Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Henrique M.

Como funciona o sistema de treinos no FM 2019?

Recommended Posts

Henrique M.

7GYEYTe.png

O sistema de treinos no FM 2019 foi uma das grandes novidades da edição desse ano. É uma mudança que os fãs da série vem pedindo há muito tempo e com bastante barulho. O novo sistema de treinos no Football Manager 2019 é uma versão mais complexa do que estávamos acostumados a ver nas edições anteriores do jogo. Se você estiver jogando uma versão antiga do jogo, o novo sistema pode gerar confusão, já que não funciona como nas versões anteriores. Portanto, para o FM 2019 nós precisamos reaprender como os treinos funcionam.

O primeiro grande erro que você pode cometer com o novo sistema é compará-lo com as versões passadas. Não importa quão bem ou mal você achava que conhecia o antigo sistema, esqueça tudo e olhe para os treinos no FM 2019 com olhos de iniciantes, se não, você irá ter muitas dificuldades.

Nos últimos anos, a Sports Interactive recebeu muitas críticas da comunidade de jogadores por não se importar com as coisas e por ser vaga a respeito das funcionalidades dos jogos. Mas nesse ano, eles mudaram a filosofia e estão melhorando o relacionamento com a comunidade em geral. Nesse ano, principalmente Miles Jacobson, Marc Duffy e Seb Wassell passaram a fornecer as informações mais facilmente para os criadores de conteúdo.

Em especial, Seb Wassell merece muitos créditos em cima dos novos treinos no FM 2019 e também na ajuda que tem fornecendo na transição do antigo sistema para o atual. Esse guia não existiria sem o seu auxílio. Ele respondeu nossas dúvidas e nos deu informações que não existiriam sem sua ajuda.

Entretanto, antes de mergulharmos no guia, é importante ressaltar que o novo sistema de treinos é muita mais realista que as versões anteriores. Isso significa que não é sobre encontrar números mágicos quando se trata do desenvolvimento de jogadores e as coisas serão muito mais lentas em termos de desenvolvimento se comparadas com a antiga "fórmula". Agora será mais raro ver jovens jogadores com atributos maximizados em idades mais tenras. O mesmo é válido para o ganho de personalidade, esse também serão mais lentos. Essa provavelmente será uma grande mudança para a maioria e será necessário algum tempo para adaptar.

Mentoria e treinamento

Com o lançamento do Football Manager 2019, vimos grandes mudanças em como treinamento e mentoria (anteriormente tutoria) funcionam. O FM 2019 deu um passo adiante com relação a realidade em como esses dois sistemas funcionam dentro do jogo mas ao mesmo tempo, nos livrou das complicações das versões anteriores do jogo. Isso significa que não precisamos mais nos preocuparam com o que ocorre debaixo do capô e acima de tudo, podemos nos focar nos aspectos do jogo. Nas versões mais antigas, parecia mais com uma adição de números para achar a fórmula perfeita e quando você encontrasse esse número mágico, você não iria falar.

Agora, contudo, isso tudo mudou. Por isso, agora iremos dar uma olhada nos dois sistemas e discutir as mudanças e o que elas significam para todos jogando o Football Manager 2019

Mentoria

A mentoria substituiu a tutoria, como a conhecíamos nas versões anteriores. É similar no que ela faz aos seus jogadores mas a forma como funciona é muito diferente. Enquanto muitos sabiam que a personalidade era supostamente apenas uma parte da equação geral para um jogador atingir o seu potencial, era muito simples chegar lá se o jogador tivesse a personalidade certa. Normalmente isso podia ser alcançado apenas jogando normalmente. Quer você admita ou não, não era uma maneira muito realista e era quase uma maneira de explorar as mecânicas do jogo.

Tudo parecia muito fácil, já que estávamos derrubando o sistema e era muito simples ter muitos jogadores com atributos maravilhosos para suas idades. Enquanto deveria ser possível ter jogadores com bons atributos em idades mais jovens, não deveria ser tão frequente quanto era. Logo, mentoria é o que temos agora e ela apresenta uma abordagem mais realista enquanto segue mais ou menos como funciona na vida real. Muitos queriam essas modificações ao longo dos anos e agora nós temos.

Agora é necessário para de pensar em como as mecânicas funcionam, já que a Sports Interactive mudou para um caminho em que devemos pensar nas coisas de uma maneira mais realística. O que é justo e a abordagem correta. Com isso em mente, é extremamente improvável que os atuais cálculos serão descobertos novamente, portanto, não esperem o surgimento de uma fórmula mágica. E se você ver alguém falando sobre porcentagens ou de exatamente como funciona internamente, saiba que isso é falso. Apenas a Sports Interactive sabe dessas coisas agora.

Como a mentoria funciona?

Enquanto o antigo sistema de tutoria era mais fixada em um conjunto fixo de regras, as novas opções de mentoria são mais orgânicas e realistas. Isso é refletido dentro do jogo com sugestões através de conselhos e dicas. O jogo nos dá um feedback muito melhor sobre o que afeta o ajusta de personalidades e mostra isso para o jogador de uma maneira clara.

Os jogadores precisam estar treinado juntos para mentorarem um ao outro, assim como passando tempo em conjunto fora dos treinos. Isso significa que os jogadores tem que estar no mesmo elenco. Você não pode mais ter um jogador do time principal tutorando um jogador do sub-18. Agora eles tem que estar treinando juntos no mesmo elenco. Logo ou você rebaixa o jogador do time principal ou promove um jovem jogador para o time principal de forma a criar uma unidade em que ambos possam participar.

Quando você estiver tentando influenciar os jogadores, o sistema do jogo irá olhar para as seguintes coisas:

  • Idade do potencial jogador influenciado;
  • Número de jogos no time principal do potencial jogador influenciado;
  • Diferenças na hierarquia entre os jogadores;
  • Grupos sociais existentes entre os jogadores (em suma, o quão compatíveis eles são);

Não existe uma idade limite em termos de mentoria. A idade funciona da mesma forma como os outros fatores, impactando qual a probabilidade do jogador ser influenciado naquele momento.

