Jump to content
Perissé

Los Bukaneros: Camarão que dorme a onda leva (03/05)

Recommended Posts

MitoMitológico

Vi que o time fez uma excelente campanha como recém-promovido na temporada passada, e uma boa Copa do Rey na primeira e quando passa para a temporada atual o time perdeu a magia, voltou pra realidade ou foi só um deslize? O que realmente aconteceu?

Talvez isso seja somente uma fase, um momento, pois todo clube passa por isso, por altos e baixos, inclusive muitas vezes durante uma temporada, por exemplo. As vezes na empolgação de voltar a elite o time se supera e faz boa campanha, mas após isso tem desmanche e maior assimilação dos outros clubes de anular o seu modo de jogar e o nível cai.

Veremos o que se seguirá no restante da temporada. Está mais vivo do que nunca na Euro League, uma competição muito importante e que pode ajudar a melhorar a auto-estima do elenco, mas a classificação deve se resolver somente na última rodada.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

1684255552_Banner(LosBukaneros).thumb.png.7000fea00b262b8989be07224625de40.pngBarra.png.4831950522db6a350be30ce21c86289c.png

  • La Liga:

Inicialmente, sugiro aos leitores que voltem a uma das atualizações anteriores, onde terá um resumo de algumas equipes da competição.

Na décima rodada, olhamos para o lanterna Almería e pensamos que nem a pior das fases afastaria os três pontos. Mas dá para acreditar que ainda assim sofremos para pegar os indélicos desorganizados? Enfim, 2-0 e segue. Em seguida, contra o Sevilla, boas triangulações pelos lados - envolvendo o ponta, lateral e interior - abriram o placar. Mas nada mudou: perdemos três chances de frente para Sergio Rico e sofremos o empate de N’Zonzi no final (1-1). E, na partida seguinte, ainda tivemos que ver Cristiano Ronaldo passando o trator com dois gols criados (2-0) no dérbi madrilenho.

No entanto, contudo, todavia, nada estava perdido. A equipe tratou de acordar contra o Real Zaragoza com um inferno feito no último terço, rendendo o único gol (1-0). Em seguida, Schiappacasse retomou a confiança e doutrinou na vitória por 3-1 sobre o Cultural Leonesa com dois gols.

6W8WaKe.png

Duas vitórias seguidas, entrada na briga pela vaga continental e o homem-gol com a confiança retomada. O retorno daquele Rayo se provaria na remontada contra o Espanyol, que abriu 2-0 nas costas dos laterais. Mas Àlex Moreno, há dois meses sem marcar, colocou a bola debaixo do braço e descolou um empate (2-2). Por fim, Beltrán entrou e lançou para Bangoura: 3-2.

Por fim, conseguimos despachar os adversários diretos Levante (4-1) e Real Betis (2-1), esse com um amplo volume de jogo (65% de posse e 14 chutes certos) e muitas chances pelo alto, consagrando Pinamonti (um gol e uma assistência). Mas a série de cinco vitórias caiu contra o Athletic Bilbao (1-3), que, recém-assumido por Ismael Rescalvo, adotou uma maior segurança defensiva e venceu quase todos os duelos individuais.

8nJ4peJ.png

Nove jogos e seis vitórias, que renderam a premiação de melhor técnico do mês. Bem diferente dos primeiros nove jogos, não? Lá haviam sido nove jogos e cinco derrotas. O problema agora é: até quando essa fase se mantém?

Como disse, não havia muito o que fazer no aspecto tático, o problema era no aproveitamento das oportunidades. A defesa, que poderia ser uma das respostas, melhorou sua média de gols sofridos em relação à temporada passada (1,2 contra 1,3 gols p/ jogo). Já o ataque saltou de 0,7 nas nove primeiras partidas para 1,3 gols p/ jogo e continuou perto da liderança na criação de chances, desta vez em segundo lugar.

  • Copa del Rey:

O sorteio determinou que teríamos um dérbi contra o Getafe na fase 16 avos de final. A equipe do norte da comunidade autônoma de Madrid é comandada por Juande Ramos - ex-Real Madrid e Tottenham - e está na La Liga 123 desde a temporada 2017-18, amargando uma eliminação nos playoffs da temporada passada.

Em Getafe, vencemos por 2-0 sem dificuldades. Já em Vallecas, o jovem extremo Aimar de 17 anos marcou o único gol da partida (1-0) em sua estreia profissional e selou a vaga. Nas oitavas, enfrentaremos o Las Palmas.

CUd1gLa.png

  • Europa League:

Inicialmente, sugiro aos leitores que voltem a uma das atualizações anteriores, onde terá um resumo das equipes do grupo.

Na revanche com o líder Montpellier, a defesa da área era perfeita. Mas Gérson aproveitou do seu físico para abrir espaço na área e buscar a vitória aos NOVENTA E CINCO MINUTOS (2-1). Uma vitória essencial que deixou o Rayo precisando de apenas uma vitória para coroar a classificação contra o Copenhague. No final das contas, veio vitória, excelente volume de jogo, classificação e liderança garantida no 4-1.

Por fim, cumprindo a tabela contra o eliminado Zenit, o menino Aimar mostrou o porquê de feder a gol: dois gols e destaque na virada por 3-2.

TuRGFQB.png

Na fase 16 avos de final, enfrentaremos os belgas do Genk.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
Em 15/04/2019 at 22:41, MitoMitológico disse:

Vi que o time fez uma excelente campanha como recém-promovido na temporada passada, e uma boa Copa do Rey na primeira e quando passa para a temporada atual o time perdeu a magia, voltou pra realidade ou foi só um deslize? O que realmente aconteceu?

