Jump to content
Sign in to follow this  
Ari Cesar

SC Jaraguá - O rugir do Leão do Vale [Bicampeão de Santa Catarina] - Atualizado 1/9/2019

Recommended Posts

Ari Cesar

ad7IWue.png?1

 

Olá a todos.

Comprei o FM 18 e resolvi iniciar um save no Brasil de formação e base. Já estava realizando em off no FM 17 com o Milan RS e ai com a nova versão resolvi jogar da mesma forma e compartilhar. A ideia é bem similar aos demais saves de base: levar o clube a glória usando apenas a base.

Escolha do clube

Para escolher o clube resolvi pesquisar na base do brasil up qual seria o clube profissional com menor estádio no Brasil. Inicialmente havia encontrado um clube do RS com um estádio de 200 lugares, mas procurando um pouco mais encontrei o SC Jaraguá que possui um estádio com apenas 100 lugares. Após isso resolvi pesquisar um pouco da história e descobri que SC Jaraguá foi criado graças ao desenvolvimento da base. Dessa forma resolvi escolher o Leão do Vale para iniciar minha empreitada.

Objetivos do save

Resolvi colocar algumas metas que em sua maioria serão atingidos a longo prazo. Coloquei asterisco naqueles que acho ser quase impossíveis mas que gosta de ver como o FM se comporta.

Equipe

  • Utilizar a base
  • Aplicar o modelo de jogo ofensivo visando a posse de bola e passes rápidos.
  •  Reter o máximo de jogadores na equipe impedindo que saiam para a Europa. *
  • Ter eleito o melhor jogador jovem do mundo. *
  • Ter eleito o melhor jogador do mundo. *

 

Clube

  • Possuir a melhor estrutura de Santa Catarina
  • Possuir a melhor estrutura do Brasil
  • Possuir a melhor estrutura de clube Sul Americano
  • Se tornar o principal clube formador de Santa Catarina
  • Se tornar o principal clube formador do Brasileiros
  • Se tornar o principal clube formador Sul Americano
  • Se tornar o principal clube Catarinense
  • Se tornar o principal clube Brasileiro
  • Se tornar o principal clube da América do Sul
  • Ficar entre os 5 melhores clubes do mundo *

Títulos

  • Ganhar a campeonato catarinense [ 2040, 2041]
  • Ganhar o Brasileiro série A
  • Ganhar a copa do Brasil
  • Ganhar a Sul Americana
  • Ganhar a libertadores
  • Ganhar o mundial de clubes

Técnico

  • Me tornar o melhor técnico brasileiro de todos os tempos

História do clube

O Sport Club Jaraguá nasceu inicialmente com o nome de: Associação Catarinense de Futebol Arte, quando foi fundado em 15 de abril de 2008, e no dia 25 de março de 2011, passou a ser chamado pelo nome atual. O clube iniciou suas atividades com o intuito de trabalhar com atletas da região, com idade de categorias de base. Com o passar do tempo a base foi se estruturando, parcerias foram sendo firmadas com outros clubes e empresários e, no ano de 2011, um novo clube de futebol profissional foi lançado no futebol catarinense.

O Sport Club Jaraguá possui as cores preto, vermelho e amarelo, devido a forte imigração alemã da região.Sua estreia em competições oficiais, ocorreu na disputa da Divisão de acesso do Campeonato Catarinense de 2011 quando terminou a competição como vice-campeão.

 

Historia do manager

Lucas Castro é morador de Jaraguá e em sua infância/adolescência atuou na Associação Catarinense de Futebol Arte. No período de transição dos nomes Lucas abandonou a equipe por perceber que não possuía qualidade suficiente para atuar como jogador. Apesar de sua paixão pelo clube e pelo futebol Lucas decidiu cursar Educação física para no futuro ajudar a equipe fora das 4 linhas. Agora chegou esse dia e Lucas foi escolhido como técnico do Sport Clube Jaraguá. Ele não possui licença e seu passado esta como futebol amador.

 

Em breve coloco informações sobre a equipe, formação, competições e início da aplicação da filosofia na equipe.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Voltou em grande estilo xará. E claro que estarei acompanhando, mas uma pergunta: você está usando uma Database alternativa ou o clube já vem no FM18?

 

PS: Depois coloca a tag do jogo na frente do título do save. :-)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
46 minutos atrás, LC disse:

Voltou em grande estilo xará. E claro que estarei acompanhando, mas uma pergunta: você está usando uma Database alternativa ou o clube já vem no FM18?

 

PS: Depois coloca a tag do jogo na frente do título do save. :-)

E ai Lc, blz? Valeu por comentar.

Quanto a base to usando a brasil mundi up (12-12)  e nada mais. Espero que não bug. :D

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
difini

Fala meu conterrâneo de Canoas!

Gosto bastante de save de times brasileiros, principalmente de divisões bem inferiores.

Irei acompanhar aqui e boa sorte no teu save!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Confesso que fiquei meio dividido ao ler a proposta. Achei muito legal ver mais alguém fazendo um save de base aqui na área. Achei muito legal também que vai ser no Brasil, que não é tão explorado aqui na área.

Por outro lado, fiquei bem apreensivo com a ideia de usar um update alternativo. Tua proposta é para um save extremamente longo, e esse tipo de update não é exatamente conhecido por sua estabilidade. Infelizmente, não acredito que tu vá conseguir ir longe.

Mas espero realmente estar errado, pois a proposta em si é muito legal. Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
ggpofm

Bom retorno, Ari.

