Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Bruno Trink

'Til I Die... - Coincidência [16.03]

Recommended Posts

Neynaocai

Poxa, a realidade é uma dureza mesmo. Esse um a zero foi pouco diante do que aconteceu. Também, é aquela dúvida antes de um jogo contra um adversário muito superior: ataque é corre o risco de ser goleado - podendo surpreender - ou defende e tenta levar aos pênaltis, sabendo que a chance de ganhar é praticamente abdicada.

Paciência. Levou um título inédito ao Sunderland. Parabéns pela belíssima temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink
4 horas atrás, Neynaocai disse:

Poxa, a realidade é uma dureza mesmo. Esse um a zero foi pouco diante do que aconteceu. Também, é aquela dúvida antes de um jogo contra um adversário muito superior: ataque é corre o risco de ser goleado - podendo surpreender - ou defende e tenta levar aos pênaltis, sabendo que a chance de ganhar é praticamente abdicada.

Paciência. Levou um título inédito ao Sunderland. Parabéns pela belíssima temporada.

Foram poucas chances claras, na verdade, para os dois lados. Eles controlaram o jogo mas também não ameaçaram. Minha ideia era mesmo jogar por uma bola, como foi nos confrontos anteriores.

O título da League One não é exatamente inédito, o Sunderland já foi campeão da terceira divisão na temporada 1987-88 quando, na verdade, ainda não era Football League.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

banner.thumb.png.5bdbcca2ab0a5e509b678180e03670c5.png

 

banner_talksport52a0bac4ad5f4e34.png

 

DEFESAS GANHAM CAMPEONATOS
Sem ser vazada em mais da metade das partidas, números impressionam

Por Michael Gray
4 de maio de 2019

 

3561954380_68fddf213d.jpgComo já tinha dito, não era se, era quando o Sunderland se sagraria campeão. O título veio na 44ª rodada, com um empate no ABAX Stadium, em Peterborough. Dada a indubitabilidade do título, farei aqui algumas considerações a respeito da campanha na League One.

Foram 104 pontos e o recorde continua com o Reading da temporada 2005/06. Curiosamente, apesar dos doze pontos de vantagem sobre o Barnsley, a melhor campanha em casa foi do vice-campeão, 60 pontos contra 59. Já o melhor visitante também não foi o Sunderland, que perdeu para o Portsmouth por 47 a 45. Os black cats tiveram apenas o quinto melhor ataque, bastante atrás do Barnsley. Em compensação, podemos dizer que o Sunderland venceu o campeonato com sua defesa que sofreu apenas 24 gols, uma média de pouco mais de um a cada dois jogos.

Contrastando com os números, Gary não montou uma equipe defensiva. Muito pelo contrário, seu time teve a maior média de posse de bola, mais passes trocados e melhor aproveitamento. A posse, no entanto, foi pouco proveitosa e isso é um ponto a ser melhorado para quando chegarem na Championship. O Sunderland criou apenas 50 chances de gol, com 40% de índice de acerto de chutes a gol. Foram dez tentos conferidos em escanteios, cinco em cobranças diretas de faltas e oito em faltas indiretas.

Independente disso, o elenco deve ter alguma reformulação. O gabarito é mais alto na Championship e Gary terá algo em torno de €30M para contratar. Entre os jogadores emprestados, Louis Thompson deve ser requerido de volta pelo Norwich, Bednarek pode ter seu contrato renovado e Galloway, apesar de ter sido titular na grande maioria das partidas do ano, ainda não teve sua situação definida.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

Título assegurado e o Sunderland está um degrau mais perto do lugar que lhe pertence.

Eu concordo muito com a sua abordagem. A minha primeira preocupação no football manager é sofrer poucos golos. Se isso acontecer os títulos ficam mais perto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tsuru

Mais do que nunca, provou que defesas ganham campeonatos. Parabéns pelo título e pela promoção!

Fazer a posse de bola ser efetiva é um desafio e tanto no FM, curioso para ver como fará isso acontecer.

Com essa grana toda dá pra reforçar bem o time e brigar pela promoção para a Premier League.