Talvez isso seja somente uma fase, um momento, pois todo clube passa por isso, por altos e baixos, inclusive muitas vezes durante uma temporada, por exemplo. As vezes na empolgação de voltar a elite o time se supera e faz boa campanha, mas após isso tem desmanche e maior assimilação dos outros clubes de anular o seu modo de jogar e o nível cai.

Veremos o que se seguirá no restante da temporada. Está mais vivo do que nunca na Euro League, uma competição muito importante e que pode ajudar a melhorar a auto-estima do elenco, mas a classificação deve se resolver somente na última rodada.

Boa sorte.

Imagino que aquele início tenha sido um deslize. Como havia mostrado, a equipe não caiu de rendimento taticamente. Inclusive, havia melhorado defensivamente, mas os avançados teimavam em perder chances claríssimas.

Aliás, já falando dessa nova atualização, a UEL e a Copa del Rey tiveram dedo na melhora da confiança da equipe. Foram três vitórias seguidas (Almería, Getafe e Montpellier) no espaço de oito dias que deu uma animada na equipe.

Valeu, @MitoMitológico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
arecibo8

A maré virou, seus atacantes descobriram que a função deles era por a bola para dentro do gol e os resultados começaram a vir.

Talvez o início pese no final do campeonato e atrapalhe para conseguir algo maior, mas se mantiver um aproveitamento assim, uma vaga na champions esta no papo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Recuperou bem com o carro andando, o que é bom para as pretensões na liga. Espero que consiga pelo menos uma vaguinha na UEL. Destaque para o La Coruña.

E falando nela, sobrou no grupo e agora enfrentará um time acessível pela próxima fase. Deve passar com facilidade, mas a partir daí é só tiro, porrada e bomba.

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
beto7

Espero que alcance a almejável competição Internacional. Tem bastante chance ainda. Na Copa aproveitou o que lhe foi concedido, dois jogos fáceis. 

 

Na Europa League se consagrou o Nº 1 na fase de grupos. O confronto contra o Genk tem tudo para ser fácil.  

Avante! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

O time reagiu mesmo e botou a má fase pra escanteio. Como resultado, está brigando pela vaga na Europa e passou muito bem no grupo da Liga, com direito a um adversário acessível na fase seguinte. Essa temporada tem tudo para terminar muito bem para o Rayo.

Boa sorte na continuação!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Uma baita remontada na liga e confirmação na Europa.

Está nos deixando sonhar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
vinny_dp

Gostei do título do post.

O time está concretizando melhor suas chances e aproveitou o bom momento para emplacar uma série de vitórias importantes para se colocar na briga pelas vagas continentais. Embora ainda faltem 20 jogos por disputar, acredito que pega uma vaga na UEL.

E por falar na competição europeia, conseguiu se impor no grupo e agora tem a chance de aprontar algo a mais na segunda fase, ainda mais com um primeiro adversário acessível como o Genk.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
MitoMitológico

Que mudança boa teve a equipe!

Conseguiu com êxito aprimorar a tática e o desempenho do time.

Me surpreendi em ver o LA CORUÑA no segundo lugar, na frente até do BARCELONA

Mas fora isso, os outros times são muito mais ricos e mais fortes e acho que está de bom tamanho essa posição.

Agora é tentar forçar um pouquinho mais para ver se consegue roubar uma vaga na Europa League da próxima temporada. Sem tirar o olho das copas, pois os próximos adversários não assustam muito não.

E quem é esse Aimar? Ele é um newgem, ou já estava na base desde o início? Tem se mostrado uma grata surpresa, e jogando bem, e não podemos esquecer do bom momento do Schiappa.

Boa Sorte na continuação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
Em 19/04/2019 at 23:00, arecibo8 disse:

A maré virou, seus atacantes descobriram que a função deles era por a bola para dentro do gol e os resultados começaram a vir.

Talvez o início pese no final do campeonato e atrapalhe para conseguir algo maior, mas se mantiver um aproveitamento assim, uma vaga na champions esta no papo. 

Não só eles, os meias também cansavam de perder gols também quando pisavam na área.

A briga pela UCL realmente está aberta, mas o sarrafo fica elevado demais. Briga contra Celta de Vigo e Villarreal é diferente de brigar contra Atlético de Madrid, Betis e Barcelona.

Em 20/04/2019 at 21:24, marciof89 disse:

Recuperou bem com o carro andando, o que é bom para as pretensões na liga. Espero que consiga pelo menos uma vaguinha na UEL. Destaque para o La Coruña.

E falando nela, sobrou no grupo e agora enfrentará um time acessível pela próxima fase. Deve passar com facilidade, mas a partir daí é só tiro, porrada e bomba.

Boa sorte!

Pois é, cheguei nas expectativas mínimas da direção, mas ainda é bem acessível seguir adiante. De agora em diante, a não ser que eu enfrente um Almería da vida antes de um confronto pela UEL, a tendência é usar um time misto pela UEL e focar na classificação pela La Liga. A Copa del Rey eu já chutei pra longe, não vale nada.

Valeu, Marcio.

Em 21/04/2019 at 19:45, beto7 disse:

Espero que alcance a almejável competição Internacional. Tem bastante chance ainda. Na Copa aproveitou o que lhe foi concedido, dois jogos fáceis. 

 

Na Europa League se consagrou o Nº 1 na fase de grupos. O confronto contra o Genk tem tudo para ser fácil.  

Avante! 

