Jump to content

Morre, aos 76 anos, Stephen Hawking


SilveiraGOD.

Recommended Posts

Citar

Morre aos 76 anos o físico inglês Stephen Hawking
Cientista escreveu 14 livros, entre eles 'O universo em uma casca de noz', e aos 21 anos, foi diagnosticado com ELA, doença que compromete os movimentos do corpo.

Por G1,
14/03/2018 00h58

 

O físico Stephen Hawking em imagem de abril de 2016. (Foto: Lucas Jackson / Arquivo / Reuters)O físico Stephen Hawking em imagem de abril de 2016. (Foto: Lucas Jackson / Arquivo / Reuters)

O físico e pesquisador Stephen William Hawking morreu nesta quarta-feira (14), aos 76 anos, informou um porta-voz da família.

Hawking nasceu em 8 de janeiro de 1942 em Oxford, na Inglaterra, 300 anos após a morte de Galileu. Quando fez 8 anos de idade, se mudou para St. Albans, cidade localizada a cerca de 30 km de Londres, na Inglaterra.

Um dos mais conhecidos cientistas do mundo, estudou na University College, de Oxford, que também foi a faculdade de seu pai. Stephen queria estudar matemática, enquanto sua família o queria estudante de medicina. Como matemática não estava disponível na grade da universidade, ele escolheu física e se formou em 1962.

Três anos depois, o físico recebeu sua primeira premiação na classe licenciatura em Ciências Naturais - ao longo de sua carreira, recebeu 15 medalhas e prêmios. Ele saiu de Oxford e foi para Cambridge fazer uma pesquisa na área de cosmologia, já que não havia essa área na universidade em que estudava.

Hoje, é doutor em cosmologia. Foi professor de matemática na Universidade de Cambridge, onde é professor lucasiano emérito - mesmo cargo ocupado por grandes cientistas como Charles Babbage, Isaac Newton e Paul Dirac. Ele também é diretor do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica da mesma universidade. Suas principais áreas de especialidade são cosmologia teórica e gravidade quântica.

Hawking também é autor de 14 livros, entre eles “O universo em uma casca de noz” e “Uma nova história do tempo”. Em 2014, sua história de vida foi contada no filme “A teoria de tudo”, vencedor de um Oscar.

ELA e vida pessoal

Quando completou 21 anos, Hawking foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A doença causa morte dos neurônios motores, que são as células nervosas responsáveis por todos os movimentos do corpo. Aos poucos, os pacientes perdem a capacidade de se mover, de falar, de engolir e de respirar.

Por isso, Hawking vive em uma cadeira de rodas e é dependente de um sistema de voz computadorizado para se comunicar com as pessoas.

Ele tem três filhos. Casou-se pela primeira vez em 1965 com Jane Hawking e se separou em 1991. Em 1995, teve seu segundo casamento com a enfermeira Elaine Mason e se divorciou em 2006.

Hawking e sua nova noiva Elaine Mason logo cerimônia de casamento, em setembro de 1995 (Foto: Russell Boyce / Arquivo / Reuters)Hawking e sua nova noiva Elaine Mason logo cerimônia de casamento, em setembro de 1995 (Foto: Russell Boyce / Arquivo / Reuters)

@G1

Notícia bastante triste pra nerdaiada.

Link to comment
Share on other sites

Bastante triste para a humanidade. Enquanto a onda Conservadora/Religiosa ganha força, perdemos um dos maiores ícones da ciência moderna e talvez o maior gênio de nossa época.

RIP Stephen Hawking.

Link to comment
Share on other sites

Citar

“Vocês devem querer que um físico fale no vosso funeral. O físico explicará à vossa família a lei da conservação de energia, para assim a vossa família perceber que a vossa energia não morreu. O físico irá lembrar à vossa chorosa mãe que segundo a 1ª lei da termodinâmica, nenhuma energia é criada no Universo e nenhuma energia é destruída. A vossa mãe vai querer saber que toda a vossa energia permanece presente, está agora espalhada pelo mundo, e está a rodeá-la. O físico também dirá ao vosso choroso pai que de entre toda a energia do cosmos, vocês deram tanta energia como receberam do cosmos.

E a certo ponto, o físico irá descer do altar, dirigir-se à vossa esposa/marido e dizer-lhe que todos os fotões que alguma vez reflectiram na vossa face, todas as partículas que alguma vez foram interrompidas pelo vosso sorriso, pelo toque no vosso cabelo… centenas de triliões de partículas que vos tocaram durante a vossa vida… todas elas correram como se fossem crianças, e os caminhos delas foram para sempre desviados por vocês. E o físico ainda dará a saber à vossa esposa/marido que todos os fotões que reflectiram em vocês foram recolhidos por detectores de partículas chamados olhos; foram recolhidos pelos olhos da vossa esposa/marido. Esses fotões criaram constelações de neurónios carregados electricamente no cérebro da vossa esposa/marido. E esses fotões, que originalmente partiram de vocês, continuarão para sempre.

(...)