Boa sorte na continuação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Andreh68

Tudo no script. Curioso se pretende alterações táticas para o nível acima, ou só melhorar as peças.

Por falar nisso tem uma ótima contratação no Blackburn Rovers, um menino Jack Rodwell, ta pronto para estourar...   

 

... o orçamento

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

Uma pena que dois zagueiros sejam emprestados. Tomara que consiga renovar com eles.

Eu já havia elogiado a consistência defensiva anteriormente, então não é novidade pra mim.

Torcendo pro Portsmouth subir também. Engraçado com o time que mais criou chances de gol foi o Doncaster e ficou no meio da tabela. Por outro lado, o Barnsley arrebentou no ataque.

Quem arrebentou no Sunderland foi a dupla Power e Maguire também, além da promessa Maja. Tem uma base boa pra próxima temporada. E o que dizer do promessa de FIFA Cattermole, com 94% de passe em 46 jogos???

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink
20 horas atrás, Master Darthz disse:

Título assegurado e o Sunderland está um degrau mais perto do lugar que lhe pertence.

Eu concordo muito com a sua abordagem. A minha primeira preocupação no football manager é sofrer poucos golos. Se isso acontecer os títulos ficam mais perto.

Eu normalmente faço isso e, muitas vezes, acaba faltando dinheiro pra contratar lá na frente. Mas faz parte.

 

19 horas atrás, Tsuru disse:

Mais do que nunca, provou que defesas ganham campeonatos. Parabéns pelo título e pela promoção!

Fazer a posse de bola ser efetiva é um desafio e tanto no FM, curioso para ver como fará isso acontecer.

Com essa grana toda dá pra reforçar bem o time e brigar pela promoção para a Premier League.

Boa sorte na continuação!

Esse desafio tem tudo para ser bem complicado. São compromissos com a diretoria praticar um futebol ofensivo e de posse. Não vou conseguir enrolar por muito tempo se eu resolver mudar o esquema dessa temporada. Vou ter que manter o controle pela posse e dobrar os cuidados defensivos.

Acho que ainda não dá pra brigar pelo acesso. Estou com a perspectiva de ficar na parte de cima da tabela e, quem sabe, beliscar um playoff.

 

18 horas atrás, Andreh68 disse:

Tudo no script. Curioso se pretende alterações táticas para o nível acima, ou só melhorar as peças.

Por falar nisso tem uma ótima contratação no Blackburn Rovers, um menino Jack Rodwell, ta pronto para estourar...   

 

... o orçamento

Esse não passa nem na porta do clube. Depois do que eu vi na série, fiquei com raiva dele. E olha que nem torço pro Sunderland ainda...

 

2 horas atrás, Neynaocai disse:

Uma pena que dois zagueiros sejam emprestados. Tomara que consiga renovar com eles.

Eu já havia elogiado a consistência defensiva anteriormente, então não é novidade pra mim.

Torcendo pro Portsmouth subir também. Engraçado com o time que mais criou chances de gol foi o Doncaster e ficou no meio da tabela. Por outro lado, o Barnsley arrebentou no ataque.

Quem arrebentou no Sunderland foi a dupla Power e Maguire também, além da promessa Maja. Tem uma base boa pra próxima temporada. E o que dizer do promessa de FIFA Cattermole, com 94% de passe em 46 jogos???

 

 

O Bednarek deve ficar, já fiz a proposta ao Southampton. Já o Galloway, tenho dúvidas, estou vendo se vale a pena já que o Lamine Koné volta de empréstimo. Power e Maguire foram os grandes destaques mas o Cattermole foi fundamental. Além das questões técnica e tática, a influência dele no elenco é fantástica.

Ah, o Portsmouth não subiu...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Defesa sólida é o primeiro passo para uma campanha sem sustos. Fez valer essa máxima e foi campeão com sobras e pontuação excelente. Tem elenco forte para aguentar a divisão de cima, com suas devidas mexidas. Na Copa foi extremamente bem e foi eliminado, mas sem sentir o peso da eliminação, afinal de contas, fez uma campanha maravilhosa. Agora é pegar tudo isso e se preparar para a próxima temporada, uma nova batalha se aproxima.

