Jump to content
Henrique M.

Uma só Nação - Winner Winner Chicken Dinner [14/05]

Recommended Posts

Henrique M.

rovers.png

Uma nova era para o Hoops

Realocação completa para o Green Stadium e torneio inaugural

No dia 02 de junho de 2038, o Shamrock Rovers saiu do Tallaght Community Stadium. A nova casa do time alviverde é o Green Stadium, em homenagem ao maior treinador da história do clube. Já são mais de 20 anos de clube e o novo estádio só coroa o novo patamar que o clube começou em 2017. O estádio tem 22,5 mil lugares e ocupará o lugar do Tallaght Community Stadium como maior estádio de um clube do país. Em segundo lugar vem o Dalymount Park, com 10 mil lugares, também em Dublin. O Bohemian é o dono do estádio, que viu suas glórias secarem enquanto o rival alçava voos jamais vistos na Irlanda.

Danny-Green_-Inbox-2d6d98b5e08676016.png

O estádio tem capacidade de ampliação para até 44 mil lugares, mas ainda ficaria menor que o Aviva Stadium. O maior estádio da Irlanda possui 51,7 mil lugares e é mais que justo que o estádio da seleção nacional seja o maior do país. Se fosse possível ocupar esse posto, talvez eu ambicionasse mais do que o atual estádio. A expectativa é que o estádio leve a equipe a gerar ainda mais dinheiro, permitindo depender menos de vendas de jogadores e premiações de Champions League. Isso é muito importante agora que a ideia é não vender os jogadores quando eles quiserem sair.

Para marcar a estreia do novo estádio, foi realizado um torneio amistoso com mais três equipes. Minha ideia era repetir o primeiro confronto do Tallaght Community Stadium, contra o Sligo Rovers, mas eles não aceitarem meu convite. O Green's Inaugural Trophy contou com a presença dos donos da casa, Dortmund, Leverkusen e Schalke 04. Nós enfrentamos o Schalke 04 na primeira partida e vencemos por 4 x 2. Na outra semi-final, o Leverkusen venceu por 3 x 2 o Borussia Dortmund. Na final, batizamos o Green Stadium como deve ser, com taça e um jogo eletrizante. Uma vitória por 3 x 2, com gols nos minutos finais, selou a festa de inauguração do estádio da melhor maneira possível.

Greens-Inaugural-Trophy_-Visao-Geral-Fas

Jogos pelas competições irlandesas

A segunda parte da temporada foi dividida em duas partes: antes do Green Stadium e depois do Green Stadium. Como deveria ser, mantemos o foco e não vacilamos na liga, mesmo que tenhamos perdido a chance de alcançar o recorde de 21 rodadas consecutivas sem sofrer gols desde o início do campeonato contra o Bray Wanderers. Depois disso, a defesa voltou a tomar gols aqui e acolá, mas manteve o bom trabalho. O grande contraste veio graças ao aumento da produção de gols do ataque, principalmente após no novo estádio.

A forma da equipe continuou a mesma no Green Stadium, com vitórias e vitórias e vitórias e gols e gols e gols. Mas a nota final fica para o primeiro jogo oficial do estádio. Após o torneio amistoso, demos a brilhante sorte de a primeira partida ser uma final de campeonato e um Derby de Dublin. Acredito que não havia ocasião melhor (talvez uma final continental em casa, mas estamos longe de ser esse tipo de estádio) para estrearmos oficialmente. E como sempre, deu a lógica e depois de duas temporadas, voltamos a erguer a Leinster Senior Cup. Contudo, Shane Murphy teve que sair do banco para evitar que o Bohemian jogasse água no nosso chopp.

Shamrock-Rovers-FC_-Calendario-do-Princi
v Bohemian (C) | v Galway United (F) | v Cork City (F) | v St. Patrick's (F) | Vista interna do novo estádio

Airtricity Premier League

A defesa não é mais perfeita, mas ainda apresenta a melhor marca de todas as defesas do Shamrock Rovers até o momento. Além disso, essa é a terceira vez que chegamos nessa fase do campeonato com 100% de aproveitamento, e espero que terminemos com o segundo título invicto da história. O crescimento do ataque é algo a se notar, com a equipe marcando 61 gols, sendo 26 deles só de Shane Murphy. O jovem da base está realmente decidido a ocupar o espaço que Conor Wilson deixou nos nossos corações e ser a referência pelas próximas dez temporadas.

Danny-Green_-Home8ea02415b2e043b1.png
Tabela Completa | Estatísticas gerais e individuais da Airtricity Premier League

Notícias, informações e estatísticas do Shamrock Rovers

9lWzaKk.jpg

Vendas e saídas

Essa época do ano costuma ser muito agitada para o clube, pois sempre sofremos assédio intenso. Anteriormente, quando os clubes chegavam em propostas que me agradavam e o jogador expressava o desejo em sair, eu aceitava. Mas já segurei Enrico Fenocchio na primeira janela do ano e segurarei o restante também. Manuel Koch e Jiri Masek receberam um assédio irrefreável de equipes italianas, mas mesmo recebendo ofertas que poderiam quebrar o recorde de transferências do clube, optei por seguir meu plano. A única venda foi a de Ross Wilson, como abandonamos o esquema com meias-atacantes pelos próximos cinco anos, tínhamos que vendê-lo. Fico feliz de ter recuperando o investimento e ainda ter um lucro.

Shamrock-Rovers-FC_-Historico-de-Transfe


Contratações e entradas

Como ainda temos muitos buracos no plano quinquenal atual, meu foco nessa janela foi preencher as lacunas da base. Precisávamos de um goleiro, dois laterais para cada lado, quatro zagueiros, um volante, um ponta-direita e dois pontas-esquerdas. No final das contas, ainda ficamos com muitas lacunas, já que só quatro posições foram preenchidas até o momento.

  • Sául Reverte - ponta-esquerda espanhol de 17 anos. Revelado pelo Villarreal, sua multa era de apenas 1,7 milhões de euros. Como o fator determinante para contratar alguém é mais a vontade dele vir para cá do que dinheiro, pagamos a multa e trouxemos o jogador para ocupar a primeira posição do nível 3 da ponta-esquerda.
  • Vítor Nogueira - goleiro português de 17 anos. Revelado pelo FC Lusitanos, de Andorra, mas rapidamente absorvido pela parceria da equipe com o Olhanense, atualmente na elite portuguesa. Como sempre, o baixo preço de promessas de Portugal facilitou sua contratação para a segunda posição do nível 3 para goleiros.
  • Marko Znaor - ponta-direita croata de 17 anos. Revelado pelo Hajduk Split, foi a contratação mais cara dessa janela. Vem para ocupar a segunda posição do nível 3 para pontas-direita.
  • Dusan Rogic - zagueiro sérvio de 16 anos. Revelado pelo Partizan, fiquei surpreso de conseguir pagar um valor tão baixo por uma promessa sérvia, normalmente, os atletas do país costumam sair por somas entre 2 e 4 milhões de euros. Espero que o atleta se desenvolva bem e se firme como zagueiro pelo lado direito, já que ocupa a primeira posição para o nível 3 da posição.

Shamrock-Rovers-FC_-Historico-de-Transfe

Com o término dessa janela, o planejamento quinquenal do elenco vai tomando forma, mesmo que ainda precisa de muitos acertos. Ainda temos um mês de janela no restante da Europa, mas iremos lutar com unhas e dentes para não perder nenhum atleta.

plano-quinquenal0338c9cd853013ff9e0b.png

Irlanda perde vaga na fase de grupos da Champions League

Como havia antecipado, caímos quatro posição na tabela de coeficientes. A triste notícia é que eu percebi que perderíamos a vaga direta na fase de grupos da Europa League, mas não percebi que o mesmo ocorreria na Champions League. Depois de algum tempo nos divertindo entrando direto na fase de grupos da maior competição de clubes do planeta, iremos voltar a disputar as fases preliminares da competição.

