Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Darthz

Stefan Kovács: Legado dos Cárpatos [Agosto e Setembro de 2019: Menos mal - atualizado a 17/03]

Recommended Posts

Vannces

A única preocupação é que esse Pucioasa está jogando bastante. Vê-se que eles venceram os últimos 5 jogos, uma sequência muito boa e não por acaso está na cola. Não pode dar mole nesse momento, pois um tropeço e eles encostam ou passam se mantiverem o rendimento. De qualquer forma, basta manter o foco e a tranquilidade. Boa sorte na sequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Está tudo bastante disputado e o Pucioasa vem forte atrás do Alexandria. A defesa e o ataque continuam entre os melhores do campeonato e as rodadas finais da temporada prometem muita emoção. Se o vice-líder mantiver o ritmo poderá ultrapassá-lo, mas será que ele consegue? E o Alexandria? Será que consegue evitar a perda de muitos pontos para manter a liderança?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz
Em 10/03/2019 at 14:25, LC disse:

Vem indo muito bem na Liga, mas não pode dar espaço para má exibições, pois a diferença é muito pouca para os adversários. Boa sorte na sequência.

A diferença é pequena mesmo, e o final de temporada promete ser bem emocionante.

Em 10/03/2019 at 17:20, Andreh68 disse:

Bom se agora estas confiante eu fico preocupado :).

Mas sério tem uma boa campanha, mas sempre com alguém fungando na nuca. Como vc disse está tudo ainda aberto, mas tem boas chances de manter o ritmo, só não pode cochilar, passar por uma epidemia de contusões, essas coisas....

hehe, eu nunca consigo confiar muito com esta qualidade de jogadores, e mesmo sentindo que as coisas até vão bem, prefiro não me decepcionar. Temos feito jogos bons, mas o final de época promete.

Em 10/03/2019 at 21:44, marciof89 disse:

Quando vi a primeira atualização das 3 que não li, achei que o título já era possível. Agora acho mais ainda, apesar de estar tudo aberto. Por você ser técnico humano e pela divisão ser mt nivelada, acredito que você tenha vantagem sobre a máquina. A não ser que aconteça alguma coisa pelo caminho, acredito que venha coisa boa por ai.

Boa sorte!

O título tem muitas hipóteses de vir para o Alexandria, mas é necessário não escorregar. Eu acho que o factor "mais" da equipa tem sido a consistência defensiva, que tem feito com que soframos poucos golos.

Em 10/03/2019 at 23:23, Vannces disse:

A única preocupação é que esse Pucioasa está jogando bastante. Vê-se que eles venceram os últimos 5 jogos, uma sequência muito boa e não por acaso está na cola. Não pode dar mole nesse momento, pois um tropeço e eles encostam ou passam se mantiverem o rendimento. De qualquer forma, basta manter o foco e a tranquilidade. Boa sorte na sequência.

O Pucioasa vem forte mesmo, e essa é a razão porque eu não posso ainda contar com título nem com a promoção, já que nada está decidido. Vou tentar não colocar muita pressão nos jogadores e ver o que dá.

Em 11/03/2019 at 13:58, ggpofm disse:

Está tudo bastante disputado e o Pucioasa vem forte atrás do Alexandria. A defesa e o ataque continuam entre os melhores do campeonato e as rodadas finais da temporada prometem muita emoção. Se o vice-líder mantiver o ritmo poderá ultrapassá-lo, mas será que ele consegue? E o Alexandria? Será que consegue evitar a perda de muitos pontos para manter a liderança?

Eu continuo a dizer que se conseguirmos subir, vai ser graças à defesa e ao controlo da bola que temos tido, que no geral tem impedido os adversários de criarem muitas oportunidades de golo. Esperemos que eles não nos consigam ultrapassar, mas vai depender só de nós conseguirmos o título (e a subida) ou não.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

kovacsfinalcef1fd9e2f32209b.png

 

Temporada 2018/2019 

Outros Destaques - UEFA Champions League 2018/2019

O Liverpool venceu o Inter de Milão por três a um na final da Liga dos Campeões 2018/2019, e recuperou um título que não vencia desde 2005. O melhor marcador da competição foi o argentino Mauro Icardi, enquanto que Cristiano Ronaldo terminou com a melhor média da competição, com uma pontuação de 8,20.

Abril e Maio de 2019 -  Título da Seria III?

