Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
munozgnm

Social FC - Passos Para A Glória [Missão Cumprida - 10/02]

Recommended Posts

munozgnm
Spoiler
Em 26/01/2019 at 21:48, managersergipano disse:

Parabéns pelo acesso ao Módulo II, mas o trabalho começa agora.

 

Em 27/01/2019 at 22:20, marciof89 disse:

Fez o esperado na divisão, agora é que o bicho vai começar a pegar mesmo.

Obrigado! O acesso era realmente obrigação, pensava que iria vir até de forma mais fácil. O Módulo II creio que vai ser muito difícil, concordo que vou ter que ralar demais.

Social-FC.png

transfer-ncias.png

Saídas

A diretoria começava a me pressionar quanto ao estouro do orçamento salarial, tive que liberar alguns jogadores. Rafael ganhava um dos maiores salários do elenco, raramente era usado e, por isso, pus ele na lista de transferência, acabei liberando sem custos para o Penedense. Mesmo caso de Lucas Bertoglio e Felipe que foram para Prudentópolis e Timon, respectivamente. Laércio e Joelmir pediram para serem emprestado, cedi para Catanduva e Jaraguá até o fim da temporada.

O contrato de empréstimo com o Átila Santos terminou, a pedida salarial dele era inalcançável para um time com meu orçamento e o meia acabou indo para o Bragança, de Portugal. 

Entradas

Para suprir as vendas tive que ir ao mercado trazendo o meia atacante Thiago por R$5.500 junto ao Jacobina, Tharlles por mil reais junto ao Botafogo – PB, o meia Franklin por empréstimo junto ao Red Bull Brasil, o haitiano Jean Louis Anel do Pérolas Negras sem custos e, por último, o centroavante Zé Vitor do Atlético Tubarão por três mil.

competi-es.png

Série Regional

Social 4x0 Ipatinga: O destino nos presenteou com um clássico logo na estreia. Amassamos o Ipatinga durante toda partida, eles só foram dar um chute ao gol no segundo tempo. Essa pressão resultou nos gols de Vinicius aos 20, de Leandro aos 34’, de Vinícius aos 43’, de Caio aos 84’ e uma goleada que vai ficar para sempre na memória de qualquer fabricianense.

Linhares 0x1 Social: Fomos assombrados por um problema antigo, a falta de pontaria, eram muitas chances criadas, mas na hora de fazer o gol pecávamos. Popó aos 90’, já entrando nos acréscimos finais, marcou nos dando os três pontos

Social 2x0 Mamoré: Um replay da semifinal do mineiro. O Mamoré vinha mordido após perder o acesso a cerca de um mês, porém não conseguiu transformar essa vontade fora do campo em bom futebol. De pênalti aos 39’, Vinícius abriu o placar e Leandro aos 57’ aumentou a vantagem. Vitória tranquila por 2x0.

Minas Boca 0x3 Social: Popó aos 5’, Bruno Goulart aos 17’ e aos 39’ marcaram nos dando a liderança de forma isolada.

Social 1x1 Portal: Com muitos desfalques fizemos uma péssima partida. Bruno Goulart abriu o placar aos 22’ mas permitimos o empate na segunda etapa.

Real Noroeste 2x2 Social: Mais uma partida com muitos desfalques. Começamos perdendo fazendo um primeiro tempo horrível. Dei uma dura nos jogadores no intervalo e, pelo visto, surtiu efeito. Aos 46’, igualamos o placar com um gol contra e aos 51’ já conseguimos a virada com Popó. Um chute despretensioso do meio da rua fez o mandante empatar e assim acabou. Placar final de 2x2 e, mesmo com o resultado adverso, fiquei orgulhoso com a recuperação por parte dos meus jogadores.

Social 4x0 São Mateus: Já não bastava as muitas lesões que enchiam o DM, um surto de gripe afetou quatro jogadores do meu plantel. O goleiro titular Vitor e o reserva Doguinha; o lateral direito Edílson Gomes e o zagueiro Michael adoeceram. Com o titular pela ala direita Geovanne machucado, tive que usar o Edilson mesmo doente, ele retribuiu o apoio com um belo gol logo aos 08’. Aos 25’ Bruno Goulart ampliou. Geraldinho aos 33’ e Popó aos 85’ contribuíram para a goleada acontecer.

Patrocinense 0x0 Social: Jogo totalmente morno, fomos ligeiramente superiores, porém não conseguimos tirar o zero do placar. Final de jogo sem gols e liderança do grupo tomada.

Social 4x1 SERC: Aos 2’ depois de uma blitz, abrimos o placar com um gol contra. Thiago nos acréscimos do primeiro tempo com uma ótima finalização do meio da rua ampliou o placar. O SERC que não chegou a assustar durante o 1º tempo até diminuiu aos 52’ mas o esforço não valeu nada já que aos 60’ e aos 63’ Lucas Leite e Leandro aumentaram a vantagem.

Serranense 1x4 Social: Jogo valendo 6 pontos contra um dos postulantes à passagem de fase, ganhar praticamente garantia a vaga para as eliminatórias. Começamos mal tomando um gol logo aos 02’. Esse baque inicial não abalou minha equipe que já aos 08’ igualou o placar com Bruno Goulart. Lucas Leite aos 19’ fez um golaço e, assim, passamos a frente. Bruno Goulart aos 42’ e aos 71’ ampliou fechando uma recuperação fantástica com mais uma goleada.