Ta aí, um desafio bastante difícil e que demanda muitas temporadas para ser realizado. Só posso lhe desejar boa sorte com o Jaraguá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabriel Kanaan

Desafio interessante, boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
MitoMitológico

Amo saves de Base no Brasil. Desejo Boa Sorte nessa sua novo jornada com o Jaraguá, Ari. Sucesso para ti.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
Em 17/12/2017 at 20:17, difini disse:

Fala meu conterrâneo de Canoas!

Gosto bastante de save de times brasileiros, principalmente de divisões bem inferiores.

Irei acompanhar aqui e boa sorte no teu save!

Dae Difini!

Eu sou um amante de saves onde o treinador começa em clube pequenas, tanto que não sei jogar diferentes. kkkk

Como disse antes estava fazendo um save com o Milan RS e gostei muito pelo desafio e por ver os meninos da base crescerem no clube e receberem propostas de clubes superiores. Ao comprar o FM 18 pensei em fazer um save de treinador pela américa latina pegando equipes pequenas e transformando em potencia dentro do país, mas ai falou mais alto a paixão por ver um único clube crescer e ser o melhor de todos .

Vai acompanhando que esse save vai longe.

 

23 horas atrás, Danut disse:

Confesso que fiquei meio dividido ao ler a proposta. Achei muito legal ver mais alguém fazendo um save de base aqui na área. Achei muito legal também que vai ser no Brasil, que não é tão explorado aqui na área.

Por outro lado, fiquei bem apreensivo com a ideia de usar um update alternativo. Tua proposta é para um save extremamente longo, e esse tipo de update não é exatamente conhecido por sua estabilidade. Infelizmente, não acredito que tu vá conseguir ir longe.

Mas espero realmente estar errado, pois a proposta em si é muito legal. Boa sorte.

Fala Danut!

Também compartilho da tua preocupação por isso pretendo ir apagando as divisões inferiores sempre que conseguir subir e ter uma estabilidade . Um fator que me deixa confiante que isso possa dar certo é porque a base foi testada até 2030 sem apresentar erros e espero que até essa data esteja jogando a série C e a primeira divisão do campeonato catarinense. Mas caso dê algum problema fico satisfeito pelas horas de diversão que terei fazendo esse save.

Vai acompanhando que se tudo der certo esse save vai ser bem longo.

 

12 horas atrás, ggpofm disse:

Bom retorno, Ari.

Ta aí, um desafio bastante difícil e que demanda muitas temporadas para ser realizado. Só posso lhe desejar boa sorte com o Jaraguá.

Fala ggpofm!

Valeu pelos desejos e fico muito feliz por receber as boas vindas de todos vocês. Com certeza será um desafio e tanto, espero que consiga ir até o fim.

 

11 horas atrás, Gabriel Kanaan disse:

Desafio interessante, boa sorte!

Valeu Gabriel! Vai acompanhando que sempre que puder estarei atualizando.

11 horas atrás, Henrique M. disse:

Boa sorte.

Valeu Henrique!

9 horas atrás, MitoMitológico disse:

Amo saves de Base no Brasil. Desejo Boa Sorte nessa sua novo jornada com o Jaraguá, Ari. Sucesso para ti.

Então Mito ,você esta no lugar certo! Vamos junto que esse save vai ser longo e bem divertido.

 

@LC Teu amigo aqui não colocou a tag porque ficou tanto tempo longe do forum que não lembra como fazer. kkkkk

 

Muito obrigado a todos por comentarem o post e pelos desejos de sucesso e bom retorno.

Edited by Ari Cesar

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar

 

ad7IWue.png?1

 

 

O Clube

Como já podem imaginar o clube é paupérrimo. Formado em 2008, não possui títulos até o momento. Sua estrutura corporativa é tida como básica, como também a área de treino jovem e profissional, camadas jovens e recrutamento de juniores. O mando de campo é feito no estádio do botafogo, com capacidade máxima de 100 lugares. Em questão de estrutura temos como ponto positivo a condição do estádio que é tido como boa.

 

97oRnz7.png?1

Estrutura do clube
 

Equipe técnica

Com um clube de estruturas tão básicas, beirando o semi profissional, a equipe técnica basicamente não existe sendo que sou o único membro.

 

3Z8dQig.png?1

equipe técnica inicial


 

Finanças

Em meio ao caos as finanças se apresentam positivas e com a folha salarial em dia. A margem é mínima não permitindo aumento salarial e é um dos pontos que Lucas Castro precisará ficar de olho.

 

SVzvBUR.png?1

finanças iniciais

 

Equipe

A equipe principal é formada por 22 jogadores sendo que 7 são considerados como jovem promessas. Nenhum dos jogadores principais são cinzentos, o que a princípio ajudará na elaboração da equipe, o problema esta na qualidade deles e na escassez de posições ( sobre isso irei tratar mais a frente). Dentre os 22 alguns jogadores possuem qualidade e aparentemente estão com estado incorreto no plantel, por isso durante a primeira temporada todos os jogadores serão avaliados e colocados e seus respectivos lugares. Dentre esses 22 encontrei 3 para destacar.

 

oKYjcFy.png?1

Meio atacante reserva que aparentemente esta na situação errada no plantel

 

1hEuhYZ.png?1

Cleyson, meio central que esta como rotação, mas promovido a titular.

 

RiB7LyY.png?1

João Antônio, jovem promessa que deve ser escalado com frequência


 

Sobre a equipe reserva e base dá para se dizer que não existem. A equipe reserva possui 4 jogadores não cinzentos e a equipe de base apenas 3.