Surpreendentemente, o Alexandria chegava à ponta final da Liga III com grandes hipóteses de vencer a Seria III e subir de divisão. Depois de muita hesitação minha, e após um re-ínicio positivo, eu começava a acreditar na vitória final. Oito jogos eram o que separava o Alexandria da Liga II e, já que tínhamos desafiado as expectativas mais optimistas, eu queria garantir que terminávamos na primeira posição.

calmaio2019f13d2ae7e6e03689.png

A deslocação a casa do Voluntari II não correu bem, e perdemos por quatro a três. O equilíbrio imperou nos noventa minutos, mas a defesa dos visitantes esteve abaixo do esperado. Fiz alterações nesta zona do terreno, e a falta de rotinas fez com que isso se notasse no resultado final.

O Pucioasa tinha entrado para esta fase no segundo lugar, e a vitória do Alexandria por dois a um demonstrou a igualdade entre as duas equipas. Estivemos melhor que no jogo anterior, mas só conseguimos marcar no segundo tempo (duas vezes pelo jovem Barbalata). Se olharmos para as estatísticas, verificamos que o número de remates e cantos foi igual, e apenas existiu uma pequena diferença na classificação média.

Quatro pontos a mais no final do mês de Abril decorreram da vitória por um a zero sobre o Viitorul Domnesti e o empate a três com o Hermmanstadt II. Foi nesta partida com a equipa B do clube da cidade de Sibiu que senti verdadeiramente que subiríamos de divisão. Gostei da atitude da equipa, que nunca se rendeu, e mesmo quando esteve a perder, procurou sempre a baliza adversária. Quando o nosso guarda-redes defendeu uma bola para golo nos últimos minutos, senti que foi um “sinal” que já não perderíamos o título.

G3jLC_ETqfBI9saP1HylWSGo7CHuVWi7tU5pMrM49k2ul-cEc1R0JgxdVqr5Q4xJgps6XGQAmj9Qh7XJsEFo8juTEYmn69KgT7JxaoP0IS2SN-IU5aojYb88lzIGVMGPv_XhPfanypsReBgN9MkCHPx64Vc3HcpI3zPTW1nEQArC_NpkMwMTW3S6e5pGSajgU0DFXdHeL8_wNlq_SxAhyIh5gdDGJ_kmUiFsUeo3-FkmAFxULlmLNOHlGqW4rQgoinPtEnZAhSmQVrHo7tlaMo5QmrZr0Y2pIQ6mK2SAWASWof0oQMPOE4ps8YL2fifbR_L1KYbZgu-AOhGvvZHtRHsZ98MIFIUUHUhHFvdnTJ-NxjdLCOTgVfMj-lRBpetX0gETub5FmLAI8PlcwTH0YrS8xXjBBEGqWljNCRKqwTos-Qg435erYxEJQGT_I6UcklO0c2y1hQusTFRWXS7ZB5ZNONeKgQaSaVnj0SRKkEBUvtduMe6PQdJ3XdHmPrBB8GXy5W6EMcALTTf5togNhnj7x_qwNrOex8v9MIynbAcQ6U3KtweoeontiC8SEYscnWGPbQU0aprfgoSQ7aZvHwgTycgqihyo2-jRTDvNbds8kMYSZImhznSgeRrSUsLiR-WPDy3AOXIMdBPR2OeWia9CLYFvr8o=w800-h445-no

Os últimos quatro jogos começaram com uma deslocação a casa do desesperado Unirea Bascov. Vencemos por três a um, mas não gostei da qualidade do nosso jogo. Achei que o Alexandria nem fez uma exibição por aí além, e que o resultado até tinha sido um pouco exagerado, tendo em conta aquilo que conseguimos produzir.

A minha impressão que estávamos “em perda” foi confirmada com uma derrota horrorosa por quatro a um em casa, frente ao Flacara Moreni. Nada correu bem, estivemos irreconhecíveis na defesa, e até a posse de bola, que costuma ser um dos nossos pontos fortes, foi dividida com o adversário. Foi provavelmente o pior jogo que vi o Alexandria fazer desde que estou à frente dos destinos da equipa.

