não se alterou até o fim. A nossa superioridade numérica fez a diferença no jogo, carimbando o excelente ano do ASA, agora CAMPEÃO DA SÉRIE D.

14e83163f34139a162.png

 

O estádio estava lotado, a cidade estava em festa. Eu achava de verdade que o estádio desabaria naquele dia: Barulho de fogos ecoavam na minha cabeça, foi fenomenal. A mídia mais uma vez realçou o status de "quase demitido", o que realmente serviu de combustível para fazer muitos engolirem suas palavras. A direção mal pensava em acesso, então eles ficaram malucos. Os torcedores pediram até que eu ganhasse as chaves da cidade. Já o capitão Leoni agradeceu os feitos do técnico. Foi definitivamente a melhor temporada da minha vida. Ganhamos quase 1,5M para os cofres do clube.

209d3e577a378e886a.png

 

Com méritos, venci o título de melhor técnico do certame. Já Roberto, mesmo apagado em uma parte da temporada, ainda se sagrou artilheiro, empatado com Azul, do finalista Interporto. Destaque para o excelente campeonato que Luis Gustavo fez, dando 10 assistências e fazendo 25 passes decisivos.

26ceb0b558d85eb7aa.png

 

Coletivamente, nos destacamos mais pelo jogo agressivo (porém limpo). Também há de se destacar que lotamos por várias vezes o Fumeirão. Outro destaque fica para o Santinha, que mesmo amargando anos de ostracismo, ainda consegue manter mais de 51 mil aficcionados em média no campeonato.

25d041921530affe65.png

 

O ano terminou com o elenco bem inchado. Perdemos Buru, mas Luis Gustavo conseguiu segurar as pontas. Tive que recorrer a muitos estrangeiros pois os brasileiros não queriam jogar por nós. Sorte que eu tenho bons contatos na África. Ainda assim, deixo a equipe muito bem estruturada, com bons nomes para a próxima temporada e precisando apenas de peças pontuais para se manter na Série C.

245b0385f57513690d.png

 

- Alô Elliot.
- Oi Lúcio, fala para mim.
- Tem um time da Série B querendo te contratar. É time de massa, provavelmente irão cair, mas tem ótimos nomes por lá.
- É de qual estado?
- São do Pará, atuais campeões.
- Marca a entrevista agora!

Apenas 3 dias após vencer a Série D, estava lá eu e Lúcio conversando com o presidente do clube. Ele tinha ótimas referências minhas, sobretudo por conta do grande envolvimento que eu tive para alavancar 2 times que agora são muito importantes na Região Norte: O Vilhenense e o São Raimundo. Ficou de me dar uma resposta em breve, já que havia contatado outros técnicos para o cargo. Após 2 semanas, recebi a ligação.

- Olá Senhor Elliot! Decidimos dar a você o cargo de técnico, mas temos um problema.
- Ora, mas qual seria?
- Sua multa rescisória é alta. Você poderia pedir ao presidente do ASA para abdicar dela?
- Sem problemas, depois de tudo que dei ao clube, imagino que façam isso.

- Senhor Celso, tem um minutinho?
- Claro Elliot, pode falar.
- Então, fiz tudo o que prometi para o senhor, realoquei o ASA de volta nos holofotes do futebol e acredito que entrego o time em melhores condições de lutar pela Série C. Após a conquista do estadual, não tenho mais o que fazer aqui.
- Mas eu estava agora mesmo redigindo uma nova proposta para um novo contrato.
- Celso... com respeito que tenho ao senhor. Eu dei tudo de mim ao clube por mais de 3 anos. Não sai mesmo sofrendo escárnio da diretoria, que pedia minha cabeça. Fui homem e fiz do ASA um time importante novamente. E sempre foi um trato eu sair após o estadual.
- Mas isso foi trato com o presidente antigo.
- Ok, você tem um ponto, mas eu não quero mais ficar no clube, recebi proposta de um time da Série B e quero ir para lá.
- Pois que paguem sua multa, você ainda tem 2 anos de contrato. Aliás, decida: Ou você aceita um novo contrato ou eles pagam a multa pra te levar.
- Novamente, com todo respeito ao senhor... mas nem para me liberar pro curso de treinador vocês querem.
- Claro, senão você vai abandonar o clube.
- Ok.
- Ok então, você vai ficar?
- Não, eu tenho uma terceira opção: Eu pago a porra da multa rescisória, você enfia esse contrato na bunda e vai te pra casa do c*********.

