Ir para conteúdo

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Gourcuff

Cut Out 6.0 (13/14)

Recommended Posts

Lenine

Os panini são muito fáceis de fazer. O cut-out depende de uma boa foto para poder "cortar". Se quiserem podemos fazer facepack do brasil.

Cut-out + panini = 186.322

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
rsm_rlb

Alguém pode me dizer se já tem as faces do Elias e do Hyuri?

Os panini são muito fáceis de fazer. O cut-out depende de uma boa foto para poder "cortar". Se quiserem podemos fazer facepack do brasil.

Cut-out + panini = 186.322

Faz Lenin? Não sabe como eu agradeceria por isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Bohannon

Cut-Out tem 130 mil, quase 50 mil a mais que o antigo pack que eu usava.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lenine

Alguém pode me dizer se já tem as faces do Elias e do Hyuri?

Faz Lenin? Não sabe como eu agradeceria por isso

Não existe ainda? vou fazer o do Hyuri e depois eu faço o outro. Não coloquei o ID pois estou baixando o FM 2014.

mini_131103021637753877.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gabriel;

Se quiserem podemos fazer facepack do brasil.

Faz um tutorial ensinando que te dou uma mão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
rsm_rlb

Não existe ainda? vou fazer o do Hyuri e depois eu faço o outro. Não coloquei o ID pois estou baixando o FM 2014.

Eu queria um facepack só de jogadores que atuam no Brasil, porque raramente jogo na Europa. Sendo assim, o do Brasil pra mim seria o suficiente. Só que o unico facepack que achei, é só jogadores da série A, atualizado até meio de 2012. Se puder fazer essa facepack, eu agradeceria taaanto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lenine

Faz um tutorial ensinando que te dou uma mão.

É bem fácil. Até eu consigo, rsrsrs! No site dos Panini tem tutorial. Vou procurar e já posto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Noubys

Saiu um update 6.1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
M1to 100ni

Tem algum torrent?

Esse link do sortitoutsi baixa a 20kb/s, ta foda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
André Lemos

Uma dúvida boba, o que seria Icon que tem para baixar tb?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Noubys

Uma dúvida boba, o que seria Icon que tem para baixar tb?

O completed megapack é o que tem as faces de tamanho normal, 180 x 180. O icons é o que tem as faces em formato de ícone e elas vão ficar assim no seu jogo:

OgAAAF5KO8G0VVYXfn91p_r7DroEB9j355kAsW4K

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Dudar

Alguem notou alguma diferenca do cut pro panini ?

Tem como deixar preferencia pro cut e segundo plano caso nao tenha a face pro panini ? valeu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
EsRibeiro®

Alguem notou alguma diferenca do cut pro panini ?

Tem como deixar preferencia pro cut e segundo plano caso nao tenha a face pro panini ? valeu.

Aqui no meu fica assim, eu só deixei os dois em suas respectivas pastas dentro da pasta logos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
LikeaBoss

Vale a pena esses icons?

Em que tela eles aparecem?

Não me parece muito bonito...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Noubys

Ja saiu o MOD das faces 180x180?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Leho.

Já saiu o MOD das faces 180x180?

Acho que ainda não. Eu pelo menos não vi por nenhum lugar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Kradeu

Alguém tem o link pra baixar por torrent?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Noubys

Alguém tem o link pra baixar por torrent?

So entra la no sortitoutsi se cadastrar caso não seja e pegar o torrent

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Stay Heavy

Qualquer coisa upo uma SS pra deixar mais claro ...

edit: peguei o 6.0 no torrent, se forem baixar também é só dar quote avisando, ai fico de seed.

Estevão, tem como postar a SS do caminhos das suas pastas? Acho que fiz confusão aqui hahaha.

E quando vc criou as pastas, precisou usar o XML config ou nem mexeu em nada?

Vlw!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
EsRibeiro®

Estevão, tem como postar a SS do caminhos das suas pastas? Acho que fiz confusão aqui hahaha.

E quando vc criou as pastas, precisou usar o XML config ou nem mexeu em nada?

Vlw!!!

Nem mexi em nada do config cara HUhuahuUAHuhu. Já coloco as imagens aqui.

Bom, o caminho das pastas é o seguinte:

(nome do usuário) / Documentos / Sports Interactive / FM 2014 / pictures / faces /

Imagem

zs6y.png

Dentro da pasta do Panini e dentro da pasta do Cut Out só tem as imagens e o respectivo config. Não mexi em nada. Eu só descompactei e deixei em pastas separadas, já que cada um tem um config, se eu misturasse, um config ia interferir no outro e bem provavelmente daria erro em algum dos packs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Stay Heavy

Nem mexi em nada do config cara HUhuahuUAHuhu. Já coloco as imagens aqui.

Bom, o caminho das pastas é o seguinte:

(nome do usuário) / Documentos / Sports Interactive / FM 2014 / pictures / faces /

Imagem

zs6y.png

Dentro da pasta do Panini e dentro da pasta do Cut Out só tem as imagens e o respectivo config. Não mexi em nada. Eu só descompactei e deixei em pastas separadas, já que cada um tem um config, se eu misturasse, um config ia interferir no outro e bem provavelmente daria erro em algum dos packs.

Blz, agora entendi certinho!

Vou fazer aqui.

Obrigado Estevão!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Stay Heavy

Só pra constar. Aqui deu certo as faces cut-ou com panini. As cut-out substituíram as panini e onde não tem cut-out, ficaram as panini. Agora está bem mais completo.

Mas o caminho que utilizei foi outro, deixei como nos FM´s anteriores, data/graphics/players.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
olokoporfutebol

cut-out está bem desatualizada, fotos antigas de jogadores...sei lá

Sempre as uso, mas ...

o-lOoKoo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
rsm_rlb

As Panini tem por Torrent ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Conteúdo Similar

    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Eu descobri recentemente que é muito importante olhar para as categorias de base como um todo, e como uma parte importante de constantes mudanças e evoluções de um clube. Muitos jogadores apreciam o desafio de desenvolver suas equipes através das categorias de base mas também pode ser muito tentador focar no curto-prazo, mesmo sendo tão contraditório como parece, e ignorar o que acontece no futuro.