Antes do embate com o U. Craiova 1948, eu sabia que poderíamos ser campeões mesmo sem conseguir qualquer ponto, mas depois da derrota com o Flacara Moreni, tentei motivar a equipa e tirar a pressão do título de cima. Não consegui, e perdemos pela segunda partida consecutiva. Entrámos muito inseguros e permitimos muitas facilidades ao adversário. Até fomos para o intervalo a ganhar, mas o U. Craiova 1948 virou o jogo facilmente no segundo tempo. Eu já não esperava conquistar nada nesta jornada, mas uma conjugação de resultados deu-nos o título da Liga III Seria III e a subida à segunda liga, um grande feito para uma equipa que era apontada ao meio da tabela no início da temporada!

fkHzX9bPEUC3mux8An07I3rf2mfmPcCRmh26z-N6RG7fH1xb-hslV7CqorY2TefpFCFni7vk1SJTIO9ztOe9j9IGszWT37GrVLttaJma2yGR2iirt4CvUK8iy0GPba7CjQiordblp3cguHRbvfHtZQo0V2TSZW7Ac7OVMMYn5EUQapFwiKuhoEnKuH379Erbty8O3xeHq_vPE3w3xJUBreZYaf-ou5KOzzbb2jXhnssOBfWvAZZP8gStA-RYFd9g4u_7W7dFOmDpOwjg5_EJRRO8TS9qsUBte7N2HE9ZmNo6GVkTYCNa_xlZnBSAEo0ZxZvRuZjWI4Qa16-JYgu1X0Hsgz88ResSD5h6Rmz8rMqEzDksxiV1AVK2R6voS3Ub6V9V_tg1VSV4wZt3xvAjLXzFUnaaclXFbEcmZiDsiLxg-rbYCA7AadcpPRMbOZa4AXu5XRvnUg4wCULu-TUaFqEQdR2lmLueO4amxv9yik-e6Kosh3JSaAtGjlKLBRcbKgC-gJz0JPwx-o4tW51vyaICxf1fmQ2EeQf6SEpAn61W0zfXOo50bNQRbFDZiauHsc6VC14lIQ0ay5RVyQoAhWAL0KeJbxkNDOmM-mrjbdJ6r7ATGCjTe2G1NnAQyiTpZsqMyVx90o2i4yjghCvr7CUjJkFnRz0=w800-h443-no

A temporada terminou com um zero a zero em casa, frente ao SR Brasov. Queria vencer para acabar em beleza, mas não conseguimos ganhar em nossa casa, e ficou confirmada uma ponta final bem complicada, em que nos valeu os pontos já acumulados para assegurar o primeiro lugar da classificação geral.

Classificação Geral

Devido aos resultados fracos nos últimos jogos, terminámos com apenas 1 ponto de vantagem sobre o Turris Magurele, que fez uma boa ponta final. Como esperado, os quatro primeiros classificados ficaram muito próximos, com apenas três pontos a separar-nos do U. Craiova II.

Para mim a decepção principal foi Astra II, que terminou num péssimo 7º lugar. Muito pouco para uma equipa que tinha um dos melhores plantéis da divisão.

clamaio2019917ade0078b54853.png

Estatísticas

Os grandes destaques desta temporada foram Adelin David, Sabin Moldovan e Cristi Novacek. O central e o avançado foram decisivos em vários encontros, e ajudaram o Alexandria a chegar à Liga II. Vou tentar voltar a contar com Moldovan em 2019/2020, mas vai ser difícil renovar o empréstimo.

Cristi Novacek foi de longe o nosso melhor jogador, como é possível verificar na classificação média. Infelizmente parece não querer renovar, e com apenas um mês de contrato restante, provavelmente vou perder o jogador de graça, já que há vários clubes interessados.

Estou a contar fazer muitas alterações no plantel para a próxima época, já que há jogadores que claramente não têm qualidade para a segunda liga, e outros que ganham demasiado dinheiro para o que jogam. A minha ideia é manter alguns jovens que eu ache que têm potencial e “despachar” o resto.

estatisticasalexandriafinalepoca20182019

Situação Financeira, Profissionalização do Clube e Renovação de Contrato

O saldo final deste primeiro ano foi positivo também no campo das finanças. O saldo global de quase 40 mil euros é pequeno, mas é preferível que terminar no vermelho. Uma das minhas preocupações na contratações do ano que vem é não exagerar nos salários, para não comprometer as finanças, que é sempre um problema em clubes pequenos e sem grandes hipóteses de conseguir receitas de valores relevantes.

financasmaio20199c42a0dc2fac7739.png

Como esperado, com a subida à Liga II, o Alexandria tornou-se profissional. Isto vai permitir melhorar não só os valores para transferências e contratos, mas também permite qualificar melhor a equipa técnica. Os valores iniciais para 2019/2020 já foram definidos, mas provavelmente sofrerão alterações, dependendo dos objectivos estabelecidos.