Seria excelente conseguir manter o nível na La Liga mesmo com uma competição a mais. Já a Copa é o de menos, só cumpro as expectativas e depois abandono. A UEL é aquilo: vou até onde der, mas a prioridade será a La Liga.

Em 22/04/2019 at 07:38, Tsuru disse:

O time reagiu mesmo e botou a má fase pra escanteio. Como resultado, está brigando pela vaga na Europa e passou muito bem no grupo da Liga, com direito a um adversário acessível na fase seguinte. Essa temporada tem tudo para terminar muito bem para o Rayo.

Boa sorte na continuação!

Não tinha muito a fazer. Era rezar por algum momento que a confiança da equipe aumentasse. No final das contas, aumentou e mostrou o potencial que esse elenco possui. Se não voltar ao limbo que estávamos, já que qualquer série de derrotas pode afetar a confiança e moral, dá pra ir longe na UEL e garantir a vaga para a próxima edição. Mas o problema é esse, a qualquer momento tudo pode piorar.

Valeu, Rafael.

Em 22/04/2019 at 13:46, Neynaocai disse:

Uma baita remontada na liga e confirmação na Europa.

Está nos deixando sonhar.

Olha, eu não sonho tanto assim. Só vindo algo além de uma classificação pra próxima UEL, o que será bem difícil.

Em 22/04/2019 at 18:46, vinny_dp disse:

Gostei do título do post.

O time está concretizando melhor suas chances e aproveitou o bom momento para emplacar uma série de vitórias importantes para se colocar na briga pelas vagas continentais. Embora ainda faltem 20 jogos por disputar, acredito que pega uma vaga na UEL.

E por falar na competição europeia, conseguiu se impor no grupo e agora tem a chance de aprontar algo a mais na segunda fase, ainda mais com um primeiro adversário acessível como o Genk.

Boa sorte.

O mestre Cartola é útil em qualquer ocasião. Valeu, Vinny!

A retomada da confiança nessa época do ano foi crucial. Permitiu à equipe a entrada na briga pelas vagas continentais antes da virada do turno e garantiu a classificação na UEL. Mais crucial do que esse momento será por volta de fevereiro e março, onde há as fases mais difíceis da UEL e o momento decisivo da La Liga. O problema é torcer pro momento se estender até lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

A campanha do time nesse momento é muito boa. Está fazendo um grande trabalho e não por acaso conseguiu ser eleito o melhor técnico de Dezembro. Vê-se que na Liga Europa pode ir mais longe ainda. Independente da expectativa da imprensa e da direção do clube, qual é sua expectativa para o campeonato espanhol? Acha que pode conseguir posição melhor ao final da liga? Bom trabalho na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Esperava a recuperação na liga após ler o post anterior. Mas o que achei mais positivo foi a forma como se classificou na UEL. Liderou o grupo com propriedade, e mostra com isso que tem força para ir mais longe na competição. Até onde acha que dá para chegar?

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Conseguiu se recuperar na Liga, sem se descuidar da UEL. Conseguiu o 1º lugar no grupo e terá um adversário acessível nos 16 avos. Segue também na Copa do Rey e já briga por uma nova vaga continental. Força.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
Em 28/04/2019 at 12:58, MitoMitológico disse:

Que mudança boa teve a equipe!

Conseguiu com êxito aprimorar a tática e o desempenho do time.

Me surpreendi em ver o LA CORUÑA no segundo lugar, na frente até do BARCELONA

Mas fora isso, os outros times são muito mais ricos e mais fortes e acho que está de bom tamanho essa posição.

Agora é tentar forçar um pouquinho mais para ver se consegue roubar uma vaga na Europa League da próxima temporada. Sem tirar o olho das copas, pois os próximos adversários não assustam muito não.

E quem é esse Aimar? Ele é um newgem, ou já estava na base desde o início? Tem se mostrado uma grata surpresa, e jogando bem, e não podemos esquecer do bom momento do Schiappa.

Boa Sorte na continuação.

O La Coruña acertou bastante a defesa, é a segunda melhor da competição. Ganham os jogos sempre no 1-0, dificilmente levam gols e empatam muito.

O problema é que está completamente misturada a disputa. Do mesmo jeito que conseguimos uma série boa, podemos conseguir uma ruim e voltar pro final da tabela. No momento, estou fazendo o possível na estratégia, mirando no sétimo lugar, mas temendo uma queda na confiança da equipe.

O Aimar é newgen da primeira fornada, mas que nunca foi isso tudo. Aliás, eu nem cheguei a destacá-lo na apresentação da sua geração. Mas ele cresceu muito no potencial e eu vejo com boas chances de compor a equipe no futuro. Valeu, @MitoMitológico.

Em 28/04/2019 at 22:26, Vannces disse:

A campanha do time nesse momento é muito boa. Está fazendo um grande trabalho e não por acaso conseguiu ser eleito o melhor técnico de Dezembro. Vê-se que na Liga Europa pode ir mais longe ainda. Independente da expectativa da imprensa e da direção do clube, qual é sua expectativa para o campeonato espanhol? Acha que pode conseguir posição melhor ao final da liga? Bom trabalho na sequência.

Minha expectativa é se classificar pra Europa League novamente. Seria muito frustrante ficar de fora e ter aquele ano sabático. Mas, ao mesmo tempo, a disputa pelas vagas está bem mais acirrada do que na temporada passada.

Não penso em UCL ainda. Sei que tá perto, mas a metade da tabela também está perto. Valeu, Vannces!