      Quando se trata das categorias de base, eu percebi que eu normalmente desenvolvia os jogadores como eles já estavam moldados para ser, poupando tempo e fazendo eles preparados para a equipe principal o mais rápido possível. Mas descobri recentemente que essa não é a melhor maneira de se lidar com eles e assim eu troquei minha estratégia para permitir futuras mudanças nas minhas táticas. Muitos times, na medida que crescem, vão desenvolver suas táticas drasticamente com o passar do tempo, muitas vezes a cada temporada se você deseja melhorar rapidamente.

      Ao mudar uma tática, os atributos que o treinador precisa em seus jogadores muda. No começo de uma carreira, um simples 4-4-2 geralmente é a melhor opção porque necessita de poucos especialistas e pode se obter sucesso com dois meias decentes com resistência para atacar e defender, tal qual Keane/Vieira e dois rápidos pontas clássicos. Nessa tática, não há necessidade para altos níveis de técnica, criatividade, decisões, antecipação e outros atributos altamente cobiçados, por isso é tão popular em divisões mais baixas e países taticamente atrasados (Inglaterra, estamos falando de você). O que quero deixar claro é que quando você assume uma equipe que está muito longe do topo, você busca por atributos totalmente diferentes de quando você está lutando por títulos nacionais e continentais cinco anos depois. No planejamento comercial, existe um conceito similar, chamado planejamento da mão de obra, no qual um negócio vai tentar descobrir onde ele está agora e onde estará no futuro, e quantos e qual tipo de trabalhadores eles vão precisar para cumprir o que o negócio necessita através do tempo. Isso permite que eles lentamente mudem o tipo de trabalhador que não se encaixa nos planos futuros, enquanto, eles treinam e buscam pessoas que se adequam as necessidades. Atualmente eu faço algo parecido com minhas categorias de base, meu principal objetivo é me preparar taticamente ao longo prazo e não olhar apenas para o presente.

      Geralmente existem duas filosofias que cercam as categorias de base, devo desenvolver jogadores para vender ou para usar? Para decidir qual é a melhor, olhe para o seguinte: seu clube tem projeções financeiras boas para o próximo ano ou você tem dívidas que sugam todo seu esforço? Se for a primeira, opte por usá-la, se não, pode ser mais interessante produzir jogadores para outras equipes, criando jogadores que eles necessitem e que possam pagar uma montanha de dinheiro por eles. Alguns jogadores, como Paul Pogba, são tão bons que podem se encaixar em ambos os casos (veja que os Devils de Fergie ano passado e o de Moyes atualmente choram a perda do jogador, que seria uma importante peça no atual time vermelho) e você tem a flexibilidade de decidir o que deseja fazer com ele. Mas se você desejar desenvolver esse tipo de jogador, pode acabar ficando desapontado com os resultados

      Eu sei como é fácil entrar num planejamento a curto-prazo porque recentemente eu estava fazendo isso. Em um save meu com o Schalke, o mais duradouro desse ano, eu percebi que estava desenvolvendo 4 ou 5 zagueiros de maneira similar:


      Eu tinha tantos "Zagueiros Limitados" na mesma faixa etária que eu tinha um problema com o que fazer com eles e com o que eu faria taticamente. Quando todos eles chegaram ao clube, entre a primeira e a segunda temporada, minha equipe principal estava necessitando de zagueiros fortes, bravos que poderiam receber pancadas e devolver ela com três vezes mais força, tipo Vidic. Naquela época eu tinha três defensores que "jogavam com a Bola", eram extremamente calmos com a posse de bola, mas pecavam nas disputas físicas para proteger e manter a estabilidade no nosso estilo de jogo, o contra-ataque. Todos os cinco chegaram com o potencial para serem grandes e durões "Zagueiros Limitados" e eu deixei eles continuarem seu desenvolvimento sem me preocupar com o futuro, apenas me preocupando em prepará-los o mais rápido possível para a equipe principal.

      Grande erro. Por que eu iria querer cinco jogadores no meu time que tivesse as mesma características e a mesma faixa de idade? Foi uma coisa ridícula a se fazer e agora eu tenho cinco zagueiros para uma posição e eu provavelmente só vou precisar de um ou dois deles. Um bom plano seria dividi-los em dois grupos, assim um substituiria Clark/Lucas Zen como "Defensor que joga com a Bola" - já que nenhum deles era tão ruim assim com a bola - ou melhor ainda, podia ter contratado apenas metade deles e investido em outros que pudessem suprir minha outra necessidade.


      Agora eu estou com muitos zagueiros que valem pouco porque eles competiram entre si, mesmo sem nenhuma experiência na equipe principal e ironicamente, para remediar a situação eu vou ter que gastar dinheiro num jovem "Defensor que joga com a Bola" de um clube que planejou para o futuro e produziu o que queria. E eu ainda tenho que pagar £500.000 por esse prazer.
      ---

      Link para o post original: http://www.pushthemwide.co.uk/youthdevelopment-planning/
      Autor: Jad
      Tradução: Henrique M.
      Banner: _Matheus_
    • Henrique M.
      Por Henrique M.
      Esse guia foi criado quando Fergie aposentou, então ele foi construído em volta do FM 2013, mas o seu conceito é tão atemporal que ele vale para qualquer versão do FM, de 2005 até 2050.

