Jump to content
Perissé

Los Bukaneros: Camarão que dorme a onda leva (03/05)

Recommended Posts

Perissé

2041321518_Banner(LosBukaneros).thumb.png.c0385a7472916bc39f8bad36c179ba57.png

  • Introdução:

Sejam bem-vindos ao meu mais novo save! Já tinha essa ideia de save na minha cabeça e, com o infeliz final do save com a Portuguesa da Ilha, decidi pôr em prática um pouco antes do planejado.

Antes de tudo, devo falar dos velhos erros pessoais nos últimos saves. O primeiro deles, que já tinha apontado, mas não corrigi de fato, é a questão do espaçamento das atualizações, que provoca uma confusão na leitura e será corrigida, já que jogarei em uma velocidade maior, passando do jogo completo para o alargado e prolongado. Já o segundo é a questão da falta de backups do arquivo do save, o que já ocasionou o fim de dois saves e que será corrigido com backups semanais.

Seguindo para o save em si, a escolha pelo Rayo Vallecano de Madrid aconteceu por ser um dos clubes que mais simpatizo no país pela história oposta ao Real Madrid, seu maior rival, e pelo engajamento em questões sociais. Além disso, devo investir bastante no relato das inúmeras histórias que o clube franjirrojo

  • Sobre o clube:

Rayo Vallecano de Madrid foi fundado em maio de 1924 no antigo município de Vallecas, hoje um charmoso bairro operário de Madrid após uma anexação durante a ditadura de Francisco Franco. O clube nasceu com o uniforme inteiramente branco, porém teve que firmar um acordo com o Atlético de Madrid na temporada de 1949-50, o que fez com que mudasse para a tradicional faixa diagonal vermelha.

Sufocado na própria cidade pelos gigantes Real Madrid e Atlético de Madrid, o clube se agarrou às suas raízes de Vallecas e levou os valores locais adiante, sendo conhecido por ser um dos maiores clubes de bairro e acreditando no futebol como algo além do esporte, servindo para educar e orientar a luta por suas causas. Ademais, tal sentimento de pertencimento ao bairro provoca uma enorme relação de proximidade com o local, onde ambos nunca estarão sozinhos, e uma forte oposição ao Real Madrid, que sempre teve uma proximidade com o poder e com parte da torcida possuindo ligações fascistas.

Desde a sua fundação, a maioria das partidas do clube eram disputadas no primitivo terreno conhecido como Campo del Rodival, que possuía apenas pequenas arquibancadas e não existe mais na atualidade. 

8zB8v8z.png

Já em 1973, o clube se mudou definitivamente para o Estádio de Vallecas, recém-reconstruído sobre o antigo campo construído em 1930 pelo extinto Racing de Madrid. Atualmente, o estádio possui capacidade para quase 15 mil torcedores, sendo 2 mil destinados ao único setor atrás do gol, onde ficam os ultras do clube conhecidos como Los Bukaneros, que protagonizam inúmeras cenas marcantes em suas manifestações nas arquibancadas.

AyBFk1n.png

INFRAESTRUTURA

Nas conquistas, o clube espanhol não possui uma vasta coleção, possuindo apenas três: duas Segunda División B e uma La Liga 2, conquistada na última temporada. No entanto, a sua melhor temporada foi a de 2000-01, quando teve a sua primeira participação em competições continentais jogando a Europa League. A campanha da equipe foi inesquecível, chegando até as quartas de final e passando por clubes como Lokomotiv de Moscou e Bordeaux.

Quanto aos ídolos, o maior ídolo do clube é, sem dúvidas, Jesús Diego Cota, ex-lateral-direito que dedicou os seus 17 anos de carreira somente ao Rayo. O madrilenho foi o que possui mais partidas pelo clube (mais de 400) e participou de quatro promoções à La Liga, além de ser o capitão na inesquecível campanha na Europa League.

O clube, durante a sua história, não precisou de títulos ou mesmo de participações na La Liga para ser reconhecido. A fama não se concentra na bola, mas sim na postura da instituição. Entretanto, o objetivo do save é levar o clube a ser reconhecido também nesta vertente.

  • Dados do save:

O save será realizado no Football Manager 2018, por esse motivo o clube ainda estará na La Liga 2, com uma base de dados grande. Quanto às ligas carregadas, as divisões da Turquia e China foram escolhidas por serem aquelas que mais movimentam o mercado do futebol espanhol. Além delas, as principais ligas da Argentina e México serão carregadas no momento em que alcançarmos a promoção para a La Liga.

  • Treinador:

Como é de praxe nos meus saves, o treinador será alguém com forte ligação ao Rayo Vallecano. Desta forma, Roberto Trashorras foi o escolhido para assumir o comando do franjirrojo. O meia espanhol atuou no clube de 2011 até a última temporada, quando anunciou sua aposentadoria dos gramados. Durante este período, Trashorras foi o capitão da equipe que atingiu a maior quantidade seguidas de participações na La Liga na história do clube (5) e participou do maior título do clube na temporada de 2017-18 (La Liga 2).

3MXV2lV.png

Nas responsabilidades, o treinador poderá apresentar propostas por jogadores e será o encarregado pela renovação dos contratos. No entanto, o diretor de futebol David Cobeño, além de poder apresentar propostas por jogadores, negociará os contratos com esses novos jogadores e dará a palavra final para a transferência. Já nas saídas, Roberto Trashorras poderá indicar jogadores dispensáveis e o diretor será o responsável por negociar os valores e pela palavra final.