Em 29/04/2019 at 01:18, Danut disse:

Esperava a recuperação na liga após ler o post anterior. Mas o que achei mais positivo foi a forma como se classificou na UEL. Liderou o grupo com propriedade, e mostra com isso que tem força para ir mais longe na competição. Até onde acha que dá para chegar?

Não muito longe, rs. Se tivermos muita sorte (e passarmos do Genk), dá para pegar um adversário semelhante na próxima fase (oitavas). Mas são bem raros, a tendência é pegar um favorito.

20 horas atrás, ggpofm disse:

Conseguiu se recuperar na Liga, sem se descuidar da UEL. Conseguiu o 1º lugar no grupo e terá um adversário acessível nos 16 avos. Segue também na Copa do Rey e já briga por uma nova vaga continental. Força.

Vamos tentando equilibrar todos os pratos até aqui. Só que de um lado temos mata-mata, que pode acabar de uma hora para outra, e uma La Liga extremamente concorrida. Se nos descuidarmos, podemos quebrar todos os pratos numa tacada só. Valeu, Gilson.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

750594218_Banner(LosBukaneros).thumb.png.151e002a23f85a28969a4ad24727cefe.pngBarra.png.9da6477835bd07e41c093affd0a02839.png

  • Fichajes de invierno:

Desta vez, tivemos uma janela movimentada com três entradas e três saídas.

A começar pela zaga, tivemos a saída do recém-contratado Emiliano Velázquez, que não vinha bem. O diretor David Cobeño acertou uma multa altíssima de €6,5M, o Napoli apareceu com a grana e o uruguaio escolheu o Gli Azzurri. Para o seu lugar, acertamos o empréstimo do foguete holandês "Tim" Fosu-Mensah do United. Ainda na defesa, o lateral-direito Iza acertou com o Málaga por €100 mil. Para o seu lugar, David Cobeño acertou com o belga Timothy Castagne do RB Leipzig por €2,2 M.

Por fim, entendi que Adri Embarba não tinha mais lugar no nível que o clube chegou. O Levante apresentou um empréstimo com opção de compra de €3M e levou o extremo. Para o seu lugar, acertamos o empréstimo da promessa Jordi Mboula do Mônaco para ser uma opção de flecha pela direita.

AQcX30L.png

O ex-La Masia consegue unir velocidade, técnica e finalização.

  • La Liga:

Inicialmente, sugiro aos leitores que voltem a uma das atualizações anteriores, onde terá um resumo de algumas equipes da competição.

Na 19ª rodada, visitamos o Osasuna e deixamos um 3-0 de presente. Em seguida, saímos na frente contra o então vice-líder La Coruña, mas perdemos o controle da posse de bola e sofremos a virada. Somente no final recuperamos o empate (2-2) com Beltrán. Na partida seguinte, o Deportivo Alavés não mostrou resistência para a excelente partida do djovem Ortiz, que marcou os dois gols do 2-0.

Antes de pegar uma sequência chata, visitamos o poderoso ataque do Real Sociedad de Paco Jémez e fechei a casinha. As individualidades de Beltrán, Bangoura e Mboula apareceram e construímos um 4-1. No entanto, enganou-se quem achou que o tigrão não ia aparecer. O meia-atacante Januzaj, com muita liberdade, criou o segundo (80’) e marcou 4-3 (86’). Por sorte, não tiveram tempo de empatar.

T8XQqC3.png

Começamos o caminho da morte contra o Atlético de Madrid, mas soubemos controlar a posse e não arriscamos o empate (0-0). Os colchoneros, por sua vez, foram anulados e não dispararam na briga pelas vagas continentais. No entanto, a linha defensiva tratou de fazer, em seguida, uma partida medonha logo contra o Barcelona de Suárez e Dembelé. O resultado não poderia ser outro: 1-4. Contra o Las Palmas, visitamos a atrocidade que chamam de gramado de Gran Canaria (85 metros de largura) e chegamos à terceira partida sem vencer (1-2). A série ainda viria a aumentar diante do Valencia com a volta do fantasma das chances perdidas. Os chés foram competitivos e levaram os três pontos (1-3).

Por fim, conseguimos recuperar a confiança da equipe com um baile sobre o Celta de Vigo: 5-0. Os olívicos vieram no 4-3-3 e deixaram verdadeiras rodovias pelos lados (notem como usamos os fundos).

79ocHmE.png

A distância ao 8º colocado permaneceu em um ponto, mas a briga ficou menos acirrada. A distância, que era de 10 pontos, entre o 4º e o 16º colocados hoje é de nove pontos do 3º até o 14º colocados. No entanto, a briga ainda está fora do normal e qualquer série negativa pode arruinar a temporada.

Na briga por uma vaga na Europa League, o maiores candidatos permanecem sendo o La Coruña de Aitor Karanka, que montou a melhor defesa no 4-4-1-1, e o Athletic Bilbao de Ismael Rescalvo, que veio do Independiente Medellín. Além daqueles que eu já apresentei em outras atualizações, o Real Betis de Carlos Eduardo (ex-Goiás) também merece atenção.

Nas estatísticas, após a goleada sobre o Celta de Vigo, disparamos na liderança das chances criadas (134 ou 5 por partida) e saímos de 1,3 para 1,5 gol por partida desde a última atualização. Mas ainda precisamos de 11 finalizações para marcar - o meu ideal é nove ou menos. Já na defesa, tivemos uma leve queda, provavelmente pelas três derrotas seguidas, mas nada significativo (de 1,2 para 1,3 gol por partida).

  • Copa del Rey:

Como havia dito, fomos sorteados para encarar o Las Palmas nas oitavas. A equipe de Fran Escribà costuma ficar menos com a bola no 4-2-3-1 e não costuma sair da metade da tabela da La Liga.