Alguns jogadores que passavam pelo corredor ficaram estarrecidos, mas danaram de rir. O presidente ficou atônito enquanto eu virava as costas. Passei na recepção da sede, peguei a conta bancária do clube e mandei ela avisar que até o fim do dia a transferência estaria lá. A multa era de 25 mil reais, valor salgado, mas eu não tenho paciência pra dirigente babaca. Eu já to com 51, tenho muito estadual pra conquistar nessa vida ainda.

Enquanto fazia as malas no apartamento, Digão me indagou.

- Foi legal esse tempo todo que passamos juntos, cara.
- Ah pronto, você vai embora agora?
- Infelizmente sim.
- Porra, como funciona isso? Você vai descansar eternamente?
- Não, eu vou reencarnar em outro corpo. Eu tenho coisas a pagar no mundo, vidas a viver. Já tem quase 20 anos que o desencarne foi feito, estou a tempo demais nesse plano te ajudando.
- Você tá falando muito sério e coisas que eu nunca ouvi na vida.
- Relaxa cara, o importante é que eu te ajudei enquanto você precisava de mim. Digo, você nunca precisou né? Só fui uma vozinha chata na sua cabeça.
- Poxa cara... é muito ruim perder um amigo assim.
- Mas eu já morri a muito tempo, Mac. No carnal não estamos juntos a mais de uma década. Mas eu tenho certeza que de alguma forma, eu estarei contigo.

Eu não conseguia conter aquilo que poucas vezes fiz na vida: chorar. E eu não podia nem abraçar meu amigo, que dessa vez iria embora de vez.

- Vê se cuida do seu pai, vê se não pisa na bola de novo com a Júlia. Em breve você estará com seu filho. E pensa positivo cara, eu vou levar a história de Búzios comigo hahaha
- Até agora você com isso!
- Até a próxima vida, meu velho amigo.

E então Digão sumiu num feixe de luz. Eu respirei fundo, engoli a seco o resto do choro e me sentei por um instante. Tomei 2 goles de Johnnie Walker Blue, separado para momentos especiais. Servi outro copo, botei em minha frente e brindei. Fiquei ali, sentado na cadeira refletindo. Lá na sala, a televisão passava o noticiário local, quando ele parou para informar.

- Acaba de nascer o filho da primeira-dama. O prefeito, que se afastou por alguns meses para cuidar da sua esposa, está muito feliz e disse que fará uma passeata para apresentar o seu filho para a população. Depois do intervalo, a saída conturbada do técnico Elliot McNamara do Fantasma.

aaa5cdaafc7e47e6825.jpg

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • div
      By div
      Olá! Tudo bem com vocês? Espero que sim. 
      Sou novo aqui, pelo menos em relação a uma participação mais ativa. Acesso o fórum há algum tempo, costumava ler sobre dicas táticas ou contratações para me atualizar no FM (tive um hiato bem longo entre edições do jogo). De um tempo pra cá, passei também a frequentar esta zona do fórum e foi aqui que mais gastei meu tempo, li diversas histórias e resolvi criar a minha própria.
      Como o próprio nome da história já fala, este save tem foco na carreira de um treinador, não em um clube específico. Assim, não terei compromisso com nenhum clube caso surja proposta que represente um avanço na carreira do treinador. Tudo dependerá da proposta e do que for mais adequado para a história. Comecei o jogo desempregado, com a menor reputação e experiência possíveis e tentarei subir na carreira de técnico, até chegar ao topo (considero que os principais objetivos seriam: Chegar num clube da Série A, ganhar a Libertadores, treinar na Europa, ganhar a Champions, treinar uma seleção e ganhar a Copa do Mundo. Muita coisa? Talvez, mas por que não?).
      Como verão abaixo, carreguei Brasil, Argentina, Uruguai e as principais ligas europeias apenas. Confesso que tentei carregar mais divisões inferiores e mais ligas sul-americanas, mas o jogo ficou com um processamento muito lento e tive que refazer o save pra retirar algumas ligas e divisões (notebook do milhão é complicado). Como a ideia é começar no Brasil, além do nosso país só carreguei a Argentina e o Uruguai, pra ver se a Libertadores não ficava uma Copa do Brasil 2.0, e as principais ligas europeias, que são uns dos objetivos finais do save.
      De antemão já peço desculpas em razão da longuíssima introdução que fiz antes de adentrar no save (vocês verão nos próximos posts), mas sinto que era necessário para que pudesse estabelecer algumas bases para a história.
      Pra terminar essa apresentação, queria dizer que espero que gostem de acompanhar essa história, e que críticas e sugestões são sempre bem-vindas.
       