Danny-Green_-Inbox-3e5fac9dfb660472e.png

Atletas do Shamrock Rovers convocado para a Copa do Mundo

O clube teve quatro atletas convocados para disputar a Copa do Mundo de 2038. Realizada no Canadá, essa edição teve uma final sul-americana entre Brasil e Argentina. Os nossos representantes vestiram a camisa de Croácia, Itália, Suíça e Brasil. Matija Lukina ajudou a Croácia a terminar em primeiro do seu grupo, mas nas oitavas-de-final, caíram para Portugal. Enrico Fenocchio fez duas partidas pela seleção italiana na Copa, incluindo uma atuação de gala na derrota para a Argentina nas quartas-de-finais. Os italianos caíram com um gol nos minutos finais do segundo tempo da prorrogação. Manuel Koch também chegou até as quartas-de-finais, onde a Suíça caiu de pé para a Holanda. Já Éderson, foi o que esteve por mais tempo na competição. O atleta jogou três partidas, incluindo a final, onde foi titular, que o Brasil perdeu por 2 x 0 para a Argentina. Com a conquista, a Argentina se juntou a Itália e Alemanha como tetracampeã mundial.

Danny-Green_-Inbox0b3e030723952c7c.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Muito bom ter finalmente um estádio novo, principalmente com o seu nome nele.

Gostei dos jovens contratados, principalmente do guarda-redes, que parece ter muito potencial.

Share this post


Link to post
Share on other sites
PedroJr14

O time continua reforçando bem a sua base e dominando o campeonato local. A queda no ranking de coeficientes é uma pena para os Hoops, que lutaram tanto para colocar a Irlanda em um bom lugar. Parabéns pelos jogadores convocados à Copa do Mundo.

Muito boa sorte na continuação, o trabalho continua árduo!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tsuru

E o trabalho continua na nova era. Muito legal ver a transição para o novo estádio se completar e, ao mesmo tempo, pena que a Irlanda caiu nos coeficientes. 

Muito interessante também o desenvolvimento do plano quinquenal, é legal observar que está conseguindo preencher todas as posições conforme planejado. Seria muito legal conseguir segurar os jogadores agora que o clube está com mais grana e estrutura.

Boa sorte na continuação!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Nome mais do que justo para o Estádio. Muita moral, tá igual o Renato Gaúcho ganhando estátua.

Shane Murphy estrondoso. Fiquei surpreso por ver sua idade, tem muito a contribuir ao clube e a seleção.

Prevejo boas novas na Europa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lucas Matías

Nada mais justo que uma homagem dessas para o maior nome da história do clube. Segue soberano nas competições locais, de ruim fica essa queda no ranking de coeficientes, chato para o clube que vinha colocando o futebol local em outro patamar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Danut

Excelentes os garotos contratados, todos com bom potencial. Tá fazendo um ótimo trabalho de observação. Tem quantos olheiros no clube? E tem parcerias relevantes para a observação?

No mais, bom ver o time com estádio novo. Como ficou a média de público nesse primeiro momento?

Uma pena a queda no coeficiente, mas acho que as eliminatórias da UCL não devem mais apresentar um problema para o clube, ou?

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

É, a queda é triste, mas é bem verdade o que o Danut disse, acredito que o clube não tenha TANTOS problemas por começar uma fase antes da de grupos.

Parabéns pelo estádio, uma homenagem mais do que merecida.

Contratou bons nomes, vem fazendo um campeonato impecável, pena que tomou gol. Um dia vc consegue vencer 100% sem levar um gol sequer. hahahah

Boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC
Citar

Como havia antecipado, caímos quatro posição na tabela de coeficientes. A triste notícia é que eu percebi que perderíamos a vaga direta na fase de grupos da Europa League, mas não percebi que o mesmo ocorreria na Champions League.

Notícia chata essa, mas o clube não terá dificuldades em jogar a fase de playoffs. Já demonstrou que tem capacidade para chegar a fase de grupos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 19/02/2019 at 23:07, Master Darthz disse:

Muito bom ter finalmente um estádio novo, principalmente com o seu nome nele.

Gostei dos jovens contratados, principalmente do guarda-redes, que parece ter muito potencial.

Eu não me importaria de continuar no Tallaght, o clube tem uma história interessante com o estádio, mas precisamos de um espaço maior para nossas ambições.

Espero que eles tenham paciência para esperar chegar a hora deles.

Em 20/02/2019 at 02:24, PedroJr14 disse:

O time continua reforçando bem a sua base e dominando o campeonato local. A queda no ranking de coeficientes é uma pena para os Hoops, que lutaram tanto para colocar a Irlanda em um bom lugar. Parabéns pelos jogadores convocados à Copa do Mundo.

Muito boa sorte na continuação, o trabalho continua árduo!

Nós lutamos para colocar a Irlanda em um bom lugar, mas também somos nós que somos os responsáveis diretos pelas quedas. Precisamos de consistência para dar tempo das equipes irlandeses evoluírem.

Em 20/02/2019 at 10:54, Tsuru disse:

E o trabalho continua na nova era. Muito legal ver a transição para o novo estádio se completar e, ao mesmo tempo, pena que a Irlanda caiu nos coeficientes. 

Muito interessante também o desenvolvimento do plano quinquenal, é legal observar que está conseguindo preencher todas as posições conforme planejado. Seria muito legal conseguir segurar os jogadores agora que o clube está com mais grana e estrutura.

Boa sorte na continuação!

Pois é, mas os coeficientes são cíclicos para uma nação como a Irlanda. A minha ideia é minimizar ao máximo esse ciclo, portanto, vamos aguardar os próximos 5 anos para ver se foi algo eficiente ou não.

Estamos preenchendo, mas bem mais devagar do que planejei. Meia-atacante e atacante sobram jogadores com interesse e qualidade para vir para o clube, o mesmo não pode ser dito sobre zagueiros, laterais e jogadores de lado.

Em 20/02/2019 at 11:49, Neynaocai disse:

Nome mais do que justo para o Estádio. Muita moral, tá igual o Renato Gaúcho ganhando estátua.

Shane Murphy estrondoso. Fiquei surpreso por ver sua idade, tem muito a contribuir ao clube e a seleção.

Prevejo boas novas na Europa.

O bom do nome do estádio é que o time é verde e branco, então, continua casando com o clube.

Sim, realmente, ele está ocupando o espaço que Conor Wilson deixou em nossos corações.

Em 20/02/2019 at 14:19, Lucas Matías disse:

Nada mais justo que uma homagem dessas para o maior nome da história do clube. Segue soberano nas competições locais, de ruim fica essa queda no ranking de coeficientes, chato para o clube que vinha colocando o futebol local em outro patamar.

O clube é o responsável pelos aumentos e pelas quedas, não tenho como responsabilizar os outros clubes irlandeses por algo que eles ainda precisariam de mais tempo para contornar e evoluir de acordo.

Em 20/02/2019 at 16:25, Danut disse:

Excelentes os garotos contratados, todos com bom potencial. Tá fazendo um ótimo trabalho de observação. Tem quantos olheiros no clube? E tem parcerias relevantes para a observação?

No mais, bom ver o time com estádio novo. Como ficou a média de público nesse primeiro momento?

Uma pena a queda no coeficiente, mas acho que as eliminatórias da UCL não devem mais apresentar um problema para o clube, ou?

Se não me engano, 21. É algo em torno desse valor aí. Infelizmente não, já tentei, mas ou a diretoria não deixa, ou não sai nada que preste.

