Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Luchín

UE Cornellá – O desenvolver de um clube

Recommended Posts

ggpofm

O Matamala continua sendo decisivo para a equipe e a única preocupação que vejo é a questão financeira, pois a diferença de pontos para quem vem atrás continua relativamente estável e agora está em 9 pontos, mesmo com a derrota para o Manileu. No entanto, é bom abrir o olho, pois o Manileu parece estar em ascensão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@Messias Souza Santos: Continuamos conscientes que dependemos apenas de nós mesmos para conquistar o título, mas não podemos relaxar.

O Matamala tem sido fundamental nesse torneio, e sem ele não estaríamos onde estamos.

Valeu.

@Darknite: Bem-vindo, Dark.

Me contenta que você goste das histórias e da forma que eu conto. Agradeço o elogio. É sempre melhor jogar com times pequenos, até pra acontecer algo diferente da vida real. :P

É verdade, o estádio do Espanyol é em Cornellá de Llobregát, mas eu não sabia esse dado. Quem sabe o Cornellá não o usará o dia? :D

Os andorranos na terceira divisão espanhola são excelentes jogadores e têm sido peças importantes na campanha, especialmente o Lima, que é um excelente zagueiro.

Valeu.

@cellusv: Oi Cellus, bem-vindo.

Quando sofremos dois gols em apenas 19 minutos, foi preciso ir para o ataque contra um adversário que se retraiu e apostava no contra-ataque. Conseguimos descontar e ainda vimos a trave impedir o empate, mas na luta pelo empate, concedemos dois gols em contra-ataques e tivemos que nos conformar com a pesada derrota. A moral foi (bem) abalada e isso se refletiu na partida seguinte, mas temos uma boa vantagem e se mantivermos o foco a promoção é apenas uma questão de tempo.

Precisamos manter a concentração e não achar que já está ganho.

Um abraço,

@Bielgb: Foi uma derrota para o esquecimento. Valeu.

@ggpofm: O momento financeiro é realmente preocupante e não vejo um meio de sairmos desse déficit, ao menos por enquanto. Não temos nenhum jogador que pode ser vendido para levantar fundos, nem patrocínios. Temo pelo futuro, pois continuando assim, certamente teremos que abrir mão de jogadores.

É preciso manter a concentração e o foco, pois o momento não é bom e o Manlleu vem se recuperando, diminuindo nossa vantagem. É hora de voltar a vencer, ou a promoção pode não acontecer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Barra.png

