Jump to content
Sign in to follow this  
Danut

Brazylijska magia

Recommended Posts

ElPerroMG

Esse é aquele título que tinha que ser do Pogon. Um dos destaques do time não pode jogar e o substituto é o destaque com 2 gols, sensacional essas histórias que o futebol nos proporciona. Parabéns pelo título!!

Quanto ao fim do save, acredito que seja realmente a melhor hora de encerrar. Atingiu todos os objetivos e continuar colocando outros objetivos aleatórios pode ser pior. Espero que não fique muito tempo sem abrir outro save, agora posso acompanhar desde o começo hahah. 

Parabéns mais uma vez pela bela história. O sucesso dela é consequência do belo trabalho. Fora isso, foi muito bem contada. 

Feliz 2021!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

A seleção da França tinha um ponta esquerda, Didier Six, jogou em78, não lembro se jogou em 82, era bom. Curioso, ver um "parente" falhar assim.

Mas que golaço desse Zan! Compostura 20

Esse gol pós corner me lembrou Sarriá. Só faltou o Junior agarrado com a trave para vc não supor o impedimento; que aliás acho que não é, goleiro não é cego. Marcação muito frouxa, defesa com a cabeça na Lua!

Que beleza, fechar o save no último dia do ano. Bom, ainda tem os pós posts né, mas também de Brasília atrasa um pouco, se fosse pelo menos um Puma!

Parabéns!

A seleção da França tinha um ponta esquerda, Didier Six, jogou em78, não lembro se jogou em 82, era bom. Curioso, ver um "parente" falhar assim.

Mas que golaço desse Zan! Compostura 20

Esse gol pós corner me lembrou Sarriá. Só faltou o Junior agarrado com a trave para vc não supor o impedimento; que aliás acho que não é, goleiro não é cego. Marcação muito frouxa, defesa com a cabeça na Lua!

Que beleza, fechar o save no último dia do ano. Bom, ainda tem os pós posts né, mas também de Brasília atrasa um pouco, se fosse pelo menos um Puma!

Parabéns!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
1 hour ago, Cadete213 said:

Fantástico. Que bela sensação de vencer a Champions com um golo aos 87mn. Cumpriste o objetivo e faz sentido a reforma. Sais do clube como a maior lenda. 

Sim, é muito bom isso. Minha equipe jogou levemente melhor, mas a decisão estava bem aberta. Poderia sair gol de qualquer lado. Que bom que foi do nosso.

Agora é curtir a aposentadoria.

 

1 hour ago, ElPerroMG said:

Esse é aquele título que tinha que ser do Pogon. Um dos destaques do time não pode jogar e o substituto é o destaque com 2 gols, sensacional essas histórias que o futebol nos proporciona. Parabéns pelo título!!

Quanto ao fim do save, acredito que seja realmente a melhor hora de encerrar. Atingiu todos os objetivos e continuar colocando outros objetivos aleatórios pode ser pior. Espero que não fique muito tempo sem abrir outro save, agora posso acompanhar desde o começo hahah. 

Parabéns mais uma vez pela bela história. O sucesso dela é consequência do belo trabalho. Fora isso, foi muito bem contada. 

Feliz 2021!!

O universo estava querendo nos dar essa alegria.

É hora de parar mesmo. Se ainda tivesse fazendo mudanças táticas toda hora eu poderia pensar em seguir mais um pouco pra testar variações, mas com a mesma tática há anos e elenco completamente montado realmente não tem mais o que fazer. Se repetir o título vai ser mais do mesmo, se não repetir vai ficar a frustração. Deixa por isso mesmo, já foi um save bem longo.

Bem, eu já tenho o save do Grêmio em aberto né, embora ele tenha uma proposta bem diferente e vá ser jogado lentamente. No mais, estou jogando já um save novo no FM20 (o pedido de socorro sobre os laterais longos foi nesse novo save inclusive, rs). Só não postei ainda porque queria esperar esse aqui chegar ao fim. Mas logo mais abro o tópico e apresento a proposta.

Valeu 😄 Eu tô feliz com o que atingi nessa história, em termos de jogo e de narrativa aqui. Só podia ter sido um pouco mais regular com minhas postagens, sei que isso me fez perder leitores pelo caminho. Mas paciência, na próxima vou ver se sigo num ritmo melhor.

Feliz 2021 😄

 

58 minutes ago, Andreh68 said:

A seleção da França tinha um ponta esquerda, Didier Six, jogou em78, não lembro se jogou em 82, era bom. Curioso, ver um "parente" falhar assim.

Mas que golaço desse Zan! Compostura 20

Esse gol pós corner me lembrou Sarriá. Só faltou o Junior agarrado com a trave para vc não supor o impedimento; que aliás acho que não é, goleiro não é cego. Marcação muito frouxa, defesa com a cabeça na Lua!

Que beleza, fechar o save no último dia do ano. Bom, ainda tem os pós posts né, mas também de Brasília atrasa um pouco, se fosse pelo menos um Puma!

Parabéns!