      Versão do Jogo: Fm 2019
      Update: Brasil MundiUp, atualizado até novembro de 2019, com algumas transferências atualizadas por mim nos times da Série A do brasileiro (já joguei outro save com esta db e não tive problemas de crash ou erro no jogo).
      Ligas: Brasil (Divisão Inferior e acima), Inglaterra (Sky Bet Championship e acima), Argentina, Uruguai, Portugal, Itália, Holanda, Alemanha, Espanha e França (somente a primeira divisão nacional).
       

      Temporada 1 - 2019
      Prólogo (07/08/2020)
      Capítulo 1 (08/08/2020)
      Capítulo 2 (08/08/2020)
      Capítulo 3 (10/08/2020)
      Capítulo 4 (16/08/2020)
      Capítulo 5 (19/08/2020)
      Capítulo 6 (22/08/2020)
       
      Temporada 2 - 2020
      Capítulo 7 (25/08/2020)
      Capítulo 8 (28/08/2020)
      Capítulo 9 (31/08/2020)
      Capítulo 10 (04/09/2020)
      Capítulo 11 (06/09/2020)
       
      Temporada 3 - 2021
      Capítulo 12 (08/09/2020)
      Capítulo 13 (11/09/2020)
      Capítulo 14 (14/09/2020)
       
      Temporada 4 - 2022
      Capítulo 15 (17/09/2020)
      Capítulo 16 (21/09/2020)
       
      Temporada 5 - 2023
      Capítulo 17 (24/09/2020)
      Capítulo 18 (27/09/2020)
      Capítulo 19 (30/09/2020)
      Capítulo 20 (03/10/2020)
       
      Temporada 6 - 2024
      Capítulo 21 (06/10/2020)
      Capítulo 22 (09/10/2020)
      Capítulo 23 (12/10/2020)
      Capítulo 24 (15/10/2020)
       
      Temporada 7 - 2025
      Capítulo 25 (18/10/2020)
      Capítulo 26 (21/10/2020)
      Capítulo 27 (24/10/2020)
       