Uberlândia 2x2 Social: Uma espécie de final entre o líder e o vice do Grupo I, seria a chance de retomar a liderança depois de duas rodadas. O jogo era equilibrado até que aos 23’ o Uberlândia abriu o placar. Criávamos boas oportunidades, mas em todas parávamos na defesa alviverde. Aos 63’, Geovanne exaltando maestria achou Bruno Goulart sozinho na área que empatou o jogo e, contrariando todas expectativas, Popó virou aos 86. Nesse momento estacionamos o ônibus na frente da área e o time da casa se jogou para frente conseguindo empatar no último lance, dando gostinho de derrota a esse empate.

Social 1x0 Uberaba: Foram noventa minutos de pressão intensa do Social, a bola não queria entrar de jeito nenhum. Chegando nos momentos finais de jogo, fui pro desespero, mandei todo mundo pra frente e deu certo, aos 90’ Caio fez o único gol da partida e, de quebra, garantiu os três pontos.

Araxá 0x1 Social: Leandro aos 30’ fez o único gol da partida nos fazendo garantir a passagem de fase com dois jogos de antecedência.

Social 2x1 Costa Rica: As casas de apostas confiavam que uma goleada contra o lanterna aconteceria e Leandro aos 11’ marcou dando sinais de que um placar elástico estava mesmo por vir. Alemão aos 42’ aumentou evitando qualquer chance de zebra. Nossa equipe relaxou após o segundo gol permitindo que os sul mato-grossenses diminuíssem aos 89’ mas já era tarde para conseguir levar algum ponto para casa.

Democrata SL 0x2 Social: Na última rodada da primeira fase, entramos classificados contra um time que só iria cumprir tabela. Leandro aos 71’ abriu o placar. Vinicius, voltando de lesão, ainda marcou de pênalti aos 85’. Vitória que nos fez recuperar a liderança e ficar entre as únicas nove equipes invictas em toda primeira fase.

s-rie-regional.png

Taça MG

Democrata GV 1x4 Social: Estreia da Taça MG com clássico contra um rival da divisão acima Mesmo sem ganhar a oito jogos e a gente com uma invencibilidade de 17 partidas, todo favoritismo estava do lado de lá. Começamos a contrariar a imprensa logo aos quarenta segundos com um pênalti convertido por Bruno Goulart. Aos 4’ e aos 40’ Tharlles marcou seus primeiros gols com a camisa socialina ampliando a vantagem. O Democrata diminuiu aos 75’ mas cinco minutos depois Caio fez o quarto e acabou com qualquer esperança de empate.

Social 0x2 Tupi: Já sabia que seria a partida mais difícil desse grupo, o Tupi era líder de seu grupo na Serie D e vinha invicto a 13 partidas. Conseguíamos jogar de igual pra igual mesmo com toda diferença técnica, tínhamos mais posse de bola e mais finalizações até que eles conseguiram abrir o placar aos 57’. Sentimos o gol adversário e não criamos mais chances de gol o que fez o visitante ainda ampliar a vantagem aos 85’ que nos fez perder uma invencibilidade que já durava dezenove partidas.

Social 1x0 Ipatinga: No início da temporada, analisando os elencos eu dava como improvável a possibilidade de passar às quartas de finais, porém as goleadas contra o Ipatinga no Regional e contra o Democrata na estreia me fez acreditar. Chegávamos no segundo Clássico de Aço do ano igualados em todos critérios de desempate com o rival, quem ganhasse classificaria. O jogo começou tenso, os dois times sabendo que era um verdadeiro mata-mata não se arriscavam. Bruno Goulart abriu o placar aos 40’ dando a sensação de a porteira ter aberto pois quatro minutos depois o juiz assinalou um pênalti, desperdiçado por Bruno Goulart. No segundo tempo, o Ipatinga desorganizado tentava vir pra cima gerando muito espaço o que acarretou num bombardeio de chances erradas por nossa parte. Final de clássico com classificação garantida.

ta-a-mg.png

o-clube.png

Durante o meio de temporada houve acontecimentos importantes dentro do clube. O presidente Fernando Alvarenga Barroso ganhou a eleição e irá cumprir seu segundo mandato no comando do Social FC. Assim que reeleita, a direção me chamou para renovar o contrato e mesmo com redução de cerca de 150% de salário, aceitei a proposta e, por ora, continuarei na equipe até fim de 2020.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

Parabéns pela excelente época na Série regional. Classificou de forma invicta. Já sabe qual clube irá enfrentar na sequência?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
1 hora atrás, LC disse:

Parabéns pela excelente época na Série regional. Classificou de forma invicta. Já sabe qual clube irá enfrentar na sequência?

Pegarei a Caldense na Taça MG e o Ipitanga da Bahia no Regional. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Bela campanha na Série Regional, realmente. Não sei se tu chegou a falar disso em algum lugar, mas como é que funciona a Série Regional daqui pra frente? Nunca joguei com esse update, até já acompanhei umas histórias por aqui mas não lembro como é.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
49 minutos atrás, Danut disse:

Bela campanha na Série Regional, realmente. Não sei se tu chegou a falar disso em algum lugar, mas como é que funciona a Série Regional daqui pra frente? Nunca joguei com esse update, até já acompanhei umas histórias por aqui mas não lembro como é.

