Jump to content
Sign in to follow this  
Henrique M.

Como superar a má fase?

Recommended Posts

Henrique M.

GJnjACg.jpg

Não tem nada pior que ver seu time ganhar e atropelar os adversários por rodadas a fio e de repente parar de jogar bola e entrar numa má fase interminável. Obviamente que você começa a ficar desesperado para conseguir alguma vitória, mas como conquistá-las quando parece que a cada jogo seu time joga pior? É hora de botar suas habilidades como treinador em prática, ao invés de se apoiar nos clichês da falta de sorte ou do azar com lesões.

O primeiro passo é determinar o que está causando essa má fase e ao fazer essa identificação, você já está resolvendo metade do problema, a partir daí, é só evitar cometer os mesmos erros e tentar levantar o moral do seu time. A seguir, irei dispor os cenários mais comuns, suas causas e como tentar retirar seu time deles.

Cenário 1: Meu time estava jogando bem, o moral estava alto, mas de repente, começamos a perder sem parar

  • Você elogiou demais os jogadores nas coletivas com a imprensa e utilizou palestras inadequadas, levando seus jogadores a ficarem complacentes.
  • Você começou a rotacionar demais o seu time, sem ter o costume de fazer isso frequentemente (seja por lesões, cansaço dos jogadores ou promessas feitas a algum jogador).
  • Você teve uma sequência contra adversários mais fortes ou mais complicados e as coisas foram por água abaixo após ela.
  • Você utilizou um, ou mais, jogadores inadequados para sua tática, acabando com a fluidez e organização anterior do seu time.
  • Você não reparou que o moral da equipe deu uma decaída e não se importou em observar e corrigir, elevando ela novamente.

É impossível escapar de má fase, em algum ponto ou outro da sua carreira, seu time vai passar por isso. Entretanto, em alguns casos, dá para você atrasá-la ou corrigi-la antes de uma catástrofe. Busque sempre estar atento no moral da sua equipe, seja coletivamente ou individualmente, buscando mantê-la sempre num patamar positivo. Busque pontos fracos na tática e também veja se algum jogador não está desempenhando a função que você deseja adequadamente, porém, não use de maneiras rápidas para identificar isso, utilize de uma análise mais profunda e se possível, observe um jogo com melhores momentos além dos chaves.

Cenário 2: Não consegui fazer meu time começar a temporada com moral alto ou elevá-lo quando cheguei no meio da temporada

  • Você planejou sua temporada de maneira errada, deixando de fazer jogos fáceis nos últimos jogos para elevar o moral, ou sua equipe não se adaptou ao seu novo plano de jogo, sofrendo até mesmo nas partidas que era para ganhar.
  • Seu clube tem muitos jogadores novos para a temporada (incluindo os novos jogadores que foram contratados na vida real e já vieram na nova base que você possa vir a estar usando) e seu time não se entrosou rapidamente ou adequadamente.
  • Você errou na hora de montar sua tática e seu plano de jogo e por isso, sua equipe não apresenta a eficiência necessária dentro de campo para vencer.
  • Os seus jogadores não são adequados para a sua tática

Você tem que entender que mudar a filosofia e o estilo de jogo da sua equipe demanda tempo e o desenvolvimento de coesão tática e entrosamento por parte dos seus jogadores também não é imediato. É só ver o que acontece quando um novo treinador é contratado por um clube e suas filosofias são totalmente diferentes do antecessor, demora um tempo para que os jogadores se acostumem ao novo técnico e suas ideias. Portanto, não espere consertar tudo logo no começo do seu trabalho. Além disso, planeje sua pré-temporada de maneira eficiente, marcando 3 ou 4 jogos que sua equipe com certeza irá vencer nos últimos jogos dela.

Se faça as seguintes questões

A cada versão que passa, o Football Manager se torna mais complexo e exige mais do jogador do que suas versões anteriores. Caso você esteja afastado a muito tempo de jogos manager, você encontrará diversas situações diferentes e terá que aprendê-las da maneira mais difícil, errando, assim como muitos de nós tivemos que aprender.

Experiência é um fator relevante em muitas coisas que fazemos na vida e no FM não é diferente. Portanto, caso você ainda não tenha identificado os motivos da sua má fase acima, não se desespere! As respostas das questões abaixo podem lhe ajudar.