Em Vallecas, batemos de frente com o goleiro Chichizola em perfeito dia e levamos o 0-1 de escanteio. Chegamos até a empatar com um balaço de Herrera aos 89 minutos, mas os píos-píos marcaram o 1-2 em contra-ataque - no segundo chute a gol - aos NOVENTA E QUATRO minutos. A vontade cometer um homicídio foi grande. Na volta (e no ridículo gramado de Las Palmas), não conseguimos entrar na defesa por cruzamentos e Beltrán perdeu as chances com a bola no chão. No final das contas, 0-0 e eliminação.

FxNNXfc.png

  • UEFA Europa League:

Como havia dito, fomos sorteados para encarar o KRC Genk na fase de 16 avos de final. A equipe não possui treinador, costuma variar a formação em campo e terminou na 3ª colocação da última Jupiler Pro League.

Na ida, em Genk, os belgas entraram no 5-3-2 e entregaram de bandeja duas avenidas pelos lados, prato cheio para Moreno e Gérson participarem de todos os gols do 3-1. Em Vallecas, Pinamonti bateu em cachorro morto, alcançou o hat-trick e oficializou a classificação no 3-0. 

K9xh9hW.png

A má notícia fica por conta das oitavas, onde enfrentaremos o Atlético de Madrid.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Como corre esse Mensah. Nossa.

Na La Liga a sequência não foi ruim, conseguiu driblar o período sem vencer e enfiou logo cinco no Celta. 

Uma pena a eliminação na Copa do Rey, mas avançou na Liga Europa e está na briga pela vaga continental da próxima temporada, no fim o saldo acabou sendo positivo para o Rayo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Uma pena essa queda na copa do Rei, mas pelo menos garante foco nas maiores competições.

Quem quer ser campeão não escolhe adversário, mas pegar o Atleti já vai ser complicado mesmo.

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
PedroJr14

Cair em um jogo que você sabe que dá pra classificar é uma sensação terrível, mas em compensação o time ganha mais concentração nas outras duas competições mais importantes. O time mostrou força na primeira fase da UEL e fez uma bela primeira fase, terminando à frente de Montpellier e Zenit que geralmente sempre vem com times fortes. No Campeonato Espanhol o time vem brigando por uma nova classificação para a Europa League e eu acredito que no final das contas vocês vão conseguir. 

Boa sorte, estamos na torcida.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Continua firme na luta por uma vaga continental, mas poderia estar até melhor se não tivesse tido uma sequência ruim de resultados antes da partida contra o Celta. Com a eliminação diante do Las Palmas e o próximo adversário na UEL sendo o Atletico, fico curioso para ver se continuará investindo na UEL ou se procurará garantir novamente uma vaga continental.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
Em 03/05/2019 at 12:14, Tsuru disse:

Como corre esse Mensah. Nossa.

Na La Liga a sequência não foi ruim, conseguiu driblar o período sem vencer e enfiou logo cinco no Celta. 

Uma pena a eliminação na Copa do Rey, mas avançou na Liga Europa e está na briga pela vaga continental da próxima temporada, no fim o saldo acabou sendo positivo para o Rayo.

Notou os últimos zagueiros contratados? Philipp Lienhart, Van den Eynden e agora o Mensah: todos correm mais do que notícia ruim. É a construção de uma defesa que consiga subir sem me estressar com os espaços em profundidade.

Queria ter ficado mais na Copa del Rey, mas somos fregueses do Las Palmas. Ao menos sobrou a UEL, veremos no que dá os jogos contra o Atlético de Madrid, que empatou com o Rayo na La Liga.

Em 03/05/2019 at 12:43, Neynaocai disse:

Uma pena essa queda na copa do Rei, mas pelo menos garante foco nas maiores competições.

Quem quer ser campeão não escolhe adversário, mas pegar o Atleti já vai ser complicado mesmo.

Boa sorte!

Pois é, queria ter ficado mais na competição, mas o importante é a La Liga. Valeu, @Neynaocai.

Em 03/05/2019 at 13:29, PedroJr14 disse:

Cair em um jogo que você sabe que dá pra classificar é uma sensação terrível, mas em compensação o time ganha mais concentração nas outras duas competições mais importantes. O time mostrou força na primeira fase da UEL e fez uma bela primeira fase, terminando à frente de Montpellier e Zenit que geralmente sempre vem com times fortes. No Campeonato Espanhol o time vem brigando por uma nova classificação para a Europa League e eu acredito que no final das contas vocês vão conseguir. 

Boa sorte, estamos na torcida.

É pior ainda quando se joga melhor do que o adversário. Não gostei de ter saído cedo da competição, mas admito que será melhor para o nosso desempenho na La Liga. Ainda mais levando em conta que é uma La Liga extremamente disputada, o foco precisa ser maior. Valeu, Pedro.

Em 03/05/2019 at 13:31, ggpofm disse:

Continua firme na luta por uma vaga continental, mas poderia estar até melhor se não tivesse tido uma sequência ruim de resultados antes da partida contra o Celta. Com a eliminação diante do Las Palmas e o próximo adversário na UEL sendo o Atletico, fico curioso para ver se continuará investindo na UEL ou se procurará garantir novamente uma vaga continental.

Eu consegui digerir a série de resultados negativos antes do sacode sobre o Celta. Dois foram contra adversário superiores e outro foi contra o nosso calcanhar de aquiles naquele gramado que eu nunca vou aceitar.