Mata-mata, ida e volta, inicialmente com 64 times. Ganhando a primeira eliminatória já sobe para a Série D. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
managersergipano

Caldense na Taça MG é pedreira, mas contra o Ipitanga o acesso deve vir. Como eles estão?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

Passando o rodo na geral. Tipo, estavamos sem vinte jogadores doentes, outros jogaram doentes, improvisamos, resultado: 4x0.

Deu dó do restante.

Não entendi essa proposta de renovação. Você vai bem e recebe redução?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lucas Matías

Excelente primeira fase na Série Regional, chega a próxima fase com moral e sendo o adversário a ser batido pelos rivais, boa sorte na sequencia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
10 horas atrás, managersergipano disse:

Caldense na Taça MG é pedreira, mas contra o Ipitanga o acesso deve vir. Como eles estão?

A Caldense vai ser foda, eles estão fazendo uma campanha média pra ruim na Série D mas foram líderes invictos no seu grupo da Taça MG, como estar nas quartas era mais do que esperávamos qualquer coisa que vier daqui pra frente é lucro. O Ipitanga classificou em terceiro sendo bastante inconstantes, se estivermos nos nossos dias normais ganharemos sem dificuldades.

2 horas atrás, Neynaocai disse:

Passando o rodo na geral. Tipo, estavamos sem vinte jogadores doentes, outros jogaram doentes, improvisamos, resultado: 4x0.

Deu dó do restante.

Não entendi essa proposta de renovação. Você vai bem e recebe redução?

Kkkkk esse lance da gripe foi bizarro, nunca tinha acontecido de rolar um surto desses comigo. Demos sortes de que aconteceu numa semana com jogo contra um adversário mais fraco.

Não fez muito sentido eles reduzirem tanto assim meu salário, ainda mais que a confiança com a direção tava nas alturas, mas como vinte mil faz diferença nas finanças de qualquer time do interior e não planejo ir embora aceitei mesmo assim.

1 hora atrás, Lucas Matías disse:

Excelente primeira fase na Série Regional, chega a próxima fase com moral e sendo o adversário a ser batido pelos rivais, boa sorte na sequencia.

Valeu, Lucas! Meu único medo é tomar uma goleada contra a Caldense, que é o que a imprensa prevê, e ser uma pancada na moral do time pq a volta da eliminatória da Taça MG é três dias antes da ida contra o Ipitanga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Comecei a ler seu save e fui surpreendido com a mudança de visual. Foi muito legal sua iniciativa de usar um banner da galeria, mas os material feito pelo @Luchín deram uma qualidade ainda maior ao seu save.

Legal o clube escolhido, ainda mais que é de sua cidade. Espero que consiga levá-lo ao topo, mas com dificuldades.😛

Esta fazendo uma temporada excelente para a estreia, mas me responda uma coisa, dentro das diretrizes que você traçou qual é o o número de jogadores nascidos no Vale do Aço no elenco deste ano?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
1 hora atrás, ggpofm disse:

Comecei a ler seu save e fui surpreendido com a mudança de visual. Foi muito legal sua iniciativa de usar um banner da galeria, mas os material feito pelo @Luchín deram uma qualidade ainda maior ao seu save.

Legal o clube escolhido, ainda mais que é de sua cidade. Espero que consiga levá-lo ao topo, mas com dificuldades.😛

Esta fazendo uma temporada excelente para a estreia, mas me responda uma coisa, dentro das diretrizes que você traçou qual é o o número de jogadores nascidos no Vale do Aço no elenco deste ano?

 

Eu tinha até gostado do que criei mesmo com meu amadorismo editando o banner disponibilizado na galeria só que o que o Luchín fez ficou massa demais, ele é fera.

Eu acabei não conseguindo contratar nenhum jogador da região, na DB tem apenas uns dez que são daqui sendo a grande maioria alvos totalmente irrealistas - como o goleiro Rafael do Cruzeiro e o lateral Danilo Barcelos que está no Vasco -. Com as fornadas de Ipatinga, Novo Esporte, Trio e do próprio Social, vou seguir essa regra mais à risca. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MitoMitológico

A primeira temporada vem sendo boa até aqui. Conseguiu um acesso já esperado na terceira divisão do mineiro, creio que o fato de ter uma equipe com jogadores reais e as outras terem jogadores cinzas só contribuíram pra isso. Mas sem tirar seus méritos, é claro.

Tanto que no segundo semestre fez uma excelente campanha invicta na primeira fase do Regional. Agora vai com moral pras fases seguintes, pegando um adversário possível de vencer e o acesso pra Série D está bastante próximo.

E o bom é que você também conseguiu uma boa classificação na Taça MG.

E Realmente os gráficos ficaram muito bonitos. O @Luchín está fazendo um grande trabalho com os banners e as barras de alguns saves nas últimas semanas.

Vamos ver o que acontece.

Boa Sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

Vem fazendo um grande campeonato na divisão regional, está com certeza entre os favoritos ao acesso e com esse desempenho o acesso vai vir naturalmente. Na Taça MG o time vem bem também, tem tudo pra ser um excelente ano no geral.

