Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
LC

A origem da Lenda: Livro 13 - Athlétic Club Bilbao: El loco basco.[Att:16/02].

Recommended Posts

LC
Em 05/02/2019 at 16:20, joaovitalfn disse:

O que dizer desse ST Pauli arrebentando com a Alemanha e se dando bem na Europa? 
Toda sorte do mundo contra o United. 

Na Alemanha estamos indo muito bem, mas Champions pegamos um dos candidatos ao título. Vamos ver como o time vai se portar contra o United.

 

 

Em 05/02/2019 at 16:28, PedroJr14 disse:

O Bayern tá patinando legal, bom pra você. Já tinha começado a temporada muito bem, atrás apenas do Borussia que deu bobeira também e vocês já estavam só esperando pra assumir o primeiro posto, abrindo 4 pontos do segundo colocado e 8 do próprio Borussia, que conquistou pouco mais da metade dos pontos que a sua equipe conquistou neste último período. Quanto à Champions, o sorteio da fase de grupos já havia sido ingrato com a sua equipe, como se não bastasse isso o sorteio das oitavas foi igual, senão pior. Por outro lado imagine aí a moral que vocês vão ganhar caso eliminem o Manchester United, vai dar até pra sonhar com um título. Pra completar, vou falar das duas saídas, que trouxeram um bom dinheiro extra ao clube. Que bom que você está satisfeito com o elenco, acho que qualquer pedido que você fizer será viabilizado pela diretoria, já que dinheiro a equipe tem de sobra, literalmente.

Pés no chão e boa sorte, grandes coisas virão ainda essa temporada.

O problema desses clubes grandes é que de uma hora para outra eles reagem e saem atropelando todo mundo. Na Champions nós pegamos um grupo chato, mas ainda bem que o Zenit e o Feyenoord não estavam bem e só perdemos para o Barcelona. Nas oitavas o sorteio foi complicado e espero conseguir jogar bem contra o United.

 

 

22 horas atrás, marciof89 disse:

Vai mantendo a pegada da temporada passada e corre risco de faturar a Bundesliga de novo. Bayern inclusive não ajuda a te atrapalhar hahaha

Na UCL deu azar e além de ter enfrentado o Barça na fase de grupos, agora vai pegar o United. Sei lá, vai ser difícil, mas com sorte tudo é possível.

Boa sorte!

Vamos com tudo para buscar o bicampeonato da Bundesliga, pois na Champions a nossa situação se complicou com o sorteio das oitavas.Acompanhe a próxima atualização, pois teremos muita novidade e inclusive, sem querer dar spoiler e já dando, mudança de país.

Ongi etorri zaizu. Zu zara nagusia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Andreh68

Apesar da recuperação do Borussia e Bayern, acho que o St Pauli tem gordura e estabilidade para se segurar.

O MU assusta, mas as vezes mia. Pena que não tá com Mourinho né?(apesar do FM babar o portugues)

kkk. Zorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

Vem um bicampeonato pela frente aí. Quando você falou sobre ter 25 MI e não precisar gastar, fiquei curioso quanto ao elenco, no caso você o considera bom para todas as competições ou só o alemão? Pergunto isso porque fez ótimas partidas pela Champions, mas contra o Barcelona o time não conseguiu nem mesmo um empate, principalmente pelo fato de você ter dito que o time poderia ter levado uma goleada dos espanhóis. Desses 25 MI, 100% ficou em suas mãos para transferência? Bom trabalho na sequência e boa sorte contra os ingleses.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

O St. Pauli vai emendando mais uma boa campanha na Alemanha e ao mesmo tempo, fez bem no grupo da Champions League, levando em conta que pegou 3 adversários que já tem mais experiência continental que o clube.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
19 horas atrás, Andreh68 disse:

Apesar da recuperação do Borussia e Bayern, acho que o St Pauli tem gordura e estabilidade para se segurar.

O MU assusta, mas as vezes mia. Pena que não tá com Mourinho né?(apesar do FM babar o portugues)

kkk. Zorte

Vamos contudo em busca do título, mas na Champions pegamos um time mais forte e vai ser difícil jogar contra eles.

 

 

5 horas atrás, Vannces disse:

Vem um bicampeonato pela frente aí. Quando você falou sobre ter 25 MI e não precisar gastar, fiquei curioso quanto ao elenco, no caso você o considera bom para todas as competições ou só o alemão? Pergunto isso porque fez ótimas partidas pela Champions, mas contra o Barcelona o time não conseguiu nem mesmo um empate, principalmente pelo fato de você ter dito que o time poderia ter levado uma goleada dos espanhóis. Desses 25 MI, 100% ficou em suas mãos para transferência? Bom trabalho na sequência e boa sorte contra os ingleses.

A nível nacional estamos muito bem e não precisava gastar esse dinheiro todo e resolvi esperar, mas a nível continental vai ficar para o próximo treinador. Devo deixar o ST Pauli com um bom dinheiro para contratações e com uma boa estrutura, Vou dar continuidade ao save para que antes de junho ou julho estar de volta ao Aviron.

 

 

3 horas atrás, Henrique M. disse:

O St. Pauli vai emendando mais uma boa campanha na Alemanha e ao mesmo tempo, fez bem no grupo da Champions League, levando em conta que pegou 3 adversários que já tem mais experiência continental que o clube.

