Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Luchín

UE Cornellá – O desenvolver de um clube

Recommended Posts

Luchín
Comunicado.
Após um mês onde tive uma série de problemas, continuarei com a história. No tempo que tive, terminei a temporada e colocarei o restante dela por inteiro nesse post.

Barra%25202014.png

Janeiro. O Cornellá iniciou o ano vencendo o Huracán Valencia por 2 a 0. Uma semana depois, em uma partida decidida nos 45mins iniciais, o Cornellá fez 2 a 1 sobre o Ontinyent. Contra o Llagostera, o Cornellá voltou a apresentar falhas e foi derrotado por 5 a 0. Encerrando o mês, o confronto contra o Barcelona B, líder, era uma excelente oportunidade da equipe se recuperar.
Cornell%25C3%25A1%2520-%2520Lleida%2520E
O Cornellá fez 1 a 0 com Arnal no minuto 2, mas Serna empatou para o Barcelona B no minuto 22. Pol Roigé voltou a colocar o Cornellá em vantagem no minuto 35 e assim El Verde foi para o intervalo vencendo. O Barcelona B voltou disposto a empatar, enquanto o Cornellá jogava no contra-ataque. Em um deles, Pol Roigé fez o terceiro. Mas a alegria não durou muito, pois quatro minutos depois, Julio Torres descontou. A partir dali foi muita pressão dos Culés, mas em outro contra-ataque, já no fim, Arnal fez o quarto e deu números finais a partida.
Cornell%25C3%25A1%2520-%2520Barcelona%25
Fevereiro. O Cornellá surpreendeu o Espanyol B na Ciutat Esportiva Dani Jarque com uma vitória por 2 a 1. Os dois gols foram marcados por J.J. García Granero. Motivado, o Cornellá fez 5 a 1 sobre o Eldense na rodada seguinte. O período entre as equipes que iriam ao Playoff durou pouco, pois nas duas rodadas seguintes, o Cornellá foi derrotado: 3 a 1 para o Olímpic Xátiva e 4 a 2 para o Reus.
Espanyol_B_%2520-%2520Cornell%25C3%25A1_
Março. Com três vitórias em quatro partidas, o Cornellá voltou a sonhar. O clube iniciou o mês vencendo o Sabiñánigo por 2 a 1 e o Hospitalet por 3 a 0, mas voltou a cair por goleada contra o Badalona: 5 a 1. Após essa derrota, o Cornellá embalou uma série invicta, iniciando com a vitória por 1 a 0 contra o Peña Deportiva.
Abril. O 5 a 2 sobre o Sant Andreu colocou o Cornellá na 2ª posição. A equipe se manteve mais três jogos sem perder, contra Llagostera (3 a 3), Villarreal B (4 a 2) e Elche Ilicitano (2 a 2). O Cornellá caminhava para o Playoff de Promoção, mas duas derrotas em sequência, frente a At. Baleares e Alcoyano, deixou o campeonato em aberto.
Maio. Com a vitória por 3 a 2 sobre o Valencia Mestalla, o Cornellá estava a um empate do Playoff, mas na última rodada, a equipe foi derrotada por 3 a 1 pelo Huracán Valencia, enquanto Reus e Olimpic Xátiva venceram, garantindo a classificação.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos
A campanha do Cornellá foi muito acima das expectativas. Cotado para 16º, a equipe terminou em 6º e por muito pouco não foi ao Playoff. A equipe teve o segundo melhor ataque (77 gols) e a segunda pior defesa (82 gols), atrás apenas do Sabiñánigo.
Segunda%2520Divisi%25C3%25B3n%2520B%2520
Por outro lado, a economia do clube continua ruim, com um déficit de US$ 819 mil.
Cornell%25C3%25A1_%2520Sala%2520directiv
Pol Roigé foi o melhor marcador da temporada com 22 gols em 38 jogos. Arnal foi o mais assistente, com 21, e segundo melhor jogador com uma classificação média de 7.13. O atacante ex-Olot ainda marcou 19 gols. Quem ficou com o prêmio de melhor da temporada foi Eztieder, que marcou 11 gols e deu 16 assistências, terminando com uma classificação média de 7.16. Por outro lado, o atacante Matamala, artilheiro da Terceira Divisão, não marcou nenhuma vez nesta temporada em quatorze oportunidades.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Johann Duwe

Que bom que tenha voltado com o save, espero que quaisquer que fossem os problemas, tenha conseguido resolver eles. Terminou bem a temporada, foi por pouco que não conseguisse a vaga para os playoffs, para tentar conseguir isso na próxima temporada imagino que já esteja pensando em sérios reforços defensivos, porque ter uma média de 2,15 de gols levados por jogo é péssimo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@Der Weltmeister. Obrigado pelo apoio.

Com certeza a prioridade será contratar defensores. Chegamos à 2ªB com vários jogadores a nível de 3ª e tivemos problemas, mesmo fazendo uma campanha muito acima das expectativas de todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Que bom que retomou o save e como o Johann, espero que tenha resolvido os problemas.

No save, a campanha foi muito boa pelo aspecto de pontuação, mas faltou equilíbrio tático à equipe que marcou muitos gols, mas sofreu muito mais em uma campanha que ou vencia ou era derrotado. Se corrigir os problemas conseguirá disputar a promoção na próxima temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@ggpofm. Obrigado pelo apoio, Gilson.