Também importante é a notícia da minha renovação até 2021. Eu já tinha acertado a continuidade por mais um ano em Abril, mas com a profissionalização do clube, a direção ofereceu-me um novo contrato, desta vez por duas temporadas. Decidi aceitar, apesar de ter tentado negociar para apenas um ano, mas vamos ver como as coisas correm.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

Perdi algumas atualizações e diante da tua relutância inicial, cheguei a pensar que o título na viria.

Quando vi os jogos finais então, tava com uma cara de cheirinho 😂

Mas, tudo certo, parabéns pelo título e subida!

Você tem inspiração no Kovacs apenas pela história ou chega a parte tática também?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz
10 horas atrás, Neynaocai disse:

Perdi algumas atualizações e diante da tua relutância inicial, cheguei a pensar que o título na viria.

Quando vi os jogos finais então, tava com uma cara de cheirinho 😂

Mas, tudo certo, parabéns pelo título e subida!

Você tem inspiração no Kovacs apenas pela história ou chega a parte tática também?

Eu próprio fiquei com algum receio com os resultados finais, mas os pontos amealhados anteriormente serviram para carregar o Alexandria para o título. Não tenho utilizado a parte táctica do Kovács, até porque temos pouca qualidade nos atributos, e não faria sentido tentar jogar um futebol vistoso com jogadores de nível baixo. Pode ser que para a frente isso mude, mas ainda não é objectivo por agora.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Parabéns pela conquista, a promoção vai ser importante para a equipe continuar se desenvolvendo e com a consequente profissionalização, pode buscar jogadores melhores para lutar pela permanência ou o que surgir na próxima temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz
15 horas atrás, Henrique M. disse:

Parabéns pela conquista, a promoção vai ser importante para a equipe continuar se desenvolvendo e com a consequente profissionalização, pode buscar jogadores melhores para lutar pela permanência ou o que surgir na próxima temporada.

Esta temporada vai ser muito complicada, já que é um patamar bem mais alto de dificuldade e há várias equipas tradicionais na divisão. O objetivo é tentar não descer, e é com base nisso que estou a desenhar a equipa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

kovacsfinalcef1fd9e2f32209b.png

 

Temporada 2019/2020  

Previsões da época 2019/2020 e expectativas para as competições

Partimos para esta segunda temporada de save depois de uma subida inesperada na época passada, que me surpreendeu bastante, já que não esperava que com um plantel de qualidade duvidosa conseguíssemos tal feito. A dificuldade aumenta ainda mais este ano, já que somos um dos clubes mais fracos da Liga II, como confirmam as previsões, e eu espero muitas dificuldades.

expectativasepoca20192020alexandria4c313

Não fui capaz de arriscar muito mais do que a luta por evitar a despromoção, e a possibilidade de alcançar a 4ª eliminatória da Taça da Roménia. Tenho como objectivo para o campeonato ficar entre o 13º e o 15º lugar, mas não vai ser nada fácil, já que há muitas equipas bem mais qualificadas que o Alexandria.

Transferências, Plantel e Equipa Técnica

A lista de dispensados era longa, e como descrevi no último post, havia vários jogadores que não faziam parte dos meus planos para este Alexandria 2019/2020. Não renovei o contrato da maior parte que terminava em Julho de 2019, e mesmo assim ainda poderia ter saído mais um ou outro. Novacek acabou por não renovar contrato, mas consegui trazê-lo de volta quando nenhuma equipa se chegou à frente para levar o jogador.

A minha estratégia para as contratações assentava em dois princípios: jogadores com estatísticas interessantes que fossem baratos, ou empréstimos de jovens que pudessem acrescentar qualidade. Confesso que não fiquei totalmente satisfeito com o plantel, mas acho que dentro das possibilidades e limitações do Alexandria, até fiz um trabalho razoável.

entradas-alex2019cc2780b301e33cc6.png

Contratámos um total de 10 novas caras, sem contar com o regresso de Novacek, e penso que melhorámos a maioria dos sectores. A baliza foi onde gastei o valor maior, mas Gurau é um excelente guarda-redes, que vale cada cêntimo gasto. Não será pelos seus atributos que desceremos de divisão.