 

Em termos gerais a dinâmica da equipe é aceitável tendo como ponto negativo a coesão de jogo.

hspGeZN.png?1

Dinâmica inicial da equipe
 

 

Tática e modelo de jogo

Atualmente a equipe possui excesso de jogadores no ataque e meio campo e faltam jogadores para jogar nas laterias, seja na defesa, meio campo ou ataque. Hoje não posso utilizar formações como 4-4-2, 4-5-1 ou qualquer outra que use as laterais no meio campo, porque a equipe não possui meio direita. Mesmo assim consegui montar 3 formações sendo que a primeira é que gostaria de desenvolver e aplicar em meu modelo de jogo, porém não iniciarei com ela porque precisa ser bem treinada.

sZiLaQl.png

 

Falando em modelo de jogo irei iniciar os treinamentos com o modelo abaixo ( a esquerda) e que com os anos devo evoluir para alguma coisa similar a modelo da direita.

UrQWWfZ.png

 

Competições
 

Hoje os jogadores estão em férias e no próximo ano teremos o campeonato Catarinense série C. O primeiro desafio de Lucas será ficar próximo ao topo da liga. Vamos torcer que ele consiga formatar um modelo vencedor para que não acabe sendo demitido.


PewXOZp.png?1

 

Na próxima atualização trarei de como foi a primeira temporada do clube, dos novos jogadores e de como anda a evolução do modelo de jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabriel Kanaan

Curioso haver 22 jogadores no plantel, normalmente nesses times é preciso contratar quase todo o plantel, pois só possuem jogadores cinzas. 

O Cleyson parece interessante, vamos ver como o time vai se sair.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
22 horas atrás, Gabriel Kanaan disse:

Curioso haver 22 jogadores no plantel, normalmente nesses times é preciso contratar quase todo o plantel, pois só possuem jogadores cinzas. 

O Cleyson parece interessante, vamos ver como o time vai se sair.

Olá Gabriel!

Pois é, também achei estranho e inclusive ia dá os créditos a equipe que monta a base do brasil up, mas ai fui no site do Jaraguá e percebi que os jogadores não possuem os mesmos nomes. Acho que devo ter marcado por engano a opção de gerar jogadores e por isso possuo exatos 22 jogadores no plantel.

 Em fim, isso deve facilitar a vida no inicio do jogo, mas depois não deve mudar nada.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

É provável que tu tenha selecionado essa opção mesmo, pois essas equipes não costumam ter jogadores reais não. Mas não acho que isso seja um grande problema, vai te ajudar um pouco agora só e deu, como tu mesmo disse.

No mais, achei interessante tua ideia de montar um esquema mais simples e já ter em mente o que quer montar no futuro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
vinny_dp

Bacana a ideia do clube, embora como o Danut bem ressaltou existe o risco com o update.

Terá grandes dificuldades e espero que consiga um save longo, duradouro e quem sabe, bem-sucedido.

Boa sorte na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
Em 23/12/2017 at 09:07, Danut disse:

É provável que tu tenha selecionado essa opção mesmo, pois essas equipes não costumam ter jogadores reais não. Mas não acho que isso seja um grande problema, vai te ajudar um pouco agora só e deu, como tu mesmo disse.

No mais, achei interessante tua ideia de montar um esquema mais simples e já ter em mente o que quer montar no futuro.

Olá Danut!

Com certeza só vai ajudar no inicio até porque o assédio dos outros clubes é intenso e dificilmente conseguirei manter a maioria  da equipe.

Sim, tenho um esquema em mente e conforme os anos quero evoluir. O legal do save de base e clube que posso ir treinando os jogadores nas posições e de maneira que se enquadre no esquema. É algo demorado e trabalhoso mas acho que pode dá certo.

Em 23/12/2017 at 19:57, vinny_dp disse:

Bacana a ideia do clube, embora como o Danut bem ressaltou existe o risco com o update.

Terá grandes dificuldades e espero que consiga um save longo, duradouro e quem sabe, bem-sucedido.

Boa sorte na sequência.

Valeu vinny!

São as dificuldades que vão dá graça ao save e espero que consiga evoluir o clube antes que dê algum problema na base.

 

PS: Desculpa a demora para responder. Estive viajando por esses dias e não tinha acesso a internet.

Edited by Ari Cesar

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar

ad7IWue.png?1

Temporada 2018

 

Contratações

Começamos nossa primeira temporada buscando reforços na área de staff. Tentei por conta própria contratar os preparadores e demais membros da comissão, mas devido a escassez financeira e dificuldade de encontrar profissionais pelo preço que poderia pagar (máximo R$ 4000,00) me vi obrigado a deixar a maioria das contratação na mão do presidente do clube que no fim fez um bom trabalho. Dessa  maneira montei o seguinte quadro de técnico.

 

P8QrF47.png?1

Contratações temporada

 

fuA607k.png?2

Qualidade equipe técnica 

 

Amistosos

Antes de iniciar o campeonato resolvi realizar 4 amistosos para buscar a melhor formação, alinhar a melhor equipe e verificar como iria se comportar o modelo de jogo .


 

fngDxUz.png

Jogos amistosos
 

Como podem perceber os resultados foram satisfatórios apresentando mais vitórias do que derrotas ou empates. O porém é que precisei realizar algumas alterações sutis no modelo de jogo e utilizar a formação 4-3-3. Abaixo o modelo de jogo proposto inicialmente e o modelo utilizado para alcançar as vitórias.