Como falei acima a nível nacional estamos indo muito bem, mas após o final do campeonato eu dou vaga para outro e seguimos em frente com o save. Foram 3 ótimas temporadas e agora é dar vaga para outro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

6V6lsXb.png

 

 

 

 

 

 

9NUSLg3.gif

 

 

Com o sorteio das oitavas de finais da Champions League realizado nós recebemos o Manchester United e fomos derrotados por 3x1, sendo que eels abriram o placar aos 9 minutos com Lukaku. Dez minutos depois nós empatamos a partida com um belo gol de Istefo, mas veio o segundo tempo e eles marcaram mais duas vezes fechando o placar em 3x1.

 

0wePTuN.png

 

No segundo jogo nós saímos na frente com um gol de sorte. A bola ficou pererecando na entrada da área e num bete rebate ela toca na canela de Filip Brziski e morre no fundo das redes. Parecia que a sorte iria sorrir para nós, mas foi um ledo engano. Lukaku virou o placar aos 67 e aos 89 minutos acabando com nossos sonhos de chegar as quartas de finais.

 

UFR1WgX.png

 

Vida que segue e fora da principal competição continental nós viramos a chave para a busca do bicampeonato nacional.

 

YM9XcsE.png

 

Começamos o segundo turno com um empate em 2x2 com o Borussia MGB, mas depois engatamos uma boa vitória em cima do Nuremberg e do Hannover. Infelizmente perdemos para o nosso rival, Hamburg, por 3x1.Ainda tivemos um jogo estranho contra o Hoffenheim, foram 11 gols na partida. Vitória por 6x5 para nós. No percurso até o bicampeonato nós tivemos ainda derrotas para o Bayern de Munique por 2x1. Falando no time bávaro eles se recuperaram bem no campeonato e terminaram entre os 3 primeiros.

 

VnwfJnH.png

 

Dentro de casa nós fomos quase imbatíveis. Conseguimos 14 vitórias, 2 empates e apenas 1 derrota. fora de casa nós não fomos tão bem, pois conseguimos 6 vitórias, 8 empates e 3 derrotas. Fizemos no total 70 pontos, sendo que conseguimos 20 vitórias, 10 empates e apenas 4 derrotas em todo o campeonato. Marcamos 61 gols e levamos 34 e terminamos com saldo positivo de 27 gols. Um bicampeonato sólido e com a equipe não dando chance aos adversários. O destaque negativo foi o Dortmund que terminou o campeonato em sétimo lugar.

 

GMyMLxi.png

 

Com o final da temporada eu resolvi avisar a direção que não iria continuar no clube e eles ainda tentaram me convencer a ficar, mas a minha decisão já estava tomada. Me despedi dos jogadores e amigos da comissão técnica, peguei minhas coisas no vestiário.

 

z0jpXtz.png

 

 

 QdnqosN.gif

 

R2FMpXp.png

Após a saída surpreendente do ST Pauli, parece que o treinador Luiz César não ficará muito tempo na paradisíaca cidade do Rio de Janeiro. Fontes ligados ao jornal indicam que o manager recebeu algumas propostas de emprego e que está também muito especulado num time inglês. O Bayern de Munique foi o primeiro clube a tentar convencer o treinador a conversar sobre a possibilidade de treinar o time, mas foi devidamente rechaçado. Luiz César não quis nem ouvir a proposta bávara. Logo após a tentativa frustrada do Bayern, vieram duas boas propostas de emprego: Juventus e Athétic Club Bilbao. Além dessas duas equipes, o jovem treinador fora especulado no gigante inglês: Liverpool. As casas de apostas estavam  em polvorosa e separaram as fichas  da seguinte forma:

1/1: Continuar desempregado.

2/1: Liverpool

3/1: Atlétic Bilbao

4/1: Juventus de Turin

 

Em 02 de Julho de 2026 o Athlétic Club Bilbao anunciou a contratação do jovem treinador:

 

07Ow6FO.png

 

 

 

 

 

OV1Iimh.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
joaovitalfn

Boa temporada pelo Pauli. Levou o time a um lugar incrível na Bundesliga, uma pena ter dado errado na Champions. 
Que voltemos ao País Basco. Individualmente acho o Bilbao um time complicadíssimo de treinar. Mas sem dúvidas é um ótimo desafio. 
Boa sorte. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
PedroJr14

Parabéns pelo bicampeonato. O desafio de levar o time da segunda divisão ao título da Bundesliga pode ter sido complicado (não pareceu, mas acredito que tenha sido), mas o de ser campeão espanhol com o Bilbao e todas as suas restrições poderá ser maior ainda. Luís César no País Basco, não sei por que eu já imaginava que daria nisso. Boa sorte comandando um dos maiores campeões espanhóis, espero que consiga levá-los de volta à glória.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Neynaocai

O Sr. Luiz Cesar mostrando-se pro mundo.

Uma verdadeira máquina de títulos e orgulho nacional.

Foi um grande sucesso para o Bilbao.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
13 horas atrás, joaovitalfn disse:

Boa temporada pelo Pauli. Levou o time a um lugar incrível na Bundesliga, uma pena ter dado errado na Champions. 
Que voltemos ao País Basco. Individualmente acho o Bilbao um time complicadíssimo de treinar. Mas sem dúvidas é um ótimo desafio. 
Boa sorte. 