       
    • tricolor de coraçao
      By tricolor de coraçao
      CONSIDERAÇÕES INICIAIS
      Fala galera, estive nas ultimas semanas bastante desanimado com o meu save/saga do Joaçaba Atlético Clube que estou postando também, e penso que fazer algo forçado está me agoniando. Irei postar mais uma temporada nos próximos dias daquela saga para fechar 10 anos de clube  e submeter a avaliação (que também não sei como faz isso). Sempre quis treinar alguns clubes sul-americanos como o Cerro portenho e o Peñarol e nesse meio tempo sem estar jogando muito por aquele save passei a ler várias histórias aqui no fórum. Assim curti muito as sagas do @mfeitosa e do @Peepe, além de outras como a do @ElPerroMG, @Ari, entre outras mas principalmente a do feitosa  e do Peepe, as quais me inspiram a fazer a saga que descreverei na sequencia.
      Mas aquele save me fui muito útil e é a base para esse outro save secundário que agora tornou-se primário. Eu vou ser transparente e confessar a vocês que é um(a) save/saga em estágio bem avançado, estou com ele já em 2037. Tive preocupações sobre se valeria a pena postá-lo devido a já estar em estágio avançado, se haveria alguma regra infringida, mas eu penso que o que vale é a essência, uma história postada com qualidade, concordam? Do mesmo modo então tenho comentado com alguns membros do fórum como o @ElPerroMG e o @Mr. Campos além de outros que conheço de grupos de WhatsApp de Football Manager o qual me apoiaram fazer que ficaria legal!. Reuni material, em cada pais que passei fiz copia de save e vou arriscar então. Gostaria muito de contá-la, talvez como uma spin-off de repente.
      Resumindo então a história será contada na seguinte sequência (a conferir quando retornar ao save): Joaçaba-SC (Brasil) até 2025 (aproveitando o save anterior); Boa Esporte-MG (Brasil), Blooming (Bolívia); Cerro Portenho (Paraguai); Racing Montevideo (Uruguai); Deportivo Tachira (Venezuela); Barcelona (Equador) e Seleção Venezuelana; Alianza Lima (Peru); Colo-Colo (Chile) e Seleção Mexicana; e atualmente River Plate (Argentina)e Seleção Brasileira.
      Espero que curtam!
      REGRAS DA SAGA (Contando período Joaçaba e Pós-Joaçaba)
      A saga tem um diferencial que penso ser o principal. Embora numa saga de carreira de técnico dificilmente se priorize o clube mas sim sua evolução pessoal tenho um objetivo filantrópico aqui: tentar melhorar as finanças, as infraestruturas, o staff, o clube como um todo antes de partir para algo melhor...isso se eu não for demitido ou a pressão for insuportável ou algo me desanimar demais no clueb a ponto de sentir falta de evolução em curto/médio prazo.
      Quanto aos 6 anos de Joaçaba, não é o foco principal dessa saga, mas por ter sido o início, caso me aceitem ao final da carreira poderá ser também o final da saga. Ainda espero voltar lá um dia. Para quem quiser acompanhar a saga paralela,  segue ela aqui.
      Se não acharem pesado quero aproveitar que devido a pandemia postar a cada dia um episodio quando conseguir, e se demorar mais é devido a falta de tempo daí.
      Abraço e até breve!
       
      ÍNDICE
      Temporadas 2019/2024 - Joaçaba Atlético Clube - SC

      Temporada 2019 Parte 1 - Apresentação: No Oeste de Santa Catarina, nasce um sonho!  Parte 2: Temporada de Acessos estaduais e nacionais
      Temporada 2020: O vice não sobe (3ª estadual)....e também luta contra o rebaixamento (Regional)
      Temporada 2021: Campeão da C estadual no primeiro semestre. E melhora no Brasileirão Regional no segundo semestre
      Temporada 2022: Boa campanha na Série B estadual. Com mais dinheiro, a equipe vai bem no Regional mas não consegue o acesso para a Série D nacional
      Temporada 2023: Um grande estadual, mas ficamos "no quase". Porém o primeiro titulo da história: campeão do Brasileirão Regional
      Temporada 2024: Que ano! campeão estadual da Série B. E uma Série D muito acima das expectativas
      Para quem preferir fiz um post especial resumindo os 6 anos de Joaçaba com os resultados, tabelas, títulos e finanças durante esses anos
      RESUMÃO: Resumo dos 6 anos a frente do Joaçaba Atlético Clube: jogos, tabelas, títulos e situação financeira final
      Temporada 2025 - BOA ESPORTE

      Temporada 2025 - Série C e outros: Um ano fenomenal no BOA Esporte Clube, mas não foi fácil....
       
      Temporada 2026 - BLOOMING- Bolívia

      Temporada 2026 - Apertura:  Defesa forte e time compactado rende o heptacapeonato boliviano
      Temporada 2026 - Clausura:  Eu já imaginava: realmente falta "bala na agulha $$$" e o time vai meio mal no Encerramiento
       
      Temporadas 2027/2028 -CERRO PORTENHO - Paraguai

      Temporada 2027 - Apresentação: Bonfante chega entusiasmado no Cerro Portenho (Paraguai) prometendo elevar o clube para outro nível
      Temporada 2027 - Apertura: Primeiro semestre de relativa pressão: ainda não consigo cumprir as promessas. Fiasco na Libertadores e nacional razoável, mas sem titulo
      Temporada 2027 - Clausura: "Vem ni mim facim que eu te meto um contra ataque rápido!" O título paraguaio de 2027!
      Temporada 2028 - Apertura: Trágico semestre e muita pressão de todos: Bonfante abandona o projeto no Cerro Portenho
       