O estádio acabou de ser inaugurado, só vamos ter uma noção ao final da temporada.

Acredito que não, mas vai saber?

Em 21/02/2019 at 01:26, marciof89 disse:

É, a queda é triste, mas é bem verdade o que o Danut disse, acredito que o clube não tenha TANTOS problemas por começar uma fase antes da de grupos.

Parabéns pelo estádio, uma homenagem mais do que merecida.

Contratou bons nomes, vem fazendo um campeonato impecável, pena que tomou gol. Um dia vc consegue vencer 100% sem levar um gol sequer. hahahah

Boa sorte!

Também acredito que não tenhamos problemas, e elas ajudam a dar uma inflada no nosso coeficiente, em caso de ocorrer algo similar ao que ocorreu na temporada passada novamente.

Obrigado.

Não tenho esse objetivo em mente, se acontecer, aconteceu. Apesar que deu vontade de quebrar o recorde do Esperance de 20 gols sem tomar gol, contando apenas a partir da primeira rodada.

Em 21/02/2019 at 15:14, LC disse:

Notícia chata essa, mas o clube não terá dificuldades em jogar a fase de playoffs. Já demonstrou que tem capacidade para chegar a fase de grupos.

Era esperado, pelo menos continuamos com duas vagas na Champions, que é o que importa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
thyagocda

Bacana a atuação do Éderson na Copa. A gente reclama dos técnico convocando jogadores da China. Jogadores que atuam na Irlanda, seria quase o mesmo kkkkk 

Esse plano quinquenal, acho que vai dar muito certo... Me lembrou do que fiz no save A Base, A Liga com o time B e juniores do Porto. Mas sua proposta está mais objetiva. Tem tudo pra dar certo.

Prevejo emoções fortes nas preliminares da Champions 😄

Boa Sorte na continuação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
vinny_dp

Gostei muito da ideia do plano quinquenal e espero que ele sirva de catalisador para a equipe, agora com mais potencial de crescimento, com a construção do Green Stadium. Espero que o estádio ajude não só no culto à personalidade do treinador hahaha.

O clube está impecável nesta temporada e caminha para o título invicto. E parece que com o plano a equipe tem totais condições de levar esse nível de atuação para os campos europeus, ganhando posições no coeficiente da UEFA.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 28/02/2019 at 00:01, thyagocda disse:

Bacana a atuação do Éderson na Copa. A gente reclama dos técnico convocando jogadores da China. Jogadores que atuam na Irlanda, seria quase o mesmo kkkkk 

Esse plano quinquenal, acho que vai dar muito certo... Me lembrou do que fiz no save A Base, A Liga com o time B e juniores do Porto. Mas sua proposta está mais objetiva. Tem tudo pra dar certo.

Prevejo emoções fortes nas preliminares da Champions 😄

Boa Sorte na continuação.

Eu fiquei surpreso com a convocação dele, achei que ia ser um dos cortados dos 30 nomes.

Espero que dê certo, já começo a sentir as frustrações naturais desse desafio.

Eu já espero que sua previsão esteja errada.

Em 03/03/2019 at 22:19, vinny_dp disse:

Gostei muito da ideia do plano quinquenal e espero que ele sirva de catalisador para a equipe, agora com mais potencial de crescimento, com a construção do Green Stadium. Espero que o estádio ajude não só no culto à personalidade do treinador hahaha.

O clube está impecável nesta temporada e caminha para o título invicto. E parece que com o plano a equipe tem totais condições de levar esse nível de atuação para os campos europeus, ganhando posições no coeficiente da UEFA.

Boa sorte.

O estádio vai trazer mais dinheiro, mas a questão é quanto mais de dinheiro, né? O FPF começa a apertar o Shamrock Rovers, que tinha uma média na casa de 100 milhões por temporada e agora está em 20 milhões, sem vendas, sabemos o tanto que o futebol irlandês é deficitário. O importante é equilibrar tudo isso com premiações das competições continentais.

Espero que sim, vamos esperar o sorteio dos grupos.

P.S: Dei uma desanimada com o FM, porque meu site apresentou uns problemas e até resolver, perdi muito tempo e muito tesão no jogo. Além disso, a vida esportiva cobra seu preço e aproveitei o carnaval para descansar os ossos e músculos. Mas acredito que em breve retornaremos com novas atualizações.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17octavius

Caralho, esse time tá imparável. Na sinceridade, ainda é emocionante vencer as competições nacionais para você e sua equipe?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 06/03/2019 at 13:56, 17octavius disse:

Caralho, esse time tá imparável. Na sinceridade, ainda é emocionante vencer as competições nacionais para você e sua equipe?

Não, a última vez foi perto das temporadas em que perdi o título pela única vez, desde então, é a mesma sensação que ganhar estadual com time grande.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

rovers.png

Tinha um italiano no meio do caminho

Depois de quase um mês sem atualizações, é hora de retornarmos com a parte final da temporada 2038. O Shamrock Rovers lutava pela temporada perfeita na Irlanda e por avançar na fase de grupo da Liga dos Campeões. 

Jogos pelas competições irlandesas

Na Irlanda, fomos em voo de cruzeiro. O único momento de susto que tivemos foi na penúltima rodada, quando tive que jogar com um time C diante do Derry City. Jogamos mal, poderíamos ter perdido, mas não perdemos, mantendo nossa invencibilidade intacta. Além disso, depois de termos levantado as taças da Leinster Senior Cup no restante do ano, faturamos todos os outros três títulos. Nenhum susto na EA Sports Cup e na Copa da Irlanda. No final das contas, uma temporada em que passamos sem o mínimo incômodo. Isso é bacana numa liga poderosa, mas aqui, infelizmente, não.

Shamrock-Rovers-FC_-Calendario-do-Princi
v Sligo Rovers (N) | v Dundalk (F) | v Derry City (C) | v Cork City (N)

Airtricity Premier League

Melhor campanha da história da Airtricity Premier League e melhor defesa da história também. É o nosso segundo título invicto, mas esse veio com apenas um empate. Ou seja, anda nos resta uma temporada com 100% de aproveitamento para ambicionar. Mas não é algo que levo em conta. No fim das contas, o que chamou a atenção mesmo foi a grande temporada de Shane Murphy, que foi artilheiro, melhor jogador, melhor assistente e isso, entrando menos que a concorrência em campo. Nota triste para o rebaixamento do Galway United, que durante muito tempo, figurou nas equipes que lutavam por vaga na Europa.

Danny-Green_-Home862c4eb7a9d9836e.png
Tabela completa | Estatísticas gerais e individuais da Airtricity Premier League

UEFA Champions League

Nossa última jornada partindo da fase de grupos começou com um sorteio esmagador: Paris Saint Germain, Liverpool e Kobenhavn. A presença de PSG e Liverpool vão exigir muito do clube para chegarmos até a próxima fase, contudo, se não vacilarmos, a passagem para Europa League está praticamente certa.

Na primeira partida, viajamos até a capital francesa e focamos em não ser esmagados pelos donos da casa. Nós resistimos grande parte do tempo, entretanto, o 4-3-3 e as bolas longas foram o suficiente para o placar ser construído e a derrota sacramentada. A seguir, recebemos o Liverpool em casa. Essa seria a primeira partida continental do novo estádio e eu queria um bom jogo da equipe. E foi o que a equipe entregou, contudo, um certo italiano resolveu destruir nossas chances completamente em dois lances no final do primeiro tempo.