Um dos problemas que eu notei foi a dificuldade da equipe reagir quando saiu perdendo. Sempre que aconteceu terminamos goleados. Com uma defesa mais sólida, certamente poderemos conquistar a vaga nos Playoffs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornella.png

O mínimo que o presidente espera de mim nessa temporada é terminar na parte superior da tabela. Com isso, recebi 55 mil dólares para contratar e um teto salarial de 1,6 milhões de dólares anuais – 400 mil a mais que na última temporada.
Francesc%2520Mill%25C3%25A1n_%2520Not%25
Transfe.png
Terri (Hércules) – Livre. Defensor (centro), 19 anos, revezamento.
Ander Artabe (Baskonia) – Livre. Defensor (esquerda), 22 anos, reserva.
Josetxo Cariñanos (Osasuna B) – Livre. Defensor (centro), 20 anos, revezamento.
Ibai Ardanaz (Ontinyent) – Livre. Meia-atacante (centro), 28 anos, equipe principal.
Joan Sastre (Mallorca B) – Livre. Defensor (direita), 20 anos, revezamento.
Lucas Pirard (Standard) – Livre. Goleiro, 20 anos, revezamento.
David Sangrà (Ascó) – Livre. Defensor (centro), 34 anos, jogador chave.
Albert Dorca (Murcia) – Livre. Meio-campista (centro), 32 anos, equipe principal.
Miguel Ángel Garrido (Elche Ilicitano) – Livre. Meia-atacante (direita), 24 anos, reserva.
Carlos Capmartín (Real Madrid C) – Livre. Meia-atacante (esquerda), 20 anos, reserva.
Luis Alí (Osasuna B) – Livre. Centroavante, 21 anos, revezamento.
Pau Franch (Olímpic Xátiva) – Livre. Centroavante, 27 anos, jogador chave.
Juanma (Arroyo) – Livre. Goleiro, 35 anos, jogador chave.
Julen Goñi (Arroyo) – Livre. Meio-campista/Meia-atacante (direita), 25 anos, reserva.
Sergio Rodríguez (Galatasaray) – Empréstimo. Meia-atacante (centro), 19 anos, equipe principal.
Álvaro Vega (Granada) – Empréstimo. Defensor (centro), 24 anos, equipe principal.
  • O Cornellá pagará US$ 9 mil a mais ao teto salarial imposto pela direção.
  • Francesc Millán foi o responsável por cinco dos jogadores contratados: Terri, Cariñanos, Sastre, Sangrà e Pau Franch.
  • David Sangrà e Pau Franch são jogadores conhecidos nas divisões de acesso espanholas. O zagueiro de 34 anos foi conhecido por sua passagem no Reus, enquanto Franch fez sucesso no Olímpic Xátiva (30 gols em 53 jogos).
  • Quatorze jogadores deixaram o Cornellá. Entre eles, Nando Ramón, Vallés e Matamala, jogadores importantes nas primeiras temporadas. Todos optaram por não renovar seus vínculos com a equipe.
  • Jogadores importantes como Pol Roigé e Arnal renovaram seus contratos até 2017 e 2018 respectivamente.
Pr%25C3%25A9.png
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
12/07 – Arnal marca duas vezes e Cornellá vence o Basel U21.
14/07 – Cornellá perde várias oportunidades e é derrotado pelo Espanyol.
17/07 – Cornellá lamenta oportunidades desperdiçadas.
20/07 – Cornellá atropela Pobla de Mafumet.
23/07 – Com seis gols de Arnal, Cornellá arrasa Gavà.
26/07 – Luis Alí marca duas vezes e Cornellá vence por 4 a 1.
29/07 – Em experiência, Aguilar marca três e Cornellá faz 5 a 0 sobre o Mataró.
01/08 – Cornellá falha na concretização e não sai do zero com o Villarreal B.
04/08 – Cornellá cumpre expectativas e vence Palamós por 6 a 0.
07/08 – Pau Franch desencanta e Cornellá faz 5 a 0 no Santfelliuenc.
10/08 – Com 45min de show de Luis Alí, Cornellá massacra o Gramenet B.
13/08 – De virada, Cornellá vence o Poble Sec.
16/08 – Vitória confortável do Cornellá sobre o Júpiter.
19/08 – Na penúltima partida da pré-temporada, Cornellá faz sete no Marianao Poblet.
22/08 – Cornellá encerra pré-temporada com 7 a 0 sobre o Damn.
Pré-temporada não é mais do que uma forma de adaptar os novos jogadores no esquema tático da equipe. Para isso, optei por enfrentar adversários de nível inferior, com exceção a Espanyol e Gimnástic, adversários que enfrentamos em seus estádios e que renderam US$ 80 mil aos cofres do Cornellá. Foram praticamente dois meses de preparação, concluídas de maneira muito positiva, perdendo apenas as duas partidas contra as equipes de divisão superior, e de maneira difícil.
Números
Partidas. Joel Coch – 13 (2)
Gols. Pau Franch – 11
Assistência. Eztieder – 8.
% de passes certos. Pol Roigé – 87%
Desarmes. Albert Cazorla – 3.27 / jogo
Dribles. Julen Goñi – 3.12 / jogo
Classificação Média. Alfonso Artabe – 7.85 em 9 (2) partidas
Estamos prontos para estrear na 2ª B, onde enfrentaremos o Valencia Mestalla no Municipal Via Férrea.
cornella.pngNoticias Breves:
Cornellá contra Conquense na 1ª Eliminatória da Copa do Rei. O Cornellá enfrentará a Conquense, da 3ª Divisão, em seu retorno à Copa do Rei. A partida acontecerá em 02 de Setembro no La Fuesanta, estádio da Conquense. O vencedor dessa partida enfrentará Cacereño ou Guijuelo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

:sad:

Cornella.png

Líder e com três pontos de vantagem (que podem ser seis, se o Cornellá vencer a partida que tem a menos). Era difícil imaginar que o Cornellá iniciaria dessa forma sua segunda temporada na Segunda Divisão B, mas, com os frequentes erros defensivos da temporada passada corrigidos e comandado por uma inspirada dupla de ataque, a equipe surpreende e começa a sonhar com uma inédita promoção.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
Após uma boa pré-temporada, o Cornellá mostrou seu poder na estreia, contra o Valencia Mestalla, com uma vitória por 5 a 2. Capmartín terminou como o destaque após anotar dois gols e uma assistência. Estreando na Copa do Rei, o Cornellá passou sem sustos pela Conquense: 5 a 0, onde Pau Franch fez um hat-trick, classificando a equipe para a 2ª Eliminatória, onde enfrentaria o Guijuelo. O Lleida Esportiu era um dos fantasmas do Cornellá após marcar dez gols em duas partidas contra na última temporada. Na 3ª rodada, as equipes se reencontraram e desta vez o final foi feliz para os verdes, que com dois gols de Pau Franch, venceu por 4 a 1.
Cornell%25C3%25A1%2520x%2520Valencia%252
Vencer o Guijuelo faria o Cornellá corresponder às expectativas da direção para a Copa do Rei. O Cornellá entrou pressionando, enquanto o rival apostava no contra-ataque. Em um deles, Ito fez 1 a 0 no minuto 29. Pouco depois, Dorca empatou, mas a alegria durou pouco, pois apenas dois minutos mais tarde, Ito pôs Los Chacineros em vantagem novamente e Gorka Laborda aumentou a vantagem no minuto 39. Ardanaz e Capmartín entraram por Alí e Garrido, que haviam sentido lesões durante a primeira metade. O treinador do Cornellá gastou sua terceira substituição no minuto 59, ao tirar Ander Artabe, que fazia uma exibição muito aquém às expectativas (sua nota 4.4 diz por si só) e colocou, improvisado, Pol Planas.
Certamente não foi por isso, mas em seis minutos sem Artabe em campo, o Cornellá empatou a partida com gols de Sergio Rodríguez e Franch. O 3 a 3 manteve-se até o fim dos 90 minutos. Nos primeiros quinze minutos, foram poucos lances de emoção. Parecia que estava tudo reservado para os quinze minutos finais. Com o Cornellá atacando, o Guijuelo encontrava espaços e assim marcou seu quarto gol, no minuto 111, com Laborda. Parecia decidido, mas Millán mandou todos seus homens ao ataque e foi premiado com uma incrível reviravolta. No minuto 114, Capmartín cruzou e Rodríguez apareceu livre de marcação no segundo poste para empatar a partida novamente. Na saída de bola, Cano entregou a bola nos pés de Coch, que passou para Ardanaz marcar o quinto e dar números finais a esta incrível partida: 5 a 4.
04fc9c10eced2c280124a9489ca75c97.gif
Coch aproveita erro de Cano e passa para Ardanaz marcar o quinto do Cornellá.
Voltando a Segunda Divisão B, o Cornellá foi à Alcoy e viu dois pontos escaparem, após abrir 2 a 0 e permitir o empate ao Alcoyano. Após o recesso internacional, o Cornellá venceu o Ejea, uma das surpresas da temporada, por 3 a 1 e outros dois recém-promovidos, Santboiá e Mallorca B, por 3 a 2 e 2 a 0 respectivamente, em partidas onde Pau Franch foi decisivo, anotando três gols. Quando atua no Camp Nou Municipal, o Reus Deportiu tem a fama de crescer, mas dessa vez foi uma presa fácil para o Cornellá, que dominou completamente as ações durante os 90 minutos, mas só conquistou seu gol nos acréscimos com Ardanaz.
O sorteio da Copa do Rei foi favorável, pois colocou o Cornellá contra o Rápido Bouzas, outra equipe da 3ª Divisão, mas nem por isso a equipe teve facilidade. Os aurinegros complicaram a partida e tiveram várias oportunidades de sair com a vitória, mas não aproveitaram e viram Ibai Ardanaz marcar duas vezes para classificar o Cornellá.
Contra a Eldense, o Cornellá não fez uma boa partida, mas manteve-se em vantagem até o minuto 86, quando cedeu o empate e viu mais dois pontos escaparem. A recuperação veio rápida, contra o Atlético Baleares, outra equipe que venceu ambas as partidas contra o Cornellá na última temporada. Ardanaz e Sangrà colocaram 2 a 0 no marcador, mas Jandro manteve o rival vivo... por três minutos, pois Pau Franch voltou a marcar após três partidas. Ildefons Lima foi expulso por uma falta violenta ainda no primeiro tempo e ligou o sinal de alerta no treinador, mas o gol de Garrido no minuto 45 deu mais tranquilidade a equipe. Ardanaz ainda fez o quinto, enquanto Javier diminuiu, já nos quinze minutos finais. O Villarrobledo é outra equipe recém-promovida, mas que deu muito trabalho ao Cornellá, que entrou em campo com quatro desfalques (três por lesão e um por expulsão). Após sofrer o segundo gol, Millán colocou Arnal e Pol Roigé nas vagas de Pau Franch e Luis Alí, que faziam uma partida ruim e com poucos minutos em campo, os dois empataram para o Cornellá. Arnal assistiu Roigé no primeiro tento, e participou do segundo, marcado por Ardanaz.
Cornell%25C3%25A1%2520x%2520At.%2520Bale
Números
Partidas. Pau Franch – 13
Gols. Pau Franch – 12
Assistência. Ibai Ardanaz – 8.
% de passes certos. Joel Coch – 83%
Desarmes. Terri – 3.99 / jogo
Dribles. Pol Roigé – 7.30 / jogo
Classificação Média. Ibai Ardanaz – 8.00 em 10 (2) partidas
cornella.pngNoticias Breves:
16/09Cornellá contrata jovem lateral Fran, ex-Real Madrid, a custo zero. No entanto, jogador só poderá atuar em janeiro.
10/10Luis Alí recebe aumento salarial.
16/10Copa do Rei: Cornellá enfrenta Real Madrid. Após superar as expectativas e chegar à 4ª Eliminatória, o Cornellá terá a oportunidade de receber o Real Madrid em seu estádio e também de jogar no Santiago Bernabeu. A primeira partida acontece em 05 de dezembro, em Cornellá de Llobregát.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darknite

Baita início de temporada, hein! Nem parece a mesma equipa da última temporada!

Conseguiu corrigir a peneira da defesa e ainda manteve o bom ataque.

Acho que essa temporada vais conseguir o acesso!

Já as finanças preocupam! A diretoria te cobra melhorias? Ou eles dizem que está dentro do previsto?

Gostei do gif, acho que é uma das primeiras vezes que vejo isso por aqui, hahahaha.

OBS: Bom te ver de volta por aqui.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Aconteceu o que eu intimamente esperava, a evolução da equipe. E é como o Darki disse, o ataque continua forte e defesa melhorou muito.

O que você fez para a defesa de sua equipe melhorar. Mudou algo na tática, ou adotou alguma estratégia diferente, ou foi chegada de algum jogador?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
walterjocoski

tava bem até vir o real madrid. :kidding:

da pra subir, o time melhorou gradativamente, só vai!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Darknite:

Com um elenco mais forte, a campanha melhorou muito. O Cornellá tem bons nomes até entre os reservas e isso está sendo refletido.

