Jump to content
Henrique M.

A Veterana - A marca da cal que machuca [15/05]

Recommended Posts

Henrique M.
Em 25/12/2018 at 19:51, PMLF disse:

É, os clubes no mundo real fazem contrato só até o fim da Série C ou D, que é mais ou menos quando a database é fechada, aí liberam (quase) todo mundo quando são eliminados destes torneios.

Depois (entre outubro e janeiro) eles refazem os elencos para os estaduais.

Obrigado por esclarecer mais ainda, Paulo.

Em 26/12/2018 at 16:51, Ari Cesar disse:

Rapaz, vou seguir teu save e ver se aprendo alguma coisa com um dos mestres do fórum. 

Não tem nada de mestre, sou apenas jogador assim como todo mundo aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

eossvsD.png&key=03d301ef4e2a84c2dbabc359

Começo de trabalho no Mineiro

Sem a possibilidade de contratar e com apenas cinco jogadores reais, não tive muita coisa com o que me preocupar na pré-temporada. O trabalho consistia em colocar todos os jogadores reais em suas melhores funções e derivar uma tática disso, criar outra tática para enfrentar os grandes clubes do estado no Mineiro 2019 e preencher o staff. Ainda não preenchi todo o staff, seja por falta de candidatos ou pelos candidatos que existem não aceitarem as nossas ofertas salariais. Mas, felizmente, conseguimos que a peça-chave de um trabalho de base fosse um grande achado.

E só para informar, tive que reiniciar meu save por questões de que o update que eu estava utilizando não havia sido atualizado adequadamente pela minha steam e eu fiquei com a versão que tinha clubes brasileiros jogando nas divisões erradas. Recriei o save da mesma maneira, entretanto, meu salário sofreu uma redução de 29,5 mil reais para 21 mil reais.

Dodô - O Diretor das Categorias de Base

Franklin Verón Bairros, nascido em Naviraí, Mato Grosso do Sul. Aos 48 anos, o homem apelidado de Dodô, assumiu a função de diretor das categorias de base da Caldense. Como o processo de candidatura foi realizado através do sistema de candidatura do jogo, me espantei quando vi Dodô no meio das outras pessoas. Obviamente que me apressei em apresentar uma oferta para ele e felizmente, mais ninguém notou sua qualidade. Com isso, Dodô, pode ser uma peça fundamental nesses primeiros anos de projeto na Veterana.

Dodo_-Geral-Perfil59a0c4d54405d055.png

Derivando uma tática de cinco jogadores

Com apenas um goleiro, dois zagueiros, um lateral-esquerdo e um volante, não tive muita dificuldade em escolher uma tática. Confesso que é um esquema que em situações normais jamais me veria utilizando, entretanto, eu tinha que tirar o máximo possível das grandes peças do time. Por isso, escolhi um 4-4-2 com dois volantes ao invés de dois meias centrais. Essa modificação foi única e exclusivamente para acomodar Jean Henrique, já que os outros jogadores não exigiram muita criatividade da minha parte. Para os jogos contra Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG armei um tradicional retrancão mesmo.

AA-Caldense_-Vista-Geral-2c328f0e4d4c9b6

As distintas realidades do Campeonato Mineiro 2019

Não sou muito de me importar com previsão de classificação, mas eu precisava de algo para ilustrar o que pretendo dizer. O Mineiro tem 12 equipes, sendo que duas delas estão na Série A, uma na Série B, outras duas na Série C e quatro na Série D. Apenas os clubes recém-promovidos (Tupynambás e Guarani) e o Villa Nova não disputarão uma divisão nacional nesse ano. Contudo, como o Tupi caiu da Série C para a Série D, apenas cinco equipes estão na mesma situação da Caldense. Villa Nova, URT, Guarani, Atlético Patrocinense e Tupynambás começaram com uma situação de elenco similar a nossa. Por isso, nosso foco se residia exatamente nesses adversários, pois em condições normais, somos os únicos que podemos bater de frente.

Henrique-Melo_-Inbox-21a8e67883d13e2c1.p

Pré-temporada, Mineiro 2019 e preparativos para a Série D

Como não tinha o que entrosar, a pré-temporada baseou em ajustar a tática e dar ritmo de jogo, além, é claro de tentar avaliar melhores os jogadores cinzas que compunham o elenco. Fizemos jogos em diferentes níveis de dificuldades e fiquei satisfeito com a atuação da equipe, perdendo apenas um jogo no começo, contra um adversário forte. Entretanto, deveríamos ter vencido o Guaxupé. Pelo estadual, começamos de cara com um grande adversário, e fomos presa fácil para o Atlético-MG. Na sequência, veio a Tombense e até que conseguimos segurar um pouco o adversário, mas a diferença de qualidade fez a diferença no final. Na sequência, quatro jogos importantes, onde o objetivo era conquistar todos os pontos.