Demos o azar de sair perdendo com um gol contra, mas empatamos logo em sequência. Esse gol de empate impulsionou a equipe e o Liverpool ficou meio balançado, com isso, assumimos o protagonismo da partida e viramos o placar. Mas Giuseppe Bruni não deixaria passar uma noite histórica para o Hoops, o ponta-esquerdo italiano empatou e virou a partida no final da primeira etapa. Voltamos do intervalo, mas o Liverpool resistiu, não deu espaço e saímos com uma derrota no primeiro compromisso de Champions League do Green Stadium.

Na sequência, era matar ou morrer contra o Kobenhavn e com um excelente terço final do primeiro tempo, encaminhamos a vitória com facilidade e renascemos na competição. Na sequência, viajamos até a Dinamarca e no primeiro lance abrimos o placar. Como os leões precisavam vencer para sonharem com a Europa League, vieram com tudo e tivemos sorte e juízo durante boa parte do tempo. Shane Murphy, aos 39 minutos, desperdiçou a chance de enterrar o oponente ao desperdiçar um pênalti e isso poderia ter nos custado muito caro. Por sorte, era o nosso dia.

Para a nossa última partida em casa, precisávamos vencer o PSG, caso ainda desejássemos estar nas oitavas-de-final. E com um primeiro tempo bastante disputado, as coisas não fluíram da maneira que gostaríamos, mas, pelo menos, foi algo equilibrado e não um domínio francês como na primeira partida. No começo da segunda etapa, Tony Phelan abriu o placar e explodiu o Green Stadium. Continuamos em busca de sacramentar a vitória e quando os dez minutos finais estavam chegando, pensei em fechar a casinha, mas o PSG, que estava buscando sobrecarregar nossa defesa, conseguiu o empate. Não esmorecemos e Carlos Pérez, que chamou a responsa contra o Liverpool e contra o Kobenhavn, conseguiu desempatar a partida antes do relógio bater nos 90 minutos. Os minutos depois disso até o apito do juiz foram um deus nos acuda, mas Jiri Masek, no último lance do jogo, fez o gol da tranquilidade e do caos, fechando o placar.

A vitória contra os franceses nos colocou em segundo lugar, com um ponto a menos que o Liverpool. Logo, a visita até a Inglaterra valia muito para ambas as equipes. Como o PSG dificilmente tropeçaria contra os dinamarqueses, quem perdesse estaria fora. Logo, teríamos que ir até a terra dos Beattles vencer uma das equipes mais tradicionais do futebol inglês. Encaramos o Liverpool de peito aberto e como equipe que almeja um dia chegar ao topo da Europa, sem temer ninguém. Mas logo aos dez minutos, Giuseppe Bruni apareceu de novo para aterrorizar nossas memórias, abrindo o placar para os donos da casa.

Não nos abalamos, mas também não conseguíamos criar muito diante da defesa adversária. Mas no meio da primeira etapa, depois de se esconder nos outros três jogos importantes da fase de grupos, o empilhador de gols na Irlanda, resolveu aparecer. Shane Murphy empatou a partida e nos colocou de volta na contenda. O jogo seguia travado e truncado, nós ficávamos com a bola e o Liverpool com os chutes. O jogo seguiu e o cenário não parecia mudar, até que uma bola lançada para a área do Liverpool e Shane Murphy voou para disputar com o goleiro e desempatar a partida. Logo mudamos para o 4-1-4-1 e buscamos fechar as vias para o Liverpool empatar a partida. Contudo, Giuseppe Bruni estava disposto a colocar seu nome na lista de carrascos do clube e aos 81 minutos, o italiano voltou a empatar a partida e a classificar o Liverpool.

Fomos para cima em busca do gol da vitória e aos 90 minutos, Shane Murphy recebeu de costas para a zaga, e deixou Carlos Pérez na boa para finalizar. O ponta espanhol ajeitou o corpo, chutou e...

Liverpool-x-Shamrock-Rovers_-Campo-Compl

... perdeu. Com essa grande chance desperdiçada, Pérez que fez uma tremenda fase de grupos da Champions League teve uma chance enorme de colocar seu nome na história do clube, mas a bola passou a um bom par de metros do gol dos Reds. O jogo seguiu por mais alguns minutos, com muita tensão, momentos de exasperação e alívio, mas nada como a chance de Pérez tornou a acontecer. Quando o juiz apitou, aquele misto de orgulho e decepção se juntaram e só nos restava aplaudir. No fim, tinha um italiano no meio do caminho e ele levou a melhor.

Shamrock-Rovers-FC_-Calendario-do-Princi
v PSG (F) | v Liverpool (C) | v Kobenhavn (C) | v Kobenhavn (F) | v PSG (C) | v Liverpool (F)

Ficamos com 10 pontos, na terceira colocação, já que deu a lógica no jogo PSG x Kobenhavn. Essa é a primeira vez que atingimos essa marca e não passamos de fase. Contudo, mostramos que estamos prontos para lutar pelo bicampeonato da Europa League.

Liga-dos-Campeoes-da-UEFA_-Visao-Geral-P
Sorteio completo da Fase de Grupos da Champions League

Nosso adversário nos 32-avos-de-final da Europa League será o Steaua, da Romênia. Ou seja, temos tudo para chegarmos até as oitavas.

Danny-Green_-Mensagens31b396df0adbdb49.p
Sorteio completo dos 32-avos-de-final da Europa League

Fornada de jovens de 2038

A cada ano que passa fico mais deprimido com nossas fornadas. Sem comentários, mais uma vez.

Divisao-de-Base-do-Shamrock-Rovers_-Squa

Notícias, informações e estatísticas do Shamrock Rovers

Share this post


Link to post
Share on other sites
VitorSouza

Por mais que você não tenha avançado de fase como em temporadas anteriores, acho que dá pra levar como algo positivo o desempenho que tiveram. Enfrentaram duas grandes equipes do futebol europeu e o Shamrock brigou ponto a ponto com elas, no sorteio da Liga Europa ainda deu sorte... minha memória tá falhando, mas quando vocês avançaram pro mata-mata da Liga dos Campeões eram ou não camisas tão pesadas na briga?

Pena que parece que os outros clubes da Irlanda ficaram estagnados nas competições europeias...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

Papou os troféus todos da Irlanda e ganhou o título invicto, parabéns! Na fase de grupos da Champions esteve muito perto de passar, se não fosse esse falhanço no jogo com o Liverpool...

O adversário romeno é bem mais fraco que a sua equipa, então tem toda a obrigação de passar aos oitavos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Neynaocai

Nada de novo no front irlandês. 

Na Europa no entanto foi fenomenal, pena esse italiano... Que desempenho fantástico, o programa de cinco anos tem tudo pra dar resultado do mais alto nível.

E Shane Murphy um absurdo. Não consegue chuteira de ouro?

Share this post


Link to post
Share on other sites
LC

Na Irlanda apenas os parabéns pelo título invicto: Parabéns.

Na Champions pegou duas pedreiras e mesmo assim brigou feito gente grande. Vida que segue e pelo time que tem é obrigação passar pelo Steua e chegar as oitavas de finais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
marciof89

Nem vou comentar sobre os jogos na Irlanda, parece estadual de um time grande só.

Na UCL você quase conseguiu, e foi até frustrante, pois jogou feito time grande e fez uma pontuação muito bacana, recuperando bem as 2 derrotas iniciais. Pena mesmo não ter passado. Agora enfrenta um time inferior ao seu na UEL e acredito que passa sem grandes sustos.

Boa sorte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17octavius

Admito que deu uma dor no coração ver você ter empatado em casa no Irlandês e não ganhar com 100% de aproveitamento. Mas é loucura minha.