  1. Você decidiu previamente quem é seu batedor de pênaltis? Se sim, ele é um cobrador de qualidade e eficiência?
  2. Você tem um elenco relativamente lento em comparação a liga ou até mesmo jogadores mais lentos que os do seu adversário atuando pelas laterais do campo?
  3. Seu goleiro é bom? Você se importou em checar como ele anda atuando?
  4. Você se importou em checar os relatórios do preparadores do seus jogadores antes de montar seu 11 inicial? Alguns jogadores não gostam de jogar jogos importantes e outros são bastante inconstantes
  5. Você ignorou algum jogador que queria conversar com você sobre alguma questão relevante para ele? Ações como essa, em conjunto com alguma conversa que possa vir a terminar mal, podem contaminar o vestiário e derrubar o moral do elenco e a confiança deles no seu treinador
  6. Quando o moral do seu time começou a cair, você marcou reuniões com a equipe ou procurou elevar individualmente o moral dos seus jogadores através de conversas?
  7. Você costuma cumprir a maioria das promessas que faz aos seus jogadores?
  8. Você tentou forçar a saída de um jogador muito importante do clube?
  9. Você tem defensores com o atributo Concentração baixo?
  10. Seu elenco é ambicioso ou profissional? Seus jogadores são determinados?

Medidas

Após fazer todas as mudanças que jogar necessário, é hora de aumentar o moral do seu elenco.

  • Converse com seus jogadores entre os jogos, marque reuniões da equipe e busque tirar a pressão nas coletivas e preleções.
  • Tente marcar um amistoso contra um time fraco se o calendário permitir.
  • Comece a usar jovens ou jogadores dos seus times sub-20 se o moral deles for muito mais elevado que o do seu elenco.
  • Comece a renovar contratos, se você estiver muito desesperado.
  • Evite escalar jogadores com o moral muito baixo, mesmo se eles forem os seus melhores jogadores

Outras dicas

Use táticas mais simples, reduza as instruções e escolha funções mais simples, ou então, observe quem são seus melhores jogadores e monte a tática em torno deles, distribuindo as suas melhores funções e utilizando outras funções que complementem os seus melhores craques. E no longo prazo, o ideal é que você utilize um sistema de gestão de performances do seu jogador, trocando imediatamente quem anda jogando mal pelo seus reserva imediato ou por um jovem promissor da base, isso pode evitar que o resto do time acompanhe um jogador que vem mal e manter todo mundo atento dentro de campo, pois qualquer sequência ruim, significa banco.

Texto traduzido e adaptado por Henrique M. para o FManager Brasil e Engenharia do Futebol
Fonte: http://theraumdeuter.com/football-manager/fm16-end-losing-streak/
Banner: @_Matheus_

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ighor S.

Outro ótimo material. Parabéns pela iniciativa de trazer essas informações para o fórum.

Nesse texto apareceram outras alternativas pra mim, que na maioria das vezes, só tentava alterar a tática, as vezes causando ainda mais problemas.

Você costuma assistir aos jogos no modo completo? Tem ideia de quanto tempo você gasta para avançar um mês no jogo, por exemplo? Pergunto pois pelo conteúdo que você trás e pelo seu save na PM parece ser um jogador que fica atento a muita coisa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
1 hora atrás, Gunner79 disse:

Você costuma assistir aos jogos no modo completo? Tem ideia de quanto tempo você gasta para avançar um mês no jogo, por exemplo? Pergunto pois pelo conteúdo que você trás e pelo seu save na PM parece ser um jogador que fica atento a muita coisa.

Não, apenas em jogos muito decisivos, onde eu acho que pode fazer diferença no resultado final, principalmente porque como você vê lá no PM, não faz sentido eu assistir dezenas de jogos do irlandês e contra equipes do país nesse modo. Eu me ligo mais na análise das coisas, se os jogadores estão funcionando em termos gerais, acho inviável, a longo prazo, jogar no modo completo.

Minha média é de 3 a 4 jogos por hora, depende do tanto de jogos que tem truncados nesse tempo. Se tiver jogo meio de semana e final de semana jogo mais por hora. Então, depende da disposição do calendário. No começo da temporada, demoro de 4 a 5 horas (se for pegar o tempo direto) para jogar o 1º turno com 11 jogos dos nacionais e uma ou outra partida de copa no meio. Como o calendário cresce a partir daí, passo a demorar mais, coisa de 2 a 3 dias, dependendo do meu espírito com o jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Toda vez que entro no Fórum e esse texto aparece como tópico promovido, eu sinto que é uma indireta para o Sr. Brussig :P

Bem legal o material, que bom que tu trouxe isso para cá :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
raffaelararipe

Vou começar a analise isso, uma coisa que eu observo nesse FM é que os jogadores são meio EMO. Por exemplo, jogando com o Liverpool encaixei 8 jogos sem derrota na PL, estava na liderança do torneio e com a moral excelente. Perdemos um jogo p/ o Chelsea, fora de casa por 1-0, jogo onde houve equilíbrio. Quando fui dar a palestra pós-jogo observei que o time tava todo com a moral mais baixa possível.  

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 05/10/2017 at 00:23, Danut disse:

Toda vez que entro no Fórum e esse texto aparece como tópico promovido, eu sinto que é uma indireta para o Sr. Brussig :P

Bem legal o material, que bom que tu trouxe isso para cá :)

Isso é coisa da sua cabeça. hahah

Em 05/10/2017 at 16:50, raffaelararipe disse:

Vou começar a analise isso, uma coisa que eu observo nesse FM é que os jogadores são meio EMO. Por exemplo, jogando com o Liverpool encaixei 8 jogos sem derrota na PL, estava na liderança do torneio e com a moral excelente. Perdemos um jogo p/ o Chelsea, fora de casa por 1-0, jogo onde houve equilíbrio. Quando fui dar a palestra pós-jogo observei que o time tava todo com a moral mais baixa possível.