Não tomamos conhecimento do Villa Nova, nem da Patrocinense e muito menos do Tupynambás, mas o Guarani se mostrou um forte adversário para a nossa equipe e conseguiu segurar o empate, pontos que poderiam nos fazer falta, mas eram cruciais para eles. Na sequência, enfrentamos o Boa e assim como diante da Tombense, demos trabalho para uma equipe completa e superior, vendendo caro a derrota. Na sequência, o outro bicho papão do estado veio e passou o trator na gente, Alexandre não ajudou muito a nossa causa ao fazer um gol contra no começo e isso acabou abrindo a porteira. 

Na reta final, vencemos a URT, como necessário e garantimos nossa classificação adiantada para as quartas-de-finais. E na sequência, dois resultados surpreendentes, empatamos com o Tupi, um adversário bem mais completo e preparado que a gente, que venceu até o América-MG e fiquei feliz com o resultado. Para encerrar a fase geral do estadual, recebemos o Coelho com o tradicional ferrolho das equipes do interior e assim como surpreendemos diante do Tupi, roubamos um pontinho do alviverde da capital, outro resultado impressionante. No fim, para as quartas-de-finais, acabamos pegando o Cruzeiro, segundo colocado da fase geral. Como no Mineiro, o primeiro enfrenta o oitavo, e assim por diante. Logo, a única chance de não pegar Cruzeiro ou Atlético era ter terminado em sexto, mas existe uma certa distância entre América-MG e Caldense nesse momento.

Para as quartas-de-finais, viajamos até BH e a ideia era não ser goleado novamente. Sassá abriu o placar logo no começo de pênalti, ensaiando um certo déjà vu da última partida. Contudo, o gol parece ter freado a vontade da Raposa e isso nos permitiu aguentar a "pressão" inerente do time grande de maneira aceitável. Quando o 1 x 0 parecia ser o resultado final, numa das raras subidas ao ataque, o lateral-direito levantou a bola da intermediária e achou Wilton Luiz na área, o atacante arrematou de primeira e empatou a partida, faltando 13 minutos para acabar o jogo. Aí sim o Cruzeiro veio com tudo, mas não foi o bastante, seguramos as pontas nos últimos momentos e conseguimos levar a partida para a penalidade máxima. A diferença de orçamento e qualidade fez a diferença nas cobranças, e o Cruzeiro venceu por 4 x 2 nas penalidades.

AA-Caldense_-Calendario-Seniorc822865c48
v Atlético-MG (C) | v Tombense (F) | v Cruzeiro (F) |  v URT (C) | v Tupi (F) |v América-MG (C) | v Cruzeiro (F)

Campeonato Mineiro 2019

O nosso plano era fazer 15 pontos, vencendo as equipes que estavam na mesma situação que a gente. Perdemos a chance de fazer 17 ao não vencermos o Guarani, mas nos superamos diante de Tupi e América-MG. Fiquei feliz com a prestação da equipe no estadual, principalmente pela forma honrosa como caímos diante do Cruzeiro. No final das contas, Cruzeiro e Atlético-MG decidiram o estadual e empataram as duas partidas. Como o alvinegro terminou em primeiro na classificação geral, foi campeão pelos critérios de desempate da competição. No fim, ainda faturamos 801 mil reais de premiação.

Henrique-Melo_-Inicioeb49f0715934dcb1.pn
Estatísticas gerais e individuais do Campeonato Mineiro 2019

O update que estou utilizando compõe a Série D utilizando as classificações do estadual, entretanto, na versão do FM 2018, ele não computava a classificação do ano anterior para a Série D seguinte, apenas a classificação do ano corrente do estadual para a Série D do mesmo ano. Entrei em contato com o criador para perguntar se a situação se mantém assim, mas se as regras reais forem seguidas, nós estaríamos classificados para a Série D de 2020, junto com Tupi e URT. Caso algum de nós seja promovido para a Série C, as vagas passam adiante. E infelizmente, pelo que notei, apenas os quatro primeiros vão para a Copa do Brasil, dependendo se algum outro time mineiro entra nas Oitavas ou não, até o sexto colocado pode ir. Logo, será mais um ano sem Copa do Brasil para a Caldense.

Perspectivas para a Série D

Fomos sorteados no Grupo M, junto de Tupi, Grêmio Novorizontino e Operário. Teremos um confronto estadual, uma viagem para São Paulo e outra para o Mato Grosso do Sul. Fiquei chateado em ter sido sorteado junto com o Tupi, pela questão da representatividade do estado mesmo, mas já empatamos com eles uma vez, então, dá para buscar resultados melhores. O time paulista fez a oitava melhor campanha do Paulistão e se sagrou campeão do Interior Paulista. Ou seja, é o grande time do grupo. Além disso, por estar em São Paulo, não sofre o problema que outras equipes da Série D sofrem com relação a elenco inicial. O Operário foi campeão estadual, mas em termos de realidade, está me uma situação parecida com a nossa. Lembrando que na Série D, dos 17 segundos colocados, apenas 15 seguem para a próxima fase. E o objetivo da diretoria é passar para a próxima fase. Num grupo como esse, espero que sejam compreensivos caso não cheguemos lá.