O objetivo principal é a La Liga, especialmente pela disputa ferrenha desta temporada. Mas iremos equilibrar (leia-se mistão e alguns sacrifícios) durante o período em que tiver jogos da UEL, ainda mais sendo o Atlético de Madrid.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

O time tá jogando mais ou menos bem, né? Digo, encarou uma sequência de 3 resultados negativos, mas não é como se fosse um absurdo tremendo perder pra Barcelona, Valência e um surpreendente Las Palmas (que te eliminou na Copa). Ainda meteu um sacodezinho no Celta pra poder voltar pras cabeças. Tem time pra conseguir vaga na UEL,  basta ver se consegue manter os jogadores focados.

Na UEL, não acho que vá passar. Mas tem que entrar com vontade de vencer pra causar surpresa mesmo. Se for com displicência, é tchau garantido.

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
vinny_dp

Pegou uma sequência complicada, mas conseguiu pontos importantes para se manter firme na briga pela UCL. Com 11 jogos para disputar, acredito que a vaga pode vir.

Na Copa do Rei pegou um adversário chato e deu adeus. Melhor para dar uma folga a mais no calendário, que pode ser útil daqui para frente.

Na UEL, fez a obrigação contra o Genk e acredito que possa passar contra o Atlético. Só não sei se vale a pena colocar tantos esforços na competição quando se briga por algo maior no campeonato.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

É impressão minha ou você escolhe jogadores que possam jogar em várias posições? Isso é muito bom para manter o time num bom ritmo se caso houver muitas contusões. Campanha media para boa e o fato do time ter a melhor média de chances criadas mostra que a equipe está realmente entrosada e com boa ofensividade, aliás, tirando o jogo contra o Atlético de Madrid, o time fez gol em todas as outras partidas. O que em sua opinião falta para o time chegar o mais próximo da parte de cima da tabela? Bom trabalho na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
arecibo8

O time parece um pouco instável, uma hora vence todo mundo e na outra... 

Resolvendo isso deve começar a brigar pela terceira força. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • Jirimias
      By Jirimias
      Fala aí, povo!   Depois de muito tempo, eis que decidi retornar ao ofício de jogar e contar saves. Apesar do tempo está ainda mais curto do que antes, a saudade era maior, e depois de ensaiar vários retornos, enfim tomei coragem. A versão do jogo escolhida é o FM 2018, pois comprei e não havia jogado. Como já estamos quase no meio do ano, achei conveniente esperar para comprar o 20, e não o 19. 
      Como vocês podem ver eu escolhi a Hungria tema deste save, e isso deve-se muito à admiração adquirida por ter conhecido um pouco do futebol mágico do país na década de 50. Soma-se a isso o imenso desafio que é jogar e desenvolver um trabalho num país que hoje vive uma realidade no futebol muito diferente daquela do passado. Estes dois fatores foram fundamentais para minha escolha.   Peço apenas a compreensão se não houver postagens regulares, mas farei o possível para tentar duas por semana, exceto por este início que há capítulos introdutórios que já estão prontos.   
      Conhecer o passado nos ajuda a compreender suas consequências no presente, seja ele este atual que estamos vivendo agora, ou aquele que virá a ser presente, a qual chamamos de futuro. Só que na maioria das vezes mexer no passado é abrir feridas , e é isso que veremos em  "O sonho proibido" . Se esta aventura de voltar ao passado sem máquina do tempo pode ser perigoso, por outro lado, também é somente através desta visita ao passado que tanto o personagem  como o próprio futebol húngaro encontrarão respostas que poderão mudar suas histórias.
      A trama passa pelo encontro entre dois personagens que viveram em épocas diferentes, mas que tem em comum um sonho: trazer de volta a glória do futebol húngaro. Átila é um jovem recém-formado em Educação Física que tem como sonho treinar um time de futebol profissional. A inspiração para sua carreira é um ex-treinador que não teve uma carreira brilhante, mas que tinha a mesma determinação em fazer de sua carreira um combate pelo resgate da grandeza do futebol da Hungria. Tal dedicação  pela Causa Húngara, como ele mesmo denominou sua busca, fez o velho treinador ser tido como lunático. Sem familiares e esquecido, o velho treinador interna-se voluntariamente num asilo onde inicia a carreira de escritor.  Quando estas duas gerações se encontrarem, nem a vida dos dois, e nem o futebol húngaro serão mais os mesmos.  
      O "Sonho proibido" tem como objetivo principal levar a Hungria ao centro das atenções do futebol mundial, e para isso, a pretensão não é fazer o save de uma única liga, mas  de uma nação. Desta forma, terei a liberdade de mudar de liga, treinar mais de um clube da Hungria, treinar seleções, trabalhar com a revelação de talentos húngaros, enfim, buscar em todos horizontes resgatar as glórias do passado do futebol do país. Em síntese, são estes os objetivos:
      Ser campeão treinando um time brasileiro, remontando a ligação do passado entre húngaros e brasileiros no futebol; Revelar um novo Puskás; Levar a Seleção Húngara à disputa de uma Copa do Mundo, que desde 1986 não acontece; Vencer uma competição europeia com um clube húngaro; Ser o melhor treinador húngaro no quadro de Honra; Colocar a Primeira Divisão Húngara entre as dez primeiras do mundo:

      (atualmente atrás das ligas de Catar, segunda divisão da Turquia, segunda divisão da Áustria, Moldávia, Egito, entre outras)        
       