Boa sorte na continuação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
18 horas atrás, MitoMitológico disse:

A primeira temporada vem sendo boa até aqui. Conseguiu um acesso já esperado na terceira divisão do mineiro, creio que o fato de ter uma equipe com jogadores reais e as outras terem jogadores cinzas só contribuíram pra isso. Mas sem tirar seus méritos, é claro.

Tanto que no segundo semestre fez uma excelente campanha invicta na primeira fase do Regional. Agora vai com moral pras fases seguintes, pegando um adversário possível de vencer e o acesso pra Série D está bastante próximo.

E o bom é que você também conseguiu uma boa classificação na Taça MG.

E Realmente os gráficos ficaram muito bonitos. O @Luchín está fazendo um grande trabalho com os banners e as barras de alguns saves nas últimas semanas.

Vamos ver o que acontece.

Boa Sorte.

Nas primeiras rodadas do mineiro, ter usado jogadores reais fez muita diferença porém as outras equipes no meio do campeonato conseguiram contratar tanto que na metade final da primeira fase fomos irregulares até conseguir achar um jeito de jogar.

As duas classificações foram bem inesperadas, a diretoria achava que não conseguiríamos nem chegar perto.

Valeu!

17 horas atrás, PedroJr14 disse:

Vem fazendo um grande campeonato na divisão regional, está com certeza entre os favoritos ao acesso e com esse desempenho o acesso vai vir naturalmente. Na Taça MG o time vem bem também, tem tudo pra ser um excelente ano no geral.

Boa sorte na continuação!

Valeu, Pedro!

Já superamos todas as expectativas, a temporada já foi ótima. O acesso seria legal demais para coroar todo trabalho, na Taça MG qualquer resultado que não for uma goleada já tá de bom tamanho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm

Social-FC.png

transfer-ncias.png

Saídas

O meia central Tapera foi para o Elite por quatro mil reais. O lateral Lucas Gabriel e o zagueiro Ronaldo Monteiro foram sem custos para Joseense e Santa Maria, respectivamente.

Os contratos de Adeílson, Doguinha, Edílson Gomes, Geraldinho, Laércio, Michael e Thiago acabaram e decidi não renovar.

Entradas

Faltando uma semana para a janela nacional fechar, recebemos da diretoria a verba para transferências da temporada, o que nos permitiu ainda nesse ano mais algumas movimentações no mercado. Vieram sem custos o goleiro Paulo Henrique, o meia João Victor Araújo e o atacante Peixoto. O zagueiro Danilo do Água Santa chegou por empréstimo até o fim da temporada, foi prolongado até dezembro de 2020, e seu companheiro de posição Oracius Wilmond veio por R$35.000 junto aos Pérolas Negras.

competi-es.png

Taça MG

Social 2x1 Caldense: Mais uma vez, um surto de gripe pairou sobre minha equipe, Bruno Goulart e Zé Vitor foram os atingidos da vez. A tarefa de levar um bom resultado para a volta em Poços de Caldas já era improvável, sem nosso melhor jogador e seu principal reserva ficou mais difícil ainda. Em campo, o esperado aconteceu durante os primeiros 30 minutos, a Caldense amassava nossa equipe até que aos 37’ Geovanne – o quanto esse homem gosta de jogos grandes é brincadeira – fez uma bela jogada pela ala direita e finalizou abrindo o placar. O primeiro gol baqueou o visitante pois aos 39’ Leandro aumentou a vantagem. O segundo tempo foi de muitas chances criadas pela Caldense que paravam no goleiro Vitor. Aos 88’ quando nosso time já estava exausto Reginaldo Júnior apareceu livre para diminuir o placar e marcar um gol que deixaria o jogo de volta totalmente aberto.

Caldense 8x4 Social: Depois de uma vitória milagrosa no jogo de ida, precisaríamos apenas de um empate para passar as semifinais. Douglas tratou de nem dar esperanças para a gente abrindo o placar aos 5’, resultado que levava o jogo para os pênaltis. Encorajei a equipe após o gol e dez minutos depois Thiago empatou a partida. O cenário da ida se repetia no Estádio Ronaldo Junqueira, a Caldense pressionava com tudo e Vitor salvava a classificação. Aos 40’ Zé cabeceou por cima do arqueiro rival marcando seu primeiro gol com a camisa socialina virando o jogo. Quando parecia que conseguiríamos segurar a vantagem, nosso time dormiu e trinta segundos após a virada permitiu o mandante igualar novamente o marcador. O segundo tempo começou equilibrado e aos 50’ Geovanne fez mais uma linda jogada cruzou para Zé Vitor que só teve o trabalho de completar para um gol vazio, 3x2 e, de novo, o Social na frente do placar. Aos 57’ Reginaldo Júnior escapou da nossa dupla de zaga e, pela quarta vez, o placar ficava igualado. Sentimos forte esse empate e aos 63’ a Caldense virava empatando no agregado. A pressão ficou gigante, a perna pesava e erros bobos começaram a acontecer. Aos 75’ Popó errou na saída de bola, entregou no pé do atacante adversário que livre marcou mais um nos desclassificando. O cansaço era enorme, tentávamos ir pra cima, só que o físico não ajudava. Ainda houve espaço para mais três gols da Caldense aos 82’, 85’ e 87’. Alemão conseguiu diminuir o estrago aos 92’ mas já era muito tarde. Final de partida com 12 gols e uma eliminação doída.

ta%C3%A7a_mg.png?1548864298

Série Regional

Ipitanga 1x3 Social: O Ipitanga fez uma campanha razoável terminando em 3º do Grupo F com vinte e seis pontos. A equipe baiana não era constante e, por isso, as casas de apostas nos deu todo o favoritismo para garantir o acesso à Serie D. Engolimos o time da casa em todo primeiro tempo, essa pressão resultou num gol de Bruno Goulart aos 40’. O Ipitanga que já não assustava, depois do gol se retraiu mais ainda. Geraldinho aproveitou da fragilidade do adversário e aumentou aos 54’. O juiz marcou pênalti aos 70’ e Bruno Goulart fez o segundo dele na partida ampliando o placar. O Ipitanga diminuiu aos 86’ logo na sua primeira finalização ao gol.