Não conheço o tal Didier Six, mas o Six do United realmente não empolgou nessa partida. Ainda foi ele que afastou a bola no escanteio do segundo gol, dando origem a toda a nossa jogada.

O Federico de Zan é craque de bola. E não passa longe dos 20 de compostura não. Aliás, 18 de compostura, 19 de finalização, 17 de técnica, 17 de decisões... o cara manja do assunto. 

ACtC-3feWLU-fyS5KzEGLATII1Aucdfq9aaGmJQU

E essa foi a melhor Champions da carreira dele, aos 33 anos. Começou meio lento, fez quatro gols na fase de grupos (3 contra o "poderoso" Rapid Vienna). Mas aí depois fez gol em 6 dos 7 jogos do mata-mata. Não dá para deixar um cara assim sair livre na cara do goleiro. Bobeamos.

 

Eu continuo achando que foi impedimento ali, o cara tá bem no caminho do goleiro, atrapalha muito. Mas não vou ser eu a reclamar da marcação da arbitragem, né? 😛

Todos meus sumiços por aqui foram só pra enrolar o save pra poder terminar hoje 😛 Falando mais sério, mais legal do que terminar no último dia do ano achei terminar com exatamente 1.100 jogos no comando do clube. Melhor que isso só se fossem 1.000 jogos, redondinho. Mas 1.100 também é uma marca legal.

Eu fiquei lendo a frase sobre Brasília e Puma umas vinte vezes antes de me ocorrer o que poderia ser. São carros, né? Taí um assunto que eu não entendo absolutamente nada, no máximo sei diferenciar carro de caminhão e ônibus. E olhe lá.

Valeu 😄

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68
2 horas atrás, Danut disse:

Só podia ter sido um pouco mais regular com minhas postagens, sei que isso me fez perder leitores pelo caminho. Mas paciência, na próxima vou ver se sigo num ritmo melhor. 

🙈

E a vida né...

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Passei aqui e li as últimas páginas do seu save. Parabéns. Fiquei surpreso em saber que havia rompido a escrita de não ganhar a Champions e já tinha duas conquistas. Os últimos posts do save foram bem legais também por conta da interação das pessoas com questões e opiniões que passaram dos comentários mais comuns. Também foi legal ver algumas curiosidades sobre jogadores e até o Pogozinho aparecendo.

Sei que se perdesse a Champions nesta última temporada ficaria um sabor amargo, mas em nada diminuiria o save que jogou. A evolução que você fez com o Pogon foi bastante nítida e enfrentou os problemas que todos que jogam em divisões medianas da Europa sofrem ao disputar o nível continental e mostrou que foi capaz de aperfeiçoar o clube a ponto de conquistar três UCL. É aquilo que eu bato sempre. Nunca foi impossível ganhar a Champions com equipes de ligas medianas fora do Top-5, seja com uma equipe grande ou uma equipe pequena/média que precisará ser tornar grande em seu país para alcançar esse objetivo. O mesmo ocorre com equipes pequenas/médias de ligas maiores. Mas para isso é preciso fazer bem o fundamental ou seja o dever de casa: contratar corretamente, montar uma boa tática para o elenco disponível e acertar bem nas decisões táticas durante a partida. 

Legal que tenha batido seu recorde pessoal de temporadas e mais ainda que tenha faturado várias Champions. Se havia alguma pendência sua em outros saves com relação a ela, creio que tenha resolvido.

 

On 12/29/2020 at 8:08 PM, Danut said:

Essa comparação dos campeonatos nacionais europeus com os estaduais brasileiros quem eu vi mencionar primeiro foi o @ggpofm. E de certo modo acaba sendo mesmo.

É por aí, mesmo na minha opinião. Começa pelo tamanho do nosso País que é um continente e depois vai passando por vários outros aspectos que podem ser comparáveis a vários aspectos de vários países europeus. Logicamente existem diferenças, mas isso é papo para muito tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68
1 hora atrás, ggpofm disse:

É por aí, mesmo na minha opinião. Começa pelo tamanho do nosso País que é um continente e depois vai passando por vários outros aspectos que podem ser comparáveis a vários aspectos de vários países europeus. Logicamente existem diferenças, mas isso é papo para muito tempo.

Sempre achei isso também. Comparando dimensões geográficas, população, qualidade do futebol e das equipes, o futebol estadual(70, 80) não devia nada ao dos países na Europa. Mas com o tempo a desorganização (tipo brasileiro com 200 equipes), e a diferença econômica crescente criaram o abismo que há hoje em dia

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
5 hours ago, ggpofm said:

Passei aqui e li as últimas páginas do seu save. Parabéns. Fiquei surpreso em saber que havia rompido a escrita de não ganhar a Champions e já tinha duas conquistas. Os últimos posts do save foram bem legais também por conta da interação das pessoas com questões e opiniões que passaram dos comentários mais comuns. Também foi legal ver algumas curiosidades sobre jogadores e até o Pogozinho aparecendo.

Bom, depois de mais de 15 temporadas tava na hora de começar a ganhar, né? 😛

Eu certamente não posso reclamar dos leitores que tive nesse save. Muitos comentários muito legais.