Se o jogador preenche os critérios acima, é mais provável que o jogador influenciado tenha sua personalidade modificada para a dos mentores. Se o jogador que está sendo mentorado não preenche nenhum dos critérios, então não existe chances de ocorrer um ajuste de personalidade. Se existe uma chance de ocorrer um ajuste de personalidade, então essa chance é potencializada se eles estirem no mesmo grupo de mentoria ou unidade de treino (portanto, é importante colocar zagueiros para mentorar zagueiros, atacantes para mentoras atacantes e assim por diante).

Os jogadores ainda podem ser influenciados pela personalidade do time e pela personalidade dos outros jogadores que estão no mesmo grupo social deles, assim como no Football Manager 2018. Você deveria dar uma olhada nos grupos sociais e observar quais jogadores estão em quais grupos, já que você pode descobrir se eles estão sendo influenciados positivamente ou negativamente pelas diferentes personalidades. É improvável que seu capitão será arrastado para baixo por outros jogadores do clube, mas não é impossível se a combinação se a combinação de critérios sugerir que seu capitão seja influenciado por outros.

Outra novidade no FM 2019 é que aquela opção de dar boas-vindas a uma nova contratação agora também serve para criar uma espécie de mentoria um-para-um entre a nova contratação e o jogador que irá recebê-lo.

Os jogadores ainda podem passar características (MPJs), se o individuo compartilha uma posição similar aqueles que estão na unidade de mentoria.

A Mentoria é mais lenta que o antigo sistema de tutoria. Você não deve esperar que um jogador não-profissional se torne profissional da noite para o dia, ou até mesmo ao longo alguns poucos meses.

Treinamento

O novo sistema de treinos no FM 2019 parece complicado mas é fácil de entender depois que você se acostuma com como ele agora funciona. Os treinos agora influenciam o quão bem seu time joga com sua tática. Os programas de treinos podem influenciar a familiaridade tática dos jogadores com os sistemas táticos e providenciar certas vantagens para as partidas seguintes. A sua tática primária agora define a identidade tática do seu clube, o que ajuda a determinar quais tipos de treinos planejar.

Então, se você adotar o "Tiki Taka" como estilo tático, enquanto nada lhe impede de adotar uma abordagem equilibrar nos treinos, um planejamento focado nos atributos que ajudam a executar melhor o estilo escolhido irão ser mais positivos para o time. Naturalmente, a última opção demanda mais tempo e um pouco mais de planejamento.

O FM 2019 provê aos treinadores uma maneira mais orgânica de treinos, onde eles podem decidir o que focar ao longo de uma semana. Até por isso, times semi-profissionais e amadores tem um cronograma reduzido para refletir o fato de que eles tem consideravelmente menos tempo de treinos que os times profissionais. Os elencos de base também tem seu próprio cronograma, mas eles podem ser treinados da mesma forma que o time principal, se assim for desejado.

Novos elementos dos treinamentos

Cada dia é dividido em três sessões de treinos: sessão 1, sessão 2 e sessão extra. E existem sete dias na semanas, o que lhe fornece um máximo de 21 sessões de treinos. Como treinador, você é livre para deixar o treinamento sob o comando do seu assistente técnico, ou você pode criar um cronograma específico. Essas são algumas limitações que você irá encontrar caso opte por criar o seu próprio cronograma de treinos no FM 2019:

Sessões

  • Cada sessão tem um número máximo de vezes que pode ser adicionada em uma semana de treinos;
  • O máximo para uma mesma sessão é sete. As exceções a isso são: Preparação do jogo, Recuperação, Prévia do Jogo, Revisão do Jogo, Descanso, Cobranças de Pênaltis, Atividades Comunitárias e Coesão da Equipe;
  • A revisão do jogo requer um Analista de Dados e recuperação requer um fisioterapeuta, cientista do esporte ou doutor;
  • Prévia do Jogo e Revisão do jogo só podem ser selecionadas em dias adjacentes a uma partida;
  • Toda sessão é feita em cima de alguns "impactos": atributos, familiaridades táticas e efeitos para a próxima partida. Atividades extracurriculares também impactam a confiança dos fãs e o moral.

Regras para o dia do jogo

  • Todas as partidas ocupam a sessão 2, não importa a ora do jogo. Realisticamente, o dia inteiro é dedicado a uma partida;
  • Quando você estiver criando o seu próprio cronograma, apenas a sessão 2 pode conter um jogo;
  • Todo dia de jogo padrão, seja aqueles incluídos nos templates ou quando adicionados em um cronograma customizado, tem as seguintes sessões: Descaso, Previa do Jogo e Recuperação.
  • Tudo menos a sessão 1 e a sessão extra de descanso são editáveis, mas eu não recomendaria trocar as sessões de recuperação ou Prévia do jogo, já que essa contém o briefing tático;
  • A sessão 1 antes do dia do jogo não tem regras, varia baseada no template;
  • Se a partida é fora de casa, as sessões de descaso podem virar sessões de viagem;

Regras para as sessões de viagem

  • Uma viagem irá ocorrer se a partida é fora de casa e a distância entre os estádios for superior a 24 km;
  • Existem dois tipos de viagem: Curta e Longa;
  • Viagens curtas significam durante a sessão 1 e sessão extra antes e depois do jogo;
  • Viagens longas significam viajar durante a sessão 2 do dia antes do jogo e sessão 1 depois da partida;
  • Quando a viagem ocorre em um slot que anteriormente tinha algo além de descanso, o que só ocorre na pré-temporada ou em cronogramas customizados, a sessão será substituída.