Talvez seja mais relativo com a personalidade do seu elenco, só conferir no relatório da equipe e ver qual é. Talvez a mentalidade dos jogadores não seja das mais competitivas. Porém, é possível que o moral antes, durante e após o jogo oscile de uma forma diferente do que o moral fora da partida. Já tive atacante que terminou o jogo com o moral baixo, por causa da atuação dele ou do titular e depois do jogo tinha equilibrado normalmente na tela do elenco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Thiago Anjo
Em 27/09/2017 at 11:21, Gunner79 disse:

Outro ótimo material. Parabéns pela iniciativa de trazer essas informações para o fórum.

Nesse texto apareceram outras alternativas pra mim, que na maioria das vezes, só tentava alterar a tática, as vezes causando ainda mais problemas.

Você costuma assistir aos jogos no modo completo? Tem ideia de quanto tempo você gasta para avançar um mês no jogo, por exemplo? Pergunto pois pelo conteúdo que você trás e pelo seu save na PM parece ser um jogador que fica atento a muita coisa.

Não precisa assistir todos completamente (embora eu faça muito isso e goste muitos!). Você pode fazer por 3 ou 4 jogos pra afinar a tática básica e continua no completo até ter segurança no jogo. Quando vc vê q o jogo tá como vc quer, bota em chave se ver q não tá tendo muito momento perigoso olha de novo completo e tenta identificar o q não tá dando certo. 

Uma coisa boa eh enxer sua tela de janelas com informações sobre a partida quando estiver mostrando apenas momentos chaves, para vc ter uma ideia mais real do q está acontecendo

Share this post


Link to post
Share on other sites
RobsonLucas
Em 05/10/2017 em 16:50, raffaelararipe disse:

Vou começar a analise isso, uma coisa que eu observo nesse FM é que os jogadores são meio EMO. Por exemplo, jogando com o Liverpool encaixei 8 jogos sem derrota na PL, estava na liderança do torneio e com a moral excelente. Perdemos um jogo p/ o Chelsea, fora de casa por 1-0, jogo onde houve equilíbrio. Quando fui dar a palestra pós-jogo observei que o time tava todo com a moral mais baixa possível.  

 

 

Diria que o efeito de um clássico pode ser desastroso.

Apesar dos bugs, o jogo compõe muito bem a relação expectativa-acontecimento, na minha opnião, então quebrar uma sequência de 8 jogos invicto com uma derrota em clássico pode ser bem desanimador mesmo, acho natural.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rudsonnunes

   No FM18 e FM19 descobrir um jeito pratico de acabar com a má fase,  normalmente uma tática não para de funcionar ou de deixar de dar resultado se o time esta numa serie de 20/30 jogos jogando bem liderando e começa a dar tudo errado.  Repare nas estatísticas N° de chute e chutes na na baliza, quantidade de jogadas de gol criadas,  a função de um tática é produzir, mas uma tática não faz gol ou defende isso é função do jogador.  Já teve momento que meu time fazia 30/35 chutes e 20/25 na baliza e não marcava uma entrou numa má fase onde a tática continuava a produzir chances atras de chances, mas infelizmente o jogador perdia ate sem goleiro! 

         Então por 2 jogos seguidos escalei o time, mantive a tática normalmente e deixei para o adjunto ir pro jogo no meu lugar e depois eu assistir o jogo para ver o que ele faria diferente de mim, então o time ganhou de goleada os jogadores não eram os gols e não teve má fase.  Eu pensei comigo PQP o que esse maldito fez, assistir o jogo e ele não fez nada de diferente o mesmo time as mesma substituições então suponho que a má fase é minha!  Voltei a comandar o time depois de 2 jogos e pronto acabou má fase!  Todas as vezes que tentei isso funcionou!

Edited by Rudsonnunes

Share this post


Link to post
Share on other sites
senna889091
Em 24/10/2019 em 17:26, Rudsonnunes disse:

   No FM18 e FM19 descobrir um jeito pratico de acabar com a má fase,  normalmente uma tática não para de funcionar ou de deixar de dar resultado se o time esta numa serie de 20/30 jogos jogando bem liderando e começa a dar tudo errado.  Repare nas estatísticas N° de chute e chutes na na baliza, quantidade de jogadas de gol criadas,  a função de um tática é produzir, mas uma tática não faz gol ou defende isso é função do jogador.  Já teve momento que meu time fazia 30/35 chutes e 20/25 na baliza e não marcava uma entrou numa má fase onde a tática continuava a produzir chances atras de chances, mas infelizmente o jogador perdia ate sem goleiro! 