Foram 3 temporadas maravilhosas no St Pauli, mas agora o desafio é levar o jovem time Basco as glórias. Aos poucos vou vendendo os jogadores acima de 32 anos que tenho no elenco e contratando jovens bascos pelo mundo.

 

 

11 horas atrás, PedroJr14 disse:

Parabéns pelo bicampeonato. O desafio de levar o time da segunda divisão ao título da Bundesliga pode ter sido complicado (não pareceu, mas acredito que tenha sido), mas o de ser campeão espanhol com o Bilbao e todas as suas restrições poderá ser maior ainda. Luís César no País Basco, não sei por que eu já imaginava que daria nisso. Boa sorte comandando um dos maiores campeões espanhóis, espero que consiga levá-los de volta à glória.

Esse é o grande desafio, pois existem restrições e terei que ser meio que canibal com alguns clubes Bascos, como Sociedad, Osasuna, Alavés, Eibar, Barakaldo, e o Aviron também. Ficar monitorando algumas promessas desses clubes e tentar contratar.

 

 

3 horas atrás, Neynaocai disse:

O Sr. Luiz Cesar mostrando-se pro mundo.

Uma verdadeira máquina de títulos e orgulho nacional.

Foi um grande sucesso para o Bilbao.

Fala Ney. Era o mais lógico acertar a proposta, pois basta ver as tags do save. Ficarei no Athlétic e depois finalizo ou volto para o Aviron Bayonnais.

 

 

 

 

Obrigado a todos que acompanham e principalmente comentam o save.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Depois de um trabalho fantástico no St. Pauli surpreendendo diretoria, torcedores, apostadores e leitores, Luiz Cesar pediu demissão e estava na cara que o caminho estava traçado: Bilbau.  Boa sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
1 minuto atrás, ggpofm disse:

Depois de um trabalho fantástico no St. Pauli surpreendendo diretoria, torcedores, apostadores e leitores, Luiz Cesar pediu demissão e estava na cara que o caminho estava traçado: Bilbau.  Boa sorte.

Olá Gilson. Vou ser sincero com você e demais amigos do fórum. Quando eu aceitei o cargo no ST Pauli eu pensei em ficar 4 a 5 temporadas. Mas quando vi que a tática encaixou bem, principalmente na segunda temporada, aonde fui campeão da Bundesliga, eu pensei em sair naquela temporada e buscar um novo desafio. Mesmo assim eu pensei que esta temporada eu teria uma dificuldade maior, mesmo na Champions quando vi o grupo que peguei. Novamente tudo foi dando certo e até mesmo o mimimi dos jogadores diminuiu drasticamente. Vi que não iria completar a 4ª temporada na Alemanha e fui monitorando a situação em alguns clubes, como Alavés, Eibar, Elche, Osasuna e claro o meu Athlétic. De todos os 5 clubes observados os únicos que ficaram sem treinador foi o Eibar e o Athlétic, mas no Eibar eles preferiram o Diego Martinez e então fui chamado para a entrevista com o Athlétic e junto vieram Bayer, Juventus e a especulação no Liverpool. O desafio mais natural foi aceitar o contrato no Athlétic e jogar, segundo as limitações do clube para aproveitar ao máximo a Cantera e a contratação de jovens Bascos dos outros clubes. Espero que todos que estavam acompanhando a saga no ST Pauli continuem acompanhando o save, mas agora no Athlétic Club Bilbao e antes do final do save no Aviron Bayonnais.😀

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
MitoMitológico

Que brilhante bicampeonato da Bundesliga. Conseguiu um grande feito. Você acha que, tendo em conta o seu elenco, foram campanhas surpreendentes ou já era algo de se esperar do clube?

Sem falar que conseguiu colocar o clube no cenário continental, fazendo um trabalho legal na Champions.

E agora, como era de se esperar, a lenda Luiz Cesar foi para a sua casa, o Athletic Bilbao. Um clube que peguei raiva por causa do seu modo de jogo ultra defensivo e gols de cabeça do Aduriz no PES 2013 e você me fez admirar, até porque peguei raiva do Real Sociedad por causa daquela minha aventura com o Time B kkkk

Boa Sorte lá em terras bascas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
1 hora atrás, MitoMitológico disse:

Que brilhante bicampeonato da Bundesliga. Conseguiu um grande feito. Você acha que, tendo em conta o seu elenco, foram campanhas surpreendentes ou já era algo de se esperar do clube?

Sem falar que conseguiu colocar o clube no cenário continental, fazendo um trabalho legal na Champions.

E agora, como era de se esperar, a lenda Luiz Cesar foi para a sua casa, o Athletic Bilbao. Um clube que peguei raiva por causa do seu modo de jogo ultra defensivo e gols de cabeça do Aduriz no PES 2013 e você me fez admirar, até porque peguei raiva do Real Sociedad por causa daquela minha aventura com o Time B kkkk

Boa Sorte lá em terras bascas.