Campeonato-Brasileiro---Serie-D_-Vista-G

Gostaria de lembrar que o contrato de quatro dos nossos cinco jogadores terminaram, ou seja, eles estão livre para seguir qualquer caminho que quiserem. Felizmente, ainda nenhum deles saiu do clube, então, vamos levar essa situação do jeito que der.

Notícias e informações da Caldense

Uma curiosa hierarquia

Como o elenco é reduzido, ia pular a parte da dinâmica, mas achei curioso o fato de uma equipe que tem 5 atletas, quase metade deles estarem em posição de influência como capitão e nenhum ser considerado líder da equipe. Fica aí o registro da curiosa hierarquia da Caldense.

AA-Caldense_-Hierarquia1a36d02f45adc19c.

Share this post


Link to post
Share on other sites
PedroJr14

Acho que a torcida deu uma pressão no Dodô, olha a cara de assustado do cara! kk Ele tem atributos muito bons para um staff de Série D, acho que os atributos podem crescer ainda mais e ele pode te acompanhar por mais um tempo.

Uma boa primeira campanha no campeonato estadual, ainda por cima faturou 800 mil de premiação. A equipe começa pelo staff, os jogadores precisam de suporte para exercer as suas atividades sem outras preocupações. O grupo da Série D não é fácil, mas a classificação é possível.

Boa sorte na continuação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Primeiro que tudo Boa sorte Henrique.

Jogar nas divisões inferiores do Brasil é sempre um enorme desafio, ainda por cima num clube com tão poucos jogadores reais. De qualquer forma fez um excelente estadual até agora, com os recursos que tem à disposição. Só uma dúvida: não tem receio de usar update? Já há algum tempo que tenho essa ideia também, mas dá medo de dar crash dumps ou bug que impeça o prosseguimento do save...

Edited by Master Darthz

Share this post


Link to post
Share on other sites
André Honorato

opaaaaa,,,acompanharei tambem

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
thyagocda

Mandou bem demais... Esse empate com o Cruzeiro deixa as coisas mais otimistas para a Série D

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Orra, pra um elenco com apenas 5 jogadores reais, mandou bem demais empatando com o Cruzeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

Muito bom que você já começou colocando um cara de grande capacidade para o Staff do clube no que diz respeito à necessidade de conseguir jovens para o clube. O primeiro jogo contra o Cruzeiro foi uma verdadeira lavada, deve ter dado um frio na barriga quando o enfrentou na fase decisiva do mineiro. O trabalho está sendo bem galgado e com dinheiro que entrou com patrocínio e a premiação no campeonato disputado, ainda que pouco, poderá ajudar a equipe a ir se reforçando. É fácil ou viável conseguir jogador emprestado nessa divisão? O grupo da série D não é dos mais fáceis, mas não me parece impossível. Bom trabalho na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar

Fez uma campanha mto boa no mineiro e fiquei surpreendido com a premiação recebida como também por ter conseguido levar o jogo para os pênaltis com o Cruzeiro. Alias, uma curiosidade: O grupo da série D é composto por apenas 4 equipes? Se não me engano em meu save os grupos possuíam 8 equipes. Achei bem estranho isso....

Boa sorte na continuação

Share this post


Link to post
Share on other sites
Thiago Snitram

Para uma equipe praticamente sem elenco foi uma boa campanha. Acho que vai dar pra brincar na série d.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

Olha, 5 jogadores no elenco é foda, mas só poder aumentar esse número na fornada (deve ser por volta de setembro ou outubro, certo?) é pior ainda.

Foi muito bem no Mineirão, cumpriu as expectativas e quase cometeu um crime contra o Cruzeiro com o retrancão. Na Série D, pegou um grupo meio encardido e equilibrado com o  Operário, o Tupi e o Novorizontino, mas que dá pra passar pela partida que fez contra o Tupi no Mineiro. 

Pensei que fosse ser mais ofensivo, confiando na defesa por ter quase "todo o elenco".

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 28/12/2018 at 23:29, PedroJr14 disse:

Acho que a torcida deu uma pressão no Dodô, olha a cara de assustado do cara! kk Ele tem atributos muito bons para um staff de Série D, acho que os atributos podem crescer ainda mais e ele pode te acompanhar por mais um tempo.

