Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Perissé

Los Bukaneros: Deixa os garotos brincar (12/03)

Recommended Posts

Henrique M.

O importante é manter o ritmo, conquistar os pontos da maneira que vem fazendo, já que se nada de grave acontecer, o sonho pode se manter durante a temporada inteira.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
Em 17/02/2019 at 13:45, Henrique M. disse:

O importante é manter o ritmo, conquistar os pontos da maneira que vem fazendo, já que se nada de grave acontecer, o sonho pode se manter durante a temporada inteira.

Creio que passará pelo equilíbrio que a equipe precisa, já que o ataque está voando. Só espero que não gere um cobertor curto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm
Em 07/02/2019 at 10:16, Perissé disse:

Pior que os meiões eram brancos, a foto foi exceção.

Imaginei que fosse isso, afinal você falou com tanta convicção.

 

A reestreia na Liga foi prá lá de boa. Bateros Merengues no Bernabéu é para deixar qualquer um animado. Para quem precisa "apenas" escapar do rebaixamento, a temporada é muito boa até aqui, mas é preciso ficar atento, pois nas últimas 10 partidas, a equipe venceu apenas duas, mas acredito que o Rayo seguirá bem na temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
23 horas atrás, ggpofm disse:

Imaginei que fosse isso, afinal você falou com tanta convicção.

 

A reestreia na Liga foi prá lá de boa. Bateros Merengues no Bernabéu é para deixar qualquer um animado. Para quem precisa "apenas" escapar do rebaixamento, a temporada é muito boa até aqui, mas é preciso ficar atento, pois nas últimas 10 partidas, a equipe venceu apenas duas, mas acredito que o Rayo seguirá bem na temporada.

Pois é, em partidas como diante de Eibar, Las Palmas e Leganés, adversários que se acuaram mais e restringiram espaços, o mínimo é não sofrer gols. É rever os erros e corrigir para o segundo turno, já que cada ponto será essencial se quisermos uma vaga na Europa League.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé

767502371_Banner(LosBukaneros).thumb.png.194992d8929305cc53bea0d09ed81066.pngBarra.png.9de41c082883221c4c8c06641a8012b9.png

  • Janela de Inverno:

Não tínhamos grandes ambições a curto-prazo nesta janela, exatamente pelo bom mercado que fizemos na pré-temporada. A maior expectativa era, prioritariamente, negociar pré-contratos.

As únicas saídas foram do zagueiro Lamine Sané, que pediu para voltar ao Werder Bremen por pouca utilização e não teve um substituto, e do meia Unai López, que foi devolvido com pouca evolução defensiva - insuficientes para a posição - pela chegada - escolhida por David Cobeño - por empréstimo do zagueiro e meia da seleção venezuelana Yangel Herrera junto ao Manchester City.

ByqXFsV.png

O venezuelano foi Bola de Bronze no Mundial Sub-20 de 2017 e participou das Eliminatórias da Copa de 2018.

Uma das ambições, inclusive, era faturar em uma possível saída de Gorka Elustondo, mas não encontramos substitutos imediatos e, consequentemente, não o oferecemos. Sendo assim, o volante assinou um pré-contrato com o Tenerife e sairá sem custos no final da temporada.

  • Copa del Rey:

O sorteio determinou que reencontraríamos o Real Sociedad. A equipe de Frank de Boer, que escapou do rebaixamento em 2017-18 por dois pontos, se organiza no 4-2-3-1.

Na ida, em Vallecas, Gorka cometeu a “lei do ex” e Schiappacasse ampliou em contra-ataque, só tendo o trabalho de segurar o importante clean sheet (2-0) na sequência. Na volta, no Anoeta, a equipe reserva saiu atrás no erro grotesco de Lamine Sané na saída de bola. Bangoura igualou em contra-ataque e os txuri-urdines abriram um 3-1 enganoso em bolas paradas, mas se despediram nos gols fora de casa.

Em seguida, já tendo alcançado as expectativas da direção, o próximo adversário seria o rival Real Madrid, que viu o ídolo Zinedine Zidane ser demitido e o italiano Massimiliano Allegri assumir o cargo, mudando a disposição para o 4-2-3-1 e melhorando os resultados da equipe na La Liga.

Na ida, em Vallecas, abrimos 2-0 com Khalifa ganhando de Sergio Ramos no alto e, em seguida, finalizando o contragolpe de Bangoura. Um filme passava na cabeça sobre a última vitória sobre os merengues, mas a fita enrolou. Ronaldo diminuiu, Dolberg empatou e os rivais assumiram o controle da partida. No final, conseguimos recuperar o controle com a posse e segurávamos o justo empate, mas eis que o lateral Yiadom resolve cometer um pênalti aos 94 minutos. Ronaldo e pênalti: não deu outra (2-3).

Na volta, no Santiago Bernabéu, com poucas expectativas e uma equipe reserva, Dolberg marcou o único tento da partida (1-0) e selou a eliminação do Rayo Vallecano.

boQLfXo.png

Diferente da temporada passada, optei bastante pelo mistão e apenas usei todos os titulares diante do Real Sociedad. Apesar da torcida não ter digerido a eliminação para o rival, cumprimos as expectativas e focaremos na competição que realmente importa para o clube.

  • La Liga:

Inicialmente, sugiro aos leitores que voltem a uma das atualizações anteriores, onde há um resumo de algumas equipes da competição para compreender melhor os comentários sobre cada partida.

Iniciamos o período contra o Villarreal, que escapou da marcação alta, saiu na frente, mas sofreu até os 93 minutos, quando Adrián Embarba explodiu os bukaneros com o empate (1-1). Na sequência enfrentamos o Barcelona, que estava a 10 meses invicto e sem Lionel Messi. Na peleja, seguramos o placar até a segunda etapa, quando Luis Suárez, em jogada individual, assistiu Deulofeu no único gol da sofrida vitória catalã (0-1).