O desempenho está muito bom, mas ainda não penso em acesso, pois restam 3/4 do campeonato e mais os playoffs, já que não há promoção direta.

Quanto às finanças, a direção entende que é normal.

Valeu, Dark.

PS. O GIF é bem fácil de ser feito. Se interessar, me chama por MP. ;)

ggpofm:

A defesa é praticamente toda diferente da última temporada. O único mantido entre titulares é o Lima, que recebeu a companhia do Sangrà, outro defensor experiente. As laterais também receberam dois novos jogadores (Sastre e Ander Artabe), que apesar de jovens, têm feito uma boa temporada. Além do goleiro, Juanma, que aos 35 anos ainda mostrou estar em forma. Com eles, o rendimento melhorou muito e está refletido nos resultados. E, como eu disse ao Dark, até na reserva temos boas opções defensivas, como o Cariñanos e o Terri, jovens contratados que vêm tendo oportunidade aos poucos, visto que a preferência atual é claramente pela experiência da dupla Lima e Sangrà.

walterjocowski:

A expectativa da direção foi cumprida. Isso já deixou a todos contentes. Contra o Real Madrid, só a experiência já vai valer a pena.

Valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornella.png

Um turno se foi e o Cornellá mantém seus passos firmes rumo ao playoff de promoção. Ainda invicto, el Verd já tem dez pontos a mais que o segundo colocado, Alcoyano – e quatorze a mais que Lleida Esportiu, Ontinyent e Eldense, que são terceiro, quarto e quinto colocados, respectivamente.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
Após o empate contra o Villarobledo, o Cornellá recebeu o lanterna, Llagostera, e como esperado, não teve nenhuma dificuldade para sair de campo com a vitória por 4 a 1. No reencontro de Pau Franch com o Olímpic Xátiva, o centroavante passou em branco, mas o Cornellá venceu por 2 a 1. O gol da vitória foi marcado no minuto 93 com Ardanaz. Ardanaz, que reencontrou o Ontinyent na rodada seguinte e foi o responsável por anotar o gol de empate do Cornellá no minuto 34, mas o jogador saiu lesionado na etapa final e viu a partida terminar empatada em 2 a 2.
A lesão de Ardanaz não foi grave e o meia-atacante retornou na partida seguinte. Novamente ele foi decisivo, anotando o gol da vitória nos acréscimos, dessa vez no minuto 91. O vice-lanterna Orihuela impôs muita dificuldade ao Cornellá, principalmente após abrir o marcador no minuto 10 com Luís. O adversário segurou até o minuto 80, quando Ildefons Lima empatou. Oito minutos depois, o andorrano foi o responsável por marcar o segundo e garantir a vitória del Verd.
Na última partida antes de enfrentar o Real Madrid, o Cornellá recebeu o Villarreal B e precisou de apenas 45 minutos para marcar cinco gols e garantir a vitória. No segundo tempo ainda saiu o sexto, fechando a partida e deixando o Cornellá motivado para a partida mais importante da história.
O Municipal Via Férrea recebeu público máximo para o confronto contra o Real Madrid. Como esperado, a equipe madrilenha não foi à Cornellá de Llobregat com seus melhores homens – dos habituais titulares, apenas Di María e Cristiano Ronaldo foram titulares. O Cornellá foi melhor nos primeiros dez minutos e marcou no minuto 9 com Pau Franch. Um gol histórico. Mas a partir dali, o Real Madrid tomou o controle da partida e empatou com Cristiano Ronaldo no minuto 27. Juanma impediu a virada ainda no primeiro tempo em uma oportunidade clara de Ronaldo. O português ainda marcou duas vezes no segundo tempo e finalizou a vitória madrilenha por 3 a 1.
0544dfc275a88edf9f2c3ab45bcf92b9.gif
Pau Franch marca um gol histórico para o Cornellá.
Entre as partidas contra o Real Madrid, o Cornellá recebeu o Espanyol B e venceu por 4 a 0.
Por 4 a 0 o Cornellá perdeu a segunda partida em Madrid. Desta vez, o treinador do Real Madrid, Jürgen Klopp, mandou a campo Sergio Ramos, Ilarramendi, Di María e Chicharito, dos habituais titulares. O mexicano foi o responsável por marcar dois gols, enquanto Illarramendi e Holtby completaram o marcador. No geral, o Cornellá foi eliminado por 7 a 1, resultado que não apaga a ótima campanha feita pela equipe catalã.
R.%2520Madrid%2520x%2520Cornell%25C3%25A
A derrota não abalou e o Cornellá venceu as duas partidas seguintes, contra Huracán Valencia e Girona, por 3 a 1 e 2 a 1 respectivamente. No primeiro, Pirulo fez 1 a 0 para o Huracán, mas Garrido, Pau Franch e Ibai Ardanaz viraram a partida ainda no primeiro tempo. Contra o Girona, o Cornellá novamente começou perdendo, mas virou nos 13 minutos finais, com Artabe e Sergio Rodríguez, esse já no minuto 90.
Números
Partidas. Pau Franch – 24
Gols. Pau Franch – 18
Assistência. Ibai Ardanaz – 14
% de passes certos. Juanma – 83%
Desarmes. Terri – 3.92 / jogo
Dribles. Pol Roigé – 3.00 / jogo
Classificação Média. Ibai Ardanaz – 7.82 em 20 (2) partidas
Quanto às finanças, o Cornellá recebeu quase 1 Mi. de euros em receitas de bilheteria e tem um superávit de 142 mil euros. Ainda assim, a previsão é de que a equipe termine a temporada em déficit.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Nesta temporada a promoção está bem próxima, mas como funciona a 2ªB da Espanha? O 1º de seus grupo é promovido ou ele tem que disputar um play-off com outras equipes? As coisas podem ficar complicadas.

Sabemos que o gol contra o Real Madrid pouco vale no FM, mas na realidade o gol seria tão comemorado como você mostrou, ainda mais sendo o 1º da partida.

A coisa tá boa!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

ggpofm:

Os quatro primeiros disputam um play-off com os quatro primeiros dos outros grupos em mata-mata com partidas de ida e volta. O primeiro lugar é apenas simbólico nesse momento, mas não podemos dizer não a mais um troféu para a sala.