Na defesa apostei em Natea e Marina a título definitivo, e consegui o empréstimo de Cornea. Os dois primeiros são jogadores com alguma qualidade, e podem acrescentar alguma coisa à equipa. Cornea pode jogar como lateral e como médio, e gosto de jogadores polivalentes. Como já tinha dito, o regresso de Novacek foi uma boa notícia, e o jogador deverá assumir a lateral esquerda, como já aconteceu na última época.

O meio-campo foi a zona do terreno mais reforçada, com Chifu, Goge, e novo empréstimo de Neacsu para as alas, e Ursoi e Ivanescu para médios centro. Para mim as melhores compras são mesmo Chifu e os dois jovens para o meio, que me parecem com potencial para evoluir e que poderão dar retorno financeiro no futuro ao Alexandria.

O ataque recebeu dois jogadores, com as entradas de Militaru e o empréstimo de Iosipoi. Não fiquei muito satisfeito com as nossas opções neste sector, mas tentei vários jogadores que poderiam ter mais impacto e garantir golos, mas nenhum quis vir. Teremos que nos virar com o que temos, não há grande coisa a fazer.

O plantel desta temporada tem 24 jogadores, e não conto fazer mais alterações. Temos alguns jogadores de qualidade, mas as debilidades da equipa também são evidentes. Vou tentar “espremer” o máximo deste conjunto de jogadores para conseguirmos a manutenção, o que já será muito bom se for atingido, dada a concorrência que enfrentamos na Liga II.

plantelalexandria201920209d8a22e7af0da81

Não foi só o plantel que foi alterado, já que a equipa técnica também precisava de novos membros. Trouxe 5 novos elementos para o Alexandria, de forma a corresponder às exigências da competição. Melhorámos um pouco em termos de treino, mas ainda não estamos onde eu desejaria. De qualquer forma, uma pequena melhoria é melhor que nada.

eqtecag2019981e50894675ef89.png

Pré-temporada

Se contarmos com os resultados da pré-época, não passaremos grandes dificuldades na liga. A questão é que os jogos foram com equipas no geral mais fracas, e que não são parâmetro para nada.Testei algumas alterações tácticas de forma a melhorar as nossas possibilidades no campeonato, e isso foi mais importante que tudo o resto.

preepocaalex2019d163dac0cf2c6edd.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

Uma coisa é fato, aceitar uma expectativa baixa, é uma forma de trabalhar com tranquilidade e sem a pressão de ter que fazer mais do que a equipe possa oferecer. Teve uma janela bem movimentada e com uma melhora no Staff, poderá conseguir um bom rendimento da equipe na competição. Acha que esses resultados nos amistosos refletem a capacidade da equipe para quando começar os jogos oficiais? Bom trabalho na sequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

Fez uma boa pré-temporada, mas os amigáveis só serve para dar conjunto a equipe e para eles se familiarizar com a tática proposta. Vamos ver como a equipa se porta nos jogos a valer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Conseguiu subir com moral e título. Parabéns!

Fez uma pré-temporada maneira, mas como falei antes, amigável não diz muito, mas é bom ver que o time jogou bastante partidas e não perdeu.

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
mfeitosa

Desafio muito interessante, gostei da proposta. Boa sorte com o save!

E começou muito bem, já assumindo a liderança da Liga III desde o princípio, apesar de sempre haver duas ou três equipes na sua cola. No final da temporada, foi coroado com o título. Foi apertado, mas deu tudo certo! Parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz
Em 16/03/2019 at 00:45, Vannces disse:

Uma coisa é fato, aceitar uma expectativa baixa, é uma forma de trabalhar com tranquilidade e sem a pressão de ter que fazer mais do que a equipe possa oferecer. Teve uma janela bem movimentada e com uma melhora no Staff, poderá conseguir um bom rendimento da equipe na competição. Acha que esses resultados nos amistosos refletem a capacidade da equipe para quando começar os jogos oficiais? Bom trabalho na sequência.

Eu nunca gostei de aceitar expectativas acima do que acho possível, até porque se não conseguir, há problemas com a direção. As alterações eram necessárias, pois como expliquei, havia muita falta de qualidade na equipa e no staff. A pré-época nunca me serve de parâmetro, mas pelo menos deu para melhorar o entrosamento dos jogadores.