Em seguida, controlamos o Deportivo La Coruña e saímos com dois tentos de Àlex Moreno (2-0). O extremo ainda brilhou contra o Málaga, quando abriu o placar e, após a virada dos blanquiazules, ao empatar aos 82 minutos, aproveitando o excelente volume de jogo que geramos (2-2). No entanto, a magia acabaria com uma lesão nos primeiros minutos contra o Deportivo Alavés, afastando o artilheiro por mais de um mês dos gramados. A última partida do primeiro turno, no entanto, foi resolvida por Schiappacasse, que anotou um hat-trick e comandou a goleada (5-1).

FeJTE4K.png

No terceiro dérbi em um período de 11 dias, conseguimos anular o adversário direto Real Madrid, mas os merengues souberam achar um equilíbrio (percebe-se pela posse equilibrada) e anulou as corridas de Bangoura (0-0). Contra o nosso maior freguês, que atende por Real Sociedad, Bangoura voltou a decidir com dois tentos na vitória por 3-1. Na sequência, contra o Celta de Vigo, anulamos o melhor ataque da competição e Bangoura e Schiappacasse abusaram dos espaços deixados pela sétima pior defesa (3-1).

Por fim, fechamos a segunda parte da competição com duas pelejas contra adversários diretos. O primeiro foi o Sevilla, que havia se reencontrado com Brendan Rodgers e aparecia como forte candidato à Europa League. Na partida, sentimos falta do artilheiro Àlex Moreno e não oferecemos perigo com a bola, caminho livre para os blanquirrojos exercerem sua qualidade e sair com os três pontos (0-2). Já o segundo foi o Athletic Bilbao, que saiu na frente, mas viu Adrián Embarba empatar (1-1) e derrubar José Ángel Ziganda da casamata.

ovketB0.png

ESTATÍSTICAS DA EQUIPE

Surreal dizer isso, mas subimos uma posição na tabela e, com o vencedor da Copa del Rey (Barcelona ou Real Madrid) dentro das vagas, estamos dentro das vagas à Europa League. Na briga pelas duas vagas restantes, já que dificilmente o Real Zaragoza sairá da sua, se limitou até o Athletic Bilbao e teve o Sevilla e o Real Madrid, que melhorou com a chegada de Allegri, se reencontrando nas últimas partidas.

No lado coletivo, o equilíbrio chegou em Vallecas. O destaque é o crescimento da 9ª melhor defesa da competição, passando de uma média de 1,5 gol por jogo para 1,2. O ataque teve uma leve queda, mas a média de oportunidades (4,5) não se alterou, o que me leva a crer que a lesão de Àlex Moreno impactou as concretizações.

Por fim, o zagueiro Abdoulaye Ba coroou seu excelente 2018 participando da seleção africana ao lado de Bailly, Naby Keïta, Mahrez e Aubameyang e sendo o melhor defensor do continente, desbancando Amartey e Koulibaly.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Johann Duwe

Está conseguindo uma campanha consistente nessa temporada, a melhora nos números defensivos foi algo bom e vemos seu reflexo na tabela de classificação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

Meio da tabela está muito bom. Se mantiver o ritmo talvez dê para chegar nos lugares europeus, o que seria muito bom.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

Como o Johann disse, a parte defensiva teve uma ótima melhora e com isso o rendimento da equipe e a classificação na tabela também se mostra melhor. Aliás já se firmou como um time da parte de cima da tabela e poderá em pouco tempo almejar voos mais altos. Mas para esses voos, o que você acha que precisa fazer? Ainda há tempo para um rendimento melhor nessa temporada ou só na próxima poderá trabalhar o fortalecimento da equipe?

Quanto à copa, é um balde de água fria um pênalti aos 94 minutos, é para fazer o treinador chutar copo d'água na beira do gramado.

Bom trabalho na sequência.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Ser eliminado para o Real Madrid, com ou sem fase boa pros merengues, não pode ser nem de longe considerado um absurdo. Inclusive fez boas partidas, aparentemente.

Na liga, o time segue um padrão de jogo interessante e vai fazendo mais ou menos o que se espera: Vence quem tem que vencer, arranca alguns empates e perde para times melhores reputados. Acho que os únicos pontos que poderia ter conseguido foram nos empates contra o Villareal e o Málaga, ali deu mole. Mas faz parte! Acho que consegue vaga na UEL sim.

Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

Indo muito bem até agora. Mas a disputa por uma vaga promete ser dura, são quatro times fortes em disputa. Torcer pro Real vencer a Copa, senão ele vai atrapalhar ainda mais a disputa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
arecibo8

Aparentemente se firmou na parte de cima, já enfrentou o Barcelona e o Real. Talvez consiga se manter na luta se não tiver nenhuma lesão grave de um jogador importante 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
23 horas atrás, Johann Duwe disse:

Está conseguindo uma campanha consistente nessa temporada, a melhora nos números defensivos foi algo bom e vemos seu reflexo na tabela de classificação.

Creio também que teve uma boa influência na consistência da equipe, além de não ter tido um grande efeito de cobertor curto no ataque.

21 horas atrás, Master Darthz disse:

Meio da tabela está muito bom. Se mantiver o ritmo talvez dê para chegar nos lugares europeus, o que seria muito bom.

Seria surreal. Mas a reta final é cheia de jogos contra as equipes mais fechadas. Temos que estar impecáveis na parte defensiva para garantir clean sheets, já que vai ser difícil marcar muitas vezes.