Partidas adiadas ou modificadas

  • Por padrão, todos os templates tem uma versão 0, 1 e 2 de uma partida. Elas são aplicadas conforme apropriado. O treino de jogo ocorrem nos dias em que são aplicáveis;
  • Por padrão, os dias de jogo em todos os templates são Sábado (1) e Terça-feira (2);
  • Se a partida ocorre em um dia além desses, ou é adiada, o seguinte ocorre: O dia de jogo e todas as sessões requeridas são movidas para o dia apropriado; o dia que estava anteriormente planejado é distribuído ao longo da semana; os dias subsequentes também são distribuídos, preenchendo o dia de jogo anterior e abrindo espaço para a nova data enquanto mantém o estilo do cronograma;
  • Se existe três ou mais partidas em uma semana, é utilizado um cronograma especial para excesso de jogos;

Impactos

Existe uma carga geral de treinos que é o efeito cumulativo das atividades física do jogador durante um período de tempo específico. Ao longo do processo de treinos no FM 2019 você tem que tentar equilibrar a carga geral de treinos, com o foco individual, o número de jogos e a intensidade dos treinamentos. Seu time médio irá lhe alertar se você estiver exigindo muito de um atleta e você será informado dos níveis de treino dele.

Você pode aumentar a intensidade do treinamento ajustando os programas ou adicionando programas mais intensos para que a intensidade diária passe dos 100%. Quando isso acontece existirá mais risco de lesões, cansaço, e condições físicas piores.

Vale lembrar que enquanto é bom ter três ou mais táticas, adicionar mais táticas secundárias significa que seu time demorá mais tempo para adquirir familiaridade total com todos os sistemas.

Unidades de treinamento

Um elenco é dividido em três unidades para os fins dos treinos. Essa são a Unidade Ofensiva, Unidade Defensiva e a Unidade de Goleiros. Quando bolas paradas são treinadas, os cobradores de faltas, como designados em suas táticas, temporariamente forma uma unidade própria.

Como treinador você irá decidir quem pertence a qual unidade para fins de desenvolvimento nos treinos. Enquanto um treino especificamente trabalha o desenvolvimento de atributos para apenas aquela unidade, os outros irão passar tempo treinado no desenvolvimento de atributos relativos a sua função específica. A unidade que é o foco primário da sessão é a que sofrerá o maior impacto.

Por exemplo, na sessão de treino Defender Bolas Rasteiras, o trabalho e desenvolvimento de atributos é focado na unidade defensiva, enquanto as unidades ofensivas e de goleiros focam no desenvolvimento de suas funções individuais. Nesse exemplo, o desenvolvimento da unidade defensiva é focada em um conjunto específico de atributos, enquanto no restante dos jogadores é menos e mais focado em atributos relativos à sua função. Na sessão Atacar pelas alas, a unidade ofensiva ataca a unidade defensiva. A unidade ofensiva é o foco dessa sessão, logo recebe uma maior atenção dos preparadores.

É importante entender como as unidades são organizadas quando você quer desenvolver seu próprio cronograma de treinos no FM 2019, já que isso impacta o desenvolvimento dos jogadores.

Temos algumas estratégias que você pode usar quando compreender como dividir seu elenco em Unidades. Além disso, dois exemplos serão fornecidos sobre como você pode abordar o treinamento com base no que você quer alcançar:

Estratégia equilibrada

Você opta por não atribuir funções específicas, deixando os jogadores em funções genéricas como o meia central, por exemplo. Quando você divide o time, você não distribui funções específicas deixando que o jogo assinale o desenvolvimento de atributos baseado nas funções que você tem utilizado nos seus jogos.

Enquanto isso pode funcionar, é genérico e não cria nenhuma identidade tática para o clube. Se você acredita que isso pode gerar a identidade tática que você deseja, então nada lhe impede de utilizar esse caminho.

Estratégia baseada em funções

Nessa estratégia você observa cada jogador e define suas funções com a meta de vê-los se tornarem melhores dentro de uma estratégia tática geral. Essa abordagem também inclui focos específicas para fortalecer certas áreas do desenvolvimento de um jogador.

Aqui você está criando um identidade tática específica para o seu time, entretanto, a identidade tática do seu time pode ser refinada, se você entender os estilos que você está tentando alcançar. Aqui é onde a ligação entre táticas e treinos começa a existir.

Existem diversas estratégias que você escolher e o jogo vem com estilos táticos pré-definidos para te ajudar a começar. Assumindo que você deseje adotar o Tiki Taka como seu estilo tático, quando você vai ao cronograma e quer criar um específico para o seu estilo de jogo, já existem cronogramas padrões que te ajudam a desenvolver atributos nessa direção.

Jogadores mais experientes podem facilmente adaptar esses estilos em seus próprios ou criar um estilo tático do zero e depois desenvolver estratégia de treinamentos especificamente desenhas para eles. Essa é uma abordagem extremamente especializada, entretanto, para conseguir resultados, alguém tem que entender completamente nas condições sob as quais está trabalhando.

Avaliação dos treinos

Para manter controle sobre a performance dos jogadores nos treinos no FM 2019, cada jogador é atribuído com uma nota que vai de 1 a 10. Essa avaliação é direcionada a sua performance num período de sete dias. Geralmente, qualquer valor acima de 6,5 é considerado aceitável pelo jogo. Mas você pode fazer suas próprias decisões do que é aceitável ou não.

A avaliação dos jogadores é feita de algumas coisas, incluindo desenvolvimento de atributos e moral. Enquanto não afeta diretamente a performance em uma partida, um jogador que está desenvolvendo bem e tem um moral mais alto, logo uma avaliação de treino elevada, irá ir bem durante uma partida (relativo a sua própria habilidade, é claro).

Foco individual no treinamento

Cada jogador pode ser atribuído a uma posição, função ou tarefa para ser treinado e isso irá determinar quais atributos serão desenvolvidos. Você também pode assinalar treinamento individual extra e controlar a intensidade que um jogador deve treinar. Isso é chamado de Foco Adicional.