E vocês vão querer que o físico explique à vossa família que não é precisa qualquer fé; na verdade, eles não precisam ter fé. Eles podem medir a energia, como os cientistas medem diariamente de forma bastante precisa. Podem verificar essas medições e até as fazer por si próprios. A vossa família só precisará examinar as evidências, ficarem satisfeitos por a ciência ser verdadeira, e sentirem-se reconfortados por a vossa energia continuar a fazer parte do Universo. De acordo com a lei da conservação de energia, não se perde nem sequer uma pequenina parte de vocês; simplesmente deixaram de estar tão organizados. Amen”

http://www.astropt.org/2012/09/19/pecam-a-um-fisico-para-falar-no-vosso-funeral/

https://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=4675953

 

Link to comment
Share on other sites

  • Vice-President

Vai-se o corpo, mas fica o legado. Descanse em paz.

Link to comment
Share on other sites

Este jovem quebrou o dedinho do pé.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Bruno Caetano. disse:

Este jovem quebrou o dedinho do pé.

Este jovem deveria amadurecer e parar de fazer piada com tudo.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
Em 14/03/2018 at 16:19, Bruno Caetano. disse:

Este jovem quebrou o dedinho do pé.

Que infeliz a "brincadeira".

Eu achava o Stephen Hawking muito fofo, mesmo doente, fiquei tão triste com a morte dele, é uma dessas pessoas que deviam viver pra sempre, tipo Carl Sagan. Se vierem com Sílvio Santos, vão se foder.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

  • Similar Content

    • F J
      By F J
      Pessoal das antigas que conhece bem o  @Homeman faleceu hoje, teve um AVC após ser internado por covid-19.
      Tudo muito rapido, havia sido internado apenas a 2 dias.
      Fazia mais de 10 anos que ele não entrava no forum, ja foi membro da moderação, da pesquisa, fervoroso torcedor do Noroeste de Bauru.
    • Luiz A. Borel
      By Luiz A. Borel
      Triste demais ler isso. 😕 
      edit: Falta a apuração, mas parece que foi com um tiro. 
    • ZMB
      By ZMB
      Ator lutava contra câncer de cólon desde 2016 e morreu em sua casa, nos Estados Unidos.
      O ator Chadwick Boseman morreu aos 43 anos. Conhecido por interpretar o Pantera Negra no filme da Marvel, além de personagens importantes da história americana, ele enfrentou um câncer de cólon diagnosticado em 2016.
      "É com imensurável pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016, e lutou contra ele nestes últimos quatro anos conforme progrediu para estágio 4", afirmou a família do ator em seu perfil no Twitter.
      "Um verdadeiro lutador, Chadwick perserverou por tudo, e trouxe a vocês muitos dos filmes que tanto amam. De 'Marshall: Igualdade e Justiça' a 'Destacamento Blood', 'Ma Rainey's Black Bottom' de August Wilson e muitos mais, todos foram gravados durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia. Foi a honra de sua carreira trazer à vida o rei T'Challa em 'Pantera Negra'."
      De acordo com a nota, ele morreu em sua casa, acompanhado da mulher e da família. Ele nunca tinha falado sobre a doença publicamente.
      Nascido na Carolina do Sul, o americano Chadwick Aaron Boseman começou a carreira na televisão, com um pequeno papel na série "Parceiros da Vida".
      Depois de participações em séries como "Lei & Ordem" e "Plantão médico", ele ganhou seu primeiro papel regular em "Lincoln Heights", em 2009.
      Seu primeiro personagem de destaque no cinema veio como o protagonista de "42: A História de uma Lenda" (2013).
      No filme baseado em fatos, interpretou o jogador de beisebol Jackie Robinson, que em 1947 se tornou o primeiro negro a entrar para um time da principal competição dos Estados Unidos, a Major League Baseball.
      O papel marcaria uma carreira repleta de personagens importantes da cultura negra americana, como o cantor James Brown, em "Get on Up: A História de James Brown" (2014), e o juiz Thurgood Marshall, primeiro membro negro da Suprema Corte americana, em "Marshall: Igualdade e Justiça" (2016).
      Ainda em 2016, ele estreou no papel pelo qual seria mais lembrado. Em "Capitão América: Guerra Civil", Boseman apareceu pela primeira vez como T'Challa. Criado pela Marvel em 1966, o Pantera Negra foi o primeiro super-herói negro dos quadrinhos americanos.
      Dois anos depois, estrelou seu próprio filme, "Pantera Negra". Sucesso com crítica e com o público, a história do herói de um reino africano fictício e avançado bateu a marca do US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, ganhou três Oscar e foi indicado a outros quatro — entre eles, o de melhor filme.
      Como o herói, ele ainda participou de "Vingadores: Guerra Infinita" (2018) e de "Vingadores: Ultimato (2019), e tinha presença confirmada em um novo "Pantera Negra", previsto para 2022.
      Seu trabalho mais recente já lançado foi "Destacamento Blood", dirigido por Spike Lee, que estrou em junho. Ele ainda esteve em "Ma Rainey's Black Bottom", com Viola Davis, que tinha estreia prevista em 2020.
      Fonte: G1.com
       
       
    • David R.
      By David R.
      Caramba, figura bastante importante... principalmente na história do Grêmio, tanto antiga quanto nessa reconstrução.
    • Dinheiro Tardelli
×
×
  • Create New...