A derrota era esperada e marcar esse gol foi como um título, principalmente para o Franch. Não comentei no post, mas tivemos um outro anulado, anotado por Capmartín ainda com 45 segundos da partida por impedimento - bem marcado. Já pensou se o Cornellá faz 2 a 0 com 8min? Seria incrível! :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín
Cornella.png
Com 23 pontos de vantagem em 24 para ser disputados, o Cornellá está 99,9% garantido no play off de promoção. O título também está próximo de ser assegurado, tendo em conta que 14 pontos separam Cornellá e Lleida Esportiu.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
O Cornellá iniciou o ano com uma vitória por 4 a 3 sobre o Valencia Mestalla em uma partida incrível. Capmartín aos 2' e Artabe aos 17' abriram 2 a 0 para o Cornellá, mas nos vinte minutos finais, o Valencia Mestalla virou com Arques ('70) e Cano ('77 e '86). Porém um minuto depois, Roigé empatou novamente e no minuto 90, em um pênalti muito contestado, Coch marcou o tento da vitória para o Cornellá.
Já pensando na próxima temporada, o Cornellá confirmou a contratação do centroavante Jaime Mata (27) do Lleida Esportiu. O jogador era desejo do treinador Francesc Millán desde o ano passado, quando foi um dos artilheiros da Segunda Divisão B e marcou um poker contra o Cornellá. Curiosamente, na rodada seguinte, o Cornellá recebeu o Lleida Esportiu e Mata estava em campo contra seu futuro clube. Mesmo acertado, ele fez questão de enfatizar que até 30 de Junho era jogador do Lleida e faria o possível para ajudar a equipe em busca da promoção, e contra o Cornellá, mais uma vez, ele marcou quatro vezes, garantindo a vitória do seu clube por 5 a 2 em pleno Municipal Via Férrea. Foi a primeira derrota do Cornellá na Segunda Divisão B nessa temporada, mas ao menos um motivo Millán teve para sorrir nesta partida: Na próxima temporada, bons atacantes não vão faltar ao Cornellá. Poucos dias depois, o Cornellá acertou com Guillaume Gigliotti, lateral-esquerdo francês do Olímpic Xátiva, também para a próxima temporada, mas as equipes entraram em acordo, e o jogador já defenderá o Cornellá nessa temporada – sem custos. Devido a normas da federação, o Cornellá precisou de abrir mão de um jogador com mais de 23 anos para ter Guillaume e quem deixou o clube foi J.J. García Granero, que pouco atuou na temporada.
Cornell%25C3%25A1%2520x%2520Lleida%2520E
No confronto contra o Alcoyano, o empate parecia ser o destino da partida, mas em dois minutos, Sergio Rodríguez marcou duas vezes e estirou a diferença do Cornellá na liderança. No dia seguinte, o Cornellá acertou o empréstimo de Fran No, proveniente do Valladolid (estava defendendo o time B na 3ª Divisão), sem custos, até o fim da temporada. Por outro lado, Cariñanos foi emprestado ao Recreativo até o fim da próxima temporada - o Cornellá poderá chamá-lo de volta, se precisar.
Guillaume Gigliotti (Olímpic Xátiva) – Livre. Defensor (esquerda), 26 anos, equipe principal
Fran No (Valladolid) – Empréstimo. Defensor (centro), 24 anos, equipe principal
Fran No estreou formando dupla com Ildefons Lima no confronto contra o Ejea, onde o Cornellá venceu por 6 a 0 com uma atuação brilhante de Pau Franch. Na rodada seguinte, o Cornellá recebeu o Santboiá e venceu por 7 a 2. Ibai Ardanaz foi a estrela da partida com dois gols e três assistências. A série de vitórias terminou na próxima rodada com o empate por 2 a 2 contra o Reus, cedido nos minutos finais, assim no 1 a 1 contra o Mallorca B. Mas as vitórias voltaram na partida contra o Llagostera, onde após um inicio ruim, o Cornellá, comandado por Capmartín, virou a partida e venceu por 5 a 2.
Após a vitória, o Cornellá foi até Palma de Maiorca enfrentar o Atlético Baleares e venceu por 2 a 1 com gols de Ardanaz e Capmartín. Contra o Eldense, o Cornellá deitou e rolou. Lima e Ardanaz abriram o placar no primeiro tempo, e Capmartín, Coch e Pau Franch (duas vezes) aumentaram no segundo tempo, enquanto P.A. Calvo diminuiu. Encerrando o terceiro quarto do campeonato, o Cornellá sofreu, mas venceu o Villarrobledo por 1 a 0, com gol de Pol Roigé no minuto 90.
958409bcbdae5d973273785640dfc136.gif
Roigé marca no minuto 90 e garante mais 3 pontos para o Cornellá.
Números
Partidas. Pau Franch – 34
Gols. Pau Franch – 27
Assistência. Ibai Ardanaz – 23
% de passes certos. Juanma – 83%
Desarmes. Fran No – 3.50 / jogo
Dribles. Pol Roigé – 2.60 / jogo
Classificação Média. Ibai Ardanaz – 7.71 em 31 (2) partidas
cornella.pngNoticias Breves:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
miro

Caramba que grande time, vens fazendo uma temporada grandiosa, sobrando na liderança e com um ataque formidável...Parabéns :yest2:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
walterjocoski

se esse atacante que você contratou render tanto quanto ele rende contra você, vai ser qualidade em? hehe

to gostando do jeito que tas levando o save, atualizando de 2 em 2 dias \o

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
sommer

O time tá voando! Já pode começar a montar o time pra Adelante

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

miro:

Valeu.

walterjocoski:

Com certeza. O Mata é um ótimo centroavante - 49 gols nos últimos 60 jogos. Aproveitamos a oportunidade e acertamos um pré-contrato com ele.