Social 2x2 Ipitanga: A vantagem trazida da ida era enorme, só uma derrota por três gols nos eliminaria. Assim como na Bahia, o Ipitanga não criava lances de perigo e nos deixava controlar a classificação como quiséssemos. Aos 17’ num contra ataque mortal, Bruno Goulart abriu o placar. De pênalti, Bruno Goulart fez o segundo aos 30’ ampliando uma vantagem que já era enorme. Ely Thadeu diminuiu nos acréscimos da primeira etapa dando frestas de esperança para o visitante que precisava de três gols para subir. Aos 50’ Cajá empatou fazendo o Ipitanga acreditar numa virada histórica mas uma possível reviravolta acabou aí. Final de jogo com Social garantido na Serie D 2020.

Cruzeiro (DF) 0x1 Social: Nos 16-avos de final, a situação era a mesma da fase anterior, o Cruzeiro, assim como o Ipitanga, foi muito inconstante terminando em quarto do grupo G. O primeiro tempo foi de muita pressão sem deixar o time da capital nacional finalizar nenhuma vez porém o gol não saiu. O segundo tempo se desenhava igual a primeira parte, abafávamos o adversário porém não conseguíamos abrir o placar. Aos 87’ Leandro marcou o primeiro e único gol do jogo.

Social 3x0 Cruzeiro (DF): Já tínhamos uma boa vantagem e Popó tratou de aumentá-la aos 38’. O jogo que era equilibrado, com o gol surgiu uma discrepância entre os futebóis apresentados. Leandro aos 43’ fez o segundo deixando o agregado praticamente inalcançável. De pênalti, Bruno Goulart ampliou aos 65’. O Cruzeiro ainda diminuiu aos 84’ mas não passou de um gol de honra. Lugar garantido entre os dezesseis melhores do campeonato. 

Social 0x1 Novo Horizonte: Diferentemente das duas eliminatórias anteriores, pegaríamos um adversário mais qualificado que era cotado como favorito a passar porém na semana houve muita comemoração da diretoria pelo acesso elogiando o elenco pela ''impensável promoção'' e juntos da Portuguesa Santista éramos os únicos times invictos na competição, o que poderia pesar nos 180 minutos. Tivemos mais finalizações e chegávamos com mais perigo porém foi o time visitante que abriu o placar, aos 70’ Jonathan tirou o zero do placar e também nossa invencibilidade.

Novo Horizonte 2x1 Social: Fomos para Goiás sabendo que a tarefa de reverter o resultado da ida era dificílima e Jonathan aos 38’ marcou tratando de deixar nosso sonho mais longe. Thiago fez um golaço aos 55’ dando esperanças a torcida socialina mas Raí aos 78’ acabou com nossas chances de passagem.

serie_regiona%C2%B4%C3%A7.png?1548864871

Barra-Equipe.png

A fornada de jovens saiu. Destaque para o goleiro Eurico Nicolau e os zagueiros Victor Barbosa e Flavio que devem nos ajudar num futuro próximo. O que mais gostei nesses três jogadores, além do potencial, foi que eles nasceram em Coronel Fabriciano, fazendo a tarefa de valorizar atletas da região ficar mais fácil.

Atitude costumeira durante todo fim de ano, a torcida e jornalistas da cidade elegeram o XI, o jogador, o gol e o prodígio da época.

premios.png?1548866872 

o-treinador.png

Houve uma leve subida nos meus atributos e na reputação depois desse primeiro ano maravilhoso. A diretoria decidiu bancar um curso visando que eu obtenha a Licença Nacional A.

O título do Regional não veio porém consegui meu primeiro prêmio pessoal, fui eleito o terceiro melhor treinador do campeonato.

o-clube.png

Algumas notícias sobre o Social FC nesse final de temporada:

finan-as.png

Por não apresentar lucros taxáveis no ano de 2019, evitamos um rombo de impostos. Fechamos a temporada com saldo positivo de R$229.390.

saldo_global.png?1548867462

reflex-o.png

Como tinha dito na introdução do save, esperava que ano fosse muito pior. Subir logo de primeira para a Série D e classificar às quartas na Taça MG era algo visto como fora da realidade, ainda não recebi as expectativas da diretoria para Série D e Modulo II, que serão muito mais competitivos entretanto vendo o que fizemos quando enfrentamos equipes que serão adversárias no Mineiro, penso que posso surpreender e até brigar por um acesso pro Módulo I.