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Herr Jones

Belíssimo campeonato! Uma campanha que foi cultivada com aquela atenção especial ao setor de defesa e que se provou bastante acertada. Não sei quanto à situação dos jogadores do Sunderland que estavam emprestados, mas acredito que terá de volta alguns bons nomes para a Championship além de um vasto orçamento para reforçar o clube adequadamente para a próxima temporada.

Agora os black cats terão de se provar realmente com adversários mais próximos de seu nível e eu aposto em uma boa campanha nessa Championship.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

Indubitabilidade é difícil de ler kkkk

Parabéns pelo título e pelo quase recorde de pontos, a sua equipe fez um ótimo campeonato. Concordo mesmo com o título desse capítulo, o time começa lá de trás. Espero que na próxima temporada o Sunderland melhore mais ainda e faça história mais uma vez. Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink
23 horas atrás, marciof89 disse:

Defesa sólida é o primeiro passo para uma campanha sem sustos. Fez valer essa máxima e foi campeão com sobras e pontuação excelente. Tem elenco forte para aguentar a divisão de cima, com suas devidas mexidas. Na Copa foi extremamente bem e foi eliminado, mas sem sentir o peso da eliminação, afinal de contas, fez uma campanha maravilhosa. Agora é pegar tudo isso e se preparar para a próxima temporada, uma nova batalha se aproxima.

Boa sorte!

Acho o elenco suficiente para se manter na Championship. Se quiser mais, tem que reforçar. Ainda mais que temos que repor, pelo menos, um zagueiro e um meia, mas, pra brigar mais em cima, preciso de mais.

 

16 horas atrás, Herr Jones disse:

Belíssimo campeonato! Uma campanha que foi cultivada com aquela atenção especial ao setor de defesa e que se provou bastante acertada. Não sei quanto à situação dos jogadores do Sunderland que estavam emprestados, mas acredito que terá de volta alguns bons nomes para a Championship além de um vasto orçamento para reforçar o clube adequadamente para a próxima temporada.

Agora os black cats terão de se provar realmente com adversários mais próximos de seu nível e eu aposto em uma boa campanha nessa Championship.

Entre os que estavam emprestados, só o Lamine Koné pode voltar para ser titular ou, no mínimo, brigar por vaga. Na série, ele aparece num dos primeiros episódios e me deixou uma má impressão. Vamos ver como ele é no jogo. Até temos dinheiro para reforçar, mas precisaria ajustar os orçamentos porque estamos no limite dos salários.

 

15 horas atrás, PedroJr14 disse:

Indubitabilidade é difícil de ler kkkk

Parabéns pelo título e pelo quase recorde de pontos, a sua equipe fez um ótimo campeonato. Concordo mesmo com o título desse capítulo, o time começa lá de trás. Espero que na próxima temporada o Sunderland melhore mais ainda e faça história mais uma vez. Boa sorte!

Tenho esse hábito mesmo de começar a montar as equipes a partir de trás. Sempre funcionou bem, só preciso tomar cuidado para não esquecer da frente.

Gostei da palavra também! 🤣

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

banner.thumb.png.5bdbcca2ab0a5e509b678180e03670c5.png

 

banner_talksport52a0bac4ad5f4e34.png

 

ESTREIA DOS SONHOS
Com cinco novidades e show de Oviedo, Sunderland vence o Derby County

Por Michael Gray
3 de agosto de 2019

 

A expectativa na cidade pelo retorno do Sunderland à Championship era enorme, assim como a movimentação do público no entorno do Stadium of Light desde cedo. Achei, no entanto, que o público ficou um pouco aquém do que imaginava, acreditava em lotação máxima. O adversário era complicado, a equipe de Frank Lampard caiu na semifinal dos playoffs na temporada passada e praticamente não perdeu peças. Gary tinha o desfalque do Koné, que voltou ao clube depois de um ano no Racing de Strasbourg, ainda se recuperando da torção no joelho contraída nos treinos durante a semana.