Eu não diria surpreendente, mesmo porque na segunda temporada( primeira na Bundesliga) eu contratei jogadores para a defesa e dessa forma acabei com um problema defensivo do time. Na terceira temporada eu fortaleci o meio e o ataque para dar maior estabilidade a equipe e com a fase ruim do Bayer e do Borussia eu igualei o time com as outras equipe, levando vantagem nas táticas já conhecidas dos meus jogadores. Se continua-se no clube eu certamente seria tricampeão e chegaria mais longe na Champions, pois o clube iria me disponibilizar mais de €40 M para contratações. Continue acompanhando para ver como o Athlétic vai passar de um time histórico a um dos maiores da Espanha.

PS: Em termos de grandeza histórica e futebolística  não fica devendo nada a madrisdistas ou culés.Só para deixar bem claro.hehehehehe.

 

 

Obrigado a todos que acompanham e principalmente comentam o save.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89

Quando eu vi que uma das opções era o Bilbao, eu já sabia o que iria escolher hahahah e confesso que torci pra que escolhesse outro time, pois você já conhece mt bem os caminhos das pedras no time basco (apesar que o time deve estar levemente modificado). Mas óbvio, o mais importante é você se divertir, espero que se saia bem nessa nova empreitada.

Boa sorte na sequência!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vannces

Fantástico trabalho no futebol alemão. O Bi -campeonato foi algo para servir de motivo mesmo para se chamar o treinador de lenda e uma campanha sólida na Champions, mas acabou não conseguindo segurar o time inglês. Apesar do grande sucesso que conseguiu, achei que iria ficar ainda mais no clube para tentar um título internacional. No Futebol espanhol terá um grande time para comandar. Acha que conseguirá voltar ao Aviron em quanto tempo? Bom trabalho no novo clube.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Henrique M.

Ainda tem que passar pelo Nottingham, hein? hahaha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
14 horas atrás, marciof89 disse:

Quando eu vi que uma das opções era o Bilbao, eu já sabia o que iria escolher hahahah e confesso que torci pra que escolhesse outro time, pois você já conhece mt bem os caminhos das pedras no time basco (apesar que o time deve estar levemente modificado). Mas óbvio, o mais importante é você se divertir, espero que se saia bem nessa nova empreitada.

Boa sorte na sequência!

O time do Bilbao está muito modificado e das chamadas estrelas do time ficaram poucos jogadores e de idade avançada,como você pode ver na imagem abaixo:

N0HffVL.png

 

O desafio vai ser usar jovens jogadores para levar o Athlétic aos títulos e na próxima atualização eu mostro quais jogadores subiram da base e quais jovens foram contratados.

 

 

13 horas atrás, Vannces disse:

Fantástico trabalho no futebol alemão. O Bi -campeonato foi algo para servir de motivo mesmo para se chamar o treinador de lenda e uma campanha sólida na Champions, mas acabou não conseguindo segurar o time inglês. Apesar do grande sucesso que conseguiu, achei que iria ficar ainda mais no clube para tentar um título internacional. No Futebol espanhol terá um grande time para comandar. Acha que conseguirá voltar ao Aviron em quanto tempo? Bom trabalho no novo clube.

No Alemão se continuasse eles iriam construir uma estátua pra mim.Hehehehe.E Vannces estava ficando fácil ser campeão e precisamos de um desafio ou acabamos por não nos divertir. Quanto ao Aviron se tudo der certo lá para julho de 2019 devo tentar voltar para o clube. Neste momento, Agosto de 2026, eles se encontram na Championnat National B e são líderes da divisão:

Dhmcw5K.png

 

 

1 hora atrás, Henrique M. disse:

Ainda tem que passar pelo Nottingham, hein? hahaha

 

🤣🤣Kkkkkkk. Neste save não vamos para a inglaterra, isso vai ficar para FM2020 se estiver vivo até lá.😎

 

 

 

Obrigado a todos que acompanham e principalmente comentam o save.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC

UOHUXTS.png

 

 

 

 

fUyR98I.png

 

GIKzoGg.jpg

 

Bilbau (em castelhano: Bilbao; em basco: Bilbo) é um município e cidade da comunidade autónoma do País Basco, Espanha, capital da província e território histórico da Biscaia. O município tem 41,3 km² de área e em 2016 tinha 345 122 habitantes (densidade: 8 356,5 hab./km²). A conurbação onde se insere, a área metropolitana de Bilbau, que se estende ao longo da ria de Bilbau e do rio Nervión, tinha 910 298 habitantes em 2009, ou seja, pouco menos que 80% de toda a população da Biscaia e quase metade do País Basco espanhol.

O principal núcleo urbano de Bilbau é rodeado por duas cadeias montanhosas cuja altitude média não ultrapassa os 400 m e que em parte marcam os limites naturais do município. Os principais municípios limítrofes são Sondica, Basauri, Zamudio e Baracaldo. Desde a sua fundação no início de século XIV, foi um centro comercial de particular importância na região costeira cantábrica, devido à sua atividade portuária, baseada sobretudo na exportação de de Castela e, em menor escala, do ferro extraído das minas a céu aberto biscainhas. Ao longo do século XIX e início do século XX assistiu a uma forte industrialização, nomeadamente com o início da exploração metalúrgica em 1841, que a transformou na região mais industrializada de Espanha a seguir a Barcelona e lhe granjeou o epíteto de "Cidade do Ferro". O desenvolvimento industrial foi acompanhado de uma extraordinária explosão demográfica e urbanística que originou a anexação de vários municípios circundantes. A cidade tem vindo a perder o seu caráter marcadamente industrial para se tornar uma cidade de serviços, que se encontra num processo de revitalização estética, social e económica, cujo símbolo se pode considerar o Museu Guggenheim Bilbao, um edifício vanguardista da autoria de Frank Gehry, que se tornou o ex libris da cidade.