Uma boa primeira campanha no campeonato estadual, ainda por cima faturou 800 mil de premiação. A equipe começa pelo staff, os jogadores precisam de suporte para exercer as suas atividades sem outras preocupações. O grupo da Série D não é fácil, mas a classificação é possível.

Boa sorte na continuação.

As caras dos newgens do FM, como sempre, continuam abismais. Eu também fiquei espantado com a qualidade dele, devo segurar ele aqui por um bom tempo, caso ele não queria sair, obviamente.

O staff é bem pequeno, mas deve ir crescendo a medida que a Caldense evolui.

Em 28/12/2018 at 23:46, Master Darthz disse:

Primeiro que tudo Boa sorte Henrique.

Jogar nas divisões inferiores do Brasil é sempre um enorme desafio, ainda por cima num clube com tão poucos jogadores reais. De qualquer forma fez um excelente estadual até agora, com os recursos que tem à disposição. Só uma dúvida: não tem receio de usar update? Já há algum tempo que tenho essa ideia também, mas dá medo de dar crash dumps ou bug que impeça o prosseguimento do save...

Valeu, Darthz.

Eu já conheço o trabalho do autor desse update, é confiável. Mas mesmo se não conhecesse, se verificasse que o update tem uma boa reputação, fizesse um teste e não tivesse problemas, mergulharia do mesmo jeito. Acho bobagem deixar de fazer um save que queremos por causa de medo de bug ou crash dumps. Isso pode acontecer com ou sem updates e ligas alternativas.

Em 29/12/2018 at 01:50, luanvinny7 disse:

interessante, vou acompanhar

Valeu, Luan.

17 horas atrás, André Honorato disse:

opaaaaa,,,acompanharei tambem

 

Valeu, André.

13 horas atrás, thyagocda disse:

Mandou bem demais... Esse empate com o Cruzeiro deixa as coisas mais otimistas para a Série D

Espero que sim.

13 horas atrás, marciof89 disse:

Orra, pra um elenco com apenas 5 jogadores reais, mandou bem demais empatando com o Cruzeiro.

Talvez aquele fosse o dia da Caldense. hahaha

13 horas atrás, Vannces disse:

Muito bom que você já começou colocando um cara de grande capacidade para o Staff do clube no que diz respeito à necessidade de conseguir jovens para o clube. O primeiro jogo contra o Cruzeiro foi uma verdadeira lavada, deve ter dado um frio na barriga quando o enfrentou na fase decisiva do mineiro. O trabalho está sendo bem galgado e com dinheiro que entrou com patrocínio e a premiação no campeonato disputado, ainda que pouco, poderá ajudar a equipe a ir se reforçando. É fácil ou viável conseguir jogador emprestado nessa divisão? O grupo da série D não é dos mais fáceis, mas não me parece impossível. Bom trabalho na sequência.

Eu já fui esperando ser massacrado, então, não criei nenhuma expectativa, o que viesse, era lucro. E até que sai bastante feliz com o que aconteceu. Sim, é fácil e viável conseguir jogadores emprestados na Série D, mas se eu fizesse uso disso, destruiria o propósito do save.

12 horas atrás, Ari Cesar disse:

Fez uma campanha mto boa no mineiro e fiquei surpreendido com a premiação recebida como também por ter conseguido levar o jogo para os pênaltis com o Cruzeiro. Alias, uma curiosidade: O grupo da série D é composto por apenas 4 equipes? Se não me engano em meu save os grupos possuíam 8 equipes. Achei bem estranho isso....

Boa sorte na continuação

Eu também fiquei surpreso com a premiação, provavelmente deve ter direito de TV no meio. Sim, o formato da Série D é a real, e como se não me engano, você usa o Brasil Mundi Up, a Série D deles não segue o formato da realidade.

11 horas atrás, Thiago Snitram disse:

Para uma equipe praticamente sem elenco foi uma boa campanha. Acho que vai dar pra brincar na série d.

Sim, fiquei surpreso com a campanha, principalmente por causa do resultado contra o Cruzeiro. Vamos ver, a Série D é outra história.

2 horas atrás, Perissé disse:

Olha, 5 jogadores no elenco é foda, mas só poder aumentar esse número na fornada (deve ser por volta de setembro ou outubro, certo?) é pior ainda.

Foi muito bem no Mineirão, cumpriu as expectativas e quase cometeu um crime contra o Cruzeiro com o retrancão. Na Série D, pegou um grupo meio encardido e equilibrado com o  Operário, o Tupi e o Novorizontino, mas que dá pra passar pela partida que fez contra o Tupi no Mineiro. 

Pensei que fosse ser mais ofensivo, confiando na defesa por ter quase "todo o elenco".

As fornadas no Brasil ocorrem no meio de setembro, portanto, mesmo que cheguemos a final de uma eventual Série D, seria com esse elenco aí mesmo.