      Todo treinador, seja ele virtual ou real, deseja deixar um legado no seu clube. Desenvolvendo um elenco - e um elenco reserva e um elenco das categorias de base - que vai ser tão magnífico, tão cuidadosamente construído que ele será capaz de tomar conta na próxima década e levar adiante depois da sua saída. Parece particularmente oportuno, tendo em vista que um dos grandes treinadores da história se aposentou no final da temporada passada, falar desse assunto.
      Eu sempre tive interesse nos processos de desenvolvimento a longo prazo e a maneira pela qual os treinadores são capazes de olhar para o futuro e prever precisamente, na maioria dos casos, o que está por vir. A habilidade de Sir Alex Ferguson de construir e reconstruir seu elenco, antes de destruí-lo e fazê-lo ainda mais forte em resposta aos títulos e ameaças do Blackburn, depois o Arsenal, depois o Chelsea, depois o rival citadino Manchester City, é admirável.
      Fergie era fantástico pois ele era capaz de construir seus times em volta de jovens jogadores que ele saberia que seriam fantásticos no futuro. Não foi antes de três a cinco anos depois que ele vendeu grandes nomes como Ruud Van Nistelrooy, David Beckham e Jaap Stam que se tornou claro o que ele pretendia. Sempre havia um outro jogador para que ele pudesse construir sua equipe em volta e alguns outros, e assim a equipe ficava ainda mais forte. Quando Nistelrooy saiu, Tévez e Rooney vieram a tona; quando Beckham saiu, surgiu Cristiano Ronaldo; quando Stam saiu, Ferdinand assumiu seu lugar um ano depois.
      Eu joguei muito tempo com uma visão de curto-prazo (assim como Mourinho faz em suas equipes e por isso deixa um legado ruim). Obviamente eu contratei jovens jogadores, sonhando acordado com seus progressos durante os anos e sim, muitas vezes se tornaram realidade, mas isso não era satisfatório. Não é bem como eu imagino o que Ferguson e outros grandes treinadores estão/estavam fazendo em seus escritórios as três horas da tarde. É difícil imaginar qualquer grande treinador girando seus dedões impacientemente e esperando suas promessas se tornarem realidade. Muito mais fácil é imaginar eles incansavelmente construindo e ajeitando o seu elenco ideal em cinco anos, encaixando as coisas como em um quebra-cabeça.
      Então foi isso que eu decidi fazer. Eu quero um elenco em volta das minhas melhores promessas, não me importando com aqueles que não vão estar por perto quando eles estiverem no auge, focando minha política de transferências em quem pode preencher os defeitos desse "elenco dos sonhos", retirando o melhor do cerne da equipe e desenvolver uma cultura que é a prova de falhas.
      Tendo em vista toda essas descrições e exaltações das características de Fergie, não poderia escolher outra equipe que não o Manchester United, e tendo em vista a mudança de comando (e a atual fase de Moyes com a equipe), não poderia ter sido melhor escolha.
      Montando o esqueleto da equipe
      O Chelsea é o maior exemplo de um clube que teve um grupo de jogadores que montaram o esqueleto de uma equipe durante toda a década de 2000. Petr Cech, Ashley Cole, John Terry, Frank Lampard e Didier Drogba se tornaram as almas do time e eles realmente tiveram dificuldades sem ao menos um deles. Esse elenco se envelheceu, Drogba saiu, mas seus papéis no sucesso dos Blues não podem ser superestimados. Até a imprensa, que costuma ser devagar, reconheceu a importância deles.
      Eu gostaria de me apropriar dessa ideia mas de uma maneira diferente, olhando um pouco mais para baixo na hierarquia do clube, montando meu time em volta de jogadores muito mais jovens. O Chelsea tornou-se uma grande força, quando seus principais jogadores estiveram vivendo seu grande momento na carreira em conjunto e atualmente, eles sofrem muito por não ter renovado esse esqueleto. Aqui está o meu núcleo:

      Você pode sentir a ausência de grandes jogadores. Rooney e van Persie, por exemplo, e talvez, Valencia. Mas você também pode reparar que o mais velho dos jogadores escolhidos é Kagawa, tem 23 anos. Esses são os jogadores que devem ficar e brilhar ao longo dos anos, não levando em conta problemas de desenvolvimento e lesões gravíssimas. Os únicos que podem ter seus lugares ameaçados ao longo do tempo são Welbeck e Cleverley, mas eles tem potencial para ir longe e são bem melhores no FM do que na vida real (no momento).
      Isso não quer dizer que Rooney e van Persie não jogarão comigo. Eles provavelmente irão, mas não dá para construir um elenco em volta deles tendo em vista a idade do holandês e o desejo de Wayne de sair (esse guia foi escrito bem antes do Rooney renovar). O mesmo vale para Vidic e Ferdinand, eles podem ser jogadores-chaves agora e podem jogar o mesmo tanto ou até mais que os jovens jogadores, mas seus dias de serem vitais e serem recompensados financeiramente por isso acabaram.
      Uma política de transferência inerente
      Uma área aonde eu já naveguei muito é o mercado de transferências, comprando jogadores para o presente e avaliando os prospectos nesse contexto, muito aquém de saber se eles se encaixariam futuramente no meu elenco. Seria um absurdo comprar um zagueiro quando eu busco solidez na futura parceria de Jones e Smalling e que também seria um desperdício de dinheiro comprar um meia-atacante quando Kagawa é tão bom e Cleverley também pode ser posicionado ali.
      Mas existem áreas que devem ser observadas. Não temos um atacante para liderar isso tudo, não temos substituto para Evra, não temos um volante intocável e ninguém para a ponta-direita, apesar de Zaha ser uma boa opção.
      É claro que temos que pensar um pouquinho no agora. Os Devils sentiram a falta de Roy Keane por muitos anos no meio-campo e então eu trouxe Fellaini que resolve um problema recorrente, é jovem, e é o ideal para preencher a vaga em um meio-campo que já conta com Kagawa e Cleverley. Esse é o tipo de contratação dos sonhos, já que ele é bom o suficiente para ocupar o seu espaço imediatamente e não precisa aguardar um jogador de maior reputação sair para ser titular. Ele se encaixa imediatamente no elenco e na função desse artigo, um visão de futuro para a equipe. Porém, dificilmente voltarei a ter essa sorte. Eu ainda tenho uma força de ataque muito poderosa e que simplesmente não pode ser desmontada e que é capaz de continuar marcando muitos gols por ao menos mais três temporadas. Eu ainda tenho um bom lateral-esquerdo em Evra e um bom ponta-direita em Valencia.
      O que eu posso fazer é me preparar para quando eles saírem ou aposentarem, gradualmente mudando a maneira que eu trato o mercado de transferências. Vale lembrar que cada contratação tem que complementar as habilidades daqueles que já estão no esqueleto da equipe.
      O atacante, por exemplo, estará a frente de Kagawa, Cleverley e Welbeck. Essa é uma grande combinação de imprevisibilidade, agilidade e velocidade com um pouquinho de criatividade. Preferencialmente, o meu "atacante para o futuro" tem que se movimentar bastante e ser inteligente o suficiente para criar chances para aqueles atrás dele, com um pouco de presença aérea para ser competente para concluir os cruzamentos do meu ponta pela direita. (Eu ainda não sei quem vai ser o da direita, mas eu gosto de um pouco de assimetria nos meus pontas).
      Eu quero um Número 10, de forma eficaz, um tipo mais complementar. Ironicamente, esse jogador seria parecido com van Persie, uma pena que ele já esteja tão velho para esse tipo de abordagem. Nicklas Helenius parece ser uma boa opção, mas ele me parece meio velho para o projeto. Isso porque eu vou ter que esperar Van Persie passar seu auge e até lá, Helenius já estará meio velho.
      Eu decidi pelo atacante do Rayo Vallecano, Léo. Um jogador fantástico que completou apenas 20 anos agora e é um atacante muito criativo. Ele pode não ser o melhor pelo ar, mas ele tem 1,83 m e se encaixa perfeitamente nas minhas outras necessidades.

