Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

A Veterana - Um periquito totalmente britânico [11/07]

Recommended Posts

Henrique M.

eossvsD.png&key=03d301ef4e2a84c2dbabc359

A marca da cal que machuca

Intertemporada e Série D

Com a participação na semi-final do Mineiro, fizemos uma intertemporada mais curta. E com exceção do jogo contra o Audax, preferimos ficar pelo nosso estado mesmo. Fizemos bons jogos e acredito que pude rodar bem quem não jogou no Mineiro e deixar todo mundo em ponto de bala para a Série D. Na estreia, recebemos a Desportiva em casa e em um jogo estéril, os gols vieram porque as equipes realmente aproveitaram a única chance real de gol que criaram. Pela qualidade do futebol demonstrado e pelo comportamento da equipe, o resultado foi justo. Na partida seguinte, começamos bem contra o Operário, mas eles viraram o jogo. Com isso, passamos a maior parte da segunda etapa buscando o empate e depois a virada. O gol de empate só veio no quarto final da partida e a virada nos dez minutos finais. O Operário basicamente só fez o gol e se defendeu, porque buscamos realmente nos impor para obter essa vitória.

Na sequência, um jogo maluco contra o Tupynambás em casa que teve muito da partida anterior. Abrimos 2 x 0, o Tupynambás buscou antes do fim do intervalo, marcamos o terceiro no começo da segunda etapa, eles empataram logo a seguir. Conseguiram a virada dez minutos depois e fomos para cima para arrancar mais um empate e outra virada em sequência. Na marca dos 80 minutos, Patrick marcou o último gol do jogo e empatamos o segundo jogo em casa. Para o segundo jogo contra o time de Juiz de Fora, o cenário foi menos frenético e conquistamos a primeira vitória com tranquilidade e morosidade da competição. Na rodada seguinte, nos despedimos do Ronaldão com uma goleada vexaminosa contra o Operário. Fomos feitos de gato e sapato por eles e nem reagimos.

Por fim, chegamos na última rodada com todas as equipes podendo classificar. Nós e a Desportiva faríamos um confronto direto pela liderança, ambos tinham oito pontos. O Tupynambás com cinco, precisava vencer o Operário com seis e superar o saldo de gol para avançar. Uma vitória bastava para o Operário, se o saldo de gols fosse suficiente ou se nossa partida não terminasse empatada. Como a decisão pedia, tratamos o jogo com seriedade e nos impomos, provando que nosso melhor futebol foi praticado fora de casa. Foram três vitórias fora de casa, nove dos nossos 11 pontos. Terminamos na liderança e graças a um empate na outra partida, a Tiva seguiu conosco para a próxima fase. O grupo, em geral, foi meio que nivelado por baixo.

Campeonato-Brasileiro---Serie-D_-Vista-G

Pela Primeira Eliminatória, enfrentaríamos o Ipatinga, deixando apenas um mineiro vivo na competição. Lá em Ipatinga, fizemos um jogo franco, aberto, com nossa equipe chutando mais, mas acertando o mesmo tanto que eles. A questão é que a pontaria e o dia não era dos avantes, por isso, um parco empate de gols marcou nossa pior atuação fora de casa. A ideia era superar tudo isso em casa e conseguir nossa primeira vitória em casa na Série D. O Ipatinga jogou a responsabilidade para nossa equipe e se trancou. E na busca por sua uma bola, o Ipatinga conseguiu abrir o placar aos 61 minutos. Felizmente, empatamos cinco minutos depois, evitando um pouco de desespero. Contudo, o Ipatinga não abdicou do seu jogo e o empate foi cada vez mais sendo a realidade final da partida. Com isso, pela segunda vez consecutiva, fomos decidir uma vaga na Série D nas penalidades máximas. E assim como da última vez, até pior, a marca da cal nos machucou. Erramos três cobranças seguidas e facilitamos para o Ipatinga seguir adiante. O mal nos derrotou e ainda saiu dali para ser campeão.

AA-Caldense_-Calendario-Senior4ef7360b08
v Desportiva (C) | v Operário (F) | v Tupynambás (C) | v Tupynambás (F) | v Operário (C) | v Desportiva (F) | v Ipatinga (F) | v Ipatinga (C) 

A evolução do elenco em uma temporada

Mais uma temporada que chega ao fim e é hora de avaliar a evolução dos nossos atletas com relação a Série D do ano passado. Carlos André manteve a capacidade e o potencial. Táxi e Carlos André mantiveram a capacidade, mas perderam meia estrela de potencial. Batata perdeu meia estrelas de capacidade, enquanto Thiago manteve-se no mesmo nível. Davy perdeu meia estrela de capacidade e potencial. Gui perdeu meia estrela de potencial, enquanto Jairo e Thales não evoluíram e nem retrocederam. Pepe perdeu meia estrela de potencial, enquanto Emerson ganhou duas estrelas de capacidade. Na meiuca, Rosiley perdeu meia estrela de capacidade, enquanto José e Thiago Heleno ganharam a mesma quantidade. Renato perdeu uma estrela de capacidade. Na ponta-direita, Rômulo e Sousa perderam meia estrela de potencial. Do outro lado, Antônio Carlos perdeu meia estrela de potencial, enquanto Jean Pedro se manteve estável. No centro, Hygor ganhou meia estrela de capacidade e Juninho perdeu meia estrela de potencial. Por fim, no ataque, Patrick manteve o mesmo nível, enquanto Alberinho perdeu uma estrela de potencial.