Todos que já usaram esse update devem saber o quanto é difícil pegar um clube sem comissão técnica, composto exclusivamente de jogadores cinzas e com estreia oficial marcada para menos de um mês. Tive que fazer um time de urgência pro Mineiro contratando jogadores que não atingiam a qualidade necessária para integrar meu plantel e alguns com salários muito altos, acarretando em toda essa mudança no elenco feita no meio da temporada que vocês devem ter percebido. Eu creio que se tivéssemos montado a base que fechamos para a próxima época lá no início do ano, os resultados poderiam ter sido ainda melhores, pois essas reformulações não deixaram a coesão de jogo sair do pobre mesmo tendo mantido a tática desde a primeira fase do mineiro. Para esse ano, pretendo fechar o elenco em 99% antes do primeiro jogo do Módulo II entrando no mercado apenas para trazer contratações pontuais e evitando vender jogadores considerados titulares.

Contrariando a eleição dos torcedores, quero destacar a atuação do Geovanne que pra mim foi disparado o melhor jogador na temporada seguido por Bruno Goulart e Leandro, menções honrosas para Vitor e Popó. Não entendi o porquê Lucas Leite foi escolhido para receber o prêmio, ele fez um mineiro bem abaixo da média e só foi conquistar a vaga de titular nas finais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Essas divisões em que a maioria dos clubes é cinza, normalmente são fáceis para o treinador humano, que monta uma equipe com mais agilidade e esperteza que os rivais. A promoção era normal.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
1 hora atrás, Henrique M. disse:

Essas divisões em que a maioria dos clubes é cinza, normalmente são fáceis para o treinador humano, que monta uma equipe com mais agilidade e esperteza que os rivais. A promoção era normal.

No estadual fez diferença mesmo, comecei a deslizar justamente quando os adversários iam conseguindo contratar, a gordurinha que criei nas primeiras rodadas ajudou bastante. No Brasileiro não havia uma equipe no meu grupo que não estava com o elenco montado então me parelhei nesse quesito, dei sorte de encarar rivais mais fracos nas eliminatórias (a chance de cair contra clubes de campanhas inferiores é a mesma independentemente da posição na primeira fase, a única vantagem é poder decidir em casa).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Nossa, que jogo atípico contra o Uberlândia. Bom, tem PELO MENOS ainda mais 2 temporadas para vencer a Taça Minas Gerais, isso se pegar o elevador e chegar na Série B em 2 temporadas.

No Regional, fez o possível e jogou bem: Uma primeira fase perfeita, eliminatórias também bem, mas perdeu para um time goiano que parecia querer mais a classificação. Tudo bem, pelo menos chegou a Série D. Agora não tem moleza: é uma renca de times disputando apenas 4 vagas de acesso.

Curiosa a contratação de um haitiano. hahahah

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm

 

6 horas atrás, marciof89 disse:

Nossa, que jogo atípico contra o Uberlândia. Bom, tem PELO MENOS ainda mais 2 temporadas para vencer a Taça Minas Gerais, isso se pegar o elevador e chegar na Série B em 2 temporadas.

No Regional, fez o possível e jogou bem: Uma primeira fase perfeita, eliminatórias também bem, mas perdeu para um time goiano que parecia querer mais a classificação. Tudo bem, pelo menos chegou a Série D. Agora não tem moleza: é uma renca de times disputando apenas 4 vagas de acesso.

Curiosa a contratação de um haitiano. hahahah

Boa sorte!

Em Uberlândia quis dizer Caldense né? Foi muito louco, quando comecei a acreditar que a passagem no agregado tava garantida, vou lá e tomo sete gols. Acho bastante improvável alcançar feitos como da Chape e conseguir uns quatro acessos de uma vez só, creio que vai ter tempo de completar o objetivo de superar o Ipatinga sendo tri da Taça MG.

O time se saiu bem demais no Regional, não passou em nenhum momento pela minha cabeça chegar até as oitavas. A gente vendeu caro a derrota pro Novo Horizonte, pelo que foi apresentado qualquer uma das equipes poderia ter saída classificada nos 180 minutos e sendo justo eles chegaram até a final, então não tenho o que reclamar.

Série D vai ser difícil demais, imagino que pelo menos duas temporadas fico nela até ajustar o time e lutar pelo acesso. Uma passagem para as eliminatórias já seria comemorado como título.

Confesso que também achei inusitado quando o olheiro recomendou a contratação kkkkkk. Fui ver melhor e os dois haitianos que contratei vieram dos Pérolas Negras, uma equipe criada por uma ONG no RJ e que abriga atletas refugiados, é sensacional. Ano passado, o Esporte Espetacular fez uma parceria com essa iniciativa e juntos promoveram uma peneira com jovens sírios que trouxe dois garotos de lá para jogarem no Pérolas Negras. O mais legal é que a CBF não os trata como estrangeiros, o que deixa mais fácil de trazerem pra minha equipe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Danut

Rapaz, que jogo foi esse com a Caldense? Realmente muito fora do comum. Coitado do torcedor - ver o time eliminado tudo bem, mas levar gol a rodo desse jeito não precisava.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lucas Matías

Que jogo insano contra a Caldense hein, pena essa eliminação nessa partida maluca, pior ainda da forma que foi. No mais, parabéns pelo acesso a Série D, mesmo que tenha sido sem o título a campanha do time foi suficientemente boa para alcançar o objetivo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
8 horas atrás, Danut disse:

Rapaz, que jogo foi esse com a Caldense? Realmente muito fora do comum. Coitado do torcedor - ver o time eliminado tudo bem, mas levar gol a rodo desse jeito não precisava.