image.thumb.png.02566467c12edf6407062ab2df28d621.pngTodos curiosos também para saber quais dos dez reforços estariam em campo nesse primeiro jogo oficial. Um goleiro, com certeza, e ninguém sabia qual seria. Adrián Ortolà e Joe Lumley atuaram o mesmo tempo nos amistosos da pré-temporada e a escolha acabou caindo sobre o espanhol. O outro era o substituto do Koné. Tom Lees, mais experiente, foi o selecionado para compor a dupla com Bednarek e Tosin Adarabioyo ficou no banco. Do meio para a frente, apenas duas novidades: Danilo Cataldi, sem espaço na Lazio depois da confusão com ultras em 2017, e Alexander Isak, o prodígio sueco que já foi comparado a Ibrahimovic. No banco ficaram Paddy McNair, que já volta ao clube depois de um ano no Middlesbrough, e Ravel Morrison, a eterna promessa de Alex Ferguson que, aos 26 anos, ainda não estourou. 

Harvey Barnes e David Brooks completam a extensa lista de contratações. Isso sem contar com os cinco garotos que chegaram para o sub-18: Chris Kennedy, Joe Blewden, Frank Nicholls, Joel Lane e Jonathan Watson. Essas contratações fazem parte do planejamento par ao futuro do clube que, agora, conta também com David Moss, que foi diretor de futebol do Celtic por sete anos e vem para liderar as categorias de base do Sunderland.

O grande nome da vitória sobre o Derby County, no entanto, foi um velho conhecido da torcida. Oviedo, que teve algumas sondagens para sair na janela, deu assistências para os gols de Isak e Watmore e marcou o seu numa bela cobrança de falta. O próximo desafio será em Londres, no clássico The Den, contra o Milwall. Antes disso acontece o fechamento da janela de transferências aqui na Inglaterra e ainda podemos ter novidades. O elenco do Sunderland ficou um tanto quanto inchado com 27 jogadores e Gary prefere trabalhar com grupos mais enxutos.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

Arrancou com uma vitória, o que é sempre bom. Gostei das transferências, mas também achei o plantel extenso. Pretende fazer rotação na equipa?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Andreh68

Grande Oviedo! Nunca duvidei dele! Torço por uma boa temporada do Maja. Quanto a Cataldi, se brigou com a torcida da lazio, tem meu respeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

O futebol inglês é sem dúvida um dos mais equilibrados e acho que faria o mesmo que você fez na janela, pois contratou um bom número de jogadores e com isso, poderá trabalhar na formação de uma equipe base bem mais forte e consistente que na temporada passada. Esse Alexander Isak é realmente uma grande promessa. Já pensou em multa rescisória? Bom trabalho na sequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

Mais uma vez o sistema defensivo sendo destaque. Você não foi espionar o Lampard, né? Senão vai gerar tanto esperneio que não vais conseguir dormir hahaha

Excelentes goleiros contratados. Eu ia comentar anteriormente que seus goleiros não eram destaques, deve ter percebido. O Bendnarek é emprestado de quem?

Isak é um absurdo, não curto jogar contra ele. E você investiu uma boa grana no Cataldi, deve confiar bastante nele.

As probabilidades demonstram que o time é bom e não duvidaria de um acesso seguido. Basta saber se as peças vão se encaixar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

O elenco realmente é grande, mas pelo menos está bem qualificado. E apesar das probabilidades apontarem q vc fique no meio da tabela, acho que o time tem força pra buscar até um novo acesso. Não seria surpreendente, afinal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
skp

Que primeira temporada no clube, excelentes resultados da FA Cup, uma pena que não tenha chegado a final.
O time conseguiu o acesso e o título sem grandes dificuldades, só houve um momento cheio de lesões que poderia ter tirado o embalo do time.