Em 2010 Bilbau recebeu o prémio Lee Kuan Yew World City Prize (Prémio Mundial das Cidades), concedido pelo estado de Singapura, que premeia a qualidade do urbanismo.Durante 2018, Bilbau foi escolhida como a melhor cidade europeia.

 

 

1E0X7r8.png

 

0oQbtmb.jpg

 

O Athletic Club, mais conhecido na mídia lusófona como Athletic Bilbao, é um clube de futebol espanhol da cidade de Bilbau, e é um símbolo emblemático da identidade basca, por não permitir que atletas não nascidos, não desenvolvidos ou sem ascendência no País Basco possam vestir sua camisa.

Nem sempre o Athletic admitiu somente jogadores bascos, uma vez que foi fundado por britânicos - daí o seu nome em inglês. Durante a ditadura de Francisco Franco, que proibia o uso oficial de outra língua que não a castelhana na Espanha, o clube foi obrigado a mudar de nome para "Club Atlético de Bilbao". Como reação à opressão franquista, desenvolveu-se como representante do nacionalismo basco. O nome original, em inglês, voltou a ser utilizado imediatamente após o fim da proibição, depois da morte de Franco.

O mascote do clube é um leão. O clube também originou o Atlético de Madrid, que surgiu como uma filial da equipe basca na capital espanhola - daí também a similaridade nos nomes, escudos e camisas (com listras verticais alvirrubras).

História

A equipe foi fundada por britânicos estabelecidos em Bilbao em virtude da industrialização da cidade - daí o nome em inglês do time - e por jovens da elite bilbaína que haviam voltado dos estudos na Grã-Bretanha.A regra para apenas bascos surgiu como resposta às reclamações dos rivais Unión Ciclista de San Sebastián (atual Real Sociedad), Basconia e Racing de Irún (atual Real Irun), que só utilizavam jogadores da região e queixavam-se da presença britânica nas escalações do Athletic.

 

Orgulho basco

O Athletic é famoso por seu estatuto a restringir jogadores. O embrião da regra surgiu em 1911 e era bem mais rígido: por um tempo, foram aceitos apenas atletas da província de Biscaia, posteriormente passando a aceitar jogadores de províncias bascas vizinhas. Um novo abrandamento veio mais tarde, com o clube admitindo estrangeiros, desde que possuíssem origens bascas. Atualmente, o clube aceita estrangeiros sem raízes bascas, porém eles precisam ter sido educados na cultura basca ou formados em clubes do futebol do País Basco. Não há restrição a treinadores.

O relaxamento gradual da restrição permitiu que alguns não-nascidos no País Basco defendessem o time. Alguns deles são nascidos na província de La Rioja, por vezes considerada como basca, embora não unanimemente; em 2009, foi integrado o primeiro negro do time principal: Jonás Ramalho, filho de um angolano com uma basca. Em 2015, Iñaki Williams, filho de pai ganês, mãe liberiana e nascido e crescido no País Basco, tornou-se o primeiro negro a marcar um gol pelo Athletic] Recebeu um nome basco dos pais em retribuição ao acolhimento que sentiram e, em referência a ele, o presidente do Partido Nacionalista Basco declarou que "prefiro um negro que fale basco a um branco que o ignore".

Antes de 1911, quando a regra para a exclusividade basca passou a existir, o Athletic chegou teve diversos jogadores não-espanhóis, especialmente britânicos. Alguns, inclusive, foram fundadores do time, dentre eles um avô de John Robert Mills, nascido em Vigo, na Galiza, filho de um inglês com uma basca e radicado desde 1969 no Brasil - onde destacou-se como historiador do SPAC e de Charles Miller, sem deixar de torcer com familiares pelo Athletic.

Em 2017, o historiador Ángel Iturriaga publicou o Diccionario de jugadores del Athletic Club, a listar todos os futebolistas que defenderam a equipe até então, mesmo que apenas em amistosos.Bixente Lizarazu seria o único proveniente do País Basco francês. Segundo o livro, foram 54 os jogadores listados como nascidos fora do País Basco, embora a maioria destes tenha ao menos ascendência basca.

O Athletic é um dos dois únicos clubes (o outro é o Real Madrid, em 1931/1932) que conseguiram ser campeões invictos na Liga Espanhola, alcançando esta marca na temporada 1929/1930, além de deter a maior goleada da história da Liga, obtida neste mesmo campeonato: 12 a 1 sobre o Barcelona e o segundo maior goleador da história da Liga (ultrapassado em 2014 por Lionel Messi), Telmo Zarra, com 251 gols em 279 jogos, entre 1939 e 1955, sendo que Zarra também detinha, junto com Hugo Sánchez, do Real, a marca de maior número de gols em um único campeonato: 38 gols. Essa marca durou até a temporada 2010/2011, quando Cristiano Ronaldo marcou 40 gols com a camisa do Real Madrid. O ex-jogador Bata (em 1930/1931), junto com László Kubala, do Barcelona, (1951/1952), são os jogadores que mais marcaram gols em uma mesma partida (7).