      Temporada 2028 -RACING MONTEVIDEO -Uruguai

      Temporada 2028 - Encerramiento- O clube se reestrutura, vai para a Sul-americana mas Bonfante abandona o projeto mais uma vez
       
      Temporadas 2029/2030 - DEPORTIVO TÁCHIRA - Venezuela

      Temporada 2029 -Apresentação do clube, reforços e saídas
      Temporada 2029 - Apertura e Encerramiento : Soberano na Venezuela o Tachira encerra a seca e conquista o campeonato nacional com uma zaga quase impenetrável
      Temporada 2030- Apertura, Encerramiento e Libertadores: Bicampeão nacional e eliminação nas oitavas da Libertadores
       
      Temporadas 2031/2032 -  BARCELONA - EQUADOR

      Temporada 2031- Segunda Fase: O treinador não consegue o titulo e a pressão aumenta para cima dele!
      Temporada 2032 - Primeira Fase e Sulamericana: Mais fortes....novo fracasso!
       
      Temporadas 2032/2033 -  SELEÇÃO VENEZUELANA

      Temporada 2032- 2033 - A Venezuela luta mas não consegue se classificar para a Copa
       
      Temporadas 2033-2034 - ALIANZA LIMA - Perú

      Final de Temporada 2033 - Um troféu " de paraquedas"? Bonfante é campeão com apenas 2 jogos no Peru
      Temporada 2034 - PARTE 1- O polêmico titulo nacional negado ao Alianza Lima
      Temporada 2034 - PARTE 2- A inédita Libertadores e o vice-mundial
      Temporada 2034 - PARTE 3- Mini atualização sobre os 6 amistosos preparatórios do México para a Copa Ouro 2035
       
      Temporadas 2035 - COLOCOLO - Chile

      Temporada 2035 - Parte 1 e 2: Nacional e Libertadores: Campeão Nacional e nova eliminação na Libertadores
       
      Temporadas 2035-2036 - SELEÇÃO MEXICANA

      Temporada 2035 - Campeão da Copa Ouro 2035
      Temporada 2036 -Campeão da Liga das Naçoes da América do Norte e classificado para a Copa do Mundo
       
      Temporadas 2037 - SELEÇÃO BRASILEIRA

      Temporada 2037 - Já líder das Eliminatórias, com Bonfante a Seleção termina líder das eliminatórias e se classifica a Seleção para a Copa do Mundo 2038
       
