Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Bruno Trink

[FM 14] Y Digo Deportivo: Identidade Nacional (v.2)

Recommended Posts

Bruno Trink

banner_zpsb53ee661.png


 

Repetindo...

Estava num dilema nos últimos dias. Fiquei bastante enrolado e sem tempo no final do mês passado e isso emendou com o lançamento do novo FM. Com isso, ainda adiantei um pouco o save mas acabei abandonando essa história do Depor. Só que a paixão por ela ainda não tinha terminado e a solução que encontrei foi refazê-la no FM 2014.

Os objetivos e regras serão os mesmos mas acredito que o desafio será ainda maior. Afinal, o Deportivo começa a temporada 13/14 na Liga Adelante, a segunda divisão espanhola. Não vi ainda como está nessa nova versão mas, na vida real, as finanças do clube estão arrebentadas, o que aumenta ainda mais o problema do Donato.

Para facilitar minha vida, mudarei o estilo do save. Não temos mais notícias do "La Voz de Galicia" mas apenas uma espécie de diário escrito pelo próprio treinador, sem rebuscamentos. Hoje mesmo inicio o save e vou aproveitar o feriado para preparar o prometo post desse retorno.


bnrMetas_zps7c494d0f.png
Fase 1: subir para a Liga BBVA - dois anos;  :yesg:
Fase 2: manter o Depor estável na primeira divisão - quatro anos;  :yesg:
Fase 3: brigar por vaga em uma competição europeia - seis anos;  :yesg:
Fase 4: alcançar a terceira colocação da Liga, conquistando o título simbólico do "campeonato paralelo" sem Barcelona e Real Madrid - oito anos.  :yesg:
Fase 5: conquistar o título da Liga e da Champions League - dez a doze anos.  :yesg:


bnrHistorico_zps0088c001.png
13/14
Liga Adelante: Campeão
Copa del Rey: Eliminado na 2ª Eliminatória

14/15
Liga BBVA: 5º colocado
Copa del Rey: Eliminado na 4ª Eliminatória

15/16
UEFA Europa League: Eliminado na Semifinal
Liga BBVA: 4º colocado
Copa del Rey: Eliminado na Semifinal

16/17
UEFA Champions League: Eliminado na Semifinal
Liga BBVA: 2º colocado
Copa del Rey: Vice-campeão

17/18
UEFA Champions League: Eliminado nas Oitavas de Final
Liga BBVA: Campeão
Copa del Rey: Eliminado nas Quartas de Final

18/19
UEFA Champions League: Campeão
Liga BBVA: Campeão
Supercopa de España: Campeão
Copa del Rey: Eliminado nas Quartas de Final

19/20
Campeonato Mundial de Clubes: Campeão
Supercopa de España: Campeão
Supercopa Europeia: Campeão
UEFA Champions League: Eliminado nas Quartas de Final
Liga BBVA: 2º colocado
Copa del Rey: Eliminado na Semifinal

20/21
UEFA Champions League: Campeão
Liga BBVA: Campeão
Copa del Rey: Campeão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

No aguardo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Jirimias

Seria difícil manter-se mesmo motivado jogando no FM13. Torço que consiga sucesso no Depor.

Boa sorte e e boa diversão,Trink!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Rafael O.

Mestre da paciência... 12 temporadas em um único clube.

Boa Sorte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bielgb

boa sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Inner Logic

Boa sorte, Trink!

Bom ver que os antigos contadores estão voltando à área, falta o Feitosa aparecer agora.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
guigasparotto

Acho o Deportivo um time legal. Uma pena a atual situação do clube. Não acompanhei a tua outra saga com o time, mas vou te seguir nessa. Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

No aguardo...

Hoje tem o primeiro post... ;)

Seria difícil manter-se mesmo motivado jogando no FM13. Torço que consiga sucesso no Depor.

Boa sorte e e boa diversão,Trink!

Complicado mesmo, ainda juntou com um período em que estava muito enrolado. Até adiantei aquela última temporada até quase o final, mas não tinha tempo pra escrever os posts. Até por isso, vou mudar o estilo pra essa nova versão.

Ah, aproveito para pedir licença para usar o estilo dos banners de objetivos e histórico. Mesmo depois de usar! :)

Mestre da paciência... 12 temporadas em um único clube.