Notícias, informações e estatísticas da Caldense

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Não sei quanto tempo você planeja obter um resultado satisfatório, no quesito desenvolvimento de jogadores, mas creio ser complicado ver após seis (ou cinco?) temporadas uma tão díspar evolução/aparecimento de bons jogadores.

Isso diz respeito ao fato de ter surgido alguns craques inesperadamente ou eles são jogadores razoáveis e não se tem surgido bons jogadores como esperado?

Qual o impacto da situação financeira sobre os demais aspectos do clube? Não seria o caso de vender um ou outro jogador? O que leva alguém investir em um clube de futebol (ao que parece dá mais prejuízo do que qualquer coisa)?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Felipe Soares

Os garotos estão nervosos quando jogam no Ronaldão? É a pressão da família, dos amigos? 

Mais uma temporada sem o acesso, deve dá um desanimo ?.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Fez uma boa Série D, exceto pelo fato de que dava pra passar pelo Ipatinga. Bom, pelo menos perdeu para o campeão. Mas isso mostra o trabalho sendo feito. Vamos ver como fica na próxima temporada.

A nova fornada você vai trazer no próximo post, né?

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Andreh68

incrível essa incapacidade de fazer bonito em  casa. Apesar da nova desclassificação,  a Caldense ja parece um time de futebol capaz de surpreender, e nao  um  amontoado de jogadores cinza.

Paciência 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 16/05/2019 at 13:46, Neynaocai disse:

Não sei quanto tempo você planeja obter um resultado satisfatório, no quesito desenvolvimento de jogadores, mas creio ser complicado ver após seis (ou cinco?) temporadas uma tão díspar evolução/aparecimento de bons jogadores.

Isso diz respeito ao fato de ter surgido alguns craques inesperadamente ou eles são jogadores razoáveis e não se tem surgido bons jogadores como esperado?

Qual o impacto da situação financeira sobre os demais aspectos do clube? Não seria o caso de vender um ou outro jogador? O que leva alguém investir em um clube de futebol (ao que parece dá mais prejuízo do que qualquer coisa)?

 

A questão é que não havia nada, talvez se houvesse, o nível dos jogadores fosse o mesmo. E não dá para esperar que uma fornada vá me fornecer um elenco inteiro de uma vez só. Essa é a graça desse desafio, eu não posso construir um elenco, tenho que trabalhar com aquilo que o jogo me fornecer.

Eu acredito que tenham se surgido mais jogadores de níveis elevados que o esperado e isso acaba prejudicando a avaliação de outros atletas razoáveis.

A situação financeira é o que é. Não pretendo vender jogadores, a menos que eles queiram sair e eu não tenha como segurar. Como a diretoria injeta dinheiro para evitar situações piores, não é algo de se preocupar. Não sei lhe responder essa pergunta nem sobre a ótica da realidade nem sobre a ótica do FM.

Em 16/05/2019 at 15:17, Felipe Soares disse:

Os garotos estão nervosos quando jogam no Ronaldão? É a pressão da família, dos amigos? 

Mais uma temporada sem o acesso, deve dá um desanimo ?.

Não faço a mínima ideia.

Essa temporada nem tanto, a passada doeu mais.

Em 16/05/2019 at 22:40, marciof89 disse:

Fez uma boa Série D, exceto pelo fato de que dava pra passar pelo Ipatinga. Bom, pelo menos perdeu para o campeão. Mas isso mostra o trabalho sendo feito. Vamos ver como fica na próxima temporada.

A nova fornada você vai trazer no próximo post, né?

Boa sorte!

Dava para passar, mas não passamos e é isso que importa no final das contas. Espero que finalmente possamos subir, já estou a mais tempo do que esperava estar.

Sim, somente no próximo.

6 horas atrás, Andreh68 disse:

incrível essa incapacidade de fazer bonito em  casa. Apesar da nova desclassificação,  a Caldense ja parece um time de futebol capaz de surpreender, e nao  um  amontoado de jogadores cinza.

Paciência 

Já tem algum tempo que não somos mais um amontoado de jogadores cinzas, o grande problema é nivelar a qualidade dentro do próprio 11 inicial, e depois levar isso para o próprio elenco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

Essa formação tática usada não tem a ver com seu gosto pessoal, mas com a necessidade em relação aos jogadores que tem em mãos, né?

Os empates contra os times grandes mostram que a equipe está conseguindo mostrar força e independente de estatísticas, o placar ao final é o que realmente interessa.

Na última atualização, além da boa campanha na Série D, apesar do resultado ruim contra o Ipatinga no final das contas, é sobre o ganho e perda de estrela de jogadores, ou seja, isso tem a ver com a fraca capacidade de avaliação por parte do Staff ou porque o jogador realmente sofreu mudanças ao longo das partidas?

Uma outra pergunta, o Trabalho com jovens não é um atributo necessário para um diretor de futebol da base, principalmente se levar em conta que a filosofica do clube é formar uma equipe forte aproveitando jogadores da base? 

Belíssimo trabalho até o momento. Boa sorte na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Que pena a eliminação. Cair de novo nos pênaltis é brabo.

Boa sorte para a próxima temporada. Gostaria de ver a Caldense avançando mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Mais um ano positivo, pelo menos pode dizer que perdeu para o campeão. Vamos ver o que vem por aí.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 20/05/2019 at 01:30, Vannces disse:

Essa formação tática usada não tem a ver com seu gosto pessoal, mas com a necessidade em relação aos jogadores que tem em mãos, né?

Os empates contra os times grandes mostram que a equipe está conseguindo mostrar força e independente de estatísticas, o placar ao final é o que realmente interessa.