Após dois meses em um nível inferior a todo o campeonato, o Cornellá conquistou o acesso a Segunda Divisão B nos critérios de desempate após empatar em pontos com o Manlleu. O acesso foi muito comemorado nas ruas de Cornellá de Llobregát.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos
A vitória por 2 a 0 contra a Cerdanyola, dona da pior campanha de toda a Terceira Divisão, deu inicio ao mês de abril e poderia colocar o Cornellá novamente no rumo das vitórias, mas nas duas rodadas seguintes, a equipe voltou a perder pontos em dois empates por 1 a 1 contra Ascó e Masnou. No primeiro, o Cornellá saiu atrás e só conseguiu empatar após o adversário ter um jogador expulso, e no segundo, em apenas dois minutos a partida foi decidida: O Cornellá abriu o marcador no minuto 18 e viu o adversário empatar no minuto 20.
Contra o Gavà, Matamala assegurou os 3 pontos do Cornellá nos acréscimos. Nas outras partidas do mês de maio, um empate e uma derrota. Contra o Gramenet, o Cornellá buscou o empate após sair perdendo mais uma vez, mas a lesão de Matamala, que o tirou do restante do campeonato, deu uma sensação de derrota. O Europa precisou de apenas 17 minutos para marcar dois gols e praticamente assegurar a vitória em pleno Municipal Via Férrea. Álex Cano (contra) ainda marcou para o Cornellá, que foi para o tudo ou nada e viu Marong marcar o terceiro do rival.
Na partida seguinte contra o Villafranca Penedés, não faltou emoção. O Cornellá perdeu Lima no minuto 39 após o defensor andorrano levar o segundo cartão amarelo (havia levado o primeiro apenas quatro minutos antes em um lance onde tirou o principal atacante do adversário da partida). Mesmo com um a menos, o Cornellá abriu o placar no minuto 44 com Manu Balda, mas apenas um minuto depois, Triguero empatou.
O autor do gol do Cornellá viria a sair lesionado no inicio do segundo tempo, obrigando o treinador a improvisar um volante no ataque. Mauri ainda levou o cartão vermelho no minuto 86 e nos acréscimos Abel saiu lesionado.
Vilafranca%2520Pened%25C3%25A9s%2520-%25
Rub%25C3%25AD%2520-%2520Cornell%25C3%25A
O retorno às vitórias aconteceu contra o Rubí, onde o Cornellá venceu por 4 a 1 em pleno Can Roses. Baruc, duas vezes, Pol Planas e Segovía (contra) fizeram os gols, enquanto Monforte marcou para os donos da casa.
Na rodada final, o Cornellá caiu em casa por 2 a 0 para o Figueres, mas a boa vantagem adquirida no decorrer do campeonato no saldo de gols fez com que El Verde conquistasse a promoção.
Equipes promovidas: Deportivo B, Cudillero, Gimnástica, Portugalete, Cornellá, Eldense, Sanse, Valladolid B, Málaga B, Arandina, Marbella, Xerez, Mallorca B, Peña Deportiva, Tenerife B, At. Granadilla, UCAM, Extremadura U.D., Osasuna B, Izarra, Varea, Zaragoza B e Villarrobledo.
Equipes rebaixadas da SDB: At. Sanluqueño, La Hoya, Algeciras, El Palo, Córdoba B, Olot, Prat, Levante B, Constancia, Laudio, Barakaldo, Sariñena, Conquense, Tudelano, Compostela, Celta B e Noja.
Os melhores
Gols: Roger Matamala, 30 gols em 34 jogos.
Assistências: Roger Matamala, 12 assistências em 36 jogos.
Passes acertados: Pep Caballé, 86%.
Entradas: Pep Caballé, 3.18.
Classificação média: Roger Matamala, 7.37 em 34 jogos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Messias Götze

Parabéns pela promoção, tomara que as finanças melhorem na próxima temporada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias

Caramba, não imaginava que ficaria tão dramática assim a situação do Cornellá após boa parte do campeonato estando líder com sobras. Será que foi o fato do Matamala não ter sido tão eficiente nas rodadas finais?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

O primeiro título já veio, mas torço que não pegue um elevador até a 1ª divisão.

As finanças preocupam...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bielgb

Parabéns pela subida, as finanças não vão nada bem

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@Messias Souza Santos: Vai ser difícil...

@Jirimias: A lesão que o tirou das quatro rodadas finais foi um enorme problema para o Cornellá, mas felizmente a equipe pôde aproveitar o bom saldo de gols construído no decorrer da temporada para conquistar a promoção.

@ggpofm: Acredito que isso vai acontecer, pois o nível da Segunda Divisão B é muito mais alto que o da Terceira Divisão.