Gostei das contratações para essa temporada, tanto Ortolá como Cataldi são excelentes nomes e ainda são novos. Ousou em apostar na interminável promessa Morrison.
Estreio com o pé direito.
Boa sorte no decorrer, os gráficos estão excelentes. Parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Herr Jones

Gostei bastante das transferências para esta Championship. A aposta em Morrison é interessante, já que a capacidade técnica dele é muito boa para a liga, embora não tenha a mentalidade esperada para esse renascimento dos black cats; espero que ele consiga despontar para o futebol aí no Sunderland. O Cataldi foi um achado mesmo, muito bom jogador e tem tudo pra elevar o nível do time nessa temporada, só que minha surpresa foi no nível dos dois goleiros contratados. São muito bons e, acredito, deve ser aquela boa dor de cabeça para o correr da temporada.

Com relação à estreia, começou muito bem vencendo de um time que na última temporada esteve brigando pelo acesso via playoffs, então é algo a se destacar. Acredito que com os bons valores que tem no plantel pode brigar facilmente por uma vaga nos playoffs de acesso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink
Em ‎20‎/‎02‎/‎2019 at 18:24, Master Darthz disse:

Arrancou com uma vitória, o que é sempre bom. Gostei das transferências, mas também achei o plantel extenso. Pretende fazer rotação na equipa?

Rodar por rodar não faz parte dos meus planos. Acho que o onze tem que merecer estar em campo mas, numa temporada longa, com muitos jogos e as eventuais lesões, acabo precisando usar o elenco. No entanto, ainda prevejo problemas, temos muita gente no grupo.

 

Em ‎20‎/‎02‎/‎2019 at 21:34, Andreh68 disse:

Grande Oviedo! Nunca duvidei dele! Torço por uma boa temporada do Maja. Quanto a Cataldi, se brigou com a torcida da lazio, tem meu respeito.

Vou confessar uma coisa: o Oviedo era um cara que eu queria negociar lá no início do save. Sabia que ele era bom lateral mas sempre achei que poderia conseguir algum melhor, com mais futuro. Mas ele se mostrou extremamente útil e excelente nas bolas paradas. Mas ele tem uma questão com lesões que podem complicar minha vida mais pra frente, já preciso ficar de olho numa reposição.

 

Em ‎21‎/‎02‎/‎2019 at 07:01, Vannces disse:

O futebol inglês é sem dúvida um dos mais equilibrados e acho que faria o mesmo que você fez na janela, pois contratou um bom número de jogadores e com isso, poderá trabalhar na formação de uma equipe base bem mais forte e consistente que na temporada passada. Esse Alexander Isak é realmente uma grande promessa. Já pensou em multa rescisória? Bom trabalho na sequência.

Sempre tento colocar valor futuro nos meus empréstimos mas, nesses tipos de jogador como o Isak, o Bednarek, promessas de times maiores, fica bem complicado colocar um valor acessível. O Tom Lees está com um valor bom, menos de 4M de euros. Se for bem, fica.

 

Em ‎21‎/‎02‎/‎2019 at 08:39, Neynaocai disse:

Mais uma vez o sistema defensivo sendo destaque. Você não foi espionar o Lampard, né? Senão vai gerar tanto esperneio que não vais conseguir dormir hahaha

Excelentes goleiros contratados. Eu ia comentar anteriormente que seus goleiros não eram destaques, deve ter percebido. O Bendnarek é emprestado de quem?

Isak é um absurdo, não curto jogar contra ele. E você investiu uma boa grana no Cataldi, deve confiar bastante nele.

As probabilidades demonstram que o time é bom e não duvidaria de um acesso seguido. Basta saber se as peças vão se encaixar.

Os goleiros eram ok pra nível de League One. Demos o salto e agora temos dois por alguns anos. O Bednarek é do Southampton. Não achei o Cataldi tão caro, muito pelo contrário. Tanto que o valor dele já está em 5,25M. E o Isak já estava na minha mira há algum tempo. Hesitei bastante por causa do Maja, não queria atrasar o desenvolvimento de um jogador da base, mas achei que ele não ia segurar a onda de ser o responsável pelos gols do Sunderland em uma Championship tão disputada.

 

Em ‎21‎/‎02‎/‎2019 at 18:03, marciof89 disse:

O elenco realmente é grande, mas pelo menos está bem qualificado. E apesar das probabilidades apontarem q vc fique no meio da tabela, acho que o time tem força pra buscar até um novo acesso. Não seria surpreendente, afinal.