 

5 hours ago, ggpofm said:

Sei que se perdesse a Champions nesta última temporada ficaria um sabor amargo, mas em nada diminuiria o save que jogou. A evolução que você fez com o Pogon foi bastante nítida e enfrentou os problemas que todos que jogam em divisões medianas da Europa sofrem ao disputar o nível continental e mostrou que foi capaz de aperfeiçoar o clube a ponto de conquistar três UCL. É aquilo que eu bato sempre. Nunca foi impossível ganhar a Champions com equipes de ligas medianas fora do Top-5, seja com uma equipe grande ou uma equipe pequena/média que precisará ser tornar grande em seu país para alcançar esse objetivo. O mesmo ocorre com equipes pequenas/médias de ligas maiores. Mas para isso é preciso fazer bem o fundamental ou seja o dever de casa: contratar corretamente, montar uma boa tática para o elenco disponível e acertar bem nas decisões táticas durante a partida. 

Se eu perdesse a Champions ia ser chato. Mas aí também o save ia continuar. Só parei agora porque sinto que ganhei tudo que havia a ganhar - o que não seria o caso se perdesse a final.

Acho que o segredo pra conseguir vencer UCL com uma equipe de liga periférica foi o investimento maciço em jovens. Porque olhando para atletas de mais idade realmente é impossível competir com quem tem mais dinheiro. Se não em transferências - terminamos o save com um monte de grana em caixa -, então em salários. Que é gasto fixo e acaba comendo muito as finanças. Mas aí no fim por já ter essa questão de priorizar os brasileiros acabei investindo muito pesado em jovens atletas, e aí é possível montar uma equipe de topo sem gastar tanto quanto os demais. É o caminho que já é conhecido de quem joga FM, mas que acaba sendo o melhor mesmo (aliás, ainda quero fazer um save em que se faça o oposto - investir só em atletas mais velhos - justamente pra ver se é possível se dar bem desse jeito também).

 

5 hours ago, ggpofm said:

Legal que tenha batido seu recorde pessoal de temporadas e mais ainda que tenha faturado várias Champions. Se havia alguma pendência sua em outros saves com relação a ela, creio que tenha resolvido.

 

É por aí, mesmo na minha opinião. Começa pelo tamanho do nosso País que é um continente e depois vai passando por vários outros aspectos que podem ser comparáveis a vários aspectos de vários países europeus. Logicamente existem diferenças, mas isso é papo para muito tempo.

Eu não considero que tivesse pendência com a UCL em outros saves. Não era meu objetivo em nenhum dos outros saves que joguei. Mas enfim, fiquei feliz de ganhar os três títulos agora. Até porque não foram jornadas fáceis - a primeira foi a única em que realmente passamos por cima de todos, mas daí teve o gosto de ser a primeira que compensou a "facilidade". As demais foram mais difíceis.

 

3 hours ago, Andreh68 said:

Sempre achei isso também. Comparando dimensões geográficas, população, qualidade do futebol e das equipes, o futebol estadual(70, 80) não devia nada ao dos países na Europa. Mas com o tempo a desorganização (tipo brasileiro com 200 equipes), e a diferença econômica crescente criaram o abismo que há hoje em dia

Li um texto esses dias falando sobre os planos de criar uma Superliga Europeia e comparando com o esvaziamento dos estaduais no Brasil. Basicamente, o argumento do texto era que se o futebol europeu seguir esse caminho da Superliga isso vai esvaziar os campeonatos nacionais de forma parecida ao que aconteceu no Brasil com os estaduais. E que a consequência é que fica mais difícil para clubes que são considerados grandes manterem esse status - afinal, quando se tem campeonatos nacionais pequenos (europa) ou estaduais (Brasil), é mais fácil ter um monte de equipe que ganha título toda hora. Mas se o estadual/nacional para de ser importante, as equipes começam a viver períodos muito grandes sem um título relevante - simplesmente não tem título pra todo mundo -, e podem até mesmo perder o status de equipe grande.

O exemplo do cara no texto era o Botafogo. Achei bem válido. Pra quem acompanha futebol de tempos mais recentes só - como eu -, não tem nem sentido colocar o Botafogo entre os grandes clubes brasileiros. Era no passado, quando ganhar campeonato carioca era importante. Mas desde que me conheço por gente o Botafogo nunca ganhou nada (tá, um título brasileiro quando eu tinha 2 anos) - justamente porque hoje o estadual não tem valor.

Fiquei pensando nisso ao ver tu falando que o futebol estadual não devia nada aos países da Europa. Em termos financeiros talvez nunca mais os dois fiquem próximos, mas consigo ver o futebol nacional europeu se tornando tão irrelevante quanto são os estaduais aqui, num cenário de Superliga.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm
17 hours ago, Danut said:

Li um texto esses dias falando sobre os planos de criar uma Superliga Europeia e comparando com o esvaziamento dos estaduais no Brasil. Basicamente, o argumento do texto era que se o futebol europeu seguir esse caminho da Superliga isso vai esvaziar os campeonatos nacionais de forma parecida ao que aconteceu no Brasil com os estaduais. E que a consequência é que fica mais difícil para clubes que são considerados grandes manterem esse status - afinal, quando se tem campeonatos nacionais pequenos (europa) ou estaduais (Brasil), é mais fácil ter um monte de equipe que ganha título toda hora. Mas se o estadual/nacional para de ser importante, as equipes começam a viver períodos muito grandes sem um título relevante - simplesmente não tem título pra todo mundo -, e podem até mesmo perder o status de equipe grande.