Na UCL, o time provou ser guerreiro, lutou até o fim. Mas erros individuais infelizmente acontecem e essa foi a grande razão para a eliminação. Sobrou a Europa League, que se espera muito do Shamrock Rovers.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.
Em 14/03/2019 at 22:21, VitorSouza disse:

Por mais que você não tenha avançado de fase como em temporadas anteriores, acho que dá pra levar como algo positivo o desempenho que tiveram. Enfrentaram duas grandes equipes do futebol europeu e o Shamrock brigou ponto a ponto com elas, no sorteio da Liga Europa ainda deu sorte... minha memória tá falhando, mas quando vocês avançaram pro mata-mata da Liga dos Campeões eram ou não camisas tão pesadas na briga?

Pena que parece que os outros clubes da Irlanda ficaram estagnados nas competições europeias...

Acho que tive um ou dois grupos fáceis na Champions League até agora, geralmente os grupos são com duas forças consideráveis, isso quando não damos a sorte de pegar um time forte de uma liga mediana. Mas eu estou orgulhoso da equipe, a questão é que no momento inicial, a gente só pensa no que poderia ter sido e não foi e não para para analisar friamente o contexto geral.

Eu não diria estagnados, eles realmente não tem condições de competir frente a frente com outros clubes mais fortes e sempre pegam sorteios complicados.

Em 14/03/2019 at 22:22, Darthz disse:

Papou os troféus todos da Irlanda e ganhou o título invicto, parabéns! Na fase de grupos da Champions esteve muito perto de passar, se não fosse esse falhanço no jogo com o Liverpool...

O adversário romeno é bem mais fraco que a sua equipa, então tem toda a obrigação de passar aos oitavos.

É meio complicado botar a culpa todas nas costas do Pérez, ele errou e tal, mas tínhamos que ter conseguido segurar a vantagem que obtivemos de maneira mais adequada.

A expectativa contra o Steaua é essa mesmo.

Em 15/03/2019 at 12:45, Neynaocai disse:

Nada de novo no front irlandês. 

Na Europa no entanto foi fenomenal, pena esse italiano... Que desempenho fantástico, o programa de cinco anos tem tudo pra dar resultado do mais alto nível.

E Shane Murphy um absurdo. Não consegue chuteira de ouro?

Só saberemos do impacto do programa de cinco anos quando ele chegar ao fim.

Acho difícil, fazer gol na Irlanda vale menos pontos, ele teria que fazer uns 50, 60 gols por temporada.

Em 16/03/2019 at 12:42, LC disse:

Na Irlanda apenas os parabéns pelo título invicto: Parabéns.

Na Champions pegou duas pedreiras e mesmo assim brigou feito gente grande. Vida que segue e pelo time que tem é obrigação passar pelo Steua e chegar as oitavas de finais.

Valeu.

A prestação da equipe foi boa, poderia ter tido um final mais feliz, mas significa que estamos próximos de onde queremos chegar.

Em 17/03/2019 at 00:48, marciof89 disse:

Nem vou comentar sobre os jogos na Irlanda, parece estadual de um time grande só.

Na UCL você quase conseguiu, e foi até frustrante, pois jogou feito time grande e fez uma pontuação muito bacana, recuperando bem as 2 derrotas iniciais. Pena mesmo não ter passado. Agora enfrenta um time inferior ao seu na UEL e acredito que passa sem grandes sustos.

Boa sorte.

Mas é. hahahaha

Acho que o grande problema foram essas duas derrotas iniciais, se pensar bem, empatar com o Liverpool fora de casa é algo muito complicado para a maioria das equipes, a questão é que precisávamos de mais do que um ponto.

10 horas atrás, 17octavius disse:

Admito que deu uma dor no coração ver você ter empatado em casa no Irlandês e não ganhar com 100% de aproveitamento. Mas é loucura minha.

Na UCL, o time provou ser guerreiro, lutou até o fim. Mas erros individuais infelizmente acontecem e essa foi a grande razão para a eliminação. Sobrou a Europa League, que se espera muito do Shamrock Rovers.

Bateu um leve desapontamento, principalmente por estar tão perto do final, mas já imaginei que algo assim poderia acontecer quando tive que mandar o time C.

Acho que nem dá para colocar essa eliminação na conta do Pérez, a atuação da defesa contra o Liverpool no primeiro jogo acho que foi mais lamentável do que o gol que ele perdeu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Henrique M.

rovers.png

Uma insípida janela de transferências

Com o plano quinquenal em efeito, a movimentação foi muito baixa no Green Stadium nessa pré-temporada. Obviamente que observei centenas de jogadores, já que ainda preciso de dois laterais de cada lado, três zagueiros, um volante e um ponta-esquerda. Contudo, é cada vez mais complicado achar atletas que se encaixam nas pretensões do clube e que estejam disponíveis por preços que eu estou disposto a pagar. Ainda mais que tivemos alguns alertas com relação ao Fair Play Financeiro, pois as projeções estavam indicando que não cumpriríamos, mas não é algo que me preocupa, pois ainda tem muito dinheiro para entrar nessa temporada de competições europeias.

Saídas

Apesar de muita gente ter feito força para sair e brigado com o treinador, apenas atletas em final de contrato e empréstimos originaram saídas. Enquanto for possível sustentar o plano quinquenal sem vendas, sustentarei, mesmo que alguns atletas fiquem de birra (sim, Masek e Fenocchio, estou falando de vocês).

Shamrock-Rovers-FC_-Historico-de-Transfe

Tática e escalações

Conforme o planejado, continuaremos com o 4-1-2-3 por mais quatro temporadas. A grande novidade em termos de times A e B é que praticamente não houve nenhuma mudança. Se Conor Molloy não tivesse com uma séria lesão no joelho, provavelmente as duas equipes seriam a mesma da temporada passada. Contudo, Reverte assumirá as funções de Molloy pelos próximos 4 a 5 meses.

Shamrock-Rovers-FC_-Visao-Geral5c3910fe7

Pré-temporada

Sem a necessidade de treinar táticas e entrosar ninguém, a pré-temporada foi mais light nessa temporada. Minha quantidade ideal de jogos são oito, contudo, não havia necessidade. Como o foco era deixar os atletas preparados fisicamente, fizemos duas semanas mais intensas que o normal, com uma terceira semana focada no treino físico, além das tradicionais duas anteriores. Fizemos amistosos contra algumas equipes de médio porte de outros países da Europa e os tradicionais amistosos contra equipes pequenas do país. Tirando um empate no segundo jogo, tudo correu conforme o planejado.

Shamrock-Rovers-FC_-Calendario-do-Princi

Europa League e Copas Irlandesas

É meio complicado começar a temporada logo com um mata-mata, mas até um tempo atrás, era lugar comum para o clube. Assim, começamos oficialmente nossa temporada com uma viagem para a Romênia. O Steaua já levantou uma Champions League, mas com as mudanças impostas pelo futebol moderno, se mantém apenas como potência local. Éramos amplos favoritos e logo com dois minutos, Murphy abriu o placar, demonstrando todo o favoritismo. O jogo continuou correndo sem muita ocorrência após o gol, mas no final do primeiro tempo, um desesperado Steaua buscava empatar a partida.

Eu até estranhei o comportamento do clube, porque estavam jogando dessa maneira antes do final da primeira etapa. Eu havia me esquecido que eles são os donos da casa e durante a minha realização do que estava acontecendo, os romenos empataram o jogo. O adversário estava animado, empolgado, mas parou por aí. No começo da segunda etapa, Murphy dobrou o seu número de gols no jogo e logo após, Pérez jogou a pá de cal nas esperanças do adversário. O Steaua continuou seu desespero desenfreado, mas esteve mais perto de sofrer o quarto do que marcar o segundo.