Untitled-1.png.890f7868d4b46aefb3d2737a324098cf.png

O nível de intensidade do treino do time inteiro pode ser determinado na aba de descanso. Nela você pode automatizar a intensidade baseada na condição física dos seus jogadores.

Quando um jogador tem uma carga individual de treino média, ele pode fazer uso de um treino de foco adicional, desenvolver alguma característica (MPJs) ou ter sua intensidade de treino aumentada. Quanto mais profissional um jogador for, maiores a chances de ele se dar bem com uma carga extra de treinos.

Existem diversas partes no sistema de treinos agora, mas a parte dos atributos colabora para o desenvolvimento em áreas específicas, portanto, quanto mais tempo gasto em um atributo, maiores a chance de desenvolvê-lo.

Existem quatro tipos de programas de treinamentos que focam no desenvolvimento sobre diversas áreas. Alguns programas de treino melhoram a familiaridade tática ou atributos de um jogador. Outros podem focar especificamente em um certo grupo de atributos. E finalmente, existem aqueles que não melhoram nenhum desses, mas focam na melhoria do condicionamento do jogador, trabalhando em cima da Condição de jogo, cansaço, etc.

Se você achar que um jogador precisa melhorar em uma área específica, como cabecear, por exemplo, e isso não for coberto por nenhum dos focos individuais, então você pode ter que ajustar o seu regime de treinos para incluir várias sessões que incluam o cabeceio como um alvo de melhoria. Nas versões anteriores do jogo, ser capaz de fazer isso especificamente era irreal. No FM 2019, você precisa montar suas unidades ou o sistema de treinos para incorporar isso, para que o cabeceio do seus jogadores melhore. Um exemplo de um regime de treinos que melhora isso, é o treino de "Jogo Aéreo".

Tipos de treinamento coletivo

Os quatro tipos de treinamento podem ser divididos em: Treinamento Geral, Treinamento de Unidades, Treinamento de Condicionamento e Treinamento Específico.

  • Treinamento geral: São regimes de treinos que cobrem uma ampla área do desenvolvimento, incluindo, mas não limitada à uma vasta extensão de atributos e familiaridade tática. Alguns exemplos são Global, Jogadores de Campo, Físico, Atacante, Defesa e Tácticas.
  • Treinamento de Unidades: são regimes de treinos que dividem o elenco nas unidades defensiva e ofensiva e trabalham diversas aspectos do jogo, cobrindo um desenvolvimento mais específico de atributos, que podem incluir a familiaridade tática. Alguns exemplos são Formato Defensivo e Movimento Ofensivo.
  • Treinamento de Condicionamento: são regimes de treinos que não focam no desenvolvimento de atributos, mas focam na melhoria do condicionamento físico, cansaço, condição de jogo, coesão da equipe e felicidade. Alguns exemplos são Atividades Comunitárias, Coesão da Equipa e Ritmo de Jogo.
  • Treinamento Específico: são regimes de treinos que não incluem a familiaridade tática no desenvolvimento de atributos, mas faz um trabalho mais específico em cima de certos atributos. Alguns exemplos são Livres Ofensivos, Livres Defensivos e Pênaltis. 

Impacto do treino

Quando você escolhe qualquer regime de treinos, você precisa checar quem o treino irá afetar. Isso é facilmente encontrado ao fazer uma avaliação minuciosa de qualquer regime disponível. Assumindo que você deseja designar uma sessão de treinos para seus Goleiros, e quer trabalhar o Jogo de Mãos, é só ir no calendário, selecionar a opção e observar o impacto que ele terá.

372463213_Juventus_Calendrio.thumb.png.ca94c238bfddf18cd0bcd54204f91a44.png

Se escolhermos esse regime de treinos, a unidade de Goleiros irá receber 60% do benefício do treino em atributos como Jogo de Mãos, Alcance Aéreo, Concentração e Equilíbrio. O resto do elenco será dividido nas unidades Ofensiva e Defensiva, que receberam os 40% restante, divididos em 20% para cada unidade. Caso você não esteja trabalhando nenhuma função específica em um jogador, ele trabalhará na posição em que normalmente joga.

Criando regimes de treinamento interessantes

O objetivo de qualquer treinador é combinar regimes e programas de treino para dar as melhores condições para seus jogadores absorverem o estilo de jogo e se desenvolverem. Muito dos estilos táticos que existem no jogo já vem com seus próprios regimes e programas de treinos. Se você deseja fazer o seu próprio, entender como eles foram montados é uma boa maneira de começar.

Com isso, ficou bem mais fácil deixar sua equipe pronta para o que você deseja implementar. Por exemplo, ao assumir o comando de uma equipe que acabou de subir para a elite do seu país, pode ser uma boa ideia construir um estilo de jogo baseado em bolas paradas. E tudo isso aliado com a possibilidade de escolher uma unidade especial para treinar bolas paradas, aumentando suas chances de obter sucesso.

E o jogo agora também lhe dá a opção de montar diversos programas e fazer a preparação de jogo de acordo com um jogo em específico. Por exemplo, para um jogo mais complicado, você pode decidir adotar uma estratégia mais física e dura, dessa forma, você pode montar as sessões para trabalhar o aspecto físico ao longo da semana, apenas para essa partida em especial. Portanto, como você já percebeu, o sistema de treinos agora é mais orgânico e pensado para você desenvolver o estilo de jogo desejado dentro da sua equipe.

Por fim, é importante lembrar que cada sessão de treino cria chances que certas mudanças possam ocorrer nos seus jogadores. Essas mudanças podem ser:

  • Aumento do risco de lesões;
  • Melhora ou piora na condição física do jogador;
  • Cansaço;
  • Aumento do nível físico de Preparação para o jogo;
  • Coesão da equipe;
  • Felicidade do elenco;
  • Melhoria ou piora de atributos;
  • Certas vantagens para a próxima partida;
  • Familiaridade tática;

Agora também é possível montar um cronograma específico para a pré-temporada, para semanas onde você está jogando apenas um jogo, ou para semanas onde você joga dois ou mais jogo em um período de sete dias. E como já mencionamos anteriormente, você também pode modificar seu treino para trabalhar situações específicas para um adversário em especial. O seja, agora é possível dar mais atenção para aquele jogo decisivo do campeonato, ou um jogo de mata-mata onde só a vitória interessa.