16 horas atrás, Vannces disse:

Como o Johann disse, a parte defensiva teve uma ótima melhora e com isso o rendimento da equipe e a classificação na tabela também se mostra melhor. Aliás já se firmou como um time da parte de cima da tabela e poderá em pouco tempo almejar voos mais altos. Mas para esses voos, o que você acha que precisa fazer? Ainda há tempo para um rendimento melhor nessa temporada ou só na próxima poderá trabalhar o fortalecimento da equipe?

Quanto à copa, é um balde de água fria um pênalti aos 94 minutos, é para fazer o treinador chutar copo d'água na beira do gramado.

Bom trabalho na sequência.

Valeu, Vannces!

Com o elenco que montamos nessa temporada, dá pra fazer contratações pontuais nas próximas e ir aumentando o patamar do elenco aos poucos. Por exemplo: Miguel Pinto já tem 36 anos e está próximo de se aposentar, Abdoulaye Ba com seus 28 anos deve ter seu auge aproveitado para fazer dinheiro, Khalifa e Cerro possuem 32 anos e já tão em declínio físico e por aí vai. O foco será renovar o elenco tentando aumentar o patamar (mesmo que pouco) a cada substituição.

Aliás, se conseguirmos disputar a Europa League, será um grande teste para o elenco em si. Eu poderia até falar em aumentar a força do time reserva, mas hoje temos quatro sub-23 no time reserva. Com a evolução desses, o elenco em si automaticamente ganhará força.

Agora, marciof89 disse:

Ser eliminado para o Real Madrid, com ou sem fase boa pros merengues, não pode ser nem de longe considerado um absurdo. Inclusive fez boas partidas, aparentemente.

Na liga, o time segue um padrão de jogo interessante e vai fazendo mais ou menos o que se espera: Vence quem tem que vencer, arranca alguns empates e perde para times melhores reputados. Acho que os únicos pontos que poderia ter conseguido foram nos empates contra o Villareal e o Málaga, ali deu mole. Mas faz parte! Acho que consegue vaga na UEL sim.

Boa sorte!

Valeu, Marcio!

Torcida de FM é foda. Vê um rival e já quer ganhar, independente se é o Real Madrid ou o Getafe.

Contra o Málaga, apesar de buscarmos o empate no final, foi amargo. Jogamos muito mais, colocamos os adversários na roda e poderíamos até golear, mas resolvi poupar o poste Ba no intervalo e sofremos um gol de escanteio e outro de cruzamento.

1 hora atrás, Neynaocai disse:

Indo muito bem até agora. Mas a disputa por uma vaga promete ser dura, são quatro times fortes em disputa. Torcer pro Real vencer a Copa, senão ele vai atrapalhar ainda mais a disputa.

Prefiro torcer para o Barcelona. O Real corre chances de não conseguir a vaga à Europa League pela La Liga, já o Barcelona ganhando a Copa é certeza que irá gerar mais uma vaga por estar na liderança.

10 minutos atrás, arecibo8 disse:

Aparentemente se firmou na parte de cima, já enfrentou o Barcelona e o Real. Talvez consiga se manter na luta se não tiver nenhuma lesão grave de um jogador importante 

A lesão de Àlex Moreno já deu uma amostra sobre como é jogar sem o artilheiro. A sorte foi ter contextos ideais para Bangoura.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tsuru

Podiam mudar o nome do Bangoura pra BanGOLra. Hahahahaha, o cara é um mito.

A campanha até aqui é muito boa e, se mantendo no meio da tabela, está bom. Mas acho que vem Liga Europa por aí.

Boa sorte na continuação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Boa subida de posições e vai podendo sonhar com uma ida para a Europa, mas é importante manter os pés no chão, já que a equipe pode ter melhorado agora, mas pode ser fase.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
Em 01/03/2019 at 06:32, Tsuru disse:

Podiam mudar o nome do Bangoura pra BanGOLra. Hahahahaha, o cara é um mito.

A campanha até aqui é muito boa e, se mantendo no meio da tabela, está bom. Mas acho que vem Liga Europa por aí.

Boa sorte na continuação!

Valeu, Rafael.

O sujeito é um raio, nunca vi algo igual. Tenho usado ele pra romper linhas com a condução, mas se der campo aberto pra ele é uma humilhação para o marcador.

Em 06/03/2019 at 08:19, Henrique M. disse:

Boa subida de posições e vai podendo sonhar com uma ida para a Europa, mas é importante manter os pés no chão, já que a equipe pode ter melhorado agora, mas pode ser fase.

A ideia, no começo, era manter os pés no chão e lucrar com qualquer futuro que a equipe tenha a partir do meio da tabela. Mas a equipe continuou na briga e a ilusão veio. Lógico que se não conquistarmos a vaga, ainda assim estaremos extremamente acima das expectativas, mas vai ficar um sabor muito amargo, por culpa minha mesmo, hahaha.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé

1877505014_Banner(LosBukaneros).thumb.png.9783f550ab14763f5bcb8369fbefc881.pngBarra.png.35cad2107ec784ee369a3321172f0c4a.png

  • La Liga 2018-19:

Inicialmente, sugiro aos leitores que voltem a uma das atualizações anteriores, onde há um resumo de algumas equipes da competição para compreender melhor os comentários sobre cada partida.

Na reta final, iniciamos com dois resultados importantíssimos. O primeiro foi sobre o acuado adversário direto Real Zaragoza com um imenso controle (3-0). Já o segundo foi contra o também adversário direto Espanyol, que viu a nossa equipe buscar a virada e a goleada (4-1) com duas roubadas no campo ofensivo, marcando uma excelente atuação do volante 'Pancho' Cerro com duas assistências e um gol.