Olha, pelo início da temporada, não duvidaria também não...

 

13 horas atrás, skp disse:

Que primeira temporada no clube, excelentes resultados da FA Cup, uma pena que não tenha chegado a final.
O time conseguiu o acesso e o título sem grandes dificuldades, só houve um momento cheio de lesões que poderia ter tirado o embalo do time.

Gostei das contratações para essa temporada, tanto Ortolá como Cataldi são excelentes nomes e ainda são novos. Ousou em apostar na interminável promessa Morrison.
Estreio com o pé direito.
Boa sorte no decorrer, os gráficos estão excelentes. Parabéns!

Tentei buscar reforços bem nessa faixa de idade dos dois, praticamente formados e que ainda nos dessem alguns anos de qualidade. Isso se não nos ajudarem a fazer dinheiro mais pra frente. Claro que o objetivo primeiro é técnico, depois financeiro, se possível.

O Morrison foi uma aposta mesmo. Menos mal que foi de graça, só pelos salários. Mas já estou meio que me arrependendo. 

 

8 horas atrás, Herr Jones disse:

Gostei bastante das transferências para esta Championship. A aposta em Morrison é interessante, já que a capacidade técnica dele é muito boa para a liga, embora não tenha a mentalidade esperada para esse renascimento dos black cats; espero que ele consiga despontar para o futebol aí no Sunderland. O Cataldi foi um achado mesmo, muito bom jogador e tem tudo pra elevar o nível do time nessa temporada, só que minha surpresa foi no nível dos dois goleiros contratados. São muito bons e, acredito, deve ser aquela boa dor de cabeça para o correr da temporada.

Com relação à estreia, começou muito bem vencendo de um time que na última temporada esteve brigando pelo acesso via playoffs, então é algo a se destacar. Acredito que com os bons valores que tem no plantel pode brigar facilmente por uma vaga nos playoffs de acesso.

Como disse aí pro skp, estou meio que me arrependendo de ter trazido o Morrison. Acreditei, pelos atributos, que ele pudesse fazer um bom atacante, apesar de ser meia atacante de origem. Não funcionou tão bem na pré-temporada, tanto que trouxe o Isak. E ele já começou a reclamar. Assim como o Lumley, preterido nesse início. É o ônus de ter um elenco grande.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

banner.thumb.png.5bdbcca2ab0a5e509b678180e03670c5.png

 

banner_talksport52a0bac4ad5f4e34.png

 

UM NOVO RIVAL?
Sunderland vence West Ham de virada e está nas quartas da Carabao Cup

Por Michael Gray
29 de outubro de 2019

 

nintchdbpict000228163016-e1490984758781.jpg?w=960Revanche? Para a grande maioria da torcida, sim. A competição era outra, menos importante, uma fase anterior ainda. O importante é que o adversário sorteado lá no final do mês passado era o mesmo West Ham que bateu o Sunderland na semifinal da FA Cup. Em campo, muitas alterações, principalmente do lado londrino. Apenas dez remanescentes daquele confronto entre os vinte e dois iniciais, sendo seis pelos black cats. Emoção, no entanto, não faltou. Kasper Dolberg fez primeiro para os hammers, Watmore e Isak viraram ainda no primeiro tempo. Tudo muito bom, tudo muito bem, até a imprudente e violenta entrada do McNair no Dolberg aos 28 minutos da etapa final. Gary fechou a casinha e suportou bem a pressão do adversário até o apito final. O adversário das quartas de final será definido em sorteio na próxima sexta-feira.

Essa classificação, na verdade, apenas retrata a fantástica campanha que o Sunderland vem fazendo nessa temporada de volta à Championship. Como eu já disse, Gary Bennett tinha duas opções nesse ano pós-acesso: ser cauteloso e preparar o time para esperar os adversários ou manter o que funcionou muito bem na League One, uma equipe que propunha e pressionava o oponente na pós-perda. Optou pela segunda e está colhendo os frutos. Já se passaram três meses e o time ainda não perdeu. Venceu quatorze partidas e empatou cinco. Lidera a competição com dois pontos na frente do Brentford e seis do Hull City, outras duas surpresas se considerarmos as previsões do início de agosto. Diferente do ano passado, além de uma defesa pouco vazada, o ataque do Sunderland, hoje, é o melhor da competição, ao lado do Cardiff City. Por sinal, a próxima partida será justamente contra os galeses, no Cardiff City Stadium.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

Primeiro lugar e dois pontos de vantagem sobre o segundo. Nada mau para quem acabou de subir.