Boa Sorte.

Não sei se vou conseguir as doze, mas é uma tentativa.

boa sorte

Valeu, Biel!

Boa sorte, Trink!

Bom ver que os antigos contadores estão voltando à área, falta o Feitosa aparecer agora.

Já tinha ensaiado um retorno na versão anterior desse save mas agora espero voltar pra ficar.

Acho o Deportivo um time legal. Uma pena a atual situação do clube. Não acompanhei a tua outra saga com o time, mas vou te seguir nessa. Boa sorte!

Valeu, Guiga, acompanhe sim!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gourcuff

BS Trink, será um bom desafio!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

BS Trink, será um bom desafio!

Obrigado, Renato!

Boa sorte!

Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

banner_zpsb53ee661.png

A volta de El Abuelo

18.julho.2013

O retorno à Ciudad Deportiva de Abegondo foi emocionante. Desde a primeira conversa como novo treinador do Depor com o presidente Lendoiro até o reencontro com os utileros Jesús Méndez e Javier Rego, tudo me trouxe excelentes recordações. Mas sabia que o momento era de trabalho árduo.

bnrFinancas_zps01c57d38.png

A começar pelas finanças. O Deportivo quase foi à falência e foi salvo por um acordo com seus credores. Hoje tem uma dívida de 66 milhões que deverá ser paga em 12 anos. O contrato de TV se encerra no fim dessa temporada, o que pode ser bom, se conseguirmos o acesso para a Liga BBVA logo. Assim, com apenas 10% da receita de possíveis transferências disponível, terei que fazer engenharias para reforçar o elenco.

20130718_financas_zps56a6f5f1.jpg

bnrElenco_zps8a03fbb8.png

O episódio de "quase-falência" trouxe perdas importantes para o elenco da temporada passada, principalmente os históricos Riki e Valerón. Além dos dois, não temos mais o goleiro Aranzubia e o zagueiro Aythami e a legião de jogadores que estava emprestada, entre os quais se destacavam Abel Aguilar, Camuñas e Nélson Oliveira. Dos vinte e um atletas que estão hoje no plantel principal, sete não fazem parte do plano de nacionalização elaborado por mim e pelo presidente. Entre os que ficam, Marchena, Bergantiños, Arizmendi e Juan Domínguez se destacam num grupo que precisa ser muito reforçado. Comparativamente, o Depor não deve muito aos seus concorrentes de Liga Adelante mas tudo vai depender da maneira com que consigamos agregar valor para substituir os estrangeiros.

20130718_elenco_zpsaa16305f.jpg

Goleiros

Fabricio | Felipe

Zagueiros

Pablo Insúa | Carlos Marchena

Laterais

Manuel Pablo | Laure | Diego Seoane | Ayoze

Volantes

Álex Bergantiños

Meias

Antonio Núñez | Juan Domínguez | Juan Carlos

Atacantes

Javier Arizmendi | Borja Bastón

20130718_relatorio_zps9f4d2e23.jpg

bnrAdelante_zps356b035c.png

A estreia na Liga Adelante será daqui a um mês exato, quando saímos para enfrentar o Las Palmas. Antes disso, muito treinamento e quatro amistosos para entrosar a equipe com os reforços que estão por vir.

20130718_calend_zpsc7432d2a.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gourcuff

O elenco tem nível, mas é curto. Acho que terá que repor a venda dos estrangeiros com bons nomes para não sofrer ao longo da temporada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

O elenco tem nível, mas é curto. Acho que terá que repor a venda dos estrangeiros com bons nomes para não sofrer ao longo da temporada.

Acha?! :)

Certamente terei que repor os estrangeiros, mas a situação financeira do clube é pior que eu imaginava. Está complicado demais contratar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Rafael O.