@Bielgb: Valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
guigasparotto

Chegou a ter a promoção ameaçada, principalmente quando perdeu um jogador importante por lesão e vivei uma pequena sequência de poucos gols marcados nessa reta final. Felizmente os gols marcados anteriormente garantiram um ótimo saldo para a equipe, confirmando a promoção. Apesar de ter subido, não foi uma temporada tão fácil como costumam ser em saves de divisões bem inferiores. Boa sorte na próxima temporada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín
temporada 2014/2015
Seis jogadores não aceitaram reduzir seus salários e deixaram o Cornellá após o término da temporada. São eles: Israel, José Bermúdez, Roberto C. Cavazos, Toni Capellá, Juli e Baruc. Além deles, Óscar Muñoz, pouco utilizado durante a temporada, acertou sua ida para o Denia.
Entradas.png
A manutenção é a meta do Cornellá para a nova temporada. Com isso, Millán recebeu cerca de US$ 26.000 para contratações e US$ 1.200.000 anuais para salários. Poucos dias depois, o treinador recebeu uma proposta para a renovação de seu vínculo e após uma reunião, a direção aceitou sua petição e aumentou o orçamento de salários para US$ 1.300.000 anuais.
Francesc%2520Mill%25C3%25A1n_%2520Notici
Oscar Fornés (Olot) – Livre. Goleiro, 31 anos, Plantel Principal
Eztieder (Izarra) – Livre. Extremo, 28 anos, Jogador Chave
Arnal (Olot) – Livre. Atacante, 33 anos, Plantel Principal
Juan José García Granero (RSD Alcalá) – Meio-campista. Goleiro, 33 anos, Plantel Principal
Alfonso Artabe (Prat) – Livre. Atacante, 25 anos, Jogador Chave
Jon Aranda (Amorebieta) – Empréstimo. Zagueiro, 21 anos, Plantel Principal
Joel Coch (Constancia) – US$ 50m. Meiocampista, 23 anos, Jogador Chave
Nando Ramón (Olímpic Xativa) – Livre. Meiocampista, 32 anos, Jogador Chave
Iker Gabarain (Beasain) – Livre. Lateral Dir., 37 anos, Jogador Chave
Alberto Merino (Linense) – Livre. Meiocampista, 39 anos, Reserva
Shola Adewumi Oyinloye (Hellín) – Lateral Esq., 25 anos, Reserva
Coment%25C3%25A1rios.png
▪ Três contratações foram concretizadas pelo treinador: Alfonso Artabe, Joel Coch e Nando Ramón.
▪ O centroavante Pol Roigé retornou ao Cornellá após o empréstimo ao Castelldefels (38J / 8G) e será levado em conta.
US$ 81 mil será o déficit salarial anual do Cornellá.
Nando Ramón é o mais conhecido entre os contratados. Seu último clube foi o Olímpic Xativa, um dos rivais do Cornellá no Grupo 3 da Segunda Divisão B.
▪ Com exceção à Artabe, Aranda, Coch e Adewumi, todos os contratados estavam desvinculados.
▪ 27 jogadores formam o elenco principal do Cornellá.
▪ Apesar dos problemas financeiros, o Cornellá ainda procura contratar um goleiro.
▪ Com novos patrocínios, prêmios de participação na Segunda Divisão B e amistosos, o Cornellá sanou sua dívida e inicia a temporada com um superávit de US$ 69,3 mil.
Pr%25C3%25A9.png
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos
Os amistosos contra Espanyol, Gimnástic e Girona renderam aos cofres do Cornellá US$ 120 mil. Contra o Espanyol, o Cornellá fez uma boa partida, criou chances, mas não resistiu ao poder do rival e foi derrotado por 3-0. Na partida seguinte, um gol sofrido a um minuto tornou a missão do Cornellá muito complicada, mas ainda assim, a equipe buscou a igualdade em duas ocasiões, porém acabou derrotado por 3-2.
Contra o Girona, novamente um gol sofrido cedo, mas dessa vez o empate conquistado foi mantido.
O Cornellá venceu as duas partidas seguintes, contra Palamós (2-0) e Gramenet (3-1). Voltando a atuar no Municipal Via Férrea, o Cornellá perdeu para o Cagliari (3-6) e venceu o Terrassa (4-3) em jogos emocionantes.
Assim o clube encerrou sua preparação e agora se concentra no adversário da estreia na Segunda Divisão B, o Lleida Esportiu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Johann Duwe

Eu não os contratados, mas me parece que conseguiu fazer uma base muito boa para a temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bielgb

Boas contratações, os amistosos foram bons

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@Johann Duwe: Dentro das condições da equipe formamos um bom elenco.

@Bielgb: Valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Barra%25202014.png