    • Herr Jones
      By Herr Jones
      Luz, câmera e... Futebol: l'histoire de Damien Devereaux
      CONSIDÉRATIONS INITIALES – entendendo o propósito da história:
      PROFIL DU ENTRTEINEUR – contextualizando o protagonista:
      O personagem escolhido para protagonizar toda a história é um jovem chamado Damien Devereaux. Nascido na cidade de Cannes, em 31 de maio de 1992, mudou-se ainda moço, aos 16 anos, para Paris onde graduou-se em Ciências Sociais pela Sorbonne, buscando enfatizar o aspecto de gestão esportiva. Amante de futebol, simpatizava bastante com as equipes de futebol que eram capazes de revelar grandes nomes para o cenário futebolístico internacional. Cresceu assistindo, e ouvindo de seu pai, sobre uma prática fulminante do futebol francês: o Jeu à la Nantaise, protagonizado pela equipe de Nantes e inspirado no jeito irreverente de se jogar futebol que faz brilhar os olhos de qualquer brasileiro quando assistia à seleção canarinho protagonizar maravilhas com a bola nos pés. Através de seu pai, o jovem Devereaux criou um carinho especial pelo Nantes; porém, por si, passou a acompanhar o Cannes: time de sua cidade e que, na época, estava em franco crescimento chegando a revelar grandes nomes para o futebol, incluindo um dos mais geniais meio-campistas que o jovem teve a oportunidade de acompanhar: Zinédine Zidane.

      Ao longo de sua graduação, Devereaux participou de algumas competições amadoras de futebol atuando pelo Corbeil-Essonnes, das divisões de honra francesas. Ele atuava como meio-campista avançado, mas não considerava a hipótese de se tornar um jogador profissional; preferiu enfatizar sua formação e, assim, dedicou-se bastante aos estudos. Tão logo recebeu seu diploma de graduação, decidiu abandonar o futebol amador para buscar uma vaga no mercado de trabalho. Conseguiu, ainda em 2014, quando se formou, uma vaga como professor em um Liceu particular dando aulas de Sociologia e Filosofia. Sem desistir de seu sonho para atuar no futebol, Devereaux seguiu sua formação adentrando ao mestrado em gestão esportiva e buscou, junto à Fédération Française de Football, a obtenção de sua Licença Nacional C para poder atuar como treinador. Tanto sua licença quanto seu título de mestre só chegaram em 2017.
      Neste meio-tempo, enquanto aguardava sua licença, Devereaux se disponibilizava nas horas vagas para realizar consultorias aos clubes de futebol franceses, principalmente para os clubes semi-profissionais próximos a Paris, mas também prestou seus serviços a alguns clubes mais conhecidos que hoje se estagnaram como, por exemplo, o Racing Club de Lens e Association de Jeunesse Auxerroise.
    • thyagocda
      By thyagocda
      SUMÁRIO

      Apresentação
      Sou mais um daqueles apaixonados por FM, mas por conta dos compromissos pessoais, o tempo gasto com o jogo deve ser bem equilibrado. Ano passado criei uma história aqui na PM com o Porto mas acabei interrompendo depois que descobri que eu seria pai, a gravidez passou, meu filho (Thayler) já nasceu com saúde graças a Deus. E agora que as coisas acalmaram vinha planejando o retorno a área.
       
      Estilo de Postagem
      Tentarei seguir um padrão de postagens bimestrais sobre os acontecimentos no jogo. Mas pretendo utilizar as probabilidades de apostas do jogo para gerar interatividade com os leitores entre as postagens. Pelo menos a introdução do save contará com uma "pequena ficção" e ao longo do save tentarei dar prosseguimento.
       
       