Vai ser tenso com essas finanças, tem que tentar trazer jogadores principalmente para a posição de volante e ataque, sem falar que outra posições estão carente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bielgb

vai ser difícil com esse elenco. Boa sorte nos amistosos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

Vai ser tenso com essas finanças, tem que tentar trazer jogadores principalmente para a posição de volante e ataque, sem falar que outra posições estão carente

Todas as posições são carentes. Até mesmo onde temos muitos jogadores, o nível não é bom. Tem que ver o que vamos conseguir, lembrando que só contato espanhóis.

vai ser difícil com esse elenco. Boa sorte nos amistosos

Nesse momento, não estou quase nada preocupado com os amistosos, quero saber de reforços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
ggpofm

Vai ser um desafio mais interessante que o outro. Tudo leva a crer que terá mais trabalho que no save anterior. O que me deixa mais interessado em acompanhar seu trabalho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

Vai ser um desafio mais interessante que o outro. Tudo leva a crer que terá mais trabalho que no save anterior. O que me deixa mais interessado em acompanhar seu trabalho.

O Depor estava muito melhor financeiramente no FM 2013 com toda a verba de orçamento de primeira divisão. Assim eu consegui logo na primeira temporada contratar alguns jogadores interessantes que iniciaram uma base para o restante do save. Agora, com dificuldade, estou tentando montar um time pra subir e, só então, pensar em reforçar de verdade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LuizH

Realmente a situação encontrada é bem mais complicada que a do último save. Além disso, a crise financeira do clube impede até investimentos nas categorias de base do clube como forma de amenizar os gastos, aliás, qual é a situação do clube em relação as categorias de base?

Tenha uma boa história e boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
xokomaster

Legal !!!

Nacionalizar o time é a situação mais complicada, pois diferentemente de antes a situação financeira é muito pior, e algumas excelentes alternativas entre elas o Aythami que vinha sendo um dos destaques daquele time, deixaram a equipe, ou seja vai ser um ano e tanto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
guigasparotto

Vai ser um bom desafio com esse elenco. Não sabia que o Valerón tinha saído do Deportivo. Que pena! Para onde ele foi?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

Realmente a situação encontrada é bem mais complicada que a do último save. Além disso, a crise financeira do clube impede até investimentos nas categorias de base do clube como forma de amenizar os gastos, aliás, qual é a situação do clube em relação as categorias de base?

Tenha uma boa história e boa sorte!

A base do Depor não é pior que a maioria dos times das duas primeiras divisões espanholas mas o elenco do sub-19 está todo no Deportivo B. Um ou dois pode ter algum futuro, mas nada de especial.

Legal !!!

Nacionalizar o time é a situação mais complicada, pois diferentemente de antes a situação financeira é muito pior, e algumas excelentes alternativas entre elas o Aythami que vinha sendo um dos destaques daquele time, deixaram a equipe, ou seja vai ser um ano e tanto.

O Aythami realmente é uma perda importante, o Aranzubia e o Valerón também foram úteis nas primeiras temporadas no outro save. Agora terei que apoiar meu time em muitos dos jogadores que no FM 2013 foram dispensáveis. É segunda divisão agora, o nível é mais baixo, mas tenho que subir o mais rápido possível para ganhar dinheiro.

Vai ser um bom desafio com esse elenco. Não sabia que o Valerón tinha saído do Deportivo. Que pena! Para onde ele foi?

O Valerón foi para o Las Palmas, curiosamente meu primeiro adversário na Liga Adelante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
guigasparotto

Ah, que podre! Imaginei que tivesse indo para o futebol árabe ou algo do tipo. Deixar o Deportivo por outro clube espanhol foi lamentável.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bruno Trink

banner_zpsb53ee661.png

Saem os "gringos", chegam os espanhóis

17.agosto.2013

Um mês de trabalho em que o campo ficou em segundo plano. O processo da nacionalização do elenco do Deportivo me tomou praticamente todo meu tempo. O grupo, com os estrangeiros, já era numericamente limitado e não adiantava apenas substituí-los por espanhóis. Somaram-se aos quatorze jogadores que já estavam no Depor oito contratados e mais um promovido do Deportivo B.

bnrTransf_zps6d02b1f1.png

Dos sete estrangeiros, conseguimos fazer dinheiro apenas com Germán Lux, negociado ao Torino. Wilk, Culio, Sidibé e Rudy saíram por empréstimo, enquanto precisamos rescindir amigavelmente os contratos do português Luisinho e do brasileiro Kaká. Além disso, optei por encerrar o empréstimo do atacante Borja Bastón, entendendo que não valia os 28 mil mensais pagos no seu salário. Outro respiro veio da renegociação salarial com o lateral Ayoze. Com vencimentos de 80 mil, muito acima da média do clube, minha ideia era negociá-lo mas não consegui encontrar um interessado. Já estava aceitando mantê-lo até o fim da temporada, quando se encerraria o seu contrato, e fui surpreendido quando ele aceitou uma vultuosa redução no seu salário.