E vale lembrar que enquanto nas edições anteriores do a preparação do jogo era separado do restante do treinamento da equipe, agora ele foi incorporado nas sessões de treino, por isso, você tem que ser mais atento se quer trabalhar a familiaridade tática, coesão da equipe, bolas paradas ofensivas e defensivas e até mesmo o entrosamento. No FM 2019, o sistema de treinos traz uma visão mais dinâmica para essa área do jogo.

Por fim, é importante ressaltar, que em condições normais de temperatura e pressão, o sistema de treino determina como um jogador evolui e não se ele evolui.

Preparadores e treinamento

Como o sistema de treinos do FM 2019 sofreu muitas mudanças, é necessário se readaptar. Por exemplo, quando você está no painel de Treinos e deseja editar as atribuições dos seus preparadores, você perceberá que as coisas agora também funcionam de forma diferente.

Anteriormente, as coisas eram divididas em diversas categorias (Físico, Guarda-Redes, Defensivo, Ofensivo, Táctico e Finalização) agora, são três categorias (Ofensivo, Defensivo e Posse de Bola), que por consequência, se dividem em duas sub-sessões (Técnico e Táctico). Ainda temos a mesma quantidade de estrelas para preencher, mas a nomenclatura e como funcionam mudaram.

Eles ainda podem ser atribuídos a diferentes categorias de treino e a qualidade do treino ainda é afetada pelos atributos dos preparadores e a carga de treino sobre a qual eles trabalham. Se a carga de treino é muito alta, a qualidade dos treinos cai. Se os atributos são baixos, a qualidade que ele oferece é baixa. A diferença entre quatro e cinco estrelas ainda é mínima, mas pode ser aquele ganho marginal que irá fazer a diferença durante a temporada.

Como sempre, ainda é uma questão de balancear a carga de treino e escolher os preparadores corretos. A maioria das categorias tem um atributo primário e secundário que você precisa observar para obter as melhores classificações. 

Uma mudança significativa foi feita no treino de goleiros no FM 2018, o que afeta a maneira como você trabalha Goleiros Líberos e a distribuição dos seus arqueiros, graças a nova categoria: Distribuição do GR. Basicamente, é o atributo que define a qualidade de um preparador de goleiros na hora de trabalhar a distribuição de bola no treino dos goleiros. 

Untitled-2.thumb.png.7cf8591628dad7c5f8975459cb0e6f59.png

Quando você observa os atributos dos preparadores e co-relaciona eles com os programas de treino, você irá perceber que certos preparadores funcionam melhor na melhoria de atributos específicos dentro de sua especialidade. Logo, é sempre uma boa ideia encontrar os preparadores certos para os objetivos de treinamento que você está buscando alcançar. Por exemplo, se você queria focar no desenvolvimento do Primeiro Toque do time como sua prioridade, você vai precisar encontrar os regimes de treino que cobrem isso e também irá precisar ter o preparador certo para a área de Posse de Bola - Técnico.

Além disso, vale a pena buscar preparadores que tenham estilo de jogo e uma mentalidade similares a que você deseja implementar no clube. Os seus treinos estarão em consonância com o estilo de jogo, facilitando a assimilação dos jogadores ao seu estilo.

Por fim, a qualidade do seu treino também é afetada pelas infraestruturas do seu time. Você precisa desenvolver continuamente suas infraestruturas para dar aos seus jogadores os melhores treinos possíveis. E não se esqueça que o custo que isso acarreta ao longo do tempo. Quanto mais você as melhora, mais caro o custo de manutenção delas.

Treinador Adjunto

Um treinador minucioso é capaz de ajustar precisamente o sistema de treinos no FM 2019 ao seu elenco e filosofia. Se você deseja controlar os treinos, então é normal que você mantenha o total controle sobre ele. Mas se você deseja repassar algumas (ou todas) as responsabilidades para o seu treinador adjunto, é importante saber que ele usam bem regimes de treino balanceados com base em algumas questões pertinentes, como:

  • Seus atributos, preferências e tendências;
  • Altura em que a temporada se encontra;
  • Tipo do clube;
  • Jogadores;
  • Táticas.

Se você está dando controle do sistema de treinos para o treinador adjunto, então é importante contratar um que reflita suas crenças e estilo. Dessa forma, será mais provável que ele selecione regime que se encaixam com sua filosofia, comparado com um adjunto que contraste com seu próprio estilo.

Alcançando Familiaridade Tática

O termo familiaridade tática refere a quão bem seu elenco entende o requisitos do sistema tático que você está jogando. Quanto mais um time entende o sistema tático, melhor ele irá jogar. Alcançar a familiaridade é fácil se você compreende o que ela compreende. A familiaridade tática é baseada em uma avaliação individual dos jogadores do elenco. E a coesão da equipe governa como o time atua em conjunto.

Para que um time se torne familiar com uma tática, os jogadores precisam desenvolver uma compreensão de Mentalidade, Passe, Temporização, Largura, Liberdade Criativa, Intensidade da Pressão, Marcação Posição/Função/Tarefa do jogador na tática. Essas informações estão visíveis no painel de táticas e pode ser checada individual no perfil do jogador, na aba Desenvolvimento - Treino.

Nessa página você também encontrará a Posição/Função/Tarefa que o jogador está treinando, o foco adicional que ele pode estar treinando, o nível de intensidade, relatórios de treino dos preparadores e relatório médico.

Como você melhora a familiaridade tática?