U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos

O Cornellá iniciou a Segunda Divisão B com uma derrota por 5-2 frente ao Lleida Esportiu. Pol Roigé e Eztieder colocaram a equipe em vantagem em duas ocasiões, mas com uma preciosa atuação de Jaime Mata, autor de quatro tentos, a equipe da casa virou e venceu a partida. Na primeira partida como local, o Cornellá venceu o Ontinyent por 2-0 com gols de Eztieder e J.J. García Granero.
A terceira partida foi contra o Barcelona B e apesar de não ter feito uma atuação ruim, o Cornellá foi derrotado por 5-0. Joan Àngel Román foi o melhor em campo marcando dois gols. Na rodada seguinte o Cornellá enfrentou o Espanyol B e em 14min sofreu dois gols, não tendo forças para reagir, ainda mais após Ávila aumentar a vantagem no minuto 41.
Barcelona%2520%2527B%2527%2520-%2520Corn
O reencontro com a vitória aconteceu em uma partida dramática contra o Eldense. O placar mostrava 0-0 até o minuto 91, quando J.J. García Granero marcou. E dois minutos depois Arnal marcou o segundo e confirmou o triunfo. Mas o Cornellá voltou a perder na rodada seguinte, dessa vez para o Olímpic Xátiva. Pau Franch abriu o marcador, Nando Ramón empatou e Gigliotti garantiu a vitória da equipe visitante no segundo tempo.
Após a derrota, o Cornellá se recuperou e embalou quatro partidas sem perder em outubro. As duas primeiras foram empates contra o Reus e o Badalona, em casa, por 1-1 e 2-2 respectivamente. Contra o Badalona o empate veio de maneira dramática, já nos acréscimos, com Ildefons Lima. Na partida contra o Sabiñánigo, o Cornellá voltou a apresentar problemas defensivos, mas teve a eficiência que tinha na Terceira Divisão, e venceu por 5-3 em um confronto muito equilibrado. Encerrando o mês, de virada, o Cornellá venceu o Hospitalet por 3-2.
Sabi%25C3%25B1%25C3%25A1nigo%2520-%2520C
A 10a posição está dentro das expectativas do Cornellá, que, inclusive, já tem uma vantagem de 5 pontos para o Peña Deportiva, próximo rival, e primeiro na zona do descenso.
Pol Roigé e J.J. García Granero são os principais nomes da equipe até o momento. O primeiro é o artilheiro com quatro gols em dez participações, enquanto o segundo, tem três gols e cinco assistências. Há também que mencionar Eztieder e Arnal, que também marcaram três vezes e juntos participaram de outros nove gols.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Thiago Snitram

campanha ta bem regular ate..

o objetivo é nao cair, certo??!

disse ali que nao jogou mal contra o barça B, apesar dos 5x0, mas parece que a defesa foi muito mal, ja que tiveram 6 oportunidades claras, e o ataque também finalizou bizonhamente nao?!

força na sequencia!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Começo bom em um divisão acima. Está em um sequencia boa de resultados e pode crescer.

Se me permite um sugestão coloque também aquela opção das bolas coloridas (verde, amarelo e vermelho) indicando os resultados. Facilita para quem acompanha o save.

Está com pouco tempo para atualizar o save?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cornell%25C3%25A1.png

@Thiago SnitraM. Sim, é.

A nossa partida foi boa a ponto de criar ocasiões de marcar, mas faltou eficácia, ofensiva e defensiva.

Valeu.

@ggpofm. Foi realmente um bom inicio, acima da minha expectativa.

Vou colocar na próxima atualização.

Um pouco. Pelo Mundial e pelos trabalhos, mas semanalmente tiro um tempo para atualizá-la.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Barra%25202014.png