Quanto ao estilo do treinador, utilizei a qualificação e experiência equivalentes à equipe. Na hora de escolher os atributos, dei destaque para aquilo que considero realista com o treinador escolhido.

dzji0kh.png

  • Objetivos a curto prazo (atualizados a cada três temporadas):
  1. Alcançar a promoção para a La Liga;
  2. Estar entre os 20 clubes mais ricos da Espanha, o que demanda dobrar o valor atual (€ 7 M);
  3. Terminar todas as temporadas com o saldo global positivo;
  4. Ter cinco pratas da casa no elenco principal (atualmente dois).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

769635487_Banner(LosBukaneros).thumb.png.78d87602134746bf1606b9818a17bb50.png

  • Temporada 2017/18:

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png La Liga 123: Vice-campeão;

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png Copa del Rey: Eliminados na semifinal pelo Athletic Bilbao.

ANÁLISE DO ELENCO (01/01) 

A LUZ É PARA POUCOS (08/01)

QUAL O REMÉDIO PARA A EMPATITE? (16/01)

HORA DE SEPARAR OS MENINOS DOS HOMENS (23/01)

EMPATITE IS BACK (30/01)

  • Temporada 2018/19:

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png La Liga: 6º colocado;

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png Copa del Rey: Eliminados na 5ª eliminatória pelo Real Madrid.

PECHINCHARIA (07/02)

NÃO ME ACORDE! (14/02)

BLOCO DA EUROPA LEAGUE (27/02)

DEIXA OS GAROTOS BRINCAR (12/03)

  • Temporada 2019/20:

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png La Liga: Em andamento;

Spain.png.608a235bc7c6e1426463adcf34e7fb50.png Copa del Rey: Em andamento;

1278843379_EuropaLeague.png.95186969282b81beff920ed73399ff23.png Europa League: Em andamento.

ENGORDANDO O PLANTEL (21/03)

O QUE ACONTECEU? (02/04)

O MUNDO É UM MOINHO (18/04)

  • Histórias:

UNIDOS POR UMA "FRANJA" (03/02)

A VOZ DE VALLECAS (20/03)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Boa sorte, é um clube interessante.

Só por curiosidade, normalmente quantas versões automáticas do save que você permite que o FM gere para você?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Johann Duwe

Boa Sorte, irei acompanhar. Gosto bastante o Rayo, tem as mesmas ideologias do St. Pauli e muitas outras equipes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

Save interessante em um país praticamente dominado por pelo menos três potências do futebol mundial. Acho os dados e imagens históricas realmente fantásticas. Vou acompanhar, boa sorte! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Boa sorte, entrar na luta com os dois grandes de Madrid (Real e Atlético) vai ser interessante de seguir. Excelente apresentação do save, parabéns!

Share this post


Link to post
Share on other sites
arecibo8

Juro que estava em dúvida entre pegar ele, o Livorno ou o St. Pauli. Que bom que alguém escolheu outro. 

O interessante da liga espanhola que da para ver claramente a diferença entre os clubes ao ver o gasto com salários. Vai ter 2 que brigam pelo título, o Atlético (com metade do gasto salarial) logo atrás, dai vem uns 4-6 clubes para brigar pela última vaga na champions e pela liga Europa, o restante briga para não cair. Chega a ser bizarra a diferença de grana, mas boa sorte. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
PedroJr14

O Rayo é um clube muito interessante, tanto pelo seu potencial, quanto pelo seu engajamento em movimentos de minoria. Vai ser uma história boa de se acompanhar. Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
16 horas atrás, Henrique M. disse:

Boa sorte, é um clube interessante.

Só por curiosidade, normalmente quantas versões automáticas do save que você permite que o FM gere para você?

Valeu, Henrique.

Apenas uma.

5 horas atrás, Johann Duwe disse:

Boa Sorte, irei acompanhar. Gosto bastante o Rayo, tem as mesmas ideologias do St. Pauli e muitas outras equipes.

Valeu, Johann.

O St. Pauli foi uma das opções analisadas, mas lembrei logo de você e seus tradicionais saves com ele, rs. Queria assumir um clube que ninguém ou quase ninguém havia escolhido aqui. Logo, acabou sobrando pro Rayo.

4 horas atrás, Vannces disse:

Save interessante em um país praticamente dominado por pelo menos três potências do futebol mundial. Acho os dados e imagens históricas realmente fantásticas. Vou acompanhar, boa sorte! 

Valeu, Vannces.

Acredito que irá gostar bastante da pegada histórica deste save pela sua formação.

4 horas atrás, Master Darthz disse:

Boa sorte, entrar na luta com os dois grandes de Madrid (Real e Atlético) vai ser interessante de seguir. Excelente apresentação do save, parabéns!

Valeu, Darthz.

Não será fácil, obviamente. Eles possuem um poderio econômico absurdo e pouco visto em outros países. Não é a toa que falam bastante em "espanholização" quando se fala das cotas de televisão no Brasil, por exemplo.

3 horas atrás, arecibo8 disse:

Juro que estava em dúvida entre pegar ele, o Livorno ou o St. Pauli. Que bom que alguém escolheu outro. 

O interessante da liga espanhola que da para ver claramente a diferença entre os clubes ao ver o gasto com salários. Vai ter 2 que brigam pelo título, o Atlético (com metade do gasto salarial) logo atrás, dai vem uns 4-6 clubes para brigar pela última vaga na champions e pela liga Europa, o restante briga para não cair. Chega a ser bizarra a diferença de grana, mas boa sorte. 