      Essas são as melhores decisões para ter uma equipe fluida taticamente e realmente entrosada no futuro. Esse tem tudo para ser um elenco devastador, porque cada jogador tem sua função complementada pelos companheiros. A imprevisibilidade de Kagawa vão ser apoiadas pelos passes de Cleverley e pelas infiltrações de Welbeck. Nosso atacante será capaz de fornecer movimentação, oportunidades e inteligência, tudo previamente selecionado para sua função. Isso é o que eu imagino que o Guardiola faz assim como Ferguson fez por 26 anos.
      Vamos falar agora de "Cultura", apesar de ser um termo mais gerencial que futebolístico eu acredito que encaixe perfeitamente no caráter, valores e acho que é um termo mais adequado que "Personalidade do Elenco" como coloca o FM. Os jogadores contratados tem que encaixar nos seguintes parâmetros:
      O primeiro grupo de jogadores são aqueles jogadores que se encaixam perfeitamente com a personalidade que você deseja criar. Nessa altura do jogo, tem que ser um Profissional Modelo ou algo do tipo; O segundo grupo de jogadores são aqueles jovens que não tem a personalidade necessária, mas que podem ser tutorados e adquirir essa personalidade de seus jogadores Sem contratações de Ravel Morrisons se você não tem Ryan Giggs para tutorá-los. Numa abordagem a longo prazo, eu acredito que a cultura é tão importante quanto vencer a liga. Eu acredito que devo construir um elenco determinado e com a personalidade certa e creio que essa é a parte central desse tipo de desenvolvimento.
      Fellaini encaixa perfeitamente nisso. Ele pode não ser o jogador mais profissional, mas sua determinação faz ele se adequar ao tipo de elenco que estou montando. É bem provável que ele seja anti-desportivo e jogue sujo, dando-nos aquela bravura que era característica dos melhores Devils dos últimos 20 anos. E ainda tem outro efeito interessante: ele inicia um efeito dominó para o próximo elenco, tutorando o próximo volante que você quiser usar.
      O novo esqueleto

      E são assim que as coisas ficam após minha primeira janela de transferências. Ainda tenho duas posições não resolvidas e dúvidas podem ser colocadas sobre Welbeck e Cleverley, mas é admissível que esse time, no seu auge e com algumas modificações, pode vencer a Champions League. Eu não estou preocupado que as coisas não estejam terminadas - eu estaria se já tivesse completado, o que me traria um grande problema em combinar esse esqueleto com os atuais jogadores de qualidade do elenco. Em alguns anos antes da aposentadoria/venda de alguns grandes jogadores, haverá a chance para que newgens surjam e ocupem os espaços ou até melhorem as posições carentes desse esqueleto.
      O desenvolvimento de um elenco deve ser a longo prazo. Mas também deve ser prazeroso, uma extensão da sua estratégia de formação de elencos. Pode levar mais tempo, e você pode ter que parar de contratar jogadores por capricho, mas é isso que cria um clube gigante.
      ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Link para o post original: http://www.pushthemwide.co.uk/legacy-squad-development-fm13/
      Autor: Jad
      Tradução: Henrique M.
      Banner: _Matheus_
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Encontrei um excelente material no site britânico The Away Stand (www.thewaystand.co.uk), que trazia os melhores staffs para cada função. Pretendo usar esse tópico criado pelo membro Rico do TAS e com colaboração de Pancakes do mesmo TAS para mostrar o que procurar em cada staff para você conseguir aqueles treinos 5 estrelas. Tomem esse post não como uma indicação, mas sim um indicador de que atributos procurar em cada staff.
      Diretor de Futebol
      Bryan Robson - Livre - Aproximadamente 32 mil por mês.
      O famoso bom e barato. Apesar de ser mais velho que o desejado, ele tem uma distribuição perfeita de atributos nas mais variadas áreas. Ele vai querer ser olheiro, mas ele será melhor empregado como Diretor de Futebol.