A dificuldade para contratar foi enorme. Sabia que as maiores deficiências no elenco, pelo menos em quantidade, eram nas posições de volante e atacante mas não me preocupei muito com isso na hora de ir ao mercado. Minha preferência inicial era por jovens com potencial de revenda mas o orçamento era muito limitado. Nada para transferências, salários no limite. A diretoria restringia a observação apenas na Europa e, no escuro, contratei o Mattheus, filho do mito Bebeto, por empréstimo. Outro que veio sem ser observado foi o já conhecido zagueiro David Rochela, formado na base do clube. Também por empréstimo, vieram o lateral esquerdo Jaume Costa e o meia Keko.

O que seria uma solução óbvia, jogadores livres, só rendeu o goleiro Antonio Adán que havia rescindido com o Real Madrid. De todos os contratados, o mais promissor parece ser o meia Javi Espinosa, considerado pelo periódico Sport como o novo Iniesta. O basco Etxabeguren chega para brigar pra ser o companheiro do Marchena na zaga enquanto o veterano Juanjo Camacho deve ser titular na estreia, mesmo tenho chegado há três dias. Para compor o elenco, subi o atacante Dani Iglesias da equipe B.

20130817_transf_zpsfc267b8c.jpg

Mattheus | Antonio Adán | Jaume Costa | Javi Espinosa

Julen Etxabeguren | Keko | David Rochela | Juanjo Camacho

bnrElenco_zps8a03fbb8.png

Ainda não fechei o elenco. Temos apenas 22 jogadores no grupo principal, sendo que perdemos o capitão Manuel Pablo, provavelmente, até o fim de 2013. Algumas posições ainda se mostram muito carentes, precisamos ainda de um volante e um atacante, além de um zagueiro mais qualificado para jogar junto com o Marchena. Melhoramos em alguns aspectos, mas ainda falta algo.

20130817_elenco_zps0df86577.jpg

bnrAdelante_zps356b035c.png

Estreamos na Liga Adelante contra o Las Palmas. Nos quatro amistosos, preferi mexer pouco no esquema tático que era utilizado, somente recuando um dos dois meias centrais para tentar obter o máximo do Bergantiños, que atua melhor como volante. No mais, treinamos apenas algumas variações. Os resultados pouco importaram mas gostei de ver os dois laterais se apresentando muito bem no ataque e até marcando gols. Contra equipes mais fortes e fora de casa, essa liberdade deve ser um pouco diminuída já que temos apenas um jogador com características defensivas no meio de campo.

20130817_calend_zps034a0579.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Thiago Anjo
      Por Thiago Anjo
      No FM 14 enquanto eu tentava mudar a câmera do 3d para o 2d, aconteceu esse bug quando eu via replay de outros gols, a câmera ficou sensacional, tentei rodar a web tentando uma forma, mesmo que fosse um tipo de hackeamento, mas não achei nada que indicasse ser possível fazer no FM 2018, alguém tem alguma ideia? Foi a câmera mais legal que já vi, ela deixa o 3D porém tira os movimentos de pernas e corpo, que muitas vezes fica bem tosco e nos dá um pouco pra imaginar como seria  jogada na vida real:

      https://youtu.be/bwCuIcVCwX4

      https://www.youtube.com/watch?v=fypVi0Y8Urs
       
    • Orange 2
      Por Orange 2
      Quando vou colocar o código do produto desse jogo na minha segunda conta da Steam aparece essa mensagem de erro:

       
      A antiga conta da Steam que eu tinha e que eu não lembro mais foi cadastrada com um email IG, que de uns tempos pra cá passou a ser paga e não tenho como ter acesso a ele, só pagando pra mim recuperar a antiga conta.
       