Valeu, arecibo.

Os dois entraram nas minhas opções por estar na mesma categoria do Rayo, mas ambos possuem saves recentes na área, sendo que eu planejava assumir um clube com poucos saves por aqui.

Exatamente. No FM, falam bastante da liga italiana pela dominação da Juventus no país, mas isso acontece na Espanha com mais dois clubes, além de ser extremamente estratificada ao longo da La Liga. O pior da La Liga (Girona), por exemplo, tem o dobro de valor do que o Rayo.

3 horas atrás, PedroJr14 disse:

O Rayo é um clube muito interessante, tanto pelo seu potencial, quanto pelo seu engajamento em movimentos de minoria. Vai ser uma história boa de se acompanhar. Boa sorte!

Valeu, Pedro.

A questão do engajamento social foi o principal motivo pela escolha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
7 minutos atrás, Perissé disse:

Apenas uma.

Mas você é muito djovem, hein? O FM permite criar até 10 saves automaticamente para não ter que se preocupar com esse tipo de coisa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
baltazar

Uma pena o fim do save anterior, espero que nesse não passe por isso novamente.

Boa sorte, acompanhando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
Em 30/12/2018 at 19:37, baltazar disse:

Uma pena o fim do save anterior, espero que nesse não passe por isso novamente.

Boa sorte, acompanhando.

Valeu, Balta.

Com certeza será algo que tomarei bastante atenção, como avisei no primeiro post.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Gostei da escolha do clube para o save, me lembro do save do @Jirimias, a Tríade de Madrid. Um clube bastante simpático e ligado à comunidade local. Sempre que leio algo sobre o Rayo, só aumenta meu respeito pelo clube. Espero que consiga implementar o que pensou com relação ao funcionamento do tópico e que consiga levar com sucesso a proposta do save.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Boa sorte no Rayo 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Boa sorte 🙂

 

Agora, por que apenas uma versão do save no salvar automático? É tão útil usar o salvamento em mais arquivos, já me salvou de crash dumps. Ainda mais tu que teve problemas nos últimos saves, eu usaria salvamento em cinco arquivos e salvaria na nuvem também.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bigode.

Que ótimo já estar de volta com uma história. Gostei da escolha do clube e de como será estruturado. Boa sorte!

Mas uma dúvida: fiquei um pouco confuso ali com a história do estádio. O clube se mudou na década de 50 para um estádio que só foi construído na década de 70? Nesse meio tempo, utilizou o tal campo antigo que tu cita ali? E tu disse que até 1972, a maioria dos jogos foi no terreno antigo, então ficou meio confuso pra mim...

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
11 horas atrás, ggpofm disse:

Gostei da escolha do clube para o save, me lembro do save do @Jirimias, a Tríade de Madrid. Um clube bastante simpático e ligado à comunidade local. Sempre que leio algo sobre o Rayo, só aumenta meu respeito pelo clube. Espero que consiga implementar o que pensou com relação ao funcionamento do tópico e que consiga levar com sucesso a proposta do save.

O Rayo é fantástico, cara. É um dos clubes que eu mais tenho respeito a cada artigo que eu leio sobre. 

Depois dos finais infelizes do save com o Cruyff e com a Portuguesa, acredito que serviram de castigo pra dar maior atenção à essa parte do FM. Tenho confiança que vou cumprir os objetivos com esse save.

9 horas atrás, LC disse:

Boa sorte no Rayo 

Valeu, LC.

7 horas atrás, Danut disse:

Boa sorte 🙂

 

Agora, por que apenas uma versão do save no salvar automático? É tão útil usar o salvamento em mais arquivos, já me salvou de crash dumps. Ainda mais tu que teve problemas nos últimos saves, eu usaria salvamento em cinco arquivos e salvaria na nuvem também.

Valeu, Danut.

Pior que não há um porquê, eu nem olhava essa parte do FM e ficava fazendo backups na nuvem, rs. Depois do toque do Henrique, já alterei as configurações pra mais versões do save.

4 horas atrás, Bigode. disse:

Que ótimo já estar de volta com uma história. Gostei da escolha do clube e de como será estruturado. Boa sorte!

Mas uma dúvida: fiquei um pouco confuso ali com a história do estádio. O clube se mudou na década de 50 para um estádio que só foi construído na década de 70? Nesse meio tempo, utilizou o tal campo antigo que tu cita ali? E tu disse que até 1972, a maioria dos jogos foi no terreno antigo, então ficou meio confuso pra mim...

Valeu, Bigode.

Nossa, brigadão pelo toque. Já consertei lá, mas o certo é: ele jogou no Rodival até 1972, quando foi para o atual estádio, que havia sido reconstruído com outro nome, já que antes era do Racing de Madrid.

Mas acredite: é um pouco confuso mesmo. Eu tô passando quase que uma interpretação que eu tive a partir das fontes que eu pesquisei.

1 hora atrás, marciof89 disse:

Boa sorte!

Valeu, Marcio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

1029151986_Banner(LosBukaneros).thumb.png.c7f3e08987371a0d2b20bb5fe2757f58.png1206773775_Barra(AnlisedoElenco).png.2d8b87e325afcbd95d1a48b69306604b.png

  • Elenco:

O elenco profissional do Rayo Vallecano se encontra com 22 jogadores, o que é uma quantidade bastante próxima do que eu monto nas minhas equipes. É provável que eu aumente para 23 ou 24 jogadores apenas.