Sim, o grupo é complicado, com uma equipe que já conhecemos e outra de São Paulo. O Operário é que vai ser o fiel da balança nisso tudo aí. Se ele for forte, é problema, se não, é bônus, mas para todo mundo.

Eu fiz a tática para encaixar o Jean Henrique na posição dele, e levando em conta que mais da metade dos times são superiores a Caldense, não fazia sentido ser ofensivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
baltazar

Bem bacana esse save em, especialmente por fazer só com a base, o que é sempre muito legal, e até por isso ficarei feliz em acompanhar mais um do estilo na área. ^^

No campeonato mineiro fez o possível, especialmente com um time que possui apenas 5 jogadores reais, ou seja, não caindo já estaria de bom tamanho, mais vc classificou para próxima fase e ainda conseguiu o feito de empatar com o cruzeiro, o que é um grande começo, parabéns.

Enfim, vamos ver como será a série D, pois vai ter que se virar com um elenco com 5 jogadores reais e ainda sem contratos, podendo sair a qualquer momento.

Torço para que a fornada seja boa nesse início para ajudar o time a crescer e conseguir dinheiro para melhorar a infraestrutura e consequentemente a prospecção de jovens.

Boa sorte, acompanhando.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
6 horas atrás, baltazar disse:

Bem bacana esse save em, especialmente por fazer só com a base, o que é sempre muito legal, e até por isso ficarei feliz em acompanhar mais um do estilo na área. ^^

No campeonato mineiro fez o possível, especialmente com um time que possui apenas 5 jogadores reais, ou seja, não caindo já estaria de bom tamanho, mais vc classificou para próxima fase e ainda conseguiu o feito de empatar com o cruzeiro, o que é um grande começo, parabéns.

Enfim, vamos ver como será a série D, pois vai ter que se virar com um elenco com 5 jogadores reais e ainda sem contratos, podendo sair a qualquer momento.

Torço para que a fornada seja boa nesse início para ajudar o time a crescer e conseguir dinheiro para melhorar a infraestrutura e consequentemente a prospecção de jovens.

Boa sorte, acompanhando.

 

 

Imaginei que te agradaria, não sei porquê. hahaha

Sim, fiquei surpreso com o resultado das quartas, imaginei que o Cruzeiro ia passear de novo. E esse tipo de resultado agora quando somos fracos é importante, ajuda a diminuir a disparidade no confronto direto.

Pois é, isso de saírem a qualquer momento é foda.

"Boa" ela deve ser, né? Já que não tem ninguém no elenco, estou imaginando que vai vir quase todo mundo com CA/PA alto na avaliação do staff, mas que são normais em termos de Série D ou até piores que isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

eossvsD.png&key=03d301ef4e2a84c2dbabc359

Um periquito costuma ser inofensivo


A campanha no Campeonato Mineiro trouxe esperanças de fazer uma Série D digna. Estreamos em casa contra o Novo Horizontino e a atuação da equipe adversária já começou a minar as esperanças. Perdemos por apenas 1 x 0, mas o adversário dominou amplamente a partida e não sei como não nos venceu por mais gols. Mas tudo bem, esse era o clube favorito na minha cabeça, então, uma derrota normal. Daí fomos até o Mato Grosso do Sul, defrontar o Operário, que eu jurava que era a equipe mais fraca do grupo, além da gente. Todas as minhas certezas foram por água abaixo, pois o Operário fez uma grande atuação, e mal ameaçamos o adversário ao longo da partida. E não ameaçar o adversário foi a tônica da equipe daí por diante.

Contra o Tupi, tivemos nossa grande chance de conquistar os primeiros pontos, mas nosso ataque não funcionou, e mesmo com a defesa sendo menos ameaçada que nas partidas anteriores, perdemos do mesmo jeito. Depois, fomos para Juiz de Fora e o Tupi melhorou seu volume de jogo, nós continuamos do mesmo jeito. Dessa forma, perdemos a quarta partida seguida. 

Na quinta partida, finalmente a defesa funcionou e não tomamos nenhum gol, mas como era de se esperar, o ataque continuou sua grande campanha para se tornar o pior da Série D. Ao menos interrompemos a sequência negativa e conquistamos nosso primeiro ponto na competição. Na saideira, pegamos o já eliminado Novo Horizontino, no confronto dos piores do grupo. Depois de não tentarmos marcar gols nas outras cinco partidas, ganhamos um pênalti. Edu Pina bateu e marcou o primeiro gol da equipe na Série D. Além disso, essa foi a primeira vez que saímos na frente do placar. Sustentamos a vantagem até o começo do segundo tempo, os donos da casa empataram e foram buscar a virada.