A primeira derrota do período viria com a equipe reserva diante do Cultural Leonesa (0-2), que havíamos goleado por 6-1. Contra o carrasco Leganés, vimos os pepineros cortarem os espaços e marcarem na única bola (1-1), contando com um péssimo Schiappacasse na frente do gol.

Voltamos a vencer em uma partida de oito gols contra o Real Betis, que emparelharam após abrirmos 3-0 com dois de Beltrán, mas Bangoura comandou o 6-2 com dois gols e uma assistência. Na sequência, tivemos uma derrota doída para o Atlético de Madrid, que soube aproveitar a expulsão direta de Abdoulaye Ba quando ganhávamos por 2-1 para fechar em 2-5, mas logo retomamos o foco com a goleada (3-0) sobre o lanterna Eibar.

Em seguida, contra o vice-líder Valencia, encurralamos os chés, abrimos 2-0 e só não goleamos por motivos de Neto, mas Vietto tratou de marcar duas vezes de longe e empatar aos 95 minutos (2-2). Contra o Las Palmas, sentimos dificuldades no absurdo gramado de Gran Canaria (85 metros de largura), mas ainda criamos na mesma quantidade que os pío-píos. A diferença ficou no aproveitamento e gerou a enganosa goleada (0-3). Ainda vencemos o Villarreal de Mano Menezes na individualidade de Beltrán (1-0) e perdemos para o Barcelona perdendo inúmeras chances (0-2).

MkNE7Zu.png 

Chegando nas três rodadas finais, Sevilla, que havia demitido Brendan Rodgers e já possuía Óscar García no comando, Espanyol, Real Zaragoza e o Rayo apareciam na briga pelas últimas duas vagas para a Europa League, sem contar com o Villarreal correndo por fora.

Na 36ª rodada, visitamos o Deportivo La Coruña e, com dificuldade para controlarmos a partida, Beltrán teve que mostrar porque é uma entidade aos 20 anos, assistindo o gol tardio de Schiappacasse (2-1). Na penúltima rodada, em uma partida pegada (22 faltas apenas na primeira etapa) contra o Málaga, Santi (de 22 anos) subiu e testou para marcar o único gol da partida (1-0). Desta forma, ficamos com 60 pontos ao lado do Real Zaragoza seguido de Espanyol e Sevilla completando a briga com 59 pontos.

Na última rodada, dependendo de nós mesmos contra o Deportivo Alavés, controlamos a partida de uma forma que eu nunca vi nas últimas temporadaa. Os babazorros não chutaram uma vez sequer e foram esmagados no próprio campo. Cenário ideal para Santi e Abdoulaye Ba matarem a partida (2-0), rebaixarem o Málaga e selarem a vaga. Estamos de volta à Europa League depois de 19 anos!

nyxNtKK.png

Trocamos os empates bobos do primeiro turno por vitórias e esse foi o resultado. Em outras palavras, a terceira melhor campanha do returno, crucial na qualificação. Para efeito de comparação, se tivéssemos repetido a campanha do primeiro turno, estaríamos em 9º com 58 pontos.

Falando do feito em si: a ficha não caiu. Pegar o clube da 19ª maior folha salarial da competição e deixar em 6º? Nem em sonho. O meu cenário mais otimista era ficar longe da zona do agrião e só. Agora, com um calendário de um verdadeiro clube médio, a missão é fazer essa transição de um clube de muitos rebaixamentos para um clube que expandiu suas fronteiras. Uma missão que envolve receitas, elenco e muitos outros fatores.

Por fim, além de renovar por mais duas temporadas com o clube, levei o prêmio de Treinador do Ano, mesmo sem ter levado nenhum prêmio mensal.

  • Análisis del equipo:

cylqTu9.png

Pouco mudou desde a última atualização. Terminamos ainda como a 9ª melhor defesa e melhoramos ligeiramente o ataque. Nas assistências, a pequena mudança foi no aumento dos gols de escanteios (9 para 14), influência que possui nome e sobrenome: Abdoulaye Ba. Já na defesa, cortamos os passes em profundidade (41% para 24%), fruto de um uso mais cauteloso da linha defensiva, e melhoramos na questão dos desarmes.

Na parte individual, Fran Beltrán foi o pilar do meio. Um combo de técnica (defensiva ou ofensiva), mental e velocidade. Idade? 20. Na frente, Àlex Moreno vinha embalando um momento fantástico até a lesão que o afastou por quase dois meses. Ainda assim, a flecha terminou com 14 gols e 4 assistências, sendo o artilheiro ao lado do pokemón Nicolás Schiappacasse, que evoluiu bastante no físico e na técnica, ganhou a titularidade e terminou com 13 gols e 10 assistências. Idade? 20.

  • Finanzas:

Saindo de uma temporada onde o saldo foi de €893 mil negativos, terminamos a temporada com inimagináveis €21,2M e cumprimos a meta de terminar no positivo anualmente. As grandes responsáveis foram as receitas de TV com valores cinco vezes mais altos. Já na outra meta financeira, ainda não entramos na lista dos 20 clubes mais valiosos da Espanha. A posição de momento é a de 22.

Por fim, devido aos 97% de lotação de Vallecas, que foi comprado e virou propriedade do clube, na média da temporada, a direção entrou na busca por investidores e locais em Madrid para a construção de uma nova cancha, já que o terreno de Vallecas suporta, no máximo, uma capacidade de 16 mil.

K3CK0bG.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
arecibo8

Baita desempenho, a liga europa não da muita grana por si, mas deve aumentar bem as outras receitas. 

Crê que algum jogador importante vai sair para outro mais rico ou acha que vai conseguir manter os principais nomes? 