Em 16/03/2019 at 12:53, LC disse:

Fez uma boa pré-temporada, mas os amigáveis só serve para dar conjunto a equipe e para eles se familiarizar com a tática proposta. Vamos ver como a equipa se porta nos jogos a valer.

É isso mesmo, o que importa é os jogos a sério, os amigáveis de pouco servem, além da consistência táctica e melhoria da capacidade física.

17 horas atrás, marciof89 disse:

Conseguiu subir com moral e título. Parabéns!

Fez uma pré-temporada maneira, mas como falei antes, amigável não diz muito, mas é bom ver que o time jogou bastante partidas e não perdeu.

Boa sorte!

Valeu Márcio. É pelo menos serve de alento não ter perdido para ninguém na pré-temporada, tomara que isso acontecesse sempre na Liga hehe.

4 horas atrás, mfeitosa disse:

Desafio muito interessante, gostei da proposta. Boa sorte com o save!

E começou muito bem, já assumindo a liderança da Liga III desde o princípio, apesar de sempre haver duas ou três equipes na sua cola. No final da temporada, foi coroado com o título. Foi apertado, mas deu tudo certo! Parabéns!

Valeu Feitosa. O título na época passada foi bem surpreendente, e como você disse, foi apertado, já que vantagem de um ponto não é quase nada. Vamos ver o que dá para fazer na Liga II, mas espero mais dificuldades.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

kovacsfinalcef1fd9e2f32209b.png

 

Temporada 2019/2020 

Regras da Liga II

O segundo escalão do futebol romeno (Liga II) é constituído por vinte equipas, que jogam duas vezes entre si, perfazendo um total de trinta e oito jogos. Os dois primeiros classificados sobem à Liga I, enquanto que o terceiro classifica-se para o playoff, em que disputa a subida de divisão com o 12º classificado da Liga I. No caso da despromoção, as últimas cinco equipas descem diretamente à Liga III.

Relevante também dizer que não pode haver mais do que dois jogadores extra-comunitários no onze inicial, e há a obrigatoriedade da utilização de pelo menos três jogadores sub-21 que tenham sido formados por um clube romeno nos últimos três anos na equipa titular.

Agosto e Setembro de 2019 - Menos mal

A temporada seria de dificuldades, até pela adaptação a um nível mais alto de competição, com adversários bem mais duros que os que o Alexandria tinha enfrentado até aqui. Eu queria apenas cumprir os objectivos mínimos na taça, para focar toda a atenção no campeonato, e tentar fazer o melhor arranque possível.

calset20196bc5cd8b82fb2764.png

Iniciámos a Liga II com uma vitória por um a zero sobre o Metaloglobus, e uma derrota em nossa casa frente ao FC Arges. Neste primeiro jogo no nosso estádio tivemos muitas dificuldades em finalizar, e apesar de termos terminado com 11 remates contra 3 do adversário, não acertámos com a baliza. O Arges foi eficaz, e fez dois golos.

fcargesagosto201903e9982d792fedc5.png

Nas três partidas seguintes, mais duas vitórias e uma derrota. Vencemos o Academia Clinceni, numa partida em que o jovem Iosipoi foi o herói da partida, ao apontar dois golos e perdemos como seria de esperar com o Universitatea Cluj, por três a um, num encontro sem história, em que os da casa demonstraram porque são candidatos ao título. Na terceira eliminatória da Taça da Roménia eliminámos o Recolta da Liga III, numa partida fácil. Marcámos por quatro vezes e poderíamos ter feito mais um ou dois tentos.

A derrota com o ACS Poli foi um pouco complicada de engolir. Até gostei da nossa capacidade de manter a posse de bola, e rematámos mais que no embate com o U. Cluj, mas mais uma fez não estivemos bem à frente da baliza. A equipa de Timisoara resolveu o jogo logo nos primeiros 45 minutos, e mesmo tendo o Alexandria marcado a meio do segundo tempo, nunca causámos grandes calafrios à equipa da casa.

acspoliset2019ae62f146880687dc.png

Uma das formas de escapar da descida de divisão era a vitória sobre os adversários directos nessa luta, e conseguimos 6 pontos fundamentais contra Otelul Galati e CS Afumati, que subiram de divisão juntamente com o Alexandria. Fomos superiores aos dois, e as vitórias por um a zero e dois a zero assentam bem à nossa equipa. Para melhorar ainda a moral da equipa, conseguimos passar à 5ª eliminatória da Cupa României, mesmo não sendo uma prioridade. Rodei um pouco o onze, e vencemos pela margem mínima.