A primeira metade está próxima de seu término e a caminhada para a permanência vai acontecendo em um ritmo bom. A denominação perfeita para o Cornellá é uma equipe de extremos: ou muito bem, ou muito mal.
U.E.%2520Cornell%25C3%25A1_%2520Partidos
O bom momento após os triunfos contra o Sabiñánigo e Hospitalet foi mantido nas três rodadas posteriores. Iniciando o mês, o Cornellá venceu o Peña Deportiva por 2 a 0 com gols de Pol Roigé, que também marcou nas vitórias sobre Sant Andreu e Villarreal B, ambas por 3 a 1. Esses nove pontos foram fundamentais para abrir uma "pequena" vantagem em relação às equipes que disputam a permanência.
Na rodada seguinte o Cornellá teve uma das piores atuações na temporada e saiu derrotado por 5 a 0 na partida contra o Llagostera. A derrota parecia que não iria abalar quando a equipe venceu o Elche Ilicitano por 2 a 0 com dois gols de Arnal, mas após esta, o nível caiu e o Cornellá encerrou o ano com três partidas sem vencer.
Llagostera%2520-%2520Cornell%25C3%25A1_%
Contra o At. Baleares, o empate era mostrado até o minuto 82, mas o auto-gol de Cazorla, aliado ao desespero para conquistar ao menos um ponto resultaram em uma derrota por 3 a 1. No empate contra o Valencia Mestalla o Cornellá foi superior ao rival, que é o 2º colocado, e merecia mais que o empate por 2 a 2 conquistado no minuto 87 com o tento de Pol Roigé. Por fim, a equipe voltou a ser irreconhecível na partida contra o Alcoyano, caindo por 4 a 2.
Valencia%2520Mestalla%2520-%2520Cornell%
Com 27 pontos, o Cornellá ainda é o 10o. São 9 pontos a mais que o Hospitalet, que ocupa a zona de playoff de rebaixamento, e 8 pontos a menos que o Alcoyano, que ocupa a zona de playoff de promoção. A campanha é acima da expectativa e permite até que o Cornellá sonhe, mas para isso é preciso que a equipe encontre uma regularidade que não teve nesse primeiro turno.
Artilheiro. Pol Roigé com 10 gols em 18 jogos.
Assistente. J.J. García Granero e Arnal têm 9 assistências em 18 jogos.
Desarmador. O jovem Albert tem uma média de 4.29 desarmes nos 5 jogos que participou.
O regular. Eztieder tem uma média de 7.14 em 18 jogos, onde marcou 6 gols e deu 6 assistências.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
AntônioR.

Se o time for um pouco mais regular acho que consegue o acesso, já que a diferença não é tão grande assim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Thiago Snitram

continua com a campanha irregular, porem nao ruim.

acho que é oq da pra fazer nessa temporada mesmo.

time ta tomando muitos gols, nao?

pretende recuar o time para tentar arrumar a defesa?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Darknite

Acho que pior do que levar a goleada para o Llagostera foi perder em casa para o Alcoyano. Se tivesse vencido, estaria a 3 pontos da zona de playoff de promoção.

A campanha não é ruim. Se conseguir acertar a defesa, é bem possível chegar perto da promoção ainda nesta temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

A campanha é muito boa para quem é um recém-promovido, tem que continuar pontuando para ficar longe do rebaixamento e se possível subir na tabela. Se não subir, não será ruim, pois terá tempo de melhorar a equipe para subir na temporada seguinte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Cadê você?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Luchín

Cadê você?

Oi Gilson.

Estou com alguns problemas e não posso atualizar o save por enquanto.

Assim que possível eu retornarei.

Um abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Oi Gilson.

Estou com alguns problemas e não posso atualizar o save por enquanto.

Assim que possível eu retornarei.

Um abraço.

Beleza. Aguardarei.

Espero que resolva os problemas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Thiago Anjo
      Por Thiago Anjo
      No FM 14 enquanto eu tentava mudar a câmera do 3d para o 2d, aconteceu esse bug quando eu via replay de outros gols, a câmera ficou sensacional, tentei rodar a web tentando uma forma, mesmo que fosse um tipo de hackeamento, mas não achei nada que indicasse ser possível fazer no FM 2018, alguém tem alguma ideia? Foi a câmera mais legal que já vi, ela deixa o 3D porém tira os movimentos de pernas e corpo, que muitas vezes fica bem tosco e nos dá um pouco pra imaginar como seria  jogada na vida real:

      https://youtu.be/bwCuIcVCwX4

      https://www.youtube.com/watch?v=fypVi0Y8Urs
       
    • Orange 2
      Por Orange 2
      Quando vou colocar o código do produto desse jogo na minha segunda conta da Steam aparece essa mensagem de erro:

       
      A antiga conta da Steam que eu tinha e que eu não lembro mais foi cadastrada com um email IG, que de uns tempos pra cá passou a ser paga e não tenho como ter acesso a ele, só pagando pra mim recuperar a antiga conta.
       