Na última atualização, além da boa campanha na Série D, apesar do resultado ruim contra o Ipatinga no final das contas, é sobre o ganho e perda de estrela de jogadores, ou seja, isso tem a ver com a fraca capacidade de avaliação por parte do Staff ou porque o jogador realmente sofreu mudanças ao longo das partidas?

Uma outra pergunta, o Trabalho com jovens não é um atributo necessário para um diretor de futebol da base, principalmente se levar em conta que a filosofica do clube é formar uma equipe forte aproveitando jogadores da base? 

Belíssimo trabalho até o momento. Boa sorte na sequência.

Eu não tenho gosto pessoal, normalmente monto a tática para extrair o melhor daquilo que tenho em mãos e nesse caso, é essa formação.

Estatísticas são importantes para analisar o todo, mas dentro de um jogo, acaba sendo que o que importa mesmo são os títulos.

Não sei te precisar, o staff que avalia continua o mesmo tem algum tempo. Logo, acredito que seja mais pela evolução das expectativas em torno do clube do que propriamente os jogadores não serem quem achavam que eram. Para uma Caldense que não quer nada na Série D, eles poderiam ser excelentes jogadores, mas para uma Caldense que almeja subir, talvez não sejam.

Sim, é importante, pois faz com que os jovens gostem do Diretor.

Em 24/05/2019 at 02:56, Danut disse:

Que pena a eliminação. Cair de novo nos pênaltis é brabo.

Boa sorte para a próxima temporada. Gostaria de ver a Caldense avançando mais.

Sim, bastante triste.

Já chegamos nas quartas-de-finais na temporada passada, mais que isso, só quando subir.

Em 26/05/2019 at 16:16, Darthz disse:

Mais um ano positivo, pelo menos pode dizer que perdeu para o campeão. Vamos ver o que vem por aí.

Eu acredito que esse ano foi pior que o ano passado, mas dado o que fizemos até agora, talvez seja positivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

eossvsD.png&key=03d301ef4e2a84c2dbabc359

A classe de 2024

Essa seria a primeira fornada com Ancelmo na função de Diretor das categorias de base. Coincidentemente ou não, foi a primeira fornada que não foi descrita como uma geração de ouro. Logo, nenhum grande destaque surgiu na classe de 2024. Sem sombras de dúvidas, a classe de 2024 foi a pior até aqui.

Henrique-Melo_-Inbox396d8c84fddb51cc.png

De qualquer maneira, a ideia inicial era preencher as posições ausentes nos escalões inferiores da equipe e contratar quem tivesse boa personalidade, independente da posição. Com isso, apenas oito atletas acabaram convocados e alguns destaques dessa fornada foram preteridos por causa da personalidade. Ou seja, capacidade e potencial contaram pouco para determinar quem seria contratado dessa vez. Não tenho grande expectativa sobre ninguém da classe de 2024.

Camadas-Jovens-do-Caldense_-Plantel-Joga

Análise da classe de 2024

Goleiros

Paulo César e Gilson Botelho foram os goleiros contratados. Paulo César esteve no primeiro pelotão de jogadores contratados, enquanto Gilson Botelho é o pior jogador da fornada. Ambos tem boas personalidades e eram de posições necessárias para os times reserva e sub-20. Portanto, unimos o útil ao necessário. Já que não dá para dizer que são jogadores agradáveis de se ter.

Lateral-direito

Romeu tem uma excelente personalidade, quem me dera tivesse potencial para trabalhar. Assim como os goleiros, lateral é uma posição carente no clube, logo, unimos mais uma vez o útil ao necessário.

Zagueiros

Casado e Ademir são os dois zagueiros contratados. Depois de Figueiredo ter chegado com grande expectativa no ano passado, os novos atletas deixam a desejar em comparação ao diamante bruto que seu companheiro de equipe é. Casado é um dos "melhores" atletas dessa geração, enquanto Ademir tem uma excelente personalidade. 

Lateral-esquerdo

Vicente foi escolhido como o melhor atleta dos contratados. Não existe lá muita grande diferença entre ele e os outros três melhores e a personalidade é mais neutra que as contra-partes, contudo, como atua numa posição carente, pode ser que seja um dos atletas dessa geração a ter mais chances no futuro.

Meia-atacante

Rubens veio para preencher a cota de meias-atacantes dos escalões inferiores. É o jogador que tem a pior personalidade dos contratados e provavelmente, quando sua vida útil ao clube chegar ao fim, terá que procurar outros gramados para desfilar seu futebol.

Atacante

Braitner tem um excelente nome futebolístico, uma boa personalidade, é um dos "melhores" da geração, mas a geração é ruim. Foi contratado por ter uma boa personalidade e veremos como as coisas evoluirão para o atleta.

Previsão do elenco para 2025

Os atletas Paulo César, Figueiredo, Thales Henrique e Guilherme Augusto foram promovidos promovidos para a equipe principal. Filipe Cristiano, Thales, Antônio Carlos e Souza foram relegados para os times inferiores. Todas as trocas são baseadas ou em necessidades imediatas da equipe ou que os jogadores que subiram podem oferecer mais no futuro do que os que lá já estavam. Estou bastante excitado com a possibilidade de ver Figueiredo assumindo a titularidade e com a boa evolução que Thales Henrique teve antes mesmo de jogar alguma partida. A discrepância entre melhor onze e reservas ainda é grande, vamos ver até onde podemos chegar na próxima temporada com esses atletas.