Vinhamos de uma sequência pesada, não tinha como poupar ninguém e com o placar adverso tive que me lançar pro ataque, com o time todo na frente e exausto os gols saíram de forma natural. Foi bastante doloroso, ainda mais considerando que ficamos por duas vezes na frente do placar.

1 hora atrás, Lucas Matías disse:

Que jogo insano contra a Caldense hein, pena essa eliminação nessa partida maluca, pior ainda da forma que foi. No mais, parabéns pelo acesso a Série D, mesmo que tenha sido sem o título a campanha do time foi suficientemente boa para alcançar o objetivo.

Valeu, Lucas! A eliminação na Taça MG foi difícil de digerir, mas como chegar as quartas já era contrariar as expectativas aceitei essa desclassificação de forma mais suave. Gostei muito do que meu elenco fez na Série D também, subir e ser o penúltimo entre 256 equipes a perder a invencibilidade já foi um grande feito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89
10 horas atrás, munozgnm disse:

Em Uberlândia quis dizer Caldense né?

Rapaz, eu vivo trocando Caldense por Uberlândia no meu save. Isso pq meu artilheiro veio da Caldense, e as vezes acho q veio do Uberlândia. hahahahahha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
munozgnm
Agora, marciof89 disse:

Rapaz, eu vivo trocando Caldense por Uberlândia no meu save. Isso pq meu artilheiro veio da Caldense, e as vezes acho q veio do Uberlândia. hahahahahha

Tendi kkkkkkkkkkk ambos os times são alviverdes e ainda têm o escudo parecido, dá pra confundir mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jv435

parabéns pelo acesso a série d e pelo acesso ao módulo II(meio atrasado mas ok)e boa sorte no que vier

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Luchín
      Por Luchín
      Prólogo
      Após quase dois anos ausente do fórum, devido à vários motivos, o lançamento de uma nova versão do Football Manager me trouxe novamente até aqui e estar no fórum e ler algumas excelentes histórias de alguns companheiros, é impossível que o bichito não te pique. Ainda não me adaptei completamente a essa nova versão, que, para quem vem do FM17, apresenta muitas novas features, principalmente no âmbito tático e de controle de plantel, mas, como vinha tendo algumas dificuldades para me empolgar em saves offline, acabei me decidindo a contar uma história, que, de antemão, afirmo que será simples, nada mais que um relato do que estou jogando. 
      O clube escolhido é o Fútbol Club Andorra, que participa da pirâmide espanhola, estando, na vida real, na Preferente Catalana, equivalente ao quinto nível, mas como a expansão de ligas ainda não está completa, o coloquei na Tercera División, que é o quarto nível, substituindo a equipe de menor reputação presente. 
      A minha ideia para esse save será utilizar apenas jogadores andorranos. Para isso, habilitei, além da pirâmide espanhola, as duas divisões do futebol andorrano. 
      O treinador do clube será o ex-zagueiro Antoni "Toni" Lima, que, apesar de nunca ter atuado no clube, é um dos maiores jogadores da história do futebol andorrano. Antoni tem um irmão mais novo, Ildefons, que atualmente atua no próprio futebol andorrano, mas foi formado no FC Andorra e rodou por vários clubes, passando até mesmo pelo futebol da América, onde atuou no Pachuca. Via editor, coloquei o no clube para que termine sua carreira onde começou e "comandado" pelo irmão. 
      Concluindo, acredito que possa não receber a melhor recepção nesse retorno, pois cometi erros no passado, ofendi alguns membros desnecessariamente, e sei que após errar, a confiança não retorna de imediato, mas espero pode demonstrar que os erros ficaram no passado e que retorno à área com uma nova forma de pensar e me comportar. De todas as maneiras, um sincero pedido de desculpas para aqueles com quem não me portei bem no passado.
      Espero me divertir e que vocês também se divirtam com a história.
      Luiz. 
    • Johann Duwe
      Por Johann Duwe
      Fonte
       