Isso ocorre ao adotar regimes de treino que incorporam a familiaridade tática como um dos seus elementos de desenvolvimento. Esses regimes são usualmente o Global, Preparação para Jogo, Atacante, Defensivo, Táctico e de Guarda-Redes.

Vale lembrar que sempre que você usa um novo sistema tático, você pode incorporar programas de treino dentro do cronograma de treinos para alcançar a familiaridade tática e os jogadores tem que jogar dentro de suas posições nas partidas para que os resultados apareçam. Só treino não é suficiente para melhorar a familiaridade tática.

E quando você está utilizando uma nova tática, a quantidade de familiaridade que seu time precisa ganhar dependerá de quanto a nova tática é diferente da anterior. Por exemplo, se você estiver usando um 5-3-2 e muda para um 5-1-2-2, a diferença é pouca e o time precisará apenas de jogar algumas vezes para se acostumar com a nova tática. Entretanto, se a mudança é radical, você irá precisar incorporar programas de treinos que incluam a familiaridade tática para que seu time se acostume com o novo sistema de jogo.

A velocidade de ganho de familiaridade depende da quantidade de táticas que estão sendo treinados, o time de sessões de treino que estão sendo usadas e se você conseguiu fazer que o máximo possível de jogadores se acostumassem em tempo. E nunca é de menos lembrar, as partidas são essenciais para que exista ganho de familiaridade. Numa pré-temporada onde você modifica muito o estilo de jogo, a quantidade de jogos recomendada para ajudar na adaptação é de 6 jogos, portanto, pense nisso quando mudar sua tática no meio da temporada, antes de definir se ela é realmente ruim.

Por fim, um time pode se tornar fluente em uma tática de 4 a 6 semanas, sob as circunstâncias corretas, entretanto é um alvo meio irreal, já que você teria que treinar só uma tática e estar sempre usando os mesmos 11 jogadores nesse período.

Considerações finais

Uma coisa que você pode ter dificuldades durante seu save é o cansaço dos jogadores, principalmente se seu time não tiver um Cientista do Esporte. O motivo por trás disso é que o cientista do esporte ajuda a gerenciar o cansaço ao longo da semana de treinos. Se você não tiver um, então, problemas com cansaço entre seus jogadores pode se tornar normal.

Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol.
Fonte: https://teaandbusquets.com/blog/football-manager-2019-training-module-how-it-functions
Banner: @_Matheus_

Compartilhar este post


Link para o post
Buzzuh

Mais difícil que meu TCC.

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
10 horas atrás, Buzzuh disse:

Mais difícil que meu TCC.

Traduzir também não foi moleza. Traduzi a primeira vez tem 1 mês e pouquinho, na hora que fui configurar, fechei o navegador sem querer e o fórum não salvou. Perdi mais da metade da tradução e deu uma brochada foda, fui animar a terminar só agora.

Compartilhar este post


Link para o post
senna889091
Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Logo ou você rebaixa o jogador do time principal ou promove um jovem jogador para o time principal de forma a criar uma unidade em que ambos possam participar.

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas? 

Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Outra novidade no FM 2019 é que aquela opção de dar boas-vindas a uma nova contratação agora também serve para criar uma espécie de mentoria um-para-um entre a nova contratação e o jogador que irá recebê-lo.

Agora são 4 opções geralmente. Queria saber oque cada uma faz 

Em 07/12/2018 at 18:40, Henrique M. disse:

Se você achar que um jogador precisa melhorar em uma área específica, como cabecear, por exemplo, e isso não for coberto por nenhum dos focos individuais, então você pode ter que ajustar o seu regime de treinos para incluir várias sessões que incluam o cabeceio como um alvo de melhoria. Nas versões anteriores do jogo, ser capaz de fazer isso especificamente era irreal. No FM 2019, você precisa montar suas unidades ou o sistema de treinos para incorporar isso, para que o cabeceio do seus jogadores melhore. Um exemplo de um regime de treinos que melhora isso, é o treino de "Jogo Aéreo".

Eu ainda acho que podia cobrir outros atributos atributos não citados e agrupá-los. Por exemplo o treino de posicionamento defensivo e movimentação ofensiva deveria incluir cabeceio ou o treino de impulsão. 

Em 08/12/2018 at 22:36, Henrique M. disse:

Traduzir também não foi moleza. Traduzi a primeira vez tem 1 mês e pouquinho, na hora que fui configurar, fechei o navegador sem querer e o fórum não salvou. Perdi mais da metade da tradução e deu uma brochada foda, fui animar a terminar só agora.

Te entendo, ja passei por isso, Like merecido

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
8 horas atrás, senna889091 disse:

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas? 

Agora são 4 opções geralmente. Queria saber oque cada uma faz 

Eu ainda acho que podia cobrir outros atributos atributos não citados e agrupá-los. Por exemplo o treino de posicionamento defensivo e movimentação ofensiva deveria incluir cabeceio ou o treino de impulsão. 

Te entendo, ja passei por isso, Like merecido

Creio que sim, mas o jogador do time principal provavelmente vai achar ruim de ser despromovido.

Não sei o que eles fazem exatamente ainda.

Isso aí é uma questão que a SI tem que rever, e só vão rever, se for sugerido, afinal de contas, devem achar que está tudo perfeito com o novo sistema.

Compartilhar este post


Link para o post
Douglas.
9 horas atrás, senna889091 disse:

Entao posso rebaixar um jogador do time principal, sem problemas, pra mentoriar  jovem do junior sem precisar subi-lo pros Reservas?

Tenho feito o contrário, coloco jogadores jovens pra treinar com o plantel principal mas deixo-os disponíveis pra jogar jogos pelo time de base já que não vão jogar no time de cima.

Compartilhar este post


Link para o post
senna889091
5 horas atrás, Douglas. disse:

Tenho feito o contrário, coloco jogadores jovens pra treinar com o plantel principal mas deixo-os disponíveis pra jogar jogos pelo time de base já que não vão jogar no time de cima.