         Então por 2 jogos seguidos escalei o time, mantive a tática normalmente e deixei para o adjunto ir pro jogo no meu lugar e depois eu assistir o jogo para ver o que ele faria diferente de mim, então o time ganhou de goleada os jogadores não eram os gols e não teve má fase.  Eu pensei comigo PQP o que esse maldito fez, assistir o jogo e ele não fez nada de diferente o mesmo time as mesma substituições então suponho que a má fase é minha!  Voltei a comandar o time depois de 2 jogos e pronto acabou má fase!  Todas as vezes que tentei isso funcionou!

Isso ajuda as vezes mas variar a tatica (e principalmente acertá-la) ajuda ainda mais. Eu tenho jogado no 4231 ha um bom tempo no meu save mas alterei por diversas vezes a tatica inicial, as vezes até de um jogo por outro (mudanças de espaço curto entre um jogo e outro eu mudo mais tarefa/função). A minha tatica atual eu tenho os pontas, atacante e o MO no ataque e dois armadores recuados que também sabem chegar como opção de chute. Com o Controlar, o time roda mais a bola, abrindo a defesa até encontrar um buraco. Com 4 opções de finalizar, a zaga fica perdida,  quando essas estão bloqueadas, é a hora dos armadores recuados de brilharem pois geralmente eles sobem quando o ataque abre a defesa para o arremate.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • CCSantos
      By CCSantos
      O Royal Football Club de Liège foi fundado em 1892 e possui o registro nº4, ou Le Matricule 4 na Federação Belga de Futebol, apenas atrás de Royal Antwerp, Daring Club de Molenbeek e Club Brugge.
      Desde então, o clube esteve entre altos e baixos, mas é considerado como um dos maiores clubes belgas da história, com 5 títulos nacionais da Liga belga em 67 temporadas atuando na elite belga. Além disso, possui títulos também na 2ª (3 títulos), 3ª (3 títulos) e 4ª (1 título) divisões nacionais.
      Além disso, a equipe conquistou em 1990 o título da Coupe de Belgique, a Copa da Bélgica, e teve boas campanhas no âmbito europeu, onde chegou nas semifinais da Copa das Feiras, competição que inspirou a criação da Copa UEFA em 1963-64, quando caiu em um jogo desempate contra o Real Zaragoza (ESP), que seria o campeão naquela oportunidade. Durante o caminho, ele eliminou Aris Bonnevole (LUX), Arsenal (ING) e Spartak Brno (TCH).
      Jogou também a Copa UEFA de 1989-90, onde chegou a fase de quartas de final, eliminando ÍA (ISL), Hibernian (ESC) e Rapid Vienna (AUT), até ser eliminado pelo Werder Bremen (ALE), em uma ompetição onde haviam chegado naquela fase dois times belgas, dois times italianos e três alemães, além do francês Auxerre. No final, os italianos se sobresaíram sobre todos e a Juventus venceria a Fiorentina na decisão.
      Outra participação marcante foi na Copa dos Campeões de Copas de 1990-91, onde a equipe, campeã da Copa da Bélgica na temporada anterior - importante destacar que esta foi a última conquista relevante da equipe - apenas fora eliminada pela poderosa Juventus (ITA) nas quartas de final, após eliminar Viking Stavanger (NOR) e Estrela Amadora (POR).
      Como bem citado no 2ºparágrafo, a equipe possui cinco títulos, sendo dois bicampeonatos da 1ªDivisão Belga:
      1896 (14j, 12v, 1e, 1d, 32gp, 11gc);
      1898 (8j, 6v, 2e, 30gp, 5gc);
      1899 (Sem dados completos das semifinais contra o AC Gantois);
      1952 (30j, 20v, 4e, 6d, 71gp, 40gc);
      1953 (30j, 18v, 6e, 6d, 65gp, 36gc).

      O time já teve diversos estádios, mas atualmente joga no Stade de Rocourt, que tem capacidade para 3 mil torcedores. No total, o time já mandou partidas em 11 estádios, todos no entorno de Liège.




      A equipe acabara de subir para a Derde Klasse, que se tornara a 3ªDivisão Belga após a reformulação da forma de disputa, em 2015. A meta é simples para a temporada: Permanecer.


      Muita gente não sabe, mas o RFC Liège é peça importante na história do futebol mundial - inclusive pra você que joga FM, e ama as datas de 1/1 e 30/6, quando se abre a janela de transferências. O caso emblemático que deu cria para o que se tornana a Lei Bosman envolveu diretamente o Liège.
      Jean-Marc Bosman era um meio-campista com passagem pela seleção belga e que atuava pela equipe de Liège, quando recusou uma proposta de renovação do clube. O atleta recebera proposta do francês Dunkerque, e se recusa a jogar pelo time, e teve o seu contrato rescindido. Em agosto de 1990, ele processa o Liège e ganha a causa somente cinco anos depois. A briga entre clube e atleta envolveu também a Federação Belga e a UEFA e, meses após o veredicto no Tribunal de Justiça da UE, que atletas comunitários tivessem livre trânsito entre equipes do continente.