AA-Caldense_-Jogadores-Jogadores8ac2a2f7

Grupo de mentoria

Dos atletas que foram promovidos, apenas Figueiredo necessidade melhorar sua personalidade. Coloquei ele para trabalhar com Batata e José e acredito que o contato entre os atletas trará excelentes frutos para a equipe e principalmente para o desenvolvimento do zagueiro.

AA-Caldense_-Orientarb8a010fb372d1297.pn

Caldense planeja construir novo estádio... de novo

No final de 2020, a diretoria da Caldense anunciou que iria construir um novo estádio. Nos últimos quatro anos, não houve mais nenhuma movimentação ou notícia sobre o ocorrido. Daí, que no final dessa temporada, eles decidiram planejar construir um novo estádio novamente. As razões são as mesmas da última vez, a questão é que nada andou nos últimos anos e como não anda tendo uma continuidade de presidentes por mais do que um mandato, talvez alguma chapa tenha desistido dos planos. Veremos se esse irá para algum lugar ou se em 2028 eles vão anunciar um novo estádio pela terceira vez.

Henrique-Melo_-Recebidas-2a6645f8734a1f7

Notícias, informações e estatísticas da Caldense

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Curioso isso do estádio, achei que ao menos um "mal ae, estamos cancelando os planos" tu receberia antes.

Achei interessante basear as contratações nas personalidades. Já que ninguém ali é craque mesmo, ao menos ajuda o time nesse sentido. Uma pena que a geração tenha sido ruim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Götzeus

Essa do paradeiro no estádio eu nunca tinha visto antes haha.

Bem interessante isso de personalidade, eu nunca nem olhava muito para isso nos newgens. Realmente não veio ninguém de destaque, mas dá para completar a base.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

As coisas que costumo observar nos jogadores que contrato são aquelas observações dos olheiros etc. Uma que sempre me faz decidir ficar ou não com o jogador é quando diz que ele gosta de grandes jogos. Se tiver eu contrato, se não tiver, desisto. A avaliação dos seus jogadores, por serem tão novos e estarem ainda iniciando a carreira, mesmo não demonstrando bons atributos, é possível ver esse tipo de abordagem? além da personalidade é algo que você dá atenção ou não vê necessidade para tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Curiosa a vitória do sub-20. Dá pra dizer o que trabalho está sendo bem feito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

É, pelo menos preencheu ali a equipe da base. Provavelmente ngm vai vingar, mas se serviu a algum propósito, então tá bom.

Que doideira a história do estádio. Tanto sobre botarem pra construir de novo, quanto para o fato que eu tinha esquecido que ele existiria. hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 30/05/2019 em 02:22, Danut disse:

Curioso isso do estádio, achei que ao menos um "mal ae, estamos cancelando os planos" tu receberia antes.

Achei interessante basear as contratações nas personalidades. Já que ninguém ali é craque mesmo, ao menos ajuda o time nesse sentido. Uma pena que a geração tenha sido ruim.

Pois é, totalmente aleatório.

É o que tinha para aproveitar nessa geração, as personalidades. hahaha

Em 30/05/2019 em 03:24, Lucas Götzeus disse:

Essa do paradeiro no estádio eu nunca tinha visto antes haha.

Bem interessante isso de personalidade, eu nunca nem olhava muito para isso nos newgens. Realmente não veio ninguém de destaque, mas dá para completar a base.

Eu também não, primeira vez que isso me aconteceu.

Personalidade é importante, pois um jogador com personalidade positivas tem mais chances de se desenvolver completamente e atingir todo seu potencial.

Em 30/05/2019 em 16:36, Vannces disse:

As coisas que costumo observar nos jogadores que contrato são aquelas observações dos olheiros etc. Uma que sempre me faz decidir ficar ou não com o jogador é quando diz que ele gosta de grandes jogos. Se tiver eu contrato, se não tiver, desisto. A avaliação dos seus jogadores, por serem tão novos e estarem ainda iniciando a carreira, mesmo não demonstrando bons atributos, é possível ver esse tipo de abordagem? além da personalidade é algo que você dá atenção ou não vê necessidade para tal.

Sim, é possível esse tipo de abordagem, mas infelizmente, não tenho como descartar um jogador de grande potencial ou capacidade baseado nisso com o atual elenco. Imagina deixar de lado o Patrick por que ele é inconsistente em suas atuações ou não gosta de grandes jogos?

Em 30/05/2019 em 17:50, Neynaocai disse:

Curiosa a vitória do sub-20. Dá pra dizer o que trabalho está sendo bem feito.

Não dá para dizer nada, já que a maioria dos adversários são clubes que não estão em nenhuma divisão do jogo.

Em 31/05/2019 em 02:07, marciof89 disse:

É, pelo menos preencheu ali a equipe da base. Provavelmente ngm vai vingar, mas se serviu a algum propósito, então tá bom.

Que doideira a história do estádio. Tanto sobre botarem pra construir de novo, quanto para o fato que eu tinha esquecido que ele existiria. hahaha

Vingar a ponto de render dinheiro para o time, duvido, mas alguns deles podem acabar servindo de tapa buraco no elenco.

Foi logo no começo e como o espaço temporal entre as atualizações vem se alargando, é normal esse tipo de esquecimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Voltando a acompanhar e comentar. Aos poucos coloco a leitura em dia, mas perder a vaga para o Ipatinga nas penalidade é de doer a alma.Principalmente depois de ter feito uma boa fase de grupos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 02/06/2019 em 15:07, LC disse:

Voltando a acompanhar e comentar. Aos poucos coloco a leitura em dia, mas perder a vaga para o Ipatinga nas penalidade é de doer a alma.Principalmente depois de ter feito uma boa fase de grupos.