 

rREVFq8.png

 

Campeonato Catarinense Série C

Se os amistosos apresentaram algum nível de dificuldade a série C do campeonato catarinense não apresentou. A única dificuldade foi a sombra do Juventus Jaraguá me seguindo em toda competição. A disputa pelo título foi ponto a ponto e inclusive consegui o título sobre eles devido ao  meu estupendo saldo de gols.

bIJVpIn.png

Tabela final e resultados jogos
 

dHYNFgt.png?1

Retorno direção

 

Estatísticas

 

Ao final do campeonato muitos jogadores apareceram com destaque nas estatísticas . O mais interessante é que estamos no topo de quase todas delas.

Wz9UREE.png?1

Estatística do campeonato

 

Tendo tantos jogadores em destaque a equipe também apareceu dentro das melhores equipes do campeonato, inclusive no quesito posse de bola que é um dos objetivos do save.

 

WbifOg2.png?1

Melhores equipes do campeonato

 

Dinâmica

Ao final da temporada alguns jogadores subiram na hierarquia de influência. Hoje o jogador mais influente é Daniel Imperador seguido por Cleyson 


XI3i7uY.png?1

 

 

Movimentação no mercado

 

A boa participação na liga chamou a atenção de outros clubes e durante a competição recebemos diversas ofertas por nossos jogadores. Infelizmente mesmo com a realização de pré-contratos e inclusão de aviso aos clubes que não iriamos vender os jogadores, a direção simplesmente resolveu passar por cima da minha autoridade e realizar a venda avisando que a proposta era muito boa para ser negada.

Assim tivemos um desmonte no plantel que se iniciou no meio da temporada e finalizou após o termino. 

zynpKKo.png?1

jogadores vendidos durante a temporada

 

Formação de jovens
 

Apesar da estrutura de formação básica a fornada de jovens me pareceu interessante com bastante jogadores com potencial. Destaco Junior como melhor jogador dessa turma. Apesar de serem novos ( todos com 15 anos) irei utilizar na medida do possível na equipe principal e reserva para adquirirem experiência de jogo.

zoRbvxE.png?1

Jogadores em formação

 

6PIofsy.png?1

 

Finanças

As finanças que estavam bem no inicio da temporada agora estão um desastre. O ponto positivo é que continuo administrando bem a parte salarial do clube estando apenas R$ 1000,00 acima do orçamento.

SuVEKL8.png?1

situação financeira

Extras

 

A temporada de 2018 obteve a venda de 50 ingressos. De acordo com a direção os números semelham a temporada passada.

poFrNQ8.png?1

Vendas época

 

 

O clube passou a ter dois patrocinadores com um investimento de quase R$ 12000,00 em dois anos. O investimento é baixo, mas já é alguma coisa para um clube pequeno como o Jaraguá.

HvmknkQ.png

Patrocinadores

 

Durante a temporada aconteceram a eleições e agora temos um novo presidente. A notícia boa é que o novo presidente renovou o contrato com Lucas Castro que após quase um ano no clube teve a possibilidade de sugerir filosofias para ser avaliado. O "ruim" é que o salário de R$ 11000,00 foi mantido.

 

vx0s2jK.png?1

Novo contrato

 

Também será realizada a construção de um novo estadio


K82GwQk.jpg?1

Construção do novo estádio
 


 

Edited by Ari Cesar

Share this post


Link to post
Share on other sites
vinny_dp

Com as finanças ainda se ajeitando é de surpreender que a Diretoria queira aumentar a capacidade do estádio (ainda mais que o motivo não é de regulamento). Era preferível segurar um pouco mais o elenco e deixar a obra para depois. 

Mas enfim, agora já era e terá que lidar com esses fatores para manter uma equipe competitiva no campeonato nacional. Espero que consiga um desempenho próximo ao do campeonato Estadual, onde passou o carro e mereceu a promoção. Falando no Estadual, fiquei surpreso com a presença do Hermann Aichinger na terceirona.

Boa sorte na sequência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

Surpreendente mesmo a presença do Hermann Aichinger na terceirona, como o Vinny comentou. Cheguei a fazer um save com eles no FM 2008 aqui na área, estavam na primeira divisão catarinense e na Série C.

Foi uma temporada bem tranquila, vamos ver se a construção do novo estádio não vai atrapalhar demais as finanças do clube. E vamos ver também como o Jaraguá se sai na segundona.

Boa sorte na continuação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luucas A.

Que bacana, boa sorte! Realmente o Estádio Botafogo é bem acanhado. Acompanhei a decisão da 3ª divisão de 2011, contra a Caçadorense (CAC), e à época não tinha arquibancada, apenas o alambrado em volta ao campo!

 

No mais parabéns pela conquista, mas agora começa o desafio propriamente, com o time em competições mais "cascudas" hahaha

 

PS: Para contribuição aos amigos, o Hermann Aichinger viveu tempos difíceis e fechou as portas. Cogita-se a sua volta, mas nada 100% concreto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
7 horas atrás, vinny_dp disse:

Com as finanças ainda se ajeitando é de surpreender que a Diretoria queira aumentar a capacidade do estádio (ainda mais que o motivo não é de regulamento). Era preferível segurar um pouco mais o elenco e deixar a obra para depois. 

Mas enfim, agora já era e terá que lidar com esses fatores para manter uma equipe competitiva no campeonato nacional. Espero que consiga um desempenho próximo ao do campeonato Estadual, onde passou o carro e mereceu a promoção. Falando no Estadual, fiquei surpreso com a presença do Hermann Aichinger na terceirona.