      Voltar para a 1ºDivisão Belga;
      Se reestabelecer como força no futebol local;
      Colocar uma estrela em seu escudo (Na Bélgica, cada estrela corresponde a 10 títulos nacionais);
      FILOSOFIAS:
      NÃO SE UTILIZAR EM NENHUMA HIPÓTESE DA LEI BOSMAN. Contratar apenas atletas com base de transferências pagas, empréstimos e/ou atletas com passe livre dos clubes.
      É isso nesse momento, vou atualizando com mais detalhes daqui a pouco, como a configuração das Ligas, entre outras informações.
    • CCSantos
      By CCSantos
      Depois da empreitada no futebol paraguaio, decidi por manter a tradição de manter dois saves na PM, por isso decidi por iniciar a trajetória com o Decano da Comunidade da Cantabria. Estamos falando da Real Sociedad Gimnástica de Torrelavega, fundada em 1907, em que, no FM2017, iria chegar a 110 anos de fundação no dia 28 de Setembro de 1907.
      O clube foi fundado naquele dia por parte de Gabino Teira, que foi presidente da Província de Santander entre os anos de 1933 e 1935. Mas voltemos a 1907, quando ele convocou diversos esportistas para uma reunião onde se formalizara a criação da Sociedad Gimnástica de Torrelavega.
      Sua primeira partida foi contra o extinto Santander FC, mas até 1921, quando enfrentou o Unión Montanesa, a equipe disputava partidas amadoras. Desde então, o clueb se profissionalizou no ano seguinte, e manda suas partidas no estádio El Malecón, localizado na margem do Rio Besaya, como podem conferir no vídeo que segue essa postagem inaugural.  Uma dica: Caso queira fazer a tradicional Caminhada até Santiago de Compostela, pode seguir o caminho do Rio Besaya, que é chamado como Caminho para Santiago pelo Norte, que é uma das mais longas rotas, como você confere na imagem abaixo:

      O El Malecón é um estádio com muita história. Sua capacidade no jogo é de 11 mil pessoas, mas a capacidade real é menor: 6.007 pagantes. Uma curiosidade bem interessante sobre o El Malecón, que recebeu uma reforma que modernizou consideravelmente o seu estádio, é que em 2004, foi encontrada uma bomba, proveniente da Guerra Civil Espanhola, a 5m abaixo do campo de jogo.

      Mas retornemos ao clube. O clube possui sete títulos da 3ªDivisão Espanhola - Grupo 3, que é o grupo da regão da Cantabria. Também chegou em duas oportunidades na 3ªcolocação da Segunda División B2, em 1992-93 e 1999-2000. Participou poucas vezes das duas primeiras divisões. A última vez foi na distante temporada de 1966-67.
      A equipe possui uma longa rivalidade com o Racing Santander, que se tornara a equipe mais forte da região no andar do século XX. É quando acontece o "Dérbi Montañes", que envolve as duas equipes mais antigas da região. No histórico, o Racing tem larga vantagem sobre os blanquiazules: 33 a 7, com 6 empates.

      Neste momento, temos apenas a Segunda División B da Espanha, além da Liga de Belarus, pois é a mais avançada no FM2017. Em breve, irei colocar as primeiras divisões de França, Portugal, Alemanha e Itália.
      Foram habilitados todos os atletas espanhóis e bascos, com database pequena.