Já é a segunda eliminação nos pênaltis, talvez seja hora de nos acostumar que esse seja nosso destino, morrer nas penalidades.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

eossvsD.png&key=03d301ef4e2a84c2dbabc359

Quase que não deu

Inicialmente, a ideia era continuar mantendo o ritmo das temporadas anteriores, com a chegada na semi-final do estadual e buscar a promoção. Com isso, os planos táticos não iam se alterar, mas conforme a temporada ia começar, uma mudança forçada nos obrigou a pensar diferente. Utilizando o que o elenco tinha de melhor, mudei a tática e ela ficou ainda mais assimétrica.

O campeonato mineiro dessa temporada conta com três equipes de Série A: América, Atlético e Cruzeiro. A série B conta com duas equipes: Tupi e Boa. Na série C, o Ipatinga faz companhia para a Tombense, enquanto no último nível temos a companhia de Tupynambás e Uberlândia. Os únicos times sem divisão nacional são Villa Nova e URT, recém-promovidos.

O adeus de Thiago Heleno

Thiago Heleno tinha uma ridícula clausula de rescisão. Eu tentei sempre que possível removê-la, mas nunca consegui. O jogador permanecia impassível em não renovar seu contrato e infelizmente, mesmo ele tendo vencido, a rescisão continuava valendo. Alguém veio e pagou, e obrigou a uma extensa modificação do planejamento da nossa temporada. Felizmente, temos José na equipe, mas isso dá uma enfraquecida na qualidade do elenco de forma geral. O atleta vai para a China, receber um dinheiro que ainda não podemos pagar.

Henrique-Melo_-Recebidas3ef9b86523c1fdc8

Análise do elenco para a temporada 2025

Goleiros

Carlos André, Táxi e Paulo César ficam com a função de defender a nossa meta. Carlos André mantém sua soberania, enquanto Táxi vai ficando cada vez mais pelo caminho. Contudo, como não anda ocorrendo uma reposição, devido as limitações da equipe, ele vai ficando. Paulo César ficará com a função de terceiro goleiro, mas dificilmente terá minutos de jogo.

goleiros4e57e32385fd1bde.png

Laterais-direito

Batata e Thiago são nossos laterais-direito. Batata continua sendo um dos atletas mais capazes do time e Thiago até surgiu com um certo potencial. Entretanto, o jogador parece não evoluir, talvez pela falta de minutos de jogo e com isso, acaba sendo deslocado para a segunda função diferente no nosso elenco. Em um certo momento já foi dado como zagueiro, num momento em que precisávamos, mas nunca teve a capacidade para tirar os titulares de sua posição. O mesmo cenário deve se repetir aqui, com a soberania batatística na posição.

latdir841b3fca2f856116.png

Zagueiros

Davy, Jairo, Figueiredo e Gui são os zagueiros da equipe. Davy mantém a sua liderança em campo, mas poderia ter a titularidade ameaçada se Jairo estivesse num nível acima. Provavelmente Figueiredo ficará com a titularidade, para poder evoluir, já que Jairo não tem muito mais para onde ir. Gui preenche a posição de quarto zagueiro. A expectativa em cima da primeira temporada de Figueiredo é grande.

zag95c83481f9a048b0.png

Laterais-esquerdo

Pepe e Émerson fecham a defesa pelo lado-esquerdo. Pepe assumiu a posição depois da aposentadoria de Edu Pina, mas infelizmente, não vem evoluindo o tanto que eu queria que ele evoluísse. A análise que temos agora é que ele já está bastante perto de seu potencial total. Para a sua reserva temos Émerson, que não vem fazendo muita força para tirar o titular de sua posição.

latesq8d7f8c22cca30168.png

Volantes e meias-centrais

Renato, José, Rosiley e Guilherme Augusto são os motores do meio-campo. José vem nunca crescente absurda e provavelmente tomaria o lugar de Thiago Heleno em breve, mas seria ótimo ter os dois, o que me permitiria utilizar Renato mais a frente. Contudo, parece que o destino de Renato é comandar nosso meio-campo mesmo. Guilherme Augusto será o reserva de José, enquanto Rosiley será o reserva de Renato.

meiacentral9584446a6646ac39.png

Meias pela direita

Rômulo e Guilherme Augusto, agora Guadanini são os meias pelo lado direito. Como acabamos tendo dois Guilhermes Augusto, de duas gerações diferentes, não me atentei aos nomes na época. Agora que ambos estão no time principal, fiz o ajuste e o ponta, por ser de uma geração depois, acabou tendo o nome trocado. Rômulo fica com a titularidade e infelizmente, parece que está bem próximo do máximo que pode entregar. Já Guadanini terá que mostrar serviço para ameaçar o titular.

meiadir7b235677b19bf35f.png

Meias-atacante

Hygor e Juninho ocupam as partes mais avançadas do centro do meio-campo. Essa posição talvez tenha a diferença mais gritante de todas entre titular e eventual reserva. Juninho realmente está na posição porque precisamos de alguém e ele é o melhor que temos disponível, por incrível que pareça. O "lusitano" Hygor permanece sendo peça-chave do nosso esquema.

meiaataca960595170ada4f4.png

Pontas pela esquerda

Thales Henrique e Jean Pedro fecham o lado esquerdo do meio-campo. Thales Henrique vem numa evolução muito boa e eu até queria colocar o jogador na sua posição natural, mas comprometeria muito o que acredito que a Caldense deve entregar em campo. Jean Pedro estagnou desde que virou reserva de Thales Henrique e vai permanecendo com esse status.

