Ir para conteúdo
  • ×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

      Only 75 emoticons maximum are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Conteúdo Similar

    • Lohan
      Por Lohan

      São quase 40 estadios de clubes das Series A,B e C do brasileirão, assim como as faixas das torcidas     
      A posição do sol é de acordo com a vida real nas partidas que ocorrem durante a tarde, para causar um maior impacto e imersão nas partidas 3D
      OBS: por limitaçoes dos estadios 3D (sabemos que não existe um editor) tive que fazer na mão grande da melhor maneira que pude, nao tem como fazer detalhes, alguns ficaram bem parecidos, outros mais ou menos, porem ainda assim, creio que bem melhores do que comparados aos estadios genericos que vem no jogo, mas tem um detalhe, os estadios de maior capacidade para que ficassem o mais parecido possivel,   ❌ tive que diminuir a capacidade deles, senão pelas limitaçoes do 3D, eles nao iriam ficar parecidos.
      ✔️ Porem com o uso do FMRTE vc pode deixar os estadios com a capacidade real sem modificar o 3D, e com o uso do FMRTE vc pode tb deixar os estadios mais parecidos ainda, como por exemplo colocando 0 na parte da arquibanca da fonte nova, vai fazer ter aquela abertuda igual na vida real, assim como Sao Januario que nao tem a parte esquerda, e varios outros estadios, por esse motivo vai um template grafico incluso na instalaçao pra quem quiser fazer essas melhorias, fica a seu criterio, e é bastante facil de fazer                                                                                                                                                                                                                                                 
                      DOWNLOAD:   Versão com instalador :  http://www.4shared.com/file/inUj0lXdba/Estdios_3D_e_Faixas_de_torcida.html?
                                                                     Versão sem instalador para quem tem MAC : http://www.4shared.com/rar/EZ9bfWpiba/Sports_Interactive.html?
      Instalação: Após baixar o arquivo ¨Estadios 3D e Faixas de torcidas FManager Brasil¨ dê um duplo clique que vai ser instalado automaticamente no diretorio do FM17. se pedir para subscrever arquivos aceite
      Depois vá em preferencias do FM, e na aba interface, clique para ¨recarregar skin quando confirmar¨ e ¨desmarcar skin em cache¨

      ARENA FONTE NOVA 



      SERRA DOURADA

      MORUMBI




       
    • Luiz_Gamer
      Por Luiz_Gamer
      Bem galera, eu estava querendo ver o histórico de mensagens no FM17,mas não consigo deixar para ler o resto da conversa,então eu gostaria da ajuda de vocês (sei que é algo bem inútil,mas é curioso) 
      Obs:Sou noob,se for algo super fácil não liguem não kkk

      Como indico na imagem não funciona aquilo e já apertei tudo aqui e não vai.
    • Herr Jones
      Por Herr Jones
      Apresentação:
       
       
      Capítulo 1 – Do berço à descoberta de um amor eterno (1988-2003)
       
      Hoje já estou mais velho, correndo atrás de um sonho que pretendo contar a vocês. Mas antes, claro, devo contar toda a minha trajetória até aqui. Bem... Opa, quase esqueci de me apresentar: meu nome é Luigi Del Nero, nasci em Parma, na Emilia-Romagna em 1988.
      Desde criança meu pai me contava histórias de sua época quando jogador, passando por diversos clubes até ter fincado raízes aqui em Parma, clube pelo qual passou maus bocados: passou pelo processo de falência e de tentativa de reestruturação. Ele me contava que o time conseguiu se reestabilizar depois de toda a turbulência passada na sua época e sempre me levava para assistir os jogos lá no Ennio Tardini, o estádio de futebol mais antigo da Itália em atividade.
      Foi aí que eu descobri o que é amor, ainda era novo. Bem novo. Tinha meus quatro pra cinco anos de idade quando o Parma começou a montar um time fantástico e era praticamente imparável. Tive a oportunidade de ver os dois jogos da final da Copa da UEFA, contra a Juventus, em 1995, no estádio e presenciei a lenda da volância, Dino Baggio, fazer um gol em cada partida e assegurar o grande troféu! Depois, novamente, em 1999, já entendendo melhor das coisas, meu pai me levou à Moscou para assistir o massacre sobre o forte time do Olympique Marseille. Que timaço nós tínhamos! Buffon aparecendo para o mundo, Dino Baggio parando tudo... Crespo e Chiesa metendo gol sem parar. Cannavaro e Thuram segurando as pontas lá atrás. Desse timão só faltou um Scudetto...
       