      Pois bem, chegamos aos objetivos:
      1º Como é uma equipe que acabou de subir, a ideia nestas temporadas é de permanecer na Segunda División B.
      2º Conseguir montar um bom elenco, com o intuito de conseguir um feito que não acontece a mais de 50 anos: O retorno a Segunda Divisão (Liga 123);
      3º Chegar em La Liga Santander, e buscar alçar voos cada vez maiores.
      Tudo isso, além obviamente, de se divertir. Não vou obedecer um método de jogo, seja base ou visando contratações.
      Para completar, deixarei aqui um dos hinos de clubes mais antigos - e mais emocionantes - do futebol espanhol, que é justamente o da Real Sociedad Gimnástica de Torrelavega. Sejam bem-vindos ao El Malecón, e que o transformemos na fortaleza do Rio Besaya.
      (Torcedores do Racing Santander não são bem-vindos por aqui. Obrigado)
    • Tsuru
      By Tsuru
      Os celtas eram um conjunto de povos que ocupava grande parte do território da Europa por volta de 1.000 a.C., indo desde a atual Grã-Bretanha até o local onde hoje é a Turquia. Há muitas teorias sobre a origem e a expansão desses povos, mas é um período tão antigo que as raízes se perdem no tempo. É inclusive dessa época que surge a lenda do Rei Arthur, que teria liderado a resistência dos bretões celtas contra os romanos.
      Outro detalhe interessante é que, na cultura celta, "Brasil" era uma ilha mística situada em algum local do oceano, e a própria origem desse nome é céltica. Há quem acredite que os povos antigos já conheciam a origem do Brasil e que foram eles que introduziram, na cultura popular europeia, a informação de que existiam terras além mar cheias de riquezas e animais exóticos. Esse detalhe eu não sabia e quem compartilhou a informação foi o @Inner Logic.
      Entre outras coisas que se sabe concretamente, é notório que os celtas veneravam a natureza e que, entre seus pares, existiam os druidas, pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, orientações filosóficas e jurídicas, e rituais religiosos. 
      Entre os druidas famosos, reais ou imaginários, estão o lendário Merlin e o Panoramix, que preparava a poção mágica do Asterix. E essa figura do druida sempre fascinou este que vos fala, o que levou a pesquisar mais sobre a cultura em questão e sobre sua história.
      Descobri, inclusive, que hoje existem seis nações apontadas como “célticas originais”, por manterem traços culturais ou de linguagem desse povo - País de Gales, Escócia, Irlanda, Bretanha (no norte da França), Cornualha (sul da Inglaterra) e Isle of Man (entre a Inglaterra e a Irlanda). Há ainda outras regiões onde a influência celta é considerada forte, como o Norte de Portugal, as regiões da Galícia e Astúrias na Espanha, e a antiga Gália (atuais França, Bélgica e norte da Itália). E há ainda territórios ocupados por antigas tribos celtas onde pouco se sabe sobre o legado deixado por eles, como o sul da Alemanha/Áustria e diversos países do Leste Europeu.
      No futebol, talvez a influência mais clara desses povos seja o Celtic FC da Escócia, batizado com objetivo de propagar o orgulho que os fundadores tinham dessa origem.
      Já havia lido sobre a liga de futebol do País de Gales e sentido bastante vontade de experimentá-la, talvez porque seja um país muito associado aos druidas. E a ideia se complementou com a descoberta das nações célticas.
      Assim, narrarei a carreira de Drew Johnson, um treinador galês fictício sem qualquer experiência, apelidado de “O Druida” por ser um adepto do Neodruidismo.
      A jornada se iniciará na terra natal de Johnson, uma vila de 7 mil habitantes chamada Cefn Mawr (se lê "Kevin Maur"), localizada no condado de Wrexham.

       


       


      Carreguei todas as nações celtas “originais”, algumas delas representadas pelo país onde se situam, e escolhi outras para representar os territórios com forte influência céltica. 
      Na database original do FM, a liga galesa só tem a Welsh Premier League, a elite do futebol local; para dar um pouco mais de emoção, ativei a segunda divisão através do update do Classen.
      Foi necessário deixar alguns países de fora - por exemplo, Itália, Alemanha e Áustria - até porque não sei se meu notebook aguentaria o tranco. Só para garantir, diminuí a qualidade gráfica e tirei as animações, aparentemente o jogo está rodando sem problemas.
      Acho que, no geral, ficou bem representativo e com boas opções de progressão de carreira.
       

       
      Conquistar pelo menos um título por cada país onde passar País de Gales Inglaterra - National League (Forest Green Rovers e York City) França
        Conquistar um título invicto; Conquistar, em uma temporada, todos os títulos em disputa; Vencer a Liga dos Campeões da Europa; Vencer a Copa do Mundo; Me divertir.
       
       
      Nunca pedir demissão no meio de uma temporada;
      Se receber uma proposta e estiver empregado, priorizar a assinatura de novos contratos para o início da temporada seguinte, fazendo o máximo possível para não abandonar nenhum clube durante uma competição.
       
    • Henrique M.
      By Henrique M.
      Como arrumar os times brasileiros no FM 2020?
      Os problemas com o licenciamento da equipe brasileira começaram no terceiro patch do Football Manager 2016. Nessa ocasião, o Flamengo tinha um contrato de exclusividade com a Konami e pediu para o nome ser retirado. Nesse momento, o Flamengo virou Flemish. Parecia ser algo pontual, até que para o FM 2017, o jogo deixou de ser vendido aqui e as equipes brasileiras já não viam mais com nomes reais e também com cores diferentes do normal. Portanto, como arrumar os times brasileiros no FM 2020?
      Nesse guia, iremos mostrar como corrigir os nomes, as cores e ainda ter os escudos e uniformes corretos.
      Como arrumar o nome dos clubes brasileiros no FM 2020?