O Athletic é um dos três clubes que jamais caíram para a segunda divisão (os outros são Real Madrid e Barcelona) e o quinto maior pontuador da La Liga em todos os tempos, somando-se os pontos conquistados em todas as temporadas. Segundo o ranking histórico mundial de clubes é, em termos de currículo, o 5º maior clube espanhol (atrás de Real Madrid, Barcelona, Valencia e Atlético de Madrid, respectivamente).

 

lEf8vf1.png

 

 

0oQbtmb.jpg

 

A alguns anos eu jamais pensaria que um dia poderia entrar por estas portas como o novo treinador do clube. No máximo eu entrava como sócio familiar, meu Bisabuelo era sócio e a família seus dependentes. Hoje eu passo por estas portas como o novo treinador do clube. Cumprimento cada um dos funcionários e sou bem recebidos por todos, afinal eu sou bicampeão da Bundesliga, tenho licença Continental pro e meu currículo fala por mim. Deixando a arrogância de lado eu procuro sorrir e ser amável com todos.

 

a6tTGF7.jpg

Vou direto ao campo conversar com os jogadores e aviso que devo inserir uma nova tática aos treinamentos. Eu pergunto pelo meu treinador adjunto e sou informado pelo meu preparador de goleiros que o anterior saiu junto com o treinador que fora contratado pelo La Coruña. Converso com os jogadores e explico cada detalhe da nova tática e promovo Ander Herrera como novo capitão. Deixo ele e o preparador de goleiros cuidando dos treinos e subo para o meu escritório.

 

g8Mspy0.jpg

 

Ao entrar na sala eu vejo uma senhora de 55 anos arrumando algumas pastas sobre a mesa. Minha secretária dona Florência. Eu agradeço e peço a ela que chame o treinador do time reserva,Andoni Galliano.

 

• - Me chamou chefe?

• - Me chame de Luiz César ou César. Nada de chefe. Chamei sim, pois preciso subir dois ou três jogadores do time reserva para compor elenco. O que me sugere?

• - Bom chefe, quero dizer César. Existem dois garotos que eu possa indicar. Um é lateral esquerdo, mas pode atuar tanto de zagueiro como lateral direito, seu nome é Javier Etxaniz. O outro é um ponta de lança, mas pode atuar como meia atacante ou mesmo extremo direita, seu nome é Adrián Etxabe.

• - Dois jogadores interessantes. A ficha deles está bem organizada. Gostei do seu trabalho e aproveitando você pode me fazer um favor?

• - Sempre que precisar.

• - A direção me disponibilizou um bom diheiro para contratações e preciso gasta-lo:

 

dxt71Sj.png

 

• - Preciso que você faça contato com alguns jogadores e espero contrata-los o mais rápido possível.

• - Esses 4 aqui na pasta que dona Florência me deu: Mikel Sánchez, Iván Galdós, Josu Areso, Rubén Azcona e Aléx ramiro. Ramiro eu conheço, pois jogou um bom tempo aqui em nossas fileiras. Considerem contratados.

• - Só mais uma coisa. Peça a dona Florência para ela entrar em contato com este treinador adjunto: Javi Moyano. Ele está no Real Múrcia, mas quero ele como meu treinador adjunto.

• - Missão dada é missão cumprida chefia.

Após a saída do prestativo treinador do Bilbao Athlétic a dona Florência me deu uma péssima notícia sobre a Liga:

 

hMWeXMS.png

 

Apenas os dois primeiros da Liga tem vaga garantida na Fase de grupos da Champions League. Em resumo: Todos os postulantes a vaga europeia da Champions vão ter que ralar muito. O trabalho esta apenas começando...

 

 

LlOsvKx.gif

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bolinhagarcia

Quero ver se os jovens vão aguentar correr pelos geriátricos nessa brincadeira ai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
4 horas atrás, bolinhagarcia disse:

Quero ver se os jovens vão aguentar correr pelos geriátricos nessa brincadeira ai.

Geriátricos foi ótimo, mas acredito que os velhinhos vão saber dosar as energias e ajudar o time com suas experiencias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
joaovitalfn

A diminuição de vagas realmente irá fazer as coisas serem mais complicadas na Espanha. O que Barcelona e Real Madrid tão fazendo na Champions que deixaram o país cair tanto nos rankings? hahahahahahahaha 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Ari Cesar

Então vamos lá,

Parabéns pelos dois títulos na budesliga e pela campanha na Chanpions. Caiu para um dos grandes, então não existe nenhum demérito nisso.

Fiquei surpreso pela saída do St Pauli. Achei que iria tentar ganhar a champions com eles. A ida para o Athlétic Club Bilbao não foi nenhum surpresa, só achei que ia rodar um pouco mais antes de aceitar uma proposta deles.

Achei um tanto estranho a queda da Espanha no coeficiente europeu. Acha que o desempenho do ST Pauli pode ter auxiliado no crescimento da Alemanha no coeficiente europeu?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
marciof89
2 horas atrás, joaovitalfn disse:

O que Barcelona e Real Madrid tão fazendo na Champions que deixaram o país cair tanto nos rankings?