E9wOSgT.png

Na defesa, o destaque vai para a dupla de zaga: o poste senegalês Abdoulaye Ba e o uruguaio Emiliano Velázquez, emprestado pelo Atlético de Madrid. O contratempo do setor é a lateral-esquerda, que conta apenas com Chechu Dorado, que pode quebrar um galho como lateral-zagueiro. Além dela, a meta e a lateral-direita também devem ser reforçadas.

Já na parte dos dispensáveis, o zagueiro Ernesto Galán será negociado pela baixa estatura e rapidez, além da idade.

6WIOZKL.png

O meio, sem dúvidas, é o setor que mais me agrada. Há a presença de volantes técnicos, velozes e defensivos e a presença de uma diversidade de meias, sendo dois pratas da casa (Fran Beltrán e Santi Comesaña). O destaque do setor vai para o craque argentino Oscar Trejo, mas que não jogará como meia, e para a promessa espanhola Unai López, emprestado pelo Athletic Bilbao.

Já na parte dos dispensáveis, o meia Chori Domínguez será negociado pela idade.

TVQp8un.png

O ataque, assim como o meio, também é bastante interessante. O destaque vai para o polivalente Raúl De Tomás, que pode atuar por qualquer posição de ataque e está emprestado pelo Real Madrid, e para o espanhol Adrián Embarba, que será bastante importante com o seu movimento preferido. Além deles, o poste angolano Manucho é interessante por ser o contraponto de De Tomás, sendo útil para contextos que demandem presença de área.

Já na parte dos dispensáveis, o extremo Emiliano Armenteros, que, apesar de possuir uma técnica proveitosa, só atua no lado esquerdo, sem poder cortar para dentro e armar o jogo, e o ponta-de-lança Javi Guerra, que já possui um notável declínio físico, serão negociados.

  • Expectativas:

Na La Liga 123, que está marcada para começar no dia 20 de agosto, escolhi aumentar as expectativas para "alcançar a promoção", visando aumentar os orçamentos para as transferências. Talvez seja um risco, mas a previsão da imprensa concorda com as minhas expectativas, o que me dá maior segurança para isso.

Já na Copa del Rey, optei pela opção mais segura (alcançar a fase 16 avos de final) por não aumentar tanto o orçamento de uma opção para a outra, talvez por não ser o foco do clube na temporada. Além disso, a fase 16 avos de final é a fase em que os clubes da La Liga entram na competição.

VvBN3Yw.png

  • La Liga 123:

Após duas semanas de pré-temporada em Barcelona com uma vitória sobre o Getafe e outras duas sobre adversários de divisões inferiores, chegou a hora de Roberto Trashorras estrear pelo Rayo Vallecano na La Liga 123. Abaixo estão listadas e brevemente analisadas as 21 equipes adversárias na competição. Também é recomendado que olhem a previsão da imprensa para as próximas atualizações.

Citar

6t1Frso.png ALBACETE: Os blancos estarão sob o comando de Enrique Martín Monreal, que deverá assumir uma mentalidade mais direta no 4-2-3-1.

eblqiat.png AD ALCORCÓN: Os alfareros estarão sob o comando de Julio Velázquez, que treinou o Villarreal com 31 anos e o Real Bétis com 33 anos. Apesar das baixas expectativas, a equipe deverá ter uma mentalidade mais ofensiva no 4-2-3-1.

Q7BvbMf.png ALMERÍA: Os indálicos  estarão sob o comando de Lucas Alcaraz, que deverá assumir uma mentalidade bastante direta no 5-3-2.

HnelIOX.png FC BARCELONA B: A equipe B do tradicional clube catalão estará sob o comando de Gerard, que tentará ser fiel ao barcelonismo no 4-1-2-3.

eRGnjjm.png CÁDIZ CF: O tradicional submarino amarillo estará sob o comando de Álvaro Cervera, que deverá assumir uma mentalidade direta no 4-2-3-1.

kZUey6t.png CÓRDOBA: Os blanquiverdes estarão sob o comando do jovem de 32 anos Jorge Romero, que estreará como técnico. A equipe deverá assumir uma mentalidade bastante cautelosa no 4-2-3-1.

G6JwCTh.png CULTURAL Y DESPORTIVA LEONESA: La Cultu manteve o jovem de 32 anos Rubén de la Barrera após o título da Segunda División B na temporada passada. O jovem, apesar das baixas expectativas da equipe, promete uma mentalidade ofensiva no 4-4-1-1.

Yytu3dB.png GIMNÀSTIC DE TARRAGONA: El Nàstic estará sob o comando de Nano, que deverá assumir uma mentalidade bastante direta no 4-1-2-3.

16yiZ6N.png GRANADA: Um dos favoritos, os nazaríes estarão preparados para bombardear a competição com a segunda maior folha salarial da competição e com o técnico José Luis Oltra, que deverá assumir uma mentalidade bastante ofensiva no 4-2-3-1.

0VSgdC2.png LA HOYA LORCA: O clube da região da Murcia apostou em Fabri para o comando da equipe, assumindo uma mentalidade mais direta no 4-2-3-1.

bwJQlhr.png SD HUESCA: O azulgrana terá Rubi no comando da equipe, apostando em uma mentalidade mais ofensiva no 4-1-2-3.

7zKlpPs.png CD LUGO: Os albivermellos estarão sob o comando de Francisco, que deverá assumir uma mentalidade direta no 4-2-3-1.