Os empates contra Voluntari, Farul e Energeticianul foram bem positivos, mesmo com exibições fracas da nossa parte. Para mim o destaque vai para o zero a zero com o FC Voluntari, que desceu da primeira divisão, e é considerado o principal candidato ao título. Fomos quase nulos no ataque, é verdade, mas conseguimos suster o Voluntari, que tem um plantel de fazer inveja a qualquer clube desta divisão.

Como eu já tinha referido, a Taça não era prioridade, e devido a minha política de rotação, fomos eliminados pelo Afumati na 5ª eliminatória da competição. O tempo regulamentar terminou com um a um, e nenhuma equipa marcou no prolongamento. Nos penalties o Afumati foi mais feliz, e o Alexandria ficou pelo caminho na segunda competição mais importante da Roménia.

Classificação Geral

Com 10 partidas jogadas estamos num óptimo 9º lugar. Dez golos marcados e dez sofridos não são um resultado nada mau para uma equipa que acabou de subir. Continuo com a opinião que a nossa luta é a permanência, já que o equilíbrio é grande até ao 15º classificado.

claset201990de4d10f67ff08a.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

O que houve? Time totalmente irregular na Liga. 4 vitórias, mas 3 empates e 3 derrotas. Os clubes vencedores foram melhores ou o time vacilou? Se não resolver esse problema de irregularidade vai ser complicado se manter na Liga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Rico Orestes

5 rebaixados em um campeonato de 20 clubes ???? Tem que fazer uma grande campanha para não ser assombrado pelo rebaixamento até o final da temporada.

A equipe começou oscilando demais nas primeiras partidas mas vem encontrando um ritmo melhor, pena que não passou de empates.

Para a temporada de estreia em uma divisão superior a situação é bem interessante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Particularmente tenho acho muito bom esse início do Alexandria na Liga II. Não dá para exigir muito para uma equipe recém-promovida. Esse é o meu pensamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Fez uma boa pré-temporada e vai até o momento, jogando sem sustos na nova divisão. Uma boa sequência de resultados pode mudar as expectativas, mas acho que o importante nesse momento é focar na manutenção mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • mfeitosa
      Por mfeitosa
      Fala pessoal! Estou de volta para trazer uma reedição de um save que havia postado com o FM 2011, um dos primeiros que publiquei por aqui e que foi muito prazeroso de jogar. Trata-se do save "Como nos velhos tempos", onde tentei retratar a trajetória do ex-atacante Marinho sob o comando do glorioso Bangu Atlético Clube. 
      Estarei utilizando o MRT90 Brasil, como forma de possibilitar o comando do time dentro do FM 2019, que se encontra atualmente sem divisão. Para deixar as competições mais equilibradas, atualizei as transferências e elencos de diversos times, com base em sites oficiais e outros como o 'Transfermarkt' e 'O Gol'. Caso alguém tenha interesse neste arquivo, pode baixar por aqui.

      Fundado por britânicos em 17 de abril de 1904, o Bangu Atlético Clube é um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro e um dos pioneiros no Brasil, sendo o primeiro a escalar um atleta negro no país, mesmo contra a vontade da federação local, que chegou a proibir a prática, forçando a equipe a decidir por não participar da extinta Liga Metropolitana de Football. 
      Em seus mais de 110 anos, o Alvirrubro de Moça Bonita colecionou algumas conquistas, tais como os títulos do Campeonato Carioca em 1933 e 1966, o Torneio dos Campeões de 1967 e a International Soccer League em 1960, quando superou equipes como Sampdoria, Rapid Wien, Sporting, Estrela Vermelha e Kilmarock. Para muitos, a ISL representa um título mundial para o Banguzão.