Boa sorte na sequência.

 

Pois é, as obras também me surpreenderam, mas o motivo foi a constante lotação do estádio. Acho que deveriam alugar um estádio como opção ao invés de construir... Em fim não tenho muito o que fazer.

Infelizmente só irei jogar o catarinense série B. Achei estranho subir e não jogar o  Brasileiro regional. Espero que não seja um problema da base. 

Também fiquei surpreso com a presença deles na série C. Esperava ver eles na B ou A.

 

 

6 horas atrás, Tsuru disse:

Surpreendente mesmo a presença do Hermann Aichinger na terceirona, como o Vinny comentou. Cheguei a fazer um save com eles no FM 2008 aqui na área, estavam na primeira divisão catarinense e na Série C.

Foi uma temporada bem tranquila, vamos ver se a construção do novo estádio não vai atrapalhar demais as finanças do clube. E vamos ver também como o Jaraguá se sai na segundona.

Boa sorte na continuação.

 

Fala Tsuru!

To com bastante medo que a construção do estádio limpe de vez o caixa e prejudique na renovação de contrato dos jogadores.

Vamos ver como será a segundona. Espero ficar no meio da tabela.

 

2 horas atrás, Luucas A. disse:

Que bacana, boa sorte! Realmente o Estádio Botafogo é bem acanhado. Acompanhei a decisão da 3ª divisão de 2011, contra a Caçadorense (CAC), e à época não tinha arquibancada, apenas o alambrado em volta ao campo!

 

No mais parabéns pela conquista, mas agora começa o desafio propriamente, com o time em competições mais "cascudas" hahaha

 

PS: Para contribuição aos amigos, o Hermann Aichinger viveu tempos difíceis e fechou as portas. Cogita-se a sua volta, mas nada 100% concreto.

Fala Luucas!

Eu esperava que o FM representasse o estádio dessa maneira,  mas é totalmente diferente dando a impressão de um estádio para pelo menos 3000 pessoas. Quero ver se consigo tirar um print dele

Verdade agora começa o verdadeiro desafio. Acredito que cada vez mais vá aumentar porque dificilmente irei conseguir segurar os jogadores titulares por mais de 1 ou 2 temporadas e então a base terá que ser minha única solução.

Obrigado pela contribuição. Não tinha a mínima ideia que estavam em uma situação tão deficitária. 

 

PS: Percebi que para jogar o brasileiro regional é necessário ter acesso pelo brasileiro divisões inferiores que mesmo passando uma temporada não teve jogos. Espero estar errado, mas caso não esteja o save será encerrado por não ser possível subir no brasileiro.

Edited by Ari Cesar

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC
1 hora atrás, Ari Cesar disse:

 

Ps: Percebi que para jogar o brasileiro regional é necessário ter acesso pelo brasileiro divisões inferiores que mesmo passando uma temporada não teve jogos. Espero estar errado, mas caso não esteja o save será encerrado por não ser possível subir no brasileiro.

Você não  está nas divisões inferiores? Complicou então. Uma pena se isso se confirmar, pois o save prometia. Update alternativo tem isso. Acabou acontecendo um crash no meu save e acredito que seja o update.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
11 horas atrás, LC disse:

Você não  está nas divisões inferiores? Complicou então. Uma pena se isso se confirmar, pois o save prometia. Update alternativo tem isso. Acabou acontecendo um crash no meu save e acredito que seja o update.

 

Pois é LC, minha expectativa que isso mude automático porque quando fiz meu save com o Milan RS iniciei na gauchão serie D  e ao subir para a B o jogo me colocou automaticamente no Brasileiro regional. Tomara que isso aconteça novamente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoHernandes

Conseguiu um ótimo acesso, com a equipe sendo dominante durante todo o campeonato. Parabéns.

Agora falando sobre o save, acho que você levou o desafio ao extremo ao pegar um clube bem pequeno para fazê-lo. O time não tem estádio, não tem divisão nacional e ainda vendeu quase todo mundo depois da primeira temporada, não sei se terá uma vida tranquila na próxima temporada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ari Cesar
42 minutos atrás, DiogoHernandes disse:

Conseguiu um ótimo acesso, com a equipe sendo dominante durante todo o campeonato. Parabéns.

Agora falando sobre o save, acho que você levou o desafio ao extremo ao pegar um clube bem pequeno para fazê-lo. O time não tem estádio, não tem divisão nacional e ainda vendeu quase todo mundo depois da primeira temporada, não sei se terá uma vida tranquila na próxima temporada.

Valeu Diogo!

Eu sempre gostei de fazer desafios extremos. Uma certa vez tentei levar uma equipe da 24 divisão inglesa até a premier usando apenas a base, igual ao oque o @baltazar fez aqui no forum. Só não consegui ir adiante porque a base tinha um bug na subida de umas das divisões ai acabei desistindo.

Quanto a próxima temporada posso adiantar que não foi tão complicada quanto imaginado, agora a terceira temporada vai ser bem punk ( pequeno spoiler do texto que estou trabalhando).

Continue acompanhando que no máximo até sexta irei postar o novo post.

PS: Alguem ai me ajuda com o VIP por favor.. Paguei e mandei MP para o Bruno e não obtive retorno.