Me pergunto a mesma coisa hahahha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LC
2 horas atrás, Ari Cesar disse:

Então vamos lá,

Parabéns pelos dois títulos na budesliga e pela campanha na Chanpions. Caiu para um dos grandes, então não existe nenhum demérito nisso.

Fiquei surpreso pela saída do St Pauli. Achei que iria tentar ganhar a champions com eles. A ida para o Athlétic Club Bilbao não foi nenhum surpresa, só achei que ia rodar um pouco mais antes de aceitar uma proposta deles.

Achei um tanto estranho a queda da Espanha no coeficiente europeu. Acha que o desempenho do ST Pauli pode ter auxiliado no crescimento da Alemanha no coeficiente europeu?

Xará, como expliquei na resposta dada ao Gilson a situação estava ficando fácil e seria tricampeão com certa facilidade, etc.

 

 

5 horas atrás, joaovitalfn disse:

A diminuição de vagas realmente irá fazer as coisas serem mais complicadas na Espanha. O que Barcelona e Real Madrid tão fazendo na Champions que deixaram o país cair tanto nos rankings? hahahahahahahaha 

 

 

2 horas atrás, marciof89 disse:

Me pergunto a mesma coisa hahahha

Me permitam responder aos 3 de uma única vez a respeito do problema do coeficiente das competições europeias.

 

Realmente eu não sei o que aconteceu com o coeficiente europeu para a Espanha, talvez o @Henrique M. possa explicar.Reparem que os times espanhois foram bem na Champions, principalmente Valência e Barcelona:

 

X4XaPU5.png

 

O Real Madri ficou nas oitavas de finais e o Valência nas quartas de finais. O Barcelona com Gabriel Jesus no ataque chegou a final, mas foi derrotado pelo Chelsea na prorrogação:

USPcpuQ.png

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Luchín
      Por Luchín
      Prólogo
      Após quase dois anos ausente do fórum, devido à vários motivos, o lançamento de uma nova versão do Football Manager me trouxe novamente até aqui e estar no fórum e ler algumas excelentes histórias de alguns companheiros, é impossível que o bichito não te pique. Ainda não me adaptei completamente a essa nova versão, que, para quem vem do FM17, apresenta muitas novas features, principalmente no âmbito tático e de controle de plantel, mas, como vinha tendo algumas dificuldades para me empolgar em saves offline, acabei me decidindo a contar uma história, que, de antemão, afirmo que será simples, nada mais que um relato do que estou jogando. 
      O clube escolhido é o Fútbol Club Andorra, que participa da pirâmide espanhola, estando, na vida real, na Preferente Catalana, equivalente ao quinto nível, mas como a expansão de ligas ainda não está completa, o coloquei na Tercera División, que é o quarto nível, substituindo a equipe de menor reputação presente. 
      A minha ideia para esse save será utilizar apenas jogadores andorranos. Para isso, habilitei, além da pirâmide espanhola, as duas divisões do futebol andorrano. 
      O treinador do clube será o ex-zagueiro Antoni "Toni" Lima, que, apesar de nunca ter atuado no clube, é um dos maiores jogadores da história do futebol andorrano. Antoni tem um irmão mais novo, Ildefons, que atualmente atua no próprio futebol andorrano, mas foi formado no FC Andorra e rodou por vários clubes, passando até mesmo pelo futebol da América, onde atuou no Pachuca. Via editor, coloquei o no clube para que termine sua carreira onde começou e "comandado" pelo irmão. 
      Concluindo, acredito que possa não receber a melhor recepção nesse retorno, pois cometi erros no passado, ofendi alguns membros desnecessariamente, e sei que após errar, a confiança não retorna de imediato, mas espero pode demonstrar que os erros ficaram no passado e que retorno à área com uma nova forma de pensar e me comportar. De todas as maneiras, um sincero pedido de desculpas para aqueles com quem não me portei bem no passado.
      Espero me divertir e que vocês também se divirtam com a história.
      Luiz. 
    • Johann Duwe
      Por Johann Duwe
      Fonte
       