O exemplo do cara no texto era o Botafogo. Achei bem válido. Pra quem acompanha futebol de tempos mais recentes só - como eu -, não tem nem sentido colocar o Botafogo entre os grandes clubes brasileiros. Era no passado, quando ganhar campeonato carioca era importante. Mas desde que me conheço por gente o Botafogo nunca ganhou nada (tá, um título brasileiro quando eu tinha 2 anos) - justamente porque hoje o estadual não tem valor.

Fiquei pensando nisso ao ver tu falando que o futebol estadual não devia nada aos países da Europa. Em termos financeiros talvez nunca mais os dois fiquem próximos, mas consigo ver o futebol nacional europeu se tornando tão irrelevante quanto são os estaduais aqui, num cenário de Superliga.

Eu acho a Superliga Europeia algo inescapável. Ela decorrará "naturalmente" do aprofundamento do futebol como negócio. Ou ela será criada ou transformarão a Champions de tal forma que ela garantirá sempre vagas para os superclubes e ela se transformará em uma superliga. É sintomático que tenham criado uma 3ª liga continental e mais uma chance de título de continental para os clubes grandes de países menores da Europa. É um cala boca.

Para os torcedores é uma preocupação, sem sombra de dúvidas, mas não sei se para os donos dos clubes europeus a preocupação principal é essa. Veja como funcionam a NBA, MLB e NFL. É um campeonato por ano, a maioria não ganha nada e mesmo assim as franquias seguem valiosas trazendo dinheiro e outros benefícios aos seus proprietários. O plano da Superliga Europeia e o Big Picture dos clubes ingleses mostram bem que os grandes querem mais e mais dinheiro e pensam pouco no futebol como fenômeno social. Onde isso vai dar, eu não sei, mas arriscaria dizer que o futebol dos superclubes europeus ficará mais próximo dos esportes americanos nos próximos anos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
6 hours ago, ggpofm said:

Eu acho a Superliga Europeia algo inescapável. Ela decorrará "naturalmente" do aprofundamento do futebol como negócio. Ou ela será criada ou transformarão a Champions de tal forma que ela garantirá sempre vagas para os superclubes e ela se transformará em uma superliga. É sintomático que tenham criado uma 3ª liga continental e mais uma chance de título de continental para os clubes grandes de países menores da Europa. É um cala boca.

Para os torcedores é uma preocupação, sem sombra de dúvidas, mas não sei se para os donos dos clubes europeus a preocupação principal é essa. Veja como funcionam a NBA, MLB e NFL. É um campeonato por ano, a maioria não ganha nada e mesmo assim as franquias seguem valiosas trazendo dinheiro e outros benefícios aos seus proprietários. O plano da Superliga Europeia e o Big Picture dos clubes ingleses mostram bem que os grandes querem mais e mais dinheiro e pensam pouco no futebol como fenômeno social. Onde isso vai dar, eu não sei, mas arriscaria dizer que o futebol dos superclubes europeus ficará mais próximo dos esportes americanos nos próximos anos. 

Concordo que é inescapável. A questão é só quando e de que forma, mas que vai acontecer, vai.

Também concordo que deve ficar mais próximo dos esportes dos EUA. Como torcedor acho isso horrível, mas sei que é o caminho que vai ser trilhado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Uma bela forma de encerrar o save, com mais um título e dois gols do reserva que só entrou porque o titular não pôde jogar.

Cumpriu todos os objetivos, venceu tudo que tinha para vencer e acho justo que siga para um novo desafio, continuar provavelmente seria apenas mais do mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
𝙻𝚄𝙸𝚉

Grande save, Dan, mesmo com suas idas-e-vindas. Ganhar uma Champions com um time polonês sem regras já é uma missão difícil, com limitações ainda... ganhar três, um feito incrível. Ainda teve o plus de todo o pano de fundo para escolher o Pogon e a sensação de dever cumprido deve ser grande. 

Parabéns pela ótima história.

PS: Lendo sua troca de comentários com o GG, eu torço com todas as forças para que nunca saia do papel a tal "Superliga". Já penso que a Champions devia ser como era até 1992, que dirá essa invenção dos times poderosos aí. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
5 hours ago, Tsuru said:

Uma bela forma de encerrar o save, com mais um título e dois gols do reserva que só entrou porque o titular não pôde jogar.

Cumpriu todos os objetivos, venceu tudo que tinha para vencer e acho justo que siga para um novo desafio, continuar provavelmente seria apenas mais do mesmo.

Foi um jogo bem especial. Pelos gols do reserva (que, aliás, é o único jogador do clube que atingiu o status de "ídolo" em algum momento do save - acho que a torcida já sabia mais que o técnico), e por estabelecer quem é o maior clube do mundo no momento. O United é quem mais ganhou no save, mas desde que o Pogon chegou na disputa levamos a melhor.