      Auxiliar Técnico
      Mauro Tassoti - Milan - Liberação por aproximadamente 5 milhões de reais - aproximadamente entre 150 mil e 300 mil reais por mês
      Obviamente é muito caro, mas ele é o melhor auxiliar que você poderia ter. Com excelente atributos em Gestão de Recursos Humanos, Conhecimento Tático e Motivação além de muitas outras coisas. Você pode delegar ele diversas tarefas e ele se sairá bem em todas.

      Diretor do Futebol Juvenil
      Tony Carr - West Ham - liberação por aproximadamente 300 mil - aproximadamente 25 mil por mês
      É excepcional quando se trata de Trabalho com Jovens, além de ser excelente para julgar a capacidade e o potencial de jogadores. E além disso tudo, ainda tem bons atributos de treino.

      Treinador Sub-21
      Alessandro Nesta - Livre - Aproximadamente 40 mil por mês
      Grandes atributos, salário baixo, multitarefas e ainda tem um excelente Trabalho com Jovens e ele ainda pode dar uma cobertura no treino de goleiros.

      Treinador Sub-18
      Paul McGuiness - Manchester United - liberação por aproximadamente 400 mil reais - aproximadamente 70 mil reais por mês
      Jovem e que passou toda sua vida jogando no Manchester e agora tem sua chance como staff. Tem muitos anos de carreira e é excelente para fazer o trabalho com seus jovens jogadores. Além de ter alto nível em julgar o potencial dos jogadores e em Gestão de Recursos Humanos, então pode confiar seus garotos a ele.

      Preparador - Ataque
      Leão - Livre - aproximadamente 75 mil por mês
      Sim, ele mesmo. Aquele Leão que já treinou diversos clubes pelo Brasil. Ele será usado como Preparador de Ataque, mas pode ajudar em outras áreas também. Além de ter um conhecimento como olheiro interessante no Japão.

      Preparador - Defesa
      Paulo César Batista dos Santos - Livre - aproximadamente 20 mil por mês
      Um grande preparador. Apenas mais um dos grandes preparadores brasileiros do jogo, dos Santos é realmente um excelente preparador para a defesa e é muito barato. Qualquer um que consiga atraí-lo deve contratá-lo.

      Preparadores Físicos
      José Mário Campeiz - Livre - aproximadamente 40 mil por mês
      Mais um grande preparador brasileiro, Campeiz é praticamente o preparador físico que você pediu a Deus. Ele é um preparador cinco estrelas tanto para Força quanto para Aeróbico, então cabe a você decidir aonde encaixá-lo.

      Darlan Schneider - Livre - aproximadamente 30 mil por mês
      Lá se vai mais um brasileiro, o terceiro seguido, mas não podíamos deixar esse passar. Mais um preparador físico 5 estrelas, tal qual Campeiz. Porém ele é mais barato e tão bom quanto.

      Preparadores de Goleiros
      Ricardo Palmeira - Bahia - liberação por aproximadamente 250 mil - aproximadamente 15 mil por mês
      Alto nível em Goleiros junto com determinação, motivação e disciplina faz com que ele seja perfeito para a função. Porém você deve contratar um outro treinador com alto Trabalho com Jovens.

      Christopher Sales - Livre - aproximadamente 25 mil por mês
      Cai no mesmo caso de Ricardo Palmeira.

      Preparador - Táticas
      Fabrizio Castori - Livre - aproximadamente 80 mil por mês
      Um preparador tático muito bom, proficiente em Tática e possivelmente em aspectos mentais, o que é útil. Alta Disciplina e Trabalho com Jovens significam que ele ajudará a desenvolver muito bem seus jovens.