AA-Caldense_-Calendario-Senior7f8d72da57
v Novo Horizontino (C) | v Operário (F) | v Tupi (C) | v Tupi (F) | v Operário (C) | v Novo Horizontino (F)

Metade das minhas previsões para o grupo se concretizaram, com o Tupi conquistando a primeira posição e seguindo adiante. O Operário que se mostrou um clube bem diferente do que eu previ, passando em segundo lugar. Pessoalmente, a Caldense foi uma grande decepção, mas em termos de previsões e expectativas externas, deu a lógica.

AA-Caldense_-Competicoes8c955da2f237594d

Fomos a 62ª "melhor" equipe do campeonato, o que equivale dizer que fomos a sétima pior equipe da Série D. Como eu dispensei Jean Henrique após a segunda partida da Série D, jogamos boa parte dela com quatro atletas reais no clube. Acabei optando por limar Jean Henrique para corrigir a questão salarial, já que Davy renovou até o final da temporada que vem e eu acabei passando do teto salarial. Não podia deixar a pressão financeira adicionar-se a pressão por resultados, afinal de contas, tenho que me manter no cargo. Ao final da competição, liberei Omar Santos e Alexandre.

Henrique-Melo_-Inbox-309157bbf4b095a69.p

Notícias, informações e estatísticas da Caldense

Share this post


Link to post
Share on other sites
Thiago Snitram

Vixe desempenho bem abaixo do mineiro, mas já não era de se esperar muita coia. Vamos ver com esse pouco dinheiro que entrou se vem uma fornada descente. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Série D muito complicada, a equipa não conseguiu confirmar o bom estadual, e foi visível a diferença entre a sua equipa e os adversários. Resta torcer para que apareçam bons jovens para que a situação melhore.

Edited by Master Darthz

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Ih rapaz, eu achei que ia fazer melhor na Série D. Pelo visto há muito caminho pela frente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
André Honorato

aguardando agora a base pra ver como ela vem, vai ter que contratar praticamente todos

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vannces

Olha, esse desempenho não me parece ser o mais preocupante, apesar de decepcionante, mas a necessidade de qualificar o elenco e na contra-mão dessa necessidade, a falta de dinheiro para tal deve ser o maior desafio, está sendo na verdade. Algum coelho para tirar da cartola?

Share this post


Link to post
Share on other sites
LikeaBoss

Eu andei um pouco afastado do fórum nos últimos tempos, mas fiz questão de relogar aqui para comentar no seu tópico.

Embora o Brasil seja uma bagunça, eu sou um fã de nossa liga e com certeza vou acompanhar sua saga. Gostei muito da escolha da querida Caldense, que em 2003 eliminou meu Juventude (na época na Série A) nos penaltis na copa do brasil.  Eu estava no estádio;

Achei também muito interessante a idéia de utilizar a base, acrescenta um desafio extra ao se jogar no Brasil.

A primeira temporada teve uma ótima participação no Mineiro, até acima das expectativas pela forma em que dificultou o jogo pro Cruzeiro, já no Brasileiro não teve o que fazer, com apenas 5 jogadores reais era bem complicado mesmo.

Só estranhei o fato de você, tendo apenas 5 jogadores reais, já ter liberado 3. Até fui reler as regras do save para entender se você teria se restringido a não poder renovar com eles. Ainda mais pensando que os jogadores da fornada levariam ainda no mínimo de 2 a 3 anos para estarem "prontos". O Jean Henrique foi pela questão salarial. Mas porque os outros 2 jogadores foram liberados? Não seria interessante mantê-los para ir mesclando com os jovens? Achei que agora no inicio seria interessante você segurar o máximo possível de jogadores. Bem como, creio que na fornada contratará todos jogadores possíveis, sem avaliar até não ter pelo menos o número de jogadores suficiente para realização de um coletivo nos treinamentos. hahahaha

Abraço e boa sorte na próxima temporada!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Matías

Uma campanha horrível da equipe, já não era de se esperar muita coisa com o elenco limitado que tinha, mas sair de um campeonato nacional sem nenhuma vitória é muito constrangedor. Ansioso pra ver as categorias de base em ação nesse time.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perissé

Eu tentei ser otimista quando examinei o seu grupo na atualização passada, mas sendo o mais pessimista possível não esperava isso. Parece que o Mineiro serviu pra iludir com aquele empate maroto contra o Tupi.

Enfim, ao menos agora terá xóvens vindos da fornada e não dependerá de quatro jogadores reais novamente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

A qualificação da Caldense dentro do esperado na fase inicial do Mineiro e a quase zebra diante do Cruzeiro me deram a falsa esperança de uma campanha boa na Série D, mesmo com a infinidade de jogadores cinzas no elenco. Doce ilusão. A campanha foi bem fraca, mas não dava para exigir muito mesmo, as coisas serão feitas degrau por degrau neste save.