      O Desafio Real #1 | A Dany - MAI/17
      Valência - ESP

      Clique aqui para a próxima postagem
    • Bigode.
      By Bigode.
      Olá, pessoal! É chegada a hora de voltar a contar histórias por aqui. Ou melhor: a frequentar a área. Já tenho ensaiado a volta nas últimas semanas (ainda timidamente), mas agora é o momento. Depois de uma saga de muito sucesso, acredito eu, com a Pro Vercelli e o fracasso na tentativa com o Nottm Forest, espero acertar mais uma vez.
      O clube escolhido, levando em conta os acontecimentos do último mês, não poderia ser outro: Sporting Clube Farense. Como alguns sabem, me mudei no ano passado para Portugal e estou residindo em Faro, cidade bem ao sul do país. De fato: hoje completo 5 meses aqui. A data, simbólica, é a ideal para se iniciar a nova trajetória.
      Minha vinda para cá teve como objetivos terminar a faculdade e iniciar minha carreira (ou continuar, sendo que já atuei na área no Brasil) e, pensando em uma ideia de save, o estalo veio: por que não iniciar no FM uma, digamos, "preparação" para o que pode ser minha vida/carreira real?
      Chega de papo, né? Deixo algumas informações iniciais sobre o save e é isso. No mais: um agradecimento gigante e mais do que especial ao @Tsuru, que providenciou esse excelente e maravilhoso banner pra saga.
      Quanto aos OBJETIVOS, decidi não estabelecer nada de início. A ideia é levar o clube da 3ª divisão até a elite portuguesa e elevar o clube a um patamar de altíssimo nível, como consegui fazer com a Pro Vercelli. As boas campanhas (e títulos) são consequência. Obviamente, é claro, quero conquistar tudo o que for possível e desbancar os três grandes. Mas veremos como as coisas correm quanto a isso futuramente. Outro ponto que pode ser considerado é sempre buscar se superiorizar em relação aos grandes rivais.
      | DADOS DO JOGO | 
      Base de Dados: original
      Versão 18.2.2
      - Países Selecionados:
      Europa: Portugal (Campeonato Nacional Prio e superiores), Alemanha (Bundesliga apenas), Espanha (La Liga Santander apenas), França (Ligue 1 apenas), Inglaterra (Sky Bet Championship e superiores) e Itália (Serie B Eurobet e superiores)
      América do Sul: Brasil (Campeonato Brasileiro Série A apenas) - ver apenas
      Tamanho da Base de Dados: Grande
      + Jogadores de clubes do escalão máximo (América do Sul)
      + Jogadores de clubes do escalão máximo (África)
      + Jogadores no país + Jogadores da nacionalidade (Portugal)
      [x] Não Adicionar Equipe Técnica Chave
      [x] Impedir uso do Editor de Jogo
      *** Como pretendo emular um pouco da vida real, decidi não marcar (ao contrário do que faço normalmente) e caixa "Desativar Disfarce de Atributos de Jogadores", deixando o jogo mais real. Isso não significa que contratarei, por exemplo, somente jogadores observados pelos olheiros ou algo do tipo. Terei total liberdade no mercado. Só um pouco mais de dificuldade. ***
      Data de Início do Jogo: Portugal - Fase Inicial de Pré-Época 2017/18 (3/7/2017)
      ---
      É isso aí. Sejam bem-vindos a minha nova saga.
    • arecibo8
      By arecibo8
      O nome da Saga vem de uma teoria do Gramsci da hegemonia cultural. Gramsci é o fundador do Partido Comunista italiano, que foi fundado na região da cidade. O partido hoje está extinto.
      Estava vendo 'Club de cuervos', e lá se fala de um clube, que é a paixão da cidade e que o clube acabou por colocar a cidade no mapa (Não falarei mais sobre a série). Eu escolhi o clube por ser o maior da cidade e por levar o nome da cidade e que com o tempo, creio que podemos ajudar as demais equipes a crescer. Temos outros dois clubes na cidade, mas não disputam as competições nacionais, por isso não vou pensar em como fazer isso agora (até por que o próprio clube está em situação complicada).
      Pela situação ser complicada, não farei ainda planos para um futuro muito distante, mas desejo utilizar a base, que sempre revelou bons jogadores para a seleção italiana.
      O save é do clube, não de uma carreira.
      1° ano 
      - Conhecer a equipe
          Creio que este sempre seja o primeiro passo, no Palmeiras eu conhecia todo o elenco, aqui poucas figuras.
      - Rejuvenescer a equipe
      Temos uma média de idade de 26 anos, algo que considero ok, mas os principais jogadores, sobretudo do meio campo, tem mais de 33 anos. Com isto em vista, esta temporada pode ser a última deles em alto nível (talvez a última da carreira), por isso já colocarei olheiros para observar jogadores desta área de campo sem contrato para a próxima temporada
      -Criar uma filosofia de trabalho
          Além de trabalhar com jovens, quero fazer da posse de bola uma marca registrada da equipe. Ainda não coloquei isto como uma das filosofias para a diretoria, por não saber se será possível fazer isso com os jogadores atuais, e não temos condições financeiras para contratações.
      2° ano
      -Reformular a base
          Temos muitos jogadores sem futuro, e que só consomem os recursos já escassos do clube, prefiro me focar em poucos, mesmo que custe em desempenho nas competições de base. Mas creio que a médio prazo isso será revertido.
      -Comissão técnica renovada
          O que não mudar no primeiro ano (pouquíssima coisa, talvez nada), mudará aqui. Quero que o clube tenha o que pode ter melhor em profissional, na equipe profissional, sub-20 e sub-18.
      -equipe competitiva
          Com a base formada no outro ano, desejo ter uma equipe que brigue para subir, não necessita subir, mas estar na briga vai ser o objetivo.
      -Olheiros
          Com o meio campo não sendo mais urgente, eles procuraram por jogadores jovens para as categorias de base do clube. Mesmo sabendo que isso não é tão efetivo como no Brasil (que um jogador de base tem uma clausula próxima de 1M e o clube acaba por não ter como segurar, creio ser mais viável que comprar jogador pronto), creio que colheremos frutos a médio prazo. Colocarei eles em países periféricos da europa (como Sérvia, Suíça, Suécia, Dinamarca, Polônia), pois devo ter menos concorrência.
      Como tudo pode mudar nesse meio tempo, me reservo a planejar só estes 2 anos
      Principais jogadores
      Mais famoso: Alessandro Diamanti - jogador com passagens em diversas grandes equipes pela europa e pela seleção, veio do Palermo sem custo. Meio que veio para se aposentar.
      Jogador mais antigo do clube: Luca Mazzoni - Desde 2001 clube, vai ficar até se aposentar e depois espero que assuma alguma função no clube.
      Capitão: Andrea Luci - no clube desde 2010, um dos nomes que estão na história do clube.
      Futura estrela: Gabriel Santini - Zagueiro, 17 anos, tem muito a ser lapidado ainda, mas tem tudo para ser um zagueiro bem técnico, mas tem que melhorar o físico para não virar um Rodrigo Caio.
      Primeiros atos
      Mesmo sendo um bom jogador, o salário era muito alto para a equipe, por isso o Niccolò Giannetti teve seu empréstimo rescindido, mesmo que isso impossibilite jogar com dois atacantes.
      Como pretendo jogar com 3 zagueiros e o clube só possui 3 com condições, pretendo contratar para agora outros para ter reservas.
      No resto estamos bem servidos, pelo menos em quantidade.
       
      Estrutura 

       
      Finanças

      Comissão técnica

×