pontaesq854b567066aae68a.png

Atacantes

Patrick e Alberinho continuam na função. Patrick continua sendo a principal estrela do time e Alberinho é o que tem de melhor para ser o reserva. Idealmente, eu já teria substituído Alberinho por alguém de maior potencial, já que o atleta vive constante declínio e não evolui. Contudo, não foi fornecido essa opção e Alberinho vai prosperando na reserva de Patrick.

atac4b6c1af9dd3d0d61.png

Jogos pela Copa do Brasil e Campeonato Mineiro

Como sempre fizemos uma curta pré-temporada e já começamos direto com os jogos. Como houve uma mudança tática de última hora e o calendário não foi muito bacana conosco, o começo foi bastante complicado até Figueiredo trazer a primeira vitória da temporada. Na sequência, deixamos de lado a Copa do Brasil e os reservas não deram contra do Sobradinho. Entretanto, nossa troca valeu a pena e conquistamos a terceira vitória seguida no Mineiro, mesmo que ao custo de um gol no apagar das luzes. Depois fomos goleados pelo Atlético, como de praxe. Na sequência, empatamos com a URT e perdemos para o Tupi. Voltamos a empatar na reta final contra o Ipatinga e no último jogo, ainda lutando pela última vaga para a fase de mata-mata, vencemos por pouco e seguimos adiante. O sorteio nos colocou diante do Atlético e conforme esperado, fomos massacrados novamente.

AA-Caldense_-Calendario-Senior2be119444f
v Tombense (F) | v Tupynambás (C) | v Sobradinho (F) | v Boa Esporte (F) | v Ipatinga (F) | v Villa Nova (C) | v Atlético-MG (F)

Campeonato Mineiro de 2025

Não foi um estadual muito brilhante de nossa parte. Não sei precisar se foi a mudança de tática, se foi perder Thiago Heleno ou se a equipe vai atingindo seus limites. Eu até tentei retornar para o 4-2-3-1 assimétrico da temporada passada em algumas partidas e, talvez retorne para ela ao longo da preparação para a Série D. Contudo, fomos muito aquém do esperado e nos salvamos na bacia das almas. Quase tropeçamos contra o Villa Nova, que estava na zona de rebaixamento e precisava vencer. Patrick fez a parte dele e nos salvou.

Henrique-Melo_-Inicioabdb354cec98def1.pn
Tabela Completa | Estatísticas gerais e individuais do Campeonato Mineiro

Análise do grupo da Série D

São Paulo, Minas Geras e Rio de Janeiro irão degladiar-se na Série D por duas vagas. Nós acabamos ficando com dois times no grupo, o que é uma merda, se os dois não seguirem adiante, morreu, maria para um de nós. O adversário que vem de São Paulo é a Ferroviária. O time de Araraquara é um dos favoritos a subir, com a sexta melhor cotação da competição. No Paulista, teve a quinta pior campanha, mas pelas regras malucos da estadual, jogou as quartas-de-final. Os cariocas serão representados pelo Macaé. Eles tem uma das piores cotações da Série D, a 56ª, o equivalente a 13ª pior. Mas fizeram bonito no carioqueta, conquistando a sétima melhor campanha e até jogando as semi-finais da Taça Rio. Por fim, teremos a companhia do Tupynambás mais uma vez. Eles tem a terceira melhor cotação da divisão, mas ficaram atrás de nós no estadual e nem disputaram o mata-mata.

Notícias, informações e estatísticas do Cruzeiro

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Não entendi a opção de deixar a Copa do Brasil de lado. A premiação não é boa? Se avançasse de fase iria ganhar mais do que os 254 mil e para um clube de menor expressão isso é muito bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Campanha realmente bem fraca no mineiro, e a eliminação na Copa do Brasil custou uma graninha que poderia bater nos cofres do clube. Se não conseguir subir, não disputa Série D na próxima temporada, né?

Share this post


Link to post
Share on other sites
LuisSilveira

Estava me atualizando aos poucos aqui na sua saga e tô gostando bastante. Acho bem interessante saves com essa riqueza de informações táticas.

A Caldense vem subindo gradualmente, usando como principal pilar, ao meu ver, as divisões de base. Visto isso, me preocupa um pouco o substituto de Dodô ser tão tacanho em lidar com a molecada. Como você acha que isso impactará o clube, a longo prazo?

Outro detalhe que me intrigou foi o lateral Batata, por sua alta avaliação mesclada com um nível de Cruzamentos de médio pra ruim, o que costuma ser terrível em um lateral. Você costuma colocar ele de forma mais defensiva?

Acompanhando e torcendo para a ascensão da Veterana! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Na torcida para que surja algum zagueiro decente.

Esse quase talvez se transforme num momento sublime, caso mande embora o favorito logo de cara.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 07/06/2019 em 23:11, LC disse:

Não entendi a opção de deixar a Copa do Brasil de lado. A premiação não é boa? Se avançasse de fase iria ganhar mais do que os 254 mil e para um clube de menor expressão isso é muito bom.

É uma premiação irrisória perto do dano que cair no Mineiro traria. Se tivéssemos condições de ter um sorteio que permitisse avançar além da segunda eliminatória, talvez fizesse sentido essa troca. Mas o momento da equipe e a prioridade de estar sempre na Série D valem mais que o dinheiro.

Em 10/06/2019 em 00:34, marciof89 disse:

Campanha realmente bem fraca no mineiro, e a eliminação na Copa do Brasil custou uma graninha que poderia bater nos cofres do clube. Se não conseguir subir, não disputa Série D na próxima temporada, né?