      Para Windows:
      apagar os arquivos Brazil_kits.dbc e Licensing2.dbc das pastas C:\Program Files (x86)\Steam\steamapps\common\Football Manager 2020\data\database\db\2000\dbc\permanent, C:\Program Files (x86)\Steam\steamapps\common\Football Manager 2020\data\database\db\2001\dbc\permanent e C:\Program Files (x86)\Steam\steamapps\common\Football Manager 2020\data\database\db\2010\dbc\permanent.
      Para MAC:
      apagar os arquivos Brazil_kits.dbc, forbidden_names e Licensing2.dbc das pastas /Users/username/Library/Application Support/Steam/SteamApps/common/Football Manager 2020/data /database/db/2000/dbc/permanent, /Users/username/Library/Application Support/Steam/SteamApps/common/Football Manager 2020/data /database/db/2001/dbc/permanent e /Users/username/Library/Application Support/Steam/SteamApps/common/Football Manager 2019/data /database/db/2010/dbc/permanent
      Esse procedimento não funciona em saves que já foram criados, logo, é necessário criar um novo. Entretanto, antes disso, você pode arrumar mais detalhes antes de criar o novo save. Por isso, antes de criar um novo jogo, pule para a próxima etapa.
      Como arrumar as cores dos times brasileiros?
      O processo para arrumar as cores dos times brasileiros continua o mesmo do Football Manager 2019. Inclusive, você pode utilizar o mesmo arquivo da versão anterior. Só colocar na pasta adequada.
      Baixe o arquivo de correção nesse link; Instale o arquivo na pasta Meus Documentos/Sports Interactive/Football Manager 2020/editor data; Crie um novo jogo e selecione o arquivo Cores reais dos clubes brasileiros – FManager;
      Ou seja, só crie um novo save, após ter feito a correção dos nomes e das cores.
      Como colocar os escudos e uniformes reais dos times brasileiros?
      O Football Manager, desde sempre, só costuma vir com escudos e uniformes dos times que a Sports Interactive possui um acordo com o clube ou com a liga. Por isso, a maioria dos clubes, seja do Brasil, ou do mundo, não vem com escudos e uniformes reais. Para isso, é necessário baixar os arquivos criados pela comunidade.
      Para ter os escudos, baixe um pack de logos. Recomendamos o Standard Logos. Mas você pode encontrar outros que sejam mais sua cara na área gráfica do FManager Brasil. Para ter os uniformes, baixe os uniformes, que dentro da comunidade são conhecidos como kits. Para ter o Brasil com todos os uniformes, recomendamos o Blaijin Brasil Total. Nesse momento, o projeto está em atualização para o FM 2020, mas em breve, deve sair o conteúdo novo. E assim como os escudos, existem diversos estilos de kits, você pode achar um que lhe agrada mais, visitando a área de kits do FManager Brasil. Depois que você já baixou todos os escudos e uniformes (ou logos e kits) que deseja, é hora de instalar. Para isso é simples, é só extrair os arquivos na pasta Meus Documentos/Sports Interactive/Football Manager 2020/graphics. Depois disso, é necessário limpar o cache do jogo, abra o Football Manager 2020 e vá em Preferências > Interface e desmarque a opção "Usar a cache para reduzir o tempo de carregamento das páginas", confirme as alterações e saia do jogo. Quando você abrir o jogo, os uniformes e logos serão carregados novamente. Após tudo isso, recomendo remarcar a opção "Usar a cache para reduzir o tempo de carregamento das páginas" nas preferências. O resultado final é esse:
       


      Qualquer dúvida, comente, que iremos te ajudar.
    • Lohan
      By Lohan
      BRASIL MUNDI UP  (26-05-2019)    
      ✔️Séries A, B, C e D (formato original) 
      ✔️Serie Regional, equivalente a uma 5 divisão fictícia, nas qual faz com que os estaduais fiquem mais realistas e disputados (grupos verdadeiramente regionalizados)
      ✔️Segundonas, Terceiras e Quartas Estaduais
       ✔️Copa SP de Futebol Júnior, Copa BH, Copa do Brasil e Brasileirão sub-20, Brasileirão sub-17
       ✔️Copas Estaduais (quando os times sobem pra Seria A e B, deixam de participar pra não inflar o calendário)
      ✔️ Novidade Todos os Campeonatos Estaduais Sub-20
      Colocar o arquivo .FMF na pasta (editor data) que fica em: documentos / Sports Interactive / Football Manager 2017 / editor data,
      e depois selecioná-lo antes de criar o Save.
      Testado 3 vezes até 2030 sem bugs! (protegido contra cópia)
      DOWNLOAD:  
                        Brasil Mundi Up (26-05-2019) 
                      4Shared: https://www.4shared.com/file/uCfFcoiUda/Brasil_Mundi_UP_FM17__26-05-19.html?
      ❌  (Só funciona no patch 17.3 em diante)
       
       
      Ligas fundamentais que não vem no FM17 e fazem muita diferença, principalmente pra quem joga no Brasil (só funciona se deixar como "Jogáveis", não adianta nada ativar essas ligas ao criar o save e deixar em "Ver apenas"?
      Libertadores mais difícil e realista
      Deixando as primeiras divisões de todas as ligas Sulamericanas + México ativadas, a Libertadores e a Copa Sulamericana ficam mais difícil
      Mercado de transferências bastante ativo
      Ativando Japão, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Qatar, Portugal, China e Itália você vai ver bastante transferências realistas, e vai conseguir vender ou emprestar facilmente até jogadores encostados sugando a folha salarial