Edited by Ari Cesar

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • Aleef
      By Aleef
      Tirando, a lacrada da Folha querendo politizar em cima, achei muito coerente a entrevista. Se noutro tópico temos o Rubens falando que o técnico brasileiro é ruim. JJ diz que temos bons técnicos no Brasil. Detalhe para os 5 times e seus técnicos:
      - Mano Menezes (especulado no Sporting Portugal)
      - Carille (especulado no Bordeaux e Sevilla)
      - Sampaoli (ex- treinador do Sevilla e recebeu proposta do Bétis nesta temporada)
      - Cuca ( Who?)
      - Jorge Jesus (ex-treinador do campeonato português)
    • Selat
      By Selat
      Fala galera!
      Não sei se é válido dizer que sou novo aqui no fórum pois sou membro desde 2006 🤣. Mas o fato é que passei mais de uma década aqui apenas aproveitando o grande serviço que o FManager oferece para a comunidade FM, sempre nos bastidores. Achei que seria hora de eu tentar reverter isso e conseguir proporcionar para a comunidade algo em “troca”. Então decidi promover esse pequeno entretenimento em forma de história fictícia. 
      Me chamo Tales, tenho 27 anos e sou fã de FM desde o 2005. Sou de Belém do Pará e tenho apenas um time do coração: Paysandu Sport Club. Que por sinal foi a equipe escolhida para iniciar este save, "aproveitando" o mal momento do time estando recém-rebaixado para a Série C e me dando o desafio de subir de volta para a elite do futebol brasileiro.
      Apesar de ser jogador de FM desde quase os primórdios, confesso que tem algumas coisas que nunca consegui atingir em um save. Vou me dar o desafio de conseguir atingir algumas dessas coisas com este. Por exemplo: Nunca fui campeão de uma libertadores ou um mundial de clubes em qualquer FM (sempre gosto de começar com um time lá embaixo nas divisões até chegar ao sucesso, mas sempre abandono o save antes do grande sucesso chegar 😂 – às vezes por falta de tempo, às vezes porque lançou outro FM melhor e às vezes simplesmente porque perco o interesse). Nunca fui campeão de uma champions (embora tenha chegado na final certa vez com o PSG no FM2014, perdendo de 3x2 pro Chelsea, mas isso é outra história) ou de uma Copa do Mundo (na verdade nunca nem treinei uma seleção no FM).
      Enfim, deu pra ver que apesar de ter tempo e experiência com o jogo, tem muitas coisas que ainda não alcancei, e algumas delas pretendo alcançar com este save, jogando o FM2019 pela primeira vez, segue a lista de objetivos abaixo:
      Objetivos:
      - Campeão de ao menos 5 estaduais, não importando quais estados. (Faltam 3)
      - Campeão Brasileiro 3 vezes (Ao menos um deles deve ser a Série A). (Faltam 2)
      - Campeão da Copa do Brasil ao menos uma vez.
      - Libertadores ao menos uma vez.
      - Mundial de Clubes ao menos uma vez.
      Ao ver esses objetivos já deve ficar claro que meu save se passará no Brasil. Começarei no Paysandu mas não pretendo me limitar apenas nele. Caso outro clube me chame durante a jornada, posso acabar optando por ir treiná-lo, me limitando apenas no Brasil.
      Ligas selecionadas (Tem bastante coisa mas o PC aguenta).
      A História
      A partir do próximo post, vamos acompanhar a história de dois amigos: Edílio Marques, um jornalista esportivo, e Donald Santos, um jovem recém promovido a técnico de futebol. Ao saber que o amigo conseguiu uma promoção dentro do Paysandu Sport Club como técnico da equipe principal para a temporada 2019, Edílio decide “abusar” da amizade para ter acesso aos bastidores de tudo o que rola dentro do clube, decidindo então escrever vários relatos sobre a trajetória que se iniciava ali.
       