      Olheiros
      Francis Cagicao - Arsenal
      Mauro Pederzoli - Livre
      Jeff Vetere - Livre
      Michael Piwowarski - Livre
      Natal - Cruzeiro
      Budimir Vujavic - Manchester United
      Soren Lernby - Livre
      Jorge Alvial - Chelsea
      Lembrando que essa formaria o melhor conhecimento dos olheiros possível, aumentando o próprio conhecimento do clube.
      Fisioterapeutas
      David Fevre - Blackburn - Liberação por aproximadamente 750 mil - aproximadamente 50 mil por mês
      Chris Morgan - Liverpool - Liberação por aproximadamente 205 mil - aproximadamente 90 mil por mês
      Link para o post original: http://www.theawaystand.co.uk/community/blog/42/entry-126-perfect-staff-room/ (em inglês)
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Cada jogador dentro do FM tem uma quantidade de atributos de personalidade ocultos pelo jogo que afetam como ele desempenha seu futebol, como ele se sai nos treinos, como ele interage com os outros jogadores e com o treinador, como ele interage com a imprensa e se adapta a um novo clube.
      Os atributos de personalidades, em conjunto com os atributos mentais Determinação e Liderança são usados para determinar a descrição da personalidade do jogador, que fica no próprio perfil do jogador.
      Os efeitos de cada personalidade são descritos abaixo, seguido por detalhes de quais atributos estão atrelados a cada tipo de personalidade.
      Aprendendo a Personalidade de um Jogador
      Você pode ter uma ideia dos atributos da personalidade de um jogador não apenas pela interpretação da descrição que o jogo lhe dá, mas também observando como o jogador reage a certas situações, como as palestras individuais, quando você tiver uma conversa privada com ele, quando comentários são feitos sobre ele na imprensa ou quando ele mesmo faz comentários na imprensa. Adicionalmente, você deve se manter de olho na satisfação do jogador por qualquer indicação de quais são seus atributos de personalidade.
      Criar Notas na seção adequada da aba "Histórico" pode lhe ajudar a acompanhar e decifrar os atributos do seus jogadores.
      Gerenciando as Personalidades
      Entender a personalidade de um jogador lhe dará uma ideia de como geralmente lidar com ele, como em suas palestras. Por exemplo, se você tiver um jogador com altos atributos em Determinação e Pressão (atributo de personalidade) você poderá ser mais exigente com ele no jogo, enquanto um jogador com baixo atributo tem que ser encorajado ou ter a pressão retirada de suas costas. Similarmente, se muitos dos jogadores tiverem Ambição (atributo oculto) elevada então é sempre bom ser positivo quanto as suas chances em um jogo nas conferências de imprensa.
      Personalidades & Construção do elenco
      É importante tentar construir um elenco com jogadores que tenham personalidades positivas. Esses jogadores terão uma melhor atitude dentro e fora do campo, enquanto podem ser tutores muito úteis para os jovens jogadores, já que passariam características boas para eles. Você pode ter uma ideia de qual personalidade é mais evidente no seu elenco vendo a "Personalidade do Plantel", na aba 'Informação do Clube" da seção "Clube".
      Particularmente, é muito interessante ter um alto número de jogadores com bom Profissionalismo (atributo de personalidade) no elenco. Tais jogadores são os melhores tutores, já que melhorar esse atributo de jovens jogadores ajudarão eles a se desenvolverem rapidamente no futuro e também se aproveitar dos benefícios do Profissionalismo, que serão detalhados abaixo.
      Jogadores com boa Determinação também são benéficos para o elenco, assim como os que tem Ambição. Entretanto, se estiver treinando uma equipe pequena e estiver preocupado com os jogadores querendo sair, ter jogadores com boa Lealdade deve ser preferencial.
      Além disso, construir um elenco com jogadores com personalidades parecidas ajudarão na Harmonia da Equipe, já que será mais provável que seus jogadores desenvolvam uma boa relação entre eles e brigas serão raras, resultando numa moral melhor e melhores resultados em campo.
      Atributos de Personalidade
      Adaptabilidade - O quão bem um jogador se adapta a um novo país, uma nova cultura.
      Ambição - O quanto um jogador quer o sucesso. Jogadores mais ambiciosos se desenvolvem bem mas é mais provável que desejem sair de um time pequeno quando estiver se destacando ou se seu time não ganhar títulos.
      Controvérsia - O quão sincero um jogador vai ser com a imprensa. Jogadores com uma alta Controvérsia tem a tendência de criticarem seus treinadores publicamente.
      Lealdade - O tanto que um jogador deseja permanecer no mesmo clube. Jogadores leais tem menos chances de aceitar uma oferta melhor de outros clubes.
      Pressão - O quão bem um jogador se sai em situações desafiadoras. Quanto mais alto for em um jogador, mais difícil será ele sentir a pressão das expectativas, por exemplo, quando um treinador adversário comenta sobre ele na imprensa, ou quando o time está lutando por títulos ou para escapar do rebaixamento perto do final da temporada, assim como geralmente nas partidas. Se o jogador estiver preocupado ou chateado com alguma coisa, pode significar que ele tem o atributo baixo.
      Profissionalismo - O tanto que um jogador trabalha duro e o tanto que sua atitude geral é boa. Jogadores mais profissionais terão uma atitude excelente fora de campo, por exemplo, responderão bem a algum tipo de disciplina aplicada, como um aviso por uma péssima exibição. Geralmente, costumam se desenvolver bem, aguentam cargas de treinos mais pesadas e tem carreiras longas.
      Desportivismo - O quão ético o jogador é em uma partida. Jogadores mais desportivistas terão menos chances de trapacear, por exemplo, simular faltas e pênaltis e tem mais chances de jogar a bola para fora quando um jogador está machucado.
      Temperamento - O quão calmo um jogador é em situações ruins contra ele. Jogador com um alto temperamento terão menos tendência a se revoltar quando sofrem faltas, quando o time está perdendo ou quando as decisões tomadas vão contra sua equipe. Se um jogador fica enfurecido, pode indicar que ele tem um alto Temperamento e um baixo Profissionalismo.
       
      Descrição das Personalidades
      Personalidades Positivas
      Cidadão modelo - Bons atributos de Ambição, Determinação, Lealdade, Pressão, Profissionalismo, Desportivismo e Temperamento; Perfeccionista - Bons atributos de Ambição, Determinação e Profissionalismo, mas baixo atributo de Temperamento; Decidido - Bons atributos de Ambição e Determinação; Profissional Modelo/Profissional/Razoavelmente profissional - Bom atributo de Profissionalismo; Cheio de Energia - Bons atributos de Pressão e Profissionalismo; Evasivo - Bons atributos de Pressão e Profissionalismo; Reservado - Baixo atributo de Controvérsia, mas bom atributo de Profissionalismo; Determinado/Razoavelmente Determinado - Bom atributo de Determinação; Líder Carismático - Bons atributos de Liderança, Desportivismo e Temperamento; Líder Nato - Altíssimos atributos de Liderança e Determinação; Líder - Altíssimo atributo de Liderança; Vontade de Ferro - Alto atributo de Pressão e bom atributo de Determinação; Persistente - Alto atributo de Pressão e bom atributo de Determinação; Calmo - Bons atributos de Pressão e Temperamento; Muito Ambicioso/Ambicioso/Razoavelmente Ambicioso - Bom atributo de Ambição, mas baixo atributo de Lealdade. Personalidades Negativas
      Volátil - Baixo atributo de Temperamento; Confrontador - Baixos atributos de Desportivismo e Temperamento; Temperamental - Baixíssimo atributo de Temperamento; Pavio Curto - Alto atributo de Controvérsia, mas baixo atributo de Temperamento; Franco - Alto atributo de Controvérsia; Casual - Baixíssimos atributos de Profissionalismo e Determinação; Baixa Determinação/Facilmente Desencorajado - Baixíssimos atributos de Determinação e Ambição; Baixa autoestima - Baixíssimos atributos de Determinação e Pressão; Acomodado - Sem Profissionalismo e baixo atributo de Determinação; Sem Energia - Sem Pressão e baixo atributo de Determinação; Sem Ambição - Baixíssimo atributo de Ambição; Personalidades Neutras
      Equilibrado - Atributos balanceados de Controvérsia, Lealdade, Profissionalismo, Desportivismo e Temperamento; Espirituoso - Bons atributos de Pressão e Temperamento razoável, mas baixo atributo de Profissionalismo; Antidesportivo/Realista - Baixíssimo atributo de Desportivismo; Sereno - Bons atributos de Pressão e Desportivismo; Devotado/Altamente Leal/Leal/Razoavelmente Leal - Altíssimo atributo de Lealdade, mas baixo atributo de Ambição; Honesto/Desportivo/Razoavelmente Desportivo - Bom atributo de Desportivismo, mas baixo atributo de Determinação; Amigo da Imprensa - Baixo atributo de Controvérsia; Balanceado - Tem uma personalidade mista que não se encaixa em nenhuma das descritas acima.
    • Henrique M.
      Por Henrique M.