      Alguém tem outra solução?
    • Toggy81
      Por Toggy81
      A seguir vou disponibilizar a tradução de um belíssimo material do FMSite que serviu para que eu revesse minha relação com o Football Manager no último mês.
      Este guia procura explicar o que realmente são os atributos, como funciona o motor do jogo em relação a eles e como você pode utilizar essas informações para preparar sua equipe para um jogo na prática.
      É um material extremamente extenso, por volta de 70 páginas que irei atualizando conforme for terminando as traduções dos capítulos.
      Será um trabalho demorado devido à quantidade de informações a serem traduzidas e à minha falta de tempo, mas acredito que será muito útil para quem quiser realmente entender o jogo.
      Se você está com a sensação de que a cada versão que é lançada entende cada vez menos o jogo, este material pode ajudá-lo assim como me ajudou muito.
      Mudou o meu jeito de ver o jogo e consequentemente minha satisfação ao jogá-lo.
      Download: Guia Teórico e Prático sobre o Football Manager (pdf)
      PRÓLOGO - FUNDAMENTOS DO GUIA
      CAPÍTULO 1 – CONHECENDO OS JOGADORES
      1.1. Classificação dos Atributos.
      1.2. Explicação Definitiva dos Atributos.
      1.2.1. Atributos Técnicos.
      1.2.2. Atributos Físicos.
      1.2.3. Atributos Mentais.
      1.2.4. Atributos de Goleiro.
      1.2.5 Atributos de Personalidade.
      1.3. Movimentos Preferidos do Jogador
      1.3.1. MPs Defensivos.
       
      1.3.2. MPs de Movimento.
      1.3.3. MPs de Disciplina.
      1.3.4. MPs de Passe.
       
      1.3.5. MPs de Finalização.
       
      1.3.6. MPs de Técnica.
       
      1.4. Uma Observação Cautelosa.
       
       
       
    • alexcarvalho
      Por alexcarvalho
      Boa noite Galera! jogo fm 14 e gostaria de saber se tem como eu ainda baixar o pacth para ativar a serie d no meu jogo, pois ta muito chato jogar só com a series A,B E C.
      se puderem me ajudar fico grato!!
       