      Temporadas 2037/2038 - RIVER PLATE - Argentina

      Temporada 2037/2038 - Um River em Frangalhos, mas que o treinador luta para reerguer e voltar aos dias de maiores glórias
    • tricolor de coraçao
      By tricolor de coraçao
      JOAÇABA ATLÉTICO CLUBE
      De volta ás atividades
      Joaçaba é um pequeno time do meu estado (SC), de cidade homônima, muito pequeno, que licenciou-se há alguns  anos embora jovem ainda. A situação não será nada fácil. Fundado em 1997 o time foi uma dissolução de Associação Desportiva Joaçaba. Em 2000 virou Joaçaba Atlético Clube. Licenciou-se de 2001 a 2007. Seus melhores momentos foram: - Melhor campanha no returno da segundona em 1999. - Vice-campeão catarinense da Segunda Divisão 2000. - 5º lugar na seletiva para a Primeira Divisão 2000. - Vice-campeão do returno Divisão de Acesso 2007. - Terceiro lugar no grupo A Divisão de Acesso 2008. - Vice-campeão do returno Divisão de Acesso 2009.
      O time no passado possuía um estadio chamado Oscar Rodrigues da Nova com capacidade para 5.500 pessoas. Mas atualmente é quase um time amador, mandando seus jogos no campo da Associação Frei Bruno com capacidade para apenas 500 torcedores e estruturas bem precárias. Tem menos de 200 adeptos, mas segundo soube parece que são muito fiéis e o time diz ser um time de muita raça.
      Segundo a wikipédia: "O JAC é caracterizado pela raça dos jogadores e por nunca desistir, por isto a alcunha de leão do vale. No ano de 2009, mais precisamente no segundo turno do campeonato, surgiu a Torcida Organizada Fúria do Leão, que formou uma banda, a qual toca instrumentos e apóia incondicionalmente o leão com cantos que levantam o moral do time. Apesar de não ser numerosa, canta o tempo todo pelo Leão do Vale. No final do torneio, surgiu uma outra torcida organizada, A Grande Leão do Vale, que não possui cantos, mas ama o clube da mesma maneira." Veremos então! Dificil até de encontrar fotos sobre estas!
      As finanças estão na casa dos 30 mil de orçamento e o salário sei que está no limite também com um time principal e um time reserva quase completo imagino que tenha uns 30 a 40 jogadores no minimo no elenco (não olhei bem). Ou seja está inviavel. Penso em tentar vender meio time, talvez esse time do grupo Reservas para levantar fundos e diminuir futuros custos ao menos de manutenção, e até mesmo em futuramente usar apenas jogadores vindos de fornadas num primeiro momento. Por que senão praticamente sem torcida as despesas superarão as receitas facilmente. E Bonfante, ex-jogador semi-profissional local assume o clube com a ardua missão de salvar as finanças e fazer história
      Sinceramente eu estive em dúvida quanto a fazer 3 possiveis saves, todos na quarta divisão de seus estados e as opções eram: Marilia (serie D); Uniao Beltrao-PR(Regional) ou Joaçaba (Pré Regional). Achei que seria só eu e Deus no comando mas há uns preparadores perdidos ali... rs rs
      Se eu vou conseguir aguentar um nível tão difícil só  o tempo dirá. Muito desafiante esse save pela questão de  pouco calendário. Penso em fazer bastante amistoso, vender ou emprestar...vamos ver.
      Notícias:
      Apresentação do uniforme da temporada
      Infra-estruturas encontradas
      Imagem da situação atual do estádio
      Finanças iniciais
      Projeções financeiras para o futuro
      Calendário de jogos
      Equipe técnica encontrada ao chegar no clube
      Elenco principal aqui..e aqui também. Além de Elenco reserva e Apresentação da equipe
       
      Índice
      1ªTemporada - 2019
      Temporada de acessos: o vicecampeonato da 4ª divisão estadual
      Temporada de acessos: O acesso para o Brasileirão Regional e planos de fazer um novo estádio
       
      2ªTemporada - 2020
      O vicecampeonato de Série C estadual que não permitiu subir de Divisão
      O sufoco para não ser rebaixado no Brasileirão Regional.
       
      3ªTemporada - 2021
      Campeão da Série C estadual - o primeiro título da história do Leão do Vale
      Um mau início de Brasileirão Regional causa novo sufoco na luta contra a degola  e o aumento do endividamento
      POST ESPECIAL:   Avaliação de elenco e finanças
       
      4ªTemporada - 2022
      Boa campanha na primeira participação na Série B estadual
      Joaçaba investe alto para conquistar o acesso para a Série D, não consegue e pode se complicar....
       
      5ªTemporada - 2023
      Novos reforços, grande campanha... mas o Joaçaba também não consegue o acesso no estadual
      Os reforços dão muita liga e o time fatura o Brasileirão Regional numa grande campanha. Segundo título da história do clube
       
      6ªTemporada - 2024
      2024 - o melhor ano da história do clube: com grana o clube se reforça e é campeão invicto da Série B estadual
      Uma Série D muito boa para quem estava estreando nela
       
      7ªTemporada - 2025
      Bom Campeonato catarinense: atrás apenas dos grandes do estado
      O Joaçaba se classifica em segundo para o mata-mata da Série D mais uma vez
      Joaçaba perde o título da Série D para o Brasiliense mas vence a Copa Santa Catarina e conquista vaga na Copa do Brasil 2026
      POST ESPECIAL:   Análise de elenco: saídas e chegadas - a preparação para a temporada que se avizinha e também o primeiro mês da temporada 2026
       
      8ªTemporada - 2026
       
      POST ESPECIAL:  Temporada 2026 - Táticas, treinos e equipe técnica
      Temos um artilheiro, ou melhor um vice artilheiro: no embalado do emprestado atacante Marcio fizemos história e alcançamos a semifinal do Campeonato Catarinense
      Joaçaba começa muito mal o primeiro turno da Série C mas consegue se recuperar e entra no G4 ao fim do turno
      Fiasco na Série C: Dois pontos nos últimos 5 jogos nos tiram do G4. O Joaçaba não consegue o acesso e a crise financeira e estrutural leva o treinador a repensar como o vem sendo gerido. Qual o futuro desse clube?
       