       
      Fonte
      Inspirado no Ypiranga do @Leonardo Moreno e no Tupi do @marciof89 vem aí mais um save em terras tupiniquins, eu, pessoalmente, não gosto de jogar no Brasil, mas irei abrir uma exceção pois como disse o @CCSantos, promessa é dívida.
      A cidade de Joinville é mais reconhecida pela sua equipe de Futsal, que por muitas vezes eu vi jogar contra a equipe de Malwee/Jaraguá quando a mesma tinha o craque Falcão e tantos outros dando show.
    • Hasso
      Por Hasso
      Olá, comprei o jogo agora. 
      Estou tentando noa primeira partida, um amistoso. E sempre está dando o mesmo erro.
      Já apaguei a pasta de Cache no APPData. 
      Fecha o jogo e aparece um problema perguntando sobre o Driver de vídeo, porém está atualizado.
    • Herr Jones
      Por Herr Jones
      Considerações Iniciais: Depois de passar um perrengue no ano passado com o computador, que queimou placa mãe e processador, consegui, com esforço, retomar o save com o Cannes que vinha compartilhando aqui na área. Esse ano, no entanto, percebi que o meu Windows estava com algum problema e decidi formatar o computador; decisão que possibilitou fazer o sistema rodar com melhor velocidade e segurança, mas que, por um equívoco impensado, acabei perdendo um dos arquivos que usava como base de dados para o jogo e, com isso, fiquei impossibilitado de carrega-lo para dar sequência.
      Dessa vez, no entanto, como se pode ver pelo banner farei um save na Alemanha, pois não jogo há tempos por lá e tenho um particular apreço pelo estilo de futebol que se apresenta por lá. O clube escolhido, apesar da forma recente, possibilita uma progressão muito mais fácil do que eu tive no Cannes, por exemplo. Inicialmente fiquei em dúvida entre três times para iniciar, todos passando por maus bocados, então a escolha acabou sendo facilitada com a possibilidade de "facilitar uma rivalidade" durante o save. Posto isso, acredito que os objetivos mais plausíveis giram mais em torno do desenvolvimento do treinador do que do clube propriamente dito, já que a progressão do save na Alemanha, até onde me recordo, é bastante tranquila por conta das premiações/cotas de TV.
      Uma única observação é que o save não termina se eu for demitido do clube, tratei de criar um contexto para o treinador justamente para que caso alguma coisa dê errado na trajetória seja possível dar sequência em busca dos objetivos sem, necessariamente, ter que encerrar precocemente a carreira.
      O estilo de postagem será em formato de coluna de jornal, enfatizando alguns aspectos relevantes do período postado - mas nem sempre todos os aspectos de cada período. Para alguns, eventualmente, tratarei de forma específica em postagens.  Espero que vocês gostem! 🙂 
      Objetivos: Retornar à Bundesliga Ganhar a DfB Pokal Ganhar a Bundesliga Vencer a UEFA Champions League Entrar para o top 10 de treinadores mundiais Revelar um grande jogador para a seleção alemã Ligas Carregadas → base de dados grande + jogadores de Áustria, Polônia, Turquia e Croácia | carregados jogadores importantes das principais ligas europeias
      ***** **** *** ** * ** *** **** *****

      Bierofka não aceita renovação e se despede do clube
      por Dieter Friedrich | 18.06.2018 | 10:30 a.m.
      Apesar de ter conquistado o retorno dos leões à 3.Bundesliga como campeão regional da Bavária, o treinador optou por não assinar a renovação contratual com o clube para dedicar mais tempo à família, já que sua esposa está grávida. Também agradeceu à torcida que o acolheu com tanto carinho por suas duas passagens, sendo esta mais recente a maior delas: voltou como jogador ainda em 2007 e prosseguiu como atleta até 2014, quando se aposentou e tomou parte como preparador no clube de onde não saiu até os dias atuais.
      "Eu sou grato a tudo o que este clube me proporcionou, mas sinto que é o momento de me dedicar a minha família. Minha esposa está grávida novamente, então é o momento ideal para me dedicar com maior tempo a eles.", comentou Bierofka após a reunião com a diretoria. Entretanto, ele diz que "gostaria muito de ver o Heinrich comandando o clube. Conheci ele mais propriamente numa das aulas da Federação Alemã para progredir nas licenças e, além de ter sido um bom jogador, tem a cara dos leões. Uma pessoa dedicada àquilo que faz e que se doa para alcançar.", indicou o ex-treinador do clube.
      Com a indicação de Bierofka, a diretoria do clube estabeleceu contato para assinar com o ex-meio-campista Heinrich Weber, de 35 anos, para o cargo de treinador. Nascido na Alemanha Oriental, em Dresden na data de 31 de maio de 1983, o novo treinador do clube iniciou sua trajetória como jogador no Dynamo Dresden, atuando em sua primeira partida durante a temporada 1999/2000 e permaneceu por lá durante três temporadas, quando foi contratado pelo Hertha Berlim, em 2003, desenvolvendo suas habilidades como meia-atacante até chamar a atenção, em 2007, do Borussia Dortmund que conseguiu sua contratação sem custos após a desavença de Weber e a diretoria do Hertha que culminou na expiração do contrato do jogador com o clube.
      Em Dortmund, Weber atingiu seu ápice na carreira ao levantar duas Bundesliga, uma Pokal e alcançar o vice-campeonato europeu contra o Bayern. No ano de 2014, aos 31 anos, Weber estava convivendo com sucessivas lesões e acertou sua transferência para o St. Pauli, clube em que reencontrou a forma e superou a má fase até decidir se aposentar dos gramados nesta última temporada, enquanto graduava-se no Curso Nacional C para treinadores promovido pela DFB.
      O acordo de Weber com a diretoria do 1860 München é válido por uma temporada.
      Historial como jogador:
      O treinador espera uma campanha acima da média em sua temporada de estréia e jogou as expectativas para o alto, em busca de alcançar logo de começo os play-offs de acesso.
      - Acredito que o clube passou por problemas nas últimas temporadas até chegar à Regionalliga, embora tenha apresentado uma recuperação na volta para a 3.Liga. Confio que nosso plantel é bom o suficiente para disputar as ligas mais competitivas da Alemanha. [...] a diretoria me deu uma tarefa, que é a de brigar na parte superior da tabela, mas eu preciso mostrar que estou empenhado aqui no clube e me comprometi em brigar alcançar os play-offs e passar para a segunda eliminatória da Pokal.  - afirmou Weber em sua apresentação à imprensa.
    • Bruno Trink
×