2PKULnN.png CD NUMANCIA:  Os rojillos estarão sob o comando de Jagoba Arrasate, que já comandou o Real Sociedad. A equipe deverá ter uma mentalidade mais direta no 4-2-3-1.

DCIc2nA.png CA OSASUNA: O clube da terceira maior folha salarial da competição apostou no desconhecido Diego Martínez, que deverá assumir uma mentalidade direta no 4-2-3-1. 

17e2x9m.png REAL OVIEDO: Os carbayones estarão sob o comando de Juan Antonio Anquela, que deverá assumir uma mentalidade direta no 4-2-3-1.

UABzBBI.png REAL SPORTING GIJÓN: O clube de maior folha salarial da competição terá Rubén Baraja, ex-técnico do Rayo, no comando da equipe, assumindo uma mentalidade de maior trocação de passes no 4-2-3-1.

SOYBTj1.png REAL VALLADOLID: Os pucelanos estarão sob o comando de Luis César, que deverá assumir uma mentalidade direta no 4-2-3-1.

fHCFAZu.png REAL ZARAGOZA: Os blanquillos estarão sob o comando de Natxo González, que deverá assumir uma mentalidade bastante equilibrada no 4-4-2.

D1FC4ft.png REUS: O clube inspirado no craque alemão Marco Reus estará sob o comando de Aritz López Garai, que estreia no cargo. A equipe deverá assumir uma mentalidade cautelosa, porém de maior trocação de passes, no 4-1-2-3.

rlTaYtu.png SEVILLA ATLÉTICO: A equipe B do tradicional clube da Andaluzia estará sob o comando de Luis Tevenet, que deverá assumir uma mentalidade de maior trocação de passes no 4-2-3-1.

K5ipM4C.png CD TENERIFE: O chicharrero, que possui a quinta maior folha salarial da competição, estará sob o comando de Joseba Etxeberria, que deverá assumir uma mentalidade mais direta no 4-1-2-3.

Algo que é interessante notar é a quantidade de equipes escaladas no 4-2-3-1 (13 de 21). 

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Suas análises sobre os times da divisão são uma atração a parte, assim como eram no save da Lusinha carioca, parabéns.

Gostei do seu elenco, mas achei ele bem velho. Para uma primeira temporada, quebra o galho, mas você vai provavelmente ter que repor essas peças mt em breve, né?

Vamos ver como a equipe se porta na divisão. Pela maioria dos times usarem o mesmo esquema, acho que vai ser mais "fácil", só estudar eles que vai ser fácil os neutralizar.

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Confesso que não sou muito fã de ativar os orçamentos para transferência na primeira temporada. Acho que traz uma facilidade muito grande para o treinador humano, que já de cara pode modificar um time que em tese estava pronto já. Mas enfim, cada um joga como quer.

O certo é que se já havia a previsão de que tua equipe iria brigar pela subida, agora considero que é obrigação. Estarei aqui com a corneta se não entregar 😛

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

Quando você falou sobre as expectativas eu lembrei de como isso é realmente um risco. Às vezes é muito necessário para que possa conseguir com a diretoria um grana maior para ir ao mercado e conseguir as peças necessárias para a boa campanha, mas se o resultado não vier, a pressão contra o treinador é absurda. De qualquer forma, vejo que não está tentando colocar o chapéu onde não alcança. Concordo com o Marcio sobre sua avaliação sobre os adversários e da forma como fez, levou um tempinho fazendo umas pesquisas, o que no final trás um resultado muito bom para a gente que acompanha. Boa sorte na temporada! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
El Ligero

Gosto muito do Rato e de saves na Espanha que desafiam a hegemonia de sempre. Sobre a preparação, sou adepto do meio termo: nem tudo, nem nada, uma expectativa condizente com o produto que tens costuma ser o melhor caminho. No mais tá tudo pela ordem, tem elenco pra brigar pelo acesso e creio que não terá má surpresa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé
14 horas atrás, marciof89 disse:

Suas análises sobre os times da divisão são uma atração a parte, assim como eram no save da Lusinha carioca, parabéns.

Gostei do seu elenco, mas achei ele bem velho. Para uma primeira temporada, quebra o galho, mas você vai provavelmente ter que repor essas peças mt em breve, né?

Vamos ver como a equipe se porta na divisão. Pela maioria dos times usarem o mesmo esquema, acho que vai ser mais "fácil", só estudar eles que vai ser fácil os neutralizar.

Boa sorte!

Valeu pelo feedback, Marcio!

A média de idade é alta (28) mesmo, acima da média da divisão (26). Mas, com o tempo, vai notar que as peças mais velhas são reservas. Então, não teremos tanta dificuldade em repor nas duas próximas temporadas.

13 horas atrás, Danut disse:

Confesso que não sou muito fã de ativar os orçamentos para transferência na primeira temporada. Acho que traz uma facilidade muito grande para o treinador humano, que já de cara pode modificar um time que em tese estava pronto já. Mas enfim, cada um joga como quer.

O certo é que se já havia a previsão de que tua equipe iria brigar pela subida, agora considero que é obrigação. Estarei aqui com a corneta se não entregar 😛

Algumas peças que estavam no começo desta temporada na realidade, não estão no clube. Então, não havia um time pronto, na minha opinião.

A corneta não conseguiu tocar no save da Portuguesa, rs. Veremos se nesse aqui ela vai ter vez.

