Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Coutinho

tática
4-2-3-1 by Mister Maia (14.2)

8 posts neste tópico

não tem fotos da tatica e de resultados com ela?

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não tem fotos da tatica e de resultados com ela?

Clicando no link em créditos você vai pro tópico do autor, retroceda à primeira página e verá os resultados.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

agora sim eu vi, parece interessante e vou testar

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os créditos são da tática 4-2-4 e não da 4-2-3-1

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os créditos são da tática 4-2-4 e não da 4-2-3-1

Boa observação, mas na seção deles não há tática 4-2-3-1 feita pelo Mister Maia

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu ja usei essa 4-2-4 ela é boa mas na segunda temporada que você usa ela ja perdi efeito.Essa 4-2-3-1 até agora está funcionando com o São Paulo meti 6x1 na portuguesa e 5x0 no São caetano.

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

alguem posta ela e a tatica 424 do mister maia no 4shared ? não estou a conseguir baixar por esse link :s

0

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • Conteúdo Similar

    • DukeKopas
      Por DukeKopas
      Galera, estou percebendo um certo fator a ser levado em conta sobre essas duas instruções. Posso afirmar que elas não funcionam bem juntas? Tenho tido o seguinte raciocínio, quando o time adversário está com uma temporização muito alta, o melhor a fazer e não tentar pressionar muito pois ao meu ver é muito provável  o jogador ficar no vácuo, já que o jogador adversário vai passar a bola rapidamente e vai deixar um grande buraco. Então o melhor é deixar o jogador com a posse de bola mais livre mas deixar a marcação apertada de forma a limitar as opções e forçar o erro. Quando o adversário joga num ritmo mais controlador, penso que é melhor aumentar a pressão de forma a tomar rapidamente a bola do jogador que tem a posse para que ele não possa pensar. Esse raciocínio é válido? Elas não são instruções meio opostas? Pressionar mais e marcação apertadada funciona em quais casos? 
    • ggpofm
      Por ggpofm
      O arquivo zip do banner possui três arquivos:
      um aquivo em camadas para o Photoshop um arquivo em camadas para o Paint.net uma fonte utilizada no banner Autor: ggpofm
      Data de criação: 24/12/2016
    • ggpofm
      Por ggpofm
      O arquivo zip do banner possui três arquivos:
      um aquivo em camadas para o Photoshop um arquivo em camadas para o Paint.net uma fonte utilizada no banner Autor: ggpofm
      Data de criação: 24/12/2016
    • ggpofm
      Por ggpofm
      O arquivo zip do banner possui três arquivos:
      um aquivo em camadas para o Photoshop um arquivo em camadas para o Paint.net uma fonte utilizada no banner Autor: ggpofm
      Data de criação: 24/12/2016
    • (SPFC)Coach
      Por (SPFC)Coach
      DOWNLOAD
      Fala, pessoal! Num forum gringo, um cara havia postado um 433 bastante ofensivo. Porém tinha um problema: era inconsistente. Então adaptei ao que eu achava importante defensivamente, e me deu uma estabilidade monstruosa. O time continua marcando bastante gol, mas sofrendo pouco. É um 433 "das antigas", com os laterais sendo alas ao ataque e 3 atacantes "atacantes". Um volantão e dois meias área-a-área que carregam o piano e as vezes finalizam de fora da área. 


      A ideia é criar MUITAS oportunidades de gol, de várias maneiras possíveis. Mas a maior parte dos gols parte do princíp da sobreposição e do passar a frente: laterais e meio-campistas jogam nas costas da defesa adversária no espaço vazio pros atacantes (principalmente os de tarefa de apoio) correrem pra cruzar rasteiro pros outros 2 homens de frente ou ele mesmo finalizar. Chuto por baixo que 70% dos gols seja marcado assim. Por isso, a maioria dos gols é marcada pelos três da frente, e os números de assistências dos atacantes também é absurda. São os grandes protagonistas. Interessante mostrar que o ritmo "muito mais alto" faz com que essas jogadas sejam feitas de maneira muito frequente, o que causa o grande número de oportunidades - e, portanto, de gols -. 

      Só havia jogado fora do Brasil, principalmente na Inglaterra. Ganhei a PL com o West Ham na segunda temporada com 8 rodadas de antecedência:
      RECOMENDAÇÕES
      1)Eu deixo os treinos para o auxiliar.
      2)Treinos de jogos é que comando. Na tela de treinos, coloque em Trabalho de equipe. Mas antes de cada jogo, no relatório do auxiliar, mude pra: Em casa: movimento ofensivo. Fora: Posicionamento defensivo
      3) Atacantes de apoio recomendo que sejam rápidos e o posicionado ao ataque tem que ser o matador;
      4) Instruções sobre o adversário pede pro auxiliar aplicar na hora do jogo;
      5) Se estiver perdendo ou precisando do resultado, aumente a linha defensiva para "Muito mais alta" e retire o "Mover-se das posições" das instruções
      6) Se estiver vencendo o jogo fora de casa ou contra times mais fortes ou iguais, mude de "atacar" pra "controlar"
      7) em caso de expulsão, retire o Atacante completo com função de atacar e reponha com o jogador da posição que foi expulso;
      Obviamente, nem todo mundo gosta de tática pronta. Mas espero que ajude a tirar boas ideias pras táticas de vocês também, bem como tirei as ideias do criador da tática "ofensiva mas desequilibrada". De qualquer modo, usando a tática na íntegra ou apenas ideias dela, postem seus feedbacks, resultados e afins. :D