Pretendo continuar assim. :)

sommer:

Bem-vindo! Já estamos preparando desde o inicio de janeiro, com observações nos outros grupos e na 3ª Divisão, e acertando pré-contratos com jogadores muito bons, como o Mata.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Johann Duwe

Vem jogando de forma avassaladora, o ataque e a defesa impressionam pelos números apresentados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

Der Weltmeister:

A equipe tem feito uma temporada muito boa e isso está refletido nos números, que como você disse, são impressionantes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornella.png

O Cornellá vai ao Playoff. Com uma campanha incrível, el Verd conquistou sua vaga com várias rodadas de antecedência. A equipe encerrou o campeonato com uma média de 3,31 gols marcados por jogo e 96 pontos – 20 pontos a mais que o vice-campeão, Lleida Esportiu. Além dos dois, Alcoyano e Ontinyent asseguraram seus postos no Playoff. O Cornellá enfrentará o Cartagena, campeão do Grupo 4, enquanto Oviedo (campeão do Grupo 2) e Leganés (campeão do Grupo 1) fazem a outra semifinal.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Jogos%25
Com o 5 a 1 sobre o Ontinyent, o Cornellá assegurou seu posto no Playoff. Franch marcou três vezes e comandou a atuação. Contra outro "rival", o Girona, o Cornellá venceu por 2 a 0 com gols de Pau Franch e Ardanaz. A série de vitórias foi mantida nas duas partidas seguintes, contra o Olímpic Xátiva (5 a 2) e contra o Badalona (3 a 1). Terminou contra o Villarreal B, em uma partida de sete gols, onde o Cornellá abriu o placar e permitiu ao rival fazer três gols. Fran No e Ardanaz empataram a partida para o Cornellá, mas nos acréscimos, Eronna marcou o quarto do Villarreal B e confirmou o segundo revés do Cornellá na Segunda B.
Villarreal_B_%2520x%2520Cornell%25C3%25A
A derrota não abalou o Cornellá, que na rodada seguinte venceu o Orihuela por 5 a 1 após marcar três gols antes de o relógio mostrar 20 minutos. Contra o Espanyol B, o Cornellá fez, provavelmente, a partida mais incrível da temporada. Ibai Ardanaz abriu o placar com poucos segundos de bola rolando, mas o rival empatou no primeiro ataque, com o ganês Jafar. Eztieder aos 16 minutos e Capmartín aos 30 minutos abriram 3 a 1 para o Cornellá, que ainda sofreu o empate no primeiro tempo com gols de Jafar aos 32 minutos e Pedro Cobo aos 40 minutos. Jafar completou seu hat-trick, virando a partida para o Espanyol B no minuto 56 (NdR: Foi a quinta oportunidade e quarto gol). Capmartín voltou a empatar, três minutos depois, e de certa maneira, desmotivou o adversário. Em três minutos, Ardanaz e Capmartín marcaram mais dois, finalizando a conta em 7 a 4.
Espanyol_B_%2520x%2520Cornell%25C3%25A1_
Encerrando o Grupo 3, o Cornellá recebeu o Huracán Valencia e venceu por 2 a 0. Em uma semana acontecerá a primeira partida do Playoff, que será realizada no Municipal Via Férrea.
Os dois vencedores da Primeira Fase do Playoff são promovidos, enquanto os outros dois se juntam a seis equipes na Segunda Fase do Playoff. As oito equipes disputam em mata-mata em busca das duas últimas vagas na Liga Adelante. Os confrontos decididos são os seguintes:
  • Alcoyano x Alcorcón
  • Lucena x Atlético de Madrid B
  • Ontinyent x Sevilla Atlético
  • Sanse x Lleida Esportiu
  • Lugo x Racing
  • Cádiz x Athletic de Bilbao B
Números
Partidas. Pau Franch – 42
Gols. Pau Franch – 34
Assistências. Ibai Ardanaz – 28
% de passes certos. Juanma / Pol Roigé – 83%
Desarmes. Fran No – 3.88 / jogo
Dribles. Sergio Rodríguez – 2.50 / jogo
Classificação Média. Ibai Ardanaz – 7.72 em 39 (2) partidas
cornella.pngNoticias Breves:
Cornellá anuncia saída de cinco jogadores após a temporada. David Sangrà e Iker Gabarain irão se aposentar, enquanto Arnal, Fran No e Sergio Rodríguez não tiveram seus contratos renovados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
walterjocoski

parabens e boa sorte nos play offs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Esse momento do playoff pode ser dureza, pois enfrentará os melhores dos outros grupos. Se passar sobe de divisão. Se não passar terá que participar do rebolo, onde tudo pode acontecer. Pela forma como a equipe ataca, acho que vai subir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
miro

Fizeste sem duvida uma campanha brilhante, agora nos playoffs tudo pode acontecer espero que sua boa fase continue e consiga a subida.. vamos que vamos :yes_clap2:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Thiago Anjo
      Por Thiago Anjo
      No FM 14 enquanto eu tentava mudar a câmera do 3d para o 2d, aconteceu esse bug quando eu via replay de outros gols, a câmera ficou sensacional, tentei rodar a web tentando uma forma, mesmo que fosse um tipo de hackeamento, mas não achei nada que indicasse ser possível fazer no FM 2018, alguém tem alguma ideia? Foi a câmera mais legal que já vi, ela deixa o 3D porém tira os movimentos de pernas e corpo, que muitas vezes fica bem tosco e nos dá um pouco pra imaginar como seria  jogada na vida real:

      https://youtu.be/bwCuIcVCwX4

      https://www.youtube.com/watch?v=fypVi0Y8Urs
       
    • Orange 2
      Por Orange 2
      Quando vou colocar o código do produto desse jogo na minha segunda conta da Steam aparece essa mensagem de erro:

       
      A antiga conta da Steam que eu tinha e que eu não lembro mais foi cadastrada com um email IG, que de uns tempos pra cá passou a ser paga e não tenho como ter acesso a ele, só pagando pra mim recuperar a antiga conta.
       