É o que eu faço aqui

Compartilhar este post


Link para o post
bernardog

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Compartilhar este post


Link para o post
Henrique M.
3 horas atrás, bernardog disse:

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Colocando o treino que eles querem no cronograma.

Compartilhar este post


Link para o post
meninomiel

Eu não usava treino nos outros FM pq achava complicado kkkkkk

Mas vou tentar aprender.

Compartilhar este post


Link para o post
DiogoMatos
Em 08/01/2019 at 14:21, bernardog disse:

Alguns jogadores meus reclamam de "falta de atenção", como posso consertar isso?

Alguns deles inclusive tem treinos individuais, e reclamam mesmo assim.

E eu vario muito os treinos de cada semana, sempre procurando trabalhar todos os aspectos do elenco.

Pode ser ausência de preparado físico ou quando está com muitos jogadores e poucos preparadores.

Compartilhar este post


Link para o post
CapitaoX

belíssimo trabalho henrique, muita gent eme pergunta sobre o treino agora alem de aprender vou indica-lo vlw!!!

Compartilhar este post


Link para o post

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
  • Conteúdo Similar

    • hgvinicius
      Por hgvinicius
      Me ajudem, não consigo inscrever jogadores para a sul americana, a tela está travada na mensagem de inscrição, aí aperto pra responder e não tem como enviar os jogadores que selecionei, aí consequentemente fica travado o jogo, alguem sabe o que fazer??
    • Felipe Pessoa
      Por Felipe Pessoa
      Caso eu comece a carreira em algum clube que não possua Equipe B, ou até sub-23, sub-20, sub-18 etc... tem como solicitar para a direção a criação dela?
    • Herr Jones
      Por Herr Jones
      Considerações Iniciais: Depois de passar um perrengue no ano passado com o computador, que queimou placa mãe e processador, consegui, com esforço, retomar o save com o Cannes que vinha compartilhando aqui na área. Esse ano, no entanto, percebi que o meu Windows estava com algum problema e decidi formatar o computador; decisão que possibilitou fazer o sistema rodar com melhor velocidade e segurança, mas que, por um equívoco impensado, acabei perdendo um dos arquivos que usava como base de dados para o jogo e, com isso, fiquei impossibilitado de carrega-lo para dar sequência.
      Dessa vez, no entanto, como se pode ver pelo banner farei um save na Alemanha, pois não jogo há tempos por lá e tenho um particular apreço pelo estilo de futebol que se apresenta por lá. O clube escolhido, apesar da forma recente, possibilita uma progressão muito mais fácil do que eu tive no Cannes, por exemplo. Inicialmente fiquei em dúvida entre três times para iniciar, todos passando por maus bocados, então a escolha acabou sendo facilitada com a possibilidade de "facilitar uma rivalidade" durante o save. Posto isso, acredito que os objetivos mais plausíveis giram mais em torno do desenvolvimento do treinador do que do clube propriamente dito, já que a progressão do save na Alemanha, até onde me recordo, é bastante tranquila por conta das premiações/cotas de TV.
      Uma única observação é que o save não termina se eu for demitido do clube, tratei de criar um contexto para o treinador justamente para que caso alguma coisa dê errado na trajetória seja possível dar sequência em busca dos objetivos sem, necessariamente, ter que encerrar precocemente a carreira.
      O estilo de postagem será em formato de coluna de jornal, enfatizando alguns aspectos relevantes do período postado - mas nem sempre todos os aspectos de cada período. Para alguns, eventualmente, tratarei de forma específica em postagens.  Espero que vocês gostem! 🙂 
      Objetivos: Retornar à Bundesliga Ganhar a DfB Pokal Ganhar a Bundesliga Vencer a UEFA Champions League Entrar para o top 10 de treinadores mundiais Revelar um grande jogador para a seleção alemã Ligas Carregadas → base de dados grande + jogadores de Áustria, Polônia, Turquia e Croácia | carregados jogadores importantes das principais ligas europeias
      ***** **** *** ** * ** *** **** *****