E aí, rola um "rebaixamento" pela posição que ficou ou a Série D é sempre recomposta pelos classificados pelos estaduais e em 2020 a Caldense está garantida pelo 7º lugar de 2019 e pelas demais equipes mineiras nas três primeiras divisões. Fiquei sem compreender.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • AlexVivas
      By AlexVivas
      E aí, meus amigos managers, beleza? Após o "acidente" envolvendo o falecimento precoce do Alphabet Challenge, volto com um novo desafio. 
      Não tenho certeza, mas acho que a partir da Copa do Mundo de 1994 venho percebendo que muitas Seleções vêm meio que priorizando os atletas que jogam fora de seu país, menosprezando o futebol local. Pesquisando mais a fundo me deparei com a imagem acima, o emblema da Legião Estrangeira e seu Lema.
      Então decidi fazer uma nova saga de "volta ao mundo" treinando somente em países onde a maior parte da Seleção Nacional joga no exterior. Desta vez a jornada não será em ordem alfabética, e sim de acordo com o ranking de seleções da FIFA de 20 de Dezembro de 2018. Criei uma tabela no Excel dividindo todas as Seleções em 08 "grupos" distribuídos conforme as Licenças de Treinador do FM: Nenhuma - Nacional C - Nacional B - Nacional A - Continental C - Continental B - Continental A - Pro Continental. 
      Dessa forma, a trajetória se torna mais realista, onde um técnico começa no meio amador e alcança o status mundial no fim da carreira. Vejamos abaixo as metas que nortearão este save:  

      nacionalizar a Seleção, fazendo pelo menos 80% a 90% do elenco jogar no País, independente do Clube; feito isso, fazer pelo menos 50% da Seleção jogar no Clube escolhido; o Clube escolhido deve ser o maior campeão da Liga Principal/Primeira Divisão;  nacionalizar o Clube, vendendo todos os jogadores estrangeiros, com exceção dos atletas Naturalizados, os quais aparecem como primeira Nacionalidade a do país ativo; priorizar a venda dos jogadores dispensáveis para os demais clubes do país, nivelando a Liga e tornando-a mais competitiva; tentar trazer as maiores lendas do país para o Staff do clube; tornar o Clube hegemônico em todos os campeonatos Nacionais. Caso ele já seja soberano no país, tentar ser o maior campeão Continental; o prazo para alcançar a hegemonia segue a seguinte fórmula: nº de títulos do maior campeão + 1;   melhorar o nível do futebol local chegando o mais longe possível nas competições Continentais, aumentando a quantidade de clubes que disputarão as mesmas e assim tornando o País mais atrativo para os atletas locais; reiniciar o FM ao concluir o país em questão. Essa nova jornada é baseada no artigo "Construindo uma liga Competitiva" do nosso colega @ggpofm e na saga "Uma só Nação" do @Henrique M..
      Grande abraço !!
       
    • andre lp
      By andre lp
      Olá pessoal.. atualmente comecei um save com o manchester city no fm, devido a sua qualidade de jogadores e o ainda pequeno histórico de títulos, meu objetivo é criar uma hegemonia de muitos anos com ele e conquistar a Europa diversas vezes, mas respondam aí, o que vocês acham de começar com times grandes ? Eu tinha até pensando em postar meu save na profissão manager, entretanto, só vejo gente começando com times bem pequenos.
    • Johann Duwe
      By Johann Duwe
      Fonte
       