      Alguém tem outra solução?
    • Toggy81
      Por Toggy81
      A seguir vou disponibilizar a tradução de um belíssimo material do FMSite que serviu para que eu revesse minha relação com o Football Manager no último mês.
      Este guia procura explicar o que realmente são os atributos, como funciona o motor do jogo em relação a eles e como você pode utilizar essas informações para preparar sua equipe para um jogo na prática.
      É um material extremamente extenso, por volta de 70 páginas que irei atualizando conforme for terminando as traduções dos capítulos.
      Será um trabalho demorado devido à quantidade de informações a serem traduzidas e à minha falta de tempo, mas acredito que será muito útil para quem quiser realmente entender o jogo.
      Se você está com a sensação de que a cada versão que é lançada entende cada vez menos o jogo, este material pode ajudá-lo assim como me ajudou muito.
      Mudou o meu jeito de ver o jogo e consequentemente minha satisfação ao jogá-lo.
      Download: Guia Teórico e Prático sobre o Football Manager (pdf)
      PRÓLOGO - FUNDAMENTOS DO GUIA
      CAPÍTULO 1 – CONHECENDO OS JOGADORES
      1.1. Classificação dos Atributos.
      1.2. Explicação Definitiva dos Atributos.
      1.2.1. Atributos Técnicos.
      1.2.2. Atributos Físicos.
      1.2.3. Atributos Mentais.
      1.2.4. Atributos de Goleiro.
      1.2.5 Atributos de Personalidade.
      1.3. Movimentos Preferidos do Jogador
      1.3.1. MPs Defensivos.
       
      1.3.2. MPs de Movimento.
      1.3.3. MPs de Disciplina.
      1.3.4. MPs de Passe.
       
      1.3.5. MPs de Finalização.
       
      1.3.6. MPs de Técnica.
       
      1.4. Uma Observação Cautelosa.
       
       
       
    • alexcarvalho
      Por alexcarvalho
      Boa noite Galera! jogo fm 14 e gostaria de saber se tem como eu ainda baixar o pacth para ativar a serie d no meu jogo, pois ta muito chato jogar só com a series A,B E C.
      se puderem me ajudar fico grato!!
       