É isso né. Chegou a hora de encerrar.

 

1 hour ago, L U I Z said:

Grande save, Dan, mesmo com suas idas-e-vindas. Ganhar uma Champions com um time polonês sem regras já é uma missão difícil, com limitações ainda... ganhar três, um feito incrível. Ainda teve o plus de todo o pano de fundo para escolher o Pogon e a sensação de dever cumprido deve ser grande. 

Parabéns pela ótima história.

PS: Lendo sua troca de comentários com o GG, eu torço com todas as forças para que nunca saia do papel a tal "Superliga". Já penso que a Champions devia ser como era até 1992, que dirá essa invenção dos times poderosos aí. 

Faltou um pouco de consistência de minha parte na hora de postar aqui, algo que quero ver se melhoro para os saves novos. Mas fiquei bem feliz com o que foi o save de qualquer modo.

É complicado levar essas equipes de países menores a um título continental, mas com um trabalho de longo prazo e investimento em jovens dá. Se não fosse isso aí já ficaria num nível muito próximo do impossível.

Valeu 😄

Sobre a Superliga, eu realmente acho que é só questão de tempo. Aliás, a própria UCL atual já criou uma separação gigante entre as equipes. Agora é só o próximo passo. Infelizmente futebol vai ser isso aí mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nei não cai (38D)

Quem não chora não mama. Depois de bater, bater e bater na trave na UCL, quando começou a ganhar não parou mais.

Uma baita história, que pra mim tem como destaque algumas atualizações como essa última e a pós UCL passada. 

Cristiano Brasília quase alcança Dani Alves (que não deve ganhar mais nenhum título na carreira) e merece todos os aplausos possíveis.

Fico feliz de ter acompanhado do início ao fim. Assim como o polonês Garbarnia, o Pogon entra no panteão dos times inesquecíveis (poucos conhecidos na real).

Agora partimos à Bélgica e ao passado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
On 1/3/2021 at 8:50 AM, ggpofm said:

Eu acho a Superliga Europeia algo inescapável. Ela decorrará "naturalmente" do aprofundamento do futebol como negócio. Ou ela será criada ou transformarão a Champions de tal forma que ela garantirá sempre vagas para os superclubes e ela se transformará em uma superliga. É sintomático que tenham criado uma 3ª liga continental e mais uma chance de título de continental para os clubes grandes de países menores da Europa. É um cala boca.

Para os torcedores é uma preocupação, sem sombra de dúvidas, mas não sei se para os donos dos clubes europeus a preocupação principal é essa. Veja como funcionam a NBA, MLB e NFL. É um campeonato por ano, a maioria não ganha nada e mesmo assim as franquias seguem valiosas trazendo dinheiro e outros benefícios aos seus proprietários. O plano da Superliga Europeia e o Big Picture dos clubes ingleses mostram bem que os grandes querem mais e mais dinheiro e pensam pouco no futebol como fenômeno social. Onde isso vai dar, eu não sei, mas arriscaria dizer que o futebol dos superclubes europeus ficará mais próximo dos esportes americanos nos próximos anos. 

Gilson, eu não ia retomar o assunto por aqui, mas me peguei hoje assistindo uns vídeos de NFL (é o que se faz quando não dá pra jogar FM, rs) e pensando uma coisa: aquela história de ter trocentas "divisões" e mais a "conferência" e não sei o que tudo não acaba diminuindo um pouco essa questão de que a maioria não ganha nada? É uma pergunta mesmo, que eu não faço ideia se eles por lá dão bola pra alguma coisa dessas ou se só ser o grande campeão é que conta. Mas fiquei pensando, porque é um formato bem diferente do que uma liga de futebol estilo 2x todos contra todos e um campeão no fim.

Enfim, não sei se tu acompanha/sabe algo sobre o tema.

 

--------

EDIT: Quase esqueci de responder o Ney.

6 hours ago, Nei não cai (38D) said:

Quem não chora não mama. Depois de bater, bater e bater na trave na UCL, quando começou a ganhar não parou mais.

Uma baita história, que pra mim tem como destaque algumas atualizações como essa última e a pós UCL passada. 

Cristiano Brasília quase alcança Dani Alves (que não deve ganhar mais nenhum título na carreira) e merece todos os aplausos possíveis.

Fico feliz de ter acompanhado do início ao fim. Assim como o polonês Garbarnia, o Pogon entra no panteão dos times inesquecíveis (poucos conhecidos na real).

Agora partimos à Bélgica e ao passado.

Bom, teve um ano ali que quem levou a melhor foi o United, né. Mas realmente, não esperava os três títulos assim quase seguidos. Achei que demoraria mais entre eles, especialmente por conta da saída de jogadores.

Que bom que tu gostou de acompanhar. Pra mim foi muito legal contar ela por aqui, e as interações com os leitores foram sensacionais. É muito bom poder compartilhar o jogo com vocês aqui.