       
      Fonte
      Inspirado no Ypiranga do @Leonardo Moreno e no Tupi do @marciof89 vem aí mais um save em terras tupiniquins, eu, pessoalmente, não gosto de jogar no Brasil, mas irei abrir uma exceção pois como disse o @CCSantos, promessa é dívida.
      A cidade de Joinville é mais reconhecida pela sua equipe de Futsal, que por muitas vezes eu vi jogar contra a equipe de Malwee/Jaraguá quando a mesma tinha o craque Falcão e tantos outros dando show.
    • Luchín
      By Luchín
      Prólogo
      Após quase dois anos ausente do fórum, devido à vários motivos, o lançamento de uma nova versão do Football Manager me trouxe novamente até aqui e estar no fórum e ler algumas excelentes histórias de alguns companheiros, é impossível que o bichito não te pique. Ainda não me adaptei completamente a essa nova versão, que, para quem vem do FM17, apresenta muitas novas features, principalmente no âmbito tático e de controle de plantel, mas, como vinha tendo algumas dificuldades para me empolgar em saves offline, acabei me decidindo a contar uma história, que, de antemão, afirmo que será simples, nada mais que um relato do que estou jogando. 
      O clube escolhido é o Fútbol Club Andorra, que participa da pirâmide espanhola, estando, na vida real, na Preferente Catalana, equivalente ao quinto nível, mas como a expansão de ligas ainda não está completa, o coloquei na Tercera División, que é o quarto nível, substituindo a equipe de menor reputação presente. 
      A minha ideia para esse save será utilizar apenas jogadores andorranos. Para isso, habilitei, além da pirâmide espanhola, as duas divisões do futebol andorrano. 
      O treinador do clube será o ex-zagueiro Antoni "Toni" Lima, que, apesar de nunca ter atuado no clube, é um dos maiores jogadores da história do futebol andorrano. Antoni tem um irmão mais novo, Ildefons, que atualmente atua no próprio futebol andorrano, mas foi formado no FC Andorra e rodou por vários clubes, passando até mesmo pelo futebol da América, onde atuou no Pachuca. Via editor, coloquei o no clube para que termine sua carreira onde começou e "comandado" pelo irmão. 
      Concluindo, acredito que possa não receber a melhor recepção nesse retorno, pois cometi erros no passado, ofendi alguns membros desnecessariamente, e sei que após errar, a confiança não retorna de imediato, mas espero pode demonstrar que os erros ficaram no passado e que retorno à área com uma nova forma de pensar e me comportar. De todas as maneiras, um sincero pedido de desculpas para aqueles com quem não me portei bem no passado.
      Espero me divertir e que vocês também se divirtam com a história.
      Luiz. 
    • Xandrovsky
      By Xandrovsky
      Tudo começa com a idéia de ter uma equipe "Equilibrada". Defender com solidez. Recuperar a bola e, quando em posse, ter condição para criar jogadas. Joga curto onde precisa jogar curto. Joga longo quando precisa jogar longo. Jogadas pelas pontas, tabelas pelo meio campo. Equilíbrio. A formação que escolhi para acomodar tal idéia foi o 3-4-3.
      Funções:
      Goleiro Libero (Defesa): Um goleiro que avance um pouco a frente. Que tenha como prioridade jogar simples. Nada de lançamentos arriscados. Passes curtos quando necessário para o time controlar a posse. 
      Defensor Com Bola (Defender): Jogando pelos lados da defesa, esses jogadores são os responsáveis por começar as jogadas. Podendo tentar passes longos para os pontas, ou sair jogando curto devido a boa distribuição ofensiva. Defensivamente São os Pilares na Bola Aérea. Zagueiros altos e fortes são altamente recomendados para essa posição. Vão jogar mais abertos quando em posse. E bem compactados quando defendendo. 
      Libero Ofensivo (Suporte)/Defesa com bola (Cobertura): O zagueiro Técnico, mais rápido. Funciona quase como um meia defensivo. Jogando centralizado, é o Zagueiro que vai cobrir as costas da sua defesa. Vai avançar pouco quando em posse, mas fará o suficiente. 
      Esses três zagueiros saem jogando bem, e também formam Uma Parede Defensiva com um homem em cada setor. Bolas afastadas da defesa são facilmente recuperadas pela nossa equipe. Defensivamente São um bloco sólido Junto dos Alas, formam Uma Linha q dificilmente se desfaz. Quando um deles sai, o outro da cobertura. É simples. Superioridade numérica. De forma simples. Com jogadores que estão acostumados a jogar defensivamente. Solidez.
      Defensor Ala Invertido (Suporte): O coração da equipe é aqui. Vão defender como laterais. Fechar a Linha de 5. Em posse, tornam-se o link entre a Defesa e o ataque. Com passes simples, muitas vezes entre eles, a equipe espera o momento correto de avançar a bola. Quando a equipe perde a posse. Ou combatem o adversário direto por dentro, ou retornam a sua posição de lateral. Fechando a Linha de 5.
      Mezzala (Ataque): Sem a bola vão fechar a linha de 4, vão precionar mais. Se a linha de 5 defensores é mais solida, A linha de meio campistas é a que irá fazer a pressão. Vão participar com toques simples e se apresentar constantemente em posições de finalização. Vão fazer muitos gols da entrada da área, ou com corridas tardias a área adversária. Vão se posicionar como opção de tabelas para os pontas. 
      Extremos (Apoio): São os jogadores que vão fazer a diferença. Jogando abertos, a equipe funciona para que eles estejam em situações de 1x1 contra um defensor adversário. Velozes e bom dribladores. Devem aproveitar dessa situação, bater o marcador e decidir a assistência. Defensivamente fecham a linha de 4. 
      Ponta de Lança (Ataque). Centroavante clássico. Vai preferencialmente estar dentro da Área para finalizar. Mas também irá cair pelos lados do campo. Sua função defensiva é incomodar a zaga adversária com sua presença. Não dando combate, mas sendo uma ameaça constante ofensivamente. Aproveita dos espaços deixados pelos laterais adversários. Abrindo a defesa adversária e puxando contragolpes. 
×