A receita de TV é por posição na última temporada ou é negociado clube a clube?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Repetindo algo que tem se tornado bastante comum aqui na área, podemos dizer que fez a 1ª temporada na elite de forma brilhante, ainda mais se levarmos em conta que é uma equipe recém-promovida. Um desafio maior virá na próxima temporada, pois a maioria que enfrentou essa situação sucumbiu ao adicionar outra competição ao calendário de forma tão antecipada e sem um elenco com profundidade suficiente.

Boa sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

A campanha foi muito boa. As estatísticas mostram exatamente que a equipe estava entre os melhores e não por acaso, ficou a um pontinho do poderoso Real Madrid. O prêmio de melhor treinador da temporada acontece nesses casos em que o treinador acaba tirando leite de pedra. A equipe é boa, mas precisa de regularidade contra os mais fortes. Algum plano para a próxima temporada no sentido de melhorar o rendimento contra os mais cascudos do país?

Essa enganosa goleada contra o UD Las Palmas foi um resultado que se deve culpar apenas o gramado/extensões do campo ou houve algo mais nesse jogo que explica o resultado ruim? Bom trabalho para próxima temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darthz

Temporada excelente. Levou o Rayo às competições europeias, quando se esperava que lutasse contra a descida de divisão. Acho que o desafio maior vai ser na próxima época, com um calendário bem mais cheio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Perissé
8 horas atrás, arecibo8 disse:

Baita desempenho, a liga europa não da muita grana por si, mas deve aumentar bem as outras receitas. 

Crê que algum jogador importante vai sair para outro mais rico ou acha que vai conseguir manter os principais nomes? 

A receita de TV é por posição na última temporada ou é negociado clube a clube?

A Europa League traz visibilidade além da Espanha. Isso gera patrocínio, merchandising, etc. 

Sobre as receitas de TV, só sei que os clubes recebem um valor no início da temporada e vão recebendo mais durante a temporada, mas não dá pra saber como é com os outros clubes.

Sobre os jogadores, o único que eu vou segurar com unhas e dentes é Fran Beltrán, além de tentar a contratação definitiva de Nicolás Schiappacasse devido à multa baixa. O resto é tranquilo de repor.

7 horas atrás, ggpofm disse:

Repetindo algo que tem se tornado bastante comum aqui na área, podemos dizer que fez a 1ª temporada na elite de forma brilhante, ainda mais se levarmos em conta que é uma equipe recém-promovida. Um desafio maior virá na próxima temporada, pois a maioria que enfrentou essa situação sucumbiu ao adicionar outra competição ao calendário de forma tão antecipada e sem um elenco com profundidade suficiente.

Boa sorte.

Valeu, Gilson.

Pois é, eu comentei sobre essa "essa transição de um clube de muitos rebaixamentos para um clube que expandiu suas fronteiras". É algo que envolve planejamento no elenco, no foco que cada competição vai ter, etc. Na próxima temporada, o planejamento de elenco vai ser focado basicamente em formar uma profundidade no elenco, ou seja, serão poucas as mexidas na equipe titular.

4 horas atrás, Vannces disse:

A campanha foi muito boa. As estatísticas mostram exatamente que a equipe estava entre os melhores e não por acaso, ficou a um pontinho do poderoso Real Madrid. O prêmio de melhor treinador da temporada acontece nesses casos em que o treinador acaba tirando leite de pedra. A equipe é boa, mas precisa de regularidade contra os mais fortes. Algum plano para a próxima temporada no sentido de melhorar o rendimento contra os mais cascudos do país?

Essa enganosa goleada contra o UD Las Palmas foi um resultado que se deve culpar apenas o gramado/extensões do campo ou houve algo mais nesse jogo que explica o resultado ruim? Bom trabalho para próxima temporada.

Valeu, Vannces!

O plano para a próxima temporada é preparar o elenco para o calendário com três competições que teremos. Na La Liga, já adiantando as expectativas, o foco é basicamente repetir a temporada que tivemos com o adendo de ter duas competições ao mesmo tempo.

Sobre a goleada, nós tivemos muitas dificuldades em criar com pouca aproximação. Junte isso com o fato de que queríamos ter a bola e gera essa péssima atuação. Não tenho dúvidas de que vou dar a bola para o Las Palmas na próxima partida.

3 horas atrás, Master Darthz disse:

Temporada excelente. Levou o Rayo às competições europeias, quando se esperava que lutasse contra a descida de divisão. Acho que o desafio maior vai ser na próxima época, com um calendário bem mais cheio.

Sem dúvidas, a próxima temporada reserva o maior desafio para o elenco. Esperava que seria alcançar a manutenção, mas não cair de reputação com três competições ao mesmo tempo e com um elenco de clube recém-promovido é mais desafiante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

 Excelente temporada, fruto de um desempenho consistente no segundo turno e um ataque primoroso.

O Beltran é seu ou emprestado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Excelente temporada de retorno, fez muito mais que o mínimo exigido nessa etapa, mas isso acaba elevando o sarrafo para a próxima temporada. Veremos como o Rayo irá lidar com isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Fez aquela temporada inicial na primeirona que quase todo mundo faz (menos eu hahaha): Brilhante, jogando o suficiente para surpreender a todos. Fez vários jogos mt bons, meteulhe foi gol, digasse de passage.