      Porém alguma coisa me parecia errado: o time começou a desandar, os jogadores começaram a reclamar e pedir pra sair. Meu pai explicou o que estava acontecendo, mais uma vez, no time e que parecia ser aquilo que ele já havia presenciado: o colapso financeiro por causa de uma gestão péssima. Era a falência rondando a época histórica mais frutífera do clube.
      *****
      Capítulo 2 – Decidindo o futuro (2004-2009)
       
      Enquanto eu via meu amado Parma cair pelas tabelas, começava a chegar o momento de decidir o meu futuro. O que eu faria da vida? Já estava terminando meu ensino básico e, como não tinha dotes para o futebol, eu precisava escolher uma graduação para fazer.
      Acabei optando por fazer Psicologia e consegui ser aceito na Università di Parma. Ao longo de minha graduação consegui alinhar o curso à parte esportiva e, inclusive, consegui uma bolsa de estudos numa instituição de um ano e meio para aprender os fundamentos técnicos do futebol, saindo de lá bacharel em ciência do futebol. Durante esse período mantive meus estudos em Psicologia trancados na Universidade.
      Ao conseguir meu primeiro diploma, decidi permanecer na Psicologia e retornei à minha casa para destrancar a faculdade e dar sequência ao curso. Meu retorno me trouxe um fruto melhor do que eu esperava e consegui, num dos estágios obrigatórios do curso, dar início a um trabalho como psicólogo no Parma. Seria, certamente, um trabalho bastante complicado afinal de contas o clube havia falido novamente e teria que buscar tudo de novo.
       

      Em 2007, já depois de um ano estagiando como psicólogo no clube, conversei com um dos diretores e expliquei que poderia, além de trabalhar com o psicológico dos jogadores, fazer um trabalho mais detido com as categorias de base como auxiliar em virtude dos meus estudos na área terem sido concluídos. Então o diretor optou por me oferecer um contrato de experiência válido por uma temporada.
      Era a realização de um sonho. Eu conseguia, antes de me formar no meu curso principal, um cargo para estar diretamente envolvido no futebol dentro do meu clube de coração. Estava no momento de fazer o meu melhor e acabei conseguindo, ao longo dos anos, conquistar meu espaço e, inclusive, assumir os times juvenis. Acho que estava dando meus primeiros passos naquilo que, talvez, fosse o que eu poderia fazer de melhor.
      Chegava o ano de 2009 e, com ele, minha formatura. Tudo já me parecia muito bem encaminhado, eu tinha meus 21 anos recém completados, já estava trabalhando numa coisa que me sentia confortável e, para coroar, fui condecorado como melhor aluno da minha classe. Meu trabalho de conclusão de curso foi aprovado com louvor e distinção, num tema que comecei a abordar: a motivação como fator de alto rendimento no futebol.
       

       
      Logo depois da minha formatura recebi a proposta do diretor de futebol do Parma para que eu assumisse o time sub-20 e trabalhasse junto à comissão técnica do elenco principal. Sentia que eu estava com credibilidade dentro do clube e, quem sabe, viria a treinar o time.
       