      9ªTemporada - 2027
      Mais um bom estadual - Bem esportivamente, mal financeiramente
      Não da na qualidade se tenta na raça! O sofrido acesso para a Série B do Brasileirão
      10ªTemporada - 2028: já são 10 anos no Leão!
      O vice-campeonato estadual de 2028 e uma bonita participação na Copa do Brasil 2028
      Após boa largada o Joaçaba se aproxima da zona da "degola" ao fim do turno da Série B
    • AllMight
      By AllMight
      A REENCARNAÇÃO DO HERÓI
      Olá, aqui estou de volta, já faz algum tempo que estava planejando este save mas nos últimos meses não tinha motivação para jogar FM novamente, isso tudo voltou quando estava com um PC velho e resolvi baixar o FM13 para passar um tempo, foi baixar o game e vontade de jogar veio com tudo pra cima de mim. Isso já faz um tempo, fui me segurando para não começar o save sem um formato estabelecido e conversando com um pessoal daqui da área e especialmente o @Tsuru fui estabelecendo as diretrizes do save.
      O save será totalmente dentro da Dinamarca, embora eu tenha carregado mais algumas ligas elas estão como "ver apenas", e terá como objetivo principal treinar a Seleção Dinamarquesa e superar a melhor campanha da seleção em Copas do Mundo, mas para isso preciso percorrer um longo caminho, meu treinador começará sua jornada com 20 anos e sem qualificações anteriores e com um passado somente no futebol amador. O nome dele será Holger Dasnke, o mesmo nome do herói que segundo a lenda quando a Dinamarca passar por um perigo iminente ele levantará do seu trono e libertará a nação.

       
      DIRETRIZES DO SAVE
      Não sair dos clubes pedindo demissão ou se candidatando a outros clubes, só sair em fim de contrato ou sendo demitido. Não assumir clubes de divisões superiores ao meu antigo clube. Na primeira divisão até ganhar um título nacional, só assumir clubes que acabaram de subir ou da segunda divisão. Não assumir a seleção principal da Dinamarca sem antes ganhar um título nacional de primeira divisão. Não usar a barra de pesquisas para contratação de jogadores/staff, usar somente a base de dados fornecidas pelos olheiros do clube e pelos agentes.  
      OBJETIVOS DO SAVE
      Ganhar o Campeonato Dinamarquês Ganhar a Eurocopa Ganhar as Olimpíadas Chegar em uma Semi-Final de Copa do Mundo  
      ÍNDICE
      Temporada 1
      O primeiro emprego
      Os heróis improváveis
      Uma contratação mágica: Ibra chega ao Kolding!
      Um pistoleiro sem balas
      Temporada 2
      Seguindo os passos do mestre Fernando
      Um segundo turno complicado
      Um pouco de esperança
      Temporada 3
      Início muito promissor
      Consistência
      A primeira conquista do herói
      Temporada 4
      Novo lar
      Os verdes
      Trapalhões
      O azarado
      Temporada 5
      Começo decepcionante
      Um leve progresso
      A maldição da décima colocação
       
      RETROSPECTIVAS
      Retrospectiva 2018-2023
       
      HISTÓRICO DE CLUBES
      Kolding BK - (2019 - 2022)
      (2019/20) 15º na 2. Division / Eliminado na Terceira Eliminatória na DBU Pokalen
      (2020/21) 7º na 2. Division / Eliminado na Segunda Eliminatória na DBU Pokalen
      (2021/22) 1º na 2. Division 🏆 / Eliminado na Segunda Eliminatória na DBU Pokalen
      Viborg FF - (2022 - 2024)
      (2022/23) 3º na NordicBet Liga 🥉 / Eliminado na oitavas de final na DBU Pokalen
      (2023/24) 5º na NordicBet Liga / Eliminado na semi-final na DBU Pokalen 🥉
       
      TÍTULOS DO TREINADOR
      2. Division
      (2021/22) Kolding BK
       

×
×
  • Create New...