A próxima temporada porém precisa de mais foco. Geralmente a segunda temporada costuma ser traiçoeira, ainda mais com UEL pela frente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • marciof89
      Por marciof89
      Eis que, enfim, criei coragem para postar uma história aqui no Profissão Manager. Frequento o fórum a muitos anos mas sou um completo bicho do mato, portanto interajo muito pouco, motivo pelo qual demorei a adentrar aqui. Agradeço desde já quem tiver interesse em seguir, e ouvirei todas as dicas que quiserem sugerir, sejam sobre organização, táticas, etc. Li as regras e as recomendações antes de começar, mas deslizes podem acontecer. Os gráficos foi eu mesmo quem fiz, não reparem! hahaha
      Sem mais delongas, vamos ao que interessa.
      Eu tenho um carinho muito grande pelo Tupi, apesar de não ser mineiro. A torcida do Tupi, apesar de pequena como de praxe entre os times pequenos, é muito apaixonada. Não são muitos os times brasileiros sem muita relevância no cenário nacional que mantenham uma torcida apaixonada assim. E como sou da época do Elifoot 2 e 98, então sempre achei graça em pegar um time lá das divisões de baixo e levar até a glória.
       

      O Tupi Futebol Clube é um clube da cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais, e foi fundado no dia 26 de maio de 1912 por moradores ilustres da cidade. Durante os primeiros anos, era chamado de Tupy, já que muitos de seus fundadores eram dissidentes do Tupynambás (atualmente seu maior rival). É o maior clube da cidade, e tem como maior glória a conquista da Série D em 2011. A equipe manda seus jogos no estádio Radialista Mário Heleno (estádio da cidade), com capacidade para mais de 30 mil pessoas.
      Seu maior rival, como dito anteriormente, é o Tupynambás, time também de Juiz de Fora, com quem faz o clássico Tu-Tu. Durante um curto período de tempo na década de 90, ele se fundiu com o Tupynambás e o Sport (outro time da cidade) e formaram a Cooperativa Manchester de Futebol, inspirados no sucesso da fusão do Paraná Clube. Porém, resultados pífios e crises de ego fizeram com que a fusão não aguentasse, tendo disputado apenas 3 estaduais com o novo nome.
      O time carece de ídolos, e não revelou grandes jogadores para o futebol mundial. Apesar disso, dois nomes notáveis passaram pela equipe. Muller, campeão mundial pelo São Paulo, e Romário, que apesar de ter sido proibido pela FIFA de atuar pelo time por ter jogado por 2 equipes num período de um ano, chegou a treinar com o elenco e atraiu a atenção da mídia para o time.
      O mascote do time é o Galo-Carijó, em homenagem ao principal fundador da equipe, que tinha o apelido de carijó, e que inspira o nome da história.

      Estádio Municipal Radialista Mário Helênio
       

      Vou jogar esse save com o Brasil Mundi Up, pois apesar de muita gente falar que ele pode dar uns crashs, eu sempre usei ele (com uma quantidade bacana de ligas ativadas) sem ter problema algum, inclusive passando de 2030. Gosto da organização dele, além do acréscimo de outros níveis do brasileirão e disputas de taças que costumam ajudar até mesmo no teste de táticas e jogadores.
      • Início: 18/12/17
      • Ligas adicionais ativadas: Todas as sulamericanas, China, Alemanha, EUA, Espanha, Inglaterra, Itália, Portugal, Rússia e Ucrânia. (todas elas apenas as primeiras divisões, apenas para deixar a Libertadores mais realística e as transferências também).
       

      O save vai se basear no meu nome pessoal, mas com uma idade mais elevada que a minha, até para condizer com uma experiência razoável futebolística pré-vida de treinador.
       

      Escolhi sugestões baseadas no nível do Tupi, pra não ficar roubado nem absurdamente difícil também pois não sou o Mourinho do FM haha.
      Gosto de fazer técnicos que são mais voltados para o conhecimento do elenco em si, deixando o grosso do desenvolvimento e contratação de jovens jogadores a cargo do auxiliar e diretor desportivo. Claro que estou sempre acompanhando e impedindo algumas burradas que eles costumam cometer, mas meu foco, ao menos inicial, é me dedicar ao elenco principal.
      E aqui um panorama inicial do time:

       

      • Subir a Série B
      • Subir a Série A
      • Ganhar a Copa do Brasil
      • Ganhar o Campeonato Brasileiro
      • Ganhar a Copa Libertadores da América
      • Ser o time do interior de Minas Gerais com o maior número de títulos do Campeonato Mineiro (Villa Nova detém 5 títulos)
      • Desenvolver a infraestrutura de treinos do time para, ao menos, 4 estrelas
      • Ser um dos times mais bem reputados do Brasil (Top 5)
      • Melhorar as finanças do clube
      Objetivos complementares:
      • Ganhar o Mundial de Clubes
       
       

       
    • Danut
      Por Danut
      Olá a todos. Sejam bem-vindos à segunda versão do save Brazylijska magia. Como a maioria já deve estar sabendo, esse foi um save que eu iniciei no final de dezembro do ano passado, mas que acabou tendo uma vida muito curta. Depois de um tempo pensando, decidi que queria mesmo jogar o save outra vez. Como a versão original mal passou da primeira temporada, acredito que haja espaço para jogar a mesma proposta sem que acabe sendo apenas uma repetição do que já passou.
      A proposta para essa segunda versão é a mesma da versão anterior: conquistar títulos com uma equipe que jogo futebol ofensivo com ênfase na qualidade individual e que consiga incorporar um bom número de brasileiros ao elenco.
      Fiz, contudo, duas mudanças importantes para essa nova versão. A primeira delas é que decidi jogar com orçamentos para transferência já na primeira temporada. Normalmente, não gosto de usar essa opção. Mas acho que nessa situação específica ela pode ser uma boa arma para aumentar as possibilidades de mudança de elenco logo de saída, trazendo uma dinâmica diferente para a primeira temporada do que aquela do save anterior.
      A segunda mudança é que resolvi jogar as duas primeiras temporadas do save (quase) por inteiro antes de trazer ele para cá. Isso tem a óbvia desvantagem de fazer as interações com os leitores ficarem um pouco prejudicadas nesse momento inicial, pois vou estar trazendo a vocês algo que já sei o desfecho. Mas considerando o que ocorreu no save anterior, eu queria ter certeza de que conseguiria me envolver emocionalmente com a história antes de trazer ela para os leitores. Sinto que falhei no compromisso com os leitores na história passada, quando fiz bastante gente começar a acompanhar apenas para encerrar logo em seguida. Por isso agora preferi esperar até garantir que o save está me dando vontade de jogar.
       