       
      Fonte
      Inspirado no Ypiranga do @Leonardo Moreno e no Tupi do @marciof89 vem aí mais um save em terras tupiniquins, eu, pessoalmente, não gosto de jogar no Brasil, mas irei abrir uma exceção pois como disse o @CCSantos, promessa é dívida.
      A cidade de Joinville é mais reconhecida pela sua equipe de Futsal, que por muitas vezes eu vi jogar contra a equipe de Malwee/Jaraguá quando a mesma tinha o craque Falcão e tantos outros dando show.
    • Hasso
      Por Hasso
      Olá, comprei o jogo agora. 
      Estou tentando noa primeira partida, um amistoso. E sempre está dando o mesmo erro.
      Já apaguei a pasta de Cache no APPData. 
      Fecha o jogo e aparece um problema perguntando sobre o Driver de vídeo, porém está atualizado.
    • Herr Jones
      Por Herr Jones
      Considerações Iniciais: Depois de passar um perrengue no ano passado com o computador, que queimou placa mãe e processador, consegui, com esforço, retomar o save com o Cannes que vinha compartilhando aqui na área. Esse ano, no entanto, percebi que o meu Windows estava com algum problema e decidi formatar o computador; decisão que possibilitou fazer o sistema rodar com melhor velocidade e segurança, mas que, por um equívoco impensado, acabei perdendo um dos arquivos que usava como base de dados para o jogo e, com isso, fiquei impossibilitado de carrega-lo para dar sequência.
      Dessa vez, no entanto, como se pode ver pelo banner farei um save na Alemanha, pois não jogo há tempos por lá e tenho um particular apreço pelo estilo de futebol que se apresenta por lá. O clube escolhido, apesar da forma recente, possibilita uma progressão muito mais fácil do que eu tive no Cannes, por exemplo. Inicialmente fiquei em dúvida entre três times para iniciar, todos passando por maus bocados, então a escolha acabou sendo facilitada com a possibilidade de "facilitar uma rivalidade" durante o save. Posto isso, acredito que os objetivos mais plausíveis giram mais em torno do desenvolvimento do treinador do que do clube propriamente dito, já que a progressão do save na Alemanha, até onde me recordo, é bastante tranquila por conta das premiações/cotas de TV.
      Uma única observação é que o save não termina se eu for demitido do clube, tratei de criar um contexto para o treinador justamente para que caso alguma coisa dê errado na trajetória seja possível dar sequência em busca dos objetivos sem, necessariamente, ter que encerrar precocemente a carreira.
      O estilo de postagem será em formato de coluna de jornal, enfatizando alguns aspectos relevantes do período postado - mas nem sempre todos os aspectos de cada período. Para alguns, eventualmente, tratarei de forma específica em postagens.  Espero que vocês gostem! 🙂 
      Objetivos: Retornar à Bundesliga Ganhar a DfB Pokal Ganhar a Bundesliga Vencer a UEFA Champions League Entrar para o top 10 de treinadores mundiais Revelar um grande jogador para a seleção alemã Ligas Carregadas → base de dados grande + jogadores de Áustria, Polônia, Turquia e Croácia | carregados jogadores importantes das principais ligas europeias
      ***** **** *** ** * ** *** **** *****

      Bierofka não aceita renovação e se despede do clube
      por Dieter Friedrich | 18.06.2018 | 10:30 a.m.
      Apesar de ter conquistado o retorno dos leões à 3.Bundesliga como campeão regional da Bavária, o treinador optou por não assinar a renovação contratual com o clube para dedicar mais tempo à família, já que sua esposa está grávida. Também agradeceu à torcida que o acolheu com tanto carinho por suas duas passagens, sendo esta mais recente a maior delas: voltou como jogador ainda em 2007 e prosseguiu como atleta até 2014, quando se aposentou e tomou parte como preparador no clube de onde não saiu até os dias atuais.
      "Eu sou grato a tudo o que este clube me proporcionou, mas sinto que é o momento de me dedicar a minha família. Minha esposa está grávida novamente, então é o momento ideal para me dedicar com maior tempo a eles.", comentou Bierofka após a reunião com a diretoria. Entretanto, ele diz que "gostaria muito de ver o Heinrich comandando o clube. Conheci ele mais propriamente numa das aulas da Federação Alemã para progredir nas licenças e, além de ter sido um bom jogador, tem a cara dos leões. Uma pessoa dedicada àquilo que faz e que se doa para alcançar.", indicou o ex-treinador do clube.
      Com a indicação de Bierofka, a diretoria do clube estabeleceu contato para assinar com o ex-meio-campista Heinrich Weber, de 35 anos, para o cargo de treinador. Nascido na Alemanha Oriental, em Dresden na data de 31 de maio de 1983, o novo treinador do clube iniciou sua trajetória como jogador no Dynamo Dresden, atuando em sua primeira partida durante a temporada 1999/2000 e permaneceu por lá durante três temporadas, quando foi contratado pelo Hertha Berlim, em 2003, desenvolvendo suas habilidades como meia-atacante até chamar a atenção, em 2007, do Borussia Dortmund que conseguiu sua contratação sem custos após a desavença de Weber e a diretoria do Hertha que culminou na expiração do contrato do jogador com o clube.
      Em Dortmund, Weber atingiu seu ápice na carreira ao levantar duas Bundesliga, uma Pokal e alcançar o vice-campeonato europeu contra o Bayern. No ano de 2014, aos 31 anos, Weber estava convivendo com sucessivas lesões e acertou sua transferência para o St. Pauli, clube em que reencontrou a forma e superou a má fase até decidir se aposentar dos gramados nesta última temporada, enquanto graduava-se no Curso Nacional C para treinadores promovido pela DFB.
      O acordo de Weber com a diretoria do 1860 München é válido por uma temporada.
      Historial como jogador:
      O treinador espera uma campanha acima da média em sua temporada de estréia e jogou as expectativas para o alto, em busca de alcançar logo de começo os play-offs de acesso.
      - Acredito que o clube passou por problemas nas últimas temporadas até chegar à Regionalliga, embora tenha apresentado uma recuperação na volta para a 3.Liga. Confio que nosso plantel é bom o suficiente para disputar as ligas mais competitivas da Alemanha. [...] a diretoria me deu uma tarefa, que é a de brigar na parte superior da tabela, mas eu preciso mostrar que estou empenhado aqui no clube e me comprometi em brigar alcançar os play-offs e passar para a segunda eliminatória da Pokal.  - afirmou Weber em sua apresentação à imprensa.
    • Bruno Trink
×