Voltamos a Irlanda e despachamos o Wexford Youths com calma e tranquilidade na Leinster Cup. Tornamos as atenções para a Europa novamente e o Steaua acabou vendo um filme da primeira partida. Logo no começo, Shane Murphy marcou e depois, deixaram nossa equipe controlar a partida. No segundo tempo, Shane Murphy marcou um de pênalti e na sequência, com o adversário psicologicamente destruído, fez seu hattrick. O atacante tem dois jogos na competição e já está a três gols dos artilheiros da competição.

Para encerrar a pré-temporada, disputamos a Copa do Presidente contra o Cork City e em mais uma grande noite de Shane Murphy, levantamos a primeira taça da temporada. Poderia ter sido mais fácil, mas acabou sendo apenas o suficiente.

Shamrock-Rovers-FC_-Calendario-do-Princi
v Steaua (F) | v Wexford Youths (F) | v Steaua (C) | v Cork City (C)

Na sequência, enfrentaremos o Schalke 04, adversário que faz parte da nossa gloriosa campanha em 2034/2035. Não era o tipo de adversário que eu queria enfrentar agora, mas quem quer ser campeão, não escolhe contra quem joga.

Danny-Green_-Mensagens23387206f4cc0961.p
Sorteio completo das oitavas-de-final da Europa League 2038/2039

Notícias, informações e estatísticas do Shamrock Rovers

9lWzaKk.jpg

Shamrock Rovers na Irlanda e na Europa

Depois da queda de quatro estrelas para três estrelas e meia, houve um pequeno aumento na reputação global, mas sem subir o patamar. Obviamente somos disparadamente o maior clube da Irlanda e estamos na lista de maiores clubes da Europa. Tivemos um aumento no nível de retorno, chegando próximo aos 6 milhões de euros. Caímos da 19ª posição para a 23ª posição no ranking de coeficientes da UEFA e subimos uma posição na lista de clubes com maior valor do continente, passando para 41º.

Irlanda_-Clubes-Financas2949521bb5bfe1d0

Airtricity Premier League e coeficientes da Irlanda

A Airtricity continua sua queda depois de chegar na 9ª posição. Nessa temporada, passou da 12ª posição para a 16ª. A perda de quatro posições foi prevista anteriormente, já que tivemos uma péssima temporada europeia no ciclo passado que ainda não havia sido contabilizada. Agora é hora de recuperar um pouco da nossa reputação.

Europa_-Competicoes-Ligaseeb12bdd44b73c4

A situação dos coeficientes da Irlanda está bastante delicada. Como nosso adversário na próxima etapa é de uma liga tradicional e pode complicar, existem grandes chances de perdermos as duas vagas na Champions League. Ou seja, mais uma vez, o destino europeu da Irlanda está nas mãos de uma campanha nossa.

Europa_-Paises-Coeficientes-Clube-do-Pai

Clubes Irlandeses na Europa

O Cork City, vice-campeão em 2037 entrou na 3ª Qualificação para os melhores colocados na Champions League. Entretanto, o Rebel Army deu azar e pegou o Besiktas, da Turquia. Os turcos fizeram 3 x 0 em casa e apenas empataram sem gols na Irlanda. Na sequência, o Cork foi relegado para Playoff da Europa League. Novamente a equipe deu azar e pegou o Sevilla, da Espanha. A equipe perdeu por 1 x 0 na Espanha e novamente, um empate sem gols em casa selou o destino do verdinegro.

O Dundalk, como 3º colocado de 2037, foi direto para a fase de grupos. Caiu no Grupo J com Rangers, da Escócia, Fenerbahce, da Turquia e Zenit, da Rússia. Como esperando, a equipe foi uma mera espectadora e saiu do grupo com 0 pontos.

O Derry City, 4º colocado em 2037, começou na 3ª Fase Qualificatória da Europa League. O sorteio foi mais gentil que o de outras equipes, mas meio complicado, colocando-os contra o Gent, da Bélgica. Numa soberba exibição em casa, o Candystripes venceu por 3 x 0 na Irlanda do Norte e vendeu caro uma derrota por 3 x 2 na casa do adversário, seguindo adiante. Contudo, a "sorte" irlandesa na Europa trouxe o Tottenham nos Playoffs da competição. E obviamente, os ingleses não tiveram dificuldade para eliminar o agregado norte-irlandês, com duas vitórias por 3 x 0.

Por fim, o Sligo Rovers, 5º colocado em 2037, começou na 2ª Fase Qualificatória da Europa League. Pegou o FH, da Islândia e com duas vitórias (2 x 0 em casa e 1 x 0, fora) seguiu adiante. Teve um sorteio complicado, mas acessível na fase seguinte, pegando o Braga, de Portugal. Ao perder por apenas 2 x 1 em Braga, haviam muitas esperanças para a partida de volta. Todavia, o Bit O'Red foi estraçalhado em casa, perdendo por 3 x 0.

Ex-Hoops em outros clubes da Airtricity Premier League

Só para efeito de lembrete, jogadores contratados são aqueles que vieram de clubes irlandeses e os importados aqueles que vieram de clubes estrangeiros, não importando a nacionalidade do atleta. Em comparação com a temporada passada, tivemos uma nova queda, já que o rebaixamento do Galway representou um adeus de cerca de oito atletas dessa divisão.

  • Bohemian (6) - Dave Murphy (base 2022), Anthony Powell (importado em 2031), Ian Smith (base 2028), Daniel Daly (base 2032), Paddy Davis (base 2026) e Sean Hanley (base 2029);
  • Bray Wanderers (5 q2deG7e.png&key=daf20924d448bbce567599ca) - Loris Baratella (importado em 2026), Michael Kavanagh (base 2036), Barry Mailey (contratado em 2032), Colin May (base 2033) e Noel O'Leary (base 2027);
  • Cork City (7 ZkCkMGk.png&key=9edfbc08507b033a6d622449) - Martin Sheehan (contratado em 2030), Lars Burri (base 2033), Paul Coleman (contratado em 2030), Kyle Corbet (base 2023), Ian Doyle (base 2023), Rory McGrath (base 2025) e Andrew McKeown (base 2025);
  • Derry City (6 ZkCkMGk.png&key=9edfbc08507b033a6d622449) - Eduardo Martín (importado em 2034), Keith O'Flynn (base 2035), Kyle O'Neill (base 2034), Aidan O'Sullivan (base 2025), Stelian Stanciu (importado em 2034) e Chris Barret (base 2026);
  • Dundalk (6  q2deG7e.png&key=daf20924d448bbce567599ca) - Karl Quinn (base 2026), Thomas Brennan (base 2033), Chris Hedley (importado em 2030); Miguel Lopez (importado em 2032), Brian Mahon (contratado em 2032) e Kevin McAllister (base 2029);
  • Limerick (4) - Gary Devlin (contratado em 2030), Matthew Healy (base 2029), Shane O'Neill (base 2032) e Tom White (contratado em 2030);
  • Longford Town (4 q2deG7e.png&key=daf20924d448bbce567599ca) - Tommy Brown (base 2030), Stephen Diver (base 2026), Daniel Mahon (base 2027) e Steven Towell (contratado em 2031);
  • Shelbourne (4) - Derek Byrne (base 2030), Nigel O'Flynn (base 2033), Glenn O'Connor (base 2032) e Anthony O'Toole (base 2035);
  • Sligo Rovers (3) - Bruno Carvalho (importado em 2032), Gerry Kinsella (contratado em 2025) e Andy McGuinness (base 2026);
  • UCD (2 ZkCkMGk.png&key=9edfbc08507b033a6d622449) - Adrian Barnett (base 2031) e Mark Carr (base 2027);
  • Waterford United (3) - Mark Poole (base 2029), Michael Shanahan (base 2032) e Stephen Malone (base 2029);
  • Emprestados: q2deG7e.png&key=daf20924d448bbce567599ca
  • Total: 50 ZkCkMGk.png&key=9edfbc08507b033a6d622449