      Encerrado o prefácio à segunda edição, voltamos com a programação normal. Abaixo segue a introdução da proposta do save em si. Ela é igual à introdução da versão anterior, então quem já leu por lá pode pular o resto do post.
       
      Introdução
      Szczecin, Polônia. Rua Mieczysława Karłowicza, número 28. 23 de agosto de 2005.
      P: Boguslaw, os nossos resultados estão uma merda.
      B: Tenha paciência, Ptak. Os jogadores ainda não incorporaram a minha ideia de jogo.
      P: Ideia de jogo é o caralho. Ninguém ganha com ideia de jogo. O importante é ter habilidade. Olha o Brasil. Destruíram a Argentina na Copa das Confederações. Tu acha que os argentinos não tinham ideia de jogo? Vocês treinadores sempre cheios de ideias. O futebol é uma arte, não uma ciência.
      B: Bem, as contratações são responsabilidade do presidente. Se falta habilidade, então precisamos trazer mais alguns bons nomes. O Przemyslaw e o Rafal poderiam falar com outros jogadores da seleção, quem sabe um deles não quer vir para cá?
      P: Boguslaw, eu aqui falando de habilidade, e tu me vem com seleção polonesa? Tu é burro mesmo, hein?! Que se foda a seleção polonesa. Eu quero o quadrado mágico!
      B: Mas Ptak, esses caras jogam nos melhores times do mundo. Barcelona, Real Madrid, Inter, Milan. Não temos dinheiro pra trazer um jogador de lá nem se vendermos o estádio com o time todo dentro.
      P: E quem falou em trazer alguém desses clubes, imbecil? Nós vamos montar o nosso próprio quadrado mágico. Trazer os caras direto do Brasil. Naquele país é todo mundo pobre, vai chover jogador querendo vir pra cá.
      B: Mas Ptak, ninguém da equipe técnica conhece os jogadores do Brasil. Precisamos contratar olheiros, enviar eles para lá, esperar até que comecem a se achar no futebol local e...
      P: Caralho Boguslaw, eu não sei porque continuo falando contigo. Que porra de olheiro que nada. Os caras são brasileiros, o futebol tá no sangue deles. Todo mundo nasce sabendo jogar naquele país. É só ir lá e pegar qualquer um. Não tem como dar errado.
      B: Tem também os nossos jogadores atuais. Eles não vão ficar felizes em ser reservas, ainda mais de jogadores desconhecidos por aqui.
      P: Quem não tiver feliz pode ir embora. É todo mundo perna de pau aqui mesmo. Vou encher esse time de brasileiros, de gente com habilidade. Vamos fazer mágica.
      B: Mas Ptak, eu não falo português, e os caras não vão saber falar polonês. Como vou treinar jogadores que não são capazes de me entender?
      P: Já pensei nisso. A habilidade brasileira não pode ficar presa nesse estilo de futebol ruim que a gente joga. O Cláudio disse que lá no Brasil eles falam que é preciso ter gingado. Eu quero um treinador com esse tal de gingado. Pode ir pegando tuas coisas. Na saída já aproveita e mostra a sala do treinador pro Zé Carlos, que é quem vai cuidar do time a partir de hoje.
       
      O dialogo acima é, obviamente, fictício. Mas poderia muito bem ter ocorrido. Naqueles dias, o Pogon Szczecin passava por um mau momento. Os resultados não estavam de acordo com o que o presidente imaginava. Foi aí que ele teve uma ideia brilhante: ora, se o clube não está jogando bem, por que não trocar todo mundo por brasileiros? Afinal, o Brasil é a terra do futebol. País campeão mundial. País que encantava a todos com Ronaldo e Ronaldinho – para não falar de Kaká, Adriano e tantos outros craques.
      É claro que havia algumas falhas no plano do presidente. Afinal, mesmo o Brasil tendo grandes jogadores, nem todo brasileiro é um grande jogador. Para qualquer um de nós, isso é uma obviedade. Antoni Ptak, porém, parece jamais ter pensado nisso.
      Aproveitando-se que a liga polonesa não possuía qualquer restrição ao número de estrangeiros, o Pogon Szczecin trouxe, em uma única temporada, dezoito jogadores brasileiros. A maior parte deles de grandes clubes do futebol nacional, como Sorocaba, Atlético Guaçuano ou União Barbarense.
      Do outro lado, boa parte do elenco do Szczecin saiu quase de graça – afinal, era preciso abrir espaço para os craques brasileiros. A estratégia, é claro, não deu nada certo. Os resultados pioraram ainda mais, a torcida se desencantou com o time, e o Pogon afundou em dívidas, chegando até mesmo a fechar as portas. Mas os detalhes eu conto depois.
       