Disputo, ultimamente temos tantos times garantidos nas Série A, B e C que geralmente sobra uma vaga para o rebaixado do estadual na Série D.

Em 10/06/2019 em 15:05, LuisSilveira disse:

Estava me atualizando aos poucos aqui na sua saga e tô gostando bastante. Acho bem interessante saves com essa riqueza de informações táticas.

A Caldense vem subindo gradualmente, usando como principal pilar, ao meu ver, as divisões de base. Visto isso, me preocupa um pouco o substituto de Dodô ser tão tacanho em lidar com a molecada. Como você acha que isso impactará o clube, a longo prazo?

Outro detalhe que me intrigou foi o lateral Batata, por sua alta avaliação mesclada com um nível de Cruzamentos de médio pra ruim, o que costuma ser terrível em um lateral. Você costuma colocar ele de forma mais defensiva?

Acompanhando e torcendo para a ascensão da Veterana! 

Curioso essa opinião, Luis. Eu realmente não acho que meu save tenha tanta riqueza de informações táticas assim. Normalmente só um comentário ou outro no começo da temporada.

Não entendi a comparação entre os dois. E o pilar do save são as divisões de base, então, faz sentido que ela seja o pilar do desenvolvimento do clube. Se o Ancelmo continuar não trazendo talentos, vamos ter que trocar e isso significa ter que torcer para os destaques continuarem na equipe.

Sim, quando muito, apoiar. A avaliação não é minha, a avaliação é do jogo e eu normalmente sigo o que o jogo me diz. Não busco me prender muito em atributos para avaliar um jogador.

Em 12/06/2019 em 18:09, Neynaocai disse:

Na torcida para que surja algum zagueiro decente.

Esse quase talvez se transforme num momento sublime, caso mande embora o favorito logo de cara.

Já temos o Figueiredo, mas ele precisa de companhia.

Nós sempre estamos caindo nos grupos dos favoritos, como estamos numa região de grande quantidade de clubes e um investimento de certa forma maior, é natural que os favoritos estejam nos grupos que envolvam Sul e Sudeste, mesmo que não se confirme posteriormente no mata-mata.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • fae0zin
      By fae0zin
      Boa noite pessoal, só como distração mesmo (não sei se estou na área certa do fórum).
      Nunca havia visto uma noticia assim no jogo, olha que jogo bastante em rs.
      Desculpe a foto que só tinha essa mesmo que tirei para um amigo que também joga.

    • Xablau007
      By Xablau007
      alguém por aqui já testou um sistema com 3 zagueiros no fm 19? sabe se funciona nessa versão do jogo? comecei um save com a Roma e pretendo adotar um 3-4-3 ou 3-5-2 no maior estilo Antonio Conte
    • Luchín
      By Luchín
      Prólogo
      Após quase dois anos ausente do fórum, devido à vários motivos, o lançamento de uma nova versão do Football Manager me trouxe novamente até aqui e estar no fórum e ler algumas excelentes histórias de alguns companheiros, é impossível que o bichito não te pique. Ainda não me adaptei completamente a essa nova versão, que, para quem vem do FM17, apresenta muitas novas features, principalmente no âmbito tático e de controle de plantel, mas, como vinha tendo algumas dificuldades para me empolgar em saves offline, acabei me decidindo a contar uma história, que, de antemão, afirmo que será simples, nada mais que um relato do que estou jogando. 
      O clube escolhido é o Fútbol Club Andorra, que participa da pirâmide espanhola, estando, na vida real, na Preferente Catalana, equivalente ao quinto nível, mas como a expansão de ligas ainda não está completa, o coloquei na Tercera División, que é o quarto nível, substituindo a equipe de menor reputação presente. 
      A minha ideia para esse save será utilizar apenas jogadores andorranos. Para isso, habilitei, além da pirâmide espanhola, as duas divisões do futebol andorrano. 
      O treinador do clube será o ex-zagueiro Antoni "Toni" Lima, que, apesar de nunca ter atuado no clube, é um dos maiores jogadores da história do futebol andorrano. Antoni tem um irmão mais novo, Ildefons, que atualmente atua no próprio futebol andorrano, mas foi formado no FC Andorra e rodou por vários clubes, passando até mesmo pelo futebol da América, onde atuou no Pachuca. Via editor, coloquei o no clube para que termine sua carreira onde começou e "comandado" pelo irmão. 
      Concluindo, acredito que possa não receber a melhor recepção nesse retorno, pois cometi erros no passado, ofendi alguns membros desnecessariamente, e sei que após errar, a confiança não retorna de imediato, mas espero pode demonstrar que os erros ficaram no passado e que retorno à área com uma nova forma de pensar e me comportar. De todas as maneiras, um sincero pedido de desculpas para aqueles com quem não me portei bem no passado.
      Espero me divertir e que vocês também se divirtam com a história.
      Luiz. 
    • AlexVivas
      By AlexVivas
      E aí, meus amigos managers, beleza? Após o "acidente" envolvendo o falecimento precoce do Alphabet Challenge, volto com um novo desafio. 
      Não tenho certeza, mas acho que a partir da Copa do Mundo de 1994 venho percebendo que muitas Seleções vêm meio que priorizando os atletas que jogam fora de seu país, menosprezando o futebol local. Pesquisando mais a fundo me deparei com a imagem acima, o emblema da Legião Estrangeira e seu Lema.
      Então decidi fazer uma nova saga de "volta ao mundo" treinando somente em países onde a maior parte da Seleção Nacional joga no exterior. Desta vez a jornada não será em ordem alfabética, e sim de acordo com o ranking de seleções da FIFA de 20 de Dezembro de 2018. Criei uma tabela no Excel dividindo todas as Seleções em 08 "grupos" distribuídos conforme as Licenças de Treinador do FM: Nenhuma - Nacional C - Nacional B - Nacional A - Continental C - Continental B - Continental A - Pro Continental. 
      Dessa forma, a trajetória se torna mais realista, onde um técnico começa no meio amador e alcança o status mundial no fim da carreira. Vejamos abaixo as metas que nortearão este save:  