Pera lá, aposto que Cristiano Brasília tem mais títulos poloneses do que o Dani Alves.

Foram histórias bem diferentes, mas as duas levaram os clubes poloneses a patamares que jamais vão atingir na vida real. Fica a lembrança na história do Profissão: Manager.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm
10 hours ago, Danut said:

Gilson, eu não ia retomar o assunto por aqui, mas me peguei hoje assistindo uns vídeos de NFL (é o que se faz quando não dá pra jogar FM, rs) e pensando uma coisa: aquela história de ter trocentas "divisões" e mais a "conferência" e não sei o que tudo não acaba diminuindo um pouco essa questão de que a maioria não ganha nada? É uma pergunta mesmo, que eu não faço ideia se eles por lá dão bola pra alguma coisa dessas ou se só ser o grande campeão é que conta. Mas fiquei pensando, porque é um formato bem diferente do que uma liga de futebol estilo 2x todos contra todos e um campeão no fim.

Enfim, não sei se tu acompanha/sabe algo sobre o tema.

Eu acompanho à distância, mas acho que muitos hábitos norte-americanos estão mudando nas últimas décadas. Eu não acho que tenha uma resposta única, depedendo a quem nos referimos. Para o torcedor de uma franquia grande e vitoriosa (Boston Celtics, Lakers), acho que não tenha valor, para para um torcedor de um franquia pequena que nunca chega, ver sua equipe vencendo uma conferência, acho que seja legal e muitas vezes ele guardará na memória essa equipe porque ele não conseguirá ganhar um título. Para a franquia em si, a mesma coisa. Acredito que esses títulos secundários possam alavancar negócios para eles. E no caso das ligas, que promovem as competições, o fato de distribuirem troféus é, para mim, sinal claro que eles dão alguma importância aquilo. Sem contar que as finais de Divisão, Conferência é onde se fortalecem as rivalidades estaduais e regionais, já que as finais costumas ser entre leste e oeste, se eu não estiver enganado. 

Ontem fui procurar uma image do Arizona Cardinal (NFL) e dos banners que eles ostentam e acabei achando outras coisas e encontrei alguns debates sobre isso: Toronto Raptors (NBA) e o Nashiville Predators (NHL) e os piores banners. Uma questão polêmica. Tem um vídeo nesse segundo texto entre Bruins e Peguins em 1990-91 pela NHL que era uma final de conferência e dava vaga decisão do campeonato, ou seja, a semifinal. Teve troféu e ninguém parecia constrangido por comemorar um título de Conferência. Como eu disse para você, quando joguei aquele save nos EUA, os títulos de conferência me lembravam a Taça Guanabara e a Taça Rio.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

Nos esportes americanos há uma diferença. Ser ruim, o pior não implica em rebaixamento. Implica em melhor posição no draft. Existe uma possibilidade mais real, até desejável, de alternância no topo. Para o negócio é interessante q uma equipe do Canadá consiga ser campeã.

No futebol não vejo muito essa cultura. No Brasil sem duvida, meu pirão primeiro se os outros falirem problema deles. Não sei se na Europa é tão diferente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Save foda, sem mais.

Mentira, tem mais sim: Gigante a vitória em cima do United, além claro da já famosa chuva de gols que distribuiu pelas fases anteriores.

Aguardando os posts finais pra tecer mais comentários, mas parabéns pela excelente história.

Share this post


Link to post
Share on other sites
#Vini

Cheguei a tempo de acompanhar o desfecho do save antes das considerações finais. E que trajetória enorme, fazendo tudo o que se propôs, tendo partidas espetaculares para se orgulhar e terminando com mais um título da UCL, em um tira-teima contra o gigante United. 

Parabéns por mais um save de qualidade, como é de praxe. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut
On 1/7/2021 at 1:02 PM, marciof89 said:

Save foda, sem mais.

Mentira, tem mais sim: Gigante a vitória em cima do United, além claro da já famosa chuva de gols que distribuiu pelas fases anteriores.

Aguardando os posts finais pra tecer mais comentários, mas parabéns pela excelente história.

😄 Valeu

Sendo o Pogon não poderia ter sido diferente, né? É gol pra todo lado o tempo todo.

 

5 hours ago, #Vini said:

Cheguei a tempo de acompanhar o desfecho do save antes das considerações finais. E que trajetória enorme, fazendo tudo o que se propôs, tendo partidas espetaculares para se orgulhar e terminando com mais um título da UCL, em um tira-teima contra o gigante United. 

Parabéns por mais um save de qualidade, como é de praxe. 

Sabe que a maior inspiração pra esse save aqui foi o teu save com o Ajaccio? Gostei bastante da forma como tu levou ele e como foi reformulando o elenco entre conquistas continentais. O que fiz aqui foi muito baseado no que tu fez lá.

Foi meu save mais bem-sucedido até hoje, em termos esportivos. E com toda certeza um dos que mais me divertiu. Essa final tira-teima foi um ótimo modo de encerrar ele.