      Ligas carregadas: Polônia e Brasil (ambos 2ª divisão); Inglaterra, Espanha e Alemanha (todos 1ª divisão).
      Base de dados: pequena, mas com todos os jogadores brasileiros.
      Data de início: 29.05.2017
      Outras opções: mascarar atributos, não adicionar equipe técnica, impedir uso de editor do jogo, ativar orçamentos na primeira janela
    • Ari Cesar
      Por Ari Cesar
      Olá a todos.
      Comprei o FM 18 e resolvi iniciar um save no Brasil de formação e base. Já estava realizando em off no FM 17 com o Milan RS e ai com a nova versão resolvi jogar da mesma forma e compartilhar. A ideia é bem similar aos demais saves de base: levar o clube a glória usando apenas a base.
      Escolha do clube
      Para escolher o clube resolvi pesquisar na base do brasil up qual seria o clube profissional com menor estádio no Brasil. Inicialmente havia encontrado um clube do RS com um estádio de 200 lugares, mas procurando um pouco mais encontrei o SC Jaraguá que possui um estádio com apenas 100 lugares. Após isso resolvi pesquisar um pouco da história e descobri que SC Jaraguá foi criado graças ao desenvolvimento da base. Dessa forma resolvi escolher o Leão do Vale para iniciar minha empreitada.
      Objetivos do save
      Resolvi colocar algumas metas que em sua maioria serão atingidos a longo prazo. Coloquei asterisco naqueles que acho ser quase impossíveis mas que gosta de ver como o FM se comporta.
      Equipe
      Utilizar a base Aplicar o modelo de jogo ofensivo visando a posse de bola e passes rápidos.  Reter o máximo de jogadores na equipe impedindo que saiam para a Europa. * Ter eleito o melhor jogador jovem do mundo. * Ter eleito o melhor jogador do mundo. *  
      Clube
      Possuir a melhor estrutura de Santa Catarina Possuir a melhor estrutura do Brasil Possuir a melhor estrutura de clube Sul Americano Se tornar o principal clube formador de Santa Catarina Se tornar o principal clube formador do Brasileiros Se tornar o principal clube formador Sul Americano Se tornar o principal clube Catarinense Se tornar o principal clube Brasileiro Se tornar o principal clube da América do Sul Ficar entre os 5 melhores clubes do mundo * Títulos
      Ganhar a campeonato catarinense Ganhar o Brasileiro série A Ganhar a copa do Brasil Ganhar a Sul Americana Ganhar a libertadores Ganhar o mundial de clubes Técnico
      Me tornar o melhor técnico brasileiro de todos os tempos História do clube
      O Sport Club Jaraguá nasceu inicialmente com o nome de: Associação Catarinense de Futebol Arte, quando foi fundado em 15 de abril de 2008, e no dia 25 de março de 2011, passou a ser chamado pelo nome atual. O clube iniciou suas atividades com o intuito de trabalhar com atletas da região, com idade de categorias de base. Com o passar do tempo a base foi se estruturando, parcerias foram sendo firmadas com outros clubes e empresários e, no ano de 2011, um novo clube de futebol profissional foi lançado no futebol catarinense.
      O Sport Club Jaraguá possui as cores preto, vermelho e amarelo, devido a forte imigração alemã da região.Sua estreia em competições oficiais, ocorreu na disputa da Divisão de acesso do Campeonato Catarinense de 2011 quando terminou a competição como vice-campeão.
       
      Historia do manager
      Lucas Castro é morador de Jaraguá e em sua infância/adolescência atuou na Associação Catarinense de Futebol Arte. No período de transição dos nomes Lucas abandonou a equipe por perceber que não possuía qualidade suficiente para atuar como jogador. Apesar de sua paixão pelo clube e pelo futebol Lucas decidiu cursar Educação física para no futuro ajudar a equipe fora das 4 linhas. Agora chegou esse dia e Lucas foi escolhido como técnico do Sport Clube Jaraguá. Ele não possui licença e seu passado esta como futebol amador.
       
      Em breve coloco informações sobre a equipe, formação, competições e início da aplicação da filosofia na equipe.
       
    • kullboys
      Por kullboys
      Olá, ainda estou perdido nas observações de jogador no FM18... tem demorado muito pra vir os relatórios e quando chegam a maioria não contém nenhum conteúdo relevante... se vale a pena ou não contratar o jogador...poucos vem com comparação com jogador do elenco atual.
    • Lucas Matías
      Por Lucas Matías
      :: APRESENTAÇÃO
      Após longos meses no fórum apenas acompanhando por cima as histórias do pessoal aqui na área, resolvi me aventurar agora que estou com mais tempo livre para finalmente conseguir passar horas à frente do FM.
      O desafio que irei compartilhar com vocês é um que eu já faço a muito tempo, desde o FM 14 pra ser mais exato, porém, apenas no 16 eu consegui ter êxito. É simples, passar por todos os países da Europa e conquistar o campeonato nacional em todos eles.
      O desafio terá algumas regras para que o save flua de uma maneira mais rápida, já que meu PC não é dos melhores e consequentemente com uma base de dados grande ele acaba ficando bem lento. Uma delas é que a cada objetivo alcançado, um novo save será criado. Exemplo: Após conquistar títulos em San Marino, irei para o próximo desafio em um novo save, sempre seguindo a ordem do Ranking de Coeficientes da UEFA.
      Não vou tentar conquistar a Champions League com clubes de Andorra e Gibraltar, nesses países de menor expressão o objetivo é se consolidar nacionalmente com conquistas e entrar no quadro de honra nacional como um dos treinadores mais vitoriosos do país. Claro que uma boa campanha na UCL será bem vinda, mas esse não será o principal objetivo.
      Sempre irei iniciar no clube que está cotado para terminar a primeira divisão nacional na última colocação e irei trocar de clube caso receba uma proposta de uma equipe de maior expressão nacionalmente.
      O manager será o pseudônimo Giovanni Rizzo, italiano de 38 anos que terá a licença para treinador A continental e a experiencia anterior como futebolista profissional nível local.
      A principio é isso, quero fazer algo bem simples mas que agrade a todos, então qualquer dica é bem vinda, até porque essa será a primeira vez que irei tentar jogar com essas regras que criei. Valeu!
       
      :: HISTÓRICO
      01. SAN MARINO
       
×