E excelente vitória sobre o West Ham, a vingar a derrota da época anterior.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

É a velha máxima, "time que está ganhando não se mexe". A opção por manter o time no estilo de jogo que tem rendido melhores resultados é sem dúvida a atitude certa. Sobre o confronto contra o West Ham, não tenho dúvida de que foi emocionante, principalmente por ser um jogo de virada. Quais adversários considerados cascudos ainda tem nessa competição? Bom trabalho na sequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink
3 horas atrás, Master Darthz disse:

Primeiro lugar e dois pontos de vantagem sobre o segundo. Nada mau para quem acabou de subir.

E excelente vitória sobre o West Ham, a vingar a derrota da época anterior.

Nada mal mesmo. Muito pelo contrário. Bem acima do que eu imaginava. E é sempre bom ter essa vingancinha, né?

 

3 horas atrás, Vannces disse:

É a velha máxima, "time que está ganhando não se mexe". A opção por manter o time no estilo de jogo que tem rendido melhores resultados é sem dúvida a atitude certa. Sobre o confronto contra o West Ham, não tenho dúvida de que foi emocionante, principalmente por ser um jogo de virada. Quais adversários considerados cascudos ainda tem nessa competição? Bom trabalho na sequência.

Vários, estão ali no link: Manchester City, Tottenham e Liverpool, além do Everton e outros médios da Premier League. Não tenho dúvida que um deles vai cair na nossa frente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • mfeitosa
      Por mfeitosa
      Fala pessoal! Estou de volta para trazer uma reedição de um save que havia postado com o FM 2011, um dos primeiros que publiquei por aqui e que foi muito prazeroso de jogar. Trata-se do save "Como nos velhos tempos", onde tentei retratar a trajetória do ex-atacante Marinho sob o comando do glorioso Bangu Atlético Clube. 
      Estarei utilizando o MRT90 Brasil, como forma de possibilitar o comando do time dentro do FM 2019, que se encontra atualmente sem divisão. Para deixar as competições mais equilibradas, atualizei as transferências e elencos de diversos times, com base em sites oficiais e outros como o 'Transfermarkt' e 'O Gol'. Caso alguém tenha interesse neste arquivo, pode baixar por aqui.

      Fundado por britânicos em 17 de abril de 1904, o Bangu Atlético Clube é um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro e um dos pioneiros no Brasil, sendo o primeiro a escalar um atleta negro no país, mesmo contra a vontade da federação local, que chegou a proibir a prática, forçando a equipe a decidir por não participar da extinta Liga Metropolitana de Football. 
      Em seus mais de 110 anos, o Alvirrubro de Moça Bonita colecionou algumas conquistas, tais como os títulos do Campeonato Carioca em 1933 e 1966, o Torneio dos Campeões de 1967 e a International Soccer League em 1960, quando superou equipes como Sampdoria, Rapid Wien, Sporting, Estrela Vermelha e Kilmarock. Para muitos, a ISL representa um título mundial para o Banguzão.

      Em 1985, o Alvirrubro foi vice-campeão brasileiro, quando perdeu o campeonato para o Coritiba, que faturou o título após histórica decisão por pênaltis no Maracanã. Em 1987, a equipe venceu a Taça Rio, sua última conquista relevante. No ano seguinte, em 1988, o Bangu foi rebaixado para a Série B e nunca mais retornou à elite do futebol nacional.
      Era o final da "era" liderada pelo famoso bicheiro Castor de Andrade, presidente de honra e grande financiador do clube até o final da década de 1980. Desde então, o Bangu Atlético Clube não mais reencontrou seu rumo e suas participações no Campeonato Brasileiro têm se tornado cada vez mais raras.
      Nos últimos dez anos, a equipe se classificou apenas duas vezes para o Brasileirão Série D, abrindo mão de sua participação em 2009 por falta de recursos, e fazendo uma campanha nada animadora em 2017 (encerrou como 40º, na classificação geral).