      Índice - 1ª Temporada
      Capítulo I
      Capítulo II - Presente de Natal e Pré-temporada "fabulosa"
      Capítulo III - "É no detalhe que se define um clássico"
      Capítulo IV - "Diga ao Don que estou procurando ele"
      Capítulo V - 3 semanas, 3 decisões
      Capítulo VI - Um sobe, outro desce
      Capítulo VII - Entre glórias e fracassos
      Capítulo VIII - Pintando a chave de ouro
      Índice - 2ª Temporada
      Interlúdio - A Trilha
      Capítulo I - Deixe os tempos bons rolarem
      Capítulo II - Invictus
      Capítulo III - "Égua do time Pai d´égua"
      Capítulo IV – “Futebol é assim: num momento vacila, no outro faz história”
    • Jirimias
      By Jirimias
      Fala aí, povo!   Depois de muito tempo, eis que decidi retornar ao ofício de jogar e contar saves. Apesar do tempo está ainda mais curto do que antes, a saudade era maior, e depois de ensaiar vários retornos, enfim tomei coragem. A versão do jogo escolhida é o FM 2018, pois comprei e não havia jogado. Como já estamos quase no meio do ano, achei conveniente esperar para comprar o 20, e não o 19. 
      Como vocês podem ver eu escolhi a Hungria tema deste save, e isso deve-se muito à admiração adquirida por ter conhecido um pouco do futebol mágico do país na década de 50. Soma-se a isso o imenso desafio que é jogar e desenvolver um trabalho num país que hoje vive uma realidade no futebol muito diferente daquela do passado. Estes dois fatores foram fundamentais para minha escolha.   Peço apenas a compreensão se não houver postagens regulares, mas farei o possível para tentar duas por semana, exceto por este início que há capítulos introdutórios que já estão prontos.   
      Conhecer o passado nos ajuda a compreender suas consequências no presente, seja ele este atual que estamos vivendo agora, ou aquele que virá a ser presente, a qual chamamos de futuro. Só que na maioria das vezes mexer no passado é abrir feridas , e é isso que veremos em  "O sonho proibido" . Se esta aventura de voltar ao passado sem máquina do tempo pode ser perigoso, por outro lado, também é somente através desta visita ao passado que tanto o personagem  como o próprio futebol húngaro encontrarão respostas que poderão mudar suas histórias.
      A trama passa pelo encontro entre dois personagens que viveram em épocas diferentes, mas que tem em comum um sonho: trazer de volta a glória do futebol húngaro. Átila é um jovem recém-formado em Educação Física que tem como sonho treinar um time de futebol profissional. A inspiração para sua carreira é um ex-treinador que não teve uma carreira brilhante, mas que tinha a mesma determinação em fazer de sua carreira um combate pelo resgate da grandeza do futebol da Hungria. Tal dedicação  pela Causa Húngara, como ele mesmo denominou sua busca, fez o velho treinador ser tido como lunático. Sem familiares e esquecido, o velho treinador interna-se voluntariamente num asilo onde inicia a carreira de escritor.  Quando estas duas gerações se encontrarem, nem a vida dos dois, e nem o futebol húngaro serão mais os mesmos.  
      O "Sonho proibido" tem como objetivo principal levar a Hungria ao centro das atenções do futebol mundial, e para isso, a pretensão não é fazer o save de uma única liga, mas  de uma nação. Desta forma, terei a liberdade de mudar de liga, treinar mais de um clube da Hungria, treinar seleções, trabalhar com a revelação de talentos húngaros, enfim, buscar em todos horizontes resgatar as glórias do passado do futebol do país. Em síntese, são estes os objetivos:
      Ser campeão treinando um time brasileiro, remontando a ligação do passado entre húngaros e brasileiros no futebol; Revelar um novo Puskás; Levar a Seleção Húngara à disputa de uma Copa do Mundo, que desde 1986 não acontece; Vencer uma competição europeia com um clube húngaro; Ser o melhor treinador húngaro no quadro de Honra; Colocar a Primeira Divisão Húngara entre as dez primeiras do mundo:

      (atualmente atrás das ligas de Catar, segunda divisão da Turquia, segunda divisão da Áustria, Moldávia, Egito, entre outras)        
       
    • Aleef
      By Aleef
      Almeidinha: " Direitos humanos para humanos direitos"
      "Direitos humanos para humanos direitos". Este é o lema do Almeidinha, um brasileiro médio para quem a “crise de segurança” é só papo de intelectual
       