      Alguém tem outra solução?
    • Toggy81
      Por Toggy81
      A seguir vou disponibilizar a tradução de um belíssimo material do FMSite que serviu para que eu revesse minha relação com o Football Manager no último mês.
      Este guia procura explicar o que realmente são os atributos, como funciona o motor do jogo em relação a eles e como você pode utilizar essas informações para preparar sua equipe para um jogo na prática.
      É um material extremamente extenso, por volta de 70 páginas que irei atualizando conforme for terminando as traduções dos capítulos.
      Será um trabalho demorado devido à quantidade de informações a serem traduzidas e à minha falta de tempo, mas acredito que será muito útil para quem quiser realmente entender o jogo.
      Se você está com a sensação de que a cada versão que é lançada entende cada vez menos o jogo, este material pode ajudá-lo assim como me ajudou muito.
      Mudou o meu jeito de ver o jogo e consequentemente minha satisfação ao jogá-lo.
      Download: Guia Teórico e Prático sobre o Football Manager (pdf)
      PRÓLOGO - FUNDAMENTOS DO GUIA
      CAPÍTULO 1 – CONHECENDO OS JOGADORES
      1.1. Classificação dos Atributos.
      1.2. Explicação Definitiva dos Atributos.
      1.2.1. Atributos Técnicos.
      1.2.2. Atributos Físicos.
      1.2.3. Atributos Mentais.
      1.2.4. Atributos de Goleiro.
      1.2.5 Atributos de Personalidade.
      1.3. Movimentos Preferidos do Jogador
      1.3.1. MPs Defensivos.
       
      1.3.2. MPs de Movimento.
      1.3.3. MPs de Disciplina.
      1.3.4. MPs de Passe.
       
      1.3.5. MPs de Finalização.
       
      1.3.6. MPs de Técnica.
       
      1.4. Uma Observação Cautelosa.
       
       
       
    • alexcarvalho
      Por alexcarvalho
      Boa noite Galera! jogo fm 14 e gostaria de saber se tem como eu ainda baixar o pacth para ativar a serie d no meu jogo, pois ta muito chato jogar só com a series A,B E C.
      se puderem me ajudar fico grato!!
       