       
       
       
       
       
       
       
    • Bruno Trink
      Por Bruno Trink

       
      Cá estou eu em mais uma tentativa de retorno à área "Profissão: Manager". Será um ensaio, uma simples investida para a volta, quem sabe, mais caprichada com o FM 2018. O título escolhido é apenas uma brincadeira com o número, não tem relação com o primeiro volume da série de ficção científica Os Legados de Lorien. A ideia é bem despretensiosa: para as quatro ligas de maior reputação, assumir o comando da equipe que esteja prevista para terminar na quarta posição e levar o título nacional logo no primeiro ano. Para se ter uma noção de que o desafio pode não ser tão fácil quanto parece, olhem o que aconteceu na temporada 16/17.

       
      Na Espanha, o Sevilla seria o time selecionado. Ao invés da quarta posição, terminaram La Liga em 6º, 12 pontos atrás do Athletic Club.

       
      O mesmo aconteceu na Inglaterra, com o Chelsea ficando duas colocações abaixo da previsão.

       
      Já na Alemanha, seria o Schalke e os quatro primeiros ficaram exatamente na ordem prevista.

       
      O único certame em que o resultado foi melhor que o prognosticado foi a Serie A. O Napoli terminou com o vice-campeonato, mas ainda oito pontos atrás da Juventus.

       
      Farei o desafio na ordem do ranking, iniciando pela Itália. Amanhã venho com a equipe.
    • Lohan
      Por Lohan

      BRASIL MUNDI UP  (22\09\2017)    
      ✔️Séries A, B, C e D (formato original) 
      ✔️Serie Regional, equivalente a uma 5 divisão fictícia, nas qual faz com que os estaduais fiquem mais realistas e disputados (grupos verdadeiramente regionalizados)
      ✔️Segundonas, Terceiras e Quartas Estaduais
       ✔️Copa SP de Futebol Júnior, Copa BH, Copa do Brasil e Brasileirão sub-20, Brasileirão sub-17
       ✔️Copas Estaduais (quando os times sobem pra Seria A e B, deixam de participar pra não inflar o calendário)
      ✔️ Novidade Todos os Campeonatos Estaduais Sub-20
       
      Colocar o arquivo .FMF na pasta (editor data) que fica em: documentos / Sports Interactive / Football Manager 2017 / editor data,
      e depois selecioná-lo antes de criar o Save.
      Testado 3 vezes até 2030 sem bugs! (protegido contra cópia)
      DOWNLOAD:  
                        Brasil Mundi Up (22-09) + Pr0 Update gringo incluso
                      4Shared: https://www.4shared.com/file/2LqYk44Rca/Brasil_Mundi_UP__22-09__FM17_1.html
      ❌  (NÃO FUNCIONA NO FM PIRATA)
      ❌  (Só funciona no patch 17.3 em diante)
       
       
      Ligas fundamentais que não vem no FM17 e fazem muita diferença, principalmente pra quem joga no Brasil (só funciona se deixar como "Jogáveis", não adianta nada ativar essas ligas ao criar o save e deixar em "Ver apenas"):
      Libertadores mais difícil e realista
      Deixando as primeiras divisões de todas as ligas Sulamericanas + México ativadas, a Libertadores e a Copa Sulamericana ficam mais difícil
      Mercado de transferências bastante ativo
      Ativando Japão, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Qatar, Portugal, China e Itália você vai ver bastante transferências realistas, e vai conseguir vender ou emprestar facilmente até jogadores encostados sugando a folha salarial

      DOWNLOAD:  http://www.fmscout.com/a-fm17-leagues-megapack-by-claassen.html
       
      Apos fazer o download extraia o arquivo na pasta editor data, a mesma pasta em que fica o Brasil Mundi UP
       