      Bierofka não aceita renovação e se despede do clube
      por Dieter Friedrich | 18.06.2018 | 10:30 a.m.
      Apesar de ter conquistado o retorno dos leões à 3.Bundesliga como campeão regional da Bavária, o treinador optou por não assinar a renovação contratual com o clube para dedicar mais tempo à família, já que sua esposa está grávida. Também agradeceu à torcida que o acolheu com tanto carinho por suas duas passagens, sendo esta mais recente a maior delas: voltou como jogador ainda em 2007 e prosseguiu como atleta até 2014, quando se aposentou e tomou parte como preparador no clube de onde não saiu até os dias atuais.
      "Eu sou grato a tudo o que este clube me proporcionou, mas sinto que é o momento de me dedicar a minha família. Minha esposa está grávida novamente, então é o momento ideal para me dedicar com maior tempo a eles.", comentou Bierofka após a reunião com a diretoria. Entretanto, ele diz que "gostaria muito de ver o Heinrich comandando o clube. Conheci ele mais propriamente numa das aulas da Federação Alemã para progredir nas licenças e, além de ter sido um bom jogador, tem a cara dos leões. Uma pessoa dedicada àquilo que faz e que se doa para alcançar.", indicou o ex-treinador do clube.
      Com a indicação de Bierofka, a diretoria do clube estabeleceu contato para assinar com o ex-meio-campista Heinrich Weber, de 35 anos, para o cargo de treinador. Nascido na Alemanha Oriental, em Dresden na data de 31 de maio de 1983, o novo treinador do clube iniciou sua trajetória como jogador no Dynamo Dresden, atuando em sua primeira partida durante a temporada 1999/2000 e permaneceu por lá durante três temporadas, quando foi contratado pelo Hertha Berlim, em 2003, desenvolvendo suas habilidades como meia-atacante até chamar a atenção, em 2007, do Borussia Dortmund que conseguiu sua contratação sem custos após a desavença de Weber e a diretoria do Hertha que culminou na expiração do contrato do jogador com o clube.
      Em Dortmund, Weber atingiu seu ápice na carreira ao levantar duas Bundesliga, uma Pokal e alcançar o vice-campeonato europeu contra o Bayern. No ano de 2014, aos 31 anos, Weber estava convivendo com sucessivas lesões e acertou sua transferência para o St. Pauli, clube em que reencontrou a forma e superou a má fase até decidir se aposentar dos gramados nesta última temporada, enquanto graduava-se no Curso Nacional C para treinadores promovido pela DFB.
      O acordo de Weber com a diretoria do 1860 München é válido por uma temporada.
      Historial como jogador:
      O treinador espera uma campanha acima da média em sua temporada de estréia e jogou as expectativas para o alto, em busca de alcançar logo de começo os play-offs de acesso.
      - Acredito que o clube passou por problemas nas últimas temporadas até chegar à Regionalliga, embora tenha apresentado uma recuperação na volta para a 3.Liga. Confio que nosso plantel é bom o suficiente para disputar as ligas mais competitivas da Alemanha. [...] a diretoria me deu uma tarefa, que é a de brigar na parte superior da tabela, mas eu preciso mostrar que estou empenhado aqui no clube e me comprometi em brigar alcançar os play-offs e passar para a segunda eliminatória da Pokal.  - afirmou Weber em sua apresentação à imprensa.
    • mfeitosa
      Por mfeitosa
      Fala pessoal! Estou de volta para trazer uma reedição de um save que havia postado com o FM 2011, um dos primeiros que publiquei por aqui e que foi muito prazeroso de jogar. Trata-se do save "Como nos velhos tempos", onde tentei retratar a trajetória do ex-atacante Marinho sob o comando do glorioso Bangu Atlético Clube. 
      Estarei utilizando o MRT90 Brasil, como forma de possibilitar o comando do time dentro do FM 2019, que se encontra atualmente sem divisão. Para deixar as competições mais equilibradas, atualizei as transferências e elencos de diversos times, com base em sites oficiais e outros como o 'Transfermarkt' e 'O Gol'. Caso alguém tenha interesse neste arquivo, pode baixar por aqui.

      Fundado por britânicos em 17 de abril de 1904, o Bangu Atlético Clube é um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro e um dos pioneiros no Brasil, sendo o primeiro a escalar um atleta negro no país, mesmo contra a vontade da federação local, que chegou a proibir a prática, forçando a equipe a decidir por não participar da extinta Liga Metropolitana de Football. 
      Em seus mais de 110 anos, o Alvirrubro de Moça Bonita colecionou algumas conquistas, tais como os títulos do Campeonato Carioca em 1933 e 1966, o Torneio dos Campeões de 1967 e a International Soccer League em 1960, quando superou equipes como Sampdoria, Rapid Wien, Sporting, Estrela Vermelha e Kilmarock. Para muitos, a ISL representa um título mundial para o Banguzão.

      Em 1985, o Alvirrubro foi vice-campeão brasileiro, quando perdeu o campeonato para o Coritiba, que faturou o título após histórica decisão por pênaltis no Maracanã. Em 1987, a equipe venceu a Taça Rio, sua última conquista relevante. No ano seguinte, em 1988, o Bangu foi rebaixado para a Série B e nunca mais retornou à elite do futebol nacional.
      Era o final da "era" liderada pelo famoso bicheiro Castor de Andrade, presidente de honra e grande financiador do clube até o final da década de 1980. Desde então, o Bangu Atlético Clube não mais reencontrou seu rumo e suas participações no Campeonato Brasileiro têm se tornado cada vez mais raras.
      Nos últimos dez anos, a equipe se classificou apenas duas vezes para o Brasileirão Série D, abrindo mão de sua participação em 2009, por falta de recursos, e fazendo uma campanha nada animadora em 2017 (encerrou como 40º, na classificação geral).

      - Conquistar, ao menos, duas vezes o Campeonato Carioca, repetindo os feitos de 1933 e 1966;
      - Retornar à Série A (última participação em 1988);
      - Conquistar o título da Série A, superando o feito de 1985 (vice contra o Coritiba);
      - Conquistar o título da Copa do Brasil (nunca fez boa campanha);
      - Conquistar o título da Libertadores da América (decepcionou em sua única participação, em 1986);
      - Conquistar o título do Mundial de Clubes, equiparando a façanha de 1960 (International Soccer League);
      - Superar a reputação de, ao menos, um dos grandes do Rio de Janeiro;
      - Emplacar um ídolo que supere, ao menos, a marca do ex-atacante Marinho no clube (83 gols).

      Desta vez, não teremos Marinho no comando do Bangu. Sendo assim, teremos uma "passagem de bastão" para um ídolo mais recente da torcida alvirrubra. Trata-se do ex-zagueiro Carlos Renan, que defendeu a equipe de Moça Bonita entre 2010 e 2014, sendo aproveitado depois como auxiliar da comissão técnica. 

      Dentro do jogo, defini sua qualificação "baseada no Bangu", o que deixou o treinador com Licença Nacional B, e selecionei experiência anterior como Futebolista Profissional (nível local), o que condiz com a realidade. Por se tratar de uma pessoa que, enquanto jogador, demonstrava perfil de liderança junto aos companheiros, deixei Carlos Renan com estilo de treino Motivador. Nenhum atributo foi alterado manualmente. 
    • Paulo Barrionuevo Jr.
      Por Paulo Barrionuevo Jr.
      Estou com o Londrina na primeira divisão do BR, subi logo no primeiro ano, nem esperava por isso, mas aconteceu. O time é fraco e não tenho grana para contratar ninguém praticamente (300m só). Estou só levando taca, 1 ponto em 9 partidas. Queria dica de uma tática para "fechar a casinha" e tentar sair nos contra-ataques. Alguém pode me indicar uma boa?
×