      Alexandre
    • Stay Heavy
      Por Stay Heavy
      Fala galera! A nossa equipe traz para vocês, mais um guia traduzido. Dessa vez, o guia é o How to Play FM14: A Twelve Step Guide, do famoso user, wwfan.
      Um Guia em 12 passos
      1- Entenda com profundidade os conceitos estratégicos:
      Filosofia/Liberdade: A filosofia/liberdade é a estrutura de mentalidade e liberdade criativa. Elas vão desde um jogo muito estruturado com baixa liberdade criativa, até pouco estruturados com alta liberdade criativa. Segue uma descrição prática:
      Muito Estruturado: Cada jogador recebe uma responsabilidade/função específica e se espera que obedeça a ela (geralmente um time possui 5 ou mais funções diferentes); Estruturado: A cada jogador é designado uma função que contribui de uma forma específica ao jogo (defesa, defesa e transição, transição e ataque e ataque); Flexível: Os jogadores focarão sua função específica (defesa, suporte ou ataque); Fluído: Os jogadores se focarão em defender ou atacar; Muito Fluído: Os jogadores contribuem em todas as funções. Como visto, cada filosofia reduz o nível de especialização. No "Muito Estruturado" você tem cinco diferentes tipos de funções, no "Estruturado" quatro responsabilidades, no "Flexível" três, no "Fluído" dois e na opção 'Muito Fluído" apenas uma. Na filosofia "Muito Estruturada" você espera que cada jogador obedeça a sua descrição de responsabilidades, então você poderá selecionar várias funções específicas. Na filosofia "Muito Fluída", você espera que todos os jogadores façam um pouco de tudo, o que torna as marcações de funções redundantes.
      Eu considero o seguinte como funções especializadas:
      Jogador Alvo; Oportunista; Centroavante; Falso 9; Enganche; Armador Avançado; Armador Recuado; Regista; Meio-campista Recuperador de Bolas; Volante; Líbero. Essas quatro funções podem se encaixar em qualquer campo, dependendo da sua interpretação:
      Atacante Completo; Atacante Defensivo; Atacante Sombra; Camisa 10; Lateral Limitado; Meio-campista Área-Área; Ala Completo; Defensor com bola. E considero as seguintes, funções genéricas:
      Atacante Recuado; Meia Atacante; Segundo Atacante; Ponta; Meio-campista Central; Meio-campista Lateral; Meia Defensivo; Terceiro Zagueiro; Lateral; Líbero; Zagueiro; Defensor Limitado; Goleiro Líbero. Eu geralmente sugiro a seguinte regra:
      Muito Estruturado: 4-5 funções especializadas Estruturado: 3-4 funções especializadas Flexível: 2-3 funções especializadas Fluido: 1-2 funções especializadas Muito Fluido: 0-1 funções especializadas 2- Adaptar as funções para os jogadores:
      Você vai perceber que muitas funções não se encaixam perfeitamente nos pontos fortes e fracos de um jogador. Use as instruções individuais para ajustar as habilidades de um jogador com a as exigências da função. Se você achar que está ajustando muita coisa, pode ser que o jogador escolhido possa não realizar a função desejada e outro jogador seja mais adequado. Não confie cegamente no seu assistente. Dê uma conferida. Como a função do jogador fica com o jogador, você pode ter um meia-atacante pelos lados definido como Ponta, com função de Ataque, mas um outro jogador com um conjunto de habilidades mais adequadas, com bom passe como Armador Avançado/Apoiar. Você não está mais preso a ter as mesmas funções para todos os jogadores sem fazer mudanças complicadas.
      3- Tenha em mente que os nomes das mentalidades são mais complicados do que parecem:
      A mentalidade defensiva ainda usa o contra-ataque, enquanto que a mentalidade ofensiva pode ter uma defesa sólida. Os dois extremos (Contenção e Sobrecarregar) são tanto ofensiva, quando defensiva. Uma boa regra é que, se você quiser jogar com vários meias recuados e um jogo de passes curtos, escolha uma mentalidade menos ofensiva, enquanto que se você quiser ter pontas eficientes e um estilo direto, escolha uma mentalidade mais ofensiva.
      4- Concentre-se nas funções e deveres e suas combinações:
      Certifique-se que você tem uma função de Ataque na defesa, geralmente, mas não necessariamente combinada uma função de Apoio, uma função de Ataque e uma de Defesa no meio de campo e uma de Apoio (Camisa 10, Falso 9) no ataque. Esse tipo de estrutura incentiva o movimento entre as linhas, o que é vital para uma tática dinâmica, que cria diversas oportunidades. Ele também garante um sistema defensivo mais fechado, em que a equipe defende em blocos ao invés de linhas desconectadas. Se você jogar com uma formação que tenha um atacante solitário, garanta que ele recue um pouco, dando-lhe função de apoio (Camisa 10 ou Falso 9), pois com outros papéis, corre o risco de isolá-lo, resultando na incapacidade de criar/participar das jogadas. A exceção é quando há um Armador Avançado atrás dele. Nessas formações, você vai querer que seu atacante permaneça na faixa alta em toda linha ofensiva, abrindo espaços para o Armador se movimentar. Certifique-se que você tenha pelo menos uma função de Meio-Campista automática, para quebrar as jogadas e ter posse de bola. Se você quiser usar um armador, pense na melhor posição para que ele crie jogadas, ou então, ele ficará isolado.
      5- Olhe para a página de comparações da equipe para determinar quanto forte/fraca sua equipe é na divisão:
      Considere usar os ajustes táticos para aproveitar isso (por exemplo, se você tem uma equipe lenta, pressione menos, ao passo que, se a equipe é veloz e trabalhadora, pressione mais). Embora isso se torne menos importante com o moldar da equipe ao seu estilo, as vantagens adquiridas com a compreensão de como sua equipe está, comparada com as demais da divisão, pode ser vital ao assumir um novo clube.
      6- Use as instruções da equipe para desenvolver e salvar um estilo de jogo preferido:
      Tais instruções devem se adequar aos pontos fortes e fracos da equipe. Por exemplo, uma equipe altamente técnica pode jogar de forma mais profunda, mantendo a posse de bola, passando para o espaço a frente, correndo para cima da defesa, utilizando estratégia de contra ataque, pode valer a pena. Uma equipe menos técnica, porem mais forte fisicamente, pode se impor de forma diferente, então considere utilizar passes mais diretos, cruzamentos rápidos, utilizando uma estratégia ofensiva. Há diferentes modos de construir um estilo de jogo. Às vezes, você terá uma equipe boa o suficiente para moldar um estilo de jogo, outras vezes, o estilo de jogo pode ser forçado. Você pode querer alterar um estilo em uma partida, com base em outras partidas. Não há nenhuma regra geral. Somente tente ser lógico em suas combinações.
      7- Antes de cada partida, considere olhar as condições climáticas e a formação da equipe adversária para determinar sua estratégia de jogo:
      Pode ser muito difícil de contra atacar em um gramado pesado e encharcado, então você pode ter que abandonar seu estilo de jogo preferido e optar por um mais feio. Você pode querer expor uma formação aberta do seu oponente, explorando os flancos e procurando sobreposições. Você pode obter êxito com sua estratégia inicial. Embora seja pessoal o quanto você gostaria de adaptar as coisas, em tais circunstâncias, esteja ciente de que a falta de flexibilidade pode custar caro.
      8- Olhe a formação da equipe adversária e as condições/habilidades dos jogadores e considere usar as Instruções Sobre o Adversário para combatê-los:
      Você pode utilizar as Instruções Sobre o Adversário para combater alguns jogadores perigosos, ou impedir os cruzamentos de chegarem, direcionando para jogadores lentos ou menos corajosos. Seja cuidadoso ao definir essas Instruções, uma vez que você pode prejudicar a estrutura geral do seu time.
      9- Jogue a partida de forma dinâmica:
      Durante o jogo, não tenha medo de mudar as coisas através de gritos e estratégias se as coisas não estiverem funcionando. Faça de forma lógica, e não apenas fazer por fazer. Por exemplo, pode ser uma má ideia jogar mais ofensivamente para fazer mais gols, principalmente se o adversário está jogando mais recuado e fechando o último terço do campo com jogadores defensivos. Se você observar esse padrão, você pode preferir jogar de forma mais profunda e o contra ataque possa produzir mais chances do que ser mais agressivo, pois assim você irá trazer o adversário um pouco mais. Uma vez que você marcou, decida se você quer fazer mais gols ou segurar a vantagem, mudando ou mantendo a mesma postura. Com o tempo, você vai confiar nas suas decisões em jogo e desenvolver um sistema que funcione. Você vai saber quando mudar, o que mudar e quando confiar na sua equipe para avançar.
      10- Perceba que as preleções são contextuais:
      Elas não se relacionam com o placar, o placar é contra a qualidade/reputação do adversário e o modo que você joga. Às vezes, você pode estar satisfeito com um 0x0, às vezes, você escapou com um 2x0 contra uma equipe bem inferior, nesse caso, alertar a equipe contra a complacência é necessário. Reaja ao que você acha que deveria ter acontecido e não ao placar. É importante notar que, embora as preleções e interações com a mídia geralmente não têm grande influência em como um jogo se desenrola, às vezes podem fazer a diferença. Pode ser que uma boa estratégia motivacional resulte em um jogador que vá jogar “a partida de sua vida”. Consequentemente, vale a pena considerar a sua estratégia motivacional antes de um “jogo-chave”, que pode ter uma diferença sutil, mas vital durante a partida.
      11- Nunca pare de aprender:
      Eu comecei a trabalhar quando minha estratégia de passar para o espaço vazio não funcionou com uma estratégia ofensiva. Observando o jogo após um doloroso 0x0, ficou óbvio para mim que todos estavam correndo muito à frente dos meus principais criadores, Lateral – Apoiar e Meio-campista Recuperador de Bolas. Não era o ideal. No entanto, com uma estratégia menos agressiva, meus principais criadores eram o Armador Avançado e os Pontas – Apoiar, que era o que eu queria. Por isso, abandonei a estratégia ofensiva e adotei a estratégia padrão, mudando nos gritos se eu decidisse jogar de forma mais agressiva (geralmente devido às condições climáticas do gramado). Se as coisas não estão funcionando como esperado, há sempre “pistas” no jogo, se você observar cuidadosamente.
      12-  Por fim, se você não progredir e ficar frustrado, visite o fórum de táticas e explique seu problema. Contando que você seja claro e detalhado, as chances de nós não sermos capazes de te ajudar, são pequenas.
      Tópico Oficial: https://community.sigames.com/topic/297428-how-to-play-fm14-a-twelve-step-guide/
      Autor: wwfan
      Tradução: @Stay Heavy
      Banner: @_Matheus_
×