Valeu 😄

Share this post


Link to post
Share on other sites
jeanslay

Ainda em tempo dos parabéns pelo save mais legal que tive o prazer de acompanhar aqui? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Lohan
      By Lohan
      São quase 51 estadios de clubes das Series A,B, C e D do brasileirão, assim como as faixas das torcidas     
      A posição do sol é de acordo com a vida real nas partidas que ocorrem durante a tarde, para causar um maior impacto e imersão nas partidas 3D
      OBS: por limitaçoes dos estadios 3D (sabemos que não existe um editor) tive que fazer na mão grande da melhor maneira que pude, nao tem como fazer detalhes, alguns ficaram bem parecidos, outros mais ou menos, porem ainda assim, creio que bem melhores do que comparados aos estadios genericos que vem no jogo, mas tem um detalhe, os estadios de maior capacidade para que ficassem o mais parecido possivel,   ❌ tive que diminuir a capacidade deles, senão pelas limitaçoes do 3D, eles nao iriam ficar parecidos.
      ✔️ Porem com o uso do FMRTE vc pode deixar os estadios com a capacidade real sem modificar o 3D, e com o uso do FMRTE vc pode tb deixar os estadios mais parecidos ainda, como por exemplo colocando 0 na parte da arquibanca da fonte nova, vai fazer ter aquela abertuda igual na vida real, assim como Sao Januario que nao tem a parte esquerda, e varios outros estadios, por esse motivo vai um template grafico incluso na instalaçao pra quem quiser fazer essas melhorias, fica a seu criterio, e é bastante facil de fazer                                                                                                                                                                                                                                                                          
      DOWNLOAD:  V.4    https://www.4shared.com/file/IUioZD6Fei/Estadios_Brasileiros_3D_v4__FM.html?
      Versão sem instalador: https://www.4shared.com/rar/NAKktw5Nca/Estadios_Brasileiros_3D_v4__FM.html?
      Instalação: Após baixar o arquivo ¨Estadios 3D e Faixas de torcidas FManager Brasil¨ dê um duplo clique que vai ser instalado automaticamente no diretorio do FM18. se pedir para subscrever arquivos aceite..... Depois vá em preferencias do FM, e na aba interface, clique para ¨recarregar skin quando confirmar¨ e ¨desmarcar skin em cache¨
       
      ARENA FONTE NOVA

      BRINCO DE OURO

      MORUMBI

      BARRADÃO

       

       
       
    • thyagocda
      By thyagocda
      SUMÁRIO

      Apresentação
      Sou mais um daqueles apaixonados por FM, mas por conta dos compromissos pessoais, o tempo gasto com o jogo deve ser bem equilibrado. Ano passado criei uma história aqui na PM com o Porto mas acabei interrompendo depois que descobri que eu seria pai, a gravidez passou, meu filho (Thayler) já nasceu com saúde graças a Deus. E agora que as coisas acalmaram vinha planejando o retorno a área.
       
      Estilo de Postagem
      Tentarei seguir um padrão de postagens bimestrais sobre os acontecimentos no jogo. Mas pretendo utilizar as probabilidades de apostas do jogo para gerar interatividade com os leitores entre as postagens. Pelo menos a introdução do save contará com uma "pequena ficção" e ao longo do save tentarei dar prosseguimento.
       
       

      O Desafio Real #1 | A Dany - MAI/17
      Valência - ESP

      Clique aqui para a próxima postagem
    • Bruno Miguel Colombo Silva
      By Bruno Miguel Colombo Silva
      Boa noite
      Não sei se já existe algum tópico que fale exatamente sobre isso, mas analisando e estudando vendo alguns vídeos ainda do fm 18 no canal do YouTube, em um vídeo vi ele falando que tal função de meia não combina com outra função de meia atuando juntos ou até mesmo estando ele como meia atacante.
      Gostaria de saber quais funções “casam” melhor e quais não dão certo.
      Muito obrigado desde já.
    • Perissé
      By Perissé
      Introdução: Sejam bem-vindos ao meu mais novo save! Já tinha essa ideia de save na minha cabeça e, com o infeliz final do save com a Portuguesa da Ilha, decidi pôr em prática um pouco antes do planejado.
      Antes de tudo, devo falar dos velhos erros pessoais nos últimos saves. O primeiro deles, que já tinha apontado, mas não corrigi de fato, é a questão do espaçamento das atualizações, que provoca uma confusão na leitura e será corrigida, já que jogarei em uma velocidade maior, passando do jogo completo para o alargado e prolongado. Já o segundo é a questão da falta de backups do arquivo do save, o que já ocasionou o fim de dois saves e que será corrigido com backups semanais.
      Seguindo para o save em si, a escolha pelo Rayo Vallecano de Madrid aconteceu por ser um dos clubes que mais simpatizo no país pela história oposta ao Real Madrid, seu maior rival, e pelo engajamento em questões sociais. Além disso, devo investir bastante no relato das inúmeras histórias que o clube franjirrojo. 
      Sobre o clube: O Rayo Vallecano de Madrid foi fundado em maio de 1924 no antigo município de Vallecas, hoje um charmoso bairro operário de Madrid após uma anexação durante a ditadura de Francisco Franco. O clube nasceu com o uniforme inteiramente branco, porém teve que firmar um acordo com o Atlético de Madrid na temporada de 1949-50, o que fez com que mudasse para a tradicional faixa diagonal vermelha.
      Sufocado na própria cidade pelos gigantes Real Madrid e Atlético de Madrid, o clube se agarrou às suas raízes de Vallecas e levou os valores locais adiante, sendo conhecido por ser um dos maiores clubes de bairro e acreditando no futebol como algo além do esporte, servindo para educar e orientar a luta por suas causas. Ademais, tal sentimento de pertencimento ao bairro provoca uma enorme relação de proximidade com o local, onde ambos nunca estarão sozinhos, e uma forte oposição ao Real Madrid, que sempre teve uma proximidade com o poder e com parte da torcida possuindo ligações fascistas.
      Desde a sua fundação, a maioria das partidas do clube eram disputadas no primitivo terreno conhecido como Campo del Rodival, que possuía apenas pequenas arquibancadas e não existe mais na atualidade. 