Share this post


Link to post
Share on other sites
Darthz

A pressão está mesmo do seu lado para voltar a elevar a Irlanda no plano internacional. Passou bem pelo Steaua, e tem uma eliminatória complicada com os Alemães. Mas é como você diz, quem quer ganhar, tem que enfrentar os melhores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

  • Similar Content

    • Tsuru
      By Tsuru
      Os celtas eram um conjunto de povos que ocupava grande parte do território da Europa por volta de 1.000 a.C., indo desde a atual Grã-Bretanha até o local onde hoje é a Turquia. Há muitas teorias sobre a origem e a expansão desses povos, mas é um período tão antigo que as raízes se perdem no tempo. É inclusive dessa época que surge a lenda do Rei Arthur, que teria liderado a resistência dos bretões celtas contra os romanos.
      Outro detalhe interessante é que, na cultura celta, "Brasil" era uma ilha mística situada em algum local do oceano, e a própria origem desse nome é céltica. Há quem acredite que os povos antigos já conheciam a origem do Brasil e que foram eles que introduziram, na cultura popular europeia, a informação de que existiam terras além mar cheias de riquezas e animais exóticos. Esse detalhe eu não sabia e quem compartilhou a informação foi o @Inner Logic.
      Entre outras coisas que se sabe concretamente, é notório que os celtas veneravam a natureza e que, entre seus pares, existiam os druidas, pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, orientações filosóficas e jurídicas, e rituais religiosos. 
      Entre os druidas famosos, reais ou imaginários, estão o lendário Merlin e o Panoramix, que preparava a poção mágica do Asterix. E essa figura do druida sempre fascinou este que vos fala, o que levou a pesquisar mais sobre a cultura em questão e sobre sua história.
      Descobri, inclusive, que hoje existem seis nações apontadas como “célticas originais”, por manterem traços culturais ou de linguagem desse povo - País de Gales, Escócia, Irlanda, Bretanha (no norte da França), Cornualha (sul da Inglaterra) e Isle of Man (entre a Inglaterra e a Irlanda). Há ainda outras regiões onde a influência celta é considerada forte, como o Norte de Portugal, as regiões da Galícia e Astúrias na Espanha, e a antiga Gália (atuais França, Bélgica e norte da Itália). E há ainda territórios ocupados por antigas tribos celtas onde pouco se sabe sobre o legado deixado por eles, como o sul da Alemanha/Áustria e diversos países do Leste Europeu.
      No futebol, talvez a influência mais clara desses povos seja o Celtic FC da Escócia, batizado com objetivo de propagar o orgulho que os fundadores tinham dessa origem.
      Já havia lido sobre a liga de futebol do País de Gales e sentido bastante vontade de experimentá-la, talvez porque seja um país muito associado aos druidas. E a ideia se complementou com a descoberta das nações célticas.
      Assim, narrarei a carreira de Drew Johnson, um treinador galês fictício sem qualquer experiência, apelidado de “O Druida” por ser um adepto do Neodruidismo.
      A jornada se iniciará na terra natal de Johnson, uma vila de 7 mil habitantes chamada Cefn Mawr (se lê "Kevin Maur"), localizada no condado de Wrexham.

       


       


      Carreguei todas as nações celtas “originais”, algumas delas representadas pelo país onde se situam, e escolhi outras para representar os territórios com forte influência céltica. 
      Na database original do FM, a liga galesa só tem a Welsh Premier League, a elite do futebol local; para dar um pouco mais de emoção, ativei a segunda divisão através do update do Classen.
      Foi necessário deixar alguns países de fora - por exemplo, Itália, Alemanha e Áustria - até porque não sei se meu notebook aguentaria o tranco. Só para garantir, diminuí a qualidade gráfica e tirei as animações, aparentemente o jogo está rodando sem problemas.
      Acho que, no geral, ficou bem representativo e com boas opções de progressão de carreira.
       

       
      Conquistar pelo menos um título por cada país onde passar; Conquistar um título invicto; Conquistar, em uma temporada, todos os títulos em disputa; Vencer a Liga dos Campeões da Europa; Vencer a Copa do Mundo; Me divertir.
       
       
      Nunca pedir demissão no meio de uma temporada;
      Se estiver empregado, priorizar a assinatura de novos contratos para o início da temporada seguinte, a fim de não abandonar nenhum clube durante uma competição.
       
    • AlexVivas
      By AlexVivas
      APRESENTAÇÃO
      Em primeiro lugar, quero pedir perdão a todos os amigos que leram, acompanharam, comentaram e me incentivaram em minhas sagas anteriores, que infelizmente não consegui êxito. Isso se deu devido a alguns fatores como: depressão devido a estresse (Transtorno de Ansiedade Generalizada), que sem tratamento evolui para a Síndrome de Burnout, discussões com a esposa que quase resultaram em divórcio, mudança de endereço e enrolação da operadora de internet e telefone, isso tudo resultando em um enorme desânimo para fazer qualquer coisa - até trabalhar - quanto mais jogar e postar.
      Ontem, dia em que a internet finalmente voltou, verifiquei que os "Meninos de Milão" e os "Atletas de Cristo" não estão mais disponíveis. Respirei fundo e me animei para compartilhar com vocês minha nova odisséia, que será maior e não menos emocionante que as outras. Estou me divertindo à beça, e espero transmitir a vocês isso.
      Minha inspiração para essa empreitada são 2 sagas daqui do nosso fórum que em minha opinião estão entre as mais espetaculares:
      O Mochileiro , do usuário @Luchín; Desafio Europa, do usuário @CCSantos; E a verdadeira saga do Alfabeto que se encontra no nosso "irmão" lusitano, o fórum FM Portugal: Alfabeto FC
      Li as 3 sagas - e recomendo - e então abri o Football Manager e voltei com força total !!
       DADOS DO SAVE
      Football Manager - Edição 2017, versão 17.3.1
      Base de Dados  - Megapack de ligas do Classen
      REGRAS DO SAVE
      Começar desempregado, e no nível mais baixo de treinador (sem licença, passado como jogador amador). Não há ordem de país, somente da letra inicial do nome; mudar de letra após ser campeão de TODOS os países da mesma. Ao finalizar a letra, reiniciar o Football Manager (recriar o técnico, com última licença e atributos, e se possível, com conquistas adquiridas), retornando à primeira temporada do jogo - exemplo: 2016 no FM 2017, 2017 no FM 2018. Ser campeão da 1ª Divisão do país selecionado; após o fim do campeonato, demitir-se caso não disputar copas. Se escolhido por um clube das Divisões abaixo da elite, seguir nesse clube até o topo e ser campeão; demissão como acima. Se disputar copas - por exemplo: Taça da Itália, Champions - seguir até ser eliminado/campeão. Se a mesma ocorrer após ser campeão da divisão principal, demitir-se somente depois de disputar a copa. Ao mudar de clube, contratar no máximo 3 jogadores do clube anterior. Se possível, melhorar o elenco e estruturas do clube no decorrer do tempo que ficar. OBJETIVO - Ser campeão da primeira divisão de TODOS os países do mundo.  NAVEGUE POR AQUI
      1º Post = Introdução da Saga (chegada ao 1º país)
      Preparação = Config da Database, Treinador  
       Jennings Grenades United (Antígua e Barbuda)
      Temporada 2016/17
      ABFA Premier League       = 4º Lugar - qualificado para a ABFA Champions League ABFA Champions League = CAMPEÃO Temporada 2017/18
      ABFA Premier League       = vice-campeão - qualificado para a ABFA Champions League ABFA Champions League = BI-CAMPEÃO Temporada 2018/19
      ABFA Premier League       = CAMPEÃO - qualificado para a ABFA Champions League ABFA Champions League = TRI-CAMPEÃO Pós-Título:
      Coletiva de Imprensa do Fórum Manager
      Legado
      Férias I
      Atualização de Currículo + Roteiro de Viagem 
      Centro de Emprego
      U.E. Saint Julià (Andorra)
      Temporada 2019/20
      Primera Divisió   = 4º Lugar - qualificado para a UEFA Europa League Copa Constitució = Semi-Final Temporada 2020/21
      Primera Divisió            = 4º Lugar Copa Constitució          = 1ª Eliminatória UEFA Europa League  = 1ª Eliminatória Temporada 2021/22
      Primera Divisió = VICE-CAMPEÃO - qualificado para a UEFA Europa League Copa Contitució = Semi-Final Temporada 2022/23
      Primera Divisió            = CAMPEÃO - qualificado para a UEFA Champions League Copa Constitució         = Semi-Final UEFA Europa League = 1ª Eliminatória   Temporada 2023/24
      Primera Divisió                   = Não disputada Copa Constitució                = Não disputada UEFA Champions League = 2ª Fase de Qualificação Supertaça d'Andorra          = VICE-CAMPEÃO - derrotado pelo Lusitanos Coletiva do Fórum Manager = Parte 01  -  Parte 02
      Legado
       Férias II
      Roteiro de Viagem
      Atualização de Currículo + Centro de Emprego
      Desde já agradeço a todos que lerão, comentarão e principalmente se divertirão junto comigo !!
       Abraço !!
       