7 horas atrás, Vannces disse:

Quando você falou sobre as expectativas eu lembrei de como isso é realmente um risco. Às vezes é muito necessário para que possa conseguir com a diretoria um grana maior para ir ao mercado e conseguir as peças necessárias para a boa campanha, mas se o resultado não vier, a pressão contra o treinador é absurda. De qualquer forma, vejo que não está tentando colocar o chapéu onde não alcança. Concordo com o Marcio sobre sua avaliação sobre os adversários e da forma como fez, levou um tempinho fazendo umas pesquisas, o que no final trás um resultado muito bom para a gente que acompanha. Boa sorte na temporada! 

Eu estou ciente desse risco e dessa pressão em caso de não atender às expectativas, mas considerei que a equipe se reforçou na janela e acho que conseguirá, no mínimo, uma vaga no play-off de promoção. O foco é conseguir a promoção automática para não precisar jogar o emocionante play-off.

Valeu pelo feedback, Vannces! É excelente saber que essas pesquisas melhoram o acompanhamento dos leitores.

6 horas atrás, El Ligero disse:

Gosto muito do Rato e de saves na Espanha que desafiam a hegemonia de sempre. Sobre a preparação, sou adepto do meio termo: nem tudo, nem nada, uma expectativa condizente com o produto que tens costuma ser o melhor caminho. No mais tá tudo pela ordem, tem elenco pra brigar pelo acesso e creio que não terá má surpresa.

Entendo o risco, mas considerei que a equipe tem plenas condições de alcançar a promoção até de forma automática, ou seja, sem precisar participar do play-off de promoção. Sem contar que o orçamento foi dobrado, ou seja, condiz com esta expectativa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Yuki

Save interessante, irei acompanhar, boa sorte! 

Edited by Yuki

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • Jirimias
      By Jirimias
      Fala aí, povo!   Depois de muito tempo, eis que decidi retornar ao ofício de jogar e contar saves. Apesar do tempo está ainda mais curto do que antes, a saudade era maior, e depois de ensaiar vários retornos, enfim tomei coragem. A versão do jogo escolhida é o FM 2018, pois comprei e não havia jogado. Como já estamos quase no meio do ano, achei conveniente esperar para comprar o 20, e não o 19. 
      Como vocês podem ver eu escolhi a Hungria tema deste save, e isso deve-se muito à admiração adquirida por ter conhecido um pouco do futebol mágico do país na década de 50. Soma-se a isso o imenso desafio que é jogar e desenvolver um trabalho num país que hoje vive uma realidade no futebol muito diferente daquela do passado. Estes dois fatores foram fundamentais para minha escolha.   Peço apenas a compreensão se não houver postagens regulares, mas farei o possível para tentar duas por semana, exceto por este início que há capítulos introdutórios que já estão prontos.   
      Conhecer o passado nos ajuda a compreender suas consequências no presente, seja ele este atual que estamos vivendo agora, ou aquele que virá a ser presente, a qual chamamos de futuro. Só que na maioria das vezes mexer no passado é abrir feridas , e é isso que veremos em  "O sonho proibido" . Se esta aventura de voltar ao passado sem máquina do tempo pode ser perigoso, por outro lado, também é somente através desta visita ao passado que tanto o personagem  como o próprio futebol húngaro encontrarão respostas que poderão mudar suas histórias.
      A trama passa pelo encontro entre dois personagens que viveram em épocas diferentes, mas que tem em comum um sonho: trazer de volta a glória do futebol húngaro. Átila é um jovem recém-formado em Educação Física que tem como sonho treinar um time de futebol profissional. A inspiração para sua carreira é um ex-treinador que não teve uma carreira brilhante, mas que tinha a mesma determinação em fazer de sua carreira um combate pelo resgate da grandeza do futebol da Hungria. Tal dedicação  pela Causa Húngara, como ele mesmo denominou sua busca, fez o velho treinador ser tido como lunático. Sem familiares e esquecido, o velho treinador interna-se voluntariamente num asilo onde inicia a carreira de escritor.  Quando estas duas gerações se encontrarem, nem a vida dos dois, e nem o futebol húngaro serão mais os mesmos.  
      O "Sonho proibido" tem como objetivo principal levar a Hungria ao centro das atenções do futebol mundial, e para isso, a pretensão não é fazer o save de uma única liga, mas  de uma nação. Desta forma, terei a liberdade de mudar de liga, treinar mais de um clube da Hungria, treinar seleções, trabalhar com a revelação de talentos húngaros, enfim, buscar em todos horizontes resgatar as glórias do passado do futebol do país. Em síntese, são estes os objetivos:
      Ser campeão treinando um time brasileiro, remontando a ligação do passado entre húngaros e brasileiros no futebol; Revelar um novo Puskás; Levar a Seleção Húngara à disputa de uma Copa do Mundo, que desde 1986 não acontece; Vencer uma competição europeia com um clube húngaro; Ser o melhor treinador húngaro no quadro de Honra; Colocar a Primeira Divisão Húngara entre as dez primeiras do mundo:

      (atualmente atrás das ligas de Catar, segunda divisão da Turquia, segunda divisão da Áustria, Moldávia, Egito, entre outras)        
       