      Alexandre
    • Stay Heavy
      Por Stay Heavy
      Fala galera! A nossa equipe traz para vocês, mais um guia traduzido. Dessa vez, o guia é o How to Play FM14: A Twelve Step Guide, do famoso user, wwfan.
      Um Guia em 12 passos
      1- Entenda com profundidade os conceitos estratégicos:
      Filosofia/Liberdade: A filosofia/liberdade é a estrutura de mentalidade e liberdade criativa. Elas vão desde um jogo muito estruturado com baixa liberdade criativa, até pouco estruturados com alta liberdade criativa. Segue uma descrição prática:
      Muito Estruturado: Cada jogador recebe uma responsabilidade/função específica e se espera que obedeça a ela (geralmente um time possui 5 ou mais funções diferentes); Estruturado: A cada jogador é designado uma função que contribui de uma forma específica ao jogo (defesa, defesa e transição, transição e ataque e ataque); Flexível: Os jogadores focarão sua função específica (defesa, suporte ou ataque); Fluído: Os jogadores se focarão em defender ou atacar; Muito Fluído: Os jogadores contribuem em todas as funções. Como visto, cada filosofia reduz o nível de especialização. No "Muito Estruturado" você tem cinco diferentes tipos de funções, no "Estruturado" quatro responsabilidades, no "Flexível" três, no "Fluído" dois e na opção 'Muito Fluído" apenas uma. Na filosofia "Muito Estruturada" você espera que cada jogador obedeça a sua descrição de responsabilidades, então você poderá selecionar várias funções específicas. Na filosofia "Muito Fluída", você espera que todos os jogadores façam um pouco de tudo, o que torna as marcações de funções redundantes.
      Eu considero o seguinte como funções especializadas:
      Jogador Alvo; Oportunista; Centroavante; Falso 9; Enganche; Armador Avançado; Armador Recuado; Regista; Meio-campista Recuperador de Bolas; Volante; Líbero. Essas quatro funções podem se encaixar em qualquer campo, dependendo da sua interpretação:
      Atacante Completo; Atacante Defensivo; Atacante Sombra; Camisa 10; Lateral Limitado; Meio-campista Área-Área; Ala Completo; Defensor com bola. E considero as seguintes, funções genéricas:
      Atacante Recuado; Meia Atacante; Segundo Atacante; Ponta; Meio-campista Central; Meio-campista Lateral; Meia Defensivo; Terceiro Zagueiro; Lateral; Líbero; Zagueiro; Defensor Limitado; Goleiro Líbero. Eu geralmente sugiro a seguinte regra:
      Muito Estruturado: 4-5 funções especializadas Estruturado: 3-4 funções especializadas Flexível: 2-3 funções especializadas Fluido: 1-2 funções especializadas Muito Fluido: 0-1 funções especializadas 2- Adaptar as funções para os jogadores:
      Você vai perceber que muitas funções não se encaixam perfeitamente nos pontos fortes e fracos de um jogador. Use as instruções individuais para ajustar as habilidades de um jogador com a as exigências da função. Se você achar que está ajustando muita coisa, pode ser que o jogador escolhido possa não realizar a função desejada e outro jogador seja mais adequado. Não confie cegamente no seu assistente. Dê uma conferida. Como a função do jogador fica com o jogador, você pode ter um meia-atacante pelos lados definido como Ponta, com função de Ataque, mas um outro jogador com um conjunto de habilidades mais adequadas, com bom passe como Armador Avançado/Apoiar. Você não está mais preso a ter as mesmas funções para todos os jogadores sem fazer mudanças complicadas.
      3- Tenha em mente que os nomes das mentalidades são mais complicados do que parecem:
      A mentalidade defensiva ainda usa o contra-ataque, enquanto que a mentalidade ofensiva pode ter uma defesa sólida. Os dois extremos (Contenção e Sobrecarregar) são tanto ofensiva, quando defensiva. Uma boa regra é que, se você quiser jogar com vários meias recuados e um jogo de passes curtos, escolha uma mentalidade menos ofensiva, enquanto que se você quiser ter pontas eficientes e um estilo direto, escolha uma mentalidade mais ofensiva.
      4- Concentre-se nas funções e deveres e suas combinações:
      Certifique-se que você tem uma função de Ataque na defesa, geralmente, mas não necessariamente combinada uma função de Apoio, uma função de Ataque e uma de Defesa no meio de campo e uma de Apoio (Camisa 10, Falso 9) no ataque. Esse tipo de estrutura incentiva o movimento entre as linhas, o que é vital para uma tática dinâmica, que cria diversas oportunidades. Ele também garante um sistema defensivo mais fechado, em que a equipe defende em blocos ao invés de linhas desconectadas. Se você jogar com uma formação que tenha um atacante solitário, garanta que ele recue um pouco, dando-lhe função de apoio (Camisa 10 ou Falso 9), pois com outros papéis, corre o risco de isolá-lo, resultando na incapacidade de criar/participar das jogadas. A exceção é quando há um Armador Avançado atrás dele. Nessas formações, você vai querer que seu atacante permaneça na faixa alta em toda linha ofensiva, abrindo espaços para o Armador se movimentar. Certifique-se que você tenha pelo menos uma função de Meio-Campista automática, para quebrar as jogadas e ter posse de bola. Se você quiser usar um armador, pense na melhor posição para que ele crie jogadas, ou então, ele ficará isolado.
      5- Olhe para a página de comparações da equipe para determinar quanto forte/fraca sua equipe é na divisão:
      Considere usar os ajustes táticos para aproveitar isso (por exemplo, se você tem uma equipe lenta, pressione menos, ao passo que, se a equipe é veloz e trabalhadora, pressione mais). Embora isso se torne menos importante com o moldar da equipe ao seu estilo, as vantagens adquiridas com a compreensão de como sua equipe está, comparada com as demais da divisão, pode ser vital ao assumir um novo clube.
      6- Use as instruções da equipe para desenvolver e salvar um estilo de jogo preferido:
      Tais instruções devem se adequar aos pontos fortes e fracos da equipe. Por exemplo, uma equipe altamente técnica pode jogar de forma mais profunda, mantendo a posse de bola, passando para o espaço a frente, correndo para cima da defesa, utilizando estratégia de contra ataque, pode valer a pena. Uma equipe menos técnica, porem mais forte fisicamente, pode se impor de forma diferente, então considere utilizar passes mais diretos, cruzamentos rápidos, utilizando uma estratégia ofensiva. Há diferentes modos de construir um estilo de jogo. Às vezes, você terá uma equipe boa o suficiente para moldar um estilo de jogo, outras vezes, o estilo de jogo pode ser forçado. Você pode querer alterar um estilo em uma partida, com base em outras partidas. Não há nenhuma regra geral. Somente tente ser lógico em suas combinações.
      7- Antes de cada partida, considere olhar as condições climáticas e a formação da equipe adversária para determinar sua estratégia de jogo:
      Pode ser muito difícil de contra atacar em um gramado pesado e encharcado, então você pode ter que abandonar seu estilo de jogo preferido e optar por um mais feio. Você pode querer expor uma formação aberta do seu oponente, explorando os flancos e procurando sobreposições. Você pode obter êxito com sua estratégia inicial. Embora seja pessoal o quanto você gostaria de adaptar as coisas, em tais circunstâncias, esteja ciente de que a falta de flexibilidade pode custar caro.
      8- Olhe a formação da equipe adversária e as condições/habilidades dos jogadores e considere usar as Instruções Sobre o Adversário para combatê-los:
      Você pode utilizar as Instruções Sobre o Adversário para combater alguns jogadores perigosos, ou impedir os cruzamentos de chegarem, direcionando para jogadores lentos ou menos corajosos. Seja cuidadoso ao definir essas Instruções, uma vez que você pode prejudicar a estrutura geral do seu time.
      9- Jogue a partida de forma dinâmica:
      Durante o jogo, não tenha medo de mudar as coisas através de gritos e estratégias se as coisas não estiverem funcionando. Faça de forma lógica, e não apenas fazer por fazer. Por exemplo, pode ser uma má ideia jogar mais ofensivamente para fazer mais gols, principalmente se o adversário está jogando mais recuado e fechando o último terço do campo com jogadores defensivos. Se você observar esse padrão, você pode preferir jogar de forma mais profunda e o contra ataque possa produzir mais chances do que ser mais agressivo, pois assim você irá trazer o adversário um pouco mais. Uma vez que você marcou, decida se você quer fazer mais gols ou segurar a vantagem, mudando ou mantendo a mesma postura. Com o tempo, você vai confiar nas suas decisões em jogo e desenvolver um sistema que funcione. Você vai saber quando mudar, o que mudar e quando confiar na sua equipe para avançar.
      10- Perceba que as preleções são contextuais:
      Elas não se relacionam com o placar, o placar é contra a qualidade/reputação do adversário e o modo que você joga. Às vezes, você pode estar satisfeito com um 0x0, às vezes, você escapou com um 2x0 contra uma equipe bem inferior, nesse caso, alertar a equipe contra a complacência é necessário. Reaja ao que você acha que deveria ter acontecido e não ao placar. É importante notar que, embora as preleções e interações com a mídia geralmente não têm grande influência em como um jogo se desenrola, às vezes podem fazer a diferença. Pode ser que uma boa estratégia motivacional resulte em um jogador que vá jogar “a partida de sua vida”. Consequentemente, vale a pena considerar a sua estratégia motivacional antes de um “jogo-chave”, que pode ter uma diferença sutil, mas vital durante a partida.
      11- Nunca pare de aprender:
      Eu comecei a trabalhar quando minha estratégia de passar para o espaço vazio não funcionou com uma estratégia ofensiva. Observando o jogo após um doloroso 0x0, ficou óbvio para mim que todos estavam correndo muito à frente dos meus principais criadores, Lateral – Apoiar e Meio-campista Recuperador de Bolas. Não era o ideal. No entanto, com uma estratégia menos agressiva, meus principais criadores eram o Armador Avançado e os Pontas – Apoiar, que era o que eu queria. Por isso, abandonei a estratégia ofensiva e adotei a estratégia padrão, mudando nos gritos se eu decidisse jogar de forma mais agressiva (geralmente devido às condições climáticas do gramado). Se as coisas não estão funcionando como esperado, há sempre “pistas” no jogo, se você observar cuidadosamente.
      12-  Por fim, se você não progredir e ficar frustrado, visite o fórum de táticas e explique seu problema. Contando que você seja claro e detalhado, as chances de nós não sermos capazes de te ajudar, são pequenas.
      Tópico Oficial: https://community.sigames.com/topic/297428-how-to-play-fm14-a-twelve-step-guide/
      Autor: wwfan
      Tradução: @Stay Heavy
      Banner: @_Matheus_
×