       
       
       
    • Neynaocai
      By Neynaocai
      PRA QUEM CHEGOU AGORA, RECOMENDO DAR APENAS UMA OLHADA POR CIMA NA PRIMEIRA TEMPORADA E IR LOGO AO QUE INTERESSA, QUE A PARTIR DE HOJE (07/12/2018) SERÁ INDICADO ABAIXO:
       
       
      Uma nova jornada. Capítulo 1: La voix du peuple est la voix de Dieu.
      Uma nova jornada. Capítulo 2: Entre grandes expectativas e a realidade!
      Uma nova jornada. Capítulo 3: A segunda temporada.
      Uma nova jornada. Capítulo 4: X-saladas, caldo-de-canas, bolachas, refrigerantes e gols.
      Uma nova jornada. Capítulo 5: Tem que ter pojeto?
      Uma nova jornada. Capítulo 6: Tutorial de como ser campeão em menos de duas temporadas.
      Uma nova jornada. Capítulo 7: Em segundo, se virares a mesa.
      Uma nova jornada. Capítulo 8: O último a sair apague a luz.
      Uma nova jornada. Capítulo 9: Prioridades.
      Uma nova jornada. Capítulo 10: Um Chicago a sorrir.
      Uma nova jornada. Capítulo 11: Dias de luta, dias de glória. Off: RIP Flecha Loira.
      Uma nova jornada. Capítulo 12: Estava escrito num papel de pão.
      Uma nova jornada. Capítulo Final: Um até breve.
      ESPECIAIS
      You are fake news. Um desabafo contra a imprensa.
      Copa do Mundo Sub-20 2017.
      Copa do Mundo 2018
      Copa Ouro 2019 - Campeonato Mundial Sub-20 2019.
      Pré-olímpico 23: Sem chance.
       
       
       
    • PedroJr14
      By PedroJr14
      Real Racing Club Santander, S.A.D.
      O clube da cidade de Santander teve sucesso relativo na Espanha, mantendo-se na primeira divisão do país em 15 das 16 temporadas entre 1996/97 e 2011/2012, só não esteve presente em 2001/02. Em todas essas temporadas em La Liga, o Racing superou a décima posição apenas uma vez, quando terminou em sexto na temporada 2007/08, ganhando assim a vaga continental. Los Verdiblancos terminaram em quarto, num grupo que continha Twente, Manchester City, Schalke e PSG, perdendo apenas um jogo e vencendo o Manchester City, que terminou na liderança do grupo. Conseguiram se manter na liga principal até 2011/12, quando começou a cair sucessivamente até chegar à Terceira Divisão, 2 anos mais tarde. O clube ensaiou uma reação em 2014/15, quando conseguiu o acesso para a Segunda Divisão, mas logo caiu de volta e até o presente não mais saiu de lá.

      O Racing Santander manda seus jogos no folclórico estádio El Sardinero, que tem capacidade para pouco mais de 22 mil espectadores. Entre os nomes que desfilaram por esse aconchegante estádio vestindo a camisa do Racing, estão: Felipe Melo (Palmeiras), Henrique (Corinthians), Ezequiel Garay (Valencia), Yossi Benayoun (ex-Chelsea e Liverpool), Giovanni Dos Santos (LA Galaxy), Sérgio Canales (ex-Real Madrid), Marcos Alonso (ex-Barcelona e A. Madrid, pai de Marcos Alonso do Chelsea) e Christian Stuani.

      Sem nunca ter conquistado um título de expressão, o Racing Santander caiu ao fundo do poço por causa de uma crise financeira e nunca mais conseguiu se reerguer. A saída do treinador Pedro Muntis para o Ponferradina e a falta de recursos para buscar um técnico fora de Santander, obrigaram o clube a promover o Técnico Marco Botín, que terá um contrato curto, de apenas 1 ano. O jovem treinador de 26 anos terá que provar o seu valor e o seu amor pelo clube da cidade.
       
      Objetivos
      [Secundários]
      - Subir de volta à La Liga
      - Ter um jogador convocado por uma seleção top 10 mundial
      - Fortalecer as estruturas das divisões de base do clube ao máximo
      - Ampliar o Sardinero
      - Transformar ao menos 3 jogadores contratados por mim em lendas do clube

      [Primários]
      - Terminar acima do décimo lugar em La Liga
      - Chegar a uma competição continental
      - Construir um novo estádio
      - Vencer uma competição de nível nacional 
      - Vencer uma competição intercontinental
      - Ser Campeão Mundial de Clubes
      - Tornar-se uma lenda no clube
       
    • IgorNatalino
      By IgorNatalino
      Estamos animados em apresentar a todos, a criação do tópico para os kits FC'12, um projeto do FM Slovakia, para a temporada 2018-2019.
      Para os que gostam do nosso estilo de kits, aqui ficarão todos os links úteis e atualizações sobre o lançamentos dos kits, principalmente os brasileiros feitos por mim; A ideia principal do tópico é entregar packs de qualidade para todos jogadores do FM.
      Gosta de acompanhar o desenvolvimento dos kits e saber quais estão sendo produzidos?
      Nos acompanhe no Facebook - https://www.facebook.com/groups/allstar.kitmakers/
      Parceiros:
      FM Slovakia - http://fmslovakia.com/

      Todos os Kits produzidos na temporada 2016-2017:
      http://fmslovakia.com/downloads/kitpacks/fc12-season-201617/
      Kits produzidos para a temporada 2017-2018:
      http://fmslovakia.com/downloads/kitpacks/fc12-season-201718/

      Como instalar:
      Passo 1:
      Faça o download do pack e extraia usando Winrar ou 7-zip.
      Passo 2:
      Copie a pasta com os arquivos para:
      \Documents\Sports Interactive\Football Manager 2017\graphics\kits\
      p.s: Crie as pastas Graphics e Kits caso não existam.
      Passo 3:
      Abra o FM e vá em Preferências > Interface
      Marque "Recarregar Skin quando confirmar alterações nas preferências"
      Desmarque "Usar cache para reduzir o tempo de carregamento das telas"
       
       
      Qualquer dúvida, sugestão ou comentário, deixe sua postagem!

      Quer nos ajudar?
      Me contate para fazer parte do All Star Kitmakers.
×