      Em 1985, o Alvirrubro foi vice-campeão brasileiro, quando perdeu o campeonato para o Coritiba, que faturou o título após histórica decisão por pênaltis no Maracanã. Em 1987, a equipe venceu a Taça Rio, sua última conquista relevante. No ano seguinte, em 1988, o Bangu foi rebaixado para a Série B e nunca mais retornou à elite do futebol nacional.
      Era o final da "era" liderada pelo famoso bicheiro Castor de Andrade, presidente de honra e grande financiador do clube até o final da década de 1980. Desde então, o Bangu Atlético Clube não mais reencontrou seu rumo e suas participações no Campeonato Brasileiro têm se tornado cada vez mais raras.
      Nos últimos dez anos, a equipe se classificou apenas duas vezes para o Brasileirão Série D, abrindo mão de sua participação em 2009 por falta de recursos, e fazendo uma campanha nada animadora em 2017 (encerrou como 40º, na classificação geral).

      - Conquistar, ao menos, duas vezes o Campeonato Carioca, repetindo os feitos de 1933 e 1966;
      - Retornar à Série A (última participação em 1988);
      - Conquistar o título da Série A, superando o feito de 1985 (vice contra o Coritiba);
      - Conquistar o título da Copa do Brasil (nunca fez boa campanha);
      - Conquistar o título da Libertadores da América (decepcionou em sua única participação, em 1986);
      - Conquistar o título do Mundial de Clubes, equiparando a façanha de 1960 (International Soccer League);
      - Superar a reputação de, ao menos, um dos grandes do Rio de Janeiro;
      - Emplacar um ídolo que supere, ao menos, a marca do ex-atacante Marinho no clube (83 gols).

      Desta vez, não teremos Marinho no comando do Bangu. Sendo assim, teremos uma "passagem de bastão" para um ídolo mais recente da torcida alvirrubra. Trata-se do ex-zagueiro Carlos Renan, que defendeu a equipe de Moça Bonita entre 2010 e 2014, sendo aproveitado depois como auxiliar da comissão técnica. 

      Dentro do jogo, defini sua qualificação "baseada no Bangu", o que deixou o treinador com Licença Nacional B, e selecionei experiência anterior como Futebolista Profissional (nível local), o que condiz com a realidade. Por se tratar de uma pessoa que, enquanto jogador, demonstrava perfil de liderança junto aos companheiros, deixei Carlos Renan com estilo de treino Motivador. Nenhum atributo foi alterado manualmente. 
    • just12
      Por just12
      Dei uma lida em alguns fóruns nacionais e internacionais e percebi também com minha vivência no jogo que desde q versão 13, o jogo meio que te obriga a jogar do jeito X OU Y,  são determinadas táticas e estratégias que funcionam muito bem e se vc tentar desenvolver uma filosofia própria a chance de dar errado é muito grande, a não ser que a filosofia seja próxima a que o jogo entende como funcional.
       
      No FM11 e fm12 eu me sentia mais livre pra montar filosofias e estratégias diferenciadas e que com paciência funcionavam muito bem.
      Você percebe que há anos a tática mais usada pelos players humanos é a 4231 com extremos e quando não, é uma variação dela. E de fato ela funciona super bem,ainda mais com pressão e linha alta.
    • F J
      Por F J
      Fala galera.
       
      Mais um ano que venho seguindo com esse projeto, dessa vez para FM2019.
      Por volta de 630 jogadores/staffs entre criações e edições de jogadores baseados no Japão que como vocês sabem não vem no FM.
      Sò subscrever que vai aparecer nos seus arquivos do editor.
       
       
      Espero que gostem.
      https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1686393451
       
       









    • senna889091
      Por senna889091
      Onde que eu vejo a porcentagem de dinheiro de venda de jogadores que vai exclusivamente pro orçamento de transferências?
      Eu sei que nao ta 100% no meu caso, mas queria saber pra decidir se vale a pena vender alguns jogadores por agora mas so lembro de ver essa informação na caixa de entrada, to em Finanças e acho nada. 
    • Johann Duwe
      Por Johann Duwe
      Fonte
       
       
      Fonte
      Inspirado no Ypiranga do @Leonardo Moreno e no Tupi do @marciof89 vem aí mais um save em terras tupiniquins, eu, pessoalmente, não gosto de jogar no Brasil, mas irei abrir uma exceção pois como disse o @CCSantos, promessa é dívida.
      A cidade de Joinville é mais reconhecida pela sua equipe de Futsal, que por muitas vezes eu vi jogar contra a equipe de Malwee/Jaraguá quando a mesma tinha o craque Falcão e tantos outros dando show.
×