      Esse vai ser um tópico dividido em 3 atualizações: Preleção, Intervalo e Pós-Jogo, vamos tentar cobrir também o que falar quando um jogador entra em campo no decorrer do mesmo. Lembrem-se, é um guia, não algo a ser seguido ao pé da letra, também é uma oportunidade para dividirmos o conhecimento e maneiras bacanas de aproximar dos jogadores.
      Como conseguir as reações desejadas
      Inicialmente, uma coisa que deve ser levada em conta é que sua reputação inicial faz toda a diferença do mundo quando se trata de motivar seus jogadores. Principalmente nos 6 meses iniciais.
      Se os seus jogadores não estiverem respondendo a suas palestras ou estiverem tendo reações negativas quando você está no comando daquele clube gigante com reputação semi-profissional (acontece em 95% dos casos), então eu sugiro que você não faça nenhuma palestra até conquistar alguma Copa ou tiver terminado a temporada. Quanto mais do seu elenco você conhecer, mais eles vão reagir.
      Isso pode ser melhorado elogiando os jogadores depois de boas exibições e se tornar pessoal favorito de muitos jogadores no seu elenco é algo que você deve ter em mente. Isso é um fator vital que muitas pessoas desconsideram.
      Diretrizes Gerais
      1) Seja paciente, não queira que sua equipe comece a se empolgar com você logo de cara, ainda mais quando a maioria deles tem mais reputação que você. Trilhe seu caminho ao sucesso, eles vão te acompanhar.
      2) Em caso de reações negativas dos jogadores, peça para o auxiliar fazer por você ou não faça palestras. Às vezes não dizer nada fará milagres, especialmente se você estiver atrás do placar no intervalo.
      3) Tenha em mente que a sua reputação é um fator vital para isso funcionar. Não coloque amador e deseje ter vida fácil ao escolher um Real Madrid da vida.
      4) Elogie seus jogadores e construa uma relação com eles. Se torne o treinador favorito deles.
      Palestras Pré-Jogo
      Se você tiver um jogador que tirou mais que 7,4 no último jogo, marcou um ou dois gols ou fez uma atuação defensiva sólida, deve aparecer a opção "Quero ver mais do mesmo", escolha ela em 99% das ocasiões.
      Se o jogador foi muito mal no último jogo, média abaixo de 6, você poderá dizer "Eu espero mais" para ele, use-a se você decidiu dar uma nova chance ao jogador.
      Mas isso só poderá ser feito após a palestra para o time todo, então, vamos ao que interessa:
      Adversário mais forte ou maior (você não é o favorito)
      Palestra Geral: Vão lá para dentro, descontraiam-se e joguem o seu jogo natural. O resultado aparecerá
      Tom de Voz: Calmo ou Assertivo
      Palestra Individual: "Eu tenho fé em você, vai lá para dentro e faça a diferença"
      Tom de Voz: Calmo, assertivo ou apaixonado.
      Esse método relaxa seus jogadores e evita uma grande perda de moral em caso de derrota. E ainda pode ocasionar milagres dentro de campo.
      Também recomendo as versões parecidas dessa palestras como "Ninguém espera que consigamos um resultado" ou "Boa Sorte". Pode gerar o mesmo efeito, principalmente se você estiver jogando fora de casa.
      Adversário mais fraco ou menor (você é o favorito)
      Jogos em casa
      Palestra Geral: "Eu espero uma vitória", "Vamos lá pessoal, somos os favoritos, vamos mostrar a eles o que podemos fazer", "Vamos dar a eles a exibição que eles estão esperando" e "Um time como o nosso não deve ter dificuldades em vencer essa partida"
      Tom de Voz: Calmo, Assertivo ou Apaixonado
      Palestra Individual: "Eu tenho fé em você, vai lá para dentro e faça a diferença"
      Tom de Voz: Calmo ou Apaixonado
      Jogos fora
      Palestra Geral: "Vamos fazer isso pelos fãs" ou "Vamos dar aos fãs algo que comemorar"
      Tom de Voz: Assertivo ou Apaixonado
      Palestra Individual: "Eu tenho fé em você, vai lá para dentro e faça a diferença"
      Tom de Voz:Calmo ou Apaixonado
      Palestras no Intervalo
      As palestras no intervalo são as mais importantes, em minha opinião. Elas podem mudar a história do jogo para melhor ou para pior. Espero que essas sugestões possam lhe colocar no caminho do primeiro.
      Quando voltamos do primeiro tempo, se algum jogador tiver cometido e/ou estiver com uma nota inferior a 6, eu já logo de cara substituo ele, pois eu nunca vi um jogador com essa nota dar a volta por cima no jogo e terminar com uma nota superior, tipo 7,9. No final do jogo eu lhe dou um sermão (agressivo + falar que ele não jogou bem) e ás vezes multo ele pelo péssimo desempenho.
      Tenha sempre em vista o tipo de adversário contra quem você está jogando, o placar, as notas dos jogadores e o o mais importante, a moral de seus jogadores. Se estiver abaixo de bom, eu sugiro opções como "Eu tenho fé em você" e evitar ser agressivo e dizer que não está feliz com a atuação dele, isso pode piorar a situação.