      nacionalizar a Seleção, fazendo pelo menos 80% a 90% do elenco jogar no País, independente do Clube; feito isso, fazer pelo menos 50% da Seleção jogar no Clube escolhido; o Clube escolhido deve ser o maior campeão da Liga Principal/Primeira Divisão;  nacionalizar o Clube, vendendo todos os jogadores estrangeiros, com exceção dos atletas Naturalizados, os quais aparecem como primeira Nacionalidade a do país ativo; priorizar a venda dos jogadores dispensáveis para os demais clubes do país, nivelando a Liga e tornando-a mais competitiva; tentar trazer as maiores lendas do país para o Staff do clube; tornar o Clube hegemônico em todos os campeonatos Nacionais. Caso ele já seja soberano no país, tentar ser o maior campeão Continental; o prazo para alcançar a hegemonia segue a seguinte fórmula: nº de títulos do maior campeão + 1;   melhorar o nível do futebol local chegando o mais longe possível nas competições Continentais, aumentando a quantidade de clubes que disputarão as mesmas e assim tornando o País mais atrativo para os atletas locais; reiniciar o FM ao concluir o país em questão. Essa nova jornada é baseada no artigo "Construindo uma liga Competitiva" do nosso colega @ggpofm e na saga "Uma só Nação" do @Henrique M..
      Grande abraço !!
       
    • OBiotecnologista
      By OBiotecnologista
      Sobre o autor
      Olá, tudo bem? Esta é minha primeira história no profissão manager. Jogo FM desde 2017 e nunca tive me aventurado em tentar o desafio da base. Tenho dois motivos por aceitar este desafio: O primeiro é que em média gasto 1/3 do meu tempo em buscar e analisar novas contatações, sendo que atualmente não possuo tempo para jogar FM por mais de uma hora e meia por dia. Então um save neste termos seria uma otimização de tempo para mim. O segundo é que o primeiro save da área que acompanhei completamente foi " A Base do Sucesso - Araban Belediyespor Kulübü", que achei lindo, e gostaria de repetir o feito.
      Uma questão relevante é que sou disléxico e recebo acompanhamento de monitores que revisam meus textos. Porém como este não é um texto acadêmico, não receberei auxilio para escrever, então se em alguma parte faltou coesão ou coerência pode mandar uma mensagem privada que terei o prazer de consertar o texto. Sou aberto a críticas.
       
      Apresentação do save
      Como já mencionei acima, este save é desafio da base, no qual só utilizarei jogadores que já estão no clube ou jogadores que serão formados nele. O título é Die Jugend, pois sua tradução é A juventude, devido ao time composto por jovens. Eu escolhi a Alemanha devido a sua alta classificação júnior, logo iremos ter grandes jogadores por aqui. Então para me certificar em ter um save longo e complexo eu escolhi o pior time da última divisão disponível. O Fußballclub Carl Zeiss Jena, mais conhecido simplesmente como Jena. Eu tentarei dividir o save em quatro postagens anuais, logo a cada 8/9 partida terá uma nova postagem.
      Dados do save
      Para ser fiel a realidade, adicionei todas as liga recomendadas mais a liga portuguesa.No total 33.000 jogadores serão simulados.

      História do clube
      O Jena  é um clube de relevância regional que disputa  a terceira divisão da escalada alemã, fundado em 1903 e que possui um grande historial. Sediada em sua pequena cidade homônima ( Jena), também possua em seu nome a fabricante internacional de lentes Carl Zeiss, que patrocina o time. Sua fundação deu-se quando os trabalhadores da fabrica resolveram fundar um time de futebol. "Com o passar dos anos, o clube passou por diversas mudanças de nome e por um período de paralisação devido à Segunda Guerra Mundial. Após o conflito, e com a separação da Alemanha em duas, Jena ficou no lado socialista. Ainda como SC Motor Jena, o clube conquistou seu primeiro título de primeira divisão da DDR, em 1963. Em 1966, foi renomeado, dessa vez retornando às origens: FC Carl Zeiss Jena." Referência. Tornou-se um dos times dominantes da Alemanha socialista, conquistando duas vezes o campeonato nacional e quatro vezes a copa. Entretanto com a reunificação da Alemanha foi rebaixada a divisão inferior e desde então não conseguiu grande destaque no cenário nacional.
      Estádio
      O Jena joga no Ernst Abbe Sportfeld Haupttribüne,um estádio bem antigo com a capacidade de 10.445 torcedores.

       
      Perfil do técnico
      Eu não sou uma pessoa tão criativa então usei um homônimo de mim mesmo como avatar.

      Objetivos
       
      Ganhar a Champions League. Ganhar a Europa League( Cumprir o objetivo anterior invalida este). Ganhar a copa da Alemanha. Ganhar a Bundesliga. Tem ao menos 7 jogadores formados na Nationalmannschaft. Regras
      Não poder contratar jogadores não formados no clube. Índice 
      1- Apresentação do save
       
×
×
  • Create New...