    • Herr Jones
      By Herr Jones
      Luz, câmera e... Futebol: l'histoire de Damien Devereaux
      CONSIDÉRATIONS INITIALES – entendendo o propósito da história:
      PROFIL DU ENTRTEINEUR – contextualizando o protagonista:
      O personagem escolhido para protagonizar toda a história é um jovem chamado Damien Devereaux. Nascido na cidade de Cannes, em 31 de maio de 1992, mudou-se ainda moço, aos 16 anos, para Paris onde graduou-se em Ciências Sociais pela Sorbonne, buscando enfatizar o aspecto de gestão esportiva. Amante de futebol, simpatizava bastante com as equipes de futebol que eram capazes de revelar grandes nomes para o cenário futebolístico internacional. Cresceu assistindo, e ouvindo de seu pai, sobre uma prática fulminante do futebol francês: o Jeu à la Nantaise, protagonizado pela equipe de Nantes e inspirado no jeito irreverente de se jogar futebol que faz brilhar os olhos de qualquer brasileiro quando assistia à seleção canarinho protagonizar maravilhas com a bola nos pés. Através de seu pai, o jovem Devereaux criou um carinho especial pelo Nantes; porém, por si, passou a acompanhar o Cannes: time de sua cidade e que, na época, estava em franco crescimento chegando a revelar grandes nomes para o futebol, incluindo um dos mais geniais meio-campistas que o jovem teve a oportunidade de acompanhar: Zinédine Zidane.

      Ao longo de sua graduação, Devereaux participou de algumas competições amadoras de futebol atuando pelo Corbeil-Essonnes, das divisões de honra francesas. Ele atuava como meio-campista avançado, mas não considerava a hipótese de se tornar um jogador profissional; preferiu enfatizar sua formação e, assim, dedicou-se bastante aos estudos. Tão logo recebeu seu diploma de graduação, decidiu abandonar o futebol amador para buscar uma vaga no mercado de trabalho. Conseguiu, ainda em 2014, quando se formou, uma vaga como professor em um Liceu particular dando aulas de Sociologia e Filosofia. Sem desistir de seu sonho para atuar no futebol, Devereaux seguiu sua formação adentrando ao mestrado em gestão esportiva e buscou, junto à Fédération Française de Football, a obtenção de sua Licença Nacional C para poder atuar como treinador. Tanto sua licença quanto seu título de mestre só chegaram em 2017.
      Neste meio-tempo, enquanto aguardava sua licença, Devereaux se disponibilizava nas horas vagas para realizar consultorias aos clubes de futebol franceses, principalmente para os clubes semi-profissionais próximos a Paris, mas também prestou seus serviços a alguns clubes mais conhecidos que hoje se estagnaram como, por exemplo, o Racing Club de Lens e Association de Jeunesse Auxerroise.
    • thyagocda
      By thyagocda
      SUMÁRIO

      Apresentação
      Sou mais um daqueles apaixonados por FM, mas por conta dos compromissos pessoais, o tempo gasto com o jogo deve ser bem equilibrado. Ano passado criei uma história aqui na PM com o Porto mas acabei interrompendo depois que descobri que eu seria pai, a gravidez passou, meu filho (Thayler) já nasceu com saúde graças a Deus. E agora que as coisas acalmaram vinha planejando o retorno a área.
       
      Estilo de Postagem
      Tentarei seguir um padrão de postagens bimestrais sobre os acontecimentos no jogo. Mas pretendo utilizar as probabilidades de apostas do jogo para gerar interatividade com os leitores entre as postagens. Pelo menos a introdução do save contará com uma "pequena ficção" e ao longo do save tentarei dar prosseguimento.
       
       