      Já em 1973, o clube se mudou definitivamente para o Estádio de Vallecas, recém-reconstruído sobre o antigo campo construído em 1930 pelo extinto Racing de Madrid. Atualmente, o estádio possui capacidade para quase 15 mil torcedores, sendo 2 mil destinados ao único setor atrás do gol, onde ficam os ultras do clube conhecidos como Los Bukaneros, que protagonizam inúmeras cenas marcantes em suas manifestações nas arquibancadas.

      INFRAESTRUTURA
      Nas conquistas, o clube espanhol não possui uma vasta coleção, possuindo apenas três: duas Segunda División B e uma La Liga 2, conquistada na última temporada. No entanto, a sua melhor temporada foi a de 2000-01, quando teve a sua primeira participação em competições continentais jogando a Europa League. A campanha da equipe foi inesquecível, chegando até as quartas de final e passando por clubes como Lokomotiv de Moscou e Bordeaux.
      Quanto aos ídolos, o maior ídolo do clube é, sem dúvidas, Jesús Diego Cota, ex-lateral-direito que dedicou os seus 17 anos de carreira somente ao Rayo. O madrilenho foi o que possui mais partidas pelo clube (mais de 400) e participou de quatro promoções à La Liga, além de ser o capitão na inesquecível campanha na Europa League.
      O clube, durante a sua história, não precisou de títulos ou mesmo de participações na La Liga para ser reconhecido. A fama não se concentra na bola, mas sim na postura da instituição. Entretanto, o objetivo do save é levar o clube a ser reconhecido também nesta vertente.
      Dados do save: O save será realizado no Football Manager 2018, por esse motivo o clube ainda estará na La Liga 2, com uma base de dados grande. Quanto às ligas carregadas, as divisões da Turquia e China foram escolhidas por serem aquelas que mais movimentam o mercado do futebol espanhol. Além delas, as principais ligas da Argentina e México serão carregadas no momento em que alcançarmos a promoção para a La Liga.
      Treinador: Como é de praxe nos meus saves, o treinador será alguém com forte ligação ao Rayo Vallecano. Desta forma, Roberto Trashorras foi o escolhido para assumir o comando do franjirrojo. O meia espanhol atuou no clube de 2011 até a última temporada, quando anunciou sua aposentadoria dos gramados. Durante este período, Trashorras foi o capitão da equipe que atingiu a maior quantidade seguidas de participações na La Liga na história do clube (5) e participou do maior título do clube na temporada de 2017-18 (La Liga 2).

      Nas responsabilidades, o treinador poderá apresentar propostas por jogadores e será o encarregado pela renovação dos contratos. No entanto, o diretor de futebol David Cobeño, além de poder apresentar propostas por jogadores, negociará os contratos com esses novos jogadores e dará a palavra final para a transferência. Já nas saídas, Roberto Trashorras poderá indicar jogadores dispensáveis e o diretor será o responsável por negociar os valores e pela palavra final.
      Quanto ao estilo do treinador, utilizei a qualificação e experiência equivalentes à equipe. Na hora de escolher os atributos, dei destaque para aquilo que considero realista com o treinador escolhido.

      Objetivos a curto prazo (atualizados a cada três temporadas): Alcançar a promoção para a La Liga; Estar entre os 20 clubes mais ricos da Espanha, o que demanda dobrar o valor atual (€ 7 M); Terminar todas as temporadas com o saldo global positivo; Ter cinco pratas da casa no elenco principal (atualmente dois).
    • Banton
      By Banton
      Eu só jogo na Europa e o campeonato português é sempre o meu principal alvo nas janelas de transferência. Jogadores dos clubes pequenos saem por uma barganha.
      Mas resolvi me aventurar no Bacalhauzão e gostaria de saber se existe uma possibilidade dos jogadores serem mais valorizados?
      Os valores dos meus jogadores estão abaixo de 1M. Recebo propostas absurdamente ofensivas pelos meus atletas. Como resolver? 
      Pensei em aumentar o nível de reputação da liga mas outros campeonatos tem menos reputação e os jogadores são mais valorizados que os portugueses.
       
×
×
  • Create New...