      Fique atento a esse detalhe, palestras são muito imprevisíveis, já que cada jogador possui atributos escondidos que podem alterar o efeito da conversa.
      Se o seu jogador foi bem na partida anterior e não começou, o tradicional "Quero ver mais do mesmo", pois todo mundo gosta de ser lembrado pela sua grande atuação anterior. Vamos as diretrizes gerais
      Quando você não está preocupado com o resultado (Manchester United x Rushden Diamosn, o tradicional Davi x Golias. P.S: Você é o Davi)
      Palestra Geral: "Vocês ainda podem sair com a vitória!", "Vocês não tem nada para perder hoje, vão lá e deem seu melhor" e caso você tenha jogado melhor que o adversário "Sem sorte, rapazes, as coisas apenas não deram certo até agora". Tenha em mente que isso só é efetivo se você tiver mais finalizações e posse de bola ou então muitas bolas na trave.
      Tom de Voz: Calmo, Assertivo ou Apaixonado
      Palestra Individual:"Eu tenho fé em vocês!"
      Tom de Voz: Calmo ou Apaixonado
      Quando seus jogadores estão jogando bem e acima das expectativas
      Palestra Geral: Usar "Eu estou satisfeito com as coisas estão indo, continuem" é a melhor das hipóteses, mas caso a vitória seja magra, "As coisas estão bem, mas vocês são capazes de jogar mais".
      Tom de Voz: Calmo, Assertivo ou Apaixonado
      Palestra Individual: "Eu tenho fé em vocês"
      Tom de Voz: Calmo ou Apaixonado
      Mas vocês devem estar se perguntando, quando devo usar "Não fiquem complacentes" ou "Vocês estão vencendo mais isso pode mudar"? Muitos ficam com medo de usar essa palestra e desmotivar os jogadores, evite usar em jogos contra equipes maiores que você, mas invista nela caso esteja vencendo uma partida apertada contra uma equipe menor e eles estiveram bem perto de fazer um gol, isso pode acordar seus jogadores.
      Quando seus jogadores estão jogando mal e abaixo das expectativas
      Palestra Geral: Quando você é o favorito ou está querendo a vitória a todo custo e seu time não tiver jogado o suficiente no primeiro tempo, usar "Eu não estou satisfeito com sua atuação" é a melhor maneira de inflar os ânimos e levantar seus jogadores
      Tom de Voz: Assertivo ou Agressivo
      Palestra Individual: Não é porque você esculhambou eles que deve deixar de apoiá-los, vá de "Eu tenho fé em vocês" e conseguirá motivar o resto que não se empolgou com sua palestra anterior.
      Tom de Voz: Calmo ou Apaixonado
      Na hora da substituição
      Se você tiver um jogador muito jovem ou uma contratação recente, vá sempre de Calmo ou Assertivo "Sem pressão hoje", pois tira o peso das costas de muitos deles e faz com que eles joguem mais tranquilos, ainda mais quando a situação do jogo pode não ser favorável
      Caso esteja perdendo e está querendo colocar um jogador para fazer a diferença, diga que "Espera uma boa atuação" ou que "Eu tenho fé em você", de modo Calmo ou Apaixonado, pode ser o suficiente para contagiar o jogador.
      Em outras situações, "Eu tenho fé em você" deve bastar para mandá-lo a campo acreditando em si próprio.
      Palestras Pós-Jogo
      Importante: Você precisa se lembrar e ter em mente o que você disse nas suas palestras anteriores.
      Se na preleção num jogo contra o Chelsea você disse "Apenas vão lá e relaxem" e no intervalo disse "Eu espero ver uma atuação melhor", você não pode chegar no final do jogo depois que seu time perdeu de 3 x 0 e dizer agressivamente que não gostou do resultado. Tenha isso em mente, se não, você terá problemas.
      Quando você conquistou uma vitória ou um empate importante
      Palestra Geral: "Muito bom, essa foi um excelente resultado"
      Tom de Voz: Assertivo ou Apaixonado
      Palestras Individuais: Geralmente não é necessário, mas caso algum jogador não responda a palestra geral, tente elogiá-lo se ele foi bem, mas apenas se foi bem (notas acima de 7,5)
      Tom de Voz: Assertivo ou Apaixonado
      Quando você sofre uma derrota para uma equipe menor ou um resultado muito ruim (goleadas)
      Palestra Geral: "Vocês não foram bem o suficiente"
      Tom de Voz: Agressivo ou Assertivo
      Palestras Individuais: Tente elogiar alguém que se sobressaiu no jogo, caso ele não se motive;
      Tom de Voz: Assertivo ou Apaixonado
      Quando você perde para um time maior e jogou bem
      Palestra Geral: "Vocês apenas não tiveram sorte hoje" ou "Eu estou feliz com o que apresentaram hoje"
      Tom de Voz: Calmo ou Assertivo
      Palestras Individuais: Elogie quem se destacou e critique quem foi mal (Notas acima de 7,5 e abaixo de 6,0)
      Tom de Voz: Agressivo ou Apaixonado
      ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
      Fonte: http://www.fm-base.co.uk/forum/football-manager-2014-tactics/115433-raikan007s-teamtalk-guide-fm14-how-get-right-reaction.html
      Autor: raikan007
      Tradução e adaptação: Henrique M.
      Banner: _Matheus_
×