      O Desafio Real #1 | A Dany - MAI/17
      Valência - ESP

      Clique aqui para a próxima postagem
    • Bigode.
      By Bigode.
      Olá, pessoal! É chegada a hora de voltar a contar histórias por aqui. Ou melhor: a frequentar a área. Já tenho ensaiado a volta nas últimas semanas (ainda timidamente), mas agora é o momento. Depois de uma saga de muito sucesso, acredito eu, com a Pro Vercelli e o fracasso na tentativa com o Nottm Forest, espero acertar mais uma vez.
      O clube escolhido, levando em conta os acontecimentos do último mês, não poderia ser outro: Sporting Clube Farense. Como alguns sabem, me mudei no ano passado para Portugal e estou residindo em Faro, cidade bem ao sul do país. De fato: hoje completo 5 meses aqui. A data, simbólica, é a ideal para se iniciar a nova trajetória.
      Minha vinda para cá teve como objetivos terminar a faculdade e iniciar minha carreira (ou continuar, sendo que já atuei na área no Brasil) e, pensando em uma ideia de save, o estalo veio: por que não iniciar no FM uma, digamos, "preparação" para o que pode ser minha vida/carreira real?
      Chega de papo, né? Deixo algumas informações iniciais sobre o save e é isso. No mais: um agradecimento gigante e mais do que especial ao @Tsuru, que providenciou esse excelente e maravilhoso banner pra saga.
      Quanto aos OBJETIVOS, decidi não estabelecer nada de início. A ideia é levar o clube da 3ª divisão até a elite portuguesa e elevar o clube a um patamar de altíssimo nível, como consegui fazer com a Pro Vercelli. As boas campanhas (e títulos) são consequência. Obviamente, é claro, quero conquistar tudo o que for possível e desbancar os três grandes. Mas veremos como as coisas correm quanto a isso futuramente. Outro ponto que pode ser considerado é sempre buscar se superiorizar em relação aos grandes rivais.
      | DADOS DO JOGO | 
      Base de Dados: original
      Versão 18.2.2
      - Países Selecionados:
      Europa: Portugal (Campeonato Nacional Prio e superiores), Alemanha (Bundesliga apenas), Espanha (La Liga Santander apenas), França (Ligue 1 apenas), Inglaterra (Sky Bet Championship e superiores) e Itália (Serie B Eurobet e superiores)
      América do Sul: Brasil (Campeonato Brasileiro Série A apenas) - ver apenas
      Tamanho da Base de Dados: Grande
      + Jogadores de clubes do escalão máximo (América do Sul)
      + Jogadores de clubes do escalão máximo (África)
      + Jogadores no país + Jogadores da nacionalidade (Portugal)
      [x] Não Adicionar Equipe Técnica Chave
      [x] Impedir uso do Editor de Jogo
      *** Como pretendo emular um pouco da vida real, decidi não marcar (ao contrário do que faço normalmente) e caixa "Desativar Disfarce de Atributos de Jogadores", deixando o jogo mais real. Isso não significa que contratarei, por exemplo, somente jogadores observados pelos olheiros ou algo do tipo. Terei total liberdade no mercado. Só um pouco mais de dificuldade. ***
      Data de Início do Jogo: Portugal - Fase Inicial de Pré-Época 2017/18 (3/7/2017)
      ---
      É isso aí. Sejam bem-vindos a minha nova saga.
    • arecibo8
      By arecibo8
      O nome da Saga vem de uma teoria do Gramsci da hegemonia cultural. Gramsci é o fundador do Partido Comunista italiano, que foi fundado na região da cidade. O partido hoje está extinto.
      Estava vendo 'Club de cuervos', e lá se fala de um clube, que é a paixão da cidade e que o clube acabou por colocar a cidade no mapa (Não falarei mais sobre a série). Eu escolhi o clube por ser o maior da cidade e por levar o nome da cidade e que com o tempo, creio que podemos ajudar as demais equipes a crescer. Temos outros dois clubes na cidade, mas não disputam as competições nacionais, por isso não vou pensar em como fazer isso agora (até por que o próprio clube está em situação complicada).
      Pela situação ser complicada, não farei ainda planos para um futuro muito distante, mas desejo utilizar a base, que sempre revelou bons jogadores para a seleção italiana.
      O save é do clube, não de uma carreira.
      1° ano 
      - Conhecer a equipe
          Creio que este sempre seja o primeiro passo, no Palmeiras eu conhecia todo o elenco, aqui poucas figuras.
      - Rejuvenescer a equipe
      Temos uma média de idade de 26 anos, algo que considero ok, mas os principais jogadores, sobretudo do meio campo, tem mais de 33 anos. Com isto em vista, esta temporada pode ser a última deles em alto nível (talvez a última da carreira), por isso já colocarei olheiros para observar jogadores desta área de campo sem contrato para a próxima temporada
      -Criar uma filosofia de trabalho
          Além de trabalhar com jovens, quero fazer da posse de bola uma marca registrada da equipe. Ainda não coloquei isto como uma das filosofias para a diretoria, por não saber se será possível fazer isso com os jogadores atuais, e não temos condições financeiras para contratações.
      2° ano
      -Reformular a base
          Temos muitos jogadores sem futuro, e que só consomem os recursos já escassos do clube, prefiro me focar em poucos, mesmo que custe em desempenho nas competições de base. Mas creio que a médio prazo isso será revertido.
      -Comissão técnica renovada
          O que não mudar no primeiro ano (pouquíssima coisa, talvez nada), mudará aqui. Quero que o clube tenha o que pode ter melhor em profissional, na equipe profissional, sub-20 e sub-18.
      -equipe competitiva
          Com a base formada no outro ano, desejo ter uma equipe que brigue para subir, não necessita subir, mas estar na briga vai ser o objetivo.
      -Olheiros
          Com o meio campo não sendo mais urgente, eles procuraram por jogadores jovens para as categorias de base do clube. Mesmo sabendo que isso não é tão efetivo como no Brasil (que um jogador de base tem uma clausula próxima de 1M e o clube acaba por não ter como segurar, creio ser mais viável que comprar jogador pronto), creio que colheremos frutos a médio prazo. Colocarei eles em países periféricos da europa (como Sérvia, Suíça, Suécia, Dinamarca, Polônia), pois devo ter menos concorrência.
      Como tudo pode mudar nesse meio tempo, me reservo a planejar só estes 2 anos
      Principais jogadores
      Mais famoso: Alessandro Diamanti - jogador com passagens em diversas grandes equipes pela europa e pela seleção, veio do Palermo sem custo. Meio que veio para se aposentar.
      Jogador mais antigo do clube: Luca Mazzoni - Desde 2001 clube, vai ficar até se aposentar e depois espero que assuma alguma função no clube.
      Capitão: Andrea Luci - no clube desde 2010, um dos nomes que estão na história do clube.
      Futura estrela: Gabriel Santini - Zagueiro, 17 anos, tem muito a ser lapidado ainda, mas tem tudo para ser um zagueiro bem técnico, mas tem que melhorar o físico para não virar um Rodrigo Caio.
      Primeiros atos
      Mesmo sendo um bom jogador, o salário era muito alto para a equipe, por isso o Niccolò Giannetti teve seu empréstimo rescindido, mesmo que isso impossibilite jogar com dois atacantes.
      Como pretendo jogar com 3 zagueiros e o clube só possui 3 com condições, pretendo contratar para agora outros para ter reservas.
      No resto estamos bem servidos, pelo menos em quantidade.
       
      Estrutura 

       
      Finanças

      Comissão técnica

×