      Amigos, a pouco estava tirando as dúvidas de uma pessoa sobre se fazer a série D real ou não, com os times participando dela baseado em suas classificações via estaduais, e tive a ideia de escrever esse texto, para ajudar a esclarecer algumas coisas, dando minha opinião pessoal sobre o jogo, e sobre o motivo de não fazer nesse formato mesmo sendo realista.
      Como todos sabem, o FM é um jogo Inglês, feito de acordo em teoria, baseado na realidade do futebol inglês e europeu, então infelizmente algumas coisas que estão programadas pra funcionar lá, não são bem geridas pela inteligência artificial do jogo no Brasil, e até por esse motivo, muita gente não gosta de jogar aqui, preferindo até ir pra China rsrs.
      Ao longo dos anos, venho estudando e analisando os mecanismos de muitas dessas configurações no editor, tem algumas pessoas que tem essa mesma visão e linha de raciocínio, como o amigo Leon Coutinho, então começamos a implementar isso aos poucos, sempre testando massivamente.
      Eu me senti satisfeito, por achar que consegui atingir no FM14, um nível de realismo absurdo (dentro das limitações do jogo), seja no mercado de transferências, nas finanças, cotas dos clubes e etc, lembrando que nossos pesquisadores nacionais fazem um excelente trabalho, até porque não é nada fácil ter que estar atento a cada mínimo detalhe de uma Database tão grande e complexa.
      É difícil saber o valor correto exato da parte financeira dos clubes, mas o pessoal faz isso bem, o problema é como o jogo gere as finanças no nosso país, fazendo os grandes clubes ficarem ricos em 2 ou 3 anos, tirando assim grande parte da graça de jogar por ficar muito fácil.
      A partir do momento em que vc cria o save e clica em continuar, vc esta entrando em um mundo de simulação futebolística virtual, onde tudo pode acontecer, (vírgula), muitas coisas precisam de coerência, o Brasil tomar 7 da Alemanha não parece ser nada coerente né? Então, isso pode acontecer no jogo tb, só não pode acontecer o tempo todo.
      O que eu quero dizer, é que o FM tem simulado muito melhor e com mais realismo e dinamismo muitas coisas do mundo do futebol nas ultimas versões, as opções de configuração são bastante complexas, mas se tivermos atenção a isso o jogo fica muito melhor, basta analisarmos e testarmos com parcimônia.
      Sempre fui muito perfeccionista e detalhista, o jogo perde a graça quando vejo em 2015, Tite treinando o Goiás ou Renato Gaúcho sendo contratado para treinar o Inter (what? Só acho que a Sigames deveria me adicionar a folha salarial deles rsrs.
      Quanto a Série D real, com os times provindo de suas classificações nos estaduais, deixando o jogo supostamente mais realista (porém sem graça), é aí que entra o que falei (pra se ter mais realismo no Brasil, é preciso configurar algumas coisas diferentes, para num todo, termos um jogo bem melhor, e sim, mais realista e divertido!
      Então ter uma Série D com 128 clubes, nos moldes da Série C dos antigos CM´s e FM´s (oh nostalgia que me faz envelhecer rs) e ter uma série Regional, onde muito mais clubes pequenos participam, privilegia justamente os estaduais, faz com que os times menores busquem reforços no mercado, por terem uma divisão ativa, ao invés de ficar com jogadores cinzas, levando goleadas e mais goleadas dos grandes todos os anos, sem contar que fica mais fácil ainda vc vender ou emprestar aquela naba que fica escanteada, sugando toda sua folha salarial.
      Sou da opinião que é muito mais divertido pegar um time da Série A3 do Paulistão ou da Segundona Gaúcha e tentar levar pra Série D ou C, de maneira suada, do que pegar o Paysandu no estadual do Pará (com a Série D real), enfiar goleadas nos minúsculos do estado (por não terem divisão) e ir simplesmente participar da Série C na cara de pau (essa é minha opinião) acho totalmente sem graça isso!
      *Campeonatos estaduais precisam ser mais difíceis e realistas! (o Ituano Campeão Paulista de 2014 manda abraços!)
      *Libertadores não pode ter todos os anos uma semi-final com 3 ou 4 brasileiros! (O papa torcedor do San Lorenzo que o diga) 
      Mas quem disse que isso não foi a primeira coisa que eu tentei melhorar? =P
      Abraços e bom final de semana cambada!
×