      - Conquistar, ao menos, duas vezes o Campeonato Carioca, repetindo os feitos de 1933 e 1966;
      - Retornar à Série A (última participação em 1988);
      - Conquistar o título da Série A, superando o feito de 1985 (vice contra o Coritiba);
      - Conquistar o título da Copa do Brasil (nunca fez boa campanha);
      - Conquistar o título da Libertadores da América (decepcionou em sua única participação, em 1986);
      - Conquistar o título do Mundial de Clubes, equiparando a façanha de 1960 (International Soccer League);
      - Superar a reputação de, ao menos, um dos grandes do Rio de Janeiro;
      - Emplacar um ídolo que supere, ao menos, a marca do ex-atacante Marinho no clube (83 gols).

      Desta vez, não teremos Marinho no comando do Bangu. Sendo assim, teremos uma "passagem de bastão" para um ídolo mais recente da torcida alvirrubra. Trata-se do ex-zagueiro Carlos Renan, que defendeu a equipe de Moça Bonita entre 2010 e 2014, sendo aproveitado depois como auxiliar da comissão técnica. 

      Dentro do jogo, defini sua qualificação "baseada no Bangu", o que deixou o treinador com Licença Nacional B, e selecionei experiência anterior como Futebolista Profissional (nível local), o que condiz com a realidade. Por se tratar de uma pessoa que, enquanto jogador, demonstrava perfil de liderança junto aos companheiros, deixei Carlos Renan com estilo de treino Motivador. Nenhum atributo foi alterado manualmente. 
    • just12
      Por just12
      Dei uma lida em alguns fóruns nacionais e internacionais e percebi também com minha vivência no jogo que desde q versão 13, o jogo meio que te obriga a jogar do jeito X OU Y,  são determinadas táticas e estratégias que funcionam muito bem e se vc tentar desenvolver uma filosofia própria a chance de dar errado é muito grande, a não ser que a filosofia seja próxima a que o jogo entende como funcional.
       
      No FM11 e fm12 eu me sentia mais livre pra montar filosofias e estratégias diferenciadas e que com paciência funcionavam muito bem.
      Você percebe que há anos a tática mais usada pelos players humanos é a 4231 com extremos e quando não, é uma variação dela. E de fato ela funciona super bem,ainda mais com pressão e linha alta.
    • F J
      Por F J
      Fala galera.
       
      Mais um ano que venho seguindo com esse projeto, dessa vez para FM2019.
      Por volta de 630 jogadores/staffs entre criações e edições de jogadores baseados no Japão que como vocês sabem não vem no FM.
      Sò subscrever que vai aparecer nos seus arquivos do editor.
       
       
      Espero que gostem.
      https://steamcommunity.com/sharedfiles/filedetails/?id=1686393451
       
       









    • senna889091
      Por senna889091
      Onde que eu vejo a porcentagem de dinheiro de venda de jogadores que vai exclusivamente pro orçamento de transferências?
      Eu sei que nao ta 100% no meu caso, mas queria saber pra decidir se vale a pena vender alguns jogadores por agora mas so lembro de ver essa informação na caixa de entrada, to em Finanças e acho nada. 
    • Johann Duwe
      Por Johann Duwe
      Fonte
       
       
      Fonte
      Inspirado no Ypiranga do @Leonardo Moreno e no Tupi do @marciof89 vem aí mais um save em terras tupiniquins, eu, pessoalmente, não gosto de jogar no Brasil, mas irei abrir uma exceção pois como disse o @CCSantos, promessa é dívida.
      A cidade de Joinville é mais reconhecida pela sua equipe de Futsal, que por muitas vezes eu vi jogar contra a equipe de Malwee/Jaraguá quando a mesma tinha o craque Falcão e tantos outros dando show.
×