      Alexandre
    • Stay Heavy
      Por Stay Heavy
      Fala galera! A nossa equipe traz para vocês, mais um guia traduzido. Dessa vez, o guia é o How to Play FM14: A Twelve Step Guide, do famoso user, wwfan.
      Um Guia em 12 passos
      1- Entenda com profundidade os conceitos estratégicos:
      Filosofia/Liberdade: A filosofia/liberdade é a estrutura de mentalidade e liberdade criativa. Elas vão desde um jogo muito estruturado com baixa liberdade criativa, até pouco estruturados com alta liberdade criativa. Segue uma descrição prática:
      Muito Estruturado: Cada jogador recebe uma responsabilidade/função específica e se espera que obedeça a ela (geralmente um time possui 5 ou mais funções diferentes); Estruturado: A cada jogador é designado uma função que contribui de uma forma específica ao jogo (defesa, defesa e transição, transição e ataque e ataque); Flexível: Os jogadores focarão sua função específica (defesa, suporte ou ataque); Fluído: Os jogadores se focarão em defender ou atacar; Muito Fluído: Os jogadores contribuem em todas as funções. Como visto, cada filosofia reduz o nível de especialização. No "Muito Estruturado" você tem cinco diferentes tipos de funções, no "Estruturado" quatro responsabilidades, no "Flexível" três, no "Fluído" dois e na opção 'Muito Fluído" apenas uma. Na filosofia "Muito Estruturada" você espera que cada jogador obedeça a sua descrição de responsabilidades, então você poderá selecionar várias funções específicas. Na filosofia "Muito Fluída", você espera que todos os jogadores façam um pouco de tudo, o que torna as marcações de funções redundantes.
      Eu considero o seguinte como funções especializadas:
      Jogador Alvo; Oportunista; Centroavante; Falso 9; Enganche; Armador Avançado; Armador Recuado; Regista; Meio-campista Recuperador de Bolas; Volante; Líbero. Essas quatro funções podem se encaixar em qualquer campo, dependendo da sua interpretação:
      Atacante Completo; Atacante Defensivo; Atacante Sombra; Camisa 10; Lateral Limitado; Meio-campista Área-Área; Ala Completo; Defensor com bola. E considero as seguintes, funções genéricas:
      Atacante Recuado; Meia Atacante; Segundo Atacante; Ponta; Meio-campista Central; Meio-campista Lateral; Meia Defensivo; Terceiro Zagueiro; Lateral; Líbero; Zagueiro; Defensor Limitado; Goleiro Líbero. Eu geralmente sugiro a seguinte regra:
      Muito Estruturado: 4-5 funções especializadas Estruturado: 3-4 funções especializadas Flexível: 2-3 funções especializadas Fluido: 1-2 funções especializadas Muito Fluido: 0-1 funções especializadas 2- Adaptar as funções para os jogadores:
      Você vai perceber que muitas funções não se encaixam perfeitamente nos pontos fortes e fracos de um jogador. Use as instruções individuais para ajustar as habilidades de um jogador com a as exigências da função. Se você achar que está ajustando muita coisa, pode ser que o jogador escolhido possa não realizar a função desejada e outro jogador seja mais adequado. Não confie cegamente no seu assistente. Dê uma conferida. Como a função do jogador fica com o jogador, você pode ter um meia-atacante pelos lados definido como Ponta, com função de Ataque, mas um outro jogador com um conjunto de habilidades mais adequadas, com bom passe como Armador Avançado/Apoiar. Você não está mais preso a ter as mesmas funções para todos os jogadores sem fazer mudanças complicadas.
      3- Tenha em mente que os nomes das mentalidades são mais complicados do que parecem:
      A mentalidade defensiva ainda usa o contra-ataque, enquanto que a mentalidade ofensiva pode ter uma defesa sólida. Os dois extremos (Contenção e Sobrecarregar) são tanto ofensiva, quando defensiva. Uma boa regra é que, se você quiser jogar com vários meias recuados e um jogo de passes curtos, escolha uma mentalidade menos ofensiva, enquanto que se você quiser ter pontas eficientes e um estilo direto, escolha uma mentalidade mais ofensiva.
      4- Concentre-se nas funções e deveres e suas combinações:
      Certifique-se que você tem uma função de Ataque na defesa, geralmente, mas não necessariamente combinada uma função de Apoio, uma função de Ataque e uma de Defesa no meio de campo e uma de Apoio (Camisa 10, Falso 9) no ataque. Esse tipo de estrutura incentiva o movimento entre as linhas, o que é vital para uma tática dinâmica, que cria diversas oportunidades. Ele também garante um sistema defensivo mais fechado, em que a equipe defende em blocos ao invés de linhas desconectadas. Se você jogar com uma formação que tenha um atacante solitário, garanta que ele recue um pouco, dando-lhe função de apoio (Camisa 10 ou Falso 9), pois com outros papéis, corre o risco de isolá-lo, resultando na incapacidade de criar/participar das jogadas. A exceção é quando há um Armador Avançado atrás dele. Nessas formações, você vai querer que seu atacante permaneça na faixa alta em toda linha ofensiva, abrindo espaços para o Armador se movimentar. Certifique-se que você tenha pelo menos uma função de Meio-Campista automática, para quebrar as jogadas e ter posse de bola. Se você quiser usar um armador, pense na melhor posição para que ele crie jogadas, ou então, ele ficará isolado.
      5- Olhe para a página de comparações da equipe para determinar quanto forte/fraca sua equipe é na divisão:
      Considere usar os ajustes táticos para aproveitar isso (por exemplo, se você tem uma equipe lenta, pressione menos, ao passo que, se a equipe é veloz e trabalhadora, pressione mais). Embora isso se torne menos importante com o moldar da equipe ao seu estilo, as vantagens adquiridas com a compreensão de como sua equipe está, comparada com as demais da divisão, pode ser vital ao assumir um novo clube.
      6- Use as instruções da equipe para desenvolver e salvar um estilo de jogo preferido:
      Tais instruções devem se adequar aos pontos fortes e fracos da equipe. Por exemplo, uma equipe altamente técnica pode jogar de forma mais profunda, mantendo a posse de bola, passando para o espaço a frente, correndo para cima da defesa, utilizando estratégia de contra ataque, pode valer a pena. Uma equipe menos técnica, porem mais forte fisicamente, pode se impor de forma diferente, então considere utilizar passes mais diretos, cruzamentos rápidos, utilizando uma estratégia ofensiva. Há diferentes modos de construir um estilo de jogo. Às vezes, você terá uma equipe boa o suficiente para moldar um estilo de jogo, outras vezes, o estilo de jogo pode ser forçado. Você pode querer alterar um estilo em uma partida, com base em outras partidas. Não há nenhuma regra geral. Somente tente ser lógico em suas combinações.
      7- Antes de cada partida, considere olhar as condições climáticas e a formação da equipe adversária para determinar sua estratégia de jogo:
      Pode ser muito difícil de contra atacar em um gramado pesado e encharcado, então você pode ter que abandonar seu estilo de jogo preferido e optar por um mais feio. Você pode querer expor uma formação aberta do seu oponente, explorando os flancos e procurando sobreposições. Você pode obter êxito com sua estratégia inicial. Embora seja pessoal o quanto você gostaria de adaptar as coisas, em tais circunstâncias, esteja ciente de que a falta de flexibilidade pode custar caro.
      8- Olhe a formação da equipe adversária e as condições/habilidades dos jogadores e considere usar as Instruções Sobre o Adversário para combatê-los:
      Você pode utilizar as Instruções Sobre o Adversário para combater alguns jogadores perigosos, ou impedir os cruzamentos de chegarem, direcionando para jogadores lentos ou menos corajosos. Seja cuidadoso ao definir essas Instruções, uma vez que você pode prejudicar a estrutura geral do seu time.
      9- Jogue a partida de forma dinâmica:
      Durante o jogo, não tenha medo de mudar as coisas através de gritos e estratégias se as coisas não estiverem funcionando. Faça de forma lógica, e não apenas fazer por fazer. Por exemplo, pode ser uma má ideia jogar mais ofensivamente para fazer mais gols, principalmente se o adversário está jogando mais recuado e fechando o último terço do campo com jogadores defensivos. Se você observar esse padrão, você pode preferir jogar de forma mais profunda e o contra ataque possa produzir mais chances do que ser mais agressivo, pois assim você irá trazer o adversário um pouco mais. Uma vez que você marcou, decida se você quer fazer mais gols ou segurar a vantagem, mudando ou mantendo a mesma postura. Com o tempo, você vai confiar nas suas decisões em jogo e desenvolver um sistema que funcione. Você vai saber quando mudar, o que mudar e quando confiar na sua equipe para avançar.
      10- Perceba que as preleções são contextuais:
      Elas não se relacionam com o placar, o placar é contra a qualidade/reputação do adversário e o modo que você joga. Às vezes, você pode estar satisfeito com um 0x0, às vezes, você escapou com um 2x0 contra uma equipe bem inferior, nesse caso, alertar a equipe contra a complacência é necessário. Reaja ao que você acha que deveria ter acontecido e não ao placar. É importante notar que, embora as preleções e interações com a mídia geralmente não têm grande influência em como um jogo se desenrola, às vezes podem fazer a diferença. Pode ser que uma boa estratégia motivacional resulte em um jogador que vá jogar “a partida de sua vida”. Consequentemente, vale a pena considerar a sua estratégia motivacional antes de um “jogo-chave”, que pode ter uma diferença sutil, mas vital durante a partida.
      11- Nunca pare de aprender:
      Eu comecei a trabalhar quando minha estratégia de passar para o espaço vazio não funcionou com uma estratégia ofensiva. Observando o jogo após um doloroso 0x0, ficou óbvio para mim que todos estavam correndo muito à frente dos meus principais criadores, Lateral – Apoiar e Meio-campista Recuperador de Bolas. Não era o ideal. No entanto, com uma estratégia menos agressiva, meus principais criadores eram o Armador Avançado e os Pontas – Apoiar, que era o que eu queria. Por isso, abandonei a estratégia ofensiva e adotei a estratégia padrão, mudando nos gritos se eu decidisse jogar de forma mais agressiva (geralmente devido às condições climáticas do gramado). Se as coisas não estão funcionando como esperado, há sempre “pistas” no jogo, se você observar cuidadosamente.
      12-  Por fim, se você não progredir e ficar frustrado, visite o fórum de táticas e explique seu problema. Contando que você seja claro e detalhado, as chances de nós não sermos capazes de te ajudar, são pequenas.
      Tópico Oficial: https://community.sigames.com/topic/297428-how-to-play-fm14-a-twelve-step-guide/
      Autor: wwfan
      Tradução: @Stay Heavy
      Banner: @_Matheus_
×