      Almeidinha era o sujeito inventado pelos amigos de faculdade para personalizar tudo o que não queríamos nos transformar ao longo dos anos. A projeção era a de um cidadão médio: resmungão em casa, satisfeito com o emprego na “firma” e à espera da aposentadoria para poder tomar banho, colocar pijama às quatro da tarde, assistir ao Datena e reclamar da janta preparada pela esposa. O Almeidinha é aquele sujeito capaz de rir de qualquer piada de português, negro, gay e loira. Que guarda revistas pornográficas no armário, baba nas pernas da vizinha desquitada (é assim que ele fala) mas implica quando a filha coloca um vestido mais curto. Que não perde a chance de dizer o quanto a esposa (ele chama de “patroa”) engordou desde o casamento.
      O Almeidinha, para nosso espanto, está hoje em toda parte. Multiplicou-se em proporção geométrica e, com os anos, se modernizou. O sujeito que montava no carro no fim de semana e levava a família para ir ao jardim zoológico dar pipoca aos macacos (apesar das placas de proibição) sucumbiu ao sinal dos tempos e aderiu à internet. Virou um militante das correntes de e-mail com alertas sobre o perigo comunista, as contas no exterior do ex-presidente, os planos do Congresso para acabar com o 13º salário. Depois foi para o Orkut. Depois para o Facebook. Ali encontrou os amigos da firma que todos os dias o lembram dos perigos de se viver num mundo sem valores familiares. O Almeidinha presta serviços humanitários ao compartilhar alarmes sobre privacidade na rede, homenagens a pessoas doentes e fotos de crianças deformadas. O Almeidinha também distribui bons dias aos amigos com piadas sobre o Verdão ("estude para o vestibular porque vai cair… hihihi") e mensagens motivacionais. A favorita é aquela sobre amar as pessoas como se não houvesse amanhã, que ele jura ser do Cazuza mas chegou a ele como Caio Fernandes (sic) Abreu.
      O Almeidinha gosta também de se posicionar sobre os assuntos que causam comoção. Para ele, a atual onda de violência em São Paulo só acontece porque os pobres, para ele potenciais criminosos (seja assassino ou ladrão de galinha) têm direitos demais. O Almeidinha tem um lema: “Direitos Humanos para Humanos Direitos”. Aliás, é ouvir essa expressão, que ele não sabe definir muito bem, e o Almeidinha boa praça e inofensivo da vizinhança se transforma. “Lógica da criminalidade”, “superlotação de presídios”, “sindicato do crime”, “enfrentamento”, “uso excessivo da força”, para ele, é conversa de intelectual. E se tem uma coisa que o Almeidinha detesta mais que o Lula ou o Mano Menezes (sempre nesta ordem) é intelectual. O Almeidinha tem pavor. Tivesse duas bombas eram dois endereços certos: a favela e a USP. A favela porque ele acredita no governador Sergio Cabral quando ele fala em fábrica de marginais. A USP porque está cansado de trabalhar para pagar a conta de gente que não tem nada a fazer a não ser promover greves, invasões, protestos e espalhar palavras difíceis. O Almeidinha vota no primeiro candidato que propuser esterilizar a fábrica de marginal e a construção de um estacionamento no lugar da universidade pública.
      Uma metralhadora na mão do Almeidinha e não sobraria vagabundo na Terra. (O Almeidinha até fala baixo para não ser repreendido pela “patroa”, mas se alguém falar ao ouvido dele que “Hitler não estava assim tão errado” ganha um amigo para o resto da vida).
      A cólera, que o fazia acordar condenando o mundo pela manhã, está agora controlada graças aos remédios. O Almeidinha evoluiu muito desde então. Embora desconfiado, o Almeidinha anda numas, por exemplo, de que agora as coisas estão entrando nos eixos porque os políticos – para ele a representação de tudo o que o impediu de ter uma casa na praia – estão indo para a cadeia. Ele não entende uma palavra do que diz o tal do Joaquim Barbosa, mas já reservou espaço para um pôster do ministro do Supremo ao lado do cartaz do Luciano Huck (“cara bom, ajuda as pessoas”) e do Rafinha Bastos (“ele sim tem coragem de falar a verdade”). O Almeidinha não teve colegas negros na escola nem na faculdade, mas ele acha que o exemplo de Barbosa e do presidente Barack Obama é prova inequívoca de que o sistema de cotas é uma medida populista. É o que dizia o “meme” que ele espalhou no Facebook com o argumento de que, na escravidão, o tráfico de escravos tinha participação dos africanos. Por isso, quando o assunto encrespa, ele costuma recorrer ao “nada contra, até tenho amigos de cor (é assim que ele fala), mas muitos deles têm preconceitos contra eles mesmos”.
      O Almeidinha costuma repetir também que os pobres é que não se ajudam. Vê o caso da empregada, que achou pouco ganhar vinte reais por dia para lavar suas cuecas e preferiu voltar a estudar. Culpa do Bolsa Família, ele diz, esse instrumento eleitoral que leva todos os nordestinos, descendentes de nordestinos e simpatizantes de nordestinos a votar com medo de perder a boquinha. Em tempo: o filho do Almeidinha tem quase 30 anos e nunca trabalhou. Falta de oportunidade, diz o Almeidinha, só porque o filho não tem pistolão. Vagabundo é outra coisa. Outra cor. Como o pai, o filho do Almeidinha detesta qualquer tipo de bolsa governamental. A bolsa-gasolina que recebe do pai, garante, é outra coisa. Não mexe com recurso público. (O Almeidinha não conta pra ninguém, mas liga todo dia, duas vezes por dia, para o primo de um conhecido instalado na prefeitura para saber se não tem uma boca de assessor para o filho em algum gabinete).
      O filho do Almeidinha também é ativista virtual. Curte PlayStation, as sacadas do Willy Wonka, frases sobre erros de gramática do Enem, frases sobre o frio, sobre o que comer no almoço e sobre as bebedeiras com os moleques no fim de semana (segue a página de oito marcas de cerveja). Compartilha vídeos de propagandas de carro e fotos de mulheres barrigudas e sem dentes na praia. Riu até doer a barriga com a página das barangas. Detesta política – ele não passa um dia sem lembrar a eleição do Tiririca para dizer que só tem palhaço em Brasília. E se sente vingado toda vez que alguém do CQC faz “lero-lero” na frente do Congresso. Acha todos eles uns caras fodásticos (é assim que ele fala). Talvez até mais que o Arnaldo Jabor. Pensa em votar com nariz de palhaço na próxima eleição (pensa em fazer isso até que o voto deixe de ser obrigatório e ele possa aproveitar o domingo no videogame). Até lá, vai seguir destruindo placas e cavaletes que atrapalham suas andanças pela cidade.
      Como o pai, o filho do Almeidinha tem respostas e certezas para tudo. Não viveu na ditadura, mas morre de saudade dos tempos em que as coisas funcionavam. Espera ansioso um plebiscito para introduzir de vez a pena de morte (a única solução para a malandragem) e reduzir a maioridade penal até o dia em que se poderá levar bebês de oito meses para a cadeia. Quer um plebiscito também para acabar com a Marcha das Vadias. O que é bonito, para ele, é para se ver. E se tocar. E ninguém ouve cantada se não provoca (a favorita dele é “hoje não é seu aniversário mas você está de parabéns, sua linda”. Fala isso com os amigos e sai em disparada no carro do pai. O filho do Almeidinha era “O” zoão da turma na facul).
      Pai e filho estão cada vez mais parecidos. O pai já joga Playstation e o menino de 30 anos já fala sobre a decadência dos costumes. Para tudo têm uma sentença: “Ê, Brasil”. Almeidinha pai e Almeidinha filho têm admiração similar ao estilo civilizado de vida europeu. Não passam um dia sem dizer que a vida, deles e da humanidade em geral, seria melhor se o país fosse dividido entre o Brasil do Sul e o Brasil do Norte. Quando esse dia chegar, garantem, o Brasil enfim será o país do presente e não do futuro. Um país à imagem e semelhança de um Almeidinha.
       
       
       
       
       
      Texto escrito pro Carta Capital em 2012 nas épocas das eleições. Continua atual.
    • Aleef
      By Aleef
      Não se esqueçam hein
       
      Brasil x Peru de terça pra quarta a meia noite.
      Escalações mais tarde
×
×
  • Create New...