      DOWNLOAD:  http://www.fmscout.com/a-fm17-leagues-megapack-by-claassen.html
       
      Apos fazer o download extraia o arquivo na pasta editor data, a mesma pasta em que fica o Brasil Mundi UP
       
      Amigos, a pouco estava tirando as dúvidas de uma pessoa sobre se fazer a série D real ou não, com os times participando dela baseado em suas classificações via estaduais, e tive a ideia de escrever esse texto, para ajudar a esclarecer algumas coisas, dando minha opinião pessoal sobre o jogo, e sobre o motivo de não fazer nesse formato mesmo sendo realista.
      Como todos sabem, o FM é um jogo Inglês, feito de acordo em teoria, baseado na realidade do futebol inglês e europeu, então infelizmente algumas coisas que estão programadas pra funcionar lá, não são bem geridas pela inteligência artificial do jogo no Brasil, e até por esse motivo, muita gente não gosta de jogar aqui, preferindo até ir pra China rsrs.
      Ao longo dos anos, venho estudando e analisando os mecanismos de muitas dessas configurações no editor, tem algumas pessoas que tem essa mesma visão e linha de raciocínio, como o amigo Leon Coutinho, então começamos a implementar isso aos poucos, sempre testando massivamente.
      Eu me senti satisfeito, por achar que consegui atingir no FM14, um nível de realismo absurdo (dentro das limitações do jogo), seja no mercado de transferências, nas finanças, cotas dos clubes e etc, lembrando que nossos pesquisadores nacionais fazem um excelente trabalho, até porque não é nada fácil ter que estar atento a cada mínimo detalhe de uma Database tão grande e complexa.
      É difícil saber o valor correto exato da parte financeira dos clubes, mas o pessoal faz isso bem, o problema é como o jogo gere as finanças no nosso país, fazendo os grandes clubes ficarem ricos em 2 ou 3 anos, tirando assim grande parte da graça de jogar por ficar muito fácil.
      A partir do momento em que vc cria o save e clica em continuar, vc esta entrando em um mundo de simulação futebolística virtual, onde tudo pode acontecer, (vírgula), muitas coisas precisam de coerência, o Brasil tomar 7 da Alemanha não parece ser nada coerente né? Então, isso pode acontecer no jogo tb, só não pode acontecer o tempo todo.
      O que eu quero dizer, é que o FM tem simulado muito melhor e com mais realismo e dinamismo muitas coisas do mundo do futebol nas ultimas versões, as opções de configuração são bastante complexas, mas se tivermos atenção a isso o jogo fica muito melhor, basta analisarmos e testarmos com parcimônia.
      Sempre fui muito perfeccionista e detalhista, o jogo perde a graça quando vejo em 2015, Tite treinando o Goiás ou Renato Gaúcho sendo contratado para treinar o Inter (what? Só acho que a Sigames deveria me adicionar a folha salarial deles rsrs.
      Quanto a Série D real, com os times provindo de suas classificações nos estaduais, deixando o jogo supostamente mais realista (porém sem graça), é aí que entra o que falei (pra se ter mais realismo no Brasil, é preciso configurar algumas coisas diferentes, para num todo, termos um jogo bem melhor, e sim, mais realista e divertido!
      Então ter uma Série D com 128 clubes, nos moldes da Série C dos antigos CM´s e FM´s (oh nostalgia que me faz envelhecer rs) e ter uma série Regional, onde muito mais clubes pequenos participam, privilegia justamente os estaduais, faz com que os times menores busquem reforços no mercado, por terem uma divisão ativa, ao invés de ficar com jogadores cinzas, levando goleadas e mais goleadas dos grandes todos os anos, sem contar que fica mais fácil ainda vc vender ou emprestar aquela naba que fica escanteada, sugando toda sua folha salarial.
      Sou da opinião que é muito mais divertido pegar um time da Série A3 do Paulistão ou da Segundona Gaúcha e tentar levar pra Série D ou C, de maneira suada, do que pegar o Paysandu no estadual do Pará (com a Série D real), enfiar goleadas nos minúsculos do estado (por não terem divisão) e ir simplesmente participar da Série C na cara de pau (essa é minha opinião) acho totalmente sem graça isso!
      *Campeonatos estaduais precisam ser mais difíceis e realistas! (o Ituano Campeão Paulista de 2014 manda abraços!)
      *Libertadores não pode ter todos os anos uma semi-final com 3 ou 4 brasileiros! (O papa torcedor do San Lorenzo que o diga) 
      Mas quem disse que isso não foi a primeira coisa que eu tentei melhorar? =P
      Abraços e bom final de semana cambada!
×
×
  • Create New...